gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Turquia por 40-25 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 30 de abril de 2011

Crónica de Fim de Semana – 26 – 2010 / 2011 - II

Crónica de fim de semana dedicada à PO02, Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

7.ª Jornada – Resultados
Marítimo 39 - 40 AC Fafe
Vitória FC 34 - 31 Ismai
AC Sismaria 21 - 25 Avanca

Nova jornada desta prova, que registou alguns resultados surpresa, o Vitória FC venceu O Ismai, num jogo em que comandou sempre o marcador, chegando inclusive a ter nove golos de vantagem ( 18-9 ) , cerca dos 25 minutos de jogo, tendo atingindo o intervalo com o resultado a seu favor por 19-11. No segundo tempo apesar de ter continuado a comandar o marcador, perdeu fulgor e a equipa do Ismai, que rectificou os seus processos encetou excelente recuperação que no entanto não chegou para a obtenção de um resultado positivo. O Avanca, foi a Gandara vencer o Sismaria num jogo em que o equilíbrio foi a nota predominante durante o primeiro período do jogo que chegou ao intervalo com o resultado em 15-14 a favor dos visitantes, no entanto os forasteiros comandaram quase sempre o marcador durante estes 30 minutos chegando a desfrutar de 3 golos de vantagem ( 11-8 e 15-12 ), a partir do minutos 45 aproximadamente, a equipa do Avanca começou a ganhar vantagem no marcador , atingindo os 22-17 , cerca dos 55 minutos gerindo resultado a partir deste momento. O Fafe foi á Madeira vencer o Marítimo pela diferença mínima, um Marítimo que comandou o marcador até perto dos 50 minutos de jogo ( 30-28 ), no entanto a mais valia e experiencia da equipa minhota, permitiu-lhe passar para o comando cerca dos 55 minutos ( 33-31 ). Com estes resultados, apenas 4 equipas podem matematicamente ter esperanças em ascender á 1.ª Divisão, no entanto é nossa convicção de que o Fafe, já tem o seu lugar garantido ( pode confirmá-lo já na próxima jornada ), Ismai e Avanca irão discutir a outra vaga. A classificação ficou assim ordenada, AC Fafe ( 20 pontos ), Ismai ( 16 pontos ), Avanca ( 14 pontos ), Vitória FC ( 13 pontos ), Marítimo ( 11 pontos ) e AC Sismaria ( 10 pontos ).

O Banhadas Andebol

sexta-feira, 29 de abril de 2011

EURO 2012 FEMININO – III

Já se encontra definido o calendário dos jogos do Grupo 2 , onde se encontra Portugal.

Calendário:
1.ª Jornada - 19-20 de Outubro de 2011
Roménia - Portugal
Sérvia – 1.º da Qualificação 1

2.ª Jornada - 22-23 de Outubro de 2011
1.º da Qualificação 1 - Roménia
Portugal - Sérvia

3.ª Jornada - 21-22 de Março de 2012
Sérvia - Roménia
1.º da Qualificação 1 - Portugal

4.ª Jornada - 24-25 de Março de 2012
Roménia - Sérvia
Portugal - 1.º da Qualificação 1

5.ª Jornada - 30-31 de Maio de 2012
Portugal - Roménia
1.º da Qualificação 1- Sérvia

6.ª Jornada - 02-03 de Junho de 2012
Roménia - 1.º da Qualificação 1
Sérvia - Portugal

Nota Final – Assim que estiverem definidos horários e locais , daremos conhecimento.

O Noticias

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Arbitragem…Para Onde Caminha…

Um tema que vai certamente ser polémico, e provavelmente muito criticado pelo momento em que será publicado, mas pensamos que terá chegado o momento de se esclarecer a situação vivida, que não tem paralelo na modalidade.

Começamos por tentar esclarecer a rocambolesca história do Regulamento de Arbitragem, em 12 de agosto de 2010, a Direcção da FAP, informa de quais s regulamentos alterados e que entraram em vigor, neles não constava o de arbitragem, no entanto nunca ninguém esclareceu o que se passava, até hoje….

Por exemplo nunca foi publicado ou divulgado aos clubes e demais intervenientes na modalidade, quais os critérios de nomeação para a época, conforme era normal e obrigatório, ver por exemplo anexo 3 da circular n.º10 de 2009 / 2010.

É publicada uma circular n.º3 Época 2010 / 2011, que contem um anexo que diz : Níveis provisórios para a época 2010 / 2011, pelos vistos são provisórios até ao momento pois não têm suporte legal, nem enquadramento jurídico, pois os níveis ali descritos não se encontram regulamentados em lado nenhum.

Com a agravante do enquadramento ali feito não ter nenhuma explicação.

Por força destes factos verifica-se que os árbitros de Elite ( Categoria no Regulamento em vigor ) , não tem nomeações de observador, pergunta-se como será classificados, ou as observações tem sido efectuadas clandestinamente???

Segundo as informações que vão chegando ao Blog, fala-se em apenas 3 observações nesta época para todos os árbitros, mais uma ilegalidade, basta consultar nomeadamente o ponto 1 do artigo 41.º ( Observações Obrigatórias ) do Titulo 15 do Regulamento Geral da FAP e Associações, que diz claramente que são cinco.

Juntar a todas as estas situações, os árbitros continuam a ser os sacrificados em termos financeiros pela política da FAP, pois estando a época em finais de Abril, tem empatadas verbas de transporte desde 15 de Outubro, segundo as informações que nos chegaram. Nós perguntamos como é possível??? Que foi feita das exorbitantes verbas pagas pelos Clubes nos momentos de inscrição para as provas Nacionais???

Muito mais poderia ser dito, mas pensamos que por hoje, ficamos por aqui, o desenvolvimento das situações, dirá se voltaremos ao tema ou não.

O Regras

Informção - Clubes - Diversos

BOAVISTA FC
SALGUEIROS 08
BATALHA AC
O Noticias

quarta-feira, 27 de abril de 2011

EURO 2012 FEMININO – II

Realizou-se hoje o sorteio da 2:ª Fase do apuramento para Fase Final do Euro 2012 Seniores Femininos a realizar de 2 a 16 de Dezembro de 2012 na Holanda.

Já Apurados:
Holanda – País Organizador
Noruega – Campeã em Titulo

A 1.ª fase será disputada por um único grupo, concentrado de 3 a 5 de Junho de 2011 e pelas seguintes equipas, Grécia, Inglaterra, Finlândia e Israel, sendo apurados os dois primeiros classificados, para a 2.ª fase.

A 2.ª fase é disputada por 7 grupos de 4 equipas, no sistema de TxT a duas voltas. Sendo apuradas para a Fase Final as equipas Classificadas em 1.º e 2.º lugar de cada Grupo.

Constituição dos grupos:
Portugal ao ficar no Grupo 2, juntamente com a Roménia, Sérvia, e o 1.º Classificado do grupo da 1.ª Fase de qualificação, não tem dos piores grupos em termos competitivos, agora veremos qual o comportamento da Selecção Nacional, principalmente nos jogos contra a Sérvia e a equipa que vier da 1.ª Qualificação.

Calendário das jornadas:

1.ª Jornada - 19-20 de Outubro de 2011.
2.ª Jornada - 22-23 de Outubro de 2011.
3.ª Jornada - 21-22 de Março de 2012
4.ª Jornada - 24-25 de Março de 2012
5.ª Jornada - 30-31 de Maio de 2012
6.ª Jornada - 02-03 de Junho de 2012.

Nota Final – Os três primeiros Classificados no Euro 2012, estão directamente apurados para o Mundial de 2013 na Sérvia.

