gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Turquia por 40-25 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

PO22 Super Taça Masculina - Época 2012/2013 - I

Iniciou-se oficialmente a época 2012 / 2013, com a realização das 1/2 Final da PO22 a Super Taça Seniores Masculinos, no Pavilhão Multiusos de Fafe, bem composto de público nos dois jogos.

A prova que esta época deixou e ter o atractivo de apurar para uma prova Europeia, está integrada num conjunto de actividades Federativas, que decorrem durante este fim de semana na cidade de Fafe, onde se inclui a II Gala do Andebol, organizada pela Federação.

Dizer ainda que os jogos das 1/2 Final tiveram transmissão pela FAP TV, que apesar de alguns problemas iniciais, realizaram-se a contento de todos os adeptos da modalidade.

Apenas lamentar a não existência de estatísticas.

PO22 - Super Taça Seniores Masculinos – Fafe 2012

Resultados
1/2 Final
Sporting 25 – 24Madeira SAD
Benfica 28 – 27 FC Porto

Calendário
Dia 02-09-12
3.º/4.º Lugar
Madeira SAD - FC Porto (14H30) FAP TV
Final
Sporting - Benfica (17H00) FAP TV e RTP2

Sporting 25 – 24 Madeira SAD

Jogo que teve um mau início de ambas as equipas, de tal forma que aos 5 minutos de jogo o resultado era um surpreendente 0-0. O Madeira SAD, que comandou o jogo até cerca dos 57 minutos, permitiu que o Sporting estabelece-se a igualdade a 24 golos cerca dos 59 minutos. O Madeira SAD apresentou-se com uma ideia definida de jogo, tanto a defender como a atacar, com alguns jogadores a demonstrarem neste momento da época a sua real valia. Telmo Ferreira esteve enorme na baliza, sendo como de costume um grande obstáculo, e com dois pontas que irão dar cabo da “cabeça” a muita boa gente durante o Campeonato, estamos a referir-nos a Gonçalo Vieira (5 golos) e a Nelson Pina (8 golos) que estiveram muito bem nas acções de contra ataque, usando a velocidade como a sua principal arma. O Madeira SAD, que chegou várias vezes a usufruir de uma vantagem de 5 golos, começou a cometer algumas falhas técnicas que lhe foram fatais nos últimos 20 minutos, onde sofre e golos sem ninguém na baliza (aos 23 e aos 29 minutos), por uma substituição mal feita do guarda redes avançado. No Sporting, muito trabalho espera Frederico Carlos, foi uma equipa que cometeu um número muito elevado de falhas técnicas, com jogadores que parece que “desaprenderam” de jogar Andebol, como por exemplo Fábio Magalhães, e com Hugo Figueira fora de forma.  E um reforço vindo de Espanha Novica Rudovic, apesar dos seus 4 golos ainda não demonstrou ser uma solução para a 1.ª linha da equipa. Bruno Moreira (2 golos), foi o jogador mais sacrificado da equipa e que na nossa opinião já se encontra com a forma mais apurada, juntamente com o jovem Rui Silva (3 golos). Dirigiu o encontro a dupla aveirense constituída por Ramiro Silva e Mário Coutinho, com uma actuação globalmente positiva.

Benfica 28 – 27 FC Porto

Na presença dos dois melhores planteis no panorama Nacional, com o FC Porto a apresentar-se depois da sua vitória no Torneio no Luxemburgo, em adiantada fase de preparação face á disputa do torneio de qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões, e o Benfica vindo de uma derrota em Viseu diante do ABC, apresentaram-se com todos os seus reforços, diga-se todos de grande qualidade andebolista, embora se verificassem algumas ausências como Tiago Rocha no FC Porto e João Ferreirinho no Benfica, ambas devido a lesão. O Benfica venceu pela margem mínima, como poderia ter vencido o FC Porto, tal o equilíbrio verificado ao longo de todo o encontro, onde as alternâncias do marcador, e a riqueza do andebol praticado encheram de satisfação quem assistiu a este encontro. No FC Porto João Ferraz (10 golos), explicou o porquê da sua contratação realizando uma exibição de alto nível, apesar da não concretização de um livre de 7 metros aos 57 minutos, que colocaria o FC Porto na frente do marcador por 27-26, cotou-se como o melhor marcador do encontro, sendo muito bem acompanhado por Wilson Davyes (6 golos) e pelos dois guarda redes Hugo Laurentino e Alfredo Quintana. O Benfica com uma sólida defesa constituído por atletas de alto índice físico, e com um ataque bem mais organizado do que se tinha visto em Viseu, teve um Carlos Carneiro (9 golos) de alto rendimento, apesar da não concretização de três (3) livres de 7 metros, tal como no FC Porto, também no Benfica os dois guarda redes se salientaram Vicente Alamo e Ricardo Candeias, com o espanhol a explicar o porquê da sua contratação, e ainda por Davor Cutura (5 golos), demonstrando ser um atleta de elevado índice técnico e já com um elevado rendimento, mas com Tiago Pereira a ser demasiado individualista. Dirigiu o encontro a nova dupla Internacional constituída por Daniel Freitas e César Carvalho de Braga, que num jogo de grande dificuldade, tiveram uma prestação positiva, em especial na Sanção Progressiva.

