gal vence

Liga dos Campeões Europeus Sporting Perde por 33-29 - EHF CUP FC Porto Vence vence Eliminatória, Benfica perde por 26-21, e é eliminado - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 31 de outubro de 2009

Competições Europeias - Nomeações – EHF

Continua o Portal da FAP, a presentear-nos com a omissão da informação, a EHF voltou a fazer diversas nomeações, que englobam Portugueses e o silencio, sobre estas nomeações, como de outros assuntos é a nota dominante.

Duplas de Arbitragem

A dupla Portuguesa Ivan Caçador / Eurico Nicolau, voltou a ser nomeada, desta vez para o encontro da2.ª Mão da 3.ª eliminatória da EHF CUP Masculina entre o Dunkerque HB Grand Littoral ( França ) e o HC Dinamo-Minsk ( Bielo-Rússia ), que se disputara no dias 22-11-2009, em Dunkerque na França. À Dupla os nossos parabéns e desejos de felicidades e de desempenho positivo.

Delegados

Nomeações:
Chmapions League Masculina


Rui Coelho – Para o jogo da Champions League entre o FC Barcelona e o Real Ademar ( ambos de Espanha ) e contra para o Grupo “D”, que se disputará em Barcelona no dia 07-11-09.

EHF CUP Masculina – 3.ª Eliminatória

Manuel da Conceição – Para o jogo da 1.ª Mão entre Istres Ouest Provence HB ( França ) e o SKA Minsk ( Bielo-Rússia ), que se disputará em 14/15-11-09 em França.

Winner’s CUP Masculina – 3.ª Eliminatória

João Costa – Para os dois jogos entre, RK "Sloga" Doboj ( Bósnia ) e o Fraikin BM. Granollers ( Espanha ), que se disputam nos dias 14 e 15-11-09 em Granollers ( Espanha ).

António Goulão – Para o jogo da 2.ª Mão entre VS HV KRAS/Volendam ( Holanda ) e o Reyno de Navarra San António ( Espanha ), que se disputa no dia 21-11-09 em Pamplona ( Espanha ).

Em termos de delegados é um pleno.

Desejamos a todos os delegados, boa sorte

O Regras

Regras de Andebol 62

Eis as soluções das perguntas anteriores:

301Resposta A,C – Regras ( 6:2c, 14:1a, 16:3c, Clarificação / Interp. 5.1 ), 302 Resposta B – Regras ( Clarificação 9 ), 303 Resposta A,B,D – Regras ( 4:6, 16:3a ), 304 Resposta B – Regras (7:8 ) 305 Resposta E – Regras ( 2:3, 2:4, 15:5 )

Perguntas Seguintes :

306 - Equipa A tem a bola na linha de lançamento livre da equipa B. O treinador B protesta tão fortemente uma decisão dos árbitros que estes interrompem o jogo. Decisão?

A - Sanção progressiva para treinador B
B - Lançamento livre para A na área de substituição de B
C - Lançamento livre para A na linha de lançamento livre de B

307 - Lançamento livre para A na linha de lançamento livre de B. A7 executa o lançamento livre e, tal como os seus colegas, ele está correctamente posicionado fora da linha de lançamento livre. O lançamento livre é executado rapidamente e sem sinal de apito, mas antes da bola deixar a mão de A7, A9 e A12 ultrapassam a linha de lançamento livre. Decisão?

A - Lançamento livre para B
B - Correcção
C - Lançamento livre para A
D - Lançamento livre para B; advertência de A9 ou A12

308 - Com qual dos seguintes lançamentos não é possível marcar um golo na própria baliza?

A - Lançamento de guarda-redes
B - Lançamento livre
C - Reposição em jogo
D - Lançamento de saída

309 - A9 está a correr em contra ataque e está numa situação clara de golo, quando as luzes do pavilhão apagam. Quais das seguintes afirmações estão correctas?

A - Os árbitros aguardam o resultado da situação clara de golo
B - Os árbitros interrompem o jogo imediatamente e fazem time-out
C - Após a luz voltar, o jogo recomeça com um lançamento livre para a equipa A
D - Logo que a luz volte a funcionar, o jogo recomeça com um lançamento de 7 metros para a equipa A

310 - Se o Delegado interrompe o jogo por causa de uma violação de uma das equipas, o jogo é reiniciado com posse de bola para a outra equipa?

A - Sim
B - Não

As soluções serão sempre publicadas na semana seguinte.

Pelo nosso colaborador

O Regras

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Árbitros Suspensos

Alertados por leitores e por uma noticia inserida no Jornal a Bola ( Jornal oficioso da Federação ) , procuramos confirmar e esclarecer a verdade dos factos, que deu origem a esta suspensão.

No Portal da FAP, no registo disciplinar n.º 8 de 29-10-09, surge a suspensão preventiva da dupla Mário Coutinho / Ramiro Silva, bem como os cronometristas Vanda Aveiro e Hugo Ferraz, com a instauração de Processo Disciplinar nos termos dos Artigos 76 e 82 do Titulo 8 do Regulamento Geral da Federação e Associações.

Transcrevemos os textos destes artigos para melhor compreendermos, o que se terá passado:

Artigo 76º ( Despacho liminar )
1. Logo que seja recebido o auto, participação ou queixa, a entidade competente para instaurar o processo disciplinar decidirá se há ou não lugar a este.
2. Se aquela entidade entender que não há lugar a procedimento disciplinar, mandará arquivar o auto, participação ou queixa, notificando-se o participante deste despacho, caso este o tenha requerido.
3. Caso contrário a entidade referida no n.º 1 instaurará ou mandará que se instaure processo disciplinar
.”

Artigo 82º ( Suspensão e interdição preventivas )
1. A entidade competente para instaurar o processo disciplinar pode suspender preventivamente o arguido sempre que houver indícios suficientes da prática de infracção punível com pena máxima de suspensão igual ou superior a 6 meses.
2. A mesma entidade pode interditar preventivamente o recinto desportivo de clube arguido sempre que houver indícios suficientes da prática de infracção disciplinar punível com interdição de máximo igual ou superior a 5 jogos.
3. A suspensão preventiva extingue-se quando, desde o seu início, tiverem decorrido:
a) 60 dias, quando se proceder por infracção punível com suspensão de máximo inferior a um ano;
b) 90 dias, quando se proceder por infracção punível com suspensão de máximo igual ou superior a um ano
.”

Da leitura destes dois artigos presume-se , de que terá havido queixa de alguém, e de que a pena a que estarão sujeitos, poderá ir até 6 meses de suspensão.

Mas curioso, nunca é referido na comunicação do ainda, Conselho Disciplinar, quais os artigos e as matérias Regulamentares infringidas e que deram origem ao respectivo processo, e isto no mínimo deveria ter sido publicado., para esclarecimento e transparência dos factos.

Os factos ocorridos, presumimos nós estão relacionados, com uma desqualificação em “Last Minute“, que foi aplicada e que deveria ter dado nos termos regulamentares origem a relatório escrito como está determinado, pelas normas Internacionais e já transcritas nos Regulamentos federativos.

Normalmente estas situações, penalizam o infractor na suspensão de pelo menos 1 jogo, ora não sendo relatado o facto o Conselho de Disciplina, não puniu o atleta em causa. Existindo um claro prejuízo para o adversário da equipa onde pertencia este atleta na jornada seguinte.

A omissão de factos ( a ser este o facto ), encontra-se consignada no Artigo 47.º do Titulo 8 do regulamento Geral da Federação e que transcrevemos :

Artigo 47º ( Omissão e deturpação de factos )
O árbitro que, na elaboração de boletim de jogo, deturpar ou omitir factos que conhecesse e devesse mencionar, será punido com suspensão de 1 a 6 meses
.”

Ora deverá ter sido esta artigo, que deu origem ao Processo Disciplinar Instaurado, pois a sanção é de 1 a 6 meses.

No entanto o nosso comentário acerca desta matéria, é contundente, pois estas situações apenas existem , pela falta de um correcto esclarecimento acerca da aplicação das sanções disciplinares ocorridas no chamado “Last Minute”. E Este esclarecimento é da total responsabilidade da Federação. Pois sabemos que existe entre os próprios árbitros diversas interpretações.

Devemos esclarecer, que estes factos não configuram a figura de erro técnico.

Estaremos atentos ao desenrolar dos acontecimentos, pois é uma situação, que pelo seu ineditismo, merece que assim seja.

