CPLP - Por.vence Moçam.(29-10)-Mundial Sub18-Por.Perde nos 7M com Ale.(40-39)
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 9 de Outubro de 2012

Andebol No Feminino – 01 – 2012 / 2013

Antevisão do Nacional da 1ª Divisão de Seniores Femininos

A nova época do andebol feminino está aí à porta. E, mantendo a tradição dos últimos dois anos, os Críticos Femininos do Banhadas vão levar até si todos os detalhes da competição.

Antes do arranque, queremos deixar aqui o nosso comentário sobre cada equipa e a nossa previsão da classificação final. Naturalmente que as previsões são falíveis mas achamos interessante deixar aqui as nossas previsões e no final da época compará-las com os resultados finais.

Começaremos sobre o previsível campeão e terminaremos naquele que prevemos ser o último classificado.

Madeira Sad: A equipa perdeu as suas duas Guarda-Redes, Virgínia Ganau e Esmeralda Gouveia, a sua central Daniela Silva e a lateral Rita Alves. Conseguiu um grande reforço na baliza, indo buscar Isabel Góis, reforçando muito bem a sua primeira linha com Mónica Soares, uma grande ponta? Soraia Lopes e Ana Temtem, ponta mas que pode jogar na primeira linha. A equipa está um pouco mais fraca do que o ano passado, mas deixou de ter o seu grande rival, o Gil Eanes, pelos motivos por todos conhecidos. Acreditamos que terão relativa facilidade para conseguir revalidar o título, pois não têm nenhuma equipa à altura. Mas terão que jogar bem mais do que na final da Supertaça. Lugar previsto: 1º Lugar.

Colégio João de Barros: A equipa é praticamente a mesma do ano passado, apenas com a inclusão da experiente ponta Paula Malcato. A sua prestação na Supertaça foi péssima, mas acreditamos que a consistência desta equipa virá ao de cima. É a equipa com o bloco defensivo mais alto e essa grande arma poderá ser decisiva, mas não acreditamos que jogue para o título dado o baixo ritmo a que jogam. Uma equipa que praticamente não faz um contra-ataque directo não pode assumir uma candidatura ao título. Veremos como a equipa reage quando, a meio da época, as suas jogadoras apenas fizerem um treino por semana, como recentemente assumiu publicamente o seu treinador. Lugar previsto: 2º lugar.

Juve Lis: Mais uma equipa quase sem alterações, apenas a registar o regresso da pivot Mariama Sano. A equipa fez uma brilhante Supertaça, eliminando o seu arqui-rival Colégio João de Barros e lutando até ao final pelo triunfo na competição. Uma equipa tão jovem como esta, progride de época para época e é uma das equipas tacticamente mais organizadas do campeonato e mais eficaz nas defesas agressivas, sobretudo no 3-2-1. Acreditamos que poderá obter o melhor resultado da sua história Lugar previsto: 3º lugar.

Sports Madeira: A equipa perdeu para o Madeira Sad a sua grande estrela, Mónica Soares e Ana Tentem. Além disso, Mara Santos e Márcia Andrade abandonaram a modalidade. Das entradas, destaque apenas para a lateral Sara Sousa, que participou no recente Mundial de juniores. Apesar da equipa estar mais fraca do que o ano passado, a forma veloz como aborda os jogos torna-a uma equipa temida e muito difícil de bater, sobretudo no seu pavilhão. Acreditamos que repetirá a façanha do ano passado. Lugar previsto: 4º lugar.

Alavarium: A equipa perdeu uma das suas melhores jogadoras, a pivot Catarina Martins mas reforçou-se com uma pivot de qualidade, Viviana Rebelo e com a lateral Rita Alves. Uma vez que foi recentemente operada, não sabemos em que estado físico estará, mas a equipa de Aveiro fica com uma primeira linha poderosa e nunca é fácil jogar em Aveiro num pavilhão quase sempre repleto de fanáticos da sua equipa. Lugar previsto: 5º lugar.

Colégio de Gaia: A equipa de Gaia permanece praticamente sem alterações. Uma equipa muito experiente a defender mas que joga cada vez a um ritmo mais baixo. Mas o triângulo Helena/Vanessa/Fernanda garante muita consistência. Parece-nos, por isso, que o Colégio de Gaia repetirá o lugar do ano passado ou seja, o 6º lugar.