O Noticias

Campeonato do Mundo Sérvia 2013 – Femininos – III - Calendário

Foi divulgado o Formato e o Calendário da Fase de Qualificação Europeia para o Mundial Feminino a realizar na Sérvia de 7 a 22 de Dezembro de 2013.

Os quatro grupos de apuramento (3 de 4 equipas e 1 de 3 equipas), serão disputados de forma diferentes, pois alguns organizaram-se e disputam o apuramento em torneios e outros no sistema casa / fora.

Grupo 1 - É disputado no sistema de Torneio em Partizanske (Eslováquia), de 30 de Novembro a 2 de Dezembro de 2012 entre as equipas da Eslováquia, Finlândia, Grécia e Suíça.

Grupo 2 – É disputado no sistema de Torneio na Holanda de 29 de Novembro a 2 de Dezembro de 2012 entre as equipas da Holanda, Áustria, Israel e Eslovénia.

Grupo 3 – É disputado pelo sistema casa / fora entre Outubro e Dezembro de 2012, pelas equipas da Bielorrússia, Itália, Lituânia e Polónia.

Grupo 4O grupo de Portugal, com apenas 3 equipas será disputado no sistema casa / fora.

Calendário do Grupo 4

1.ª Jornada
Dia 03-10-12
Turquia – Azerbaijão
2.º Jornada
Dia 06-10-12
Portugal – Turquia (17H00) Anadia
3.ª Jornada
Dia 21/22-11-12
Azerbaijão - Portugal  
4.º Jornada
Dia 24/25-11-12
Azerbaijão - Turquia
5.º Jornada
Dia 28/29-11-12
Portugal - Azerbaijão
6.ªJornada
Dia 01/02-12-12
Turquia - Portugal

Apura-se para a disputa do Play Off, apenas o vencedor de cada Grupo.

Play Off a ser disputado em 01/02-06-13 e 08/08-06-13 (Não são permitidos os dois jogos no mesmo País).

O Noticias

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Planeamento Desportivo – Época 2012/2013 - V

ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ÉPOCA 2012 / 2013

Através do CO N.º 20 a FAP, deu finalmente a conhecer as Orientações Técnicas para a nova época (2012 / 2013), onde são esclarecidos alguns dos pontos já aqui mencionados. Congratulamos que os mesmos sejam divulgados ainda antes de se realizar a 1.ª prova Oficial da Época.

No entanto consideramos, que existem pontos não completamente esclarecidos, e outros que foram efectuados com textos habilidosos. Assim:

Ponto 1. Desqualificação com relatório no último minuto do jogo.
a. Comunicado Oficial 31-2011/12 é revogado.
b. Estão consignadas na Regra 8 todas as situações que devem ser alvo de Desqualificação com relatório disciplinar.

(Foi reposta a legalidade)

Ponto 2. Presença obrigatória de treinador.
a. Tem que estar um agente habilitado para a função de treinador no desempenho desta função conforme anexo 8 ao Comunicado Oficial nº1 de 2012/2013.
b. As equipas que se apresentarem sem treinador ou sem treinador qualificado para a prova, incorrem no Regulamento de Disciplina.
c. O jogo realiza-se sempre.

(Redacção habilidosa. Pois não diz em lado nenhum que o Treinador Principal, é que têm de desempenhar as funções consideradas no anexo 8 do CO N.º 1, fala somente de treinador.)

