gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Crónica de Fim-de-semana – 22 – 2013 / 2014 – I

Crónica da 8 .ª Jornada da 2.ª Volta da 1.ª Fase. A 19.ª Jornada da prova. 
 
Mais uma vez existiram fortes problemas na transmissão da Andebol TV,com o Portal da FAP a anunciar transmissões que depois não estão programadas, como por exemplo o Ismai / Sporting através da AIsmai, pensamos que as asneiras atingiram um grau de qualificação de insuportável. 
 
Em relação às transmissões em Livescore / Direto no site da andYstat, apesar das melhorias verificadas ainda existiram muitas falhas.
 
O Funcionamento do portal da FAP, voltou ao seu estado normal, ou seja o “caos” raramente funcionou em condições, quer no acesso às provas quer no acesso aos boletins de jogo. Com a Janela “jogos de Hoje” na “Home Pag” a dar resultados de jogos a decorrer que já estavam terminados á horas. 
 
Os Boletins de jogo incompletos, continuam a ser uma “praga”, mas aqui temos dúvidas no grau de culpabilidade dos srs. Oficiais de Mesa e das próprias duplas que não devem conferir os mesmos.
 
Parece que finalmente começam a ter continuidade o funcionamento (embora com algumas deficiências), no site da andYstat. Mas apenas em termos de estatísticas.
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase
15.ª Jornada
Madeira SAD 25 – 24 Avanca
19.ª Jornada
AC Fafe 26 - 22 Avanca
Madeira SAD 27 - 29 FC Porto
Passos Manuel 21 - 20 Belenenses
Ismai 25 - 40 Sporting
SC Horta 18 – 24 Águas Santas
ABC 26 – 26 Benfica
 
