gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 31 de maio de 2011

PO03A – Crónica da Fase Final – 10

Crónica semanal dedicada á PO03A.

BOA HORA - VENCE

PO03A – Acesso ao Campeonato Nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
Fase Final

10.ª Jornada
Boa Hora 40 - 20 CP Natação
AA Amadora 37 - 32 NA Redondo
SC Espinho 30 - 34 Boavista FC

O Boa Hora venceu o seu último encontro, e com acesso já assegurado, não teve grandes dificuldades para vencer a equipa mais acessível desta Fase. A equipa que no nosso entender teve o comportamento competitivo mais irregular nesta fase a Amadora levou de vencido o NA Redondo, que no entanto já tinha assegurado o acesso à divisão superior, na última jornada. E tal como tínhamos previsto só nesta jornada ficou definido, quem seria a terceira equipa a garantir o acesso em termos regulamentares á PO03 na próxima época, e essa equipa foi o Boavista FC, que foi vencer a Espinho a equipa local. A classificação final ficou assim estabelecida: - Boa Hora ( 24 pontos ), NA Redondo ( 22 pontos ), Boavista FC ( 22 pontos ), AA Amadora ( 20 pontos ), SC Espinho ( 20 pontos ), e CP Natação ( 12 pontos ).

Acesso á PO03 – Boa Hora, NA Redondo e Boavista FC

Nota – A FAP, no documento apresentado às Associações no dia 21 de Maio, mantem a estrutura da PO03, para a próxima época, assim, será muito provável, que as outras 3 equipas também tenham acesso à prova, pois deverá haver necessidade de completar as zonas.

O Noticias

Nomeações – EHF – 2010 / 2011 – XIX

Foi com espanto, mas com satisfação, que ao escrever este texto referimos que provavelmente existiu uma viragem nos critérios editoriais do Portal da FAP, pois noticia a tempo e horas as diversas nomeações efectuadas pela EHF de Árbitros e Delegados Nacionais. Vamos esperar que este critério seja para manter, e que não seja apenas circunstancial ou quando é “politicamente” conveniente.

Nomeações:

Árbitros

Eurico Nicolau / Ivan Caçador – Nomeados para o jogo entre a Dinamarca e a Suíça, relativo à 6.ª Jornada do Grupo 7 da 2.ª Fase de Qualificação do Euro 2012 Masculino, que se realiza na Dinamarca em 12-06-11.

Delegados

António Goulão – Esta nomeação já tinha sido por nós noticiado em tempo.

Manuel da Conceição – Foi nomeado para o jogo entre a Espanha e a Roménia, relativo à 6.ª Jornada do Grupo 2 da 2.ª Fase de Qualificação do Euro 2012 Masculino, que se realiza na Espanha em 12-06-11.

Aos nomeados, endereçamos os nossos desejos de que tudo corra pelo melhor.

O Regras

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 33 – 2010 / 2011

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, Fase Final.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Fase Final - Resultados

14.ª Jornada
Alavarium 18 - 34 Madeira SAD
Juventude Lis 19 - 28 João Barros
Colégio Gaia 29 - 28 Académico FC
Gil Eanes 32 - 17 Juventude Mar

A última jornada servia apenas para cumprir calendário. Todos os resultados foram previsíveis, com os favoritos a impor-se com muita tranquilidade, com excepção da vitória suada do Colégio de Gaia diante do Académico do Porto que quase ia conseguindo largar a lanterna vermelha.

Perante uma jornada tão pouco interessante optamos esta semana por apresentar os nossos setes ideais do Campeonato. Não terá apenas jogadoras da fase final, pois a ideia é reflectir todo o campeonato. Por isso (porque engloba tantas jogadoras) optámos por fazer 3 setes ideais, em vez dos tradicionais 2.

Algumas jogadoras estão adaptadas a posições diferentes das originais. Fizemo-lo para termos as melhores jogadoras nos melhores setes.

Sete ideal:
Guarda-Redes: Virgínia Ganau (Madeira SAD)
Ponta esquerda: Ana Seabra (Gil Eanes)
Lateral esquerda: Vera Lopes (Gil Eanes)
Central: Cláudia Correia (Alavarium)
Lateral direita: Dulce Pina (Gil Eanes)
Ponta direita: Inês Catarino (João de Barros)
Pivot: Bebiana Sabino (Madeira Sad)
Treinador: João Florêncio (Gil Eanes)

Segundo sete:
Guarda-Redes: Tânia Silva (Gil Eanes)
Ponta esquerda: Cláudia Aguiar (Madeira Sad)
Lateral esquerda: Inês Silva (Juve Lis)
Central: Eduarda Pinheiro (João de Barros)
Lateral direita: Maria Pereira (João de Barros)
Ponta direita: Diana Fernandes (Gil Eanes)
Pivot: Viviana Rebelo (Santa Joana)
Treinador: Paulo Félix (Colégio João de Barros)

Terceiro sete:
Guarda-Redes: Bárbara Teixeira (João de Barros)
Ponta esquerda: Sara Gonçalves (Sports Madeira)
Lateral esquerda: Ana Pereira (Maiastars)
Central: Filipa Fontes (Alavarium)
Lateral direita: Fátima Suaré (Passos Manuel)
Ponta direita: Caratina Ascenção (Sports Madeira)
Pivot: Catarina Martins (Alavarium)
Treinador: Ulisses Pereira (Alavarium)

Críticos Femininos

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – Fase Final

Com a realização da Final Four da PO20 ( Taça de Portugal Seniores Masculinos ), evento este que deveria significar o Ponto alto da Modalidade e ao mesmo tempo o encerramento da época ( conforme já referido por diversas vezes ), mas, mais uma vez, a estrutura Federativa não entendeu assim, e portanto a época ainda continuará por mais algumas semanas.

A Final Four, disputou-se em Tavira e estiveram presentes as equipas do FC Porto, Benfica, Belenenses e Madeira SAD.