Ponto 3. Lista de Participantes

a. Só podem ser efetuadas modificações manuais à lista de Participantes em casos onde a internet seja inexistente, nos números dos Atletas ou nas funções dos Oficiais

(embora possa ser questionável, o principio parece-nos correcto)

Ponto 4. Oficiais de Equipa
a. As equipas podem inscrever no Boletim de jogo 4 Oficiais.
b. O Oficial A é o responsável pela equipa.
c. Durante o decorrer do jogo, apenas um oficial pode estar de pé.
d. As alíneas 6.1 e 6.2 do Título 12 do Regulamento Geral da Federação são revogadas.

(Este texto significa, que terminou a “aberração” regulamentar da obrigatoriedade de o Oficial “A” ser o Treinador Principal,  estamos completamente de acordo, mas ao revogar o ponto 6.1 do Título 12 do Regulamento Geral, retirou qualquer possibilidade da existência do 5.º Oficial, que como é do conhecimento público estava exclusivamente reservado para a possível inscrição de um (1) médico. Assim a partir deste momento uma equipa que quiser ter um médico inscrito, terá de o fazer dentro dos quatro (4) Oficiais permitidos.)

Ponto 5. Time-out
a. O cartão de Time-out deve ser entregue em mão ao Oficial de Mesa.
b. Cada equipa pode utilizar 3 time-out por jogo, no máximo dois por cada parte.
c. Nos últimos 5 minutos do jogo, cada equipa apenas pode fazer a utilização de 1 Time-out.
d. Os Cartões Verdes deverão estar numerados de 1 a 3.
e. Cada equipa deverá ser portadora de três cartões Time-out numerados com o 1, 2 e 3 numa das faces.

(É implementado em Portugal, e para todas os jogos independentemente do seu género e escalão o principio dos três Time-out, já utilizado em muitas provas pela IHF, o que saudamos, esperando nós que tenha sido uma decisão de consenso tomada em conjunto com os técnicos. Mas existe uma lacuna grave neste texto, pois o mesmo não considera os prolongamentos, ora todos sabemos que nas provas “tipo” taça a eliminar podem existir prolongamentos, e o texto não esclarece, se podem ou não ser usados nos prolongamentos.)

Ponto 6. Intervalo do jogo
a. A FAP estabelece a duração do intervalo em 10 minutos.
b. Excepções à alínea anterior deverão ser autorizadas e coordenadas para efeitos de transmissão Televisiva.

(Um esclarecimento oportuno)

O Analista

SuperTaça Seniores Femininos - PO24 – Época 2012 / 2013

PO24- Supertaça Seniores Femininos

Através do Comunicado Oficial n.º 19 (Época 2102 / 2013), a FAP informa que a prova será em Leiria numa organização conjunta da FAP, AA Leiria e C.M. Leiria, nos dias 29 e 30 de Setembro de 2012.

Uma data conveniente pois não existem equipas portuguesas a participar na liga dos Campeões no feminino, e portanto não existiram jogos internacionais antes da sua realização.  

As equipas com direito de Participação são: Madeira SAD, João Barros, CS Madeira e Juventude Lis, que na condição de 5.º Classificado no Campeonato Nacional, substitui o desistente Gil Eanes.

Apesar de se ter a informação de que será em Leiria, a mesma é “vaga”, pois apenas diz que será na região de Leiria, mas onde? Qual o Pavilhão?

A Data e o local do sorteio serão indicados em oportunidade.

Repetimos o que já dissemos na época transacta. “Não seria mais vantajoso para o andebol Feminino a integração da Super Taça nos dias da realização da Gala e da Super Taça Masculina, do que estar a deslocar 28 atletas de diversas origens, para a disputa de um jogo de convívio, com o evidente prejuízo da preparação das equipas. Ou será que a força de alguns, se sobrepõe á lógica da razão.”

Esperamos, que a tempo e horas sejam tomadas as decisões necessárias, para que a prova possa ter transmissões pelo menos na FAP TV, de forma a proporcionar a divulgação de que o Andebol Feminino está tão carenciado.
 
Banhadas Andebol

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

PO22 Super Taça Masculina - Época 2012/2013

Vai iniciar-se oficialmente a época 2012 / 2013, com a realização da primeira competição do Calendário Nacional a Super Taça Seniores Masculinos, cujo sorteio se realizou em 27-07-12.

PO22 - Super Taça Seniores Masculinos – Fafe 2012

A prova que será disputado no Multiusos de Fafe, deixou de ter o atractivo de apurar para uma prova Europeia.

Calendário
Dia 31-08-12
1/2 Final
Sporting – Madeira SAD (18H00) FAP TV
Benfica – FC Porto (20H00) FAP TV

Para começar a época nada podia estar melhor que este “saboroso” calendário, só não entendemos, o motivo de p.ex o encontro entre o FC Porto e o Benfica, não ter direito a transmissão pela RTP2, seguindo critério aplicado pelo Canal publico para o Torneio de São Mateus, no último fim de semana.