A Jornada que se iniciou com um Madeira SAD / FC Porto, que se presumia com naturalidade seria pouco mais que um passeio dos campeões Nacionais, acabou por se transformar, num jogo de grande equilíbrio, apesar da equipa do Continente ter estado grande parte do tempo no comando do marcador, a garra e determinação dos da equipa da casa deu origem a que cerca dos 47 minutos de jogo se regista-se uma igualdade a 20 golos, depois de já ter estado numa outra igualdade a 18 golos cerca dos 45 minutos. O resultado final espelha com clareza as grandes dificuldades sentidas pela equipa do FC Porto. No Madeira SAD salienta-se mais uma vez o pivot João Mendes com 11 golos e melhor marcador de todo o encontro, e ainda a sagacidade de Luís Marques com (7 golos com uma eficácia de 100%, nas estatísticas), mas apenas 6 golos contabilizados no Boletim de jogo, uma referencia especial para o guarda redes Luís Carvalho que com 33% de eficácia, esteve acima dos seus colegas de posto no FC Porto, que não passaram os 28%. O FC Porto por seu lado teve a sua grande figura no Dinamarquês Mick Shubert com 9 golos, e alguns decisivos, em especial no contra ataque, diga-se no entanto que este atleta só nos primeiros 30 minutos de jogo já tinha concretizado por 8 ocasiões. Gilberto Duarte parece estar de regresso e com 7 golos marcados foi outro dos baluartes da equipa (mais uma vez existem diferenças entre o Boletim de jogo e as estatísticas (8 golos). (Boletim de jogo incompleto). Em Fafe disputou-se o duelo entre os últimos classificados AC Fafe / AA Avanca, com a equipa minhota a confirmar o resultado obtido na 1.ª volta em Avanca, voltando a vencer, e desta vez por uma margem mais ampla. Este jogo cuja transmissão apenas começou já cerca de 20 minutos de jogo decorridos, registou períodos de grande equilíbrio, como prova o resultado ao fim dos 30 minutos iniciais de jogo, que era de 11-9 a favor do AC Fafe. No entanto a equipa minhota com uma melhor entrada no segundo período de jogo, que derivou das grandes dificuldades atacantes da equipa do Avanca, que cometeu “apenas” 15 Faltas técnicas. Registava aos 42 minutos de jogo um diferencial a seu favor de 6 golos (18-12), o que lhe permitiu efetuar um total controlo do jogo, embora esporadicamente a equipa do Avanca reduzir o diferencial, de destacar que o AC Fafe chegou a estar com apenas 4 jogadores de campo nos momentos finais e nunca foram devidamente aproveitados pelo seu adversário. No AC Fafe o Armando Pinto com 5 golos esteve uns furos acima dos seus colegas, pois concretizou quase sempre em momentos decisivos, juntamente com Pedro Peneda também com 5 golos, mas a fazer jogar a equipa, no entanto o melhor marcador dos minhotos acabou por ser Marco Sousa com os seus 7 golos. Na AA Avanca, com o novel treinador a ter muito trabalho pela frente em especial no ataque porque não existe conjunto, Apenas Tiago Cunha com 6 golos e Miguel Batista na parte final do encontro marcaram alguma diferença. (Boletim de jogo incompleto). Com esta vitória os minhotos abandonaram um dois últimos lugares, por troca com o Ismai. Na Maia defrontaram-se Ismai / Sporting, com a equipa lisboeta, também a confirmar o resulta do da 1.ª volta ao voltar a vencer a equipa Maiata, com uma goleada das antigas. O Sporting comando o encontro do 1.º ao último minuto, chegando a ter diferencias de 17 golos, como quando vencia por 35-18 a cerca de 5 minutos do fim do encontro. Foi um encontro de sentido único, e que permitiu ao Sporting, fazer uma completa gestão do plantel, utilizando os jovens jogadores, e onde o contra ataque foi uma das suas principais armas. Pedro Portela com 9 golos foi o melhor marcador do encontro e continua a afirmar-se como um dos valores seguros do Andebol Português. Pedro Solha (4 golos), continua a ser utilizado apenas para a marcação de livres de 7 metros, seria injusto não salientar a ação desenvolvida por Bruno Moreira (6 golos) e Marzo com 5 golos tantos como Rui Silva. No Ismai Armando Ventura com 7 golos (4 de 7 metros) foi na nossa opinião, um dos eus destaques pela positiva, juntamente com José Pedro Coelho com igual número de golos, não pode uma equipa da 1.ª Divisão Nacional cometer o número de falhas técnicas que os Maiatos cometeram (17). Disputou-se um outro encontro que poderá ter ainda alguma influência na atribuição do 6.º lugar da classificação geral, ou seja o último que dá acesso ao Grupo “A” na 2.ª Fase da Prova, o Passos Manuel / Belenenses, que terminou com a difícil vitória dos liceais pela diferença mínima. Foi um encontro de grande equilíbrio, com as ações defensivas a sobreporem-se às ações atacantes. Embora a equipa do Passos Manuel tenha iniciado o encontro da melhor forma e aos 21 minutos de jogo vencia por 10-5, maior diferença registada por qualquer das equipas durante todo o jogo, no entanto a equipa de Belém, com uma forte reação isto qualidade e garra, enceta uma excelente recuperação tendo chegado ao fim dos primeiros 30 minutos a perder pela diferença mínima (12-11). Nos 30 minutos seguintes o Belenenses entrou forte, e aos 35 minutos já vencia por 16-13 (maior diferencial registado por qualquer das equipas nos segundos 30 minutos), permitindo uma recuperação dos liceais que aos 39 minutos igualavam a 16. A partir daqui as igualdades e alternâncias foram-se sucedendo, com o Passos na frente nos minutos finais (21-19), com o jovem Pedro Pinto a ainda reduzir para 21-20 que foi o resultado final. O Passos venceu mas mais uma vez o número de faltas técnicas (21) cometidas é no nosso entender inadmissível numa 1.ª Divisão Nacional. No Belenenses ainda não se estreou o jovem Flávio Fortes cedido por empréstimo pelo Benfica. Edgar Landim com 8 golos foi o grande destaque da equipa do Belenenses e o seu melhor marcador, onde Nelson Pina esteve muito abaixo do que pode sabe produzir. No Passos Manuel os Suspeitos do costume Pedro Sequeira (7 golos) e Bélone Moreira (6 golos) foram as suas principais figuras. Com este resultado o Passos igualou o seu adversário em termos pontuais. Jornada ainda era com posta por um dos clássicos da modalidade um ABC / Benfica que terminou numa igualdade, e por um SC Horta / Águas Santas, que foi um jogo onde a equipa da Maia confirmou o resultado da 1.ª volta ao vencer a equipa Insular, mas com o dado curioso de ter construído muito mais facilmente o resultado, pois comandou o marcador do 1.º ao último minuto, atingindo os 30 minutos de jogo a vencer por 13-6, curiosamente a maior diferença que se registou durante todo o desafio. Nos segundos 30 minutos o Águas Santas controlou o marcador nunca permitindo grandes aproximações da equipa Insular do SC Horta, que no entanto cerca dos 50 minutos consegui colocar a diferença em apenas 3 golos (19-16), para se colocar. Com Pedro Cruz longe dos seus dias, foi Bosko que assumiu ser o melhor marcador da equipa com 6 golos logo seguido de perto por Jorge de Sousa com 5 golos, no SC Horta mais uma vez o “veteraníssimo” Yuriy Kostetkyy foi um dos melhores marcadores da equipa com 4 golos tantos quantos marcou Filipe Pinho. Tivemos mais um encontro da 1.ª Divisão Nacional em que o número de Faltas Técnicas é impensável para a prova máxima da modalidade (30 no total, 17 para o SC Horta e 13 para o Águas Santas. Realizou-se também o jogo em atraso da 15.ª Jornada Madeira SAD / AA Avanca, que terminou com a difícil vitória dos madeirenses pela diferença mínima. Foi um jogo com duas partes distintas o Madeira SAD a dominar nos 30 minutos iniciais e a AA Avanca a ter o domínio dos segundos 30 minutos. Com o calendário certo e 3 jornadas do fim desta 1.ª Fase, estão em luta pelo 6.º lugar 4 equipas a saber SC Horta, Madeira SAD, Belenenses e Passos Manuel. Após a conclusão destes jogos a classificação ficou da seguinte forma: 1.º Sporting (52 pontos), 2.º FC Porto e Benfica (50 pontos), 4.º ABC (48 pontos),5.º Águas Santas (45 pontos), 6.º SC Horta (35 pontos), 7.º Madeira SAD (34 pontos), 8.º Belenenses e Passos Manuel (31 pontos), 10.º AC Fafe (29 pontos), 11.º Ismai (28 pontos) e 12.º Avanca (23).
 
