FC Porto venceu este Fim-de-Semana a Super Taça - Vamos encher os Pavilhões
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 10 de julho de 2011

Encontros Nacionais de Minis

Fim de Semana em que foi concluído o Calendário Nacional, com a realização das duas últimas provas oficiais previstas.

PO37 - Encontro Nacional de Minis Masculinos

AD SANJOANENSE – VENCE ENCONTRO NACIONAL DE MINIS MASCULINOS
Disputou-se este fim de semana mais uma prova do Calendário Nacional, desta vez dedicado ao futuro da modalidade, com a presença de 32 equipas, disputado em Benavente, e como na época anterior este Encontro Nacional serviu de igual para efectuar os exames aos Árbitros Regionais candidatos a Nacionais.

Foi vencedor da Prova a equipa do AD Sanjoanense, que venceu na final o Águas Santas. (24-17), a quem sucedeu.

PO38 - Encontro Nacional de Minis Femininos

JAC - ALCANENA – VENCE ENCONTRO NACIONAL DE MINIS FEMININOS
Disputou-se também este fim de semana o Encontro Nacional de Minis Femininos, em que participaram apenas 8 equipas (relembre-se que a divulgação da sua organização pecou por ser demasiado tardia), sendo disputado em Leiria, verificou-se uma diminuição das equipas presentes, pois na época transacta apenas estiveram presentes em Alpendorada 10 equipas.

Foi vencedora da Prova a equipa do JAC - Alcanena, que venceu a prova disputada no formato de todos contra todos a uma volta, que assim sucede ao CP Valongo do Vouga.

O Noticias

39 comentários:

Anónimo disse...

Se as proprias IHF e EHF, defendem o Andebol de 5, até aos Infantis, passando a 7 apenas dos iniciados, porque é que queremoas ser mais Papistas que o Papa, e meter os Minis a jogar 7?

Anónimo disse...

A equipa do Aguas Santas foi impedida de revalidar a conquista do ano passado por uma parelha de asnos com apitos na boca.
A parelha tinha a lição bem estudada basta dizer que o Aguas jogou 14 minutos da primeira parte sempre reduzido a 5 jogadores de campo.
Se os distos asnos um dia nos visitarem teremos uma refeição preparada, adequada á sua condição e servida ao estilo das gentes de Fafe.

Anónimo disse...

No ANDEBOL DE BASE (bambis, minis e infantis) deve-se obrigatoriamente jogar andebol 5, isso se pensa assim em todo o mundo do andebol, mas entre nós estamos sempre muito adiantados e superiores a todo o mundo!, RIDÍCULO.
Alem disso não tem lógica pedagógica disputar e terminar num vencedor ÚNICO como se tratasse de um campeonato Sénior?, o modelo de competição é tão importante como a competição propriamente dito, deveria jogar vários encontros, concentrações e vários vencedores, regionais ou distritais.
Mas qual o objectivo destes escalões:
1-Motivar os jovens praticantes á pratica do Desporto
2-Dedicarem-se com alguma intencionalidade estratégica ao andebol por parte do treinador
3-Nos 3 primeiros escalões, não se deve caracterizar de forma definitiva ser JOGADOR DE ANDEBOL?
ESTÁ NOS LIVROS E MANUAIS DOS DESPORTOS COLECTIVOS.
Temos mesmo azar com os responsáveis técnicos da FPA no sector, porque não sabem,e não querem olhar para o lado de outras modalidades.
Uma pergunta?
1-Quem foi o campeão nacional de infantis no futebol, basquetebol, voleibol, hóquei-patins, ragueby, por favort resp+ondam...

oficial, não há campeonatos nacionais de infantis.

ABC

Anónimo disse...

até podem defender outras coisas, mas andebol 5 em minis e infantis???!!!
só se o campo fosse 40 por 20 tbém.
acho muito bem o andebol 7 nestes escalões.

quanto ao tema do post, posso dizer que estive em Benavente e pude observar um grande exemplo em como organizar eventos desta envergadura.
a organização, ADCB e Benavente estão de parabéns

Anónimo disse...

Aveiro em grande no Nacinal de Minis Masculinos de 7 equipas 5 nos 10 primeiros. Força Aveiro assim se começa!!

Anónimo disse...

SE A PROVA SERVIU PARA AVALIAR OS ÁRBITOS ENTÃO OS QUE APITARAM A FINAL DEVEM TER PAGO A PROPINA, LEVAR AO COLO A SANJOANENESE OU PREJUDICAR DELIBERADAMENTE O A. SANTAS.

Anónimo disse...