O Noticias

Reunião do Comité Executivo da EHF - I

Na reunião do Comité Executivo da EHF, que decorreu na sua sede na Áustria em 8 e 9 de Abril de 2011, foram tomadas algumas decisões de fundo, que devem ser divulgadas. Nesta reunião participou como elemento de pleno direito e pela 1.ª vez Joan Marin , presidente da PHB (Professional Handball Board ). Iremos divulgar as decisões faseadamente, com a finalidade de se evitar o artigo demasiado extenso.

NOVA COMPETIÇÃO A TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS

FOI APROVADA A FUSÃO DA EHF CUP MASCULINA E DA CUP WINNERS' CUP MASCULINA JÁ NA TEMPORADA 2012/2013.

A junção destas duas provas dá origem a uma nova prova denominada “ TAÇA DOS CAMPEÕES EUROPEUS “, e o novo formato produzirá feitos já a partir da época 2012 / 2013.

Este novo conceito foi desenvolvido após uma proposta apresentada na reunião com os clubes e os seus representantes no Fórum que se realizou no mês de Janeiro em Copenhague.

O Formato definitivo e correcto das formas de qualificação para esta nova competição ainda não estão perfeitamente definidos, apenas já se sabe que o Titulo de vencedor da mesma será disputado num sistema igual ao da Liga dos Campeões Europeus, ou seja uma final a quatro, disputado em concentração num fim de semana.

Os requisitos de participação serão menores do que os exigidos para a EHF Champions League, mas maiores do que os exigidos, para a participação na Challenge CUP.

A estratégia a longo prazo da EHF, passa por criar um sistema de três níveis de competição, tendo a EHF Champions League como produto Premium, seguido pela Taça dos Campeões Europeus e pela Challenge CUP. Nesta fase a alteração será apenas efectuada nas competições Masculinas.

Na sequência desta decisão, o Comité executivo irá desenvolver todas as acções para que o novo formato possa ser concretizado, ficando a análise da nova proposta a ser feita em Junho de 2011 na próxima reunião do Comité Executivo.
( Fonte EHF )

O Banhadas Andebol

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Crónica De Fim de Semana – 26 – 2010 / 2011 - I

Crónica de fim de semana dedicada à jornada Fase Final Grupo “A” e Grupo “B”, que tiveram jogos adiados.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

Grupo “A”
6.ª Jornada
Sporting 21 – 20 ABC
Águas Santas 26 – 29 Madeira SAD
FC Porto - Benfica ( 27-04-11 ás 19H30 )

Jornada incompleta, face ao adiamento previsível do jogo FC Porto / Benfica, que apenas se disputará na próxima 4.ª feira, e que poderá ser decisivo, na atribuição do título Nacional. Começaremos esta crónica, por manifestar a nossa mais completa estranheza, na nomeação da dupla para o jogo Águas Santas / Madeira SAD, pois entendemos que não é com nomeações deste teor, que se defende os próprios árbitros, nem a competição, devendo quem nomeia ou quem se apresenta como responsável pelas mesmas, analisar todos os factos relevantes que antecedem uma tomada de decisão, e voltar a nomear um dos árbitros que esteve presente no jogo da 1.ª volta, que terminou empatado a 22 golos, mas que deu origem a uma polémica sobre atletas castigados, é no mínimo uma falta de bom senso inadmissível. O jogo foi de equilíbrio constante durante os primeiros 30 minutos, com várias alterações no comando do marcador e com diversas situações de igualdade a registarem-se, chegando ao intervalo com os Madeirenses na posição de vencedores pela margem mínima ( 13-12 ). Nos segundos 30 minutos o Madeira SAD, comandou quase sempre o marcador, mas a excelente réplica dos homens do Águas Santas, permitiu-lhes chegar novamente a uma situação de igualdade cerca dos 44 minutos ( 19-19 ), no entanto o momento decisivo do jogo ( no nosso entender ), regista-se aos 46 minutos com a desqualificação directa de Pedro Cruz na sequência de uma falta por si cometida e que deu origem a um livre de 7 metros, ficando nesse momento o resultado em 23-19 a favor da equipa Insular, que comandou o marcador o resto do tempo de jogo, fazendo uma completa gestão do resultado. Nos Madeirenses destaque para a actuação de Gonçalo Vieira com 10 golos em 11 oportunidades, e no Águas Santas a actuação de Joel Rodrigues ( 6 golos ), apesar de não ter sido o melhor marcador da equipa. O Sporting por sua vez venceu dificilmente o ABC, pela margem mínima. A Classificação ficou assim ordenada, FC Porto ( 42 pontos – menos 1 jogo ), Benfica ( menos 1 jogo ) e Madeira SAD ( 40 pontos ), Sporting e ABC ( 38 pontos ), e Águas Santas ( 32 pontos ).

Sporting 21 - 20 ABC

Um jogo de andebol, em principio pressupõe a existência no mínimo de duas equipas, constituídas por jogadores de campo e guarda redes, que serão dirigidos por árbitros. No entanto neste jogo, disputado num pavilhão com um número de espectadores que roça o ridículo na prova de topo do Andebol Nacional, apenas existiu na maior parte do tempo de jogo uma equipa o ABC, os outros jogadores que se apresentavam do outro lado do campo, eram um conjunto de jogadores, sem ideias, a querem resolver o jogo cada um por si, e a cometerem falhas técnicas atrás de falhas técnicas num ritmo alucinante. Por exemplo não se compreende como é possível que um jogador como Petric, completamente fora de forma esteja tanto tempo em campo, por outro lado um jovem como Rui Silva, que entra para a posição de central falha um passe, vai para o banco de seguida e não regressa mais ( esteve em campo 3 a 4 minutos ). O ABC que começou bastante mal o jogo , obtendo o seu 1.º golo apenas aos 8 minutos, para assumir pela primeira vez o comando aos 14 minutos ( 4-3 ) e assumir quase de forma definitiva o comando aos 16 minutos, chegando ao intervalo a vencer por 10-9, para aos 46 minutos chegar a ter uma vantagem de 4 golos ( 17-13 ), a recuperação da equipa de Lisboa apenas começa, quando devido a exclusões o ABC fica com apenas 4 jogadores de campo, cerca do minuto 52, e com a entrada dos jovens da equipa de Alvalade Pedro Marques, Fábio Magalhães e até de Pedro Portela, que até ai tinha estado irreconhecível. O Sporting consegue o golo da vitória a 54 segundos do fim, falhando José Ricardo Costa o empate num remate completamente desastroso a 10 segundos do fim. No ABC deve-se destacar a excelente exibição de Humberto Gomes e de Luís Bogas que usou e bem toda a sua experiencia. No Sporting, Bosko merece um destaque pois era o melhor elemento da equipa até se lesionar. O Jogo foi dirigido pela jovem equipa de Leira, Flávio Carvalho / João Malhado, uma das duplas com maior potencial e com maior margem de progressão, no entanto neste jogo não estiverem bem, em especial na Lei da Vantagem, e foram demasiado passivos na aplicação da Sanção Progressiva, e permitiram demasiados tempos de paragem de jogo a pedido.

Grupo “B”
6.ª Jornada
Belenenses 34 - 28 Xico Andebol
SC Horta - São Bernardo ( 30-04-11 ás 21H00 )
Folga – São Mamede

O Belenenses venceu o Xico Andebol, que na véspera tinha jogado na Horta e passadas que não são 24 horas está efectuar novo jogo. Estas situações apenas são admissíveis por motivos financeiros, porque em termos desportivos são inadmissíveis, numa prova que quer seja de regularidade. A Classificação ficou assim ordenada, Belenenses ( 35 pontos ), SC Horta ( 29 pontos – menos 2 jogo ), São Bernardo ( menos 1 jogo ) e Xico Andebol ( 24 pontos ), e São Mamede ( 19 pontos – menos 2 jogos ).

