gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Turquia por 40-25 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Campeonato do Mundo Sérvia 2013 – Femininos – XI

TURQUIA / PORTUGAL EM DIRECTO NA NET

Através de uma informação fornecida por um nosso leitor, e já confirmada no site da FAP, Portugal, estamos em condições de informar de que o jogo Turquia / Portugal é transmitido em directo no canal NTV Sports Channel e online, através do site:

www.ntvspor.net/canliyayin.

Horas em Portugal 15H30

Actualização - EM DIRECTO NA FAP TV

O Noticias

Europeu de Sub 17 e 19 Feminino 2013 – III – Sedes dos Grupos

Europeu Sub 17 Feminino 2013

A EHF publicou as sedes dos torneios de qualificação que serão disputados de 22 a 24 de Março de 2013.

O grupo 6 no qual Portugal que está inserido e, que apura duas equipas. Será conforme se esperava disputado na Hungria. O grupo é ainda constituído pela Hungria, Lituânia e Macedónia.

A fase final (16 equipas) realiza-se entre 15 e 25 de Agosto de 2013 na Polónia, que como País organizador já está qualificado.

Podem participar os atletas nascidos em 1996 ou antes.

Europeu Sub 19 Feminino 2013

A EHF publicou as sedes dos torneios de qualificação que serão disputados de 17 a 19 de Maio de 2013. (por acordo entre os Países – Roménia, Polónia, Eslovénia e Grã-Bretanha - o grupo 4 será disputado de 29 a 31 de Março, porque as datas originais coincidem com uma época de exames na Polónia, um procedimento que poderá servir de exemplo)

O grupo 2 no qual Portugal está inserido e, que apura duas equipas. Será conforme se esperava disputado em França. O grupo é ainda constituído pela França, Montenegro e Itália.

A fase final (16 equipas) se realiza entre 1 e 11 de Agosto de 2013 na Dinamarca, que como País organizador já está qualificado, assim como a Rússia e a Noruega, com base nas classificações obtidas no último Europeu de Sub 17.

Podem participar os atletas nascidos em 1994 ou antes.

O Noticias

Informação - Clubes - Diversas

BATALHA AC
GC ODIVELAS
O Noticias

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Campeonato do Mundo Sérvia 2013 – Femininos – X

PORTUGAL VENCE AZERBAIJÃO NO SEIXAL

Portugal disputou o seu terceiro jogo no torneio de qualificação, depois de uma vitória e uma derrota, regressou às vitórias vencendo o Azerbaijão e ficando completamente dependente do resultado a obter na Turquia, e deste modo podermos ter acesso ao 1.º lugar do grupo e ao consequente apuramento para o Play Off.
Portugal 31 – 26 Azerbaijão

Num pavilhão onde apesar de entusiasmado esperávamos que o público esgotasse a lotação. Portugal venceu e bem a equipa do Azerbaijão, obtendo um resultado que talvez peque por escasso, pois apesar de o diferencial favorável às cores Nacionais ser apenas de 5 golos (Portugal tinha sido derrotado por 4 no Azerbaijão), registaram-se momentos do jogo onde a vantagem chegou a ser de 8 golos (29-21 cerca dos 52 minutos). Foi um encontro equilibrado até cerca dos 15 minutos, quando se verificava uma um diferencial favorável ao Azerbaijão de 8-7, a partir daqui e por força de uma excelente actuação da jovem guarda redes Isabel Góis, e da forma em que se encontra Vera Lopes, Portugal faz um parcial de 7-0, e cerca dos 25 minutos coloca o marcador em 14-8 a seu favor, nunca mais perdendo o comando do jogo, atingindo-se o intervalo nuns confortáveis 15-11.  Portugal jogou apresentou-se com uma defesa agressiva e avançada, o que associado a actuação de Isabel Góis, lhe proporcionou concretizar inúmeras acções de contra ataque e ataque rápido, no entanto nunca encontrou soluções para o jogo interior da equipa do Azerbaijão a jogar sistematicamente para os 6 metros, e com Tankaskaya a sua melhor jogadora (na nossa opinião) a marcar 6 golos. O Azerbaijão também aproveitou e bem, as fragilidades defensivas de Portugal no seu lado direito. Portugal teve um ataque bem sistematizado e paciente em muitas ocasiões, efectuando concretizações para todos os “gostos”. A rotação das atletas efectuada pelo Seleccionador Nacional, permitiu que a equipa mantivesse alguma frescura física, apesar dos frequentes contactos com as atletas do Azerbaijão com um alto índice corporal. Na Selecção Nacional, além de Isabel Góis, e de Vera Lopes (5 golos), de destacar a excelente exibição de Ana Seabra (7 golos), toda ela feita de garra e de querer, e do trabalho da jovem Patrícia Rodrigues (3 golos) com promissor futuro na modalidade, que em diversos momentos jogo parecia uma veterana nestas andanças. No entanto o maior destaque na nossa opinião vai para o colectivo apresentado. A arbitragem da jovem dupla espanhola, constituída por Carlos L. Cabrejas e Ignacio P. Sanchez esteve na nossa opinião desequilibrado em termos disciplinares (Portugal foi o mais prejudicado) e transformou contactos que se davam fora da área de baliza em livres de 7 metros por violação.