O Jurídico

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Informação – Clubes – Diversas

Felizmente , cada vez são mais os clubes a apostarem na divulgação dos seus jogos e eventos de promoção dos seus clubes , contribuído em larga escala para a divulgação da Modalidade, para todos eles o nosso pequeno contributo, divulgando a sua propaganda no nosso ciber espaço.
JOÃO DE BARROS NA EHF

Pelo segundo ano consecutivo o Colégio João de Barros estará presente na 3ª eliminatória da Challenge Cup, desta forma convidamos V.Exa. a assistir e a divulgar o jogo C.J.B x HC Zito Prilep (Macedónia) dia 31 de Outubro e 1 de Novembro pelas 17 Horas no Pavilhão Eduardo Gomes em Pombal. “
( texto enviado )

GIL EANES WINNER’s CUP

MODICUS – SANDIM – TAÇA DE PORTUGAL

TONDELA AC – 3.ª Divisão

A equipa sénior masculina de Andebol do Tondela AC vai finalmente estrear-se no Pavilhão Municipal de Tondela, totalmente requalificado dando as melhores condições a todos que dele poderão usufruir.
Ao fim de 3 meses de trabalho as nossas equipas de Andebol e Futsal vão poder pisar pela 1.ª vez este magnifico Pavilhão, que certamente irá dar muitas mais alegrias a todos os tondelenses
.”
( texto enviado )

VITÓRIA FC – TAÇA DE PORTUGAL

No próximo dia 01 de Novembro pelas 18h00 no Pavilhão Antoine Velge (Estádio do Bonfim), GRANDE JOGO DE ANDEBOL para a TAÇA DE PORTUGAL

VITÓRIA FC vs GS Loures
APARECE!!!! CONTAMOS CONTIGO....
PORQUE O VITÓRIA NÃO É GRANDE É ENORME
!

( texto enviado )

O Noticias

Analise das Nomeações – Fim de Semana – 8/09

Analise deste de fim de semana, é bastante sucinta, face à não realização de jogos das principais Provas Nacionais, com excepção do Campeonato Nacional de Seniores Feminino. Recordamos de que, se trata somente de uma analise.

No passado fim de semana foi uma anarquia total, com jogos sem nomeação directa de duplas , por parte do CA da FAP, endereçando essa tarefa para as Associações Regionais. Fomos sendo informados pelos nossos leitores da falta de árbitros a jogos importantes, e especial nas camadas mais jovens, é uma situação que merece da nossa parte um total repudio, pois as Associações deveriam realizar cursos de arbitragem , dentro dos planos de formação, mas não , os clubes indicam os nomes, mas posteriormente a formação é nula, deveriam ser fortemente penalizadas as Associações que não englobam nos seus planos de formação cursos de Arbitragem, a Modalidade é que não pode, nem deve ser prejudicada. Felizmente este fim de semana, verificamos que estão nomeadas duplas para todos os jogos, mas o seu número é diminuto, face à paragem de uma série de Campeonatos. Presumimos nós, que este problema vai voltar nos próximos tempos, esperamos que não.

PO09 – Campeonato Nacional 1.ª Divisão Seniores Femininos

Lamentavelmente, com um numero diminuto de jogos o CA da FAP, e mais uma vez esta prova não mereceu ( com raras excepções )o beneplácito de nomeações utilizando todas as duplas do escalão mais elevado. Realizam-se apenas 9 jogos desta prova e mesmo assim apenas são nomeados 4 duplas da Elite e do Grupo de Trabalho de Árbitros Jovens, com uma elas a efectuar dois jogos. É pena.

Restantes Nomeações

Apenas analisaremos apenas, as nomeações para a PO20 , que diga-se desde já tem jogos bastante interessantes pelo equilíbrio que em principio irão ter, e desta forma merecem um maior cuidado na nomeação das duplas que os vão dirigir. E na verdade verificou-se tal facto, no entanto não se entende que 6 duplas da Elite, não tenham nomeações, pois provavelmente teriam cabimento. E verificam-se que algumas das nomeações foram efectuadas ( no nosso entender ) , não por critérios desportivos mas economicistas.

O Analista

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

O Posicionamento dos Árbitros no Terreno de Jogo - 1

Vamos iniciar uma série de artigos destinados a dar a conhecer as técnicas de julgamento e Posicionamento das Duplas de Arbitragem no Terreno de Jogo.

Esperamos desta forma estar a dar um contributo para a melhoria qualitativa da nossa Arbitragem, e por outro esclarecer os adeptos em geral.

Esperamos com estes artigos não contrariar as orientações técnicas fornecidas ás duplas, pois as mesmas são desconhecidas do grande publico.

A posição dos árbitros no terreno de jogo, em cada momento de um encontro, está directamente condicionada pela divisão de responsabilidades entre os membros da dupla

Em qualquer momento do encontro a situação de cada árbitro está condicionada pelas seguintes premissas.

· O Posicionamento de um árbitro, deve permitir observar com clareza as acções que se desenvolvem na sua área de responsabilidade.
· O Posicionamento dos árbitros no terreno de jogo, deve ser de forma permitir uma boa observação, sem interferir com as acções dos atletas.
· O Posicionamento dos árbitros no terreno de jogo, deve ser tal, que em nenhum momento esteja de costas para os jogadores, que estão no terreno de jogo

As posições dos árbitros estão bem definidas, e em cada momento um é Arbitro central e o outro é Arbitro de Baliza.

Durante um encontro os árbitros devem trocar várias vezes de posição
.

Posição do Árbitro de Baliza
· Colocado sempre atrás da linha de saída de baliza, e colocado a cerca de 3 a 4 metros de um dos postes.

Posição do Árbitro Central
· Colocado sempre atrás dos jogadores da equipa atacante, deslocado para a linha lateral contrária à do seu companheiro.

Graficamente será
Continua

O Regras

III Torneio César Branco

Realiza-se no Pavilhão do Ginásio do Sul, de 29 a 31 de Outubro de 2009, o III – Torneio César Branco, aproveitando o interregno das principais provas do Calendário de Seniores Masculinos.

Programa de Jogos :

Dia 29-10-09
Ginásio C. Sul x Sporting Clube de Portugal ( 19H30 )
Pines Badajoz x C.F. “Os Belenenses” ( 21H30 )

Dia 30-10-09
Sporting Clube de Portugal X Pines Badajoz ( 19H30 )
C.F. “Os Belenenses” x Ginásio C. Sul ( 21H30 )

Dia 31-10-09
Pines Badajoz x Ginásio C. Sul ( 16H00 )
C.F. “Os Belenenses” x Sporting Clube de Portugal ( 18H00 )
O Noticias

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Alexandrina Barbosa Muda-se

Recebemos de um nosso leitor, a noticia que a seguir transcrevemos, na sua versão original, sem tradução. Esta noticia esta inserida num blog espanhol de Andebol, cujo Link aqui deixamos.

Donde jugará Barbosa?

jugadora portuguesa ha dicho definitivamente adiós a su etapa rumana. Desde el jueves es jugadora libre de contrato.
Después de un verano movidito donde se le colocaba en diferentes equipos, al final se quedó en Brasov, rebajando su sueldo, según la prensa rumana, de 18.000 euros al mes a 6.000.
Pero las promesas de pago del presidente del club han brillado por su ausencia y algunas jugadoras han decidido no aguantar más.
En Rumanía se comenta que Barbosa negocia con 2 clubes, Itxako y Viborg, aunque esto también se comentaba en verano. Pero si Viborg ha fichado a Ahlm y ha recuperado a Popovic, e Itxako parece que aún está por adaptar a la alemana Rhode, no sería descabellado volver a verla en nuestra liga.
En cuanto al Brasov, las 3 jugadoras que también quedaban libres de contrato el jueves (Aneta Barcan, Cristina Niculae e Ionica Munteanu) han decidido remitir un escrito y esperar 10 días más para recibir los atrasos, por lo que el equipo podrá jugar los 2 partidos inmediatos, en liga contra Zalau y en Copa Ehf contra Baia Mare.


Alexandrina Barbosa , será dia 27-10-09 apresentada à imprensa na presença do Presidente e Vice Presidente da equipa Espanhola S.D. Itxako, Miguel Bujanda e Fernando Ederra, respectivamente.

O Noticias

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

PO03 – Crónica Semanal – 06

Crónica ligeira sobre esta prova, para que os nossos fieis seguidores, tenham informação sobre a mesma. Apelamos mais uma vez para que nos enviam emails com os resultados que foram tendo conhecimento, pois no Portal da FAP os resultados desta prova na maior parte das vezes são inseridos tardiamente. Desde já o nosso muito obrigado.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

7º- Jornada

Zona Sul

AC Sines 18 – 28 ACR Zona Azul
CD Olhanenses 24 – 33 CD Marienses
IFC Torrense 23 – 27 GS Loures
Lagoa AC 22 - 16 GDR Quinta Nova
CD Paço Arcos 22 – 19 Vela Tavira
Oriental Lisboa 26 – 32 Vitoria FC

Nesta zona disputou-se ainda o jogo em atraso da 1.ª Jornada:

Vela Tavira 28 – 26 CD Marienses

Jogo grande da jornada Oriental / Vitória o reavivar de velhos duelos entre históricos da Modalidade , e em que o Vitória não deixou os seus créditos por mãos alheias, vencendo e continuando a ser a única equipa só com vitórias, outro jogo a despertar curiosidade foi a deslocação do Vela de Tavira ao recinto do Paço Arcos, e vendeu cara a sua derrota, perdendo por uma diferença quase mínima, o Paço Arcos consolidou a sua posição de Co-Líder juntamente com o Loures, que venceu o Torrense. O Quinta Nova continua sem vencer, sendo o último classificado da zona, e os Açorianos obtiveram uma boa vitória em Olhão, mas perderam em Tavira com o Vela, no jogo em atraso da 1.ª Jornada. Os Alentejanos do Zona Azul , continuam a efectuar uma boa prova, obtendo mais uma vitória.

