gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 31 de março de 2011

EHF Competições - 2010 / 2011 – XXV

A única equipa portuguesa que ainda disputa provas Europeias, o Benfica, disputa este fim de semana os dois jogos referentes aos 1/4 Final ( 8 equipas ) da Challenge CUP Masculina em Lisboa. O Benfica defronta precisamente a equipa Sérvia que eliminou o ABC na 3.ª Eliminatória, recordamos que o ABC, disputando ambos os jogos na Sérvia, tal como na eliminatória seguinte, em que eliminou uma equipa Suíça. Na nossa opinião o Benfica tem todas as condições para passar a eliminatória, assim se apresentem nos jogos concentrados e como equipa.

CHALLENGE CUP

1ª Mão
Dia 02-04-11
Radnicki Kragujevac ( Sérvia ) – Benfica ( 18H30 )
2.ª Mão
Dia 03-04-11
Benfica - Radnicki Kragujevac ( Sérvia ) (17H00 ) RTP2

O Noticias

Informação - Clubes - Diversos

BOAVISTA FC
ISMAI
BATALHA AC
O Noticias

quarta-feira, 30 de março de 2011

Nomeações – EHF – 2010 / 2011 - XIV

Desta vez apenas existe a nomeação de um Delegado, para os 1/8 Final da Liga dos Campeões Europeus Masculina.

Nomeações:

Delegados

Rui Coelho – Foi nomeado para o jogo da 2.ª Mão dos 1/8 Final da Liga dos Campeões Europeus entre o Cuatro Rayas BM Valladolid ( Espanha ) e o HSV Hamburg ( Alemanha ) que se realiza em Espanha no dia 03-04-11.

Ao nomeado, endereçamos os nossos desejos de que tudo corra pelo melhor.

O Regras

Informação - Clubes – Costa D’Oiro - I

XII TORNEIO INTERNACIONAL DE ANDEBOL COSTA D’OIRO

Vai disputar-se em Lagos de 18 a 24 de Julho de 2011

Inscrições

O Noticias

terça-feira, 29 de março de 2011

PO03 – Crónica Semanal – 01 – Fase Final

Crónica á Fase Final da PO03.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

Fase Final
1.ª Jornada
FC Infesta 36 - 26 Samora Correia
ADC Benavente 26 - 24 CD Marienses
Ílhavo 31 - 31 Vela Tavira

No Lançamento desta fase logo após o sorteio dissemos “ A primeira jornada, engloba um cruzamento entre as várias zonas, o que desperta desde já uma curiosidade de constatar os resultados finais. Por exemplo, verificar como se irão “portar” as duas equipas da zona sul que irão jogar na condição de visitantes nesta 1.ª jornada, e ter em especial atenção o “confronto” entre os líderes das zona norte e centro” e o que se verificou foi que no encontro entre os líderes da zona norte e centro, a vitória dos homens do norte foi incontestável, com uma 1.ª parte completamente demolidora, ao intervalo o resultado já lhes era favorável por 17-7, o que permitiu um segundo período de gestão apesar da boa reacção dos homens de Samora. No jogo de Ílhavo disputado quase em família ( 40 espectadores, segundo o Boletim de jogo ) verificou-se um empate total no jogo, ao intervalo também se verificava uma igualdade a 13, mas deixando a sensação de que os Algarvios, serão uma equipa candidata à subida, por sua vez o Benavente no jogo que teve mais publico, recebeu os Insulares do Marienses e venceu num encontro equilibrado, embora os homens de Benavente tenham comandado quase sempre o marcador. Prevemos que poderá ser uma Fase Final de equilíbrio.

O Noticias

PO03A – Crónica da Fase Final – 02

Crónica semanal dedicada á PO03A.

PO03A – Acesso ao Campeonato Nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

Fase Final
2.ª Jornada
Boa Hora 38 - 24 Boavista FC
AC. Amadora 39 - 34 SC Espinho
NA Redondo 31 - 30 CP Natação

Depois de uma primeira jornada, em que conforme na altura se disse existiram algumas surpresas, esta jornada correu sob o aparente desígnio de superioridade das equipas da zona sul, no entanto na nossa opinião esta é apenas aparente pois as equipas da zona norte jogaram todas na condição de visitantes. O Boa Hora , equipa que tem no seu plantel algumas ex- estrelas do andebol Nacional, como são exemplos, Ricardo Andorinho e Jorge Meneses, venceu por uma margem confortável o Boavista FC, por sua vez a Académica da Amadora levou de vencida num jogo quase sempre equilibrado a jovem equipa do SC Espinho, com a resultado já a ser-lhe favorável ao intervalo por 19-17, o NA Redondo obteve nova vitória pela diferença mínima agora diante a equipa do CP Natação , num jogo sempre equilibrado e onde ao intervalo o resultado era favorável aos nortenho os por 16-14, num jogo disputado com uma excelente assistência. Depois desta segunda jornada a Classificação ficou assim ordenada, Boa Hora e NA Redondo ( 6 pontos ), CP Natação e AA Amadora ( 4 pontos ) e SC Espinho e Boavista FC ( 2 pontos ).

O Noticias

segunda-feira, 28 de março de 2011

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos – 2.ª Fase – Sorteios

Realizaram-se hoje os sorteio da Fase Final Grupo “A”, ( Grupo que define o Campeão e alguns dos apuramentos para as provas Europeias ), e do Grupo “B”, que na pratica vai definir quem se mantêm e quem desce de divisão.

Os sorteios foram realizados no auditória da RTP em Lisboa. Mas transmissão na WEB FAP TV, bem como em Liveticker, foi um autêntico flop, e é pena.

Resultado do Sorteio
Grupo “A”
1.ª Jornada
Participantes – FC Porto, ABC, Benfica, Madeira SAD, Sporting e Águas Santas.
Iniciam a Fase com os Seguintes Pontos - FC Porto e ABC ( 30 pontos ), Benfica e Madeira SAD ( 27 pontos ), Sporting ( 25 pontos ) e Águas Santas ( 23 pontos ).
Sistema de disputa – TXT a duas voltas.

Apura o Campeão Nacional, que vai disputar a Liga dos Campeões, o 2.º Classificado vai disputar a Taça EHF e o 3.º vai disputar a Taça Challenge .

Grupo “B”
1.ª Jornada
Participantes – SC Horta, Belenenses, S. Mamede, Xico Andebol e S. Bernardo.
Iniciam a Fase com os Seguintes Pontos - SC Horta e Belenenses ( 23 pontos ), São Mamede ( 16 pontos ), Xico Andebol ( 15 pontos ) e São Bernardo ( 14 pontos ).
Sistema de disputa – TXT a duas voltas.

Apenas o último Classificado ( são apenas 5 equipas ) desce à 2.ª Divisão Nacional, face à desistência do Maria Balaio.

A Fase de Grupos tem o seu início em 02-04-11, ou seja já no próximo fim de semana, e terminará em 22-05-11.

O Noticias

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 25 – 2010 / 2011

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, Fase Final.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Fase Final - Resultados
6.ª Jornada
Alavarium 20 - 32 João Barros
Colégio Gaia 20 - 32 Madeira SAD
Gil Eanes 37 - 18 Académico FC
Juventude Lis - Juventude Mar ( 03-04-11 )

Esta foi a jornada menos interessante desde o início do campeonato. Não houve qualquer jogo equilibrado e a jornada viu um dos seus jogos ser adiado. O resumo de qualquer um dos jogos será rápido porque há poucas histórias para contar.