Resultados

1.ª Jornada
Turquia 35 – 19 Azerbaijão
2.º Jornada
Portugal 38 – 36 Turquia
3.ª Jornada
Azerbaijão 27 – 23 Portugal
4º Jornada
Azerbaijão 26 – 30 Turquia
5.º Jornada
Dia 28-11-12
Portugal 31 – 26 Azerbaijão

Calendário

6.ªJornada
Dia 01-12-12
Turquia – Portugal

Apura-se para a disputa do Play Off, apenas o vencedor de cada Grupo.

Play Off a ser disputado em 01/02-06-13 e 08/08-06-13 (Não são permitidos os dois jogos no mesmo País).

O Noticias

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Arbitragem – EHF - IV

Hoje publicamos o texto relativo aos dois temas em falta, e relacionados com as orientações para as duplas de arbitragem emitidas pela EHF, para o Euro 2012, procurando desta forma que todos os intervenientes na modalidade estejam devidamente esclarecidos sobre todas as orientações que são dadas aos árbitros. Reafirmamos a nossa perspectiva de que “Esta é uma forma de transparência clara de objectivos e que gostaríamos de ver na nossa modalidade”.

EHF – ORIENTAÇÕES PARA A ARBITRAGEM NO EURO 2012

A menos de 1 mês do início da competição na Sérvia (4 a 16 de Dezembro) a EHF, divulga as orientações que irão ser transmitidas à arbitragem para a prova.

Quatro temas foram escolhidos pela Comissão de Competições da EHF, e os mesmos serão detalhados na conferência de Oficiais que se realiza antes do início da competição.

Definição de Faltas com Progressividade – Já Publicado
Critério para os Lançamentos de 7 metros – Já Publicado
Colisões / Faltas nos remates de ponta
Bloqueios correctos da trajectória de alguém

Colisões / Faltas nos remates de ponta

As faltas cometidas contra os jogadores nas entradas de ponta, quando os mesmos estão em salto, são consideradas extremamente perigosas, mesmo que os impactos físicos sejam muito pequenos. Tais como:

  • Um ligeiro empurrão na anca ou no estômago, ou mesmo um leve toque no ombro
  • Agarrar ou tenta agarrar o pé ou a perna, de um atleta em salto
  • Os movimentos efectuados com as pernas e as ancas
  • Os movimentos efectuados por dentro da área de baliza para defenderem
Todas estas acções podem provocar lesões graves, devido ao facto de os atletas que estão no ar estarem incapazes de se protegerem.

Neste tipo de situações, é o perigo para o adversário e não a intensidade do contacto corporal que conta para o julgamento, se uma desqualificação é ou não válida.

Bloqueios correctos da trajectória de alguém

O Bloqueio efectuado de forma correcta, impedindo alguém de se movimentar ou ocupar um espaço livre na procura de uma melhor posição, é aquele onde se usa o tronco para bloquear o adversário

Com o bloco definido e mantendo-se o mesmo, todos os movimentos para sair do mesmo devem ser feitos de forma passiva em relação ao adversário, e, portanto não é permitido:

  • Bloquear o adversário com os braços, mãos, pernas, ou usar qualquer parte do corpo para o fazer deslocar ou empurrara para longe.
  • Agarrar um adversário (corpo ou equipamento), mesmo que que ele permaneça livre para continuar a jogar.
  • Correr ou saltar contra um adversário
O Regras

Clubes - Informação - Diversas

ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE COIMBRA
O Noticias

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Andebol na TV… Será desta…

Depois de termos efectuados vários textos acerca das Transmissões Televisivas, o último dos quais dizia nomeadamente “Estes provam a forma como a modalidade tem vindo a ser tratada pela televisão pública, com todo o negativismo que envolve os procedimentos desta entidade de “duvidosa” utilidade pública.” Mantemos tudo o que dissemos.

Mas eis que uma notícia, publicada no site da FAP, leva-nos a crer, de que iremos ter Transmissões dos jogos da PO01, num canal privado, será?

Diz a FAP “Será já na 4ª feira, dia 28 de Novembro, 20.45 horas, que os fans do Andebol poderão acompanhar em directo, através da A Bola TV (posição 12 da MEO), o jogo de qualificação para o Campeonato do Mundo.

A transmissão do Portugal - Azerbaijão em directo a partir do Pavilhão Municipal da Torre da Marinha, no Seixal, pela A Bola TV, assinalará um marco histórico, tanto para a Federação de Andebol de Portugal, como para a A Bola TV.

Surge no âmbito da parceria estabelecida entre a A Bola TV e a Federação de Andebol de Portugal, para a transmissão, em directo, dos jogos da nossa modalidade, continuando a proporcionar aos fans a possibilidade de acompanhar toda a actualidade desportiva do Andebol também na TV. “

Será que vai existir continuidade? Será desta… Haverá custos…

Aguardaremos ansiosamente pelos próximos capítulos.

Iremos estar atentos ao desenvolvimento desta notícia.