Zona Centro

Tondela AC -SIR 1.º Maio ( a disputar em 30-10-09 )
AD Albicastrense 35 – 29 ADC Benavente
ABC Nelas 21 – 33 Académico Viseu
ADRE Palhaça 30 – 16 CD Lousanense
AA Coimbra 33 – 29 NA Samora Correia
Batalha AC 28 – 30 Ass. 20 KM Almeirim

Um derby Regional entre o Batalha e o Almeirim, terminou com a difícil vitória do Almeirim, que desta forma mantêm o Comando da prova em parceria com o Albicastrense que também venceu e convenceu, e o Académico de Viseu que foi a vencer a Nelas por substancial diferença. O ADRE Palhaça venceu o último classificado o Lousanense, por números, que não deixam margem para duvidas, a AC. Coimbra venceu o Samora Correia, mantendo-se desta forma a meio da tabela. O Tondela / Sir 1.º Maio , disputa-se dia 30 de Outubro.

Zona Norte

AD Afifense 31 – 29 GDC Azurara
FC Infesta 30 – 27 Estarreja AC
CDC Santana 28 – 21 ACD Monte
FC Gaia 32 – 31 Callidas Clube
Ílhavo 25 – 26 Gondomar Cultural
CCR Fermentões 21 - 24 CA Leça

Com um jogo entre os melhores Classificados FC Gaia / Callidas , a sobressair nesta jornada, que terminou com a difícil vitória do FC Gaia, pela diferença mínima, infligindo a 1.ª derrota ao Callidas, e consolidando o seu 3.º Lugar na Classificação a par do Afifense, que levou de vencida o Azurara . O FC Infesta venceu o Estarreja, continuando esta equipa, a ser a única só com derrotas nesta zona. Excelente , mas difícil vitória do Gondomar em Ílhavo, permitindo a igualdade pontual entre estas duas equipas. O CA Leça , levou de vencida o Fermentões num jogo com resultado equilibrado. O CDC Santana com a sua convincente vitória sobre o ACD Monte , ficou isolado no comando da Zona, sendo a única equipa sem derrotas.

O Noticias

domingo, 25 de outubro de 2009

Crónica de Fim de Semana – 05 – 2009/2010

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

6.º Jornada – Resultados

Madeira SAD 18 – 21 ABC
Aguas Santas 26 – 23 AC Fafe
SC Horta 27 – 26 S. Bernardo
Xico Andebol 35 – 25 Marítimo
FC Porto 27 – 25 Benfica
Sporting 21 – 20 Belenenses

Jornada sem surpresas, sendo dominante o factor casa, com a excepção do ABC que foi à Madeira infligir a 2.ª derrota aos madeirenses da SAD, e desta forma alcançarem o Comando da Prova, em igualdade com os próprios Madeirenses ( com o jogo a mais ) , Xico Andebol a grande surpresa pela positiva até ao momento, e O SC Horta ( também com um jogo a mais ). O Sporting acabou com a invencibilidade dos homens de Belém num jogo em que venceram pela diferença mínima, tal como O SC Horta frente ao S. Bernardo, constituindo-se um segundo grupo de quatro equipas com menos um ponto apenas que os comandantes da prova, e que são, Sporting, FC Porto, Benfica e Belenenses. O Aguas Santas venceu dificilmente em casa o AC Fafe, onde se estreou Álvaro Martins. O Xico Andebol , levou de vencida o Marítimo, por uma diferença substancial. O AC Fafe e Marítimo continuam, a serem as duas únicas equipas sem qualquer ponto positivo até ao momento. O FC Porto venceu dificilmente o Benfica. E desta forma, o Campeonato prima até ao momento por um evidente equilíbrio, desejamos que o mesmo se mantenha até ao fim , e então sim teríamos uma excelente prova.

FC Porto 27 – 25 Benfica

Pavilhão cheio, duas boas equipas, e desta forma estavam reunidos todos os ingredientes para um bom jogo de Andebol. Foi um jogo de excelente propaganda para a modalidade, por vezes, mais jogado com o coração do que com a cabeça. Uma agradável surpresa a presença de António Goulão na mesa como delegado ( pensamos nós ),assim, a FAP também já nomeia Delegados para os jogos, esperamos que seja para manter. O Benfica inicia muito bem o jogo, tanto na defesa como no ataque, o FC Porto apenas marca o 1.º golo aos 6 minutos, mas depois consegue passar para a frente do marcador, face a um adormecimento defensivo dos encarnados. Na primeira parte Carlos Carneiro, João Pais ( uma agradável surpresa ) e David Tavares estiveram em grande plano. O FC Porto, defendeu mal e sem soluções no ataque, com Hugo Laurentino a não estar nos seus dias, e assim chegou ao Intervalo com o Benfica na em vantagem ( 16-14 ). No segundo tempo tudo mudou o Benfica só consegue obter um golo aos sete minutos, e o segundo aos 14 minutos, defendia mal e sem soluções atacantes, diga-se que com a desqualificação de Zaikin , o Benfica ficou ainda mais limitado ao ataque. O FC Porto melhorou substancialmente a defender, e ao ataque contou um Filipe Mota a jogar, a marcar e a fazer jogar como à muito tempo não o fazia, com um Hugo Laurentino renovado, e com um Inácio do Carmo com uma eficácia tremenda. Com o resultado em 26-25 e faltar menos de um minuto para o fim do tempo, Carlos Carneiro inventa ( é este o termo ) , e o Benfica em vez de tentar o empate sofre mais um golo. A arbitragem a cargo da dupla lisboeta António Trinca / Tiago Monteiro, ( para nós das duplas com melhor índice físico e com presença , para dirigir jogos de andebol ), estiveram muito acima do esperado, sem qualquer influência no resultado, no entanto não foi isenta de alguns erros primários. Na aplicação da Sanção Progressiva, apenas lhes notamos uma falha, o que só abona em seu favor. Na aplicação da Lei da Vantagem, também tem uma falha, pois interromperam uma jogada de ataque para aplicar uma Sanção Disciplinar. E a situação normal na Arbitragem portuguesa , que é o atacante levar o defesa para dentro da área de 6 metros e depois sancionar Livre de 7 metros. Não pode acontecer durante uma interrupção para dar assistência a um atleta , entrarem 3 pessoas, e isto aconteceu quando foi dada assistência ao Hugo Laurentino, pois estavam junto dele os dois Oficiais do FC Porto e ainda o GR suplente, isto não é permitido, aqui as culpas dividem-se também com a mesa.

PO02- Cam. Nac. da 2.ª Divisão Sen. Masculinos

7.º Jornada – Resultados

Zona Norte

Avanca 35 – 19 AC Lamego
S. Mamede 3224 S. P. Oleiros
Maria Balaio 26 – 25 Modicus
Feirense 29 – 31 Santo Tirso
Ismai 31 – 29 Académico FC

O destaque da jornada vai para a excelente vitória do S. Mamede sobre o S. P. Oleiros. No jogo que colocava frente a frente o 1.º classificado com o 2.º , o Maria Balaio obteve uma vitória tangencial, mas que serviu para igual o seu opositor no comando da classificação. O Avanca à 6.º jornada, conseguiu a sua primeira vitória na prova e por números que não deixaram duvidas acerca da sua superioridade. O Ismai obteve igualmente a sua primeira vitória e logo diante de um adversário que não costuma ser fácil. O Santo Tirso foi a Vila da Feira , cumprir o seu Calendário , venceu mas não foi fácil. A Zona é agora comandada por um trio, Maria Balaio, Modicus e Santo Tirso, seguidos de a dois pontos pelo S. Mamede.

Rectificação: O resultado primeiramente inserido no Portal da FAP, levou a que a nossa crónica relativa a esta zona , saísse com uma interpretação errónea. Do facto apresentamos as nossas desculpas, neste momento já se encontra correcta.

Zona Sul

J. Lis 26 - 21 Alto Moinho ( resultado à posterior )
Sismaria 30 – 32 Emp. Comércio
G. Sul 21 – 26 Passos Manuel
Camões 25 – 23 Alavarium
Évora AC 25 – 23 Almada

Começamos esta crónica por lamentar a falta do resultado jogo disputado em Leiria, mas não conseguimos obter o mesmo. No jogo grande da jornada o Camões venceu dificilmente o Alavarium, mantendo a invencibilidade na zona e comandando com o máximo de pontos. Os Emp. Comércio, apesar do mau resultado obtido na semana transacta foram a Leiria vencer um Sismaria, que parece encontrar-se em queda, e com este resultado ascendeu ao 3.º lugar da Classificação. O Passos Manuel de “pantufas” lá vai indo obtendo uma boa vitória no G. Sul que tinha protagonizado uma das surpresas da semana transacta. E finalmente o Eborenses , venceram um jogo, deixando o Histórico Almada no último lugar da Classificação só com derrotas.