ABC 26 –  26 Benfica
 
Num Flávio Sá Leite, que parece de regresso aos bons velhos tempos e se apresentava muito bem composto de público que chegou em determinados momentos do jogo a apoiar a sua equipa, “á antiga”, disputou um dos atuais clássicos do andebol português, com o ABC a defrontar a equipa do Benfica, que se apresentou desfalcada de Carlos Carneiro e Cláudio Pedroso, presumimos que por lesão e apresentou no banco Álvaro Rodrigues que não atou um minuto, assim como alguns dos jovens que apenas fizeram numero, tal a dificuldade para que o jogo caminhou. Foi um jogo que teve duas partes distintas, uma (30 minutos iniciais) totalmente dominada pela equipa do Benfica, e uma outra (segundos 30 minutos), de reação e domínio dos minhotos. Diga-se no entanto que a equipa do Benfica comandou o marcador até cerca dos 46 minutos, momento em que permitiu a primeira igualdade no marcado a 20 golos e apesar de voltar quase sempre ao comendo do marcado nunca mais conseguiu ter mais do que três golos de diferença (26-23), permitindo uma reação feita á base de muita garra e querer. Deve ainda dizer-se que o Benfica terminou o encontro com apenas 3 jogadores de campo. Na nossa opinião um houve um momento que decidiu o resultado, cerca dos 52 minutos, quando Fábio Vidrago falha uma tentativa de “rosca” perante um guarda-redes de nome Vicente Alamo que esteve simplesmente soberbo na balizado Benfica com uma exibição para não se esquecer e onde atingiu uma eficácia de 54%. O ABC que preparou na nossa opinião muito bem o jogo montou uma defesa agressiva “quante baste”, criando muitas dificuldades ao ataque do Benfica, deverá dizer-se que a defesa do Benfica com as suas “ torres” esteve intratável no bom sentido, mas o ataque do ABC nos 30 minutos iniciais nunca se encontrou, nem encontrou soluções para o bloco defensivo do Benfica, basta dizer que a eficiência do ataque minhoto nos 30 minutos iniciais era de 23%. O Técnico do ABC no segundo período conseguiu criara mais facilidades na forma de atacar a baliza encarnada e soube aproveitar todas as vezes que esteve em superioridade numérica. Agora é incompreensível (na nossa opinião) como se pede um time out a 2 segundos do fim do jogo quando a equipa vai a realizar um ataque rápido que pode determinar o resultado final e foi isto que o técnico do ABC fez. Destaques no jogo para os 14 golos de Elledy Semedo (melhor marcador do encontro) e ainda para José Costa com os seus 7 golos e a sua entrega ao jogo, pois já referimos o Vicente Alamo para nós a grande figura do encontro. No ABC Nuno Grilo com 10 golos foi o seu principal marcador e também fez bastas assistências, e quanto a nós Nuno Rebelo (4 golos) pode produzir muito mais. Não Falar em Humberto Gomes na baliza do ABC seria uma injustiça não pelos seus 35% de eficácia, mas porque nos momentos certos esteve lá. Jogo dirigido pela dupla IHF da Madeira, Duarte Santos / Ricardo Vieira, que tiveram um trabalho disciplinar onde na nossa opinião pecaram por exagero, embora todas as exclusões possam ser admissíveis, mas por vezes deve imperar o bom senso e esse não esteve presente, neste aspeto, estiveram muito bem no critério de 7 metros e da falta do atacante, as mesmas quando existem mesmo sem bola são para ser marcadas e eles fizeram-no. Já na Lei da vantagem não estiveram tão bem. 
 
Nota- Mais uma vez nas suas declarações, desta vez de forma dissimulada, o empate surge por culpa da arbitragem na voz do técnico do Benfica. Por falta de coragem nunca o disse declaradamente.
 
O Banhadas Andebol

37 comentários:

Anónimo disse...