Estes encontros são acima de tudo uma atitude louvável dos pais muito deles ex atletas e que revêem no andebol um meio de educar e jogar.
Mas tratem-nos bem.
Quanto ao vencedores parabéns e continuar esta vivência no jogo e no andebol em particular.
Não posso esquecer os treinadores e dirigentes sim eles os grandes responsáveis pela actividade propriamente dita.
continua a pensar e recordar o Sport-Goofy que se realizava no Jamor e era o começo de novas carreiras desportivas com equipas formadas pelas associações regionais.
bons tempos e era um encontro de treinadores e dirigentes.

Anónimo disse...

Muitos arbitros a fazer exame (???) e a cometer erros grosseirissimos alguns com influencia no resultado, sem o minimo de pedagogia na explicação da aplicação de exclusões de 2 minutos nem em outras situações, o que se impunha nestas idades. Muitos miudos ficaram sem saber bem o porquê de levarem 2 minutos, e diga-se em abono da verdade, mais ninguém percebeu. É triste brincarem assim com as expectativas de muitos miudos. Alguns treinadores a fazerem um "especie" de defesa mista, o que não é permitido, sem ninguem lhes chamara atenção, ficando um jogo feio. De resto parabéns à organização de Benavente e feliciades a estes miudos com alguns já a demonstrarem um bom nível.

Anónimo disse...

Em termos organizativos, nunca tinha visto coisa assim.
Parabéns ADCB

Anónimo disse...

No feminino:

Finalmente e após 5 fases finais (minis, infantis, iniciadas, juvenis e juniores - 4 delas em Leiria - estranho??), alguém vence de uma forma clara, DENTRO DO CAMPO e sem problemas. Alcanena claramente melhor.

No entanto gostaria de saber que tipo de defesa é permitida neste escalão?

Anónimo disse...

Alcanena vence de forma clara?? MAs isso conta para alguma coisa num escalão como o de Minis ?? PArabéns a todos que continuam a deixar míudas de fora, mesmo com os jogos claramente vencidos. é triste ver que até neste escalão que deveria ser de convívio e de festa se passam coisas como suceram este fim de semana.

Tipo de defesa?? Vale tudo menos servir sandes mistas, o que importa é ganhar e não formar.

Triste ver nestas idades, que há míudas que jogam 1 ou 2 minutos, ou até mesmo nem entram para jogar. Continuamos a matar o andebol.

Srs da FAP, continua a não ser preciso existirem regulamentos Técnico pedagógicos ??

Quanto ao andebol de 7, apesar de não ser adequado para a idade, ainda bem que é assim, pois pelo menos andam lá mais 2 em campo nem que seja só a correr, não fossem estar mais 2 40 minutos no banco a fazer número.

Cumprimentos,

Vasco Ramos

Anónimo disse...

Á 5º é de vez

Á 5ª fase final de femininos, alguém ganha por mérito.

Anónimo disse...

Encontros nacionais, torneios, taças, etc..........
Faça-se o que fizer, há e haverá sempre críticas destrutivas.

No caso de minis, posso dizer que, por exemplo, a equipa do Sp. Horta tem nesta prova a única forma de poder competir. Não é bom?
Outro exemplo, o Benavente fez mais de metade dos jogos nestes quatro dias em relação ao total de jogos efectuados para o campeonato regional. Não é bom?
.....e com certeza que haverá muitos mais casos como estes.

Defendo este sistema de prova em que a equipa que ganha, faz tantos tantos como a equipa que perde. Isto sim, é importante. Jogar, jogar e jogar.

Quanto ao andebol de 5 em campo reduzido, acho que não é adequado, a não ser que o campo seja 40x20m.
Talvez adaptar algumas regras sim, agora reduzir o campo não, como por exemplo, ser obrigatório utilizar numa das partes o sistema defensivo homem a homem.

Outra sugestão, é passar a organizar-se encontros regionais, dentro destes moldes, numa fase mais inicial da época.

Anónimo disse...

o A.santas fala demais e joga de menos é o que da estar habituado a ser levado ao colo.
Parabéns a equipa de arbitragem da final finalmente uma equipa de árbitros imparcial e por fim ensinem os vossos infantis e minis a defender honestamente.

Anónimo disse...

Neste escalão e infelizmente com este modelo competitivo é possível utilizar qualquer tipo de defesa excepto defesa mista.

António Branco disse...