PO04- Cam. Nac. da 1.ª Divisão Jun. Masculinos

7.º Jornada – Resultados

Xico Andebol 25 – 22 Aguas Santas
Fermentões 23 – 30 ABC
FC Porto 31 – 30 S. Bernardo
Benfica 28 – 29 FC Gaia
Marítimo 30 – 32 Sporting
Belenenses 30 – 27 Infesta

Jornada, em que apenas o ABC conseguiu uma vitória com uma diferença substancial, em todos os outros encontros o equilíbrio foi a nota dominante. De salientar a vitória do FC Gaia na Luz , e do Sporting em ascensão na Madeira diante o Marítimo, as vitórias destas duas equipas permitiram que ascendessem ao 3.º lugar em igualdade pontual, com o Xico Andebol que venceu o Aguas Santas Classificado imediatamente a seguir em igualdade pontual com o seu adversário nesta jornada. O FC Porto venceu pela diferença mínima o S. Bernardo, mas mesmo assim contínua numa posição nada condizente com os seus pergaminhos. O Belenenses venceu embora dificilmente o Infesta, mantendo o comando isolado da Classificação. O Equilíbrio entre as equipas neste Campeonato, está patente na diferença pontual entre o 2.º e o 7.º é apenas de 2 pontos.

PO09- Cam. Nac. da 1.ª Divisão Sen. Femininos

Este campeonato , prima pela irregularidade, competitiva, face aos jogos adiados pela participação das equipas Portuguesas nas Provas Europeias, e pelo facto de serem necessários ajustamentos das jornadas duplas na zona sul. Mais uma vez se verificam resultados que são um verdadeiro atentado à modalidade no feminino. Constata-se ainda o atraso verificado na inserção de resultados no Portal da FAP .

6.ª Jornada – Resultados

Zona Norte

Salgueiros 25 – 37 Juv.Mar
Académico FC 27 – 21 S. Bernardo
C. Gaia 43 – 28 Almeida Garrett
Maiastars 29 – 37 Alavarium
Santa Joana 38 – 33 Santa Isabel
CA Leça 27 – 19 CD Palmilheira


No jogo grande desta jornada o Santa Joana, levou de vencida o Santa Isabel, no outro jogo que despertava atenções O Alavarium levou de vencida o Maiastars e por números que não deixaram duvidas. O Juv. Mar venceu e convenceu o Salgueiros, e com estes resultados constituí-se um trio composto pelo Santa Joana, Santa Isabel e Juv. Mar, no comando da zona com 16 pontos, no entanto o C. Gaia que venceu o Almeida Garrett , por números que já não se usam, é a única equipa ainda sem derrotas, e encontra-se no 5.º lugar em igualdade pontual com o Alavarium , mas com um jogo a menos. O Académico conseguiu a sua segunda vitória frente ao S. Bernardo. No último lugar encontra-se o CD Palmilheira sem qualquer ponto positivo. A diferença pontual entre o 1.º e o 6.º é de dois pontos.

Zona Sul

Gil Eanes 32 – 17 Juv. Lis
CDC Albufeira 23 – 30 BC Branco
João Barros 28 – 21 Porto Salvo
Passos Manuel 37 – 19 SIR 1.º Maio

Disputaram-se ainda os seguintes Jogos:

3.ª Jornada
SIR 1.º Maio 11 – 47 Madeira SAD

5.ª Jornada
Assomada 9 –
38 Madeira SAD


16.ª Jornada
CDC Albufeira 17 –
40 Juv. Lis
( Resultado à posterior )

Nesta zona os desequilíbrios são evidentes, basta ver os resultados, quatro equipas destacam-se apesar de tudo, Madeira SAD e Gil Eanes, sem derrotas, João Barros e CS Madeira, apenas com uma derrota, depois tirando o Passos Manuel a fazer uma prova equilibrada é quase, um “deserto”, perdoem-nos a expressão. Destes resultados uma referencia especial para a primeira vitória na prova do BC Branco, mas perante a equipa que ainda não obteve qualquer ponto positivo,

O Banhadas Andebol

sábado, 24 de outubro de 2009

Sorteios de Provas de Qualificação – EHF

Realizaram-se, dia 24 -10-09, em Chipre os seguintes Sorteios

Mundial de Sub-20 – Femininos

Final a ser disputado em 2010 na Coreia, de 16 a 19 de Agosto

Os Grupos de Qualificação, disputam-se de 21 a 23-03-10

Resultados do Sorteio:
Os grupos 1 a 3 apuram 2 equipas e os grupos 4 a 6 apuram 1 equipa.
Grupo 2- Alemanha, Holanda, Israel e Portugal – Tem o direito de Organizaçãoa Alemanha.

Europeu de Sub-20 – Masculinos

Final a ser disputada em 2010 na Eslováquia, de 29-07-10 a 8-08-10

Os Grupos de Qualificação, disputam-se de 16 a 18-04-10

Resultados do Sorteio :
Os Grupos 1 a 5 apuram 2 equipas e os grupos 6 a 8 apuram uma equipa.
Grupo 7 – Bósnia Herzegovina, Ucrânia e Portugal – Tem o direito de Organização, Portugal

Europeu de Sub-18 – Masculinos

Final a ser disputada em 2010 no Montenegro, de 12 a 22-08-10

Os Grupos de Qualificação, disputam-se de 21 a 23-05-10

Resultados do Sorteio :

Os Grupos 1 a 6 apuram 2 equipas e os grupos 7 a 9 apuram uma equipa.
Grupo 1 – Alemanha, Bósnia Herzegovina, Luxemburgo e Portugal – Tem o direito de organização a Alemanha.

O Noticias

Informação e Divulgação de Novo Site

O Professor Miguel Ribeiro, criou um Site simples “Só Andebol”, destinado aos Técnicos de Andebol, desejamos o maior sucesso a mais um espaço de divulgação da modalidade e este com um cariz puramente técnico. Parabéns pela coragem.
O Link está aqui “Só andebol

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A Perpetuação do Poder – Eleições - Parte IV

No seguimento de artigos anteriores, hoje vamos esmiuçar votos e delegados.

Distribuição de votos na Assembleia Geral, nos termos estatutários :

Associações Regionais – 20 delegados – 35% dos Votos
ANCANP – Associação Nacional Clubes Andebol Não Profissional – 20 delegados – 35% dos votos.
AJAP
– Associação de Jogadores Andebol de Portugal – 9 delegados – 15% dos votos
APAOMA – Associação Portuguesa de Árbitros e Oficiais de Mesa de Andebol – 4 delegados – 7,5% dos votos
ATAP – Associação de Treinadores de Andebol de Portugal – 4 delegados – 7,5% dos votos

Desta forma, uma Associação criada em tempos para combater a Liga tem um “peso” fantástico, e é uma Associação com um processo de existência no mínimo estranho. Ninguém sabe :

Quem são os seus Associados ???
Quem são os seus Dirigentes ???
Que actividades já fez ???
Quem representa na realidade ???

Nós conseguimos os seus estatutos, e encontramos , situações extraordinárias:

A sede social , pelo menos na altura da escritura pública , é no Pavilhão dos Desportos do Desportivo Francisco Holanda , na Alameda Alfredo Pimenta , freguesia de Guimarães ( São Paio) ; é verdade, a sede social deste organismo é nas instalações de um Clube que acabou com o Andebol, dando origem ao Xico Andebol como todos já sabemos.

Verificamos de igual modo o conteúdo do Artigo 44.º dos Estatutos , a constituição da Direcção, que divulgamos a seguir.

Agora reparem no caricato da situação: a Presidência desta Associação pertence a um Clube que não existe. Será que já foi efectuada uma nova Assembleia Geral ( se foi, onde e quando ), para alteração desta situação que é uma verdadeira aberração?

Dizem ainda os estatutos no Artigo 12.º , ponto 1, alínea f ) que um dos motivos para perda de mandato, é a perda da qualidade de Associado, ora, se não existe???

A análise efectuada tem a finalidade de demonstrar que esta associação que representa 35% e tem poderes de decisão significativos nas Assembleia Gerais, que gerem os destinos da modalidade, está nesta situação aberrante.

Agora divulgamos a lista dos delegados desta Associação à Assembleia Geral. Informa-se que as observações e a designação das Associações, foram por nós colocadas, após aturada pesquisa. A Lista original, apenas indica os nomes o que consideramos muito pouco.
Dos 20 delegados, 13 (65%), são de 3 Associações (Braga (7), Leiria (3) e Viseu (3)).

Depois coloca-se a questão, como foram eleitos ou nomeados???

NotaAparece em 1.º lugar o Nome de José Carlos Ferreira Gomes Correia. Não está em causa a pessoa, mas a representação; quem representa? não pode fazer parte dos Órgão Sociais, porque a Presidência da Direcção deixou de ter legitimidade, não faz parte dos Órgãos Sociais do Xico Andebol. Então qual a sua legitimidade ???