O Reticências

Crónica de Fim de Semana – 08 – 2011 / 2012 - III

Crónica de fim de semana dedicada à PO04, nume semana em que apenas se realizou uma jornada referente à Zona Norte, de forma a permitir que as duas zonas terminem na mesma data, pois como se sabe, esta Zona tens mais equipas do que a zona Sul. O Campeonato regressa em pleno no dia 02-12-12.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
9.ª Jornada
Boavista FC 26 – 28 AD Sanjoanense
São Bernardo 26 – 32 FC Porto
SC Espinho 28 – 22 São Mamede.
Alavarium 28 – 35 AC Fafe
ABC 32 – 31 Ismai
Águas Santas 28 – 32 Xico Andebol
Isento - FC Gaia

Uma jornada onde na nossa opinião, existiram duas surpresas, uma a vitória do Xico Andebol diante o Águas Santas, que desta forma contabiliza a sua segunda derrota, tantas como o Xico, foi um encontro onde os jovens de Guimarães comandaram o marcador chegando ao intervalo já na frente do marcador por 16-13, com esta vitória apesar de aprova ser longa, poder-se-á dizer que os jovens do Xico poderão pensar na discussão de um dos lugares de apuramento. Outra das surpresas da jornada foi a excelente réplica do Ismai no Flávio Sá Leite ao ABC, num jogo onde chegou a estar por diversas vezes na frente do marcador, apenas cedendo no último minuto de jogo, diga-se que segundo rezam as crónicas do jogo foi um encontro de excelente propaganda da modalidade, presenciado por uma razoável moldura humana. Nos restantes encontros um destaque para a vitória obtida pela Sanjoanense no Bessa diante o Boavista, num encontro em que os axadrezados venciam ao intervalo por 14/13, não esquecendo uma nota para o público presente (250 espectadores) em São Bernardo a assistir ao encontro da equipa local com o FC Porto que terminou a natural vitória do FC Porto. A vitória do AC Fafe sobre o Alavarium, era esperada, e o SC Espinho venceu o São Mamede longe do valor de épocas ainda não muito distantes. Depois de concluída mais uma jornada  o ABC (27 pontos) comanda isolado a zona, contabilizando apenas vitórias nos jogos disputados até ao momento, seguido pelo FC Porto (23 pontos), pelo Águas Santas (20 pontos – 1 jogo),e Xico Andebol (19 pontos – 1 jogo,) no oposto o Alavarium (9 pontos) que é  a única equipa apenas com derrotas.

O Noticias

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Analise às equipas da PO09 – 2012 / 2013 – Parte I

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.
 ANALISE DAS EQUIPAS – PARTE I

Conforme tínhamos prometido, vamos aproveitar a pausa no Campeonato para fazer o balanço, equipa a equipa, destas primeiras 6 jornadas do campeonato. Seguiremos a ordem da classificação actual e aproveitaremos para fazer uma actualização do nosso prognóstico para a classificação final.

Dada a extensão da análise, publicamos esta semana a análises às actuais 6 primeiras classificadas e na próxima semana publicaremos as restantes seis.

Alavarium: Previsão anterior: 5º lugar. Nova previsão: 4º lugar. A equipa de Aveiro tem estado imparável e é a grande surpresa deste campeonato. Joga a um ritmo infernal e consegue aliar isso a uma capacidade de remate exterior como há poucas em Portugal. Cláudia Correia e Mariana Lopes (incrível a capacidade de remate desta jovem) têm estado num grande momento de forma e Filipa Fontes está a fazer a melhor época desde que chegou ao Alavarium, impondo um ritmo muito forte ao ataque. Ana Marques está a fazer a melhor época da sua carreira, com recursos técnicos raros em Portugal para uma jogadora do seu tamanho. As duas pivots que o Alavarium foi buscar têm estado em excelente plano. Viviana Rebelo não é surpresa dada a qualidade que vinha demonstrando no Santa Joana, mas a jovem Soraia Fernandes é uma verdadeira surpresa nesta competição. E que falta fazem pivots deste tamanho em Portugal. Abaixo da época passada tem estado a esquerdina Lisa Antunes e claro, Rita Alves, que está a fazer os primeiros jogos após uma paragem de muitos meses por lesão e ainda anda à procura da sua melhor forma. Quando o conseguir, esta equipa poderá ser ainda mais forte. Quanto ao seu técnico, Ulisses Pereira tem conseguido levar a cabo um excelente trabalho, a equipa denota grande organização, uma ideia de jogo e um entusiasmo evidente. Veremos como conseguirá gerir os egos quando Rita Alves estiver bem e tiver a concorrência de Mariana Lopes e Cláudia Correia. Por tudo isto, achamos por bem rever o nosso prognóstico e acreditamos que a equipa de Aveiro será a quarta classificada pois não acreditamos que, quando chegarem os confrontos contra as 3 melhores equipas portuguesas, o Alavarium as consiga superar.

Colégio João de Barros: Previsão anterior: 2º Lugar. Nova previsão: 2º lugar. A equipa de Pombal está a fazer um excelente arranque de campeonato, mostrando estar melhor do que na época transacta. Parece-nos ser, pela sua dimensão física, a defesa mais eficaz do campeonato e tem um ataque muito bem organizado, faltando-lhe apenas a dimensão do contra-ataque. Dulce Pina foi a grande contratação e, depois de um início mais apagado, aparece agora em excelente forma. Eduarda Pinheiro está bem melhor que na época passada e com um pouco mais de iniciativas ofensivas, o que se saúda. Maria Pereira tem o arranque mais potente do campeonato e Natalina Melo uma capacidade física que provoca mossa. Paula Malcato encaixou-se bastante bem no Colégio João de Barros mas o facto mais curioso é que, apesar de Bárbara Teixeira ser chamada à selecção, tem sido Carolina Costa a brilhar. Em baixo momento de forma está a esquerdina Inês Catarino que está longe do que sabe e pode fazer. Quanto ao seu técnico, Paulo Félix tem sido fiel à sua filosofia de jogo: Ataque muito organizado, sem contra-ataque e com uma defesa forte. O excelente trabalho deste técnico está à vista e este início do campeonato leva-nos a acreditar que têm mais hipóteses de chegar ao título do que imaginávamos antes do início da competição. Apesar de tudo, achamos que a falta de pontas de qualidade será decisivo no pender do título para a equipa do Madeira Sad.