No Domingo terminava para nós, Staff Organizativo, a dura batalha de organizar um Encontro com 32 equipas, que correspondia +/- a 550 Atletas e 28 Árbitros, foi uma tarefa árdua que começou muitos dias antes a organizar-se toda a logística para que nada faltasse no dia 7 de Julho, houve concerteza algumas falhas, pequenas felizmente e sem interferências dignas de registo, pelo não tivemos feedback disso, sinal que praticamente tudo rolou sobre boas rodas, alguns atrasos nas equipas no próprio dia 7, ainda nos complicou um pouco o que estava delineado, mas prontamente se conseguiu resolver.
Daí, Penso que este Encontro Nacional de Minis em Benavente (Concelho) foi um SUCESSO a todos os níveis, para nós, todos foram excepcionais desde o 1º ao 32º, os Árbitros tentaram fazer o seu melhor, mas isto como em tudo na vida, e no desporto não é excepção, há sempre uns melhores que outros, mas todos tentam fazer bem, o mesmo acontece com os atletas.
Obrigado a todos os que se prontificaram a ajudar e a levar a Nau a bom porto, sem esta malta toda, (jogadores de outros Escalões, Dirigentes, Mães e Pais de Atletas, simplesmente Amigos e apreciadores de Andebol da ADCB)não seria possível organizar um Evento desta envergadura.
Para Nós (Organização) todos foram Vencedores, esperando que todos tenham feito uma Boa Viagem de regresso aos Vossos destinos, um BEM HAJAM e ATÉ BREVE.

CARREGA ADCB

1 Elemento da Organização

Anónimo disse...

Sou um adepto confesso da formação do Águas Santas; gosto de ver a forma como as diversas equipas de formação encaram o andebol, como tratam a bola, como lêem o jogo, como dominam o corpo, os dribles, os timings, como se comportam fora de campo, etc, etc. Para mim são um exemplo de escolas formação de excelentes jogadores a par ABC (... já em escalões mais crescidos!).
até ás 12h de domingo eram de longe os meus favoritos para este E.N.M.M...Mas como não sou adepto do Águas Santas nem da Sanjoanense, fica aqui o meu comentário desapaixonado da final de minis masc....Perderam porque:
- A Equipa do A.AS não era tão homogênea como a do ano passado (isto para não estar a individualizar os miudos mais fracos)
- Porque a Sanjoanense jogou muito bem, esteve quase sempre a ganhar e nos momentos de pressão raramente falhou ataques e contra-ataques.
- Porque embora o A.Santas tenha um excelente guarda-redes... do outro lado estava outro igual,( embora com um palmo a menos) agarrou muitas bolas e que me lembro defendeu pelo menos 2 remates em espargata!
- e principalmente ... o A.Santas não conseguiu impor o HXH em que é especialista, sendo obrigado a recuar rápidamente para um 6X0 onde não estão habituados e não é tão eficaz. Isto foi mérito dos jogadores da Sanjoanense que desde do principio sempre conseguiram passar o HxH e que depois no 6X0 sempre arranjaram soluções quer nas pontas quer na zona frontal. Quase sempre os contra-ataques só funcionaram para um lado... os dos vencedores! Os miudos do Aguas Santas tiveram "querer" mais foi quase sempre pelo orgulho ferido ...e os da Sanjoanense na 2ª parte tiveram garra e saber...e fizeram pela vida! Foram uns Justos Vencedores!
E a verdade é esta .... tácticamente o Treinador da Sanjoanense...deu uma "banhada" à Treinadora do Águas Santas!

Anónimo disse...

(continuação)Quanto ao que se passou ainda a quente durante e no final do jogo compreendo a reacção dos pais e adeptos da AA.Santas... é dificil de "engolir", especialmente para quem está habituado a ganhar e tinha expectativas de o voltar a fazer ( eu sei o que isso é..o ano passado aconteceu-me o mesmo no Alto dos Moinhos!)! Mas a reacção passado uns largos minutos e já a frio aquando da apresentação dos arbitros, nas intervenções da cerimonia de encerramento e na distribuição de prémios.. acho que não dignifica em nada o historial da A.A.A.Santas.
Seria bom lerem o vosso próprio Site: "Mais importante que a vitória é o convívio entre os nossos atletas e também com as outras equipa, pelo que desejamos é que independentemente da classificação obtida, todos os atletas cheguem a casa contentes com a participação neste encontro nacional."
Espero que no final isso tenha acontecido

PS: Numa coisa estou de acordo...os arbitros erraram muitas vezes( como sempre!:-)... mas erraram para todos lados...por não saberem e por serem "psicologicamente fraquinhos" como são habitualmente nestas idades e nestes escalões! Quem não tem de facto desculpa... é a FPA ao deixar ao abandono a arbitragem numa prova destas, deixando a prova entregue a 2 Srs. Observadores Séniores incompetentes( vulgo dois "velhos bêbedos e caquéticos" :-) que fizeram tudo menos a sua missão ..que deveria ser acompanhar, aconselhar e enquadrar os jovens arbitros. Esse sim foram única nódoa neste torneio, que a nivel de organização correu 5 estrelas ( segundo a opinião da maioria equipas participantes!)

Anónimo disse...

