Este Fim-de-Semana Final da Super Taça - Vamos encher os Pavilhões
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 16 de junho de 2012

“PLAY OFF”
PORTUGAL AUSENTE DE MAIS
 UMA FASE FINAL

Jogo disputado num pavilhão praticamente cheio, mas com publico pouco participativo, onde apesar dos apelos do speaker o entusiasmo foi muito pouco. Início infeliz da selecção nacional, com uma primeira parte cheia de falhas técnicas e de remates no mínimo infantis, o que, perante uma equipa que apesar de se poder dizer que estaria ao nosso alcance, tem outra experiência, e soube aproveitar toda a ansiedade dos jogadores portugueses, atingindo o intervalo na frente do marcador, com uma confortável vantagem (13-8). A Eslovénia comandou praticamente durante os 60 minutos o marcador, permitindo uma aparente melhoria dos portugueses nos segundos 30 minutos, mas na nossa opinião tal facto apenas se deve a uma gestão do resultado e do plantel, no entanto registou-se uma relativa melhoria do conjunto de jogadores que compõem esta selecção, pois em grande parte do tempo de jogo nunca se constituiu como equipa. Defendemos mal e quando atacamos jogando em conjunto marcamos, Gilberto Duarte (5 golos) foi na nossa opinião o melhor jogador português. No lado dos eslovenos destaque especial para Gajic (12 golos) que esteve implacável, principalmente na conversão dos livres de 7 metros, e para Dolenec. A dupla francesa constituída por Nordine Lazaar / Laurente Reveret, teve trabalho facilitado, apenas fazemos um reparo ao seu critério de jogo passivo e ao controlo do tempo de jogo.

Depois de mais uma eliminação, de mais uma ausência de uma Fase Final de uma grande competição, do terminar de um ciclo de uma dupla técnica, aguardamos que o futuro seja bem ponderado, não se entregando a selecção de topo da modalidade a técnicos sem a necessária experiencia do escalão, apesar dos custos serem eventualmente bastante inferiores. Mas, nunca ninguém se deve esquecer, que um dos principais objectivos de uma modalidade seja ela qual for, será sempre atingir um estágio de excelência. Ficamos aguardando com serenidade e expectativa.

Resultados
1.ª Mão
Eslovénia 31 – 26 Portugal
2.ª Mão
Portugal 26 – 27 Eslovénia

Equipas já apuradas para o Mundial.

Espanha – País Organizador
França – Campeão em Titulo

Equipas apuradas no Play Off

Rússia, Polónia, Eslovénia, Bielorrússia, Hungria, Islândia, Alemanha e Montenegro

O Noticias

19 comentários:

Anónimo disse...

Mais uma vez, utilização intensiva de jogadores do porto e resultado....derrota. Da outra vez até tinhamos ganho em casa a estes.

Quem anda no andebol sabe bem porque o clube conquista tanto titulo. Uma pista...nao tem nenhuma relacao com a qualidade praticada. Sim o obrado da 100 a 0 ao matts , mas ver alguns desses jogadores que choravam e diziam que a seleccao perdiam por eles nao jogarem...deviam ter vergonha.

Portugal em vez de estar a dar minutos ao Rui Silva para se entrosar a este nivel. Se o Gilberto e o Fabio jogarem constantemente. Ferraz idem...talvez possamos no futuro jogar umas coisinhas. Mas a continuar a meter o velho do carneiro que já não dá uma para a sola...enfim

Ja que se vai perder , mais vale aproveitar isso para integrar gente mais jovem. Falta visao ao nosso andebol. E falta competitividade. E o campeao continua a ser á base da corrupcao . Assim nao vamos a lado nenhum.

Anónimo disse...

Cuidado com o português! Aguarda-mos?
Já agora, alguém vos paga para escrever vírgulas atrás de vírgulas?

Anónimo disse...

Jogo miserável, como queriam que o publico vibrasse com aquela exibição?

Anónimo disse...

Um ciclo negro para o andebol: 7 anos deitados fora!!!
Sendo presença em todos os grandes eventos nos escalões anteriores aos A e com resultados de excelência, não será óbvio que algo estará mal nestas sucessivas não qualificações?

Anónimo disse...