O Banhadas Andebol

domingo, 24 de abril de 2011

Europeu de Sub 19 – Feminino - II

PORTUGAL FALHOU O APURAMENTO

A participação desta Selecção orientada por Sandra Fernandes e que teve como adjunta Filomena Santos, iniciou a sua participação da melhor maneira, derrotando a formação da Bulgária por uns claros 33-16, num jogo que acabou por ser aproveitado para se rodarem todas as atletas, como este jogo se disputou após o Roménia / Turquia, deixou imediatamente de sobreaviso toda a equipa para as dificuldade que se iriam encontrar nos jogos seguintes. No segundo jogo disputado frente a aguerrida equipa Turca, verificaram-se as dificuldades esperadas de tal forma que ao intervalo ( 14-14 ), o resultado era um espelho não só das dificuldades , mas também do valor das jovens turcas. Jogo equilibrado de princípio ao fim com a jovem guarda-redes Tatiana Góis, a ser grande figura do encontro, e com Rita Alves, a ser mais uma vez a marcadora de serviço com 10 golos. No jogo decisivo, a equipa Nacional, entrou da melhor maneira e equilibrou o encontro até aos 18 minutos ( 5-5 ), diante uma equipa Romena com uma envergadura física impressionante, e algumas atletas com uma grande experiencia competitiva apesar da idade, dos 18 aos 30 minutos estivemos francamente mal e permitimos que as Romenas chegassem ao intervalo a vencer por 15-8. No segundo período do encontro, iniciamos com garra e determinação e aos 36 minutos tínhamos reduzido o diferencial para apenas 4 golos ( 17-13 ), mas voltamos ao ritmo anterior e rapidamente as romenas restabeleceram a diferença , e aos 48 minutos venciam novamente por 7 de diferença ( 23-16 ), depois até aos 60 minutos não há mais história, e com o apuramento praticamente definido, as nossas atletas com excepções entraram em descrença. E destacar na equipa Romena pela sua qualidade a Guarda Redes Denis Dudu, e as atletas Eliza Buceschi com 12 golos e a Dana Pricopi com 7 golos. Na selecção Portuguesa, não podemos deixar passar em claro apesar da derrota as actuações da guarda redes Tatiana Góis e da ponta direita Catarina Ascensão, que esteve muito bem. Portugal perdeu o jogo e consequentemente o apuramento, porque as Romenas foram nitidamente superiores, mas não se pode cometer o número de falhas técnicas que foram cometidas, nós constatámos no mínimo 18 falhas técnicas ( maus passes, más recepções, dribles, toques, etc… ), juntando ainda que sempre que estivemos em superioridade numérica, nunca soubemos aproveitar a mesma, pelo contrário. Uma referência especial para o público em Leiria, que encheu sempre o Pavilhão nunca deixando de apoiar a equipa Nacional.

Nota FinalGostaríamos de dar os nossos parabéns à intervenção da nossa técnica Sandra Fernandes, que perante a insistência do entrevistador da RTP José Fonseca em querer atribuir responsabilidades da derrota á exibição menos conseguida da atleta Rita Alves, a técnica portuguesa, respondeu com clareza que nunca entraria por esse caminho e que a culpa foi de toda a gente.

Resultados do Grupo 6:
Roménia 24 – 23 Turquia
Portugal 33 – 16 Bulgária
Bulgária 18 – 29 Roménia
Turquia 26 – 32 Portugal
Turquia 43 – 23 Bulgária
Roménia 32 – 22 Portugal

Classificação do Grupo:
Apurados para a Fase Final:

Organizador – Holanda
Classificados de 1.º a 4.º No Euro Sub17 de 2009 – Dinamarca, Rússia, Noruega e França.
Grupo 1 – Espanha e Sérvia
Grupo 2 – Alemanha e Áustria
Grupo 3 – Hungria e Suécia
Grupo 4 – Croácia e Polónia
Grupo 5 – Ucrânia e Eslovénia
Grupo 6 – Roménia

O sorteio dos grupos da fase final será a 27 de Abril, pelas 17h30, em sintonia com o sorteio do Euro 2012, que também será organizado na sua Fase Final pela Holanda.

O Formador

EHF Competições - 2010 / 2011 – XXIX

O Benfica disputou hoje a 1.ª Mão das 1/2 Final da Challenge CUP, em que defrontou a equipa Sérvia do Partizan Dunav Osiguranje, e perdeu por 36-30, com o resultado ao intervalo a situar-se já em 17-13 a favor dos Sérvios. Jogo disputado num pavilhão cheio cerca de 2000 espectadores, ( e bem sabemos como eles apoiam as suas equipas ), num jogo em que a equipa Sérvia sofreu 8 exclusões contra apenas 4 do Benfica, Milan Vucicevic ( 7 golos ), Carlos Carneiro e David Tavares ( 6 golos ), foram os marcadores de serviço, o Benfica falhou a marcação de dois Livres de 7 metros.

É nossa convicção de que o que falhou desta vez não foi o ataque, mas sim a defesa, e de que apesar de existirem 6 golos de diferença, se o Benfica actuar como equipa e tiver um pavilhão cheio, com um publico vibrante e entusiasta, poderão ser anuláveis.

CHALLENGE CUP 1/2 Final

Resultado
1ª Mão
Partizan Dunav Osiguranje ( Sérvia ) 36 – 30 Benfica

2.ª Mão em 01-05-11
Benfica - Partizan Dunav Osiguranje ( Sérvia ) ( 17H15 ) RTP2

O Noticias

sábado, 23 de abril de 2011

38.º Torneio República Checa – CHEB – 2011 - I

A nossa participação neste torneio começou mal ( derrota num particular com a equipa da casa 29-17 ), e logo na primeira jornada num jogo em que ao intervalo vencíamos por 13-9, acabamos por sofrer nova derrota , agora diante da Ucrânia por 29-26. NO segundo dia voltamos a claudicar diante a Selecção da casa, num jogo onde ao intervalo já perdíamos 15-6 , e terminamos com uma derrota por 32-19, e por fim defrontamos a Bielo-Rússia e nova derrota averbada desta vez por 29-27, sendo o melhor resultado obtido, ao intervalo registava-se uma igualdade a 12 golos. Terminamos assim mais uma participação num torneio sem objectivos definidos e cujo saldo foi certamente negativo.

Podem verificar a importância atribuída pelos FAP a esta participação, através das notícias sobre a mesma, bem como o local onde são colocadas no Portal da FAP. Enfim critérios editoriais…

No entanto este torneio revelou-nos, algumas coisas, tais como um site prático e objectivo direccionado exclusivamente ao torneio ( Link ), e que colocou diariamente um pequeno vídeo sobre o jogo em referência, nós neste texto colocamos o vídeo resumo do último jogo da Selecção Nacional.
Resultados do Torneio

Rep. Checa 34 – 25 Bielo-Rússia
Portugal 26 – 29 Ucrânia
Ucrânia 24 – 31 Bielo-Rússia
Portugal 19 – 32 Rep. Checa
Bielo-Rússia 29 – 27 Portugal
Rep. Checa 18 – 37 Ucrânia

Classificação Final
Nota Final - Bebiana Sabino foi considera a melhor jogadora do Torneio ( Noticia inserida, depois da publicação do artigo )

O Noticias

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Mundial Sub 21 Masculinos – 2011 – Grécia - II

ARGENTINA CAMPEÃ PAN-AMERICANA DE JUNIORES MASCULINOS

Terminou hoje o Campeonato Pan Americano Júnior Masculino Elite, que decorreu em Brasília de 17 a 21 de Abril 2011, e que apurava os cinco representantes Pan Americanos a estar presentes no Mundial de Juniores Masculinos na Grécia. Com a vitória da Selecção da Argentina que venceu no jogo da decisão o Brasil por 25-24 e, que desta forma obteve o seu quinto título em sete participações.

