gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 30 de abril de 2014

PO03 – Crónica de Fim-de-semana – 08 – 2013 / 2014

Breve crónica da PO03, referente á 2.ª Fase desta prova nacional não fixa.

PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
2.ª Fase

Zona Sul
8.ª Jornada
Almada AC 21 - 13 Sassoeiros
Oriental Lisboa 28 - 22 CD Olhanenses
GS Loures 28 - 21 B. Janeiro
Lagoa AC 23 - 24 Zona Azul
 
Jogou-se a 8.ª jornada desta fase e desta zona, que corresponde precisamente á 1.ª jornada da 2.ª volta desta fase. Um dos factos mais salientes na nossa opinião, foi a confirmação de todos os resultados verificados na primeira volta, com a grande curiosidade de no jogo Lagoa AC / Zona Azul, o resultado final voltar a ser pela diferença mínima. Assinala-se ainda como fator negativo, de que este encontro foi o único com registo disciplinar (2 desqualificações diretas e 2 desqualificações por acumulação de exclusões). Os restantes resultados foram bastante desequilibrados, o que é a prova factual dos grandes desequilíbrios existentes na zona. O Almada AC venceu com grande facilidade a equipa do Sassoeiros, assim como o seu parceiro de classificação o GS Loures, também não sentiu grandes problemas em vencer o B. Janeiro. Por sua vez o Oriental de Lisboa, não teve grandes problemas diante o CD Olhanenses, que nesta zona é a única equipa que apenas contabiliza derrotas. Nesta zona duas equipas são francamente favoritas o Almada AC e o GS Loures, mas nunca se deverá menosprezar os alentejanos do Zona Azul (na nossa opinião). Após esta jornada a classificação ficou a seguinte: 1.º Almada AC e GS Loures (23 pontos), 3.º Zona Azul (20 pontos), 4.º Oriental Lisboa (18 pontos), 5.º Lagoa AC (14 pontos), 6.º Sassoeiros (12 pontos), 7.º B. Janeiro (10 pontos) e 8.º CD Olhanenses (8 pontos).
 
Zona Norte
8.ª Jornada
SIR 1.º Maio 27 -
32 ACD Monte
Albicastrense 31 - 33 Estarreja AC
Arsenal Devesa 30 - 27 Boavista FC
Juventude Lis 34 - 23 Gondomar Cultural
 
Tal como na Zona Sul, nesta zona, realizou-se a 8.ª jornada que assinalou o início da segunda volta. Temos como maiores factos a assinalar, foi que todas as equipas confirmaram os resultados que se registaram na 1.ª volta, sendo ainda de assinalar que não existem situações disciplinares, o que será sempre um facto a saudar. O ACD Monte voltou a vencer o SIR 1.º Maio, num encontro onde o equilíbrio apenas existiu durante os 30 minutos iniciais, e onde nem os 10 golos de Vasco Santos do 1.º Maio foram suficientes para leva a sua equipa a vitória. O Estarreja, foi vencer o Albicastrense numa difícil deslocação a Castelo Branco, confirmando ser uma das equipas a lutar no mínimo por um lugar de subida de divisão. A Juventude Lis venceu com grande facilidade, uma das equipas mais fracas (na nossa opinião) da zona, com o resultado mais dilatado na jornada. O grande favorito da zona, os bracarenses do Arsenal Devesa, venceu com alguma dificuldade um aguerrido Boavista, que nunca permitiu que os minhotos se distanciassem no marcador, conforme se verifica pelo resultado ao intervalo (14-12), no encontro que maior assistência teve nas duas zonas. Com esta vitória, o Arsenal Devesa reforça o seu grande favoritismo não só a subida de divisão como a ser o representante da zona na final da prova. Após esta jornada a classificação ficou a seguinte: 1.º Arsenal Devesa (24 pontos), 2.º Estarreja AC (20 pontos), 3.º Boavista FC e Juventude Lis, (18 pontos), 5.º Albicastrense (16 pontos), 6.º ACD Monte (14 pontos), 7.º Gondomar Cultural (10 pontos), 8.º Sir 1.º Maio (8 pontos). 
 
