gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Crónica de Fim-de-semana – 15 – 2013 / 2014 - IV

Cronica possível, dedicada à PO04, no seu formato normal de duas zonas em simultâneo, diga-se, que é a prova do calendário Nacional que mantem uma maior regularidade, embora a competitividade seja bastante duvidosa. 
 
PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.
 
Zona Norte 
16.ª Jornada
CA Leça 25 - 26 FC Gaia
Santo Tirso 29 - 26 AC Fafe
São Bernardo 33 - 22 AD Sanjoanense
FC Porto 22 - 25 ABC.
Xico Andebol 27 - 25 Águas Santas
Ismai 25 - 22 São Mamede
 
Jornada marcada pela realização do encontro entre os dois primeiros classificados e grandes favoritos ao apuramento para a Fase Final, um sensacional FC Porto / ABC, que terminou com a vitória da equipa minhota, confirmando o resultado obtido na 1.ª volta, num encontro totalmente comandado pelo ABC, que com este resultado reforçou a sua condição de comandante da zona, agora isolado. Esta 5.ª Jornada da 2.ª volta comtemplava ainda alguns encontros com interesse, como por exemplo o Xico Andebol que recebia o Águas Santas, e que ao vencer confirmou o resultado conseguido na 1.ª volta, mas a equipa vimaranense passou por grandes dificuldades, chegando a estar a perder, mas reagindo sempre. Foi um dos encontros que teve relatório disciplinar, o que será sempre de lamentar, com este resultado a equipa do Xico Andebol, reforça o 3.º lugar na classificação na zona reforçando também ele a sua candidatura á discussão por um lugar na Fase Final. No único jogo da zona onde existiu uma equipa que retificou o resultado registado na 1.ª volta o Ismai venceu o São Mamede, num de grande equilíbrio, como prova o resultado que se verificava ao intervalo, uma igualdade a 9 golos. Para esta vitória do Ismai muito contribuiu André Rei com os seus 10 golos. Em Santo Tirso a equipa local recebeu o AC Fafe e voltou a vencer tal como já o tinha feito na 1.ª volta, foi um jogo que comandou a maior parte do tempo, permitindo aproximações no marcador mas consolidando a sua vitória na parte final do encontro. Em mais um encontro onde existiu relatório disciplinar, com três (3) desqualificações diretas, o que será sempre de lamentar, o FC Gaia foi a Leça confirmar a sua vitória da 1.ª volta, só que desta vez num encontro de grande equilíbrio no resultado final (diferença mínima). No entanto a equipa de Gaia vencia no final dos primeiros 30 minutos por 16-7, o que é plenamente demonstrativo da forma como decorreu os segundos 30 minutos. Por último tivemos um dérbi Aveirense com a disputa do São Bernardo 7 AD Sanjoanense, que terminou, tal como na 1.ª volta com a vitória do São Bernardo por números que não deixam duvidas, quanto á justiça da sua vitória. Apenas se lamenta que este seja o único encontro sem Boletim de Jogo,no momento da elaboração desta crónica. Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º ABC (46 pontos), 2.º FC Porto (44 pontos), 3.º Xico Andebol (40 pontos), 4.º São Bernardo (36 pontos), 5.º Ismai (33 pontos), 6.º Santo Tirso (32 pontos),7.º Águas Santas (30 pontos), e 8.º FC Gaia (29 pontos).
 
Zona Sul
13.ª Jornada
Benfica 36 - 24 Vitória FC
Juventude Lis 18 - 22 Alto Moinho
Boa Hora 30 - 36 Passos Manuel
GS Loures 11 - 40 Sporting
Belenenses 31 - 20 ADC Benavente 
 