Confesso que não percebo de andebol, mas gosto de ver bons jogos.
Sobre o jogo de 5, foi mesmo com 5 jogadores que o Sanjoanense foi campeão.
Na final, o nº 15 tocou uma única vez na bola e todo o jogo, e só foi saiu da partida faltava 1 ou 2 minutos. Esteve às vezes na direita, às vezes na esquerda, sem participar do jogo. Esteve a roer as unhas em pleno andamento da partida. Verdade.
Do outro lado, o outro ponta, pouco fez.
Não acho isso bom para a modalidade.

Anónimo disse...

Em relação ao comentário de 11 de Julho de 2011 16:26, Vasco Ramos,infelizmente é uma realidade. A "Campionite" já neste escalão é desesperante!!!!
Como é possivel haver miudas a jogarem o ultimo minuto!!! ou nem entrarem no jogo.
A FAP não têm culpa em relação a isto (não pode ter sempre culpa) pois houvesse alguma regra a obrigar atletas a jogar,lá vinha uma estratégia milaborante destes pseudo "treinadores formadores" para a contornar.
O bom senso deve vir é dos responsáveis dos clubes para que isto não acontença.

Anónimo disse...

Quando leio comentários como os que acima estão feitos, com referência a um Encontro Nacional de Minis fico extasiado....
De que estão a falar?
Parece-me que a ideia é iniciar estes jovens em cenários competitivos!
Mas saudavelmente, promovendo valores, tais como a solidariedade, o respeito pelos árbitros, promovendo obviamente o sentido de conquista, mas sem dramatismos.
Campeão Nacional de Minis - não vos parece a vós pais e treinadores que este conceito é ridiculo?
Começamos aqui mesmo a perder para os nossos adversários estrangeiros!
Andamos tão longe do que é efectivamente necessário.
O andebol está doente, muito doente, e se aqui não poucas vezes se critica a FAP é evidente que a doença é transversal á maior parte dos agentes da modalidade.
Fico de queixo caído quando leio o que li acima. Cada vez estamos mais futeboleiros....
Assim ñão vamos lá!

Azeitona disse...

Estes torneios são óptimos para as equipas!! Aliás, o próprio treinador do Ponte de Sôr disse que era a única forma dos miúdos dele evoluirem, pois era a única forma de terem alguma competição, visto que o andebol no Norte, como todos sabem, já em Minis é muito mas muito superior ao do Sul (aliás, dos 5 primeiros lugares, 4 equipas eram de aveiro!!! isso é obra!!!).

Quanto aos arbitros, é como tudo. Os srs treinadores erram, os dirigentes erram, os atletas erram e claro, os arbitros também. Mas também esperava-se o quê de uma equipa que no dia anterior passeia já a cantar 'campeoes allez campeoes' (Aguas Santas)?? Foram a contar com o 'ovo no cu da galinha' e correu mal a brincadeira.. Chegou ao ponto dos miúdos do Águas virarem-se com ameças palermas aos arbitros, no momento da entrega de premios..
Há que saber ganhar, mas também que saber perder, e pelos vistos este meninos têm muito para aprender!

Anónimo disse...

Sr. Vasco Ramos

Estive presente no jogo de Domingo em Leiria e de facto no jogo do Alcanena (não sei se se referem a este jogo em particular), a defesa que faziam era mista . O Sr. árbitro Marcio Menino, parou o jogo (e bem) e alertou o treinador para o facto de isso não ser permitido. Prontamente foi corrigido, passando para uma marcação individual, o que prejudicou o espectáculo.
Parabéns a todas as equipas participantes e já agora quero dar os parabéns ao Sr. árbitro Márcio Menino que sempre que tinha que sancionar uma atleta, fazia-o explicando o porquê. Assim é que se devem preparar as atletas nestes escalões: é com a correcção por parte dos árbitros e não com o "deixa jogar que elas são pequenas". É pena é que sejam poucos os árbitros a terem uma atitude instrutiva.

Concordo consigo quando diz que não é importante ganhar, mas sim o convívio entre elas. É pena só terem havido 7 equipas.

Ass. Renato

Anónimo disse...

Mais uma vez os arbritos estam a ser o centro das atenções, e esta a passar ao lado tudo o que este torneio teve de bom,desde jogos até á organização e ambiente vivido durante estes 4 dias.

ESTAMOS,NOVAMENTE,DE PARABENS!
CARREGA ADCB

João Castanheiro(organização)

Anónimo disse...