Participaram apenas cinco Países ( Argentina, Brasil, Canada, Chile e Uruguai ), não se inscreveram para disputar a prova apesar de terem direito a isso ( Gronelândia, México e Venezuela ) , pelo que estando todos apurados, o interesse da prova residia na atribuição do titulo, e no escalonamento classificativo, para se saber em que grupos ficariam inseridos.

Classificação Final
Constituição Final do Grupo “D”

Grupo “D” – Portugal, Suécia, Espanha, Canada, Hungria e Irão.

O Formador

quinta-feira, 21 de abril de 2011

EHF Competições - 2010 / 2011 – XXVIII

A única equipa portuguesa que ainda disputa provas Europeias, o Benfica, inicia este fim de semana a disputa das 1/2 Final ( 4 equipas ) da Challenge CUP Masculina jogando na Sérvia, e defrontando a equipa que comanda o respectivo Campeonato.

CHALLENGE CUP

1ª Mão
Dia 23-04-11
Partizan Dunav Osiguranje ( Sérvia ) – Benfica ( 21H00 )
2.ª Mão
Dia 01-05-11
Benfica - Partizan Dunav Osiguranje ( Sérvia ) ( 17H15 ) RTP2

O Noticias

Crónica Intermédia De Fim de Semana – 25 – 2010 / 2011 - I

Crónica de fim de semana dedicada à jornada Fase Final Grupo “A” e Grupo “B”, que se disputou a meio da semana.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

Grupo “A”
5.ª Jornada
Benfica 25 – 24 Sporting
Águas Santas 20 – 26 ABC
FC Porto 30 – 19 Madeira

Jornada que se iniciou com mais um derby lisboeta, o Benfica / Sporting, desta vez disputado num pavilhão com uma razoável moldura humana, e que terminou com a vitória do Benfica pela diferença mínima, num jogo em que o Sporting comandou o marcador grande parte do tempo, pois a partir do momento em que o Benfica passou para a frente do marcador aos 52 minutos com o resultado em 22-21, nunca mais o largou e terminou na posição de vencedor. O Benfica , soube aproveitar e bem todas as situações de superioridade numérica ao contrario da equipa do Sporting, que cada vez que se encontrou em superioridade numérica, só cometeu falhas técnicas. O Benfica , com uma excelente garra teve no seu guarda redes Ricardo Candeias uma das figuras do jogo, juntamente com David Tavares ( 7 golos ). No Sporting a lesão sofrida por Bosko foi fatal para as suas aspirações e apenas nos merece destaque o trabalho de Bruno Moreira ( 6 golos ), tanto a atacar como a defender, e pela negativa salienta-se a prestação de Petric. O FC Porto / Madeira SAD, seria provavelmente um jogo para os mais estudiosos reverem, pois são tantas as situações de jogo que mereceriam certamente uma analise bem mais profunda. Vejamos, o Madeira SAD, marca o seu primeiro golo aproximadamente aos 11 minutos de jogo, colocando o resultado em 7-1 a favor do Porto, O Madeira SAD, com o resultado desfavorável de 4-0 aos 3 minutos , solicita o seu tempo de paragem no primeiro período de jogo, a equipa Insular marca o seu segundo golos aos 17 minutos ( 9-2 ), o primeiro termina com o resultado em 17-8 a favor do Porto, com Hugo Laurentino a ter uma eficácia de 56%, e o FC Porto a ter concretizado 9 golos de contra ataque em 10 acções realizadas. O Segundo tempo foi de gestão do Plantel e do resultado por parte do FC Porto, e o Madeira SAD produziu trabalho mais equilibrado com uma nítida subida de rendimento de alguns dos seus elementos. No FC Porto deve destacar as acções de Dario Andrade e de Ricardo Moreira, e m especial o comportamento dois guarda redes Ricardo Candeias ( 58 % de eficácia no total )e Alfredo Quintana ( 54% de eficácia No Total ). No Madeira SAD, Leandro Nunes , ainda foi o mais se aproximou do seu valor, enquanto José Coelho conforme já tínhamos referenciado no jogo com o Benfica está em nítida quebra. Finalmente o ABC obteve a sua primeira vitória nesta fase, e foi conseguida “extra muros” , em Águas Santas contra a equipa local, num jogo quase sempre equilibrado , com a equipa local a chegar ao intervalo a vencer pro 13-12 , mas uma entrada forte dos Bracarenses no segundo período do encontro coloca-os em vantagem aos 34 minutos ( 15-13 ), comando que nunca mais largaram apesar da réplica dos locais, afastando-se em definitivo cerca dos 50 minutos ( 22-20 ). No ABC destaca-se o regresso de José Rolo ( 7 golos ) às boas exibições , bem como a boa exibição de Humberto Gomes na baliza do ABC. O Águas Santas desta vez não teve um António Campos a produzir o seu normal, e disso se sentiu a equipa , obrigando á entrada de Alexandre Teixeira que acabou por estar bem melhor. Com esta jornada terminou a 1.ª volta da prova, e face aos resultados verificados e ao comportamento das equipas é nossa convicção de que o titulo será discutido entre o FC Porto e o Benfica. A Classificação ficou assim ordenada, FC Porto ( 42 pontos ), Benfica ( 40 pontos ), Madeira SAD e ABC ( 37 pontos ), Sporting ( 35 pontos ), e Águas Santas ( 31 pontos ).

Grupo “B”
5.ª Jornada
Belenenses 42 – 20 São Mamede
SC Horta 26 – 26 Xico Andebol
Folga – São Bernardo

Nova jornada disputada e com alguns factos relevantes, um deles os números da vitória obtida pelo Belenenses frente ao São Mamede, por serem números impensáveis, para uma primeira divisão nacional. Num jogo que até foi equilibrado durante quase todo o primeiro tempo, por exemplo o resultado aos 20 minutos de jogo era uma igualdade a 9, e ao intervalo a equipa do Restelo vencia apenas por um diferencial de 5 ( 17-12 ), depois foi o descontrolo total. No São Mamede o seu guarda redes Paulo Coelho com apenas 12% de eficácia, parece-nos mais vitima do que réu. No Belém salienta-se os dois guarda redes José Lopes e Vasco Robeiro, bem como o veterano Francisco Bacalhau ( 7 golos ) e Filipe Pinho igualmente com 7 golos concretizados em 7 oportunidades. Na Horta esteve a surpresa da jornada ( no nosso entender ) pois o Xico Andebol ao ir obter um excelente empate no recinto dos Açorianos, criou maiores expectativas, nas suas hipóteses de fugir à descida de divisão. No momento em que escrevemos esta crónica a única informação de que dispomos é de que foi o SC Horta que obteve o empate ao marcar um golo aos 59 minutos. A Classificação ficou assim ordenada, Belenenses ( 32 pontos ), SC Horta ( 29 pontos – menos 1 jogo ), São Bernardo ( 24 pontos ), Xico Andebol ( 23 pontos ), e São Mamede ( 19 pontos – menos 1 jogos ).

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Mais um… Que Acaba…

Tomamos conhecimento de mais um clube que abandona a actividade, e o que mais nos entristece e lamentamos e motivo , que aparentemente é evocado, (o Andebol Clube de Lamego vai ficar impossibilitado de participar em todos os Campeonatos Nacionais e Distritais a partir do dia 15 de Abril, em virtude de não poder cumprir com o plano de pagamentos acordado com a Federação de Andebol de Portugal.), se este é um motivo, para a abandonar, então estamos perante um caso de enorme gravidade. Nós perguntamos:

E Então os que resolvem mudar de nome e de figura jurídica, para prosseguir a sua actividade, e continuam com dívidas de valores enormíssimos pendentes e por liquidar á entidade máxima do Andebol Nacional?