Nesta zona um dos factos mais salientes foi a ausência de relatórios disciplinares e todos os jogos, o que na nossa opinião é um dos fatores mais positivos, e nunca será por demais salientar com agrado. No entanto temos de criticar e fortemente os horários de marcação de jogos nesta zona, com a maioria dos jogos a serem disputados em horários impróprios (12H00), na nossa opinião. Nesta jornada que correspondia á 4.ª jornada da 2.ª volta, apenas em dois jogos se verificou a retificação dos resultados obtidos na 1.ª volta, sendo que o mais saliente foi sem dúvida nenhuma a expressiva vitória do Belenenses sobre o Benavente, que no entanto apenas foi consolidada no segundo período do jogo já que ao intervalo registava-se um escasso 15-13 a favor dos homens do Restelo. Com esta vitória a equipa do Belenenses mantem-se como uma das principais equipas na disputa do apuramento para a Fase Final. O outro encontro em que o resultado foi retificado, registou-se em Leiria onde o Alto Moinho foi vencer a Juventude Lis. Nos restantes jogos apenas de registar que o Passos Manuel ao bater o Boa Hora na condição de visitante continua a tentar continuar na discussão por um lugar na fase de apuramento, o que se nos afigura bastante difícil, para esta sua vitória muito contribuíram o Leonardo Simoa e o Gonçalo Brito com 10 golos cada. O Benfica venceu com relativa facilidade o Vitória FC, mantendo-se assim como a única equipa invicta na prova (englobando as duas zonas), esta vitória tem o seu significado depois das grandes dificuldades sentidas no jogo na 1.ª volta em Setúbal. Por último, o Sporting venceu sem quaisquer dificuldade o último classificado da zona, para se ter uma noção dos desequilíbrios existentes e da falta de competitividade existente nesta prova, basta dizer que o último classificado na zona, apresenta um saldo negativo do 160 golos nas contas do deve e haver entre golos marcados e sofridos. Por fim devemos salientar o facto de nesta zona todos os boletins de jogo estarem completos (finalmente). Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º Benfica (39 pontos), 2.º Sporting (37 pontos), 3.º Belenenses (31 pontos), 4.º Passos Manuel (30 pontos), 5.º ADC Benavente (26 pontos), 6.º Vitória FC (25 pontos), 7.º Juventude Lis (22 pontos), 8.º Alto Moinho (20 pontos).
 
O Noticias

11 comentários:

Anónimo disse...

e ninguém para o André rei, ninguém para o Andre rei... Go Barbie boyfriend, dont stop mais 10 selos .

Anónimo disse...

ufa ate q enfim um post que não vai ter o Papa Lima a vender o filho como se fosse mercadoria... Ja n ha paciencia de post atras d post o Miudo Lima isto e aquilo...

2 golos ao ultimo da classificaçao... uauuuu que craque..

Deixe o seu filho evoluir com calma.
O andebol não e vida.... preocupe-se mais com o estudos...

Anónimo disse...

Uma vez mais os manos Roque do Xico a fazerem aquilo em que são peritos arruaça.
Se houvesse um pinguinho, repito um pinguinho de vergonha nos dirigentes do Xico nunca jamais regressariam ao clube assim cá estão no seu melhor a dois como no jogo com o Porto ou só um como no ultimo jogo contra o Aguas.
Gente desta devia ser banida da modalidade.

Anónimo disse...

Em resposta ao anonimo que fala do Manel meu primaço so te digo que es um invejoso de treta pois o Manel so jogou os ultimos 5 minutos topas morcao,depois realmente em 5 minutos causou 2 sete metros e marcou 2 golos alem disso no dia anteror contra os seniores do Aguas santas marcou 6 golos oh labrego inbejoso

Anónimo disse...

Força Regi es o MAIOR,bom jogo do Xavier

Anónimo disse...

Boa tarde e para informar que tenho imensa pena das pessoas que utilizam este meio para tentar denegrir os atletas os pais dos atletas os dirigentes enfim....se existe tanta certeza naquilo que dizem porque nao dizer na cara pessoalmente, na maior parte das vezes a critica pode ser construtiva e util agora vir falardos Roques dos Limas enfim se calhar daqueles que mais se evidenciam .

Anónimo disse...

Manos Roque peritos em arruaça ..que comentário mais estupido!

Anónimo disse...

Os grandes jogadores já estão a abandonar o barco, chegaram para estragar agora abandonam o barco, n querem ir ao fundo ...assim são pseudovedetas

Anónimo disse...

Quanto ao mini central Lima a certeza é que vai acontecer o mesmo que a um que foi considerado a maior promessa do andebol encarnado. Madureira! Recuem uns anitos. Hoje nem se sabe onde joga. Coitado. Bem finge e dá gritinhos mas nada de importante. Ainda por cima vai ver o papá ser expulso de pavilhões porque não sabe conter-se apesar de árbitro.

Anónimo disse...

Irrelevante comentar jogadores e conjecturar com tom inadequado, porque o que verdadeiramente interessa é o valor real dos jovens atletas.

Leva a pensar...sem distracções, sobre o importante, a evolução dos jovens, opções dos clubes e o futuro da modalidade, onde muitos poucos atletas de formação alcançam o escalão maior, certamente por responsabilidade de outros. Sem espaço, convidados a evoluírem noutros clubes. Ficam pelo caminho.

Vê-se jogadores com qualidade no banco, sem oportunidade e tempo de jogo, e outros com questionável visão de jogo e ainda sem sabem correr, serem projectos de treinadores.

Anónimo disse...

Mais do mesmo já assim era no clube dos pasteis agora no do Boa Hora é igual tudo por interesse...jogam os filhos dos dirigentes os filhos dos amigos, os amigos dos amigos...