O Colégio de Gaia – Madeira Sad já foi o jogo do título em outros anos. Infelizmente, para o Colégio de Gaia, é actualmente um jogo sem qualquer interesse competitivo, tal a desigualdade entre as equipas. As madeirenses foram alargando a sua vantagem ao longo da primeira parte e os 10 golos de diferença ao intervalo ditaram o destino de um jogo triste, em que as madeirenses já pouco acreditam no título e o Colégio de Gaia ainda à procura da primeira vitória na fase final. O único destaque no jogo vai para Cláudia Aguiar que, sobretudo na primeira parte, saia a uma velocidade estonteante para o contra-ataque e acabou por ser a melhor marcadora de um encontro que as madeirenses se limitaram a gerir. Uma última nota para o pavilhão de que aqui já falámos algumas vezes. Pensamos ser importante que o Colégio de Gaia consiga a homologação do outro pavilhão (que, ao que sabemos está homologado para as provas internacionais mas não o está para as provas nacionais) já que o pavilhão onde se joga tem um piso onde as atletas estão constantemente a escorregar e que não oferece as menores condições ao público que quer assistir à partida.

Por falar em público, no Alavarium – Colégio João de Barros houve menos público do que tem sido hábito nestes jogos aveirenses. A primeira parte foi bastante interessante, com o jogo sempre muito equilibrado até perto do final. Mas na segunda parte, a defensiva aveirense ruiu, sobretudo por causa da uma Maria Pereira que esteve imparável. A vantagem dilatou-se e a equipa de Paulo Félix, depois de dificuldades na primeira parte, acabou por conseguir uma vantagem bastante tranquila.

Finalmente, no Algarve, o jogo mais desequilibrado da jornada, o que não é surpresa nenhuma. Do princípio ao final, um jogo sempre dominado pelo Gil Eanes, sem forçar muito, perante um Académico voluntarioso mas sem ritmo para as algarvias que estão muito perto de revalidar o título mas que parecem fazer questão de mostrar que o merecem, todos os fins-de-semana. Destaque para a jovem Soraia Lopes, autora de 10 golos e que tem umas potencialidades físicas e técnicas muito interessantes. Veremos se consegue manter-se emocionalmente estável. É também interessante verificar que, para Florêncio, Ana Seabra pode jogar em qualquer posição e tem conseguido encontrar soluções muito interessantes para uma das melhores jogadoras portuguesas.

Críticos Femininos

Crónica de Fim de Semana – 22 – 2010 / 2011 - II

Crónica de fim de semana dedicada à PO02, Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Fase Final
3.ª Jornada – Resultados
Marítimo 20 - 23 Avanca
AC Sismaria 20 - 22 Ismai
Vitória FC 34 - 41 AC Fafe

Jornada totalmente dominada pelas equipas visitantes, que à terceira jornada começam a demonstrar de uma forma clara, que provavelmente as equipas, que disputaram a zona norte na 1.ª Fase, são as mais habilitadas a discutir os lugares de acesso á principal divisão do Andebol Nacional. O Avanca deslocou-se à Madeira onde defrontou o Marítimo, vencendo e provocando a primeira derrota da época em casa ao Marítimo, num jogo extremamente disputado, e com 3 desqualificações directas, com a equipa Aveirense a dominar toda a primeira parte do jogo, chegando ao intervalo já a vencer por 16-12, permitindo uma reacção dos madeirenses no segundo período mas que não chegou, a equipa Aveirense obtém assim a sua primeira vitória nesta Fase, fazendo jus ao que dela se tem dito em termos de qualidade e desenvolvimento. Em Leiria o Sismaria recebeu o Ismai e foi derrotada pela equipa da Maia, perante o seu publicou que esteve em número apreciável a ver o jogo, e viu a equipa Maiata a construir o resultado durante o primeiro período do jogo ( 10-6 a favor do Ismai ao intervalo ), para a reacção verificada no segundo tempo pela equipa da casa não chegar para minimizar os efeitos já produzidos. Por último tivemos a deslocação do Fafe a Setúbal onde foi vencer construindo um resultado, que pelos números demonstra uma total e clara superioridade da equipa Nortenha, com dois jogadores a demonstrarem qualidade e experiencia, Luís Nunes com 10 golos e Cláudio Mota com 9 golos. Após estes resultados, a classificação está assim ordenada, AC Fafe e Ismai ( 8 pontos ), AC Sismaria e Avanca ( 6 pontos ) , Vitória FC ( 5 pontos ) e Marítimo ( 3 pontos ).

O Banhadas Andebol

domingo, 27 de março de 2011

Europeu de Sub 17 – Feminino - II

PORTUGAL APURADO PARA A FASE FINAL

Portugal apurou-se para a Fase Final do Europeu Sub 17, desta prova que será disputa na Republica Checa de 23 de Junho a 3 de Julho de 2011, ao Classificar-se em segundo lugar no Grupo 7, atrás da Rússia que venceu com todo mérito este grupo, disputado em Alcanena, e sempre com excelentes assistências, demonstrando que temos nesta localidade um dos polos de desenvolvimento do Andebol Feminino, principalmente ao nível dos escalões de Formação.
A Participação desta Selecção orientada pela Prof. Filomena Santos, teve uma participação bastante positiva, pois se no 1.º dia venceu e convenceu a Macedónia, a formação mais fraca que participou nesta série, fazendo-o de uma forma categórica, com controlo total do jogo, no entanto no segundo jogo defrontamos a Rússia, sem duvida a melhor equipa do grupo e perdemos com naturalidade perante uma equipa com um índice físico excepcional, composta por jogadoras de grande qualidade, mas demonstramos de igual modo que também possuímos atletas de qualidade acima da média, como a jovem guarda redes Isabel Góis e Mónica Soares por exemplo. No terceiro jogo, o de “tudo ou nada”, era um jogo de nervos, mas as pupilas de Filomena Santos souberam gerir as emoções, e com um time out em tempo oportuno, atingiu-se o intervalo a vencer por 16-11. A forte reacção da equipa de Montenegro, deu origem a que a partir de dado momento do jogo e com o aproximar do final do tempo regulamentar se jogasse mais com o coração do que com a mente, e após um empate registado a 27 golos, o jogo decorreu sob o equilíbrio constante, com Portugal a marcar golo que dava o apuramento a cerca de segundos do final do encontro. Com este apuramento, esta equipa está de parabéns, esperando agora, a continuação do bom trabalho, para que a participação na Fase Final seja o mais digna possível.

Resultados do Grupo 7
Macedónia 19 – 37 Portugal
Rússia 34 – 15 Montenegro
Portugal 23 – 34 Rússia
Montenegro 32 – 23 Macedónia
Rússia 44 – 17 Macedónia
Montenegro 29 – 31 Portugal

Classificação Rússia, Portugal, Montenegro e Macedónia

Apurados para a Fase Final
Organizador – República Checa
Grupo 1 – Dinamarca e Áustria
Grupo 2 – Espanha e Croácia ( rectificação )
Grupo 3 – Suécia e Eslováquia
Grupo 4 – Noruega e Alemanha
Grupo 5 – Hungria e Polónia
Grupo 6 – Roménia e Holanda
Grupo 7 – Rússia e Portugal
Grupo 8 – França

O sorteio dos grupos da fase final será a 8 de Abril, pelas 18h00 locais, em Viena, na Áustria.