Depois de ler aqui as opiniões avalizadas de alguns “teóricos” acerca dos malificios do andebol de 7 para os minis e infantis, dos aconselhamentos pedagógico-desportivos da IHF e EHF, das regras das defesas , do ridículo de haver uma final única e de se declarar um campeão nestes escalões, das virtudes da formação da A.A. Braga e do ABC, e por último do ridiculo entusiasmo dos atletas, pais, treinadores, e dirigentes de 32 equipas nacionais ( e das ilhas) que perdem o seu tempo de volta de miúdos de 10/11 anos a incutir-lhes o gosto pelo andebol, quando eles poderiam e deveriam estar a jogar ao eixo ou a saltar à corda na wii…. Decidi ir investigar para perceber o que é que .. eu como pai estava a fazer mal, pois eu não quero ser acusado mais tarde pelo o atraso do andebol português! :-)
Então fui ver se as coisas lá fora ..ainda eram como no meu tempo de jogador jovem e lembrei-me que ao mesmo tempo que estava a decorrer o E.N.M.Minis em Benavente, também se estava a realizar-se na Suécia a Partille Cup – O Maior torneio de andebol jovem do mundo! – de 4-9 Jullho- organizado pelo IK Sävehof http://www.partillecup.com/
E cheguei a interessantes conclusões :-):
Numero de participantes 19.500, de 1.057 equipas, sendo Boy’s teams: 538 (51%). Girl’s: 519 (49%). - Swedish teams: 443 (42%). Foreign: 614 (58%). Dos 5 Continents.Obs: Parece que Portugal desta vez não esteve representado!:-(
Depois lembrei-me… se calhar não deixam os miúdos de 10/11 anos jogar! Foi ver…afinal começa nos rapazes com 21 e acaba nas raparigas com 10 anos.
Classes : The following age classes play in Partille Cup 2011 (B = boys, G = girls) Register in the age class that is valid for your team the summer 2011: Class B21 Boys born 1/1 1990 and later
Class G10 Girls born 1/1 2001 and later.
Depois pensei … se calhar é com as regras de andebol 5 …ou então nem tem regras oficiais… afinal só há um regulamento para todo o torneio e para todos os escalões- o de Andebol de 7: Regulations IHF’s rules apply in all relevant areas and SHF’s competition rules.
Bem…os miúdos jogam 7 de cada lado …mas no fim ninguém ganha nem ninguém perde. Enganei-me…Competition form The tournament begins with a qualification round….. The Final Round takes place on Friday and Saturday and are played according to a cup model, win or lose.
Fiquei todo baralhado … afinal eram como nós …no final havia sempre um vencedor…mas se calhar eram equipas de escolas ou de bairro…no fim iam todos beber uma Coke e lanchar lá a casa. Fui ver os vencedores:
Masculinos - B10: Taipei victory, Hsin-Jie, Chinese Taipei – Partille IF, Sweden 22-9 (8-4)
Masculinos B11: Taipei victory – third in a row Dongsing Element. School, Chinese Taipei – HC CO Zagreb, Croatia 13-9 (6-3) After the Dongsing won in the G11-class was it time for their boys to try to repeat what they did. Their opponents in the final were HC CO Zagreb from Croatia. Both teams had good goalkeepers and defences At the end Dongsing was the stronger team and they won. ( obs: os parvos dos suecos também fazem comentários aos jogos de minis:-)!)
Eh pá… os chatos dos chineses vem sempre para para ganhar! Tb…grande coisa…Ganharam a uns miúdos da Croacia! Eh pá… O HC CO Zagreb não é onde aprendeu a jogar aquele cabeludo do Ivano Balic?! Fiquei curioso e fui ver a lista das equipas… Olha…estava lá também no escalão dos 11 anos… 2 equipas do THW Kiel ( aqueles que tem a mania de ganhar de vez enquando na Liga dos Campeões e na Liga Alemã) e estava também uns miudos franceses do Selestat Alsace Handball (acho que foi lá que começaram a jogar uns putos chamados Thierry OMEYER e outro Marc WILTBERGER), e mais uns suecos das redondezas – parece que o IK Sävehof levou 3 ou 4 equipas ( dizem que no seu tempo o Fredrik Larsson jogou em todos os escalões da partille Cup)...e depois ainda havia mais uns russos e uns ucranianos e uns dinamarqueses para compor o torneio!
( continua)

Anónimo disse...

( Continuação) Cheguei às mesmas conclusões em relação ao torneio das meninas de 10 e 11 anos... por isso ppl de Alcanena : atenção ao que andam a fazer às vossas filhas...elas podem aprender a jogar andebol precocemente...e isso fara-lhes mal concerteza á saude fisica e mental das meninas ... pior ainda algumas delas podem ficar com o vicio de competir e de ganhar para o resto da vida!
Resumindo que a conversa já vai muito longa ( mas eu tenho me divertido a escrever) e para ser um ”português suave”: ò anónimos de Braga... “Vão dar banho ao cão! :-)

Assina : D.M - pai de um dos miudos presentes no E.N.M.M.