E assim vai o processo Eleitoral

Iremos estar atentos e divulgaremos todas as novidades que formos tendo

O Jurídico

Informação – Clubes – Diversas

Madeira SAD
Gil Eanes

O Noticias

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Analise das Nomeações – Fim de Semana – 7/09

Mais um Fim de Semana com analises, que normalmente provocam “excitação” em alguns árbitros, temas pena, mas são a opinião de quem as efectua e não são contra ninguém é um ponto de vista, pois entendemos que a excelência devia presidir a quem nomeia. Continuando independentes e dentro das linhas traçadas a fazer analises sumárias das nomeações. Recordamos de que, se trata somente de uma analise.

PO01 – Campeonato Nacional 1.ª Divisão Seniores Masculinos
6.º Jornada

Duplas – Jornada com jogos de dificuldade máxima , não é só um, são vários a merecer uma especial atenção por parte de quem nomeia, mas parece que houve descuido em absoluto , será que as duplas Internacionais estão de descanso, ou de dispensa, se for este o caso, deveria para evitar especulações a FAP, através do seu CA, criar um espaço com as dispensas solicitadas, ou seja com os indisponíveis ( é uma sugestão ), não lembra ao diabo lançar uma dupla jovem e sem experiência ( não está em casa o seu valor ) no jogo Belenenses / Sporting, embora tenha observador, e que provavelmente vai funcionar como delegado ao jogo. Depois a nomeação de António Trinca / Tiago Monteiro, para o jogo da Jornada, apenas pode ter cabimento, pela dispensa das duplas Internacionais, pois a outra dupla que teria hipóteses de nomeação Daniel Martins / Roberto Martins, dirigiu o Sporting / Benfica. E novel dupla Internacional, Daniel Freitas / César Carvalho , vão repetir o Aguas Santas em casa e o AC Fafe fora, embora estas repetições não se possam evitar, deveriam acontecer mais tarde, e nunca à 6.ª jornada.
Fazemos uma rectificação, a bem da verdade, a Dupla referida, não vai repetir os clubes, foi um erro na nossa base de dados, entretanto corrigida, agradecemos o alerta, e corrigimos
Jogo – Dupla

Madeira SAD – ABC – Flávio Carvalho / João Malhado
FC Porto – Benfica – António Trinca / Tiago Monteiro
Aguas Santas – AC Fafe - Daniel Freitas / César Carvalho
SC Horta - S. Bernardo – Daniel Martins / Roberto Martins
Sporting – Belenenses – Alberto Alves / Jorge Fernandes
Xico Andebol – Marítimo – Ana Silva / Ana Afonso

Restantes Nomeações

Na PO02 , repetiremos o que afirmamos na semana transacta, prova que está a ser disputada com alguma intensidade, existem jogos nesta jornada a merecerem especial atenção, e aí parece-nos que se registaram nomeações mais cuidadas. Refira-se o regresso da jovem dupla José Bessa / Pedro Fontes, num dos jogos com carisma da PO02. Na PO04, prioritária, para Elite e Grupo de Trabalho de Árbitros Jovens, estaríamos completamente de acordo com as nomeações , se não se registasse a nomeação de uma dupla de categoria “B” para esta prova. Em relação às nomeações da PO03, discordamos da nomeação da jovem dupla para o encontro FC Gaia / Callidas, é um jogo que no nosso entender necessitava de uma dupla mais experiente, e gostava que explicassem como é possível nomear a mesma dupla, para dois dos mais importantes jogos da Zona Sul, que se realizam com 3 horas de diferença, um em Lisboa ás 15H00 e outro em Paço Arcos ás 18H00, e depois exige-se qualidade nas arbitragens, meus senhores não é desta forma que se defendem os jogos nem a arbitragem. Na PO09, nem vale a pena falar é o parente pobre da modalidade. Só uma pergunta quando as duplas dos Açores actuam no continente, ou continuam reservadas a fazer somente jogos nas Ilhas. Assim vai tudo bem!!!

O Analista

Selecções Nacionais

Vamos entrara num período de intensa actividade, com várias Selecções Nacionais, a efectuarem estágios e participações em vários Torneios Internacionais, servindo algumas destas participações como preparação para outras provas Europeias de qualificação para Mundiais, Taças Latinas e outras. Verificamos que todas estas actividades se encontram previstas nos calendário de actividades para as diversas Selecções, congratulamo-nos por tal. Obviamente que estes estágios e jogos obrigam a paragens nas diversas provas Nacionais.

Não faremos comentários sobre os critérios dos Seleccionadores, apesar de termos as nossas duvidas sobre os mesmos, em especial na Selecção “A” Masculina, em que continuamos a ter um Seleccionador Nacional Adjunto que no nosso entender é um desperdício em termos desportivos e económicos para a Modalidade.

Descrição das Actividades

· Selecção Nacional de Seniores Masculinos

Estagio e participação no Torneio de Doha ( Qatar ) de 26-10-09 a 31-10-09

Calendário:

GRUPO A - Egipto, Itália, Qatar
GRUPO B - Portugal, República Checa e US Ivry ( França )

Dia 28-10-09
US Ivry - Portugal ( 14H00 )
Qatar - Itália ( 16H00 )

Dia 29-10-09
República Checa – Portugal ( 14H00 )
Egipto - Qatar ( 16H00 )

Dia 30-10-09
US Ivry - República Checa ( 14H00 )
Itália - Egipto ( 16H00 )

Dia 31-10-09
7º/ 8º lugares - 3º Grupo A - 3º Grupo B ( 12H00 )
5º/ 6º lugares - 2º Grupo A - 2º Grupo B ( 14H00 )
1º/ 2º lugares - 1º Grupo A - 1º Grupo B ( 16H00 )

Nota - Horas em Portugal

· Selecção de Juniores “A” Masculinos

Estagio em Paços de Ferreira e Jogos com a Espanha em Leon de 26-10-09 a 31-10-09

Calendário:

Dia 30-10-09
Espanha - Portugal ( 19H30 )

Dia 31-10-09
Espanha - Portugal ( 18H30 )

Nota : Horas em Portugal


· Selecção de Juniores “B” Masculina

Estagio e participação no Scandiberico em Marsta ( Suécia ) de 26-10-09 a 1-11-09

Calendário :

Dia 30-10-09
Noruega - Portugal ( 18H00 )
Suécia I - Suécia II ( 20H00 )

Dia 31-10-09
Suécia II - Portugal ( 16H00 )
Suécia I - Noruega ( 18H00 )

Dia 01-11-09
Suécia II – Noruega ( 11H00 )
Suécia I - Portugal ( 13H00 )

Nota: Hora em Portugal.

O que se passará com este torneio que de ibérico nada tem , só participa Portugal.

· Selecção de Juniores “C” Masculinos

Estagio em Pinhel e Jogos com a Espanha em Salamanca de 28-10-09 a 31-10-09

Os jogos serão disputados na Região de Salamanca nos dias 30 e 31 de Outubro com horário ainda por definir.

· Selecção de Juniores “C” Feminina

Estagio em Leiria de 28-10-09 a 01-1109

Este estagio que serve de preparação para a Taça Latina que se disputa em Março/Abril-10 em França , tinha previsto nas actividades das Selecções jogos com a Espanha, mas pelo que nos é dado a conhecer esses jogos não se realizam.

O Noticias

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Competições Europeias - Nomeações – EHF

Mais uma vez o Portal da FAP, é omisso em informação, a EHF, fez diversas nomeações, que englobam Portugueses e até ao momento o “silencio é de ouro”.

Duplas de Arbitragem

A dupla Portuguesa Duarte Santos / Ricardo Vieira, foi nomeada os jogos HC Dnepryanka Kherson ( Ucrânia ) /HC Teramo 2002 Femminile ( Itália ) para a 3.ª Eliminatória da Challenge CUP Feminina, e que se disputarão nos dias 7 e 8-11-2009, em Teramo na Itália. À Dupla desejamos as maiores felicidades e bom desempenho.

Delegados

A EHF, também comete erros, pois nomeia o Delegado Manuel da Conceição, para dois jogos no mesmo dia em cidades diferentes .

Nomeações:
EHF CUP Feminina – 3.ª Eliminatória


António Goulão – Para os dois jogos entre SKP Bratislava ( Eslováquia ) / Omni SV Hellas ( Holanda ) , que se disputam nos dias 31-10-09 e 01-11-09 em Den Haag na Holanda

João Costa – Para o jogo da 2.ª Mão entre, Handball Cercle Nimes ( França ) /Prosolia SIID Elda Prestigio ( Espanha ), que se disputa no dia 6-11-09 em Nimes na França

Manuel da Conceição – Para o jogo da 1.ª Mão entre Prosolia SIID Elda Prestigio ( Espanha ) / Handball Cercle Nimes ( França ), que se disputa no dia 31-10-09 em Alicante na Espanha e foi ainda nomeado para o mesmo dia , para o jogo da 1.ª Mão entre CB Elche-Mustang ( Espanha ) / NP HC Rostov-Don ( Rússia ), que se disputa no dia 31-10-09 em Elche ( Espanha ).

Desejamos igualmente felicidades a todos os delegados

O Regras

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Provas Europeias - 2009 / 2010 –IV

Realizou-se hoje na EHF o sorteio da 3.ª Eliminatória da EHF CUP Masculinos, onde estão envolvidos o FC Porto e o Benfica.