BENFICA – VENCEDOR DA TAÇA DE PORTUGAL

Resultados
1/2 Final
FC Porto 29 – 30 Benfica
Belenenses 25 – 26 Madeira SAD
Final
Madeira SAD 25 – 29 Benfica

As 1/2 Finais disputadas no sábado, consistiram em dois encontros disputadíssimos, conforme os resultados provam. No FC Porto / Benfica, foi com diversas fases de jogo, e nalgumas delas sobressaiu o equilíbrio. Durante os primeiros 30 minutos de jogo, predominou o equilíbrio com diversas situações de igualdade, mas com as equipas a terem demasiadas falhas, com o FC Porto a falhar essencialmente no ataque, chegando-se ao intervalo com o Benfica a vencer ( 15-13 ). No segundo período do jogo com Quintana a ser uma das suas figuras o FC Porto cerca dos 7 minutos passa para o comando ( 19-18 ), para chegar a uma vantagem de 6 golos aos 50 minutos ( 27-21 ), para permitir uma reacção da equipa encarnada que iguala a partida aos 56 minutos a 27. Depois até o final foi uma mão “cheia” de boas intervenções de Ricardo Candeias, com Gilberto Duarte a falhar o empate a 30 segundos do fim com um remate disparatado. Estranhamente e na nossa opinião foi o FC Porto que “abanou” psicologicamente, e o Benfica também estranhamente, diga-se na nossa opinião foi a equipa que esteve sempre mais calma. O jogo Madeira SAD / Belenenses , também foi um encontro de equilíbrio constante, com diversas situações de igualdade ao longo do encontro, e com a algumas trocas no comando do marcador, com as equipas a nunca ter a grandes diferenciais no marcador, chegando-se aos 5 minutos finais com uma igualdade no marcador a 23 golos, e aos 58 minutos nova igualdade a 25, com a equipa do Belenenses praticamente a jogar os últimos 2 minutos com menos 2 jogadores de campo ( exclusão de Francisco Bacalhau aos 57:42 e de João Antunes aos 58:50, com Elledy Semedo a falhar a igualdade por 3 vezes no último minuto. Destaque neste encontro para a prestação dos guarda redes da equipa Madeirense e para João Ferraz ( 9 golos ), na equipa do Belém o central Ruben Pacheco foi o marcador de serviço ( 8 golos ).

Madeira SAD 25 – 29 Benfica

Jogo bastante disputado e com alguns momentos de excelente andebol, a Equipa Madeirense comandou durante os primeiros 30 minutos, chagando ao intervalo na frente do marcador ( 14-12 ), neste período Telmo Ferreira esteve soberbo, assim como Ricardo Candeias nos primeiros 10 minutos. O Benfica esteve cerca de 7 minutos sem concretizar ( entre os 13 e os 20 minutos ). No segundo período uma excelente reacção do Benfica, coloca o marcador na frente do marcador cerca dos 37 minutos ( 17-16 ), para a partir deste momento não permitir ao Madeira SAD, mais nenhuma vez assumir o comando do marcador. De referir, que mais uma vez Ricardo Candeias que reentrou nos últimos 10 minutos a ser decisivo na vitória do Benfica. O Madeira SAD, com uma defesa bastante profunda criou grandes dificuldades ao Benfica, que terminou o encontro com alguns dos seus principais jogadores completamente esgotados, sendo Carlos Carneiro ( 7 golos ) um deles, mas diga-se, que desta vez foi dos melhores elementos da equipa, não só pelo que marcou mas igualmente pelo que fez jogar no que foi muito bem acompanhado por Nuno Roque que teve um excelente final de época. No Madeira SAD, além de Telmo Ferreira, saúda-se o regresso a condição de marcador d José Coelho ( 8 golos )e de Nuno Silva que efectuou um grande jogo, apesar de não ter marcado qualquer golo. Dirigiu o encontro a dupla IHF de Leiria, Eurico Nicolau / Ivan Caçador, que quanto a nós fez a melhor exibição que lhes vimos fazer esta época. Disciplinarmente exigentes, mas coerentes e correctos.

Notas Finais 
  • Estes encontros foram dirigidos pelas melhores duplas Portuguesas, que actuaram, segundo as normas e critérios, que no nosso entender deveriam ter aplicados durante toda a época, e não só agora. O rigor disciplinar aplicado e exigido, esteve sempre correcto, não se registando exageros ( na nossa opinião ). Verificou-se que no global dos 3 encontros a equipa que melhor se adaptou a estilo de arbitragem, foi a equipa Madeirense.
  • O Pavilhão registou sempre boas assistências, e o jogo da final, teve quanto a nós o melhor comentador que ouvimos esta época nas transmissões na RT2, pela forma como se exprimiu, explicou e comentou os nossos parabéns a João Florêncio.
Depois desta prova a presença Europeia das nossas equipas deverá ser a seguinte:

Liga dos Campeões – FC Porto
Taça EHF – Madeira SAD
Taça Challenge – Sporting e Águas Santas (Finalista da Super taça )
Winners' Cup - Benfica

O Noticias

domingo, 29 de maio de 2011

PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculino

ABC CAMPEÃO NACIONAL

Disputou-se este fim de semana em Braga a Fase final do Campeonato Nacional de Juvenis Masculinos da 1.ª Divisão, com a participação das equipas do ABC, Xico Andebol, FC Porto e Sismaria. Tendo-se sagrado Campeão Nacional a equipa do ABC que assim renova o titulo que já lhe pertencia.
Descidas de Divisão – As zonas de apuramento apenas terminam no dia 12-06-11.