Colégio de Gaia. Previsão anterior: 6º lugar. Nova previsão: 5º lugar. A equipa de Gaia está a ter um excelente início de campeonato. Discreta, sem ninguém dar por ela, a formação de Paula Castro leva já 5 vitórias consecutivas, tendo apenas perdido diante do líder Alavarium. O plantel é praticamente o mesmo da época passada, mas pode beneficiar de algum enfraquecimento de algumas equipas (de que falaremos à frente). O Colégio de Gaia joga de uma forma muito madura e consegue, defensivamente, cortar muitas linhas de passe e provocar o erro das adversárias. Quase que somos tentados a dizer que Fernanda Carvalho marca o ritmo desta equipa, pela inteligência que incute ao jogo e pela forma tranquila como a equipa joga. Mas o grande desequilíbrio desta equipa vem das mãos da esquerdina Vanessa Silva, um verdadeiro talento do nosso andebol que é muito difícil de parar e esta época está com a pontaria bem afinada. Helena Soares forma o triângulo de ouro desta equipa, uma jogadora com uma atitude de entrega notável e com uma capacidade de recepção fora do normal. Além disto tudo, tem um faro defensivo notável, o que lhe permite roubar muitas bolas. Mas não nos queremos esquecer de Sara Andrade que está a fazer um excelente arranque do campeonato, parecendo querer afastar aquela irregularidade que a caracterizava. Quem está abaixo do que sabe é a Guarda-redes Ana Rita Costa e o Colégio de Gaia bem precisa dela para ambicionar a algo mais. Quanto à sua treinadora, Paula Castro, conhece bem a sua equipa e tem conseguido gerir muito bem o plantel mais curto de entre as melhores equipas. Por outro lado, por vezes, falta uma cultura de exigência que o Colégio de Gaia já teve, sobretudo ao nível dos treinos. Tínhamos previsto o 6º lugar para o Colégio mas acreditamos agora que o seu lugar vai ser o 5º.

Madeira Sad: Previsão anterior: 1º lugar. Nova previsão: 1º lugar. As bicampeãs nacionais não começaram bem com um empate em casa. Mas essa foi a excepção a um arranque de campeonato que tem mostrado um Madeira Sad forte e esclarecido. É a equipa que melhor faz contra-ataque directo e a equipa que melhor joga com os pivots. E que pivots de luxo têm as campeãs nacionais. A equipa madeirense perdeu jogadoras importantes mas os novos reforços têm estado muito bem. No Funchal, diz-se que Isabel Góis está muito longe de Virgínia e Esmeralda mas na realidade Isabel Góis já é a melhor Guarda-redes portuguesa e uma das melhores armas das madeirenses. Ana Temtem que fez uma época passada muito discreta no Sports Madeira, está a fazer um grande arranque do campeonato e assenta como uma luva a este Madeira Sad. Ana Correia quando joga, joga bem, mas está a meio gás devido a questões profissionais, Ana Andrade consistente como é costume e as pivots Renata Tavares e Bebiana Sabino destroem qualquer defesa. Ter as duas melhores pivots portuguesas é um luxo que qualquer treinador gostaria de ter. E faltam as duas setas: Cláudia Aguiar e Soraia Lopes têm estado em excelente plano e são exímias finalizadoras do contra-ataque. Em baixo de forma está Catarina Ascensão e Mónica Soares, esta última com problemas de saúde que a têm fragilizado. Duarte Freitas tem, de longe, o melhor plantel do campeonato mas há que dar-lhe o mérito de ter ganho à concorrência nas alturas decisivas. Este ano, o plantel é um pouco mais limitado mas na concorrência já não está o todo poderoso Gil Eanes. Mas o grande desafio de Duarte Freitas é conseguir manter as jogadoras à margem da dramática situação financeira que o clube vive. Mantemos a nossa previsão de tricampeonato, embora o empate em casa diante o seu maior concorrente, mostre que o campeonato não vai ser um passeio.

Juve Lis: Previsão anterior: 3º lugar. Nova previsão: 3º lugar. A equipa de Leiria vem subindo degraus no andebol feminino português. Tem uma atitude defensiva notável e uma garra difícil de encontrar noutra equipa. Gosta de sair rápido para o contra-ataque apoiado e, aos poucos, começa também a fazer contra-ataques directos. Inês Silva está em grande forma, mesmo não marcando muitos golos está muito bem nas outras facetas do jogo. Mas a jogadora mais difícil de travar é mesmo Telma Amado que, depois de ter explodido na época passada, este ano mostra todo o seu potencial com uma capacidade de recepção notável para uma jogadora da sua estatura. Ana Calhelhas, raramente é destacada, mas é das jogadoras mais eficazes da equipa e uma verdadeira seta para o contra-ataque. Tatiana Góis tem estado em bom plano, embora em alguns jogos lhe falte energia e a dupla Ana Martins/Rita Chaves providencia toda a experiência que a equipa necessita. Quem começa também a aparecer esta época é a esquerdina Andreia Isidro. Pena a lesão de Gizelle Carvalho que a tem impedido de render o que já lhe vimos fazer. André Afra Tem feito um excelente trabalho, sobretudo ao nível defensivo, criando várias alternativas de sucesso e a emotividade que transmite do banco, passa positivamente para as jogadoras. Acreditamos que, por tudo o que tem mostrado, a Juve Lis poderá assegurar o melhor resultado da sua história? O 3º lugar.