E Aqueles que mesmo sem mudar de nome, apresentam dividas de grande valores, e nunca são impedidos de nada?

Nota - E quando falamos nestes assuntos, estamos por exemplo a referir-nos ao relatório e contas de 2008, essencialmente as rubricas Clubes com Plano de Pagamento e Clubes com Conta Corrente, pois em 2009, estas descrições desapareceram e em 2010, ainda nada está publicado.

Será que a entidade Federativa será zelosa a este extremo, ou existe , aqui uma fuga para a frente?

Será que os valores são assim tão elevados que as entidades da modalidade ( Federação e Associação de Viseu ), não têm uma palavra a dizer evitando, este desaparecimento, numa região carente, e de um clube que tem algumas dezenas de praticantes em escalões de formação, ver quadro de participações Nacionais , nesta época , retirado do portal da FAP.
Numa época de contenção a todos os níveis, na nossa modalidade levam-se os custos a valores incomportáveis, e depois temos estes resultados, será que a contenção não chega a entidade Federativa…

O Reticências

terça-feira, 19 de abril de 2011

PO03 – Crónica Semanal – 04 – Fase Final

Crónica á Fase Final da PO03, que sofre uma interrupção pela Páscoa.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
Fase Final

4.ª Jornada
Samora Correia 29 – 26 Vela Tavira
Ílhavo 34 – 29 ADC Benavente
FC Infesta 33 – 31 Marienses

Jornada caracterizada pela preponderância das vitórias das equipas que jogaram na condição de visitadas. Começando com a excelente vitória do Samora Correia diante do Vela Tavira, que era tido até esta jornada como um dos mais fortes candidatos á subida. Num jogo em que a equipa Ribatejana, já comandava ao intervalo ( 13-12 ) e onde nem os 12 golos do veterano Bolotskikh , conseguiram evitar a primeira derrota dos Algarvios. O FC Infesta ao vencer os Açorianos do Marienses, num jogo equilibrado assumiu o comando da Fase Final sem derrotas, ao contrário do Marienses que continua na cauda da tabela classificativa, só com derrotas. O Ílhavo averbou a sua primeira vitória ao vencer o ADC Benavente , no jogo com o resultado mais desequilibrado da jornada, e mais uma vez disputado quase sem publico em perfeito contraste com os outros jogos da jornada, que tiveram uma presença de publico que faz “inveja” a muitos jogos do escalão principal do Andebol Português. A Classificação está assim ordenada: FC Infesta ( 11 pontos ), Samora Correia ( 10 pontos ), Vela Tavira ( 9 pontos ), Ílhavo e ADC Benavente ( 7 pontos ), e CD Marienses ( 4 pontos ).

O Noticias

PO03A – Crónica da Fase Final – 05

Crónica semanal dedicada á PO03A. Que só voltará no dia 30, pois esta prova sofre uma interrupção no próximo fim de semana.

PO03A – Acesso ao Campeonato Nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
Fase Final

5.ª Jornada
CP Natação 27 - 39 Boa Hora
NA Redondo 40 - 33 AA Amadora
Boavista FC 23 - 28 SC Espinho

Terminou a primeira volta desta prova com o Boa Hora a concluir a mesma sem derrotas, ou seja com o máximo de pontos possíveis. Nesta jornada em que efectuou pela primeira vez uma deslocação a sério, venceu de forma categórica o CP Natação, que nos parece ser a equipa com maiores fragilidades nesta fase da prova. O NA Redondo venceu de forma esclarecedora uma AA Amadora, que começou muito mal o encontro de tal forma que ao intervalo já a equipa Alentejana vencia por um diferencial de 10 golos ( 23-13 ). Foi um jogo com bastantes exclusões e com 3 desqualificações directas, sendo uma delas por agressão. O SC Espinho foi ao Bessa vencer o Boavista FC , rectificando desta forma os resultados obtidos na Fase anterior em que, tinha sofrido duas derrotas, com esta vitória a equipa de Espinho colocou-se a par do seu adversário na classificação geral da prova. A classificação, está assim ordenada: Boa Hora ( 15 pontos ), NA Redondo ( 11 pontos ), Boavista FC, SC Espinho e AA Amadora ( 9 pontos ), e CP Natação ( 7 pontos ).

O Noticias

Nomeações – EHF – 2010 / 2011 - XVI

Mais uma nomeação de um Delegado, e desta vez para as 1/2 Final da CUP Winners’ CUP Masculina.

Nomeações:

Delegados

João Costa – Foi nomeado para o jogo da 1.ª Mão das 1/2 Final da CUP Winners’ CUP Masculina entre o Amaya Sport San Antonio ( Espanha ) e o Tremblay en France ( França ) que se realiza em Espanha no dia 23-04-11.

Ao nomeado, endereçamos os nossos desejos de que tudo corra pelo melhor.

O Regras

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 28 – 2010 / 2011

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, Fase Final.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Fase Final - Resultados
9.ª Jornada
Académico FC 26 - 35 Alavarium
Gil Eanes 39 - 18 Juventude Lis
Madeira SAD 35 - 12 Juventude Mar
Colégio Gaia 17 - 30 João Barros

A jornada deste fim-de-semana foi muito pouco interessante. Não houve um único jogo equilibrado e foi um mero cumprir calendário.

Comecemos pelo jogo teoricamente mais equilibrado que opôs o Académico do Porto e o Alavarium. Dizemos teoricamente pois, na prática, o equilíbrio durou apenas metade da primeira parte. As portuenses até começaram melhor mas a meio da primeira parte as aveirenses desataram a correr em contra-ataque e a equipa de Luísa Estriga nunca conseguiu reagir, especialmente não conseguindo travar Cláudia Correia, com mais uma grande exibição. Uma equipa parecia jogar a passo e a outra sempre a correr, reflexo da forma física de ambas as equipas. Já aqui o dissemos algumas vezes mas repetimos: A forma física como este Académico do Porto se tem apresentado nesta fase final está muito longe daquilo que se espera de quem chega a esta fase. Quanto ao Alavarium, este forte ritmo já começa a ser uma imagem de marca e nesta deslocação ao Porto confirmou a excelente fase final que tem vindo a fazer e o estatuto de equipa sensação.

No Algarve, apresentou-se uma Juve Lis desfalcada de algumas das suas melhores jogadoras. Giselle Carvalho, Inês Silva e Diana Pereira são alguns exemplos. E se a diferença entre estas duas equipas já é grande, com estas ausências se torna ainda maior e o jogo perdeu por completo o interesse. Valeu a atitude da equipa do Gil que, apesar de ter o campeonato praticamente revalidado, continua a mostrar uma sede de golos e de velocidade que só beneficia o espectáculo. E mesmo as mais veteranas, têm uma vontade de jogar um andebol rápido que surpreende e que se percebe que Florêncio conseguiu mesmo que assimilem as suas ideias. E quando se juntam boas jogadoras e um treinador de grande qualidade, os resultados aparecem. A Juve Lis foi a Lagos com o jogo entregue, opção clara na lista de convocadas, sem as atletas juniores e parece apostar tudo no decisivo jogo da próxima jornada diante o Colégio de Gaia.