O Noticias

Finais Femininas

PO11 – Campeonato Nacional de Juniores Femininos

JUVENTUDE LIS CAMPEÃO NACIONAL

Disputou-se este fim de semana em Leiria a Fase final do Campeonato Nacional de Juniores Femininos, com a participação das equipas da Juventude Lis, Maiastars, JAC – Alcanena, e CS Madeira. Tendo-se sagrado campeão Nacional a equipa da Juventude Lis, após desempate na classificação por diferença de pontos nos jogos com o Maiastars, que desta forma sucede ao CD B. Perestrelo.
PO13A – Campeonato Nacional da 2.ª Div. Iniciados Femininos

ALAVARIUM CAMPEÃO NACIONAL

Disputou-se este fim de semana em Setúbal a Fase final do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão de Iniciados Femininos, com a participação das equipas do Alavarium, Didaxis, ADA Canelas e GDR Quinta Nova. Tendo-se sagrado campeão Nacional a equipa do Alavarium, que contabilizou vitórias em todos os jogos disputados, e que sucede á LA Aguada de Cima.
Ascendem á 1.ª Divisão – Alavarium, Quinta Nova, ADA Canelas e Didaxis.

O Noticias

Jogos das Ilhas 2011 – Andebol

MADEIRA – VENCE

Realizou-se de 23 a 29 de Maio a XV Edição dos Jogos das Ilhas, em Palermo na Sicília, com a participação de cerca e 3000 jovens de treze ilhas, Açores e Madeira ( Portugal ), Sardenha e Elba (italianas); Córsega, Mayotte, Martinica (francesas) e ainda Malta, Wight, Jersey, Chipre, Corfou e Korcula.
Em termos de Andebol, que este ano é dedicado ao Feminino, jovens nascidas em 1995 e 1996. Este ano Portugal apenas esteve representado pela Madeira.

7 equipas - Madeira, Korcula, Sardenha, Mayotte, Martinica, Córsega e Sicilia, disputaram a Modalidade de Andebol, ficando a equipa Madeirense na Série “A”, juntamente com Korcula, Sardenha e Mayotte, tendo vencido todos os jogos na 1.ª Fase, e apurando-se para a final após vencer a equipa da casa com um resultado esclarecedor, no jogo relativo à 1/2 Final. Na final venceu a equipa de Martinica, sagrando-se campeão sem derrotas.


Resultados – 1.ª Fase
Madeira 40 – 16 Korcula
Sardenha 7 – 43 Madeira
Mayotte 11 – 24 Madeira

1/2 Final
Madeira 39 – 13 Sicília
Final
Madeira 27 – 21 Martinica

Notas
  • Normalmente a comitiva de Andebol, seria sempre acompanhada por um árbitro, a única informação conhecida é de que a Delegação Madeirense, incluía dois árbitros, mas não sabemos a que modalidades pertencem, e o nosso organismo de topo da modalidade, não deu até ao momento qualquer informação desta prova.
  • O Portal da FAP, nem uma notícia publicou sobre este evento, é pena…
O Noticias

sábado, 28 de maio de 2011

Andebol de Luto

Faleceu hoje, Manuel Brito, uma das mais carismáticas figuras de sempre do Andebol Português.
Antigo Jogador Internacional com um palmarés invejável, que fez em cada colega de equipa e em cada adversário um amigo, e que todos os que se interessam pelo fenómeno do Andebol, reconhecem como um dos melhores praticantes de sempre.

Com um palmarés impressionante de onde salientamos:

Como Atleta  
  • 11 Campeonatos Nacionais de Seniores (1968/69, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1983/84 e 1985/86)
  • 9 Campeonatos Regionais de Seniores
  • 5 Taças de Portugal (1971/72, 1972/73, 1974/75, 1980/81 e 1982/83)
  • 2 Campeonatos Nacionais de Juniores, Andebol de 11 (1965/66 e 1966/67)
  • 1 Campeonato Nacional de Juniores, Andebol de 7 (1965/66)
 Como Técnico
  • 2 Taças de Portugal (1988/89 e 1997/98)
  • 1 Campeonato Nacional de Juniores (1996/97)
  • 1 Taça de Portugal Juniores (1997/98)
 Internacionalizações – 57
 
Disputando-se este fim de semana várias finais de provas Nacionais, esperamos uma singela homenagem por parte da Federação Portuguesa de Andebol.

À família de Manuel Brito, apresentamos as nossas sentidas condolências.

Banhadas Andebol

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Revolução No Andebol Feminino

Uma verdadeira revolução no andebol feminino foi a decisão que a FAP tomou e comunicou às Associações regionais. O documento está na portal mas, sucintamente, os responsáveis federativos decidiram acabar com o escalão de juniores feminino, aumentar o escalão de juvenis em mais um ano, fazer com que a próxima época seja o ano zero para se apurarem equipas para na época 2012/2013 se voltar ao modelo de duas divisões e em que, nessa mesma época, a selecção de juniores A irá participar nesse mesmo campeonato. Vamos analisar todos os pontos em questão:
  1. Final do escalão de juniores e alargamento num ano do escalão de juvenis: É uma decisão difícil mas parece-nos correcta. O escalão de juniores sofre de um défice competitivo enorme porque, ao contrário do sector masculino, no sector feminino as jogadoras juniores têm uma utilização muito frequente nas equipas seniores e – como há muitas jogadoras a abandonar a modalidade no escalão de juniores – leva os clubes a ter muitas dificuldades em ter os dois escalões. Com esta medida, a FAP tem como objectivo fazer aumentar o número de equipas seniores.
  2. Retorno ao modelo de 2 divisões na época 2012/2013: Pode ser uma boa decisão, caso aumente bastante o número de equipas seniores inscritas. Se tal não acontecer, teremos um grave problema nas duas zonas da 2ª Divisão nessa época, sobretudo na Zona Sul, onde pode quase nem haver equipas. Por isso, é muito importante que a FAP estimule mesmo o aparecimento de equipas e tal deve começar por uma redução do preço das inscrições, valores muito altos para um país em crise e numa altura em que a maior parte das autarquias em Portugal está a cortar os apoios aos clubes.
  3. Inclusão da selecção de juniores A no Campeonato da 1ª Divisão em 2012/2013: Precisamos de mais esclarecimentos para dizermos se concordamos ou não. A ideia de dar rodagem, durante uma época inteira, à mais promissora das selecções femininas é bem interessante. Mas em que moldes? Faria todo o sentido que os jogos da Selecção fossem marcados para o Domingo, para que as jogadoras pudessem jogar pelos seus clubes no Sábado e pela Selecção no Domingo, dando-lhes uma enorme rodagem. Se assim for, concordamos. Se assim não for, isto é um autêntico ataque aos clubes formadores porque os clubes que formam melhores jogadoras veriam uma enorme machadada nas suas aspirações. Alguns clubes têm 3 jogadoras nesta selecção e essas jogadoras seriam a grande base dessas suas equipas seniores. Recordamos que no feminino, com essa idade, as melhores jogadoras são titulares nos seus clubes. Se a FAP impedir que essas jogadoras joguem também nos seus clubes, os clubes formadores em Portugal levarão uma autêntica facada nas costas por parte de quem sempre lhe deu palmadinhas nas costas…
Em resumo, esta revolução vai despertar muitas críticas, mas parece-nos um passo em frente se… a FAP respeitar esta questão dos clubes. Senão está a assassinar projectos de sucesso e está a beneficiar quem compra atletas mais velhas e não assenta os seus projectos numa formação de qualidade.