O Formador

Torneio das 4 Nações – Femininos -2011 - II

Tal como nas edições anteriores a nossa participação neste torneio só não é totalmente negativa porque registamos um empate que foi um verdadeiro milagre no jogo da primeira jornada com a Espanha, ao obtermos o empate a cerca de 30 segundos do fim do encontro na transformação de um claro livre de 7 metros. Na segunda jornada regressamos ao nosso ritmo e mais uma derrota com a equipa Francesa, e terminamos no último dia como uma verdadeira “degola” diante das Alemãs, voltando a classificar-nos em último lugar neste torneio.

Esperamos que no mínimo esta participação tenha servido de teste para os técnicos da Selecção para a disputa do Grupo de Qualificação do Campeonato da Europa Sub 19 que se disputará em Abril em Portugal.

Resultados:
França 22 – 27 Alemanha
Espanha 24 – 24 Portugal
França 27 - 22 Portugal
Espanha 22 – 21 Alemanha
Portugal 25 – 37 Alemanha
Espanha 17 – 19 França

Classificação – Alemanha, França, Espanha e Portugal

O Formador

sábado, 26 de março de 2011

Crónica De Fim de Semana – 20 – 2010 / 2011 - I

Terminou a 1:º fase da PO01, com a jornada que hoje se disputou, ficando definidos os apuramentos para os respectivos Grupos.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

22.ª Jornada
Sporting 21 – 22 Benfica
São Bernardo 35 – 31 Xico Andebol
São Mamede 17 – 30 ABC
FC Porto 34 – 28 SC Horta
Belenenses 15 - 0 Maria Balaio ( Desistência Maria Balaio )
Águas Santas 20 – 23 Madeira SAD

Grupo “A” – FC Porto e ABC ( 30 pontos ), Benfica e Madeira SAD ( 27 pontos ), Sporting ( 25 pontos ) e Águas Santas ( 23 pontos ).

Grupo ”B” – SC Horta e Belenenses ( 23 pontos ), São Mamede ( 16 pontos ), Xico Andebol ( 15 pontos ) e São Bernardo ( 14 pontos ).

( Os pontos indicados , são os que transitam para a segunda Fase da prova, nos termos regulamentares. )

Nesta jornada ficou definido em definitivo, quais as seis equipas que na segundo fase da prova disputarão o Grupo “A”, que define não só Campeão Nacional, bem a como aos lugares de acesso às competições Europeias. O lugar em dúvida era disputado entre o Águas Santas e o SC Horta, com clara vantagem dos Nortenhos, pois tinham vencido os dois encontros que disputaram com os Insulares, o que significava que em caso de igualdade pontual estariam sempre apurados, confirmando-se este apuramento face aos resultados verificados nos jogos em questão, O Madeira SAD foi a Águas Santas vencer os locais num jogo equilibrado, com a equipa da casa a comandar o marca dor até ao intervalo, para depois de diversas situações de igualdade o s Madeirenses assumirem o comando do marcador cerca dos 40 minutos e não mais o largar. Venceu a equipa que cometeu menos falhas técnicas, com Pedro Cruz a ser a figura do jogo pelo Águas Santas , nos Insulares destaca-se o colectivo. No outro jogo que poderia influenciar o apuramento para o grupo “A” o FC Porto derrotou a equipa do SC Horta num jogo de sentido único, com os Portistas a atingirem o intervalo já na frente do marcador e com uma margem folgada ( 21-13 ), gerindo o resultado até ao fim, foi um encontro com muitas falhas técnicas ( 32 ), e onde a grande figura foi sem duvida Ricardo Moreira com 10 golos e 100% de eficácia nas suas acções de remate, nos Açorianos mais o veterano Yuriy Kostetsky foi o marcador de serviço com 7 golos. O ABC deslocou-se a S. Mamede para cumprir calendário e não deixou os seus créditos por mãos alheias, vencendo uma equipa local que nos parece algo distante da valia já demonstrada esta época. O ABC venceu sem dificuldade construindo um resultado que lhe deu para gerir o plantel, pois ao intervalo já vencia por 16-7, com a curiosidade de a equipa Academista nos primeiros 10 minutos de jogo apenas ter concretizado uma vez. O São Bernardo por sua vez venceu o Xico Andebol, obtendo a sua segunda vitória na prova e conquistando pontos preciosos, para a disputa da fase seguinte onde ( na nossa opinião ), irão discutir o lugar de descida com o Xico Andebol e a Académica de S. Mamede. A equipa Aveirense comandou o marcador do primeiro ao último minuto, chegando em a alguns momentos a ter um diferencial favorável de 7 golos ( 15- 8 , por exemplo ), com o jovem João Pinto a ser a grande figura do encontro com 13 golos, uma referência para Tiago Magalhães no Xico Andebol que foi o marcador da equipa com 9 golos. Por fim tivemos o derby lisboeta o Sporting / Benfica, que terminou com a vitória do Benfica pela diferença mínima, “ vingando” desta forma a derrota sofrida na luz no jogo da 1.ª volta. O Sporting comandou o marcador até cerca dos 37 minutos de jogo, mas nunca chegando a uma diferença superior a 3 golos ( 12-9 e 13-10 ) , a partir deste momento entrou-se numa toada de equilíbrio com diversas situações de igualdade, o Benfica concretiza o golos que ditou o resultado aos 59 minutos. No Sporting a figura do encontro foi Hugo Rocha com 4 golos e cinco assistências com golo, no Benfica, Carlos Carneiro ( 7 golos ) com o jogador em evidência . A Classificação no final desta fase, ficou assim ordenada. FC Porto ( 60 pontos ), ABC ( 59 pontos ), Benfica e Madeira SAD ( 54 ), Sporting ( 49 pontos ), Águas Santas e SC Horta ( 46 pontos ) Belenenses ( 45 pontos ) e São Mamede ( 32 pontos ), Xico Andebol ( 30 pontos ) e S. Bernardo ( 27 pontos ).

Segundo Informação no site da FAP o Sorteio da fase final na próxima segunda-feira, pelas 17 horas, nas instalações da RTP, em Lisboa.

O Banhadas Andebol

Jornalismo e os Bons Exemplos

Ao procurarmos noticia sobre a nossa modalidade, encontramos uma noticia sobre a mesma que merece um destaque pela positiva, pois são tão raros estes exemplos de civismo e de incentivar o publico a um comportamento de excepção, que nunca poderíamos deixar passar.

A Noticia encontra no site algarvenoticias.com sob o titulo “ Andebol de Futuro em Tavira” e escrita por Geraldo de Jesus, a quem desde já , agradecemos a forma e conteúdo da noticia.

Eis a parte fundamental da notícia:

…..O Clube e os miúdos merecem o apoio do público, por isso deixamos o convite:

Não fique em casa. Vá ao pavilhão apoiar a equipa. Se ganharem bate-lhes palmas. Se perderem não lhe virem as costas. Batam-lhe palmas também. O seu esforço e dedicação merecem isso…..
( algarvenoticias.com )

O Noticias

sexta-feira, 25 de março de 2011

Andebol de Praia 2011

Finalmente a FAP, como organismo máximo da modalidade, resolveu de uma vez, esperamos que de forma definitiva, regulamentar esta vertente da modalidade. Criou documentos de orientação, publicou regras, criou regulamentos específicos de provas, criou cursos para técnicos e árbitros, tudo bem. Mas como de costume, não se esqueceu da sua vertente economicista e vai de aplicar taxas completamente absurdas e exageradas, logo na sua primeira época, dando a sensação de que ou não quer que se pratique a modalidade ou só o vai fazer quem tiver muito dinheiro.