Em Gaia, um jogo que espelha bem como mudou o andebol português. O Colégio de Gaia, muito longe do que já foi, em autêntica queda livre no panorama do andebol feminino português e um Colégio João de Barros que hoje é claramente a 3ª melhor equipa portuguesa. E o jogo foi, desde o início, de sentido único com a formação de Pombal a dominar, com uma segurança ofensiva que é digna de registar. E a defesa do Colégio de Gaia (que tem sido aquilo que de melhor a equipa tem apresentado esta época) nunca se entendeu com um esquema ofensivo muito dinâmico da equipa de Paulo Félix e nunca conseguiu parar a primeira linha adversária. Paula Castro bem tentou inventar soluções, mas a diferença entre estas duas equipas é, actualmente muito grande. Quanto ao Colégio João de Barros continua a fazer a melhor época da sua história e, caso vença na próxima jornada, pode conseguir juntar a isso a melhor classificação da sua história.

Finalmente, no Funchal, o Madeira SAD cumpriu a sua obrigação. Mas, ao contrário de ocasiões anteriores, empenhou-se em construir um resultado sólido e em deixar outra imagem diante dos seus adeptos. E assim, mesmo já não tendo hipóteses de recuperarem o título perdido o ano passado, deixam uma outra imagem de uma equipa que tem obrigação de fazer muito mais. Quanto à Juve Mar, uma primeira parte normal, em que perdiam por uns naturais 7 golos e uma segunda parte assustadora. Uma equipa que marca apenas 2 golos numa parte, é mau demais para ser verdade a este nível. Tal como o Académico do Porto, esta Juve Mar parece ser uma equipa fisicamente em baixo, sem conseguir aguentar 60 minutos a um ritmo forte. 2 golos numa parte foi o cartão de visita que ficou na Madeira e que não deve agradar a Paulo Martins.

Depois desta desinteressante jornada e da paragem da Páscoa, segue-se uma jornada muito interessante com 2 jogos que podem decidir muita coisa. O Colégio João de Barros recebe o Madeira SAD num jogo que irá decidir o segundo lugar no campeonato, enquanto o Colégio de Gaia visita o pavilhão da Juve Lis, num jogo que pode clarificar muito a questão europeia.

Críticos Femininos

Crónica de Fim de Semana – 20 – 2010 / 2011 - III

Crónica de fim de semana dedicada à PO04.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

20.ª Jornada – Resultados
Boavista FC 39 - 45 Sporting
Belenenses 41 - 32 Águas Santas
FC Porto 30 - 25 Ginásio Sul
ABC 39 - 34 Marítimo
FC Infesta 28 - 27 São Bernardo
SC Espinho 34 - 30 Xico Andebol

Conforme referido em crónica anterior, neste momento o interesse desta fase da prova limita-se, a saber quem irá ocupar as duas vagas que ainda estão em disputa pelo apuramento para a 2.ª Fase, e que apenas 3 equipas poderão aspirar ( Marítimo, São Bernardo e Ginásio Sul ), pois após a disputa desta jornada o Xico Andebol ao ir perder a Espinho, num jogo disputado com intensidade e equilíbrio, ao intervalo registava-se uma igualdade a 15 golos, ficou afastado dos lugares de apuramento, e o SC Espinho já garantiu um lugar entre os 8 primeiros. Face ao calendário que falta disputar, tudo aponta ( na nossa opinião ) de que a 4.ª equipa a ficar afastada do apuramento será o Ginásio Sul. Nos jogos disputados nesta jornada, a grande surpresa, esta na derrota do São Bernardo pela diferença mínima em Infesta que desta forma obteve a sua segunda vitória na prova. Nos restantes jogos, verificaram-se os resultados esperados. Existe também algum interesse, em saber-se o escalonamento final, para definição dos potes relativos ao sorteio da 2.ª Fase. A duas jornada do fim desta fase a classificação está assim ordenada, ABC ( 53 pontos ), FC Porto ( 52 pontos ), Sporting ( 51 pontos ), Belenenses e Águas Santas ( 44 pontos ), SC Espinho ( 43 pontos ), Marítimo ( 40 pontos ), S. Bernardo ( 37 pontos ), Ginásio Sul ( 365 pontos ), Xico Andebol ( 32 pontos ), FC Infesta e Boavista FC ( 24 pontos ).

O Noticias

domingo, 17 de abril de 2011

Crónica De Fim de Semana – 24 – 2010 / 2011 - I

Crónica de fim de semana dedicada à jornada Fase Final Grupo “A” e Grupo “B”, o Grupo “B”, que teve um jogo adiado, já depois das nomeações das duplas de arbitragem, ficando deste modo com a jornada incompleta.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

Grupo “A”
4.ª Jornada
ABC 17 - 21 FC Porto
Sporting 28 – 23 Águas Santas
Madeira SAD 21 - 25 Benfica

Jornada que se iniciou com mais clássico, o ABC / FC Porto, e confirmou o momento menos bom que a equipa Bracarense está a atravessar, pois averbou mais uma derrota, não tendo ainda nesta fase conseguido obter um ponto positivo ( 4 derrotas ). No entanto o jogo foi disputado com algum equilíbrio, tendo o ABC comandado o marcador até cerca dos 19 minutos ( 7-6 ), a partir deste momento o FC Poro assumiu o comando do marcador , para não mais o largar, apesar da excelente réplica que o ABC sempre deu. Quanto a nós existem dois momentos chave, aos 49 minutos quando na sequência de livre de 7 metros Mário Peixoto é sancionado com desqualificação directa, quando o resultado estava e 17-15 a favor do FC Porto, e os 54 minutos com o resultado em 19-15 a favor do FC Porto Luís Bogas falha um livre de 7 metros, atirando para fora. O ABC apenas teve 50% de concretização nos 7 meros, concretizando 4 em 8 lançamentos. No FC Porto destaca-se a exibição de Filipe Mota ( 4 golos em 4 remates ) e a do guiado redes Cubano Alfredo Quintana com 58% de eficácia, no ABC , apenas Tiago Pereira (7 golos ) e Humberto Gomes estiveram ao seu nível. Uma referência final para mais uma desqualificação de Tiago Rocha. Depois verificaram-se as vitórias do Sporting sobre o Águas Santas e a do Benfica na Madeira, que com este resultado, colocou-se em 2.º lugar da tabela classificativa, ultrapassando o seu adversário desta jornada. A Classificação ficou assim ordenada, FC Porto ( 39 pontos ), Benfica ( 37 pontos ), Madeira SAD ( 36 pontos ), Sporting e ABC ( 34 pontos ), e Águas Santas ( 30 pontos ).

Sporting 28 – 23 Águas Santas

Boa vitória do Sporting, num jogo disputado num pavilhão pouco mais que vazio, e cujo resultado não espelha o equilíbrio verificado, na maior parte do encontro. O Águas Santas foi uma equipa com uma defesa agressiva, que criou sempre grandes problemas ao ataque do Sporting, principalmente durante o 1.º período de jogo, em que varias vezes esteve em igualdade no marcador e até na frente do mesmo, obrigando o treinador do Sporting a alterar o seu sistema defensivo, e fazer entrar o guarda redes Ricardo Correia, e desta forma chegou ao intervalo a vencer por 15-13. No segundo período o resultado manteve-se equilibrado até aos 44 minutos ( 20-19 ), e é a partir deste momento que o Sporting consegue dilatar a resultado. No jogo deve-se destacar as excelentes exibições dos guarda redes Ricardo Correia e António Campos. No Sporting destaca-se o regresso de Bosko aos golos, e a precipitação de Petric momento do remate, não se entendendo que com dois centrais de raiz no banco, os mesmos não sejam utilizados. No Águas Santas Joel Rodrigues e Marco Sousa, foram os mais regulares. O Jogo foi dirigido pela dupla lisboeta António Trina / Tiago Monteiro, que realizaram trabalho bastante positivo, pecando por serem demasiado tolerantes com a agressividade das defesas.