Críticos Femininos

Informação - Clubes - Diversos

GIL EANES
BOAVISTA FC
SALGUEIROS 08
MODICUS
O Noticias

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Analise Das Equipas da PO01 – IV

Dando continuidade a analise publicada na semana anterior, hoje efectua-se nova publicação. Será de todo o interesse referir, que estes textos reflectem a opinião dos autores, e pretendem ser efectuadas com um princípio de equidade, sem pretender de qualquer forma defender, atacar ou promover qualquer clube ou atleta.

MADEIRA SAD

Dizer que o Madeira SAD é a surpresa do campeonato seria injusto para com uma equipa que vem paulatinamente e de forma segura e sustentada dando passos em frente no panorama nacional. A classificação da época passada poderá constituir um feito, mas cremos que não há 2 surpresas consecutivas por parte da mesma equipa e para a corrente época já deixávamos em aberto a hipótese de o clube realizar mais uma campanha segura.

Paulo Fidalgo tem um discurso humilde, falando várias vezes das limitações da sua equipa, tanto a nível orçamental como de experiencia dos seus atletas – este último argumento não parece muito fundamentado visto que a equipa é composta por bastantes atletas de larga experiencia na 1ªDivisão casos de José Coelho, Gustavo Castro, Telmo Ferreira, Luís Carvalho, Gonçalo Vieira, Mário Costa, Albano Lopes etc. - o que o técnico não quererá dizer é que não são os melhores, mas é inegável que apresentam um rendimento assinalável. Paulo Fidalgo tem ainda sabido ao longo dos anos moldar o plantel, colmatando as saídas de jogadores como Kostetsky ou Verkic com José Coelho e Telmo Ferreira e atraindo jovens de valor como Nuno Silva ou João Ferraz. Paralelamente o estilo de jogo da equipa também evolui, sendo visíveis processos ofensivos simples, que deixam alguma liberdade aos atletas – ao contrário do jogo do ABC -, um sistema defensivo mais móvel e agressivo que o 5:1 herdado de Donner e José António Silva, ao qual acrescentou um sistema 3:2:1 bastante profundo (que criou já dificuldades aos grandes) bem como uma ambiciosa velocidade nas transições.

Estamos curiosos por ver que alterações estão planeadas para a próxima época. O Madeira SAD parece ter encontrado o equilíbrio na baliza com 2 guarda-redes maduros e que se complementam, conta á vários anos com Gonçalo Vieira - um dos melhores pontas esquerdas do campeonato - Daniel Santos e um Mauro Aveiro em afirmação (nota para a confiança depositada pelo treinador mesmo em jogos decisivos) parecem formar uma dupla válida para a ponta direita, José Coelho está de saída mas ver-se-á o que fará Bosko, João Ferraz caso se mantenha afastado de lesões tem potencial para ser a curto prazo o melhor lateral direito português. Estamos curiosos para ver de que forma os dirigentes madeirenses vão moldar o próximo plantel, contudo parecem-nos existir duas alternativas: uma hipótese será optar pela continuidade da maioria dos atletas esperando que com mais tempo de jogo e entrosamento as coisas vão progressivamente melhorando. A outra hipótese será manter a “espinha dorsal” e substituir alguns elementos menos utilizados por alternativas mais válidas e com maior potencial, o posto pivot por exemplo parece-nos necessitar de um atleta com outras capacidades. Tendo em conta os últimos anos diríamos que Paulo Fidalgo terá um plantel com 2 ou 3 ajustes, resta-nos esperar para ver o “calibre” das entradas e que problemas possam levantar algumas saídas.

Balanço: No campeonato o Madeira SAD teve um desempenho notável. Foi dos adversários mais problemáticos para todas as equipas, principalmente para os 3 grandes. Na Supertaça, num grupo sem os grandes podia ter chegado à final. Estando ainda em competição na Taça e com boas perspectivas de atingir a final é de crer que a época só possa ser considerada um sucesso.


ABC

O ABC partia para o campeonato com a missão a que já se tem habituado: fazer bem cada vez com menos. Contudo, como também já vem sendo hábito, invariavelmente o ABC acaba por fazer campanhas discretas mas seguras que lhe permitem atingir os objectivos com alguma tranquilidade. O 2º lugar na fase regular foi surpreendentemente positivo, superando as expectativas de quase todos, mostrando que apesar a contestação de alguns adeptos Jorge Rito sabe o que faz. Apesar de pensarmos que o técnico está muitas vezes certo nas escolhas e estratégias que toma para os jogos, não podemos defender o estilo de jogo deste ABC. Transições rápidas raramente se vêm, o sistema defensivo está limitado ao 5:1, que embora sólido, tem como única alternativa o 6:0 com Álvaro Rodrigues no papel de defensor central juntamente com…. Carlos Matos! No plano ofensivo, os atletas estão presos a combinações muito fechadas que não dão liberdade criativa aos jogadores, com a agravante de algumas se terem já tornado bastante conhecidas entre adversários. Para mais, este estilo de jogo lento e demasiado cerebral torna os jogos televisionados em verdadeiros “velórios” que em nada beneficiam a imagem do Andebol.