JAC: Previsão anterior: 7º lugar. Nova previsão: 6º lugar. Pode parecer um contra-senso que uma equipa que em 7 jogos apenas venceu 2, nós melhoremos a nossa previsão da classificação. Contudo, o calendário tem sido terrível para esta equipa e mesmo nos jogos que tem perdido tem dado muita luta. Uma das equipas mais fortes ofensivamente, com excelente leitura de jogo e melhorou bastante a defender, embora haja ainda muito para trabalhar nesta matéria. Patrícia Rodrigues é, sem dúvida, a grande revelação deste campeonato. No nosso campeonato, brilha a lateral, mas a nível internacional só poderá ser ponta e pode estar a passar ao lado da especialização que este posto exige. Neuza Valente está a fazer um bom campeonato, no entanto falha onde a sua colega mais se distingue, na leitura do jogo. Vanessa Oliveira mostra umas capacidades atléticas impressionantes, mortífera no contra-ataque e compensa com a sua elevada impulsão o facto de não ser esquerdina. Laje começa a mostrar alguma progressão. A grande desilusão chama-se Ana Rita Henriques, muito abaixo do que era esperado. Por outro lado, o grande calcanhar de Aquiles desta equipa continuam a ser as suas Guarda-redes e Nance Fernandes não resolveu esses problemas. Marco Santos tem feito um grande trabalho de formação em Alcanena. No entanto, revela alguns problemas de humildade nesta transição para o escalão sénior. A equipa ainda não está entre as melhores, apesar de todo o seu potencial. No seu trabalho, impressiona a condição física que consegue dar às suas atletas. Acreditamos que o JAC vai agora encaixar uma série de vitórias consecutivas e que terminará no 6º lugar, ou seja, na primeira metade da tabela.

Críticos Femininos

Crónica de Fim de Semana – 09 – 2012 / 2013 - II

É a crónica possível, dedicada á PO02.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Zona Norte
9.ª Jornada
Ílhavo 23 - 25 FC Infesta
Santana 29 - 34 Santo Tirso
Modicus 26 - 19 São Mamede
São Bernardo 25 - 26 Ismai
Académico FC 26 - 21 SP Oleiros

Uma jornada onde previam mais equilíbrios nos resultados verificados. O líder da zona, o Santo Tirso, deslocou-se ao recinto do Santana, vencendo um jogo onde o equilíbrio apenas foi mais evidente nos segundos 30 minutos, com esta vitória a equipa de Santo Tirso, continua a ser a única só com vitórias na 2.ª Divisão Nacional. Em Ílhavo num “duelo” entre os últimos da classificação o FC Infesta conquistou a sua segunda vitória, totalmente construída no primeiro tempo, assim o Ílhavo continua sem averbar qualquer ponto positivo, somando por derrotas todos os jogos disputados até ao momento. Em Sandim a equipa local não sentiu grandes dificuldades para levar de vencida um São Mamede longe dos seus tempos áureos na modalidade. No Lima a equipa do Académico FC, levou de vencida o SP Oleiros, também num resultado totalmente construído nos primeiros 30 minutos, e assim a equipa de Oleiros consentiu a sua segunda derrota na prova. Por fim no jogo mais equilibrado da jornada o Ismai foi a São Bernardo vencer os locais pela margem mínima, num encontro de grande equilíbrio. De salientar que foi uma jornada sem disciplina o que se saúda, mas pelo contrário as assistências foram demasiado baixas (na nossa opinião). Com esta jornada concluída, comanda a zona o Santo Tirso (26 pontos), seguido do duo Santana / Ismai (21 pontos) e do duo SP Oleiros / São Mamede (20 pontos), em último lugar continua o Ílhavo (9 pontos) que apenas contabiliza derrotas.

Zona Sul
AC Sismaria 35 - 24 Benavente.
Vitória FC 23 - 28 Passos Manuel
CD Marienses 23 - 30 Marítimo
Ginásio Sul 38 - 26 Vela Tavira
Boa Hora 21 - 28 Samora Correia

Nesta jornada registaram-se alguns resultados, que embora não constituindo grandes surpresas, poderão ser considerados interessantes. No jogo entre equipas Insulares os Açorianos perderem na condição de visitados com o Marítimo, que já vencia ao intervalo por 12-8, desta vez o factor casa não chegou, pois a superioridade dos Madeirenses nunca foi contestada. O Sismaria cumpriu mais um jogo, vencendo o Benavente por margem confortável, tendo praticamente construído o resultado nos primeiros 30 minutos (17-10 ao intervalo), confirmando o favoritismo que lhe era atribuído. O Passos Manuel, confirmando o bom momento que atravessa, foi a Setúbal vencer o Vitória FC que desta forma averbou a sua terceira derrota consecutiva, não foi um encontro fácil, embora o resultado final o possa deixar transparecer, pois a equipa local vencia ao intervalo por 10-9. O Ginásio do Sul venceu sem qualquer contestação a equipa Algarvia do Vela Tavira, a efectuar uma época bastante longe daquilo nos tem habituado, estranhando-se que o veterano Bolotskikh, apenas participe nos jogos disputados no Algarve. Finalmente no jogo disputado entre os dois últimos da classificação da zona, o Samora Correia foi a Lisboa vencer o Boa Hora, interrompendo assim a melhoria competitiva que os lisboetas tinham encetado à duas jornadas atrás. De salientar que foi uma jornada sem disciplina o que se saúda, mas pelo contrário as assistências foram demasiado baixas (na nossa opinião). Após a conclusão desta jornada comanda a Zona isolado o Sismaria (24 pontos) seguido do Passos Manuel (23 pontos), e do duo Marítimo / ACD Benavente (18 pontos – Marítimo – 1 jogo). O último lugar é agora ocupado pelo dou Samora Correia / Boa Hora (14 Pontos – Samora Correia - 1 jogo).