JAC: A equipa de Alcanena viu manter-se quase todo o plantel e reforçou-se com a Guarda-redes Nance Fernandes e com a esquerdina Nuria Varela. Não é pelos reforços (banais) mas por mais um ano numa equipa cheia de talento que acreditamos dar mais um salto na tabela classificativa. Uma equipa que ofensivamente é muito boa e que tem alguns dos melhores talentos do andebol português. Depois do 9º lugar da época passada, acreditamos que este ano atingirão o 7º lugar.

Maiastars: Uma equipa praticamente sem saídas e que conseguiu dois reforços interessantes: A ponta esquerda Ana Sampaio e a central Filipa Correia. Foi uma das grandes surpresas do campeonato da época passada, e acreditamos que este ano fará um campeonato tranquilo. Assenta todo o seu jogo num contra-ataque apoiado e impõe um ritmo muito forte ao seu jogo. Lugar previsto: 8º lugar.

Passos Manuel: A equipa lisboeta recém-promovida ao escalão maior pode vir a ser a grande surpresa da prova. Com a manutenção da equipa do ano passado e o regresso de Fátima Suaré, a equipa terá ainda mais soluções. Factor curioso é o facto de haver troca de treinador depois de uma época repleta de sucessos. Sai Fernando Pereira e entra Hélder Fonseca. As aspirações das lisboetas podem ser maiores se conseguirem convencer Dulce Pina a ingressar no clube lisboeta, algo a que a internacional portuguesa parece hesitante. Lugar previsto (sem Dulce Pina): 9º lugar.

Cale: O Cale obteve alguns reforços. Além da pivot Patrícia Gilvaia, também a central Laura Alves e a esquerdina Denise Moreira rumaram a Leça. Uma equipa que vale, sobretudo, pela atitude defensiva que coloca em campo, acreditamos que o Cale vai ter mais uma dura batalha para sobreviver. O ano passado salvou-se apenas devido ao “alargamento” e este ano acreditamos que irá manter-se por uma unha negra, pelo que prevemos como classificação final o 10º lugar.

Juve Mar: A Juve Mar conseguiu, com naturalidade, subir de divisão. Não há grandes mexidas porque neste clube só podem jogar atletas oriundos da região de Esposende, pelo que nunca há grandes mudanças. Mas o abandono de Andreia Escrivães é um duro golpe nesta equipa. A grande qualidade desta equipa era ter um grupo que já jogava junto há muito tempo, mas começam agora a despontar jovens promessas muito interessantes. Apesar de acreditarmos vir a fazer algumas surpresas, não acreditamos que a Juve Mar consiga salvar-se da descida. Lugar previsto: 11º lugar.

Santa Joana: O clube da Maia subiu devido à desistência do Gil Eanes. Perderam Viviana Rebelo e reforçaram-se com as laterais Sónia Ribeiro e Rute Santos. Perderam a sua melhor jogadora, mas tiveram dois reforços interessantes, pelo que acreditamos manter o seu nível. Mas precisam de melhorar muito se quiserem permanecer na primeira divisão. Lugar Previsto: 12º lugar.

O campeonato está à porta. Nós cá estaremos para lhe contar tudo da prova maior do nacional feminino.

Críticos Femininos

19 comentários:

Anónimo disse...

Claro que é sempre muito subjectivo falar de classificações finais mas penso que o primeiro e o segundo lugar será assim mesmo como a sua análise, 3º e 4º será sempre entre a Juve Lis e a Sports Madeira, talvez o colégio de gaia fica a rente do alavarium, o paços manuel deverá ficar a frente do jac e da Maiastar e as 3 ultimas devem ser msm dessa forma m volto a repetir que qualquer análise é sempre muito subjectivo como dizia o outro: no final faz-se as contas...

Anónimo disse...

fora de tópico, não se compreende que a fap de hoje como noticia a nomeação dos martins para um jogo em espanha que não se vai realizar, por desistência da equipa italiana, e até já os resultados no site da ehf, ulisses pôe-te a pau com estes artistas que escrevem é só rasteiras

Anónimo disse...

As minhas previsões: Chuva miudinha até quinta-feira. Baixa de temperatura em toda a região norte. Agravamento do ESTADO do tempo em todo o país, incluindo MADEIRA E AÇORES, a partir da apresentação do O.e. para 2013.