O Noticias

Informação – Torneio – Costa Oiro

XXIII TORNEIO COSTA D’OIRO 
Venha conhecer e divertir-se na nossa maravilhosa cidade de LAGOS onde o Sol e a Praia vos poderão oferecer deliciosos momentos de descanso e em simultâneo com o prazer de jogar o ANDEBOL
 
Contamos convosco!
Ao dispor para qualquer esclarecimento.
Contacto no folheto anexo.
 
Carlos Carneiro
Presidente da Direção do ACCD
(Fonte Costa Oiro)
 
O Noticias  

Inofrmação - Clubes - Diversa

GC ODIVELAS
O Noticias

terça-feira, 29 de abril de 2014

P004 – Fase Final – 2013 /2014 – IV

Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, esta época disputa em novos moldes, podendo afirmar-se sem grande margem de erro de que, ”é agora que pode existir a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir, e provavelmente com toda a razão.” 
 
PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo “A”

3.ª Jornada
ABC 31 - 25 Benfica
FC Porto 22 - 22 Sporting
Belenenses 26 -
30 Xico Andebol
 
Tal como na jornada anterior da prova, teremos de assinalar de que nos jogos disputados aparentemente não se verificaram casos disciplinares, e as assistências superaram em muito o que anteriormente se vinha verificando, o que reforça a nossa ideia de que quando existe equilíbrio e competitividade há público. Continuamos com a esperança de que a Andebol TV dê alguma atenção a esta prova. Falando desta jornada, que felizmente não teve jogos adiados. Nos jogos realizados, verificou-se que o FC Porto voltou a registar uma igualdade mesmo não se apresentando com todos os seus “pesos pesados” pois desde Belmiro Alves a Miguel Martins estiveram ausentes, mas por exemplo Nuno Carvalhais e Miguel Alves estiveram longe do seu normal rendimento, e Luís Carvalho com 8 golos foi o destaque da sua equipa. O encontro foi sempre disputado com grande equilíbrio, sendo o principal destaque (na nossa opinião) a desqualificação do técnico do Sporting, mas não existência a indicação de relatório disciplinar no Boletim de Jogo. O ABC ao vencer de uma forma clara o Benfica, confirmou o seu favoritismo ao título Nacional, sendo até ao momento á única equipa que regista só vitórias. Neste encontro com uma excelente assistência para a categoria, os minhotos já venciam ao intervalo por 17-10, tiveram em Filipe Caniço (8 golos) e em Diogo Branquinho (7 golos), os seus principais marcadores, enquanto o lado do Benfica destaca-se o central Hugo Lima com 8 golos. No restelo a equipa do Belenenses sofreu nova derrota (até ao momento é a única equipa que apenas contabiliza derrotas), que apenas surpreende quem não assistiu ao encontro, pois quando a equipa do Restelo vencia ao intervalo por 15-13, ninguém esperava a quebra verificada no segundo período, que permitiu á equipa vimaranense obter a sua 1.ª vitória. Os 8 golos de André Alves no Belenenses foram insuficientes para que a sua equipa conseguisse um resultado positivo, pois do outro lado Raul Roque igualmente com 8 golos, foi muito bem acompanhado por José Santos com 7 golos. A classificação após a realização desta jornada é a seguinte: 1.º ABC (9 pontos), 2.º FC Porto (7 pontos), 3.º Benfica e Sporting (6pontos), 5.º Xico Andebol (5 pontos), e 6.º Belenenses (3 jogos).
 
O Noticias.

V Mundial Juvenil Feminino – 2014 - II

Portugal face à sua posição no ranking Europeu, iria participar no V Campeonato Mundial Juvenil Feminino (Sub 18), que se realiza na Macedónia de 25 de julho a 03 de Agosto de 2014.
 