O Banhadas Andebol

domingo, 25 de novembro de 2012

Competições Europeias 2012 / 2013 – XV

Este fim de semana, disputou-se a 1.ª Mão da EHF CUP Masculina, onde ainda participam duas equipas portuguesas, com os resultados a não serem favoráveis aos clubes portugueses.

MASCULINOS

EHF CUP

FC PORTO PERDE JOGO DA 1.ª MÃO

O FC Porto, defrontou nesta 3.ª Ronda de Qualificação, o RK Cimos Koper (Eslovénia). Disputando o jogo da 1.ª Mão na Eslovénia. Perdeu a primeira parte da eliminatória, por um diferencial, que embora seja de 6 golos, parece-nos que face ao jogo produzido neste encontro, será de admitir como recuperáveis no encontro da 2.ª Mão a disputar no Dragão Caixa, onde o apoio do seu público certamente se fará sentir. Neste encontro onde a equipa Portista chegou ao intervalo a vencer por 12-11, e apenas perdeu o comando do marcador aos 43 minutos quando os eslovenos colocaram o resultado em 18-17 a seu favor, com a equipa do FC Porto a passar em seguida por um período de desnorte que permitiu ao adversário dilatar a vantagem. António Elias, Gilberto Duarte e Pedro Spínola foram os melhores marcadores da equipa com 4 golos cada.

Resultados
1.ª Mão
RK Cimos Koper (Eslovénia) 29 – 23 FC Porto
Calendário
2.ª Mão
Dia 01-12-12
FC Porto - RK Cimos Koper (18H00)

O BENFICA PERDE JOGO DA 1.ª MÃO

O Benfica, disputou em França o encontrou relativo à 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação, defrontado a equipa Francesa do HBC Nantes, num pavilhão com a sua lotação esgotada (5000 espectadores), e perdeu por um diferencial que não permite grandes esperanças, no entanto enquanto “há vida há esperança” . O Benfica que deu excelente réplica durante 45 minutos de jogo, apenas cedeu nos últimos 15 minutos, com o resultado ao intervalo a ser favorável aos franceses por 1 golo (13-12), o Benfica iniciou muito bem o segundo período de jogo, chegando a colocar o marcador numa igualdade a 18 golos, para depois sofrer um parcial de 11-3, que ditou o resultado final. Dario Andrade com 6 golos o seu melhor marcador. Na equipa francesa foram os internacionais espanhóis Alberto Entrerrios (8 golos), Jorge Maqueda (6 golos) e Valero Rivera (5 golos), os principais elementos.  

Resultados
1.ª Mão
HBC Nantes (França) 29 – 21 Benfica
Calendário
2.ª Mão
Dia 01-12-12
Benfica - HBC Nantes (19H30)

Os clubes apurados nesta 3.ª Ronda de Qualificação (16 equipas), irão disputar a chamada Fase de Grupos (4 grupos de 4 equipas), no sistema de TXT a duas voltas (6 jornadas), que apenas se iniciará após a realização do Mundial de 2013 em Espanha

O Noticias

Crónica Intermédia de Fim de Semana – 15 – 2012 / 2013 – I

Crónica de fim de semana relativa à PO01, referente aos encontros relativos à 1.ª Jornada da 2.ª volta da 1.ª Fase. Continuamos a repetir o nosso lamento de que apenas existam transmissões em televisões de clubes e na FAP TV, com a Televisão Publica a optar pela total ignorância da modalidade.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
12.ª Jornada – Resultados
FC Porto 41 - 14 CDE Camões (Antecipado)
ABC 23 – 23 Benfica (Antecipado)
Avanca 18 – 31 Sporting AC Fafe 33 – 41 Xico Andebol Belenenses 25 – 24 Madeira SAD Águas Santas 34 – 22 SC Horta