Através do seu comunicado n.º 74 diz a FAP

“Abaixo se indicam as Taxas de Inscrição a aplicar no Andebol de Praia, para a época 2011, estando nelas incluído o seguro desportivo para 12 jogadores, arbitragens e demais taxas.

Escalão - Inscrição Regulamentar (até 29‐04‐2011)
Seniores Masculinos 1.500,00€
Seniores Femininos 1.250,00€
Juniores Masculinos 1.000,00€
Juniores Femininos 750,00€

Inscrição após data limite (entre 29‐04‐2011 e 31‐05‐2011) Inscrição + 50€

A Candidatura de uma equipa apenas será aceite após o pagamento da Taxa de Inscrição supracitada (ver datas de inscrição no regulamento específico da prova). Paralelamente, foi criada uma Taxa Suplementar (1.000,00€ por equipa), que deverá ser regularizada em simultâneo com a Taxa de Inscrição. Este montante será integralmente devolvido no final da competição, excepto no caso de se verificarem ocorrências com as equipas e/ ou praticantes.”

Na presença destes valores, nós perguntamos porque não está em lado nenhum, e quanto custa inscrever mais um jogador fora dos 12? Ou se podem inscrever 12 em cada em equipa ( e se houver lesões ou castigos ), para um máximo de 10 por jogo. E a taxa suplementar é para quê? Será que é suficiente dizer “excepto no caso de se verificarem ocorrências com as equipas e/ ou praticantes”, OU NÃO SERIA MELHOR DIZER, QUE VAI SERVIR PARA PREVER AS MULTAS COM AS EQUIPAS E OS ATLETAS SERÃO PRESENTEADOS AO LONGO DAS DIVERSAS ETAPAS.

Ou será ainda que as equipas e os atletas nesta variante, são diferentes da variante indoor, e só provocam distúrbios e arranja problemas de tal ordem que têm de existir a quilo que correctamente deveriam chamar de caução, na nossa opinião não começamos bem, e ainda estamos a tempo de rectificar. Aguardaremos.

O Formador

Informação - Clubes - Diversos

GIL EANES
SALGUEIROS 08
BATALHA AC
O Noticias

quinta-feira, 24 de março de 2011

Crónica Intermédia De Fim de Semana – 19 – 2010 / 2011 - I

Jornada da PO01, disputado essencialmente a meio da semana.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

21.ª Jornada
Xico Andebol 28 – 31 Sporting
Benfica 32 – 23 Belenenses
Maria Balaio 0 - 15 FC Porto ( Desistência Maria Balaio )
Madeira SAD 29 – 22 São Mamede
ABC 22 – 20 São Bernardo
SC Horta 28 - 30 Águas Santas ( Já disputado )

Esta jornada, fica marcada pela polemica alteração da hora do jogo Benfica / Belenenses, no entanto convém esclarecer, que se os motivos foram os que vieram publicados na Comunicação Social ( segurança ), A Federação se deu cumprimento ao estabelecido no numero 2 do artigo 39 do Titulo 11 do Regulamento Geral “A Federação de Andebol de Portugal poderá em casos excepcionais, devidamente justificados, proceder à alteração de jogos, desde que, para esse efeito notifique os clubes intervenientes com uma antecedência de dois dias em relação à data do jogo” , não cometeu qualquer irregularidade.

A jornada , que tinha como principal aliciante um derby ( Benfica / Belenenses ), em que o principal aliciante seria saber até onde poderá ir a equipa do Belenenses, pois deste resultado dependeria e muito o possível apuramento para o Grupo “A” da Fase Final do Campeonato Nacional. O Jogo terminou com a vitória do Benfica. O madeira SAD venceu a Académica de São Mamede, assumindo o comando do marcador aos cerca de 5 minutos de jogo, para ir construindo um resultado que apenas foi consolidado no segundo tempo, quando por volta dos 50 minutos de jogo se atingiu um diferencial de 6 golos ( 25-19 ), no entanto os academistas tiveram ao longo encontro boas reacções. De referir no Madeira SAD as ausências de Telmo Ferreira e Ferraz, e o facto do S. Mamede se ter deslocado com apenas um Guarda Redes e o facto de José Coelho re sido mais uma vez o marcador de serviço dos Madeirenses com 11 golos. O ABC venceu o São Bernardo num dos jogos mais equilibrados da jornada, ao intervalo a equipa de Aveiro vencia o ABC por 11-10, durante o segundo período existem na nossa opinião alguns momentos chaves do encontro, aos 47 minutos quando são desqualificados directamente 3 atletas ( Rui Lourenço e Álvaro Rodrigues do ABC e Nuno Carvalho do São Bernardo ), depois quando o resultado se encontrava numa igualdade a 19 golos aos 56 minutos , o ABC solicita o time out, que se revelou eficaz, e por último a exclusão do jovem Aveirense João Pinto aos 57 minutos de jogo com o resultado em 20-19 a favor do ABC, de destacar neste jogo a 2.ª linha do S. Bernardo com 72% de eficácia, e o Jovem João Pinto com 9 golos, no ABC ninguém se destacou pela positiva pois a equipa esteve uns furos abaixo do que pode produzir. O Sporting foi vencer a Guimarães o Xico Andebol, mas apesar de chegar ao intervalo a vencer por 17-12 , e chegou a desfrutar de uma vantagem de 8 golos ( 24-16 e 26-18 ), foi uma equipa que a partir dos 45 minutos se desuniu completamente permitindo uma excelente recuperação do Xico Andebol , que foi uma equipa que nunca desistiu, e recuperou até aos 30-28 a 1 minuto e meio do fim, de destacar o ressurgimento do jovem Rui Silva com 5 golos, e os veteranos do Sporting a fazerem a diferença Carlos Galambas com 7 golos em 7 tentativas e Petric igualmente com 7 golos. No Xico Andebol apesar de César Gonçalves ter sido o marcador de serviço com 7 golos o destaque vai inteirinho para a prestação colectiva da equipa. Após esta jornada o Belenenses está definitivamente afastado do Grupo “A”, e apenas existe a dúvida entre o Águas Santas e SC Horta, com dois jogos dificílimos na última jornada, o Águas Santas recebe o Madeira SAD e o SC Horta desloca-se ao Dragão Caixa, em caso de igualdade pontual é sempre 6.º Classificado a equipa nortenha. A Classificação ficou assim ordenada. FC Porto ( 57 pontos ), ABC ( 56 pontos ), Benfica e Madeira SAD ( 51 ), Sporting ( 48 pontos ), Águas Santas e SC Horta ( 45 pontos ) Belenenses ( 42 pontos ) e São Mamede ( 31 pontos )…

Benfica 32 – 23 Belenenses

Num jogo nem sempre bem jogado, e que tinha como aliciante até onde o Belenenses poderia oferecer resistência ao Benfica e obter um resultado que lhe permitisse chegar a uma posição na tabela classificativa que lhe desse acesso ao Grupo “A” na Fase Final. Foi um jogo em que as defesas se sobrepuseram aos ataques, e com muitas falhas técnicas. Com primeiro tempo bastante equilibrado, onde algumas vezes o Belenenses chegou a estar na frente do marcador, embora o diferencial nunca fosse superior a 1 golo, equilíbrio que durou até aos 26 minutos, momento de time out solicitado pelo Benfica, após o qual e com um parcial de 3-0, atingiu-se o intervalo com o Benfica a vencer 14-12. No segundo período do jogo o aparente equilíbrio só durou até próximo dos 40 minutos ( 20-16 ), a partir deste momento, foram várias as alterações no sistema defensivo do Belenenses, mas grandes resultados práticos, pois que acompanhados por um ataque inoperante , face a melhoria verificada na forma de defender do Benfica, permitiu uma série de contra ataques e o normal volumar do resultado. No Benfica Ricardo Candeias que substituiu João Ferreirinho cerca dos 20 minutos do 1.º tempo a efectuar uma excelente exibição sendo muito bem acompanhado por David Tavares com 9 golos, e tivemos pouco Cláudio Pedroso e Carlos Carneiro também não esteve nos seus dias. No Belenenses, Elledy Semedo com 9 golos e João Antunes com 5 golos, estiveram dentro da normalidade. Dirigiu o encontro a dupla lisboeta constituída por António Trica / Tiago Monteiro, que com algumas lacunas nos passos, teremos de dizer que produziram trabalho positivo.