PS1: Muitos Parabéns ao JAC e ás meninas de Alcanena... eu disse a vários país desalentados ao intervalo do 1º jogo da época, que o facto de estarem a perder connosco não era motivo de alarme, pois as meninas tinham uma excelente equipa e veio a provar-se no resultado da 2ª volta e agora com o culminar da vitória do E.N.M.F
PS2: não fui buscar o exemplo da Partille Cup inocentemente... houve vários elementos responsaveis do E.N.M.M que estiveram presentes nesse Grande torneio em meados dos anos 80 e para muitos meus colegas que lá foram, foi a viagem "andebolistica" da vida deles, aquela que se lembram e que continuam sempre a falar! E eu só não fui porque embora estivesse convocado para ir.. era menor e não me deixaram ir!:-(
Estou certo que para muitos miudos esta viagem a Benavente para jogar andebol tb vai ficar na historia deles!

Anónimo disse...

Uma das funções dos árbitros, nos escalões mais jovens, é ser pedagogo.
É bonito ver um árbitro explicar a um atleta, a proceder ao que o Sr. Renato chamou e bem de atitude instrutiva.

Sobre o facto de não ser permitida defesa mista, considero uma aberração das regras para este escalão. Para este ou para qualquer um.
Mas isto não passa de uma opinião.

Cumprimentos
Carlucci

Anónimo disse...

Caro anónimo de 13 de Julho de 2011 03:22

Gostei do Comentário. Bastante esclarecedor.

Amigo Carlucci estou à espera do café.
Estive em Leiria a ver se você aparecia para o (a) conhecer mas...

Já agora os meus parabéns à organização do ENMM que pelos vistos continua a presentear os torneios que organiza com uma excelente organização. Gostei do Festand em Benavente e pelos vistos este ENMM também foi muito bem organizado. Continuem com o bom trabalho.

Ass. Renato

Anónimo disse...

Caro Renato
O café aparecerá,um dia quando menos esperarmos.
Não poude estar em Leiria porque a minha vida não é o andebol nem tenho muito tempo disponível.

Desde logo os meus parabéns pela vossa vitória.

Aceite um abraço e votos de boas férias. Se é que as tem.

Carluci

PEREIRA disse...

Vejo que anda por aqui uma ou duas pessoas com muita AZIA, pensava que isto erá só no futebol da liga profissional.
Vir para aqui um "inergume", escudando-se no anonimato, escrever que a final foi arbitrada por uma parelhas de asnos, revela má educação, e ainda um outro escrever de propinas pagas, pelos vistos está familarizado com os subornos.
O que se passou em Benavente é que a A.D. Sanjoanense, revelou ao longo da prova que estava muito bem preparada para este Encontro, nunca pretendeu ter o protagonismo da prova, porque assim retirava carga pesicológica as crianças, enquanto que o Águas Santas e apesar do esforço dos seus dirigentes ao ecreverem na sua página, que o mais importante era o convívio, os seus adeptos andaram na vespera, pelas ruas de Benavente a festejar como se de uma final do campeonato do mundo de séniores se tratasse.
Quando neste escalão a campeonite não deveria existir, porque as crianças estão numa fase de iniciação e ainda têm muito para aprender e os seus treinadores muito para lhes ensinar.
Relativamente á arbitragem, tal como as equipas, uns estavam melhor preparados que outros, a dupla mista que arbitrou a final, ela já esteve há dois anos no Encontro no Alto do minho, nessa ocasião arbitrou a final para o 5º e 6º,foi arbitro nacional em 2009/2010 tendo inciado na arbitragem há 4 anos, e árbitro é há 3 anos.
Mas apesar de jovens no incio de uma carreira e como referimos, tal como os jogadores ainda têm muito para aprender ao longo a sua carreira, sendo que havia umas equipas de jogadores que estavam melhor preparadas que outras, também havia árbitros mais bem preparados que outros.
Porém o balanço final foi muito positivo; 5 estrelas em primeiro lugar a organização, tal como houve equipas acima da média para o que é espectável para estas idades, também os árbitros na sua maioria estivem acima da média.
Relativamente ao jogo da final os jogadores e treinador da A.D. Sanjoanense revelaram menos ansiedade, capacidade para controlar o impeto e a obrigatoriedade que os jogadores do Águas Santas tinham que ganhar para defender o titúlo, o marcador esteve sempre equilibardo até perto do final, onde a Sanjoanense deixou de ser uma equipa EFICIENTE passando a ser EFICÁZ.
Assim os árbitros a quem um inergume adjectivou de asnos, conduziram o jogo com inteligência e como a bancada não protestou é porque cometerem apenas erros que só um inergume conseguio ver.

Ass. Pereira

Anónimo disse...