Pedem-se mais jovens a jogar regularmente mas o certo é que o técnico demonstrou ao longo dos anos saber potenciar os talentos de forma paciente mas segura. Tiago Pereira é actualmente o maior exemplo deste processo, mas outros como Hugo Rosário, Miguel Sarmento ou Nuno Rebelo poderão no futuro afirmar-se. Para já, dê-se-lhes tempo para crescer nos jogos mais acessíveis e coloque-se a responsabilidade em Bogas, Matos, Álvaro etc. Sobre este assunto acrescentamos ainda que, a nosso ver, o único jovem que mereceria mais oportunidades seria o guarda-redes Bruno Dias. Apontado como grande esperança quando júnior – e com prestações á altura a nível nacional e nas selecções jovens – está demasiadas vezes na sombra de Humberto, que por sua vez está demasiadas vezes aquém do que dele se espera.

Menos positiva foi claramente a prestação na fase final - 1 vitória nas 7 primeiras jornadas não era de todo expectável, mas a inconstância de Sporting e Benfica permite aos bracarenses terminar o campeonato em 5º. Não foi um brilharete, mas tendo em conta os condicionalismos que se têm vindo a agravar é natural que vá ser no futuro a melhor perspectiva do ABC: luta pelo 4º e 5º lugar.

A próximo época será fundamental para o clube. Se houver mais um ano de desinvestimento o ABC tornar-se-á a prazo um clube indesejável até para os jovens que forma e que costumavam ter grande ligação á casa. Se pelo contrário existir um sinal de um projecto de futuro – coisa que de momento claramente não existe – com ambição e com alguns retoques cirúrgicos em posições como lateral direito ou lateral esquerdo o ABC pode voltar ser um projecto atractivo. Na escolha entre qual destes rumos o clube tomará serão decisivas as renovações de alguns jovens influentes como Tiago Pereira, o que, até ver não se afigura fácil. A possível entrada de José Coelho poderá ser um sinal positivo, ainda que não seja um atleta jovem.

Balanço: Não sendo um fracasso a época realizada pelo ABC não foi de forma alguma brilhante. Cumpriu os mínimos no campeonato, passou de forma discreta pela Taça de Portugal (eliminado pelo Madeira SAD) e na Supertaça foi pouco mais que corpo presente - 54 golos marcados em 3 jogos. A passagem (fugaz) na EHF não teve nada de relevante mas sabe-se de antemão que é difícil para a maioria das equipas portuguesas passarem mais que 2 eliminatórias nesta competição.

Grupo de Analistas

Informação - Diversas

ENCONTRO NACIONAL MINIS MASCULINOS
O Noticias

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Crónica Intermédia – 31 – 2010 / 2011 - I

Esta crónica é dedicada ao único jogo que falta disputar na PO01, e que pela sua importância, pois irá definir a Classificação Final da prova com especial incidência na atribuição de alguns dos acessos às diversas provas Europeias.

Na nossa última crónica tínhamos afirmado, nomeadamente “ …Apenas a titulo de informação em caso de vitória do Sporting, ficam 3 equipas ( ABC, Benfica e Sporting ), empatadas a 47 pontos, sendo o desempate definido pelo numero de pontos nos jogos disputados entre si, sendo neste caso o desempate favorável ao Sporting.)”

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final

10.ª Jornada
Grupo “A”
Sporting 21 17 Benfica

Vitória do Sporting, num jogo em que comandou o marcador do 1.º ao último minuto, chegando ao intervalo já a vencer por 13-9, e chegou a ter 6 golos de vantagem aos 36 minutos ( 16-10 ) e aos 42 minutos ( 18-12 ), contou um Fábio Magalhães ( 8 golos ) em forma e, com Rui Silva ( 3 golos ), mas com várias assistências, a regressar à forma que o levou a ser contratado. Dizer-se que a primeira defesa de Hugo Figueira registou-se cerca dos 20 minutos com o resultado em 9-6. O Benfica não esteve bem em especial durante o primeiro tempo e durante os primeiros 10 minuto do segundo período em que apenas concretizaram 1 golo, e não pode falhar a marcação de livres de 7 metros ( 3 ), em momentos cruciais do encontro. Nuno Roque ( 4 golos ) cotou-se como o elemento mais eficaz e Ricardo Candeias também esteve bastante bem. Com este resultado o Sporting alcança o 3.º Lugar e garantiu desde já um lugar de acesso às provas europeias, deixando o Benfica m 4.º e o ABC em 5.º Lugar.

A Classificação Final. ficou assim ordenada - FC Porto ( 57 pontos ), Madeira SAD ( 48 pontos ), Sporting ( 47 pontos ), Benfica ( 47 pontos ), ABC ( 47 pontos ), e Águas Santas ( 36 pontos ).

Campeão NacionalFC Porto
Descem de DivisãoAA São Mamede e Maria Balaio

Presenças nas Provas Europeias:
Liga dos Campeões - FC Porto

Após a conclusão da PO01, apenas está definido que tanto o Madeira SAD como o Sporting, já tem o acesso garantido a uma prova Europeia, tal como o Benfica, por ter sido o vencedor da Super Taça Arena Portimão. Agora tudo vai depender da dupla de finalistas da Taça de Portugal e de quem será o seu vencedor, podendo em determinadas circunstâncias ter acesso a uma competição europeia ou o Águas Santas como finalista vencido da Super Taça ou o ABC, como 5.º Classificado no Campeonato Nacional.