Esta é uma crócina que completa a jornada e diz respeito apenas aos jogos que foram disputados este fim de semana, pois já se realizaram dois encontros antecipados, o FC Porto / Camões, cujo resultado é completamente esclarecedor da diferença existente entre as equipas, e o Benfica /ABC, já comentado em anterior texto, e que foi um encontro onde o Benfica cedeu o seus primeiros pontos na prova. Nos restantes encontros verificou-se vitória da equipa de Belém sobre os Insulares do Madeira SAD. No Águas Santos / SC Horta, que se esperava um encontro equilibrado, verifica-se a vitória da equipa da Maia por diferencial que não deixa qualquer margem para dúvidas, rectificando assim o resultado verificado na 1.ª Jornada. Neste jogo apenas existiu equilíbrio até cerca dos 10 minutos de jogo, quando a equipa do Norte vencia por 6-5, seguindo-se um período de completo desnorte dos Açorianos, que aos 21 minutos já perdiam por 10-5, ficando a história do jogo definida. Ao intervalo O Águas Santas já vencia por 15-8. No Águas Santas o jovem Mário Lourenço (9 golos e 82% de eficácia) foi o marcador de serviço, e o guarda Redes António Campos (50% de eficácia) a voltar ao seu melhor. O SC Horta, teve o seu guarda redes Nuno Silva (18% de eficácia) abaixo de uma produção que se pode considerar normal, Milos Padezanin (9 golos) foi o seu marcador de serviço. Em Avanca no AA Avanca / Sporting, a equipa do Sporting venceu confortavelmente um jogo que comandou desde o minuto inicial, sendo um encontro praticamente sem história. Na equipa de Avanca o seu recente reforço Kavalenka continua a não render, e o número de falhas técnicas foi demasiado elevado. Na equipa lisboeta Pedro Solha (7 golos), foi o seu melhor marcador, e Bruno Moreira (5 golos) continua a demonstrar a sua eficácia aos 6 metros. Em Fafe onde disputou o AC Fafe / Xico Andebol, em mais um dérbi minhoto, a equipa de Guimarães foi claramente superior, confirmou o resultado da 1:ª Jornada, voltando a vencer e curiosamente por números mais dilatados, assumiram o comando do marcador cerca dos 7 minutos de jogo para não mais o largarem chegando a ter uma vantagem de 9 golos aos 57 minutos quando venciam por 40-31. No Fafe apenas Luís Nunes com 9 golos esteve ao seu nível, enquanto no Xico Andebol, Jaime Barreiros (10 golos), voltou a ser o seu melhor marcador, sendo acompanhado de perto por André Caldas com 8 golos. Depois desta jornada completa a classificação ficou assim ordenada: 1.º Benfica (35 pontos), 2.º FC Porto (34 pontos), 3.º Sporting (29 pontos), e em 4.º o duo ABC / Águas Santas (28 pontos), continua em último lugar o CDE Camões (12 pontos) apenas com derrotas.

Belenenses 25 – 24 Madeira SAD

Jogo que que se iniciou com grande atraso em relação ao horário previsto, por atraso da equipa de arbitragem, o que na nossa opinião prejudicou ambas as equipas, pois tiveram aquecimentos desfasados da hora de inicio prevista. Foi um encontro onde a equipa do Restelo averbou a vitória, com um resultado final enganador, comandando o marcador praticamente desde o minuto inicial, no segundo período do jogo a usufruir de vantagens de 6 golos como por exemplo aos 54 minutos quando vencia por 24-18. O encontro ficou marcado pela falta de vivacidade, e de velocidade, foi demasiado lento, na nossa opinião. O Madeira SAD encontrou grandes dificuldades para ultrapassar a defesa do Belenenses, que teve no seu guarda redes André Vilhena (50% de eficácia) o homem do jogo, realizando uma grande exibição e sendo o esteio da sua equipa, apenas nos últimos minutos de jogo se assistiu a uma forte reacção dos Insulares, com a marcação de 3 golos em pouco mais de um minuto, nesta equipa verificou-se pouca dinâmica no ataque, e constatou-se que existem atletas completamente fora de forma, sendo Carlos Siqueira (1 golo) um dos exemplos do que afirmamos, que esteve mais preocupado em falar com os árbitros do que em jogar, prejudicando notoriamente a sua equipa, Nelson Pina (5 golos), apenas despertou para o jogo na parte final do encontro, em especial na marcação de 7 metros, Telmo Ferreira (39% de eficácia) esteve um pouco distante do que costuma produzir, apenas Gonçalo Viera (7 golos) se aproximou do seu normal. Na equipa do Belenenses além do seu GR que já referimos, de destacar a boa exibição de Pedro Delgado (5 golos), e mais uma vez Elledy Semedo (10 golos) que foi o marcador de serviço. Uma referência final para a falta de técnico qualificado, nos termos regulamentares no banco do Belenenses. Dirigiu o encontro a dupla de Aveiro constituída por Carlos Capela e Bruno Rodrigues, que tiveram comportamentos diferentes nos dois períodos de jogo, piorando significativamente a sua consistência nos segundos 30 minutos, onde o critério disciplinar deixou de praticamente de existir, as faltas de atacante não foram marcadas, os passos nem se fala, e falaram em demasia com os praticantes.

Gostaríamos de ver estes jogos a serem disputados com menos interrupções para limpar o piso, que na nossa opinião algumas, são de utilidade duvidosa e apenas servem para quebrar o ritmo das equipas.

Não entendemos, como é possível durante um T/O, efectuado cerca dos 53 minutos de jogo, o Director de Campo estar junto da equipa da Casa, e até fez a saudação juntamente com a mesma.

NotaDe destacar na transmissão da FAP, os excelentes comentários efectuados por Nuno Trancoso.

O Banhadas Andebol

sábado, 24 de novembro de 2012

Audiências no Andebol… II

A Federação publicou no seu Portal em 23-11-12, um artigo sobre as audiências e Share’s do Andebol, relativos à recente transmissão do jogo Portugal / Macedónia, que é uma extracção dos dados divulgados pela EHF (e correcta o que nos apraz registar), relativos ao número de telespectadores registados nos jogos referentes à 1.ª e 2.ª Jornadas dos grupos de apuramento para o Euro 2014 na Dinamarca.