Dia 02-09-12
3.º/4.º Lugar
(14H30) FAP TV
Final
(17H00) FAP TV e RTP2

Nota – Se em termos desportivos o intervalo de um (1) dia entre os jogos poderá ser benéfico, em tempos de “vacas magras”, e com a grave situação económica que a modalidade atravessa não se entende.

No dia 01-09-12, disputa-se no mesmo local, pelas 15H00 o jogo de “all Stars” no escalão feminino, apesar de o site da FAP ainda não ter noticiado nada sobre este evento. Ao ler-mos no Blog “Andebol no Feminino” a lista das convocadas, estranhamos que na equipa do Sul, não esteja nenhum elemento da Juventude Lis.

O Noticias

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Europeu de Sub 17 e 19 Feminino 2013

Europeu Sub 17 Feminino 2013

Prova cuja fase final (16 equipas) se realiza entre 15 e 25 de Agosto de 2013 na Polónia. Com as inscrições a serem processadas até ao dia 21 de Setembro de 2012.

A Polónia como País organizador já está qualificado

Os torneios de qualificação para as quinze (15) vagas serão disputados de 22 a 23 de Março de 2013. Com o sorteio a ser realizado em 23 de Outubro de 2013

Podem participar os atletas nascidos em 1996 ou antes.

Europeu Sub 19 Feminino 2013

Prova cuja fase final (16 equipas) se realiza entre 1 e 15 de Agosto de 2013 na Dinamarca. Com as inscrições a serem processadas até ao dia 21 de Setembro de 2012.

A Dinamarca como País organizador já está qualificado, assim como a Rússia e a Noruega, com no último Europeu de Sub 17.

Os torneios de qualificação para as treze (13) vagas serão disputados de 17 a 19 de Maio de 2013. Com o sorteio a ser realizado em 23 de Outubro de 2013

Podem participar os atletas nascidos em 1994 ou antes.

O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2012 / 2013 – AC Fafe

Continuamos hoje a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos.

Hoje publicamos o Plantel do AC Fafe

AC FAFE

Pavilhão – Municipal de Fafe
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 06-08-12

O Noticias

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

IV Mundial Juvenil Feminino – 2012 - VI

DINAMARCA CAMPEÃ DO MUNDO

Terminou a participação de Portugal neste IV Campeonato Mundial de Juvenis Femininos, que decorreu em Montenegro até 26-08-12.
Sobre a presença de Portugal já foi dito tudo o quem havia para dizer.
RICARDO VIEIRA / DUARTE SANTOS DIRIGEM A FINAL

A presença de Portugal, não se resumiu á selecção Nacional de Juvenis Feminina, poisa arbitragem portuguesa também estava representada e bem pela dupla internacional Madeirense constituída por Ricardo Vieira e Duarte Santos, que foi distinguida com a nomeação dirigir a Final desta importante prova, confirmando o valor que vinham a demonstrando com o decorrer da prova, confirmando de igual modo a sua nomeação para a acção de quadros de elite indicados pela EHF. A dupla Internacional Portuguesa, depois os jogos que dirigiu e que noticiamos, terminará o Campeonato contabilizando sete (7) jogos dirigidos e cinco (5) como reserva, sendo a única dupla que dirigiu sete (7) encontros. PARABÉNS AO RICARDO VIEIRA E AO DUARTE SANTOS.
Resultados

1/2 Final
Roménia 28 – 39 Dinamarca
Rússia 33 – 27 Noruega

3/4 Lugar
Roménia 30 – 36 Noruega

Final
Rússia 26 – 27 Dinamarca

Em relação aos encontros das 1/2 Final, de salientar o domínio do jogo que a Dinamarca exerceu sobre a Roménia que se traduziu na diferença de golos verificada, no final do encontro (11 golos). A Rússia venceu a Noruega, sem grande dificuldade controlando o marcador a partir dos 10 minutos de jogo, quando assumiu em definitivo o comando do jogo.  

Com a repetição da final do último campeonato da Europa Sub 17, onde a Rússia venceu pela diferença mínima 24-23 com um golo convertido através de um livre de 7 metros no último segundo do encontro, desta vez venceu a Dinamarca, com o golo da vitória a ser marcado no último segundo do jogo numa acção de contra ataque, depois de um jogo onde o equilíbrio foi uma constante.