Assisti ao jogo pela Bola TV e é inacreditável a falta de humildade do treinador do Benfica. Posso concordar que das 3 faltas atacantes marcadas ao Benfica na 2ª parte, uma ou outra poderá ter sido forçada mas o treinador do Benfica não se pode esquecer que na 1ª parte o campo também esteve inclinado...mas para o seu lado. E se na 1ª parte os erros da arbitragem fizeram com que o Benfica se distanciasse, na 2ª podem ter ajudado o ABC a aproximar. De qualquer forma, uma equipa com as soluções do Benfica que se vê a ganhar por 5 não pode permitir o empate e isso, amigo, já não são só contas de arbitragem...é que sabe, o seu GR (que fez uma brilhante exibição) ganha quase o dobro de toda a equipa do ABC...e olhe só como eles correm e se batem dentro do campo!
Já agora...podia ter ficado a ouvir as declarações do Carlos Resende, talvez aprendesse alguma coisa!

Jorge Almeida disse...

Fora de tópico:

Lista de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 27 de Janeiro e 2 de Fevereiro de 2014:

http://andeboltv.blogspot.pt/2014/01/lista-de-transmissoes-entre-27-janeiro.html

Anónimo disse...

Coitado do meu Belem com um plantel com tanta opção não passa de vitorias morais, com o Paços nem isso foram capazes. que pena tenho em assistir ao que se passa no andebol a suposta formação esta miserável so os juniores com possibilidade de disputar a fase final, um época para esquecer

Anónimo disse...

Irá agora a comitiva do SR Rito pra calçada VETAR mais árbitros?
Contem-nos!

Anónimo disse...

Aqueles meninos que se dizem internacionais!! São maus demais. Arrogantes, prepotentes, anormais, e as regras... Nem de livro na mão lá vao! É costume dizer-se que em caso de empate ganha o arbitro, e esses burros o que vieram fazer ao continente foi sacar três vitorias para eles, isto é 3 empates! Eles devem gostar de equilibrar os jogos! Aqueles outros foram queimados por muito menos, são putos e tal, é mais facil..... Estes e alguns outros que andam para aqui com arbitragens incriveis do ponto de vista negativo, ainda por cima são protegidos! É que se ao menos fossem humildes, mas nem isso! É de uma arrogancia!

Anónimo disse...

Jorge Rito nunca gostou desta dupla madeirense.
Pior que isso é que Jorge Rito ainda não percebeu que está a mais. No Benfica e no andebol.
Ainda pior o facto de não parecer haver ninguém na direcção do Benfica capaz de pôr o homem no lugar.

O andebol lusitano está cheio de Ritos.

Anónimo disse...

Corrida ao Grupo ainda muito animada Horta, Belém, Madeira, Passos.

O Horta a fazer uma época fantástica pode ser o favorito.

Belém precisa de um milagre, mas fez muito para ter hipóteses.

Madeira é o que tinha mais condições mas falta qualquer coisa.

Paços da segunda para o grupo A parece algo imaginário.



Anónimo disse...

Coitadinho do anonimo 27 de Janeiro de 2014 às 11:51, deve ser um visionário com muitas ideias, pena que nenhuma tenha dado resultados.
Continua na sombra a dizer mal , os tacanhos são assim

Anónimo disse...

Mais uma vez o nosso querido treinador perdeu e culpou os árbitros! O pior, é que desta vez até tem razão! Mas lembram-se da historia do Pedro e do Lobo? pois é, o Professor tantas vezes diz "acudam que vem aí o lobo" que já ninguém lhe liga nenhum!
Esta dupla de árbitros é uma aberração, tendo por referencia que é uma dupla internacional. Perde o control quando mais o devia ter, ou seja, quando o jogo aquece! Melhor que eles já há aí um bom grupo de árbitros onde se inclui todos os internacionais! Mas meu caro Professor, você esteve a ganhar por 6 e aí, nesse período, expressou toda a sua incompetência, pois foi incapaz de segurar o jogo. Pode queixar-se do plantel, mas sejamos sinceros: não foi o atleta que o senhor mandou embora que ontem lhe tirou a vitória? O senhor despacha o Grilo, para ir buscar o Russo e depois acontece-lhe isto? Sinceramente o Senhor anda com muito azar, mas acha que merecia melhor sorte? Melhor sorte merecia o meu Benfica que anda gerido (dirigentes da secção incluídos) por incompetentes!
Eusébio faz lá um milagre e manda um raio que corra com esta gente toda! Pode ser o raio que os parta a todos!

Anónimo disse...


Banhadas
Urge um Comentário sobre isto e sobre a Prestação do Buda no CA

Anónimo Interrrogações disse...
Realmente a anedota pegada que é este CA está à mostra... O Rei já vai mesmo NÚ!