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 23 de março de 2011

Torneio das 4 Nações – Femininos -2011 - I

Tal como em épocas anteriores a participação da Selecção Nacional de Juniores “A” neste troneio serve de preparação para a disputa do Grupo de Qualificação do Campeonato da Europa Sub 19 que se disputará em Abril em Portugal.

A participação de Portugal neste torneio não tem sido de molde a criar grandes expectativas, pois nos dois últimos em que participamos, a nossa classificação resume ao último lugar, sem termos averbado qualquer resultado positivo.

Assim esperamos sinceramente que o nosso comportamento desportivo seja bem melhor do que aquele que temos efectuado.

O torneio realização em Fuerteventura nas Canárias de 25 a 27-03-11, local onde se disputou o último Scandibérico Feminino, e onde a nossa Selecção de Juniores “B” Feminina foi a grande surpresa da prova no sentido positivo.
Calendário:

1.ª Jornada
Dia 25-03-11
França - Alemanha ( 17H00 )
Espanha - Portugal ( 19H00 )
2ª Jornada
Dia 26-03-11
França - Portugal ( 10H00 )
Espanha - Alemanha ( 12H00 )
3ª Jornada
Dia 27-03-11
Portugal - Alemanha ( 10H00 )
Espanha - França ( 12H00 )

Às atletas e aos seus técnicos desejamos as maiores felicidades.

O Formador

Informação - Clubes - Diversos

ABC
O Noticias

terça-feira, 22 de março de 2011

PO03A – Crónica da Fase Final – 01

Iniciamos hoje uma crónica semanal dedicada á PO03A, cuja Fase final se começou este fim de semana com a participação de 6 equipas, ( 2 da Associação de Andebol de Lisboa, 2 da Associação de Andebol do Porto, 1 da Associação de Andebol de Aveiro, e 1 da Associação de Andebol de Évora ). Diz o Regulamento que esta Fase apura as equipas classificadas nos três primeiros lugares para a 3.ª Divisão na Nacional na próxima época.

No entanto algo nos escapa, nestas regulamentações e por tal nos penitenciamos, pois diz o Regulamento da PO03, no seu Art.º 10.º ponto 1 “ Os Clubes classificadas nos dois últimos lugares em cada Zona descem de divisão”, ora não se entende como verificando-se 6 descidas, apenas se verificam 3 subidas, são as contradições do costume.

PO03A – Acesso ao Campeonato Nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos

Fase Final
1.ª Jornada
A. Amadora 25 - 38 Boa Hora
CP Natação 26 - 25 Boavista FC
SC Espinho 30 - 31 NA Redondo

Esta fase iniciou-se sob o signo das surpresas, começando pela dificílima vitória da CP Natação sobre o Boavista FC, num jogo entre históricos da modalidade, pois na fase anterior nunca a equipa do Bessa tinha perdido com o CPN. A vitória dos Redondenses ( rectificado ) em Espinho, embora pela diferença mínima, também tem o seu quê de surpresa, embora o NA Redondo tenha ficado em 1.º lugar na Zona Sul em igualdade pontual com o Boa Hora. No confronto entre equipas da zona Sul, verificou-se mais uma vitória do Boa Hora sobre os Academistas da Amadora, embora por números não esperados, mas confirmando os resultados já verificados na 1.ª Fase. Resta dizer que esta Fase Final, além dos históricos já referidos, também é disputada por mais três históricos da modalidade ( Boa Hora, A. Amadora e SC Espinho ).

O Noticias

segunda-feira, 21 de março de 2011

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 24 – 2010 / 2011

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, Fase Final.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Fase Final - Resultados
5.ª Jornada
Colégio Gaia 23 – 26 Alavarium
Juventude Mar 20 – 25 João Barros
Madeira SAD 29 – 30 Gil Eanes
Académico FC 21 – 25 Juventude Lis

Mais uma espectacular jornada da fase final. A competição tem sido cheia de jornadas interessantes e surpresas resta apenas saber se o resultado na Madeira não pode ter já encerrado a luta pelo título. Foi, por isso, uma jornada com um resultado que pode ter decidido o campeão nacional e uma grande surpresa em Gaia. Mas comecemos pelo grande jogo da jornada…

O Madeira Sad – Gil Eanes foi um grande espectáculo de andebol. Antes de começarmos a análise aos intervenientes não poderíamos deixar de sublinhar o bom espectáculo a que assistimos e é pena que este jogo não tenha merecido honras de transmissão televisiva. A equipa madeirense efectuou uma excelente primeira parte. Aliás, até perto dos 20 minutos do final, o domínio foi sempre madeirense que pareciam endiabradas e venciam por 5 golos de diferença, com Cláudia Aguiar a fazer uma das suas melhores exibições da época e Virgínia Ganau parando tudo o que havia para parar. Mas, a partir daí, uma série de erros e uma desorientação enorme levaram a que, quanto mais a vantagem se esfumava, pior jogavam as madeirenses. E, do outro lado, acontecia exactamente o oposto. O Gil Eanes sentiu a oportunidade, começou a crescer em termos de confiança e arrancaram para uma ponta final fantástica, sob a liderança de Vera Lopes, Ana Seabra (parece que joga sempre um ritmo acima das outras) e Tânia Afonseca, conseguindo o golo da vitória já ao cair do pano.

Com este resultado, o Madeira SAD precisa de esperar que o Gil Eanes perca pontos em outros confrontos para poder ir a Lagos disputar o título. Ou seja, o campeonato pode ter ficado aqui decidido. É um sério revés para Duarte Freitas que tem o plantel mais completo do campeonato e pode ter dito adeus ao título, depois da escorregadela já na fase final com o Colégio João de Barros. O que mais impressionou no Sábado foi a completa descrença que se instalou na equipa nos momentos finais. Não sabemos se são as jogadoras que não confiam no treinador ou se é Duarte Freitas que não se adaptou à liderança no feminino, mas a atitude da equipa nesta fase final não tem sido a de uma equipa que quer ser campeã. Demos tempo a Duarte Freitas antes de avaliar o seu trabalho no feminino, mas a perda do título nacional não pode deixar ser passada em claro. Maus resultados na selecção, maus resultados no clube, provavelmente o melhor será Duarte Freitas regressar ao masculino. E, para o futuro, em vez de tentarem, contratar mais jogadoras, porque não tentar que um Donner, um Florêncio ou um Jorge Rito para treinar? Que adianta ir buscar jogadoras como Rita Alves ou Ana Correia para depois não serem quase utilizadas? Em vez de um reforço do plantel, sugerimos um grande treinador! A equipa com o maior orçamento do país não pode justificar a não contratação de um grande treinador com falta de dinheiro.