Resultado do Sorteio:

FC Porto - Frisch Auf Göppingen ( Alemanha )
SKIF-Krasnodar ( Rússia ) - Sport Lisboa e Benfica

O Sorteio , não foi favorável e haverá grandes dificuldades na passagem das equipas Portuguesas à eliminatória seguinte. A Equipa Alemã foi finalista da EHF CUP na época 2005/2006, a equipa Russa na época transacta chegou aos 1/8 Final da Challenge Cup, onde foi eliminada pelo BSV Bern Muri ( Suiça ), pela golos sofridos em casa.

A 1.ª Mão, será disputa entre os dias 14/15-11-09, e a 2.ª mão entre os dias 21/22-11-09.

O Noticias

Ultima Hora - A Perpetuação do Poder – Eleições - Parte III

Depois dos dois “post” dedicados ao tema, eis que surge, no Portal da FAP, as listas entregues para as eleições em causa, disfarçadas e camufladas nem notícia anterior sobre tema, criando dificuldades a quem estava à espera de uma noticia em destaque, ficou com as suas expectativas frustradas, e é pena o critério editorial utilizado para estas noticias, bem mais importantes do ida do Seleccionador a colóquio, ou outras similares que surgem em primeiro lugar.

A aceitação das Listas deu origem a um esclarecimento do Presidente da Mesa da Assembleia Geral actual e futuro, cujo conteúdo esta correcto do ponto de vista formal, peca no entanto segundo a nossa opinião por esclarecer quais foram os 27 delegados que as subscreveram, e a divulgação desse dado seria um acto de transparência puro, que todos gostariam de ver na entidade máxima que gere a modalidade.

Na constituição das listas, diz nomeadamente o ponto 8 do artigo 6.º Do Regulamento Eleitoral , o seguinte:

8. As listas de cada órgão, excepto a Direcção, deverão conter, além do número total de membros, um número de suplentes não inferior a um quarto.”

Constata-se no entanto, que o mínimo para os Órgãos Conselho de Justiça e Conselho de arbitragem, que são compostos por cinco elementos efectivos, é de 1,25, e apenas é descriminado 1 suplente, ora no nosso entender, apesar dos arredondamentos em termos puramente matemáticos puderem ser feitos para baixo, quando é inferior a 1, 5 ou para cima com valor igual ou superior, entendemos, salvo melhor opinião que aqueles dois órgãos não possuem os suplentes suficientes, pois o seu numero é inferior ao mínimo estabelecido.

Das listas presentes verifica-se que se mantêm quase na totalidade os actuais membros, com raras excepções, sendo o Conselho de Arbitragem, aquele que sofre maiores ajustamentos estruturais, obrigatórios face aos novos Estatutos. E o Conselho de Disciplina, em que apenas se mantêm o actual Presidente, de resto tudo na mesma, não é de esperar grandes diferenças ou melhorias na actuação da Federão.

O Conselho de Arbitragem , um dos Órgãos mais mediáticos e visíveis da FAP, apenas altera a sua Estrutura Orgânica, e mantêm-se quase todos os elementos, até aqueles que aparentemente são novos é uma falsa questão pois , temos conhecimento de que tem estado a exercer as funções de Avaliação ( ilegalmente no nosso entender ), Casos de João Costa e Manuel da Conceição. Depois remete para “escanteio” Armando Pinho, que passa a suplente, e entra António Goulão. E estranhamos que na secção de avaliação, estejam dois elementos que estão a fazer Observações, pois por uma questão de ética e moral, é nosso entendimento que não o deveriam fazer. E é pena.

Os Candidatos :

Presidente da Federação :
Henrique José Xavier Torrinha Cardoso,

Mesa da Assembleia Geral :
Presidente
- Pedro José Del Negro Feist
Vice-Presidente - Aparício Barbosa Da Silva Braga
Secretário - José Manuel Lopes Costa
Suplentes - Valdemar Augusto Pais Patrício

Conselho Fiscal:
Presidente - Raúl Miguel Castro
Vice-Presidente - Gonçalo Nuno Bertolo Gordalina Lopes
Vice-Presidente - José Carlos Tagarro Nogueira
Suplente - João Manuel Lourenço Jóia

Conselho De Disciplina:
Presidente - António Manuel Furtado De Sousa
Secretário - António Gil Pereira
Vogal - Isabel Maria Batista Garcias
Suplente - Mónica Ferreira Pinto Dos Santos Lopes Alves Dinis

Conselho Justiça:
Presidente
- Pedro Maria Cardoso Gonsalves Mourão
Vice-Presidente - João Carlos Marques Flamino
Vogal - José Manuel Matos Mota
Vogal - Luís Carlos Laia Vasconcelos Salgado
Vogal - Simone Gonçalves Silva Duarte
Suplente - Américo Alves Antunes Claro

Conselho De Arbitragem:
Presidente - António José Nogueiras Galambas
Vice-Presidente - João Tiago Joaquim Costa
Vice-Presidente - José Augusto Sousa Cardoso Ribeiro
Vogal - Manuel António Varela Da Conceição
Vogal - António José Namorado Carvalho Afonso Goulão
Suplente - Armando Figueiredo Pinho

  • Secção das Competições não profissionais : - Presidente - António José Nogueiras Galambas, Vice-Presidente - José Augusto Sousa Cardoso Ribeiro, Vogal - Manuel António Varela Da Conceição.
  • Secção De Avaliação Dos Árbitros : - Presidente - António José Nogueiras Galambas, Vice-Presidente - João Tiago Joaquim Costa, Vogal - António José Namorado Carvalho Afonso Goulão.

Conselho Técnico:
Presidente - Fernando Jorge Gonçalves Pais
Vice-Presidente - Jorge Manuel Rodrigues Santos
Vogal - Nuno Manuel Tavares Trancoso
Suplente - Valdemar Santos

E assim vai a Perpetuação do poder , e como diz um nosso leitos, o período de reflexão já lá vai , porque as listas apenas foram divulgadas a 16, conforme a data da nota informativa do Presidente da Assembleia Geral.

Iremos estar atentos e divulgaremos todas as novidades que formos tendo

O Jurídico

PO03 – Crónica Semanal – 05

Mais uma crónica ligeira sobre esta prova, para que os nossos fieis seguidores, tenham informação sobre a mesma. Apelamos para que nos enviam emails com os resultados que foram tendo conhecimento. Desde já o nosso muito obrigado.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

6º- Jornada

Zona Sul

ACR Zona Azul 36 – 22 CD Olhanenses
Vela Tavira 34 – 14 AC Sines
GDR Quinta Nova 28 – 38 CD Paço Arcos
GS Loures 21 – 22 Oriental Lisboa
CD Marienses 28 – 22 IFC Torrense
Vitoria FC 33 – 15 Lagoa AC

Num jogo de paixões Loures / Oriental, venceu pela margem mínima o Oriental, que desta forma dá sequencia a uma série de resultados positivos que o leva até ao 4.º lugar, apenas a dois pontos do 2.º e 3.º, mas com menos um jogo. Nos restantes jogos vitória das equipas mais apetrechadas. Comanda o Vitória FC com o número máximo de pontos seguido já a três pontos pelo Paço Arcos e GS Loures. Deve ainda referir-se a boa prova que os Alentejanos do Zona Azul estão a realizar até ao momento. Nesta zona os Açorianos do Marienses tem dois jogos a menos, o Oriental e o V. Tavira têm menos um jogo.

Zona Centro

SIR 1.º Maio 35 – 30 AD Albicastrense
NA Samora Correia 29 – 26 Tondela AC
CD Lousanense 20 – 25 AA Coimbra
Académico Viseu 28 – 26 Batalha AC
ADC Benavente 30 – 22 ABC Nelas
Ass. 20 KM Almeirim 28 – 33 ADRE Palhaça

Um nota especial para as derrotas dos até então comandantes invictos da prova o Albicastrense no recinto 1.º de Maio e a Ass. 20 Km de Almeirim em casa diante do ADRE Palhaça , que obteve assim a sua segunda vitoria na prova. Num derby da região a AA Coimbra foi vencer o Lousanense que desta forma continua sem qualquer resultado positivo. A vitória do Académico de Viseu sobre o Batalha permitiu-lhe ascender a liderança da zona em igualdade pontual com Albicastrense e Ass. 20 Km Almeirim.

Zona Norte

GDC Azurara 15 – 23 FC Infesta
Gondomar Cultural 30 – 24 AD Afifense
Callidas Clube 23 – 22 Ílhavo
ACD Monte 29 – 29 CCR Fermentões
Estarreja AC 31 – 34 CDC Santana
CA Leça 35 – 32 FC Gaia

Uma ronda em que se realça a difícil vitória do Líder Callidas sobre o Ílhavo, e a nova derrota do Afifense diante do Gondomar Cultural, e a vitória do Santana no Monte que lhe permitiu manter-se a um ponto líder , na presença destes resultados a equilíbrio entre o 3.º e o 7.º classificados é a nota a tirar, pois apenas dois pontos separam estas equipas. Salienta-se ainda a 1.ª vitória do FC Infesta, sendo agora o Estarreja a única equipa sem qualquer ponto positivo.