Classificação Final1.º Dinamarca 2.º Rússia, 3.º Noruega, 4.º Roménia, 5.º Hungria, 6.º Suécia, 7.º França, 8.º Japão, 9.º Coreia, 10.º Holanda, 11.º Montenegro, 12.º Brasil, 13.º República Checa, 14.º Croácia, 15.º Angola, 16.º Cazaquistão, 17.º Uruguai, 18.º República D. do Congo, 19.º Portugal e 20.º Paraguai.  

Notas

  • De referir que a dupla feminina dos Camarões não compareceu (Anne Odette Ngo Bayilag / Christine Nguinzong Awoume)
  • Os três (3) primeiros classificados no último Europeu de Sub17, ocuparam neste Mundial também as três primeiras posições (Dinamarca Rússia e Noruega), com a troca verificada entre a Rússia e a Dinamarca.
  • A Noruega nas últimas grande provas do escalão, terminou sempre no pódio. 2.º lugar no Mundial de 2010, 3.º lugar no Europeu de 2011, e 3.º lugar no Mundial de 2012.
  • O Mundial em 2014 será organizado na Macedónia.
Outros Prémios

Melhor Marcadora – Irina Alexandrinova (Cazaquistão) – 62 golos
 
O Formador

domingo, 26 de agosto de 2012

Abertura da Época 2012/2013 - XIV Torneio de São Mateus - I

ABC VENCE O XIV TORNEIO DE S. MATEUS
A Época iniciou-se na prática com o Tradicional Torneio de S. Mateus que vai na sua XIV edição, voltando Viseu a ser um dos principais polo de Andebol por um Fim de Semana. Em simultâneo com o Torneio a FAP organizou uma acção para Delegados.

De destacar, que desta vez não existiu a elaboração de estatísticas durante os jogos, que eram uma mais-valia, que certamente era bem aproveitada pelos técnicos das equipas Portuguesas. Foi uma pena. Valeu a pena as transmissões através da FAP TV.

Resultados:
ABC 32 – 27CB Cangas
Sporting 25 – 31 Benfica

3/4 Lugar
CB Cangas 23 – 20 Sporting
Final
ABC 29 – 27 Benfica

Classificação Final1º ABC, 2.º Benfica, 3.º CB Cangas e 4.º Sporting.

No primeiro dia do torneio, assistimos a dois jogos bastante animados e com algum equilíbrio até determinado momento. No ABC / Cangas, foi um encontro quase sempre equilibrado, notando-se que a equipa espanhola ainda tem muito trabalho pela frente e ficou bastante limitada pela desqualificação do seu Guarda Redes cerca dos 10 minutos de jogo, numa decisão completamente exagerada da dupla de arbitragem, pois quanto a nós, nem existiu contacto entre o GR e o atacante. Os primeiros 30 minutos terminaram com a equipa espanhola à frente do marcador (18-17). Nos segundos 30 minutos o ABC, com fortes melhorias no seu sistema defensivo, com Humberto Gomes em dia sim, e com igualmente uma forte melhoria no seu jogo atacante , quer no CA, ou através das pontas, foi adiantando-se no marcador, terminando com uma vantagem de cinco (5) golos, apesar dos 8 livres de 7 metros que sofreu durante todo o encontro. Fábio Vidrago (8 golos) e Janos Levente (9 golos), foram os marcadores de serviço das suas equipas. Dirigiu este encontro a dupla internacional de Leira, constituída por Roberto Martins / Daniel Martins, que tiveram um critério desajustado na aplicação da sanção progressiva. No outro encontro tivemos um clássico do andebol português um Benfica / Sporting, onde se viu algum andebol, e um Benfica com a sua preparação mais adiantada, já com um conceito de jogo definido, e com estrutura defensiva que vai ser um problema para ultrapassar (Álvaro Rodrigues, Inácio Carno e David Cutura), bem acompanhados pelo veterano GR Vicente Alamo, que neste encontro demonstrou toda o seu valor. O Sporting por sua vez tenta ser mais veloz com Rui Silva a impor o ritmo, e com maior trabalho dos pontas, mas o seu pivot Bruno Moreira no meio daquelas “torres” tem de ser mais acompanhado. Um dos seus reforços Novica Rudovic, tem de fazer muito mais, para justificar a contratação, pois na nossa opinião foi um completo travão das acções atacantes da sua equipa. No Benfica Dario Andrade (6 golos), bem secundado por Carlos Carneiro (7 golos) e igualmente por David Tavares (8 golos), completaram uma equipa, que começa a dar bons sinais. No Sporting Pedro Solha (6 golos) esteve bem mas têm de manter a concentração durante os 60 minutos, e Rui Silva (6 golos), é o central da equipa sem qualquer margem para discussão. Fabio Magalhães tarda em regressar a uma forma razoável. O Jogo apenas oi equilibrado até aos 44 minutos, quando se registava uma igualdade a 19 golos, a partir deste momento o Benfica assumiu o comando e foi paulatinamente dilatando o resultado, com o último golo (31), através da conversão de um livre de 7 metros em cima dos 60 minutos. Dirigiu este jogo a dupla de Aveiro Mário Coutinho / Ramiro Silva, que se apresentaram numa forma bastante razoável, surpreendendo-nos pela positiva.

