gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Geórgia por 48-11 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Crónica de Fim-de-semana – 17 – 2013 / 2014 - IV

Cronica possível, dedicada à PO04, que é a prova do calendário Nacional que mantem uma grande regularidade, embora a competitividade seja bastante duvidosa. 
 
PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.
 
Zona Norte
18.ª Jornada
CA Leça 21 - 29 Águas Santas
São Bernardo 28 - 26 Santo Tirso
Ismai 29 - 31 AC Fafe
Xico Andebol 33 - 23 São Mamede
FC Gaia 18 - 36 ABC
FC Porto 34 - 18 AD Sanjoanense 
 
Já Apurados para a Fase Final - ABC
 
Nesta jornada, pode-se afirmar que o ABC está definitivamente apurado para a fase final a 4 jornadas do fim desta fase. O FC Porto ainda pode ser igualado no mínimo e matematicamente pelo São Bernardo, e então estará dependente do jogo a disputar precisamente na penúltima jornada desta Fase em São Bernardo. O Terceiro lugar de apuramento matematicamente ainda poderá ser disputado por 4 equipas (Xico Andebol, São Bernardo, Águas Santas e Ismai), dando-se a curiosidade de poderem ficar com o mesmo número de pontos 3 (três) equipas no mínimo, o que obriga á aplicação das normas de desempate, ficaremos a aguardar as próximas jornadas para um maior esclarecimento da situação. Tal como na Jornada anterior esta jornada fica marcada pela disciplina, nem um único jogo com relatório disciplinar, um princípio salutar e que nós saudamos. Nos seis encontros disputados apenas 1 (um) possuiu resultado diferenciado dos da 1.ª volta, foi o Ismai / AC Fafe que tinha registado uma igualdade e nesta jornada verificou-se a vitória do AC Fafe fora de portas, com destaque para Vítor Ribeiro do Fafe com 11 golos e para Pedro Almeida do Ismai com 10 golos. Registou-se ainda e saudamos o facto apenas um jogo com o Boletim de jogo Incompleto, foi no São Bernardo / Santo Tirso, que terminou com difícil vitória do São Bernardo, destacando na equipa aveirense mais uma vez Fernando Marques com 11 golos enquanto do lado contrário um João Cardoso com 10 golos.  Em Guimarães o Xico Andebol ao vencer de forma clara o São Mamede, deu um forte impulso nas suas hipóteses de apuramento para a Fase Final, num encontro em que apenas se registou equilíbrio durante o 1.º tempo (16-13). Nos restantes encontros apenas assinalar a forma clara como Águas Santas, ABC e FC Porto, venceram os seus adversários. Mais uma vez de salientar as fracas assistências registadas em alguns dos jogos. Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º ABC (52 pontos), 2.º FC Porto (50 pontos), 3.º Xico Andebol (44 pontos), 4.º São Bernardo (42 pontos), 5.ºÁguas Santas, Ismai e Santo Tirso (36 pontos), e 8.º FC Gaia (31 pontos).
 
Zona Sul

Já Apurados para a Fase Final – Benfica e Sporting
 
15.ª Jornada
ADC Benavente 41 - 36 Vitória FC
Boa Hora - Juventude Lis (Adiado para 23-02-14)
GS Loures 18 - 23 Alto Moinho
Belenenses 25 - 25 Passos Manuel.
Benfica 27 - 27 Sporting
 
Nesta jornada, pode-se afirmar que o Benfica e Sporting estão definitivamente apurados para a fase final a 3 jornadas do fim desta fase. O único lugar em discussão, o do terceiro apurado, está matematicamente ao alcance de 3 (três) equipas (Passos Manuel, Belenenses e ADC Benavente). Uma curiosidade nesta jornada, foi o adiamento de última hora, pois apenas no dia 17-02-14, se verificou a remarcação do mesmo, estamos a referir-nos ao Boa Hora / Juventude Lis, na nossa opinião é mais um adiamento sem nenhuma justificação, e que não se entende! Mais uma vez e tal como na zona norte, também esta marcada zona foi por uma jornada sem casos disciplinares o que será sempre de saudar. E nesta zona nem um único boletim de jogo incompleto, o que será também de saudar pela raridade do acontecimento. Esta jornada era marcada por dois encontros, um por ser um clássico da modalidade em qualquer escalão o Benfica / Sporting, e fica marcado por a equipa do Sporting ao empatar na Luz ser a primeira equipa que faz os encarnados perder pontos, pois eram no conjunto das duas zonas a única equipa que apenas contabilizava vitórias, foi ainda um encontro marcado por um total equilíbrio, com o resultado no fina do 1.º tempo a registar também uma igualdade desta feita a 12 golos. De registar neste encontro os 10 golos concretizados por João Ferreira do Benfica e por Nuno Gonçalves pelo Sporting. No entanto na nossa opinião a grande sensação da jornada foi a igualdade alcançada pelos estudante do Passos Manuel no Restelo diante um dos normais favoritos da zona o Belenenses, mantendo “acesa” a luta pelo terceiro lugar da zona e consequentemente pelo apuramento para a Fase Final, foi igualmente um jogo de grande equilíbrio, com a curiosidade de no final do 1.º tempo também se registar uma igualdade a 12 golos. O ADC Benavente ao vencer em casa o Vitória FC, retificou o resultado verificado na 1.ª volta e mantém-se matematicamente em condições de discutir o 3.º lugar da zona. Destaque neste jogo para José Machuqueiro do Vitória FC que mesmo marcando 14 golos eles não foram suficientes para levar a sua equipa á vitória, e ainda para Fábio Leal do Benavente com 10 golos. O outro encontro disputado não teve grande história com o Alto Moinho a vencer o último classificado da zona que por sinal é a única equipa das duas zonas sem qualquer resultado positivo, apenas tendo derrotas averbadas. Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º Benfica (44 pontos), 2.º Sporting (42 pontos), 3.º Passos Manuel (35 pontos), 4.º Belenenses (34 pontos), 5.º ADC Benavente (30 pontos), 6.º Vitória FC (28 pontos), 7.º Juventude Lis (- 1 jogo) e Alto Moinho (24 pontos).
 
