gal vence

Liga dos Campeões Europeus Sporting Perde por 33-29 - EHF CUP FC Porto Vence vence Eliminatória, Benfica perde por 26-21, e é eliminado - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Crónica de Fim-de-semana – 17 – 2013 / 2014 - II

Crónica possível dedicada á PO02. Em mais uma jornada em que não existiram jogos adiados, o que é de saudar, a bem da verdade desportiva.
 
Felizmente foram raros os boletins de jogo incompletos. Mais uma semana em que, estão todos contabilizados e refletidos nas classificações, o que se saúda.
 
PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Zona Norte – Resultados
18.º Jornada
FC Porto "B" 25 - 23 Académico FC
Fermentões 28 - 27 AD Sanjoanense
Marítimo 25 - 24 Modicus
São Bernardo 2921 SP Oleiros
FC Infesta 18 - 32 Xico Andebol
FC Gaia 22 - 32 Santana
Santo Tirso 34 - 19 São Mamede
 
A disciplina que se tinha verificado na jornada anterior, infelizmente nesta já não se pode dizer o mesmo, pois o número de jogos com relatório disciplinar aumentou. Já e relação as boletins de jogo, felizmente boas noticias pois apenas um boletim de jogo incompleto se verificou, o que se saúda com satisfação. Jornada marcada ainda pela não existência de adiamentos, o que torna a competição certamente com a verdade desportiva ais saudável. O Santo Tirso, que na jornada anterior tinha cedido um empate diante o último classificado, desta feita venceu um dos mais fortes candidatos á discussão dos lugares de acesso á Fase Final o São Mamede por números completamente esclarecedores, retificando o resultado verificado na 1.ª volta (foi o único encontro da zona com um número de espectadores considerado bom). Em Fermentões a equipa local venceu pela diferença mínima, uma AD Sanjoanense, que nem parecia ser uma equipa do fundo da classificação, e engane-se quem julgue que o encontro foi dominado pelos locais, pois sabemos que os homens da Sanjoanense, chegaram nos segundos 30 minutos a estar a vencer por 5 golos de diferença. De destacar os 11 golos de Ricardo Pinho da Sanjoanense, foi o encontro com maior indisciplina 3 (três) desqualificações diretas. Num encontro onde se verificou uma retificação do resultado da 1.ª volta, o Santana foi vencer a Gaia a equipa local, por números surpreendentes, num encontro disputado em família, onde o destaque vai para os 10 golos de Gustava Almeida que em mito contribuíram para a vitória da sua equipa. Num dérbi aveirense, o São bernardo também retificou o resultado obtido na 1.ª volta, vencendo o último classificado, sem qualquer dificuldade (Boletim de jogo incompleto). Em mais um encontro disputado em família (45 espectadores), o Xico Andebol na sua deslocação a Infesta, venceu facilmente o FC Infesta, num jogo de sentido único, com os vimaranenses já a vencer ao intervalo por 20-5. Na Madeira disputou-se um dos jogos mais equilibrados da jornada, com a equipa local que na1.ª volta tinha ido a Sandim vencer com grandes facilidade, a ver-se em “papos de aranha” desta vez para vencer o Modicus apenas pela diferença min ima com uma igualdade a 11 golos a registar-se no final dos 30 minutos iniciais do jogo. Outro dos fortes candidatos á discussão dos lugares de acesso á Fase Final, o FC Porto “B” viu-se e desejou-se para vencer a equipa do Académico FC, com os homens do Lima a vencerem ao intervalo por 16-13, para esta vitória muito contribuíram os 11 golos de Carlos Ribeiro do FC Porto. Após a realização desta jornada a classificação ficou assim ordenada, (apenas até ao 6.º Lugar): 1.º Xico Andebol e Santo Tirso (49 pontos), 3.º São Mamede (45 pontos), 4.º FC Porto “B” (42 pontos – 1 jogo), 5.º CCR Fermentões (40 pontos), 6.º Marítimo (38pontos - 1 jogo). 
 
Zona Sul – Resultados
18.ª Jornada
CDE Camões 19 - 20 Benfica "B"
IFC Torrense 20 - 13 Vela Tavira
Samora Correia 26 - 29 CD Marienses
Ílhavo 23 - 23 Sismaria
Ginásio Sul 34 - 24 NA Redondo
ADC Benavente 26 - 26 Vitória FC
Boa Hora 31 - 26 Alto Moinho
 