No segundo e último dia, Começámos com o encontro entre os espanhóis do Cangas e o Sporting, que terminou com uma vitória da equipa do Cangas (23-20), com uma igualdade a 11 golos a verificar-se no final dos primeiros 30 minutos. Para a seguir assistirmos a uma excelente vitória, mas certamente não previsível para muitos do ABC sobre a equipa do Benfica, onde se verificou uma nítida quebra física de um dia para o outro. O ABC, tal como na véspera apresentou-se com uma forte estrutura defensiva, grande espírito de equipa e uma notável lucidez de jogo (no nosso entender), apesar de no final dos 30 minutos iniciais de jogo se encontrar a perder por 15-12, nunca desesperou e cerca dos 18 minutos de jogo passou para o comando do marcador em definitivo (23-22), pautando sempre o jogo por critério de eficácia, onde Humberto Gomes, Fábio Vidrago (6 golos) notável a sua forma neste momento da época, e o jovem Nuno Rebelo (4 golos) sem medo de se assumir em momentos críticos do jogo, foi quanto a nós um justo vencedor. O Benfica, que durante grande parte do jogo apresentou a mesma estrutura do dia anterior, onde o seu novo GR Vicente Alamo, não permitiu grandes veleidades a Ricardo Pesqueira durante os primeiros 15 minutos, após um período menos conseguido foi substituído por Ricardo Candeias, que esteve bem, mas os seus atacantes nomeadamente Dario Andrade (3 golos) e Carlos Carneiro (2 golos), não estiveram ao nível a que nos habituaram, e a equipa ressentiu-se. Dirigiu o encontro a dupla Internacional de Leiria constituídos por Roberto Martins e Daniel Martins, que não estiveram, no nosso entender ao nível do que podem e devem efectuar, conferenciando em demasia (inclusive com jogadores á sua volta),não tiveram um critério uniforme na marcação de livres de 7 metros, e nos momentos decisivos do encontro foram demasiado protagonistas.
  
O Noticias

sábado, 25 de agosto de 2012

Arbitragem – EHF - I

Em 23-07-12, publicamos a notícia de que a EHF realiza um seminário para árbitros de Elite em Viena em fins de Agosto e de que Portugal tinha uma dupla (Duarte Santos / Ricardo Vieira) entre as Seleccionadas, o que poderá ser um bom prenúncio para início de época.

A EHF em 22-08-12 confirma a lista das 15 duplas que estarão presentes na acção para árbitros de Elite que se realizará em Viena (Áustria) durante o fim de semana de 31 de Agosto a 2 de Setembro. 

Este será a primeira etapa de preparação e selecção das 12 duplas que estarão presentes no Euro 2012 a disputar na Sérvia de 4 a 16 de Dezembro de 2012. A Decisão final será comunicada em meados de Outubro de 2012.

O Programa inclui, desde detalhados testes de aptidão física, cooperação com delegados, e estratégias para situações desafiadores da reacção mental dos árbitros.

Lista das Duplas

Brkic / Jusufhodzic (Áustria)
Gousko / Repkin (Bielorrússia)
Crnojevic / Kostecki Radic (Croácia)
Opava / Valek (República Checa)
Lythje / Christiansen (Dinamarca)
Bonaventura / Bonaventura (França)
Horvath / Marton (Hungria)
Stolarovs / Licis (Letónia)
Brehmer / Skowronek (Polónia)
Santos / Fonseca (Portugal)
Ferreira Maia / Duta (Roménia)
Maric / modesto (Sérvia)
Brunovsky / Canelas (Eslováquia)
Marin / Garcia (Espanha)
Delle / Engberg (Suécia)

O curso é da responsabilidade da EHF Competence Academy and Network (EHF CAN).