Não houve circular Nº. 13 com chave... mas afinal houve uma desconvocatória... e Realmente o argumento usado?? "A atual conjuntura socioeconómica que se vive em Portugal, que afeta também os quadros de arbitragem, impede-nos de concretizar este curso."
E ainda:
"este Conselho manter os mesmos critérios de exigência divulgados em circular anterior"
Digam-me sinceramente como é possível??? Não era até ao final de Janeiro?? agora dizem: "estes cursos estejam concluídos até final de Fevereiro 2014".
Lá para o dia 30 ou 31 de Fevereiro (SEI QUE SÃO SÓ 28...) publicam outra circular a contradizer a circular anterior e lá caminhamos até final da época sem a CORAGEM necessária para cumprirem o que escrevem.

Nada mais seria exigível do que o cumprimento do que havia sido definido pelo Regulamento da Arbitragem aprovado já com a época a decorrer.

Para que se publicam regulamentos e circulares para depois tudo ser desdito e esquecido??

Certamente não haverão D. Sebastiões ou Santos da Casa para fazerem Milagres... Mas certo é que MUITO nevoeiro existe no seio deste CA!! Não sei se é ou será de pensar de mais e fazerem de menos... Mas infelizmente parecemos atolados num LODO e do qual não saímos... continuamos a dar ao pedal mas MAL!

O Silêncio é nefasto. Os critérios questionáveis. A credibilidade NULA. A confiança dos agentes AUSENTE!

QUERER SER DIRIGENTE DA ARBITRAGEM É FÁCIL! AGORA SÊ-LO É PARA POUCOS!

NESTE CA ALGUÉM SEM MÃO CONTARIA PELOS DEDOS DESSA MÃO AS PESSOAS COM REAIS CAPACIDADES PARA O DESEMPENHO DO CARGO AFETO...

Uma solução seria pertinente e rapidamente deveria ser dada... Pela direção, pela MAG... Alguém deite a MÃO e SALVE a ARBITRAGEM!

Anónimo disse...

Parece que o BANHADAS anda muito atento e preocupado com as declaraçôes do treinador do Benfica no que diz respeito á arbitragem. pena é, que nunca faça referência ao comportamento intimidatório do treinador do Futebol Clube do Porto. Haja imparcialidade.

Anónimo disse...

Nem brinquem. Apesar de não gostar do Rito, o homem apenas não falou diretamente da arbitragem, a meu ver, para tentar ser politicamente correto para o ABC.

E se falasse desta vez tinha razão, pois a arbitragem em Braga foi muito inteligente a prejudicar o Benfica. Há 2 atacantes ridiculas, um golo do Seabra com falta e passos, onde não pode existir lei da vantagem, 2 min do Inácio são ridiculos, bem como os do Dario no fim, que s evê claramente pelas repetições que não contata com o Carlos Martins de forma a provocar a queda ou falta. Isto já para não falar da marcação de um passivo com 15 segundos de ataque, onde o ataque se estava a organizar.

Foi absolutamente ridiculo!

Anónimo disse...

Paços Nao e com ç e com dois ss seus ignorantes

Anónimo disse...

O Benfica fez um bom jogo. O ABC acabou melhor e agarrou um empate. Muita garra e, grande postura e saber do Carlos Resende.

Neste caso a arbitragem é pormenor.

Deverão os responsáveis do andebol do Benfica compreender rapidamente os sinais do que está de errado, porque o clube, como um dos grande, deve exigir, de baixo para cima.


O Benfica merece.

Anónimo disse...

Onde esteve o ABC do jogo com o Porto. Onde esteve a agressividade do Grilo durante todo o jogo como naquele. É certo que melhorou muito na 2ª parte, mas muito aquém do jogo com o Porto. Queixa-se do ambiente o treinador do Benfica, enfim este senhor ninguém já pode levar a sério. Esqueceu da quantidade de anos e jogos que fez em Braga com o mesmo ambiente. Queixar-se destes árbitros até dá vontade de rir, estes são os mesmos que quando atuam na Luz já começam a ganhar no aquecimento, neste jogo durante a 1ª parte empurraram sempre o Benfica e depois estranharam a alteração de critérios da 2ª parte. Isto demonstra a falta de categoria desta dupla. O sr. Rito é um dos responsáveis pelo desaparecimento de uma das duplas mais promissoras dos últimos anos. Fosse assim com os treinadores e ele já tinha ido para bem longe.

Anónimo disse...

O Horta para o grupo A. Belem é fraco, Passos é fraco e o Madeira está muito fraco.

Anónimo disse...

Dei o tempo por bem empregue ao ver o ISMAI-Sporting e fiquei com a sensação que há jovens que vão dar que falar. O nosso ventura está cada vez mais desenvolto e sábio a jogar. Abençoada hora que veio e só tenho medo que o levem. No ISMAI os jovens podem evoluir nos estudos e andebol ao mesmo tempo. Notaram no Rei que com aquela idade pode dar que falar? Nos leões a quem dou parabéns por estarem a fazer época exemplar notei na união da equipa. O jovem Sérgio parece ávido e concentrado e em contra-ataque é felino mas esta de jogar nas duas pontas exige muito. Adorei o Portela que conheço á anos. Evoloíu muito e pode ser o n. 1 na seleção. O Rui daqui a uns anos é o melhor em Portugal. Que central maestro.