Nota – Não se entende a passividade da mesa e do delegado ao jogo, perante os bancos dos oficiais ao jogo, que estiveram sistematicamente em pé com mais de uma pessoa, e não respeitando a zona dos treinadores, principalmente no fim da mesma.

Madeira SAD 21 - 25 Benfica

Excelente jogo de andebol, num pavilhão cheio de publico criando uma moldura humana, que a modalidade precisa. Num jogo com uma primeira parte extraordinariamente bem disputada e com equilíbrio, com as defesas a superiorizarem-se aos ataques, e com o Benfica a efectuar um jogo pensado, permitiu-lhe chegar ao intervalo na frente do marcador 13-11. Um inicio do segundo período cheio de determinação e garra permitiu aos insulares igualar a partida aso 13 golos quando iam decorridos 35 minutos. Respondendo o Benfica uma série de 3/0, estando o Madeira SAD 7 minutos sem concretizar. Um dos momentos chave do encontro regista-se aos 48 minutos quando Gustavo Castro falha um livre de 7 metros, e na resposta o Benfica coloca o resultado em 19-16 a seu favor., outro dos momentos chave, foi o falhanço incrível de João Ferraz aos 56 minutos ao querer adorar um remate, quando o resultado estava em 22-20 a favor do Benfica. A vitória do Benfica assentou essencialmente numa boa defesa, nunca se desorganizando, e soube sempre aproveitar as situações de inferioridade numérica do adversário, ao contrário do seu adversário. No Benfica destaque para o excelente jogo de Carlos Carneiro ( 10 golos ), e de David Tavares ( 7 golos ) e para o comportamento dos dois guarda redes João Ferreirinho e Ricardo Candeias. No Madeira SAD além do guarda redes Luís Carvalho que esteve muito bem , destacamos o Gonçalo Vieira ( 4 golos ). Pela negativa teremos de salientar a forma em que se apresentaram José Coelho e João Ferraz. O Jogo foi dirigido pela dupla Aveirense Mário Coutinho / Ramiro Silva , que nos surpreenderam pela positiva.

Nota – Um destaque pela positiva para o trabalho realizado pelos comentadores do jogo na Região Autónoma, J. Fernandes Filipe Calado, pela qualidade das suas intervenções.

Grupo “B”
4.ª Jornada
Xico Andebol 27 - 30 São Bernardo
São Mamede - SC Horta ( Adiado 04-05-11 )
Folga – Belenenses

Continua a grande luta pela sobrevivência, e num jogo entre dois dos candidatos á descida de divisão o Xico Andebol / São Bernardo, a jovem equipa Aveirense foi a Guimarães obter uma excelente vitória, que configura uma boa recuperação pontual desta equipa. Foi um jogo com uma primeira parte de equilíbrio as em que o Xico Andebol, nuca consegui estar na frente do marcador, atingindo-se o intervalo com o resultado favorável ao São Bernardo por 17-14, num segundo tempo a equipa de São bernardo, comandou sempre o marcador, chegando a desfrutar por duas ocasiões de 5 golos de diferença, aos 39 minutos (23-18 ) e aos 52 minutos ( 29-24 ), depois foi gerir até ao fim. André Marques e Daan Garcia com 6 golos, são no São Bernardo os destaques. No Xico Andebol , o destaque vai inteirinho para José Sampaio ( 8 golo ). A Classificação ficou assim ordenada, Belenenses ( 29 pontos – menos 1 jogo ), SC Horta ( 27 pontos – menos 2 jogos ), São Bernardo ( 24 pontos ), Xico Andebol ( 21 pontos – menos 1 jogo ), e São Mamede ( 18 pontos – menos 2 jogos ).

O Banhadas Andebol

Crónica de Fim de Semana – 25 – 2010 / 2011 - II

Crónica de fim de semana dedicada à PO02, Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

6.ª JornadaResultados
AC Fafe 40 - 26 Ismai
Marítimo 29 - 22 AC Sismaria
Avanca 38 - 26 Vitória FC

Mais uma jornada em que o factor “casa” foi preponderante, e na presença destes resultados quase que poderemos afirmar a quatro jornadas do fim da prova que um dos apurados para subida de divisão está decidido, estamos certamente a referir-nos ao AC Fafe que nesta jornada venceu de forma concludente o Ismai, num jogo praticamente de sentido único , ao intervalo já o resultado era favorável aos Minhotos por 19-15, sendo de destacar mais vez o poder de concretização de Cláudio Mota ( 11 golos ) e de Luís Nunes ( 7 golos ). O Avanca que ainda acalenta fundadas esperanças na subida de divisão, venceu também de forma concludente, um Vitória FC que sentiu em demasia a falta do experiente Pedro Carvalho e, se apresentou apenas com 11 jogadores. O Avanca rectificou assim a derrota sofrida na primeira jornada, e realizou uma excelente primeira parte. O Marítimo, que parece quer regressar os resultados positivos, obteve a segunda vitória consecutiva, ao derrotar o Sismaria, num jogo em que a equipa do Continente realizou uma primeira parte equilibrada, chegando ao intervalo a vencer por 11-10. O Marítimo, com segunda parte em crescendo venceram por uma margem confortável. A classificação ficou assim ordenada, AC Fafe ( 17 pontos ), Ismai ( 15 pontos ), Avanca ( 11 pontos ), Marítimo e Vitória FC ( 10 pontos ) e AC Sismaria ( 9 pontos ).

O Banhadas Andebol

sábado, 16 de abril de 2011

Mundial Sub 21 Masculinos – 2011 - Grécia - I

Realizou-se hoje o sorteio da Fase Final do Campeonato do Mundo Sub 21 , que se vai disputar na Grécia de 17 a 31 de Julho de 2011, e para o qual Portugal se qualificou brilhantemente ao sagrar-se Vice Campeã da Europa.
De Recordar que no último Mundial de Juniores disputado em 2009 no Egipto, Portugal se Classificou num honroso 7.º Lugar.

Estão apuradas as seguintes Selecções:

Europa ( 11 + 1 ) – Grécia ( País Organizador ), Dinamarca ( Campeã da Europa Sub20 ), Portugal ( Vice Campeão Europeu Sub20 ), Sérvia, Eslovénia, Espanha, Suécia, França, Alemanha, Hungria e Rússia. E Noruega, que como 1.ª suplente substitui o representante da Oceânia.

África ( 4 ) – Egipto, Tunísia, Algéria e Benin.

Asia ( 3 ) – Coreia do Sul, Irão e Qatar .

Pan América ( 5 ) – A serem definidos no Campeonato Pan Americano Júnior Masculino Elite, prova que irá decorrer em Brasília de 17 a 21 de Abril 2011.

Oceânia ( 0 ) – Sem representante , desistência.

Os 24 Países participantes, foram distribuídos por 4 grupos de 6 equipas, que irão disputar a chamada Fase Preliminar. Tendo Portugal ficado inserido no Grupo “D”, juntamente com a Suécia, Espanha, o 3.º Representante Pan Americano, Hungria e Irão.

Constituição dos Grupos:

Grupo “A” – Eslovénia, França, Sérvia, Tunísia, o 4.º Representante Pan Americano e Noruega.
Grupo “B” – Dinamarca, o 1.º Representante Pan Americano, Grécia, Qatar, Algéria e o 5.º Representante Pan Americano.
Grupo “C” – Egipto, Alemanha, o 2.º Representante Pan Americano, Russia, Coreia do Sul e Benin.

Segundo a nossa opinião o Grupo de Portugal, passa por ser o grupo mais forte.