O Banhadas Andebol

11.º Congresso Extraordinário da EHF – 2011

Vai realizar-se em Colónia na Alemanha, no dia 29 de Maio de 2011, o XI Congresso Extraordinário da EHF, em simultâneo com a Final Four da Liga dos Campeões.

Estarão presentes as 49 Federações que são membros da EHF, mais Andorra , e ainda o Kosovo que se tornará membro associado da EHF, no total esperado de cerca de 150 pessoas, que são esperadas este fim de semana em Colónia. ( Uma ressalva não temos conhecimento da comitiva Portuguesa, pois no mesmo dia realiza-se a final da Taça de Portugal Seniores Masculina )

No dia 29 de Maio o Congresso das 09 às 12 Horas, e após a abertura do congresso, serão apresentadas para discussão e votação, as propostas que incluem questões de direito e que dizem respeito as alterações dos Estatutos e Regulamentos da EHF.

Serão também efectuadas duas eleições:

Tribunal de Arbitragem da EHF – Substituição de Alenka Cuderman (SLO), que a partir de 1 de Julho passará para o Tribunal de Andebol da EHF.

O Tribunal de Recurso da EHF – Nova instância jurídica da EHF, que será composto por 1 Presidente, 1 Vice-presidente e mais 5 membros, que também serão eleitos pelo Congresso.

Neste dia serão também apresentados os relatórios intercalares sobre o Andebol Profissional ( PHB ), e o programa do Andebol feminino.

No dia 30, será realizado a III Reunião do Andebol Profissional ( PHB ).
( Fonte EHF e Blog De Rosca )

O Noticias

terça-feira, 24 de maio de 2011

PO03 – Crónica Semanal – 08 – Fase Final

Crónica á Fase Final da PO03, que sofre uma interrupção pela Páscoa.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
Fase Final

8.ª Jornada
Samora Correia 32 - 33 Ílhavo
Vela Tavira 37 - 30 Marienses
FC Infesta 29 - 26 ADC Benavente

O resultado mais surpreendente da jornada foi sem dúvida nenhuma a derrota do Samora Correia na condição de visitado, diante o Ílhavo, que ocupava o último lugar da classificação desta fase final ( tendo nós aqui, já o dado como não tendo hipótese de lutar pelo acesso, enganamo-nos redondamente), e que a duas jornadas do fim desta Fase Final coloca novamente a equipa da região de Aveiro na discussão por um dos 4 lugares de acesso à 2.ª Divisão. O FC Infesta continua sem perder, vencendo o aguerrido ADC Benavente, num jogo equilibrado e onde ao intervalo se registava uma igualdade a 12 golos, num jogo disputado num pavilhão completamente cheio, tal como o jogo de Samora Correia. O Vela Tavira venceu sem surpresa o Marienses em Tavira ( no jogo que registou menor assistência ). Face a este conjunto de resultados, o FC Infesta e o Vela Tavira, garantiram a duas jornadas do fim o acesso à 2.ª Divisão Nacional, estando em discussão o Titulo Nacional, que na nossa opinião será discutido na última jornada no jogo FC Infesta / Vela Tavira, e os restantes dois lugares de acesso à 2.ª Divisão, entre as restantes 4 equipas. A Classificação está assim ordenada: FC Infesta ( 21 pontos ), Vela Tavira ( 20 pontos ), Samora Correia ( 15 pontos ), CD Marienses ( 14 pontos ), Ílhavo ( 13 pontos ), e ADC Benavente ( 13 pontos ).

O Noticias

PO03A – Crónica da Fase Final – 09

Crónica semanal dedicada á PO03A.

PO03A – Acesso ao Campeonato Nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
Fase Final

9.ª Jornada
NA Redondo 34 - 26 Boa Hora
CP Natação 32 - 38 SC Espinho
Boavista FC 27 - 22 AA Amadora

Vitória com uma margem bastante confortável do NA Redondo sobre o Boa Hora, que soma a sua terceira derrota consecutiva, e que se apresentou neste jogo, sem as suas “principais” figuras, mas caso curioso com ( pelo menos inscrito no Boletim de Jogo ), um atleta de 50 anos de Idade , estamos a referir-nos a João Almeida ( Conhecido nos seus tempos áureos por João Gabriel ), com este resultado a equipa de Redondo ascendeu á 1.ª posição da Fase Final e garantiu desde já o acesso à 3.ª Divisão, tal como o seu adversário, apesar de derrotado. Boavista e SC Espinho venceram como se esperava os seus jogos, afastando a AA Amadora da luta pelo acesso à 3.ª Divisão que, se forem cumpridos todos os itens previstos no regulamento desta prova ( ascendem apenas os 3 primeiros classificados ), apenas na última jornada ficará decidido qual será a terceira equipa , no jogo SC Espinho / Boavista FC. A classificação, está assim ordenada: NA Redondo ( 21 pontos ), Boa Hora ( 21 pontos ), SC Espinho e Boavista FC ( 19 pontos ), AA Amadora ( 17 pontos ), e CP Natação ( 11 pontos ).

O Noticias

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Crónica de Fim de Semana No Feminino – 32 – 2010 / 2011

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, Fase Final.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.
Fase Final - Resultados

13.ª Jornada
Académico FC 14 - 43 Gil Eanes ( antecipado )
João Barros 30 - 25 Alavarium
Madeira SAD 29 - 27 Colégio Gaia
Juventude Mar 23 - 26 Juventude Lis

A jornada deste fim-de-semana teve apenas 3 jogos, já que o Académico do Porto – Gil Eanes já tinha sido antecipado e já o tínhamos comentado.