Anónimo disse...

Obrigado ao canal A Bola Tv por dar jogos de andebol em boas condições. Sou suspeito e não escondo a minha simpatia por ABC e Sporting sendo até sócio do primeiro. O ABC só não ganhou o jogo porque este não demorou mais três ou quatro segundos. Não sei de que falava o Tr. do Benfica mas as imagens de Tv podem mostrar-lhe a verdade. O mais beneficiado é sempre o Porto todos sabemos. Se calhar eles querem o mesmo. O número 7 do benfica "cavou" pelo menos uns três livres de 7 metros e quexam-se? Quando estiveram a ganhar por uns cinco ou mais não souberam fazer as coisas... Depois é nítido que Resende esse grande jogador e melhor de todos os tempos deu a volta com sagacidade e argucia. Oxalá o Ritinho não volte porque treinador melhor... eu não conheço! Está a formar equipa sólida e exige-se tempo e dinheiro. Todos sabemos que o segundo anda pelas ruas da amargura.
Viva o ABC e sua tradição no andebol!

Anónimo disse...

grande transmissão da aeismai tv de facto, algo vai mal no ismai com muitas saidas em 2014.

Já agora quem pensava que o Prof. Luís Santos era melhor que o Paulo Sá enganou-se estão a jogar pior e já não era fácil.

Anónimo disse...

Estou estupefacto com as noticias desta tarde dando conta que o Benfica contratou o Hugo Figueira guarda-redes do maia andebol. A isto chama-se gastar á maluca pois quem tem o melhor nessa posição devia escusar-se de fazer rir os outros. Anos a gastar para nada em títulos. No sábado foi uma vergonha ver o Nuno Grilo híper motivado e os nossos atrofiados depois de cinquenta minutos. deixem de andar a ser falados por supostas contratações de juniores do sporting e sobras dos murcões. O que conta é FORMAR uma equipa e trazer a mesma motivada. Os apitarolas erraram mas até foi para os dois lados e com tanto penalty (L 7 M) não ganhar é um insulto a quem vos paga. Aquele russo que certamente nem dá para fazer de estátua de Estaline o que faz? Ou melhor não faz nada e ganha a rodos. O Elledy Semedo era bom no Belenenses mas só agora se vê alguma coisa. È muito pouco para o que ganha e metade dos golos foram 7 M. Mudem os diretores da secção que estão á muitos anos a mamar. Queremos jogadores que corram e tenham vida condigna para praticar andebol. O campeonato está perdido e sem competições na europa. Já não bastava os dois árbitros expulsos da modalidade por gozarem connosco na NET e agora é isto. Não vai tardar que os murcas preguem a partida aos gatos de alvalade e são campeões. Vergonha das vergonhas. SLB4efer

Anónimo disse...

O modo como o Passos Manuel se prepara para se calhar ficar no grupo A do andebol 1 é exemplar! Eis um clube onde tudo é feito e melhor que outros. Não abunda o Money mas há vontade a valer. Há poucos clubes com tanta formação e se calhar não é por acaso que em juniores lutam pela fase final onde outros estão mais bem equipados.

Anónimo disse...

Eu acredito no Madeira, vamos ganhar ao Sporting, ao Benfica e ao Aguas Santas.

Anónimo disse...

Anónimo do dia 27 de Janeiro de 2014 às 23:38:

Você sofre de glaucoma, cataratas, miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia ou qualquer outra patologia relacionada com o globo ocular?
É que o ABC se não tivesse a garra do jogo com o Porto (e da maioria dos jogos) e se o Grilo não estivesse como nesse jogo não tinha carregado a equipa na 2ª parte...
Garanto-lhe que não precisa de esperar pelo próximo jogo com o seu Porto para ver os miúdos jogar com garra. Está convidado a vir ao F S Leite no próximo jogo...

Anónimo disse...

O benfica é uma vergonha, deviam ver os orçamentos das outras equipas, tudo a reduzir e o benfica a investir a investir, quantos campeonatos ganhos? Nada. Agora vão buscar um gr (não está em causa o seu valor) que foi dispensado pelo alto valor recebia. É só dinheiro. Olha-se para baixo, formação, e todos os anos vão buscar mais de 15 jogadores, para quê? Estragar as outras equipas para dominar na formação e depois que fazer com eles, nos séniores não entram, os que lá estão são muito craques e a aposta é sempre em outros. Responsáveis pelo SLB, olhem para o Andebol que necessitava de uma grande vassourada, a começar pela secção (dirigentes, coordenadores, etc...) é só €€€€€€.