Anónimo disse...

O siítio da FAP no seu habitual faz de conta que é um site.

Anónimo disse...

os meus parabens por este regresso, esperando que continuem com as vossas criticas acertivas, para bem do andebol e em especial do feminino, que parece finalmente estar a renascer, boa crónica embora como se sabe todas as previsões são isso mesmo.

Um adepto

Anónimo disse...

As análises do andebol feminino no Banhadas são só o melhor espaço de opinião sobre andebol em Portugal.

Parabéns e não tenham medo de ser felizes!

Anónimo disse...

Opiniões discutiveis, mas no geral, parece acertado...ha sempre um pouco de opiniao pessoal nestas coisas e os criticos sao um pouco tendenciosos!!Considerar a Isabel Gois um Grande reforço (tem o que....1,75mt?)ou a Viviana Rebelo de qualidade e Rita Alves poderosa?...Voces gostam de andebol? É que sao tao pouco exigentes...

Anónimo disse...

continuam as imprecisões dos supostos críticos, que até pode ser só um, no que diz respeito às equipas. Muitas informações erradas, como é habitual, em tão curto espaço de tempo.

Anónimo disse...

Se jogadoras da selecção A como Isabel Gois ou Rita Alves não são reforços de qualidade, quem serão? Vera Lopes? Ana Seabra? Alexandrina Barbosa?

Esta malta até com boas crónicas mandam postas de pescada...

Anónimo disse...

Para mim....

1 Alavarium
2 João de Barros
3 Juve Lis
4 Madeira Sad
5 Colégio Maia
6 Maia
7 JAC
8 Sports Madeira
9 CALE
10 Juve Mar
11 Passos Manuel
12 Santa Joana

Anónimo disse...

Se a exigência nas convocatórias fosse elevada, nem metade das atletas lá estaria...Ir á selecção já foi sinónimo de qualidade...hoje em dia, só o é em meia dúzia dos casos!
Fosse você mais exigente, e este país não estaria, a todos os níveis, a porcaria que está!

Anónimo disse...

Só nos jogos electrónicos é que o Alavarium será campeão nacional. Não basta ter boas jogadoras para ganhar campeonatos.

Anónimo disse...

Ia então para os jogos da selecção com 7? Oh amigo a realidade do andebol português é esta. Você convocava quem? Diga lá.

E também ganhava à Turquia, já agora?

Anónimo disse...

Esta malta que critica todos os seleccionadores, devem ser os treinadores do caraças.

Portugal é isto;: Tudo critica, mesmo aqueles que apresentam resultados!

Anónimo disse...

Eu disse que SE a exigência fosse elevada, muito poucas estariam lá!Não disse que não convocava. Mas estamos há muito tempo, na fase de encher chouriços! Tanta aposta na formação há tantos anos e a galinha só poe um ou dois ovos por ano??? A convocatoria nao podia ser muito diferente da que foi, mas isso nao quer dizer que todas sejam atletas de selecção, que não são!
Selecção regional, talvez! Mas as culpadas não sao as atletas, sao treinadores que as poem num pedestral nos clubes, sao muito boas, fantasticas...sao sempre um espectaculo...mas quando é a doer...nao se vê nada!!

Anónimo disse...

final four: Madeira sad, C.João de Barros, Juve lis e alavarium... cetinho.

Anónimo disse...

11 de Outubro de 2012 10:18

Oh Ulisses tens de deixar de beber antes de postares alguma coisa... bebe leitinho, ainda vais ficar como o bebado do Eusébio a beber assim tanto...

Anónimo disse...

O Alavarium só tem meninas com a mania que são estrelas...a Claudia, a Mariana, a Rita, a Viviana...vai ser lindo ter mão nelas!!!O ambiente no balneario vai ser lindo! Depois, chega a Ana Seabra em Janeiro...se tiverem os pés assentes no chão, talvez, mas com a mania que as meninas têm...cuidado com elas Ulisses!!!

Anónimo disse...

Lá está a malta a picar o Alavarium.

Tenham calma porque quem lá está não quer sair. Se o ambiente não fosse fantástico, ninguém se aguentava lá um ano. E o que acontece é o oposto...

Ganhando ou perdendo, há uma coisa que ninguém tira a esta equipa: União.


Beijos Alavarianos!