Sinceramente, que não compreendo alguns dos comentários aqui feitos, primeiro porque estamos a falar de miúdos, a quem todos ( penso eu ) queremos tirara de caminhos duvidosos e por isso os colocamos a fazer desporto, e depois como somos formadores os acompanhamos, como pais, irmão técnicos e até como simples amigos, não podemos nem devemos incluir na sua formação a campeonite, a ofensa as atitudes menos próprias a falta de respeito para com os adversários e para com os árbitros, pois até com as nossas atitudes menos próprias os estarmos a incentivar a que sejam tudo menos homens e ou mulheres. Meus caros se gastamos dinheiro com eles nos clubes em que militam é porque podemos e nos sacrificamos a uma educação melhor, temos é de agradecer aqueles que organizam estas provas, muitas vezes por militância, até aos árbitros que comparecem nestes como noutras provas por militância pura e gratuitamente, e muitos ainda gastam dos seus bolsos, tal como os educadores para serem invectivados pela clubite aguda, que felizmente ainda vegeta na nossa sociedade, parabéns andebol, que nós precisamos de vós, mas com organização e sem oportunismos, com transparência e sem opacidade. Um abraço a todos, desculpem o desabafo.
Zé Tó

Anónimo disse...

O comentador Pereira é um erudito concerteza leu o romance do Saramago " ensaio sobre a cegueira",se não leu deve ler.

Anónimo disse...

Caro Carlucci

Obrigado pelos parabéns. Elas mereceram.
As férias são só para Setembro, que é quando os preços são mais baixos, há menos confusão nas praias e o tempo continua agradável.
Sompreendo que não esteja sempre presente, é óbvio que ninguém vive só de e para o Andebol.
Fico á espera do dito café. Até lá, boas férias do trabalho e também do Andebol, se for esse o caso.

Ass. Renato

Anónimo disse...

Caríssimo Renato

Férias do trabalho? Sim, em Outubro.
Do andebol? Não tenho qualquer actividade a esse nível. Logo, daí não há férias. Logicamente.

Um abraço
Carlucci

Anónimo disse...

Olá a todos!
É a 1ª vez que visito este blog, até por indicação de uma pessoa amiga. Como em todos os blogs há opiniões diversas, pontos de vistas diferentes, criticas construtivas e outras menos construtivas, e até mesmo destrutivas. Vivemos em democracia e todos temos liberdade de opinião, mas é preciso ter algum cuidado com o que se escreve, pois todo o mundo poderá ver, e as incorrecções ou a falta de verdade, podem gerar conflitos de opinião e de ideias. Se me permitem, gostava de comentar o post do sr.Vasco Ramos, que não esteve presente ou se esteve não viu o que eu vi, provavelmente porque esteve distraído. Alcanena venceu o encontro de minis de forma clara, os números relatam isso mesmo, e como tal há acima de tudo que dar os parabéns aos atletas, treinadores e dirigentes, que em muitos casos, apenas por calorice, trabalham arduamente para que o andebol de formação continue. Parabéns também aos vencidos, pois estiveram presentes para mais um encontro, e pelo trabalho que fazem diariamente pelo andebol. De facto, nestes escalões o que menos importa são os resultados. Se assim não fosse, Alcanena ganharia de forma ainda mais clara. Mas em todos os desportos, há vencedores e vencidos, embora em minha opinião , neste fim de semana todos ganharam. Criaram-se amizades, convívio, fizeram o que todas gostam de fazer, divertiram-se, foram felizes! Não vi em nenhuma equipa, e nomeadamente na de Alcanena, míudas que ficaram sem jogar. O que vi, foi todas jogar e muito mais que meros 1 ou 2 minutos. Mais, vi que em todos os jogos, repito, todos os jogos, houve uma preocupação constante da equipa para que todas marcassem golos, até as que menos jeito têm para a modalidade ou aquelas que a praticam há menos tempo. Este fim de semana, foi essencialmente de convívio de festa e de alegria, estranho as suas palavras de tristeza.Quanto ao andebol de 7, pode não ser adequado para a idade, não tenho conhecimentos específicos para comentar esta parte, embora acho, que não são mais 2 apenas a correr, são mais duas a praticarem desporto, a conviverem, a divertirem-se e menos duas agarradas ao TV, ou à consola o dia todo, sem desenvolverem a parte social que é deveras importante nestas idades. Para terminar, não são as vitórias ou os minutos que uma ou outra jogam que contribui para acabar com o andebol, mas sim comentários......
Com todo o respeito,
Sérgio Oliveira

nascimentos disse...