Anónimo disse...

Avanca é as duas de cada vez...parabens pela equipa!!!

Anónimo disse...

Este fim de semana vi dois jogos o de braga, com a dupla de arbitros igual a ela propria arrogancia de sempre e a fazer o resultado,(acho que deviam de levar mais um apertao como levaram em belem )devem ter complexos por serem madeirenses tem a mania que sao portugueses de segunda e depois vem ao continente dizer quem manda é a gente.
O outro jogo vi ao vivo na Quinta de Marrocos e digo que o Passos Manuel teve no seu nivel habitual , o Belem nao se esperava outra coisa pois desde que o homem que foi jogador do Aguias de Campo Ourique tomou conta daquilo nao se esperava outra coisa a luta pela descisda de divisao.
Quando equipa de arbitragem nada a dizer.

Anónimo disse...

O Benfica provou mais uma vez que no seu ADN o andebol não existe!Em todas as modalidades gasta a valer mas o andebol começa a chamar a atenção, pela ilógica das contratações e, desaparecimento de troféus que disfarcem gastos. O sr. Rito foi quase unanimemente, considerado o fazedor de equipas e, agora desaprendeu? Há jogadores que, quando noutros clubes parecem loucos a jogar e, aqui estão inibidos? De quê e porquê? O mal começa logo na formação, onde se permite demasiado amadorismo e, falta de filosofia de viver o clube! O que ganhamos nos últimos anos? Quantos jogadores passaram para a equipa principal? Como se não bastasse criou-se a equipa "B" que, nada tem de especial mas, gasta muito para além de ter um director que, veio de Leiria e era Sportinguista! Depois damos tanto jogador á seleção e, todos dizem que temos equipa e banco mas, afinal aqui nada funciona!Quando se tem dois jogadores por posição e, o melhor treinador, temos de perguntar o que falta! Será condições? È que aí, são os outros todos e em peso, a dizer que temos dois pavilhões! Então o que está mal? Existe algo que possa roubar-nos pontos a toda a hora? Será como no futebol onde um sistema controlado permite que, mesmo com provas haja inimputáveis? Temos de meter a mão na consciência e, analisar o quanto somos favorecidos e prejudicados. Há quem no calor dos jogos pressione e consiga resultados? Há! Mas, não explica tudo. È verdade que o pavilhão das antas tem algo especial. Outra pergunta é como é possível nunca haver pavilhão cheio. Sr. director de modalidades chame o presidente do clube que, tudo tem dado e dotado o clube, de tudo do melhor e tomem uma decisão! Já se mudou tudo e todos, falta mudar vocês! Faça-se uma purga e resolva-se anos de desilusão e fracasso!
Sócio do S. L. Benfica e pagante de quota das modalidades a aguardar resposta prática.

Anónimo disse...

O Benfica bateu no fundo...
Mas, há quanto tempo? È que, agora já se arrasta!
Depois de estar a ganhar por cinco em Braga ao ABC e ter permitido o empate que só não deu vitória porque por sorte o jogo acabou segundo depois de a bola entrar na sua baliza ontem tentou-se desviar atenções...
È terrivel a situação de não se mudar estes tristes dirigentes sobretudo o diretor do andebol. Agora pasme-se com o anuncio de Hugo Figueira para a baliza quando existe no plantel o melhor G redes do campeonato. E qual o ponto fraco da equipa se não a ponta direita onde não houve dinheiro para Tavares que deixou o andebol. Andamos á deriva. Será que com tanta instabilidade vamos ao menos á europa?

Anónimo disse...

Depois de se deixar empatar em braga com o ABC local o treinador do benfica de lisboa esqueceu-se de quando em momento chave dum certo jogo fora foi ajudado. Não é só falar da pressão dos seguranças do pavilhão do f.c.porto. Será que este senhor tem inveja de não ver o pav. do seu clube nem por meio? O senhor é um grande treinador com provas dadas mas não escolha caminhos obscuros. Quer ser como o do f.c.porto que passa a vida a vociferar fazendo estar a falar para o campo mas afinal em direção á mesa. Ou será que são iguais tendo poderes diferentes? O do f.c.porto quando perde também é sempre por azar ou pelas arbitragens. O que pretende sendo do clube com mais influência nesse meio e outros? Todos sabemos á muito tempo. Seja um homem. A culpa até nem é sua mas dos diretivos incompetentes. São talvez pequenos demais para um clube demasiado grande dum país pequeno e tacanho. Sou adepto da Ass. Acad. Águas Santas e até teremos de jogar com o ABC pelo quarto lugar mas gostava de lhe avivar a memória. Sou livre e isso permite-me dizer que mesmo nesta situação o A. A. Aguas Santas e o ABC são clubes a respeitar onde se contam centavos e se formam homens. Obrigado.

Anónimo disse...