O Noticias

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – Resultados - 1.ª Eliminatória

Disputou – se a 1.ª Eliminatória da Taça de Portugal Seniores Masculinos, com os seguintes resultados:

Zona Norte

Tondela 28 – 30 Afifense
Ílhavo 30 – 27 Feirense
Arsenal Canelas 32 – 34 Juv. Lis
Académico de Viseu 31 – 29 ACD Monte
Infesta 48 – 47 Sir 1.º Maio
A.S.Mamede 41 – 19 FC Gaia
A.A.Coimbra 25 – 28 Gondomar
Maria Balaio 40 –24 AC Lamego
Callidas Club 34 – 36 S.P.Oleiros
Avanca 34 – 11 ABC Nelas
Fermentões 22 – 28 Académico
Estarreja 28 – 32 Santana
Modicus 33 – 15 ADRE Palhaça

Zona Sul

Torrense 25 – 26 Vela de Tavira
AC Sines 22 – 25 GS Loures
G. Sul 36 – 19 Benavente
Paço Arcos 27 – 25 Samora Correia
Zona Azul 29 – 30 Passos Manuel
Évora AC 31 – 27 Oriental
Camões 33 – 35 Vitória FC
Almada 32 – 26 Ass. 20Km Almeirim

Apurados para a 2. Eliminatória :

Regionais , Acesso à 3.ª Div. Nacional – GA Portalegre
3.ª Divisão Nacional – Albicastrense, GDC Azurara, CA Leça, Lousanense, Batalha AC, Marienses, Lagoa AC, Olhanensese, Quinta Nova, Santana, Vela de Tavira, Infesta, Gondomar, Afifense, Ílhavo, GS Loures, Paço Arcos, Vitória FC e Académico de Viseu,
2.ª Divisão Nacional – Alavarium, Ismai, Santo Tirso, Sismaria, Emp. Comércio, Alto Moinho, S.P.Oleiros, Académico FC, G. Sul, Passos Manuel, Almada, Évora AC, J. lis, A.S. Mamede, Maria Balaio, Avanca e Modicus

Ficando assim constituídos os jogos a para a 2.ª eliminatória a disputas em 01-11-09

Zona Norte

Jogo 22 - Académico - Alavarium
Jogo 23 – Albicastrense – Afifense
Jogo 24 - S.P.Oleiros – Ismai
Jogo 25 - Infesta – Lousanenses
Jogo 26 - GDC Azurara – Santo Tirso
Jogo 27 - Santana - Maria Balaio
Jogo 28 - Ílhavo - Avanca
Jogo 29 - Modicus – Batalha AC
Jogo 30 – CA Leça - Académico de Viseu
Jogo 31 - Gondomar – Sismaria

Isentos : A.S.Mamede, Juv. Lis

Zona Sul

Jogo 32 – Emp. Comércio - Almada
Jogo 33 - G. Sul – Marienses
Jogo 34 - Paço Arcos – Lagoa AC
Jogo 35 – GA Portalegre – Os Olhanenses
Jogo 36 - Vela de Tavira – Quinta Nova
Jogo 37 - Vitória FC - CS Loures
Jogo 38 - Passos Manuel – Alto Moinho

Isento : Évora AC

A próxima eliminatória é os 1/16 Final, integrando já as equipas da PO01, sendo disputada em 14-11-09 , conforme estabelecido no Comunicado Oficial N.º 27 Época 2009/2010.

O Noticias

domingo, 18 de outubro de 2009

Crónica de Fim de Semana – 04 – 2009/2010

EHF CUP – Masculinos

2.ª Mão – 2.ª Eliminatória

FC Porto e Benfica – Apurados para a 3.ª Eliminatória
MRK Skopje ( Macedónia ) 2528 FC Porto

O FC Porto, apurou-se para a 3.ª Eliminatória, no segundo jogou em que venceu, confirmando avitória da 1.ª mão , os ambientes nestes jogos , cria por vezes grandes problemas. Tal como já tínhamos previsto na crónica da semana anterior, felizmente o FC Porto soube ultrapassar este obstacúlo.

1.ª Mão – 2.ª Eliminatória

Benfica 34 – 21 H/C “Tiblisi” ( Geórgia )

2.ª Mão – 2.ª Eliminatória

H/C “Tiblisi” ( Geórgia ) 25 – 29 Benfica

O Benfica venceu os dois jogos desta eliminatória perante um adversário bem mais fraco, e que apenas tinha um jogador de andebol de nível elevado o seu n.º10 ( Tite ), os restantes possuem uma qualidade abaixo da média, no entanto a equipa do Benfica mostrou um nível demasiado “relaxado” , demonstrando fraco “respeito” pelo adversário a partir do momento em que sentiu que tinha a eliminatória nas mãos, e por vezes este estado de espírito, em alta competição origina surpresas desagradáveis. Felizmente que ainda existem jogadores que pelo seu elevado nível e sentido de responsabilidade são um pêndulo nas suas actuações sejam quais forem os adversários , estamos a referir-nos a David Tavares , cuja grau de eficácia é notável. Nuno Roque pelo contrario foi a negação total durante todo o encontro. A arbitragem do de uma dupla mista, constituída por Libor Skruzny ( Republica Checa ) e Radoslav Kavulic ( Eslováquia ) , não esteve mal nos dois jogos , embora nos parecendo , que inciia os jogos com demasiada energia na aplicação das sanção progressiva e que depois não matem o mesmo critério, durante o resto do encontro, e por vezes da sensação de alguma desconcentração e falta de ligação.

O Sorteio da 3.ª Eliminatória realiza-se dia 20 de Outubro ás 11H00, em Viena

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

5.º Jornada – Resultados

Benfica 33 – 28 Aguas Santas ( Já analisado )
Marítimo 28 – 30 SC Horta
FC Porto 17 – 15 Madeira SAD
AC Fafe 26 – 30 Xico Andebol
Belenenses 23 – 23 ABC
S. Bernardo 25 – 23 Sporting


Jornada que foi completada este fim de semana, e em que a grande surpresa , se verificou em S. Bernardo com a vitória da equipa Aveirense sobre o favorito Sporting, num jogo em que os Jovens de S. Bernardo comandaram sempre o jogo. O FC Porto venceu dificilmente o Madeira SAD, que apenas claudicou nos minutos finais, continuando os Azuis do Norte a realizar uma carreira oscilante, o SC Horta cumpriu a sua obrigação vencendo a equipa mais fraca ( no nosso entender ) da prova. O Xico Andebol, venceu novamente, num jogo entre equipas da mesma Região, e em que o Fafe ainda não apresentou a sua mais recente contratação, Belenenses e ABC empataram. Na presença destes resultados, a prova é comandada pelo Madeira SA mas como mais um jogo, seguido pela dupla Belenenses e Benfica, com o mesmo número de pontos , sendo de salientar que a jovem equipa de Belém é a única que ainda não perdeu nenhum jogo, mas conta com dois empates. AC Fafe e Marítimo , ainda não registaram qualquer ponto positivo.

Belenenses 23 – 23 ABC

Jogo mais emotivo do que bem jogado, jogo em que o coração se sobrepôs à mente e em por vezes os atletas, nem sequer pensavam. O ABC , fracassou totalmente na construção do seu ataque, permitindo o normal uso do seu Contra Ataque ao Belenenses, que por sua vez demonstrou demasiadas fragilidades na sua 1.ª linha. Tendo a oportunidade de vencer o jogo nos minutos finas, não fosse os “disparates” de Nelson Pina, que apesar de tudo acabou por ser o mais produtivo com 6 golos, acompanhado de perto por Tiago Fonseca com 5 golos. No ABC salienta-se a exibição de Hugo Figueira com um nível de eficácia elevado ( 45 % ) e Mário Peixoto com 7 golos, Luís Bogas esteve abaixo do nível que possui, e a equipa na sua 1.ª Linha ressente-se dessa situação. O Jogo foi dirigido pela dupla Internacional Madeirense Duarte Santos / Ricardo Vieira , que realizaram uma actuação abaixo do seu nível normal, Sem critério na Falta do Atacante e nos Passos, e com o Arbitro de Baliza, a interromper sistemática o jogo em zonas do Arbitro Central. O Guarda Redes é atingido na cara em vez de se para imediatamente o jogo deixa-se continuar, quando o Árbitro Central ( Ricardo Viera ) para o jogo, deu origem a uma interrupção de cerca de 5 minutos. Esqueceram-se de que a saúde de um atleta deve estar sempre em 1.º lugar. Pode e sabem fazer muito melhor.

PO02- Cam. Nac. da 2.ª Divisão Sen. Masculinos

6.º Jornada – Resultados

Zona Norte

AC Lamego 30 – 39 S. Mamede
Académico FC 29 – 24 Avanca
Santo Tirso 37 – 30 Ismai
Modicus 25 – 24 Feirense
S. P. Oleiros 31 – 26 Maria Balaio

O destaque nesta jornada vai inteirinho para o S. P. Oleiros com a vitoria obtida perante um dos até agora comandantes da Prova , o Maria Balaio, que tal como tínhamos previsto a na semana anterior, parece-nos estar em quebra. De referir ainda a vitória do S. Mamede em Lamego, e a vitória do S. Tirso sobre o Ismai, que continua desiludir. O Avanca continua a realizar um campeonato pela negativa, O Modicus venceu o Feirense , mas com dificuldades não esperadas face a carreira das equipas até ao momento. Com estes resultados o Modicus assumiu o comando isolado , seguido de perto pelo Santo Tirso e eplo Maria Balaio em igualdade pontual., seguidos de muito perto pelo A. Mamede, Académico e S. P. Oleiros.