O Formador

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Europeu de Sub 19 – Feminino - I

Após a participação no Torneio das 4 Nações, e de um estagio preparatório disputado de 11 a 14 de Abril, as nossas Juniores “A”, participam na disputa do Grupo 6 de apuramento para a Fase Final do Europeu Sub 19 , que será disputada na Holanda de 4 a 14 de Agosto de 2011, com a participação de 16 Países.
O Grupo de apuramento, disputar-se á em Leiria, nos dias 22 a 24 de Abril, e é o único grupo que apenas apura uma equipa.
Calendário :

Dia 22-04-11
Roménia – Turquia ( 16H00 )
Portugal – Bulgária ( 18H00 )
Dia 23-04-11
Bulgária – Roménia ( 16H00 )
Turquia – Portugal ( 18H00 )
Dia 24-04-11
Turquia - Bulgária ( 15H00 )
Roménia - Portugal ( 17H00 ) RTP 2

A Toda a equipa desejamos as maiores Felicidades

O Formador

Informação - Clubes - Diversos

ABC
AC FAFE
BATALHA AC
O Noticias

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Taça de Portugal Seniores Femininos

Num dos comentários à nossa crónica deste fim-de-semana fomos desafiados por um leitor para escrevermos sobre a existência, ou não, de cabeça de séries no próximo sorteio da Taça de Portugal de Seniores Femininos. E aqui deixamos a nossa curta opinião.

No masculino, a FAP tem seguido uma política de cabeça de séries de forma, a que se possam assistir a grandes espectáculos na Final Four. Nós preconizamos a mesma medida para a Taça de Portugal feminina, para que possamos ter uma Final Four de grande nível. Por exemplo, o ano passado não houve cabeças de série e os caprichos do sorteio ditaram jogos entre equipas fortes, muito cedo, o que provocou eliminações precoces das melhores equipas.

Não é uma questão que achemos decisiva para o andebol feminino, mas já que nos foi colocada a questão, não nos furtamos a responder. E o que achamos é que se a FAP tem tido esse cuidado com a Taça de Portugal masculina, deve ter o mesmo cuidado com a Tala de Portugal feminina, pelo menos neste primeiro sorteio dos oitavos de final, altura em que entram pela primeira vez as melhores equipas em competição.

Esperemos que a FAP esteja atenta e não discrimine o feminino em relação ao masculino.

Críticos Femininos

Crónica Intermédia De Fim de Semana – 23 – 2010 / 2011 - I

Crónica de fim de semana dedicada à jornada Fase Final Grupo “A” e Grupo “B”, que se disputou a meio da semana. E nesta jornada temos mais uma novidade, que a transmissão de um jogo pela WEB FAP TV, mas azar então o jogo transmitido não é o mesmo que é transmitido por canal de Televisão neste caso o Benfica TV, e desta forma temos duas entidades a transmitir o mesmo jogo, e assim se gasta dinheiro…E depois cai o “Carmo e a Trindade” quando nós criticamos as opções Federativas.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

Grupo “A”
3.ª Jornada
Madeira SAD 29 – 22 Sporting
FC Porto 43- 22 Águas Santas
Benfica 28 – 23 ABC

Mais uma jornada da Fase Final se disputou e desta vez com total preponderância das equipas visitadas. No Madeira SAD / Sporting, assistiu-se a um jogo equilibrado até cerca dos 23 minutos, momento em que o resultado se encontrava favorável aos Madeirenses por 12-11, mais uma vez a equipa lisboeta teve uma “branca” e ficou sete minutos sem efectuar qualquer concretização, chegando-se ao intervalo com o resulta do em 16-11 favorável ao Madeira SAD. O segundo período não foi muito diferente do primeiro, com os Insulares a jogarem e a marcarem e o Sporting a cometer error sobre erros, desde maus passes a péssimas recepções, a diferença chegou a atingir os 7 golos ( 21-14 ), o Sporting com uma reacção entre os 43 e os 48 minutos consegue colocar a diferença em 3 golos ( 24-21 ), mas rapidamente o jogo regressou à toada em que vinha sendo disputado com total superioridade do Madeira SAD, com a equipa de Alvalade a estar os últimos 10 minutos da partida sem nenhuma concretização. No Madeira SAD, destaque para mais boa exibição de Luís Ferra na Baliza e para José Coelho ( 9 golos ), No Sporting o destaque pela negativa, vai para a equipa. O FC Porto num jogo de sentido único “cilindrou” positivamente um Águas Santas que na jornada anterior tão boa conta de si tinha dado, comandando jogo de principio ao fim. Este jogo até permitiu ao FC Porto gerir o plantel e utilizar as suas contratações. Todos os jogadores de campo dos Portistas concretizaram e Hugo Laurentino atingiu um nível de eficácia de 52%. O Benfica / ABC, terminou com uma vitória do Benfica sobre um ABC, que apesar de nesta fase ainda não ter vencido qualquer encontro, deu uma boa réplica aos encarnados, pois o seu período negro ocorreu entre os 20 e os 30 minutos, permitindo que o Benfica obtivesse um diferencial a seu favor de 5 golos e chega-se ao intervalo na posição de vencedor ( 16-11 ), o Segundo período do encontro , continuou a ser equilibrado e diga-se em abono da verdade que foi um jogo com muita “tranquilidade” , e com bonitas fases de jogo. No Benfica João Ferreirinho esteve muito bem, tal como Ricardo Candeias que jogou os últimos 12 minutos do encontro, David Tavares ( 8 golos ) esteve também muito Bem, tal como Carlos Carneiro a jogar para a equipa e a fazer jogar, no ABC total destaque para Tiago Pereira ( 7 golos ), não pelo que marcou mas pelo que fez jogar. A Classificação ficou assim ordenada, FC Porto ( 36 pontos ), Madeira SAD ( 35 pontos ), Benfica ( 34 pontos ), ABC ( 33 pontos ), Sporting ( 31 pontos ) e Águas Santas ( 29 pontos ).

Nota – Tomamos conhecimento de uma Newsletter do Benfica, com a oferta de um pacote de 3 bilhetes, para três modalidade, mas caso curioso o Andebol não era comtemplado ( e em 13-04-11, disputava o Benfica / ABC), e é uma pena, pois como adeptos de uma modalidade em que este clube tanto investe, que a mesma não esteja inserida neste pacote.

Grupo “B”
3.ª Jornada
SC Horta 35 – 31 Belenenses
São Bernardo 31 – 25 São Mamede
Folga – Xico Andebol

Neste grupo o jogo mais importante ( na nossa opinião ), foi o São Bernardo / São Mamede, porque está em jogo a possível descida de divisão. Venceu a equipa Aveirense, num jogo de total domínio dos jovens de Ricardo Tavares, que comandaram o marcador do primeiro ao último minuto, chegando ao intervalo já na posição de vencedor e com uma apreciável diferença de golos 21-9. O segundo período foi de pura gestão do resultado e do Plantel, de destacar nesta equipa os jovens João Pinto com 10 golos e Sérgio Rola com 9 golos, no São Mamede destaque para Nuno Caminha com 6 golos e 100% de eficácia nas suas acções. O SC Horta / Belenenses, é um dos jogos que pode vir a ter influência na definição do 7.º Classificado na prova, e no mesmo verificou-se uma vitória dos homens da Horta sobre a equipa do Restelo, num jogo onde Nelson Pina foi o “carrasco” da sua anterior equipa ao marcar 11 golos em 12 acções de remate, e onde os 14 golos de Elledy Semedo não foram suficientes, a diferença essencial , esteve no rendimento dos guarda redes com 33% para o Horta e apenas 26% para o Belenenses. A Classificação ficou assim ordenada, Belenenses ( 29 pontos ), SC Horta ( 27 pontos – menos um jogo ), São Bernardo ( 21 pontos ), Xico Andebol ( 20 pontos – menos 1 jogo ), e São Mamede ( 18 pontos – menos 1 jogo )

O Banhadas Andebol