Sobre Andebol 5 e Andebol 7 a minha opinião é favorável á vertente de sete deixando o de 5 para Bambis e torneios abertos para captação de novos Minis abaixo deixo a minha opinião sobre o Encontro Nacional de Minis Masculinos e era aí que muita gente e muita Associação de Andebol deveria reflectir.
Desportivamente e na minha modesta opinião reinou um grande equilíbrio e é apenas a minha opinião e vale o que vale.
Já o disse poderiamos muito bem estar nos 4 primeiros mas naquele jogo e na segunda parte do mesmo o técnico e os jovens do São Bernardo esteve melhor que o nosso grupo e portanto mereceu.
Águas Santas e Sanjoanense foram claramente mais fortes como eu já previra antes e a Sanjoanense mereceu a vitória final.
depois aparece o Estrela Vigorosa que muito sinceramente acho que nos vencia se fossemos nós a passar às Meias Finais e terceiro e quarto lugar.
Mas o facto relevante são os clubes da Associação Porto com 3 equipes nos 10 primeiros lugares 2º,3º e 9º e claro a Associação Aveiro com bastantes clubes nos primeiros 10 lugares entre os quais o vencedor, quem se mete aqui no meio ADCB 6º e depois num 10º lugar o Torrense.
Nós com um campeonato regional fraquisssimo conseguirmos esta classificação é muito importante basta ver quem foi o nosso principal adversário no mesmo JAC ALCANENA exactamente aquele que foi o vencedor do Encontro Nacional Feminino disputado em Leiria, o Torrense além de ter uma boa equipe também tem um campeonato só assim assim mas teve na minha opinião a vantagem de ter participado em dois Torneios organizados por nós esta época e isso ajudou , quem me pode desmentir?
Sobre o Porto e Aveiro são só e apenas os dois campeonatos com mais equipes, com mais competição de Portugal neste escalão e os resultados estão à vista , muito bem e muito merecido.
Quando se discute em outros blogues que deveria ser andebol de 5 eu digo que não tem razão porque essa introdução ao andebol na vertente de 5 deve ser apenas para Bambis , o que certas associações devem é unir-se para fazerem melhores campeonatos , de que nos serve ser campeão regional todos os anos se não temos competição a sério onde só jogamos com equipes que tem um ou dois valores individuais a jogarem pelo meio e depois acontece isto, equipes mais competitivas a jogar pelas pontas como diz o nosso anónimo e não nos adaptamos, homem a homem no nosso distrito então é impensável porque muitas outras equipes nem sequer jogavam.
Mas não pensem que nas outras posições não estão equipes tão boas como nas 10 primeiras posições a forma de disputa da 2ª fase basta uma derrota , 40 minutos maus para passar do apuramento de um 1º ao 4º para um 13º ao 16º muito boas equipes e não digo mais nomes para não ser injusto.
FOI UM GRANDE ENCONTRO NACIONAL MINIS MASCULINOS e aproveito para endereçar os meus parabéns á boa equipe feminina do JAC de ALCANENA

nascimentos disse...

Ainda não tinha tido tempo e aqui ninguém comenta nem dá a cara muito simplesmente porque alguém lhe pode ir a mão de falar barato sem ter feito algo para ajudar,
Primeiro a equipe da organização e secretariado onde se incluem dois três jogadores iniciados que sobem a Juvenis, técnicos nossos e o Nelson o Ressonha e o Rebelo , muito bom o trabalho desta malta , muito bom mesmo.
Depois viro-me para a equipe do Bar do pavilhão Escola Secundária foi maravilhoso o Jorge Chagas ,Paulo Marques,João Gonçalo , João Lima,César Raquel e outros que esporadicamente colaboraram com eles.
E claro não me posso esquecer das grandes equipes de trabalho que se foram formando na Cantina da Escola , Fogo malta voçês foram mesmo enormes e eu aqui não arrisco nomes porque posso falhar e era injusto esquecer alguém... mas ao Nilton e a sua equipe oficial e em tom de brincadeira ao " Exmº COME A SOPA" e toda aquela equipe maravilhosa UM MUITO OBRIGADO estou mesmo muito agradecido e sinto-me na obrigação pelo conjunto que "dirijo" e as outras 31 equipes dizer-lhes mais uma vez este pessoal do refeitório foi enorme muito grande OBRIGADO A TODOS.
FOI UM GRANDE ENCONTRO NACIONAL DE MINIS

António Branco disse...

Tonho, estás desatento, no dia 12 Julho 00h27, fiz o meu comentário, agradecendo a todos, não mencionei nomes, porque o Staff Organizativo foi de muitas pessoas, e arriscava a esquecer alguém, mas relevei Mães, Pais, Atletas de outros escalões, Dirigentes, e simples pessoas que já pertenceram ao Clube e que sempre ajudam a ADCB em situações que requer a ajuda de todos.
O meu comentário, não é mais ou menos elucidativo, por receio de algo ou de alguém, fi-lo para agradecer publicamente á Organização e aos Participantes, sem qualquer outra intenção...
Eu sei que Tu percebes, passou-te o meu comentário, foi das férias.....lol....

CARREGA ADCB

Anónimo disse...

faço a proposta do 7 ideal do encontro nacional de minis masculino