Zona Sul

Alto Moinho 29 – 30 Sismaria
Almada 20 – 23 J.Lis
Alavarium 44 – 32 Évora AC
Passos Manuel 24 – 28 Camões
Emp. Comércio 22 –
31 G. Sul


Nesta zona a grande surpresa, vai para a vitória do G. Sul em Santarém e por números que não deixam duvidas , o Castigo aplicado a Medvedev , deixou marcas e as mesmas vão provavelmente durante mais dois jogos a serem visíveis. Referencia ainda para a excelente, mas difícil vitória do Sismaria no Alto do Moinho, equipa que a partida era considerada uma das favoritas , mas que continua desiludir. Camões e Alavarium , continuam na sua caminhada, vitoriosa. E uma chamada de atenção para a vitória da J. Lis em Almada cuja equipa continua sem realizar qualquer resultado positivo, tal como o Évora AC. Comanda isolado a zona o Camões, sendo segundo classificado o Alavarium com apenas menos um ponto.

PO04- Cam. Nac. da 1.ª Divisão Jun. Masculinos

6.º Jornada – Resultados

Aguas Santas 30 – 21 Fermentões
Sporting 37
– 26 Xico Andebol
Gaia 32 – 31 Marítimo
S. Bernardo 33 – 32 Belenenses
ABC 26 – 21 FC Porto
Infesta 27 – 20 Benfica


Jornada com total preponderância do factor casa, e com algumas surpresas , tais como a difícil vitória do S. Bernardo diante do favorito Belenenses, e a vitória do Sporting sobre o Xico Andebol , por diferença significativa Continuando esta, pautar-se pela “mentira”, em virtude da utilização dos jogadores Juniores/Seniores, e consoante à ou não jogos de Seniores assim vai variando a qualidade, as vitórias ou as derrotas de algumas das equipas, tudo reflectido mais uma vez nalguns resultados desta jornada. Merece ainda destaque a difícil mas excelente vitória do Gaia sobre o Marítimo , equipa que tinha causado alguma surpresa nas primeiras jornadas. O Infesta não deixou os seus créditos por mãos alheias, e venceu um Benfica que se encontra bastante abaixo dos níveis que se esperavam. Nesta prova, já não existem equipas sem derrotas, comanda o Belenenses, apenas com um ponto de diferença do trio composto pelo Aguas Santas, ABC e S. Bernardo, mas o equilíbrio pontual que se verifica até ao 7.º lugar, promete campeonato até ao fim.

PO09- Cam. Nac. da 1.ª Divisão Sen. Femininos


Este fim de semana, não se realizou qualquer jogo, devido aos estágios e jogos da Selecção Nacional.

O Banhadas Andebol

sábado, 17 de outubro de 2009

1.º Caso da PO01 – Parte II

Este caso , conhecido pelo “Caso Nuno Grilo”, ainda vai continuar a dar que falar, por algum tempo.

Na semana que corre, tomou-se conhecimento através de declarações do técnico do Sporting, de que Nuno Grilo, após exposição do FC Porto, teria sido despenalizado pelo Conselho de Disciplina FAP.

Após estas declarações e tomando como as mesmas como correctas, voltamos a investigar a situação, para podermos dar, mais informações concretas. Lamentando que a falta de transparência, de clareza e de informação objectiva por parte da entidade que gere o Andebol Nacional, leve a que todas as conjecturas possam ser feitas, e todas são legitimas.

Nuno Grilo, foi penalizado no último jogo disputado pelo S. Bernardo e referente ao ordenamento classificativo do entretanto extinto Campeonato da LPA, com SC Horta disputado em 16-05-2009, e que origem as sanções transcritas no Comunicado n.º 28 da LPA.
No Protocolo, em vigor entre a LPA e a FAP, na sua Clausula Decima Segunda , diz o seguinte:

A FAP e a LPA farão cumprir os castigos relativos a Clubes, jogadores, treinadores, árbitros e demais agentes desportivos que transitem para a época seguinte ou que na mesma época transitem para competições diferentes.”
(No desactivado site da LPA, ainda constam estes dados.)

Dando cumprimento ao estabelecido a FAP e bem através do Comunicado Oficial n.º 10 – Época 2009/2010 de 17-08-09, informou nos termos regulamentares de quais os castigos que transitam para a época que se vai iniciar, e onde se verifica que o Atleta Nuno Grilo – CIPA 137098, têm um jogo de castigo para cumprir. Facto indesmentível, como se pode constatar .

Agora fala-se que o Conselho de Disciplina despenalizou o atleta, Como???

Consultando todo o Regulamento Geral da FAP, com especial incidência no Titulo 8, que versa praticamente toda a matéria disciplinar, nem uma única vez se encontra a palavra despenalizar ou despenalização, pois é uma figura que não está sequer prevista, assim como é possível o CD despenalizar!!!

Em o todo o regulamento apenas existe a possibilidade de recurso, conforme se encontra plasmado no Titulo 8 , nomeadamente no seu artigo 96.

Artigo 96º ( Espécies de recurso )
1. Os recursos são ordinários ou de revisão.
2. O recurso de revisão só é admissível relativamente a decisões disciplinares transitadas em julgado.
3. Para efeitos do número anterior, considera-se transitada em julgado a decisão que não seja susceptível de recurso ordinário
.”

Sabendo-se que, uma exposição não é um recurso, até porque nos termos Regulamentares quem executa a exposição não é parte legitima para recorrer. Como é possível existir uma despenalização???

Questiona-se, como é possível alguém decidir e não haver um recurso dessa decisão ???

Por onde andam os juristas dos Clubes???

Porquê toda esta passividade???

Por último só uma mera nota :

Porque desapareceram do Portal da FAP, os registos disciplinares da época transacta!!!

O Jurídico

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Clubes com mais de uma Equipa no mesmo Escalão

Muitas tem sido as duvidas colocadas por email, a solicitar esclarecimentos acerca deste tema, assim decidimos, elaborar um pequeno “post”, em que procuramos esclarecer a temática.

Esta matéria está considerada no Sub Titulo 4 do Titulo 11 do Regulamento Geral da FAP, que se encontra disponível no seu portal.

Os artigos mais importantes ( por nós considerados ), são :

Artigo 3º
Cada clube, apresentará, no acto da inscrição das equipas, à entidade organizadora do Campeonato onde participa com a(s) equipa(s) de letra(s) mais baixa(s), lista ou listas de 10 jogadores no mínimo para Campeonatos Regionais e 12 para Campeonatos Nacionais que compõem cada uma das equipas com letra mais baixa
.”

Artigo 4º
Nenhum jogador componente da equipa com letra mais baixa poderá jogar nas equipas de letra mais alta.
Exemplo: Os jogadores da letra "A" não podem jogar na "B" nem estes na "C"
.”

Artigo 5º
Cada jogador poderá jogar 5 vezes na equipa de letra imediatamente superior. Neste caso deve-se ter o procedimento seguinte:
1. Sempre que um clube deseje utilizar, por exemplo, um jogador da sua equipa "B" na equipa "A", poderá fazê-lo livremente. Após o jogo enviará à Associação ou Federação (à entidade que organizou as provas onde a equipa B participa) uma carta informando que:
a) Utilizou o jogador X da equipa B na equipa A no jogo realizado em (data) contra o clube (nome) no Campeonato (Descrição da Prova).
b) Qual o número de jogos que já realizou pela equipa superior. Tem o prazo de uma semana após a data do jogo, para que a carta chegue à entidade responsável. Findo este prazo a equipa A perderá o jogo por falta de comparência por utilização irregular de um jogador.
2. No caso de o jogador fazer o 6º jogo pela equipa de letra mais baixa fica automaticamente e em definitivo para esta. O clube e o atleta serão os únicos responsáveis pela contagem dessa utilização. No caso de voltar a jogar pela equipa de letra superior o clube perderá o jogo por falta de comparência e o atleta será suspenso por 6 meses.
3. No caso dos Campeonatos Regionais em que nas fases iniciais todas as equipas se inscrevem e participam em simultâneo, não pode haver mudanças das equipas, mesmo que estejam em séries diferentes. Quando as equipas estiverem em Divisões diferentes aplica-se o estipulado nos Regulamentos.


E finalmente talvez o mais importante :

Artigo 7º
No caso de qualquer jogador indicado nas listas referidas no Artº 3º, jogar noutra equipa de letra inferior, fá-lo-á irregularmente e a equipa perderá o jogo por falta de comparência e o jogador será suspenso por 6 meses
.”

Esperamos ter contribuído para o esclarecimento das duvidas existentes.

O Jurídico