Os três jogos foram bem mais interessantes e equilibrados do que estávamos à espera. Na Madeira, uma vez mais, ficou provado que não foi por acaso que o Madeira Sad há muito tempo perdeu o título nacional. A equipa revela uma apatia confrangedora, sem qualquer ambição e a tentativa de Duarte Freitas dar mais minutos a algumas atletas menos utilizadas resultou num fiasco com a Sad a perder ao intervalo. Na segunda parte rectificaram mas tiveram bastantes dificuldades para triunfar, num jogo em que foram as inesperadas Filipa Silva e Mariela a assumir o protagonismo. Resta a Taça de Portugal para o Madeira salvar a sua época. O Colégio de Gaia não esteve longe de conseguir a surpresa do ano, fazendo uma excelente exibição. Sem Maria Domingues e Vanessa Silva, a equipa jogou com muita atitude, mais colectivismo e mostrou que atravessa um bom momento de forma. Depois da vitória em Aveiro, esteve quase a conseguir uma surpresa na Madeira, num jogo em que a jovem Vera Saraiva mostrou que merece mais oportunidades e em que Helena Soares regressou às boas exibições. O Colégio parece ter despertado para uma boa ponta final, mas infelizmente acordou tarde demais já que este fim-de-semana ficou definitivamente fora dos 5 primeiros, algo que já não acontecia há alguns anos.

Em Pombal, o Colégio João de Barros venceu o Alavarium num jogo em que manteve sempre o controlo mas sem nunca conseguir ganhar uma grande vantagem. Inês Catarino continua a confirmar a sua excelente época e Natalina Melo parece ser agora aposta de Paulo Félix. Terá sido pela nossa notícia da sua saída? Não sabemos, mas a possante lateral esquerda tem mostrado serviço. No Alavarium, Cláudia Correia esteve ao seu excelente nível do costume e o cérebro da equipa, Filipa Fontes, a marcar o ritmo ofensivo da equipa de Aveiro que conquista aquilo que já prevíramos há algum tempo: O quinto lugar.

Em São Bartolomeu do Mar, a Juve Mar confirmou aquilo que vamos dizendo desta equipa: Apesar dos poucos pontos alcançados na fase final, a formação nortenha equilibra a maior parte dos jogos e tem sido um osso duro de roer. Desta vez, o grande destaque vai para uma Carla Sá que fez um grande jogo, com um impressionante nível de eficácia. Mas é injusto não destacar o bom trabalho defensivo desta equipa. A Juve Lis teve bem mais problemas do que esperaria, mas uma vez mais a sua defesa decidiu o jogo. A jovem Inês Silva confirmou o excelente momento de forma que atravessa e Mariama Sano mostra que é um verdadeiro talento e quando a equipa é capaz de a assistir, a possante pivot é consegue ser decisiva.

Para a semana, uma última jornada apenas para cumprir calendário. Fica a promessa de, depois do final do campeonato, elegermos o 7 ideal.

Críticos Femininos

domingo, 22 de maio de 2011

Crónica De Fim de Semana – 30 – 2010 / 2011 - I

Crónica de fim de semana dedicada à jornada Fase Final Grupo “A” e Grupo “B”. 

Para terminar o Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de Seniores Masculinos, fica a faltar a realização do Jogo Sporting / Benfica, cujo resultado terá grande influência na definição da classificação final, e irá definir algumas das participações nas provas Europeias na próxima época. Apenas a titulo de informação em caso de vitória do Sporting, ficam 3 equipas ( ABC, Benfica e Sporting ), empatadas a 47 pontos, sendo o desempate definido pelo numero de pontos nos jogos disputados entre si, sendo neste caso o desempate favorável ao Sporting.

Convém no entanto recordar, que a Super Taça Arena Portimão, deu acesso à Challenge CUP, e que teve como vencedor O Benfica e como finalista o Águas Santas, e que ainda se encontra por disputar a final da Taça de Portugal, onde intervêm o FC Porto, Benfica, Madeira SAD e Belenenses. 

Assim apenas está definido o representante da Liga dos Campeões - FC Porto

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final
10.ª Jornada
ABC 18 – 17 Águas Santas
Madeira SAD 26 – 28 FC Porto ( Rectificado )
Sporting – Benfica ( Dia 25-05-11 )

Campeão Nacional – FC Porto

O ABC venceu dificilmente o Águas Santas num jogo que poderá ou não definir a presença do ABC nas competições Europeias. O Madeira SAD / FC Porto, terminou em empate, terminou com a vitória da equipa Portista, não sendo impedimento da equipa Madeirense garantir um lugar numa prova Europeia. A Classificação ficou assim ordenada; FC Porto ( 57 pontos ),  Madeira SAD ( 48 pontos ), ABC ( 47 pontos ), Benfica ( 46 pontos – menos 1 jogo ), Sporting ( 44 pontos – menos 1 jogo ), e Águas Santas ( 36 pontos ).

ABC 18 – 17 Águas Santas

Mau jogo de Andebol, pavilhão com pouco publico, o que é uma situação anormal, em Braga, demasiadas falhas técnicas ( 35 no total ), demonstrando que estávamos positivamente num jogo de final de época, ambas as equipas com uma total descoordenação no ataque, raras foram as ocasiões em que conseguiram organização, defesa demasiado permissivas, e com os guarda redes em grande plano, mais uma vez o ABC falha na concretização dos 7 metros ( 3 ), mas teve no seu contra ataque a sua grande arma pois converteu 9 golos em 11 oportunidades. O Águas Santas com Pedro Cruz, completamente desastrado nunca conseguiu impor o seu jogo, apesar de no segundo período do encontro ter comandado o marcador até aos 44 minutos com o resultado em 13-12 a seu favor, após ter permitido que o ABC recuperasse de uma desvantagem de 4 golos ( 13-9 a favor do Águas Santas ), com o jogo a ser disputado até ao final debaixo de um equilíbrio total. No nosso entender o momento chave do encontro é cercados 58 minutos, quando Bruno Dias que entrou para a baliza do ABC, defendeu o livre de 7 metros marcado por Eduardo Salgado, quando o resultado se encontrava em 17-16 a favor do ABC. O Jogo foi dirigido pela dupla Internacional de Leiria Daniel Martins / Roberto Martins, que esteve tal como o jogo cinzenta, em especial no critério da Falta do Atacante e na aplicação das Sanção Progressiva, salvando-se o Cartão Vermelho aplicado a Tiago Pereira aos 51 minutos e que foi aplicado segundo todas as normas em vigor.