Nesta jornada, onde se verificaram mais casos de indisciplina do que seria desejável (3) é uma situação que teremos de salientar pelo seu negativismo. Não se verificaram grandes surpresas, verificando-se no entanto que algumas equipas (poucas) retificaram os resultados obtidos na 1.ª volta desta Fase. No pavilhão Moniz Pereira íamos tendo surpresa com a “super favorita” Benfica “B” vencer pela diferença mínima, num jogo disputado com grande equilíbrio, e com os liceais a vencerem ao intervalo por 10-7. Com este resultado e na presença de mais uma igualdade obtida pelo ADC Benavente em casa com o Vitória FC, repetindo a igualdade verificada no encontro da 1.ª volta, e para a qual muito contribuíram os 13 golos de Ricardo Barrão, constata-se que o Vitória FC vem efetuando um gradual aumento de produtividade (único Boletim de jogo incompleto). Mais uma igualdade se verificou, desta feita no Ílhavo com o Sismaria, num jogo de total equilíbrio até pelo resultado verificado ao intervalo, 15-14 a favor da equipa da Associação de Aveiro, num encontro disputado num recinto praticamente vazio de público.  Na Torre da Marinha o IFC Torrense venceu o Vela de Tavira, onde nem a mudança de treinador parece estar a ter efeitos positivos, retificando assim a inesperada derrota da 1.ª volta, e face ao número de jornadas que ainda faltam disputar nesta Fase, ainda poderá discutir o apuramento para a Fase Final. Nos restantes encontros verificou-se a confirmação dos resultados registados na 1.ª volta, com os açorianos do Marienses a deslocarem-se a Samora Correia onde venceram, depois de se encontrarem a perder ao intervalo embora pela diferença mínima 13-12. De estranhar a menor afluência de publico a este jogo. O Ginásio do Sul voltou a vencer e com grande facilidade os alentejanos do NA Redondo, tento Zito Magalhães com 12 golos tido um contributo decisivo para a vitória. O Boa Hora ao vencer o Alto Moinho com alguma dificuldade pois o marcador esteve quase sempre equilibrado (14-14 ao intervalo), teve em Pedro Costa com os 10 golos, o seu marcador de serviço. Com este resultado a equipa do Boa Hora mantem-se na discussão para o apuramento da Fase Final. Após a conclusão desta jornada a classificação, ficou assim ordenada até ao 6.º Lugar: 1.º Benfica “B” (52 pontos), 2.º CDE Camões (48 pontos), 3.º ADC Benavente (44 pontos), 4.º Boa Hora (43 pontos), 5.º CD Marienses (40 pontos – 1 jogo), 6.º IFC Torrense (36 pontos).
 
O Banhadas Andebol

16 comentários:

Anónimo disse...

no sao bernardo sao paio de oleiors nao tavam so 45 pessoas mas sim por volta das 150 ta sempre uma boa casa neste pavilhao ...e um clube que ta a querer levantar se e tao a fazer por isso ao apoiarem todos os escaloes sempre em casa ...

Anónimo disse...

ui, a s. mamede foi atropelada? esqueceram-se de ir jogar foi? equipa fortíssima, candidata à fase final. Nos primeiros jogos andavam aí adeptos a cantar de galo que o s. tirso não tinha equipa nenhuma, viu-se!

Anónimo disse...

Ao anonimo das 19h33. O post referia 45 pessoas no Jogo de Infesta. O Jogo de Aveiro em São Bernardo, ao que sei estavam seguramente mais de 250 pessoas, mas foi um jogo sem história porque estava decidido ao intervalo. Já a grande surpresa foi o Santo Tirso, a passar por cima do São Mamede sem do nem piedade.

Anónimo disse...


sul fase final
1 SLB
2 Camoes
3 Benavente


selecção do SUL
GR miguel moreira
GR mario fonseca
Pivot diogo godinho
pivot paulo moreno
lateral ricardo barrao
lateral igor stojanovic
central hugo lima
central joao oliveira
lateral antonio cabaça
lateral tiago santos
ponta tiago ferro
ponta carlos abraul

Anónimo disse...

Belo jogo em Benavente.Um bom andebol defensivo das 2 equipas e um excelente executante - Barrão.
A festa final do Benavente revelou isso mesmo.

Anónimo disse...

E Parece que estalou o chicote no Gaia !!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

" Torrense... e face ao número de jornadas que ainda faltam disputar nesta Fase, ainda poderá discutir o apuramento para a Fase Final."
Duvido muito Banhadas !!!Quem ganha só por 7 , e ainda por cima na nossa casa, o último e que pior andebol praticou neste pavilhão nos últimos anos ( Vela Tavira ), não chega lá

Anónimo disse...

O Torrense não tem condições para assumir o apuramento.

De 1 Torrense disse...

Boa tarde a todos!

Leio com alguma regularidade as vossas crónicas ao PO2 e não consigo compreender quando apontam o Torrense como candidato à fase final. Para quem não saíba, este nunca foi o objetivo do clube para este ano. Deixem-nos sossegados a trilhar o nosso caminho com calma e parem de especular sff

Anónimo disse...

11 de Fevereiro de 2014 às 01:28

Perdoem-me a redundância mas, num desporto colectivo o que é importante é mesmo o colectivo e nesse ponto concordo, os melhores colectivos estão estão em primeiro:

1 SLB
2 Camões
3 Benavente

em termos de Selecção sul - a Selecção de Lisboa é o Benfica (SLB) se eles tem mantido o plantel do início da época provavelmente a final desta divisão seria SLB vs CHICO

Anónimo disse...

"nunca" igual a meio do mês de janeiro

Anónimo disse...

sul fase final
1 SLB
2 Camoes
3 Benavente

concordo plenamente, já para não dizer que é a classificação que mais jeito dá á FAP, agradará decerto aos principais apoiantes da atual direção;
4.º Boa Hora (43 pontos), 5.º CD Marienses (40 pontos), 6.º IFC Torrense (36 pontos). estes três bem se podem delapidar uns aos outros que nada farão para alterar o previamente definido!

Anónimo disse...

Convém não esquecer que o Benfica não pode subir de divisão. Pelo que o 4º classificado sobe.

Anónimo disse...

Não pode subir de divisão, mas vai à fase seguinte! ;) Ocupando uma vaga.

Anónimo disse...

Fermentões levado ao colo!

Anónimo disse...

Em fermentões houve batalha campal uma vergonha um pavilhão sem condições de segurança,preve-se que o mesmo se irá passar no jogo da Taça de Portugal com o Xico Andebol esperemos que as autoridades policiais estejam atentas a este jogo, para a salvaguarda de pessoas e crianças que vão assistir ao Jogo.