Diz a EHF que o jogo, foi o encontro transmitido pela RTP2 teve em Portugal 300.000 telespectadores. O estudo é referente a 27 jogos, dos quais 23 foram igualmente transmitidos para o País da equipa adversária.

De referir ainda, que na Macedónia o número de espectadores contabilizado foi 160.544 telespectadores.

Estes provam a forma como a modalidade tem vindo a ser tratada pela televisão pública, com todo o negativismo que envolve os procedimentos desta entidade de “duvidosa” utilidade pública.

Recordamos aqui o que em tempos escrevemos acerca das transmissões televisivas e da RTP2: “E finalmente teremos de dizer, sendo uma das grandes verdades, é que o Andebol, é um dos grandes contribuintes líquidos para a RTP2 (Com uma afinidade positiva)… “

È possível ler o estudo da EHF neste link.

O Reticências

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Nomeações – EHF – 2012 / 2013 - XII

Novas nomeações da EHF, voltando nós a afirmar que ambas no nosso entender são de prestígio, pois englobam a prova de topo da EHF.
 LIGA DOS CAMPEÕES MASCULINA

Delegados

Rui Coelho - Foi nomeado para o jogo da 7.ª Jornada do Grupo “D” da Liga dos Campeões Europeus Masculina, que se disputa entre o FC Barcelona Intersport (Espanha) e o Kadetten Schaffhausen (Suíça), em Espanha no dia 01-12-12.

Árbitros

Eurico Nicolau / Ivan Caçador – Foram nomeados para dirigir o encontro da 7.ª Jornada do Grupo “B” da Liga dos Campeões Europeus Masculinos, que se disputa entre o THW Kiel (Alemanha) e o BM Atletico Madrid (Espanha), na Alemanha no dia 02-12-12.

Aos nomeados endereçamos os nossos parabéns, e os desejos de que tudo corra pelo melhor.

Nota – Não entendemos a razão do site da FAP dar a notícia incompleta, pois omite a nomeação de Rui Coelho.

O Regras

Campeonato do Mundo Sérvia 2013 – Femininos – IX

PORTUGAL / AZERBAIJÃO - SEIXAL
28-11-12
Portugal vai disputar o seu terceiro jogo de qualificação, depois de uma vitória e uma derrota, e apesar de as hipóteses de apuramento terem sofrido um drástico abalo, este encontro disputa-se sob um alto clima emocional, pois uma vitória (que no nosso entender está perfeitamente ao alcance), poderá colocar-nos numa posição em que ficaremos dependentes do resultado a efectuar na Turquia, e deste modo podermos ter acesso ao 1.º lugar do grupo e ao consequente apuramento para o Play Off.

O Seleccionador Nacional convocou mais 3 atletas, que se irão juntar as 16 que estiveram no Azerbaijão - Diana Roque (Alavarium), Ana Seabra (FAP) e Catarina Ascensão (Madeira SAD), para a concentração que irá decorrer a partir de 25-11-12:

Lista das Convocadas
Recorda-se o Calendário de Portugal, cujo grupo com apenas 3 equipas será disputado no sistema casa / fora.

Resultados

1.ª Jornada
Turquia 35 – 19 Azerbaijão
2.º Jornada
Portugal 38 – 36 Turquia
3.ª Jornada
Azerbaijão 27 – 23 Portugal

Calendário

4.º Jornada
Dia 24-11-12
Azerbaijão - Turquia (17H00)
5.º Jornada
Dia 28-11-12
Portugal - Azerbaijão (20H45) Seixal FAP TV
6.ªJornada
Dia 01-12-12
Turquia – Portugal

O jogo PORTUGAL / AZERBAIJÃO realiza-se no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha no Seixal. Vamos encher o Pavilhão (ENTRADAS GRATUITAS)

Apura-se para a disputa do Play Off, apenas o vencedor de cada Grupo.

Play Off a ser disputado em 01/02-06-13 e 08/08-06-13 (Não são permitidos os dois jogos no mesmo País).

O Noticias

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Competições Europeias 2012 / 2013 – XIV

Este fim de semana, regressam as participações das equipas portuguesas nas Competições Europeias em Masculinos.

MASCULINOS

EHF CUP

O FC Porto – Vai defrontar nesta 3.ª Ronda de Qualificação, o RK Cimos Koper (Eslovénia). A 1.ª mão é disputada na Eslovénia em 24-11-2012 e a 2.ª mão a jogar-se no Dragão Caixa 01-12-2012.

Calendário
1.ª Mão
Dia 24-11-12
RK Cimos Koper (Eslovénia) – FC Porto (16H00)
2.ª Mão
Dia 01-12-12
FC Porto - RK Cimos Koper (18H00)

O Benfica – Vai defrontar nesta 3.ª Ronda de Qualificação, os Franceses do HBC Nantes. A 1.ª mão é disputada em França em 25-11-2012 e a 2.ª mão a jogar-se na Luz 01-12-12.

Calendário
1.ª Mão
Dia 25-11-12
HBC Nantes (França) – Benfica (17H00)
2.ª Mão
Dia 01-12-12
Benfica - HBC Nantes (19H30)

Os clubes apurados nesta 3.ª Ronda de Qualificação (16 equipas), irão disputar a chamada Fase de Grupos (4 grupos de 4 equipas), no sistema de TXT a duas voltas (6 jornadas), que apenas se iniciará após a realização do Mundial de 2013 em Espanha

O Noticias