Continua-se a estranhar a falta de informação destas acções por parte da entidade Federativa

Os nossos parabéns aos nomeados e boa sorte, pois por vezes só a capacidade e conhecimentos não chega.

O Regras

Informação – Clubes – Andebol Feminino Espinho

ANDEBOL FEMININO EM ESPINHO

Com vista ao início da Época 2012/13 a Secção de Andebol da Associação Académica de Espinho, iniciará os trabalhos a 01 de Setembro de 2012, pelas 11 horas na Nave Desportiva de Espinho.

Brevemente serão publicados no nosso Blog, Facebook, etc os nossos períodos de treino assim como os locais onde se irão realizar.
O Noticias

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

IV Mundial Juvenil Feminino – 2012 - V

Terminou a participação de Portugal neste IV Campeonato Mundial de Juvenis Femininos, que ainda está a decorrer em Montenegro, terminando em 26-08-12, com a disputa dos jogos que definirão a classificação dos oito (8) primeiros. Portugal foi a grande decepção, com uma prestação francamente NEGATIVA e INGLÓRIA, é o mínimo que se pode dizer da presença de Portugal nesta Fase Final.

PORTUGAL EM 19.º E PENÚLTIMO LUGAR

Portugal depois de dois (2) de descanso, iniciou a disputa dos últimos lugares da classificação (17.º a 20.º) juntamente com o Paraguai, Congo e Uruguai.

No 1,º jogo disputado com o Uruguai, sofremos mais uma derrota, num jogo de Andebol, que classificamos dos piores que presenciamos nos últimos tempos, em que o Andebol raramente esteve presente, pois Portugal mais vez cometeu os mesmos pecados que já aqui referimos, e que não repetimos para não sermos fastidiosos. Portugal neste jogo durou cerca de 7 minutos, para depois entra-mos na espiral normal e aos 15 minutos já perdíamos por 12-5. Até ao fim nada amais a referir a não ser o cartão amarelo ao técnico adjunto ordenado pelo representante da IHF cerca dos 40 minutos de jogo, até tudo bem, agora não entendemos é que num time out cerca dos 43 minutos, o técnico adjunto em vez de estar com a equipa se dirija para a mesa para se justificar. Finalmente num jogo em que mais uma vez a jovem guarda redes Isabel Góis foi a grande figura da equipa Portuguesa, foi nomeada como MVP de equipa. Com mais esta derrota, fomos disputar os dois últimos lugares da classificação (19/20), em que o objectivo mínimo era não ser a última classificada. O Jogo disputado com o Paraguai e dirigido pela dupla do Congo, reuniu as três equipas mais fracas da prova, onde raramente se praticou andebol, e com um número surreal de falhas técnicas (50 – 20 de Portugal) para um Campeonato Mundial. Portugal acaba por vencer com justiça, pois conseguiu ser a equipa menos má, embora continuasse a evidenciar todos os defeitos já referidos. Neste encontro a Neuza Valente foi a nomeada MVP de equipa. Terminamos a nossa participação, que se saldou como já referimos com uma prestação francamente negativa, esperamos que sejam tiradas as respectivas ilações pelos responsáveis Federativos e sejam tomadas as decisões que se julguem convenientes, e se tiverem que “rolar” cabeças, paciência que assim seja.

Resultados de Portugal
Lugar 17/20
Uruguai 31 – 29 Portugal
Lugar 19/20
Paraguai 16 – 26 Portugal

Resultados dos 1/4 Final
Dia 23-08-12
Hungria 28 – 33 Roménia
Rússia 31 – 30 Suécia (C/prolongamento)
Japão 25 – 31 Dinamarca
França 19 – 32 Noruega

Calendário das 1/2 Final
Dia 25-08-12
Roménia – Dinamarca (18H15)
Rússia – Noruega (20H30)

Horas Locais

Classificação Final – 9.º Coreia, 10.º Holanda, 11.º Montenegro, 12.º Brasil, 13.º República Checa, 14.º Croácia, 15.º Angola, 16.º Cazaquistão, 17.º Uruguai, 18.º República D. do Congo, 19.º Portugal e 20.º Paraguai.  