Sou praticante juvenil de andebol no Clube Desportivo Paço D`arcos. Gosto de andebol na televisão ou PC e é bom para aprender. Os meus parabéns ao Sporting C. P. por estar á frente do ANDEBOL 1 nossa principal competição. Dos três clubes grandes é o que tem sido mais equipa e sem ser beneficiado. Para além de alegres e serem um grupo nunca os ouvi protestar com alguma coisa depois duma derrota. Se calhar há jovens na minha idade que precisam de exemplos assim. Só tenho pena de apesar de jogar noutra posição não terem o P. Solha em forma. Para mim o Guarda-redes é o melhor em Portugal apesar de gostar do Laurentino ou do Hugo. Nos jovens gosto do Espinha e lá fora o Omeyer de França.

Anónimo disse...

Que mistério haverá na nossa casa que não se vê nada que nos alegre? Todos os meses trocamos algo mas se calhar o mal está em quem dirige. Vá embora senhor Gomes e nunca mais volte! Depois da vergonha em Braga contrata-se um guarda-redes que os lagartos mandaram embora por ganhar muito? E eles ficam com um nosso que agora parece ser o melhor e já é titular da seleção nacional? Paga-se loucuras para vermos quem só lute em metade dos jogos? Regular só mesmo o Carlos Carneiro. Demitam-se ou haja quem vos demita!

Anónimo disse...

O nosso andebol é amador e basta vermos a entrevista de João Pinto a Bola Tv aqui á uns dias. Dispensado pelo Sporting porque não podiam pagar ordenados incomportáveis para o clube foi para a Alemanha. Diz ele que na segunda divisão alemã tem jogos em que lhe dá prazer jogar por haver entre duas a três mil pessoas. Que há vários passatempos antes dos jogos. Na nossa primeira há por vezes deficit e não dá para pagar a luz e água! Todos sabemos que não há interesse e de antemão sabemos quem vai vencer nos momentos de decisão e aperto... Valerá a pena ir aos pavilhões ver "isto"? A nossa culrura (?) desportiva só comtempla o desporto do pontapé na bola. Que futuro terão os jovens que se iludirem "nisto"?
Quem viu o europeu de andebol notou em bancadas com quinze mil pagantes. Quando haverá "daquilo" em Portugal? Abençoados os que forem á procura do profissionalismo e largarem a palhaçada do And 1. Já notaram que nas escolas os miúdos não sabem o que é andebol? Dirigentes máximos tomem atenção porque assim não haverá seleção.

Anónimo disse...

Triste realidade a do Benfica que nada ganhando contrata até os que são anti-Benfica. Tira jogadores aos outros e ainda cria uma equipa B de andebol. Espéctaculo! Carnaval? È que só se vê um jogador sempre e poucos ás vezes. Depois só se vê o treinador dos juniores apresentar algo pese não ganhar nada. È para continuar? Mais um ano onde não se vislumbra nada de bom em todos os escalões. Vamos ter coragem e começar tudo de novo desde formação sem amigos e curiosos e séniores a lutar para ganhar. Fora com velhos e gastos dirigentes de cáca e ideias ultrapassadas.
Já me arrependi de pagar a quota de modalidades.

Anónimo disse...

Perante o que lemos aqui sobre investimentos e jogadas sujas até me custa a acreditar que o Sporting esteja em primeiro. Quando chegar a altura de decidir imagine-se o que farão alguns para disfarçar más governações etc... etc...
Ainda me custa a acreditar mas gostava que ficássemos em terceiro este ano embora se possível fossemos segundo ou campeões. Não era milagre mas tenho visto os jogos em casa e aplaudo esta equipa que no início de época foi até gozada. Com tanta dificuldade o que eles teem feito é já um sonho. Lutem que nós aplaudimos.
Membros da Claque Oficial das Modalidade- COM Modalidades Sporting

Anónimo disse...

É triste ler os comentários sobre o SLB, pelo menos serão motivo para pensar e encontrar-se soluções para o que não estará bem.

A cultura, o respeito pelo clube por parte dos atletas e o carácter, reforçam-se e desenvolve-se desde logo na formação. O rigor e a disciplina aplicam-se, sem excepções, porque a duvida, a protecção e a inconsequência é meio caminho para se perder atletas em formação.

O melhor para clima de construção do ADN de um clube é o exemplo a dar e todos acreditarem nos mesmos princípios do Jogo.



Anónimo disse...

Benfica:

Olhem efectivamente os jogadores com potencial em formação que representarão o futuro do clube.

Por vezes nas justificações, vontades e apostas erradas, perde-se outros jogadores.

Haja coragem.

Anónimo disse...

vai-te "catar" ó Passos Manuel.
Rabo frio, postes pelo meio e 5 euros por bilhete!
Espera por mim sentado a apoiar a tua equipa contra o Porto.
Fico a ver na tv.

um adepto