Grupo “B”
10.ª Jornada
São Mamede 23 - 34 Belenenses
Xico Andebol 28 - 32 SC Horta

Terminou igualmente a disputa do Grupo “B”, onde também já estava tudo decidido, com resultados completamente esperados e sem surpresas, com as vitórias das equipas mais apetrechadas, embora em Guimarães se tenha verificado um maior equilíbrio. Com estes resultados a Classificação da PO01 a partir do 7.º lugar ficou assim Ordenada: - 7.º SC Horta, 8.º Belenenses, 9.º São Bernardo, 10.º Xico Andebol, 11.º São Mamede e 12.º Maria Balaio ( Desistiu ainda na 1.ª Fase ).

Descem de DivisãoAA São Mamede e Maria Balaio, curiosamente s duas equipas que tinham ascendido à PO01, na época transacta.

O Banhadas Andebol

EHF Competições - 2010 / 2011 – XXXIII

BENFICA PERDE JOGO DA 2.ª MÃO DA FINAL DA CHALLENGE CUP

Conforme tínhamos previsto o resultado efectuado em Lisboa no jogo da 1.ª Mão, comprometeu seriamente o objectivo de vencer a final da Challenge CUP. O resultado verificado no jogo da 2.ª Mão, na Eslovénia confirma o que já se esperava , ou seja um ambiente fortemente pressionam-te, que iria criar grandes problemas à equipa Portuguesa e influenciar fortemente a arbitragem. Conforme as narrativas que até nós chegaram. O Benfica andu sempre atrás do resultado chegando a estar em desvantagem por 7 golos ( 25-18 ) , mas uma forte reacção levou a equipa Portuguesa até aos 28-26 , momento em que sofre duas exclusões quase em simultâneo e que se revelam decisivas para o resultado final. Assim Portugal despede-se da Challenge CUP.

CHALLENGE CUP Final
Resultados
1ª Mão
Benfica 27 - 27 RK Cimos Koper ( Eslovénia
2.ª Mão
RK Cimos Koper 31 – 27 Benfica

O Noticias

sábado, 21 de maio de 2011

Crónica de Fim de Semana – 29 – 2010 / 2011 - II

Crónica de fim de semana dedicada à PO02, Fase Final, que terminou com a disputa da 10.ª jornada.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
Fase Final
10.ª Jornada – Resultados 
AC Fafe 32 – 27 Sismaria
Ismai 30 – 26 Avanca
Vitória FC 29 – 32 Marítimo

Campeão AC Fafe
Ascenderam à 1.ª Div. NacionalAC Fafe e Ismai

Disputou-se a 10.ª e última jornada da Fase Final desta prova, com o título e os acessos à divisão superior já decididos. Mas mesmo assim um dos encontros desta jornada despertava as nossas atenções, o Ismai / Avanca, que colocou frente a frente uma das equipas que ascendeu, e outra que lutou elo acesso até à penúltima jornada, Venceu a equipa do Ismai. O AC Fafe venceu e bem o Sismaria, num jogo em que o resultado foi essencialmente construído no primeiro tempo, pois o resultado registado ao intervalo era de 15-11 a favor do AC Fafe. NO Vitória FC / Marítimo, a surpresa da jornada, com a equipa Madeirense a vencer em Setúbal uma descrente equipa local, que ( na nossa opinião ) desiludiu nesta Fase Final. O AC Fafe termina esta Fase da prova, sem conhecer o amargo sabor da derrota, parabéns. A classificação final é, AC Fafe ( 29 pontos ), Ismai ( 25 pontos ), Avanca ( 19 pontos ), Marítimo e Vitória FC ( 16 pontos ), e AC Sismaria ( 15 pontos ).

Nota – As descidas de divisão, ainda não estão decididas, pois as respectivas zonas, apenas serão concluídas em 12-06-11.

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2010 / 2011 - XVIII

Mais uma nomeação de um Delegado, e desta vez para o Play Off Europeu para o Campeonato do Mundo Seniores Femininos 2011.
Nomeações:

Delegados

António Goulão – Foi nomeado para o jogo da 1.ª Mão do Play Off Europeu para o Mundial Feminino de 2011 entre a Holanda e a Turquia, que se realiza na Holanda no dia 04-06-11.

Ao nomeado, endereçamos os nossos desejos de que tudo corra pelo melhor.

O Regras

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Que Informação…Que Formação… IV

Infelizmente, mais uma vez temos de voltar a este tema, no último post onde este tema foi abordado, referíamos:“O Portal da FAP, em 04-02-11, produz notícia acerca de trabalhos de técnicos Portugueses que mereceram a devida publicação no site da EHF, na respectiva secção.
O Documento é :

"The use of the virtual world Second Life© for the education of team handball sport agents – A new dimension in education and in sports promotion", 
Por Pedro Sequeira e António Lopes

Esperamos sinceramente que este critério editorial, seja para manter, independentemente dos autores dos trabalhos publicados na EHF.

Infelizmente vieram a confirmarem-se as nossas duvidas, pois o critério de divulgação continua a não existir, pois registou-se uma mudança no autor do trabalho publicado no site da EHF, e Portal da FAP, voltou ao seu ritmo normal ( zero ).

O Site de publicações periódicas da EHF, informa em 12-04-11, que publicou mais um trabalho do Prelector EHF, Prof. Carlos Garcia, sobre o titulo “TeamManagement

O Formador

Informação - Clubes - Diversos

BOAVISTA FC
ISMAI
O Noticias