E com tudo isto, quase nos esquecíamos do Gil Eanes! Muito mérito para as actuais campeãs nacionais e que estão muito perto de renovar o título. Têm mostrado, nesta fase final, fibra de campeãs e a vitória na primeira fase no Funchal fê-las acreditar no seu treinador. Florêncio, mais uma vez, mostra porque é um dos melhores treinadores em Portugal e está a realizar um excelente trabalho. O Gil joga um andebol bonito, as jogadoras lutam todas no mesmo sentido e com recursos bem mais limitados que o Madeira (embora seja ridículo ouvir os dirigentes do Gil Eanes dizer que as jogadoras jogam por amor à camisola), estão a caminho de serem bicampeãs. E quando o conseguiram? Quando apostaram em treinadores de sucesso. Isto sem tirar o mérito ao grupo de jogadoras, com muita experiência, que têm revelado enorme carácter e que têm feito exibições muito mais convincentes do que qualquer outra equipa nesta fase final.. Infelizmente, para a emoção do campeonato, parece que ficou decido cedo demais.

Em Gaia, aconteceu a grande surpresa da jornada, com o Alavarium a ir vencer o Colégio de Gaia. O jogo confirmou que o Colégio de Gaia é, a par do Madeira Sad, a grande desilusão do campeonato e o Alavarium a grande surpresa. O Colégio de Gaia ainda não venceu nesta fase final e é uma sombra da equipa que andou sempre no topo do andebol português. E quando a melhor jogadora continua a ser a veterana Fernanda Carvalho, acho que mostra os problemas desta equipa. A equipa jogou sem qualquer garra, ao contrário das aveirenses que pareceram sempre muito mais lutadoras, com muito mais vontade de vencer e fisicamente num nível notável. Contaram com uma Guarda-redes Diana Roque a fazer uma exibição de encher o olho, com a esquerdina Cheila Santos muito eficaz e com Filipa Fontes a furar a defensiva gaiata. Cláudia Correia não esteve tão espectacular como de costume mas a sua presença obriga a marcações muito apertadas, libertando espaço para as suas colegas e ela, mesmo discreta, é uma jogadora de grande nível. Mas o que surpreende nesta equipa é a eficácia do seu sistema defensivo, guiando esta equipa até ao surpreendente lugar que ocupam e uma enorme alegria a jogar. O Alavarium pareceu estar numa festa e o Colégio num funeral e quando assim é… Falhará o Colégio de Gaia, pela primeira vez há muitos anos, um lugar nas competições europeias? Paula Castro pareceu sempre conformada e para evitar essa catástrofe tem que fazer algo porque há muitos anos não víamos um Colégio de Gaia tão fraco, sobretudo a nível anímico.

O Académico do Porto – Juve Lis foi outro jogo muito interessante. Uma primeira parte de grande equilíbrio. Costumamos elogiar a postura da formação de André Afra mas, desta vez, as leirienses entraram demasiado relaxadas, não impondo a sua habitual agressividade defensiva e permitindo que o Académico do Porto conseguisse encontrar o caminho da baliza, sobretudo através de uma excelente ligação entre a segunda e a primeira linha. Isabel Oliveira não estará na melhor forma física mas consegue decidir muito bem se o momento é para rematar ou fazer assistências. Mas a segunda parte trouxe uma Juve Lis muito mais motivada e um Académico do Porto que não tem pernas para mais, o que levanta questões que sendo Luísa Estriga uma estudiosa do treino, como não consegue colocar a sua equipa a treinar com maior frequência e com maior intensidade. A Juve Lis voltou a não jogar bem na segunda parte, com as suas melhores jogadoras desinspiradas e começa a ser preocupante que Diana Pereira esteja a passar completamente ao lado dos jogos nesta fase final. Mas a equipa começou a defender ao alto nível que costumam exibir e isso chegou para resolver um jogo que esteve longe de ser fácil. Não querendo sermos demasiado simplistas, este jogo decidiu-se pelo facto de uma equipa ter hábitos de treino e a outra não.

Finalmente, o jogo mais desequilibrado da jornada, apesar dos números não apontarem para isso foi o Juve Mar- Colégio João de Barros. A formação de Paulo Félix está num grande momento de forma e tratou de resolver a questão logo na primeira parte em que conquistou com muita facilidade 10 golos de vantagem. A sua defesa está a um nível altíssimo e as equipas com menos soluções, como a Juve Mar, têm imensa dificuldade em conseguir soluções aos seis metros e só Sandra Peixoto através de excelentes remates em apoio conseguia encontrar soluções. Na segunda parte, algum relaxamento das atletas de Pombal e um menor número de maus passes da formação de São Bartolomeu do Mar permitiu um melhor desempenho ofensivo e uma aproximação no marcador sem que a vitória da equipa de Pombal nunca tenha estado em casa. Inês Catarino foi a melhor jogadora em campo e tem feito uma grande fase final. É uma jogadora que, apesar de não ser espectacular e não dar muito nas vistas, nem sempre tem o devido reconhecimento mas é das jogadoras mais consistentes desta equipa e esta esquerdina é uma das grandes responsáveis pelo bom momento de forma que vive o Colégio João de Barros que terá na sua mão a chave do campeonato, já que só a formação de Pombal poderá dar o empurrão que o Madeira Sad precisa para sonhar com o título. Parece mesmo já só um sonho.

Críticos Femininos

Crónica de Fim de Semana – 17 – 2010 / 2011 - III

Crónica de fim de semana dedicada à PO04.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

17.ª Jornada – Resultados
Ginásio Sul 26 - 24 Boavista FC
FC Infesta 19 - 30 ABC
Sporting 48 - 20 SC Espinho
Marítimo 36 - 40 Belenenses
Xico Andebol 27 - 27 Águas Santas
São Bernardo 26 - 41 FC Porto

Jornada sem surpresas, e em que as equipas supostamente mais apetrechadas venceram os seus jogos, verificando nalguns resultados um forte desequilíbrio no marcador, como por exemplo no Sporting / SC Espinho, se nos lembramos que na 1.ª volta o Espinho tinha obtido um excelente empate com esta equipa. O Xico Andebol com este empate diante do Águas Santas e o Ginásio Sul com a sua vitória diante o Boavista FC, complicaram as contas dos apuramentos para a 2.ª Fase. Pois neste momento a cinco jornadas do fim desta fase, apenas três equipas já têm lugar garantido no Grupo “A” da 2.ª Fase são o ABC, O FC Porto e o Sporting, depois existe um lote de 7 sete equipas que disputa os restantes cinco lugares ( Águas Santas , Marítimo, Belenenses, Espinho, S. Bernardo, Ginásio Sul e Xico Andebol ) , estando já completamente afastadas de qualquer hipóteses de apuramento o FC Infesta e o Boavista FC. A classificação está assim ordenada, ABC ( 46 pontos ), FC Porto ( 43 pontos ), Sporting ( 42 pontos ), Águas Santas ( 38 pontos ), Marítimo ( 37 pontos ), Belenenses e SC Espinho ( 35 pontos ), S. Bernardo ( 33 pontos ), Ginásio Sul ( 32 pontos ), Xico Andebol ( 29 pontos ), FC Infesta e Boavista FC ( 19 pontos ).