Uma seleção que precisa de ganhar por 6 golos e entra a tremer por todos os lados, como pode galvanizar o publico? Seja quem for o selecionador estamos a anos de luz de conseguir resultados para alem destes que alcançamos hoje. A geração do Carneiro nao dá mais e os restantes (jovens)ainda estão muito verdes, sendo capazes de grandes coisas num jogo, para no seguinte cairem a pique. Estive em Guimaraes e gostei da moldura(estavam mais de trezentas cadeiras no solo ocupadas com jovens e as bancadas praticamente repletas)com casa a superar os 3000 espetadores. O publico esteve bem nos primeiros 15 minutos até perceber que a seleção nem com asas lá chegava. Já ninguem é estupido para nao perceber o que tem pela frente. Por outro lado se quisermos comparar, a Eslovenia jogou hoje o dobro do que jogou em sua casa.
Espero que o proximo selecionador seja o Rolando Freitas e que este tenha a paciencia necessaria para dar kilometros de jogo aos atletas mais jovens, para que daqui a três ou quatro anos possamos aspirar a alguma coisa. Hoje o Matts foi uma nulidade completa na vertente tecnica: nao teve descernimento, visão, nem preparou a equipa taticamente para este jogo.Já o defendi aqui varias vezes, mas hoje conclui (autocritico-me)que realmente o ciclo dele já passou de validade ha muito tempo. Senhores da Federação preparem um novo ciclo, tentem massificar o andebol, regressem às escolas (temos gente tão boa nesta area)alargando a base da piramide. Augusto Silva, Ulisses e Cª Lª: voces são capazes, esforcem-se que conseguem! Nao nos traiam que a Vossa capacidade é muita e podem dar a volta a tudo isto. O povo do andebol está convosco: saibam corresponder a essa ansiedade!

Anónimo disse...

Aquilo é um speaker? Nao brinquem comigo... O gajo passou a 1ª parte toda a chamar Candeias ao Laurentino. como é possivel em Portugal nem os jogadores conhecerem?? Já para não falar no Inglês do gajo...

Anónimo disse...

O que faz sentido é que seja o Rolando. Tem tido os melhores resultados internacionais e passaram-lhe pelas mãos esta geração que chega agora à selecção A.

Anónimo disse...

3000 pessoas num jogo de andebol é obra, pelo menos valha-nos isso... o resto a exibição foi pauperrima...

Anónimo disse...

apesar de não reunir a simpatia de todos, eu apostava no Donner!
é um grande profissional, e com ele só joga quem se aplica, os baldas ficam na bancada!
Se não for ele, que não vai ser de certeza, apenas espero que quem estiver a frente da selecção siga um rumo de menos intrigas e mais trabalho, "duro"! quanto aos jogadores a convocar, podem ter qualquer idade, desde que se apliquem!!

Anónimo disse...

Em virtude da seleção ter ido de férias e já não terem que lhes pagar o prémio da passagem há face final do camp. do Mundo para os pavões irem passaer ( Diretores da FPA)que ontem eram mais que muitos, Paguem aos Arbitros o que lhes Devem ( MAIS DE 600 MIL Euros) de toda a época desportiva (20011/2012) pois os 2.500 Euros X 20 Chulos = 50.000 Euros já dá uma pequena Ajuda.
Deixem-se de ilusões pois o projeto para o Andebol 2012 já foi, repensem as vossas estratégias para a modalidade.


Assin:

V.A.

Anónimo disse...

Lamento continuar a não ver aqui debatido o problema das selecções e jogadores dos sub A, chamemos-lhe assim... e seus resultados! Não foram as condições antropométricas, não foram as performances nacionais, não foram...não foram..não foram...!!!
Mas estiveram lá com resultados de excelência! E não fosse o mercantilismo e a versão empresário do Rolando e teriam ido mais longe...Vão aos seleccionadores da Espanha,da Eslovénia. da Turquia, da Suécia, da Rússia, do Egipto, da Alemanha, da França, etc...e perguntem-lhes quem têm na memória da selecção de Portugal...Eles dirão, e, como já mo disseram, manifestaram a sua incompreensão pelo facto de uma vice campeã europeia de Juniores não ter jogadores numa selecção A que nada faz há 7 anos...
Medidas antropométricas são os últimos 10 cm do corpo, mas da parte superior...
Quando querem meter isto na cabeça? E não será com Rolando seguramente, que atraiçoou o seus jogadores no ultimo mundial, em troca da sua vertente empresário e promotor de atletas a nível internacional!!! Ferraz tem muita qualidade em duvida...Rui Silva tem muita qualidade? Sem duvida...Gilberto muita qualidade? Sem duvida...Mas o andebol é de 7, sete...O que disse ontem Mats Olsson? Com um central como o esloveno é difícil!!! Porque marcou golos' Não! Pq comandou a equipa!!! Colocou-lhe inteligência, controlo, maturidade...
Porque obteve Portugal tão bons resultados nas selecções antes A? Pensem quem as comandou dentro de campo...
Perguntem ao Luís Monteiro, ao Paulo faria, ao Ricardo Tavares, ao Frederico, ao Nuno Santos, ao Resende,ao seleccionador espanhol, francês, sueco, esloveno, etc...e ele dir-vos-á...