O Noticias

16 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns pela crónica, mas rectificar uma coisa:
o jogo Ismai com Fafe realizou-se em Fafe, apesar da ordem do mesmo.

Saudações

Anónimo disse...

Jogo SLB com o SCP, com bons momentos, competitivo. Alguns bons jogadores: o Edilson Araújo, o Nuno Gonçalves, o Hugo Lima, o Tiago Ferro, João Ferreira... SCP com equipa que parece mais jovem, o SLB um degrau acima, aparentemente com mais recursos.

A baliza do Sporting precisa de mais segurança e a 2ª linha ofensiva das equipas com jogadores com limitações, por mais que se insista.

Anónimo disse...

Miseravel a forma como esta equipa de Juniores do Ismai e conduzida.Jogadores com potencial , alguns já demonstrado com chamadas às selecções nacionais respectivas.
Técnico sem cultura Ismai,dando espectáculos particulares de mau gosto na orientação dos jogos.
Uma pena.

Anónimo disse...

o primitivo do treinador do gaia, vem colecionando sucessos.

Anónimo disse...

O analista vai ter de voltar á escola primária porque a sua matemática está um pouco enferrujada.
Então explique lá porque segundo as suas contas, excluiu o Ginásio da possibilidade de chegar ao terceiro lugar.
De facto se calhar teria incluído não tivesse acontecido que no jogo com o S.Bernardo uma parelha de asnos, e chamo-lhes assim para não lhes chamar filhos da ... não tivesse estado presente.
Toda gente tem histórias para contar nas idas a S. Bernardo mas domingo foi demais.
Uma arbitragem miserável ao nível do mais ordinário, rasca e incompetente que se possa imaginar.
Se a justiça divina, porque a humana trataria o assunto de outra forma, existir espero que se encarregue de lhes perseguir a consciência recordando-lhes o despudor que exibiram.
Dito isto o S. Bernardo tem uma excelente equipa muito bem trabalhada e, embora menos, também foi prejudicado pela azelhice das criaturas.
A luta pelo terceiro lugar será entre a Associação de Aveiro e a de Braga e o que se passou no pavilhão do S. Bernardo já foi um reflexo disso.
Aos senhores arbitos se um dia aparecem por S. Tirso, não é fácil porque coincidência ou não pertencem á Associação de Aveiro, não deixaremos de os receber com a pompa e circunstância que merecem e num sinal de cortesia da nossa parte terão ao dispor um lanche a adequado á sua condição, DOIS FARDOS DE PALHA.


Anónimo disse...

QUE BELA ARBITRAGEM A DO BENFICA-SPORTING...
PARECE QUE O TRABALHO DO HOMEM DO NARIZ VERMELHO ACOMPANHANDO O MARREIROS DÁ FRUTOS. A BAILARINA HUGO E SUAS FALTINHAS E MAIS FALTINHAS. DEPOIS O N. 11 FEZ O HABITUAL BATE E ENTRA DE LADO E QUANDO NÃO DÁ CÁI! MESMO ASSIM SÓ EMPATARAM. QUE DESESPERO PARA SEREM CAMPEÕES. SERÁ DESTA?

Anónimo disse...

"Toda gente tem histórias para contar nas idas a S. Bernardo mas domingo foi demais.
Uma arbitragem miserável ao nível do mais ordinário, rasca e incompetente que se possa imaginar." - porque será sempre assim em S. Bernardo? Impunidade meus senhores! Esta gente goza de uma impunidade e goza com toda a gente. Ainda agora no jogo de Juvenis B com o S. Paio de Oleiros, deram-se ao luxo de ter um dirigente castigado no banco e nada lhes acontece.
Miserável!