O Noticias

domingo, 20 de março de 2011

Crónica De Fim de Semana – 18 – 2010 / 2011 - I

Regresso da PO01, após um interregno, para a disputa de jogos da Selecção nacional.

Uma notaSendo o jornal “ A Bola” considerado um parceiro da modalidade, estranha-se que não englobe na sua agenda de transmissões televisivas o jogo de andebol que hoje tinha transmissão em directo ( FC Porto / Benfica ).

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

20.ª Jornada
Sporting 25 - 23 Belenenses
Xico Andebol 21 - 30 ABC
São Bernardo 19 - 22 Madeira SAD
Águas Santas 15 - 0 Maria Balaio ( Desistência Maria Balaio )
São Mamede 23 - 30 SC Horta
FC Porto 27 – 26 Benfica

Esta jornada fica marcada por a primeira que se realiza, após a anunciada desistência do Maria Balaio, e nos termos regulamentares, nomeadamente o ponto 2 do artigo 12.º do Titulo 11 do Regulamento Geral ( Os resultados dos jogos realizados por um clube, que por qualquer motivo tenha sido eliminado ou desistido de uma prova, não serão anulados ) e ainda com a aplicação da alínea b) do ponto 4 do mesmo artigo para efeitos de diferença de golos ( …. ser-lhe-á atribuída a derrota de 0-15 ) , pelo que além de outras sanções disciplinares previstas, em termos meramente desportivos, serão atribuídas 3 derrotas , atribuindo-se ao Águas Santas, FC Porto e Belenenses os três pontos da vitória e um resultado de 15-0. Esta desistência irá ainda influenciar a disputa do Grupo “B”, pois passará a verificar-se semanalmente uma equipa com folga.

A jornada foi dominada por dois jogos o Sporting / Belenenses, com interferência directa nos seis apurados para o Grupo “A”, e o FC Porto / Benfica jogo com influência directa na diferença pontual entre estas equipas na 2.ª fase da prova. O Sporting / Belenenses, foi como de costume um jogo sofrido pela equipa de verde, que apesar de ter vencido, não convenceu, nem os seus adeptos nem os amantes da modalidade que formaram uma excelente moldura humana no pavilhão do Casal Vistoso. O jogo foi sempre disputado sob o desígnio do equilíbrio com várias situações de igualdade, chagando ao intervalo com o Sporting na frente pela margem, mínima 15-14, no segundo período o Sporting comandou quase sempre o marcador mas sem nunca conseguir uma margem superior a três golos, por exemplo 23-20 aos 54 minutos, mas o Belenenses com a sua atitude do costume logrou atingir a igualdade a 23 golos aos 57 minutos, nos minutos finais o Sporting conseguiu finalmente materializar a sua vitória. De destacar no Sporting a exibição de Hugo Figueira ( 45 % de eficácia ) e o veterano Petric com 7 golos. No Belenenses a os 10 minutos finais do guarda-redes Vasco Ribeiro e Elledy Semedo com 9 golos. No FC Porto / Benfica vitória pela margem mínima do FC Porto. O ABC, na sua deslocação aos seus vizinhos de Guimarães cumpriu vencendo naturalmente um Xico Andebol sem argumentos, foi um jogo de sentido único com os Bracarenses a comandar desde o 1.º ao último minuto, com destaque para a prestação Rui Lourenço ( 10 golos ) . O SC Horta ainda com esperanças de ficar classificado nos 6 primeiros foi a S. Mamede defrontar os locais e venceu, os Academistas apenas ofereceram resistência no 1.º tempo que terminou com o resultado favorável aos insulares ( 13-11 ) , no segundo período a partir dos 36 minutos só deu SC Horta, Nelson Pina ( 8 golos ) foi uma das figuras do jogo. O Madeira SAD deslocou-se ao sempre difícil recinto do S. Bernardo, onde foi obter uma difícil vitória, num jogo onde apenas conseguiu assumir o comando do marcador cerca dos 53 minutos. Com estes resultados a 2 jornadas do fim desta fase a luta pelos lugares de apuramento está reduzida, com Sporting, Belenenses, Águas Santas e SC Horta na luta por dois lugares no Grupo “A”, mas com ligeira vantagem do Sporting e do Águas Santas. A Classificação ficou assim ordenada. FC Porto ( 54 pontos ), ABC ( 53 pontos ), Benfica e Madeira SAD ( 48 ), Águas Santas ( 45 pontos – mais um jogo ), Sporting ( 45 pontos ), SC Horta ( 45 pontos – mais um jogo ) Belenenses ( 41 pontos ) e São Mamede ( 30 pontos )…..

FC Porto 27 – 26 Benfica

Reunidos todos os ingredientes para um bom espectáculo de Andebol, com transmissão Televisiva, e pavilhão completamente cheio. No entanto, algo, estranhamos neste recinto, porque será que a localização dos bancos é alterada consoante se trate de jogos Nacionais ou para as competições Europeias?

Um belo jogo de Andebol, com o FC Porto a comandar quase sempre o marcador, pois foram raras as situações de igualdade registadas, no entanto o Benfica apesar da excelente réplica que deu, sentiu sempre grandes dificuldades no ataque organizado, perante uma defesa do FC Porto sempre atenta e que quase nunca deu facilidades , exceptuando um pequeno período em que os Portistas alteraram o seu sistema para duas linhas, mas que rapidamente foi rectificado. No primeiro tempo a maior diferença registada foi de 5 golos ( 12-7 ) aos dezassete minutos, chegando-se ao intervalo com o resultado favorável aos donos da casa por 17-14. Diga-se ainda que João Ferreirinho foi durante este período e não só a grande figura deste Benfica. No segundo tempo o Benfica entrou melhor e conseguiu chegar à igualdade aos 49 minutos ( 21-21 ), sendo o jogo de um grande equilíbrio até ao fim, embora sempre ligeira supremacia da equipa da casa, com os benfiquistas a falharem o empate a 6 segundos do fim. No FC Porto o destaque vai para Inácio do Carmo ( 6 golos ), a defender a assistir e a marcar, e ainda Nuno Grilo ( 7 golos ), que parece ressurgir e ainda bem. No Benfica sem duvida nenhuma que João ferreirinho foi a figura do jogo, bem acompanhado por David Tavares ( 6 golos ) , Carlos Carneiro apesar dos 10 golos que marcou, não esteve bem, pois em determinados momentos foi demasiado individualista. Num jogo difícil de dirigir a dupla Internacional de Leiria Eurico Nicolau / Ivan Caçador, realizaram trabalho bastante agradável, embora não isento de erros, em especial nos apoios e nalgumas situações passiveis de exclusão.

O Cartão Vermelho amostrado a Tiago Rocha, merece da nossa parte uma nota, pois o mesmo está completamente em consonância com as regras ( último minuto ), mas a ignorância dos comentadores da RTP2 , foi confrangedora, e se acrescentarmos a lírica frase de Hélder Marques de Sousa , quando referindo ao delegado ao jogo, disse o “Árbitro da Mesa”, diz acerca deste comentador.