Anónimo disse...

Estive em Guimarães. Estive no ultimo Mundial de Juniores...Vi ontem vários jogadores que havia visto em sub 21 da Eslovénia...De Portugal vi alguns sem alma e sem líder...O Sr. Carneiro, tal como o futuro jogador que se lhe sucede, são excelentes jogadores mas apenas e só quando a equipa está por cima.
Assumir? Liderar? Arriscar? Comandar' Tá quieto...dói!!!
cada equipa tem que assumir as características dos jogadores que tem! E ontem não vi quaisquer matulões a atirar e a partir traves da 1ª linha...Vi uma equipa a jogar com as características de rapidez e técnica e inteligência dos seus jogadores...
Ainda está par chegar quem como o Monteiro e o Faria saibam ler isto...Goste-se ou não...
Vice campeão para um, Challenger Cup para outro... Factos...

Anónimo disse...

Nojo completo do selecionador: nao sabe; nao quer saber; nao tem estatuto para esta seleção! concordo com o comentário das 23.19: Ulisses é o presidente ideal. Augusto silva deu uma prova cabal do que é capaz, com este jogo em Guimaraes (3000 pessoas:grande organização!). Ricardo Andorinho é a ligação à familia do andebol, fazendo a ponte entre todos. Os restantes elementos da direção não devem ser coxos!Vamos em frente, pois acredito que esta direção vai colocar o andebol onde ele deve estar:no top do desportonacional e internacional! Vamos apoiar! vamos acreditar! vamos colocar a seleção no europeu com o nosso apoio! estes jovens e os menos jovens merecem todo o nosso apoio!Acreditem nestes jovens, que eu acredito e se todos acreditarmos a nossa força será enorme! Força Portugal! força selecionador, seja quem for, menos o Sueco!

Anónimo disse...

Vergonha é o que se gastou com Matts e Cª com resultado 0.

Anónimo disse...

Vi pela primeira vez a direção da FAP em peso em Guimaraes. Isto deixa um sinal muito positivo de mudança na nossa modalidade. Vi um pavilhão com mais de 3000 pessoas que nao é tarefa facil no nosso país, principalmente porque o resultado do 1º jogo nao ajudava nada. Vi muita gente do andebol que andava arredada ha muito tempo dos pavilhoes. Sinto que estamos a preparar o caminho para grandes passerelles. O Carlos Carneiro, tal como os restantes, deram o que podiam e a mais nao eram obrigados. Nao me apetece nada estar aqui a deitar abaixo ninguem, antes pelo contrario, apetece-me antes dizer que acredito que o rumo do andebol vai dar uma volta de 180 graus! Força Portugal, acrdito no futuro!

Anónimo disse...

Excelente organização no jogo Portugal-Eslovénia.
Pergunto, quem era o Vice presidente no banco da Selecção Nacional?

Anónimo disse...

Portugal entrou no Play off a perder com as Lesões de Hugo Figueira e Pedro Solha, não tivemos um ponta esquerda à altura e com todo respeito pelo Laurentino e Candeias, nenhum chega ao Figueira

Anónimo disse...

LUIS SANTOS


Não se enganem! A culpa não é especialmente do Mats Olsson. E não venham comparar o trabalho do Mats com o do Donner. O Donner dispôs de uma geração que não é fácil voltar a encontrar. Ou querem comparar Gilberto, Fábio e Wilson ao Resende, Filipe Cruz, Bolotskhi ou Viktor Tchikoulaev? Os primeiros são meninos, à beira dos outros... Enquanto os nossos jogadores não meterem na cabeça que, se querem ir longe na modalidade, têm de treinar muito sozinhos, fazer muito ginásio, muito ferro TODOS OS DIAS, não vamos lá com o Mats, com o Cuesta, com o Donner ou com o Papa Bento. São 20 centímetros e 20 quilos a menos. Isto tudo vezes sete! As nossas equipas são de jogadores lingrinhas... Só os do FCPorto parece trabalharem um ouco o fisico, Os outros, caem ao segundo contacto com aqueles «armários»...

Rui Silva disse...

Os jogadores fazem-se, trabalham-se, não nascem feitos.
Há treinadores que o sabem fazer. Outros não.