Anónimo disse...

Mais um grande resultado do Ismai liderado pelo Master Jorge Costa, que craque o Prof. Serafim é que era mau. Vejam os resultados no Santa Joana.

Anónimo disse...

bom jogo o do slb-scp na luz pena é que o treinador do benfica quando as coisas nao correm bem despara contra os arbitros pede um minuto para falar com os jogadores e vai falar com arbitros o ponta esquerda passa o jogo todo a mandar vir com arbitros e o gordo a tra da baliza que e um parasita do andebol sempre a chamar nomes aos arbitros mas nao ha ninguem com coragem de chegar a luz e por aqueles gajos em sentido ha ja me esquecia que o presidente do C.A.e do benfica

Anónimo disse...

Ao Sr/Sra do fardo de palha, devo-lhe dizer que o S. Bernardo nada tem que ver com arbitragens.
Que nao me parece que tenhamos sido beneficiados e segundo sei os adeptos da sua equipa ate pedras tentaram atirar aos arbitros no final do jogo.
Belo exemplo!
Gente dessa e que nao faz falta nenhuma no nosso desporto!

Anónimo disse...

É triste os comentários com incorrecções constantes com referências a pessoas e clubes. Sim, opinar ou analisar jogos e factos com postura faz parte do desporto.

Bom Jogo Sporting Benfica.

O problema é quando alguns agentes desportivos e os públicos não entendem que determinadas atitudes e posturas nos treinos, nos jogos e nas bancadas contribuem para a desinformação desportiva, adulteração do que é a formação e o bom exemplo para os jovens andebolistas.

Creio que por outras bandas o Andebol é um desporto nobre, de espectáculo, com estatuto elevado, onde as incorrecções são profundamente censuráveis e não acolhe adeptos, por existirem outras referências culturais.


Anónimo disse...

Parabéns aos senhores que mandaram aqueles dois cromos andar de apito na boca durante o jogo benfica-Sporting. Se havia dúvidas elas dissiparam-se. A parte que gostei mais foi ver o treinador do benfica em constante diálogo. Boa! È bonito da vossa parte assumirem-se. O ano passado até conseguiram num dos jogos expulsar um jogador que, nos dez jogoa anteriores tinha um cartão amarelo e duas idas ao banco por dois minutos. Pena que, um dos curiosos do apito nem ao menos saiba correr! Deficiente locomoção mas, conseguiu ser "árbitro".

Anónimo disse...

Ao anônimo das 11:31 os brasileiros usam uma expressão que assenta que nem uma luva para classificar o seu comentário dizem eles que esse tipo de conversa é música para adormecer boi, os portugueses costuma dizer engana-me que eu gosto.
Quando um dos asnos invalida, a menos de um minuto do fim o golo de empate, considerando atacante sobre dois defesas plantados dentro da área estava a beneficiar quem, quando validou o ultimo golo da vossa equipa em dupla infração, passos, seguido de um drible e novamente passos estava a beneficiar quem?
Quando uma das criaturas disse a um dos nossos atletas que na regra dos apoios o atacante se estiver a sofrer falta pode dar 4 passos estava a beneficiar quem?
Sobre a história das pedres o senhor ouvir dizer como também poderia ter ouvido que um dos nossos apoiantes puxou de caçadeira ou de navalha de ponto e mola.
De aqui por algumas jornadas ainda o hei-de ver exprimir aqui a sua indignação contra arbitragens incompetentes quando a sua equipa for empurrada para fora da zona do apuramento aí talvez o senhor sinta a mesma revolta e nojo que eu senti perante aquilo que os meus olhos presenciaram.

Anónimo disse...

Nojo???? Tenham vergonha e pensem no espectaculo que deram.
Vi um bom jogo com uma arbitragem razoavel.
Um bocado mais de educacao e decoro ficava lhe bem!
S. Bernardo sempre!!!

Anónimo disse...

Ao anónimo do 21 de Fevereiro de 2014 às 20:08
A mim ninguém me disse, eu vi uma senhora com 1 pedra para atirar ao carro dos árbitros e tiveram que lhe chamar a atenção para possibilidade de atingir outros carros.

Anónimo disse...

Com particular atenção li publicação sobre novos talentos de Andebol em Portugal.

Fica a seguinte nota:

Que não fique a duvida, que o talento para a alta competição, mais do que uma aptidão inexplicável e transcendente de um atleta ou uma criação programada em "laboratório", por um génio, resulta do trabalho incansável, do planeamento estratégico, de um conjunto de características físicas e intelectuais dos jovens e das más ou correctas decisões dos treinadores e do coordenador.

Os bons jogadores em aprendizagem frequentemente precisam de tempo para amadurecer e jogar, trabalhar o pormenor, para se revelarem.

Outros em boa graça, por mais que alguém queira, é evidente que a margem de progressão a curto médio prazo é curta.