O Banhadas Andebol

sábado, 19 de março de 2011

Crónica de Fim de Semana – 21 – 2010 / 2011 - II

Crónica de fim de semana dedicada à PO02, Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

2.ª Jornada – Resultados
AC Fafe 30 - 26 Marítimo
Ismai 34 – 30 Vitória FC
Avanca 25 – 25 AC Sismaria

Numa jornada em que se verificava uma deslocação de todas as equipas da zona sul aos recintos das equipas da zona norte, verificou-se uma supremacia das equipas visitadas, sem ser esmagadora, pois num dos jogos até se verificou um empate final, num encontro equilibrado, com ligeiro ascendente do Avanca no 1.ª tempo, chegando ao intervalo a vencer por 12-10, e com a equipa de Leiria a reequilibrar no segundo período obtendo um excelente empate. No jogo em que se defrontavam as duas equipas que na época anterior militavam na 1.ª Divisão, e com um pavilhão bem composto de publico, venceu O Fafe, equipa com um plantel mais experiente e que comandou durante toda a 1.ª parte o marcador, registando ao intervalo um resultado a seu favor de 17-11, que lhe permitiu apesar da reacção dos Madeirenses fazer a gestão do resultado. O Ismai que defrontou o Vitória FC, equipa que na época transacta militava numa divisão inferior, venceu com toso o mérito, pois tal como no jogo de Fafe, comandou durante toda a 1.ª parte chegando ao intervalo a vencer por 20-14, margem que deu a possibilidade de perante a reacção da equipa de Setúbal, fazer a gestão do resultado. Apesar de estarem disputadas apenas duas jornadas nesta fase, poderemos dizer que o equilíbrio está presente, embora exista ligeira supremacia das equipas do norte, para conclusões mais assertivas, vamos ter de esperar mais algumas jornadas. A 3.ª jornada será o inverso desta com a deslocação de todas as equipas da zona norte a jogos na condição de visitantes às equipas da zona sul.

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 18 de março de 2011

Vergonha no Andebol Nacional

MARIA BALAIO
DESISTE
DA ( PO01 ) CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINA

Já andava no ar que esta situação estava para acontecer, esperava-se no entanto que a situação apenas se verificasse no final da época, onde certamente com a “esperteza” de alguns surgiria o “direito desportivo” para dar a outro, em nova manobra do chico espertismo, e lá surgiria um novo clube na PO01. No entanto verifica-se que a situação agravou-se de tal forma que não hipótese de tal se verificar.

Diz o povo “ vier atrás que feche a porta” e agora senhores dirigentes da Federação e os padrinhos Associativos destas situações, como é , quem vai pagar as dividas deste clube, e do seu antecessor, será que na Assembleia Geral , que se realiza no próximo dia 19, para discussão do Relatório e Contas relativo a 2010, será alterado, passando estes valores, para incobráveis ?

Esperamos sinceramente, que a Direcção da FAP, que é tão lesta em alterações regulamentares, o seja também desta vez de forma a evitar estas situações “miseráveis” só vistas na nossa modalidade.

O CO n.º 73 da FAP, apenas informa do cancelamento dos jogos da PO01, e nós perguntamos e os outros escalões, como é? Já saiu o registo disciplinar datado de 17-03-11, mas onde nada consta relativo a esta situação, é estranho? Assim como é estranho ainda não haver quaisquer informação relativa aos jogos já realizados e respectivas pontuações, bem como quais os procedimentos relacionados com os jogos em falta?

O Banhadas Andebol

Informação - Clubes - Diversos

BELENENSES
AC FAFE
SALGUEIROS 08
O Noticias

quinta-feira, 17 de março de 2011

Analise das Nomeações – Fim de Semana – I / 10-11

Num regresso que será sempre polémico, resolvi que deveria voltar a efectuar este texto, embora recorde que se trata somente de uma breve e resumida analise das nomeações efectuadas pelo CA, que no nosso entender esta semana revelam uma falta de qualidade e de critério.

Mesmo que existe quem não gosta da mesma e procure ser ofensivo, nos seus comentários. Recordamos que se trata somente de um texto que espalha a opinião do seu autor e como tal deve ser considerado, embora haja quem desejasse que a mesma, não existisse. Recordando de que, se trata somente de uma analise.

PO01 – Campeonato Nacional 1.ª Divisão Seniores Masculinos
20.º Jornada – 1.ª Fase

Duplas – As nomeações para esta jornada dão a sensação de que foram enquadradas por necessidade de observar as duplas, pois é a primeira vez esta época, senão estamos em erro, que são nomeados observadores para as duplas que actuam na PO01. A jovem dupla Aveirense André Andrade / Telmo Neves, vai efectuar o seu quinto jogo na PO01, mas com a curiosidade de dirigir o Maria Balaio 3 vezes na condição de visitante, será que não existia nomeação mais conveniente, evitando-se estes constrangimentos! Depois temos a “cereja no topo do bolo”, a nomeação da dupla Internacional Leiriense para o Benfica / FC Porto, será que o CA se esqueceu de que foi esta dupla que efectuou este encontro na 1.ª volta, esquecendo-se de que ainda está por disputar a Fase Final, e não levou em linha de conta que esta dupla em 10 jogos que vai dirigir da PO01, dirige 5 vezes o Benfica, sendo a dupla que mais vezes dirige uma mesma equipa.

Jogo – Dupla
Sporting - Belenenses – Daniel Freitas / César Carvalho
Xico Andebol - ABC – José Bessa / Pedro Fontes
S. Bernardo – Madeira SAD – Ana Silva / Ana Afonso
Águas Santas – Maria Balaio – André Andrade / Telmo Neves
S. Mamede – SC Horta – Flávio Carvalho / João Malhado
FC Porto - Benfica – Eurico Nicolau / Ivan Caçador

Restantes Nomeações

Nas restantes provas existem nomeações, devemos dizer em abono da verdade de que na Fase Final da 2.ª Divisão as mesmas foram efectuadas com critério, já o mesmo não se pode dizer da PO09, que nos parece um dos parentes pobres das nomeações, pois conhecendo-se alguns níveis de contestação que se verificam nesta prova, o CA em vez de defender as duplas, cria situações que poderão aumentar o grau de contestação e prejudicar não só as próprias duplas como o próprio desenrolar da prova, veja as nomeações para os jogos do Colégio de Gaia ( 3.º jogo do dia ) e do Académico FC ( 3.º jogo do dia ). Na PO04, verificou-se algum cuidado.

Mais uma vez se alerta que esta análise não coloca em causa a idoneidade dos nomeados, mas por vezes a sua experiência e valor.

O Analista

Informação - Clubes - Diversos

ISMAI
BOAVISTA FC
BATALHA AC
O Noticias

quarta-feira, 16 de março de 2011

PO03 – Campeonato Nacional 3.ª Divisão – Fase Final - Sorteio

Realizou-se em 15-03-11, o sorteio da Fase Final da PO03, que será disputada de 26-03-11 a 11-06-11.

Participantes – FC Infesta. Ílhavo AC, NA Samora Correia, ADC Benavente, Vela Tavira e CD Marienses. ( Com a novidade de uma equipa insular a disputar a Fase Final , e de não se registarem equipas repetentes da última época )

Formula de disputa – Esta fase será disputada no sistema de TXT a 2 voltas, iniciando as equipas a Fase Final, com zero pontos.

Apuramento – As equipas classificadas dos 1.º ao 4.º lugar, ascenderão na época 2011/2012 à 2.ª Divisão Nacional ( PO02 ) .

Resultado do Sorteio:
1.ª Jornada
A primeira jornada, engloba um cruzamento entre as várias zonas, o que desperta desde já uma curiosidade de constatar os resultados finais. Por exemplo, verificar como se irão “portar” as duas equipas da zona sul que irão jogar na condição de visitantes nesta 1.ª jornada, e ter em especial atenção o “confronto” entre os líderes das zona norte e centro.

O Banhadas Andebol