Notas

  • Os três (3) primeiros classificados no último Europeu de Sub17, estão entre os semifinalistas (Rússia, Dinamarca e Noruega)
  • O Brasil foi a melhor equipa do Continente Americano, classificando-se em 12.º Lugar (jogo c/Montenegro a ser decidido após 7 metros),e melhorando em relação à sua última participação onde se classificou em13.º, atrás precisamente do Uruguai, sendo ainda a melhor equipa de raiz Lusófona o que se saúda. 
  • O Japão, que está na disputa, dos lugares de 5/8, coloca-se como a melhor equipa Asiática, melhorando substancialmente em relação á sua última participação onde foi 16.º Classificado, obtendo uma melhor classificação que o Campeão da Asia a Coreia.
  • Angola, foi a melhor equipa do Continente Africano, com o seu 15.º lugar, mas piorando em relação á sua última presença, onde se classificou em 10.º lugar. Esperava-se mais deste conjunto Angolano.
  • Rússia, Dinamarca e Noruega terminaram em 1.º lugar nos seus grupos na Fase preliminar, apenas a Roménia foi 2.ª classificada no seu grupo atrás da Rússia.
  • Apenas a Rússia e a Noruega contabilizam só vitórias até ao momento.
ARBITRAGEM

A dupla Internacional Portuguesa presente nesta prova, constituída pelos Árbitros Madeirenses Duarte Santos / Ricardo Vieira, depois os jogos que dirigiu e que noticiamos, foi nomeada para dirigir um dos mais mediáticos jogos dos 1/4 Final o França / Noruega, correspondendo em pleno às expectativas que tínhamos, tendo sido ainda nomeado para o encontro que definia o 9.º lugar entre a Holanda e a Coreia, contabilizando até ao momento cinco (6) jogos dirigidos e cinco (5) como reserva, ficamos a aguardar as possíveis nomeações que se poderão seguir.

INFORMAÇÃO

Todos os jogos são transmitidos em directo online através do site www.laola1.tv. De forma gratuita

O Formador

Nomeações – EHF – 2012 / 2013 - I

Começou a época 2012 / 2013, e felizmente esta época têm nomeações mais cedo do que a normalidade que tem vigorado, embora neste momento seja apenas para delegado, é sempre de saudar.

Nomeações:

Delegados

João Costa - Foi nomeado, para o jogo da 2.ª mão da 1.ª Eliminatória que se disputa entre o BSV Bern Muri (Suíça) e o HV KRAS/Volendam (Holanda), a ser disputado na Suíça em 19-09-12, referente EHF CUP Masculina.

Ao nomeado endereçamos os nossos desejos de que tudo corra pelo melhor.

O Regras

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Nasce Novo Super Projecto – KIF Kobenhavn

A fusão do AG Kobenhavn com o KIF Kolding, deram origem a mais um mega projecto com origem na Dinamarca, mais propriamente dito em Copenhaga, cujo nome será KIF
KOBENHAVN.

Após o AG Kobenhavn, ter declarado a insolvência (31 de Julho) e não ter sido possível encontrar um novo dono, eis que em 17 de Agosto foi ressuscitado, passando agora a chamar-se KIF Kobenhavn, nascendo com um orçamento de 15 milhões de Euros (segundo site Handball Planet). A equipa vai jogar os seus jogos em dois lugares diferentes em Kolding e em Copenhagen, a oeste a leste da Dinamarca. Já foram enviadas cartas para a EHF, não sendo de estranhar que participe na EHF CUP, no lugar do Kolding ou mesmo usando o seu nome.

Segundo palavras do seu novo responsável Jens Boesen o nascimento do KIF Kobenhavn foi uma decisão tomada para que continue a existir uma sólida e grande equipa de Andebol na Dinamarca, e de igual modo, para ter um forte impacto nas provas Europeias, tal como na época passada o AG Kobenhavn, a criação deste projecto foi difícil, mas à custa de muito trabalho, podemos criar uma grande equipa de Andebol na Dinamarca. Mikkel Hansen, não fará parte do nosso projecto (já assinou por outro mega Projecto O Paris Handball), mas vamos contar com Vanio Losert, Kasper Hvidt, Joachin Boldsen, Lars Jorgensen, Lasse Boesen, Kasper Irming e Bo Spellerberg manter o sueco Kim Andersson, também faz parte do projecto. O treinador será Peter Bredsdorff

Esperamos que não seja como cá mudam-se os nomes apenas por motivos financeiros e depois continua tudo na mesma.

O Banhadas Andebol

Informação – Handball Project - II

ACTIVIDADES DA HANDBALL PROJECT
1º WORKSHOP HANDKEEPER PROJECT 2012
O Noticias