Após a realização dos Pan-americanos, que se disputaram em Fortaleza (Brasil), que terminaram em 26-04-14, e que ditaram o apuramento para este Mundial, com a seguinte Classificação:
 
Pan-Americano: 1.º Brasil, 2.º Argentina, 3.º Paraguai, 4.º Uruguai, 5.º Chile e 6.º Canadá.
 
Assim as equipas já qualificadas são:

Organizador – Macedónia
Asia – Coreia, Japão, Cazaquistão, Uzbequistão e China.
Africa – Angola, Tunísia e Congo.
Europa – Suécia, Rússia, Dinamarca, Portugal, Montenegro, Roménia, Noruega, Croácia, Hungria, Alemanha e França.
PanAmerica – Brasil, Argentina e Paraguai.
 
Nota - Os 11 representantes Europeus, derivam da classificação do último Europeu de Sub 17, onde Portugal alcançou um excelente e motivador 4.º lugar.
 
Na Europa os Países substitutos, são os classificados de 12 a 16.º lugar – Holanda, Espanha, Republica Checa, Polónia e Eslováquia.

Falta ainda a decisão final acerca do representante da Oceânia.

A Fase Preliminar da prova será disputada de 20 a 26-07-14
President’s CUP disputa-se entre os dias 28 e 29-07-14 (17.º a 24.º Lugar)
Os 1/8 e 1/4 Final em 28 e 29-07-14
Os jogos Classificativos do 9.º ao 16.º Lugar de 30-07-14 a 01-08-14
Os Jogos Classificativos do 5.º ao 8.º Lugar de 02 a 03-08-14
1/2 Final e Final em 02 e 03-08-14.
 
Segundo a IHF, a data do Sorteio será anunciada em breve.
 
Não nos querendo tornar repetitivos, voltamos a terminar esta breve crónica, esperando que esta seleção tenha uma preparação apropriada para o evento, de forma a proporcionar uma representação com dignidade.
 
O Formador

Informação - Clubes - Diversa

AC SISMARIA
O Noticias

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Crónica de Fim de Semana no Feminino 21 – Play OFF – 2013-2014

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino. 
 
PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

Fase Final
Grupo "A" 1/4 Final
1.º Jogo
CS Madeira 22 - 28 Madeira SAD
Juventude Lis 22 - 26 João Barros
Maiastars 21 - 39 Alavarium
JAC-Alcanena 26 - 29 Colégio Gaia

Grupo "B"
1.ª Jornada
Vela Tavira 26 – 24 Assomada
CA Leça 19 - 19 Juventude Mar
 
E começaram os playoffs! Apesar de não ter havido nenhuma surpresa, os jogos foram todos bastante equilibrados, com exceção do Maiastars? Alavarium. Na luta pela permanência, o Vela de Tavira venceu e abandonou o último lugar. Mas comecemos pelos playoffs e pelo jogo que se antevia o mais equilibrado e interessante do dia, o JAC / Colégio de Gaia.
 
O jogo em Alcanena foi extremamente interessante e equilibrado. A equipa da casa fez uma boa primeira parte, contando com a inspiração de Neuza Valente e Patrícia Rodrigues, autênticas quebra-cabeças para a defensiva contrária. Mas, na segunda parte, a equipa quebrou fisicamente. Se as soluções já não abundavam, com a ida de Adriana Lage para Erasmus e com a ausência de Vanessa Oliveira, por motivos profissionais, é cada vez mais curto o plantel de Marco Santos. E Rita Alves, depois de um começo de época promissor, voltou ao nível fraco das últimas 3 épocas. Por isso, na segunda parte, acabaram por perder para um Colégio de Gaia que mostrou porque acabou a fase regular à frente do seu oponente. Helena Soares esteve ao seu nível habitual (excelente) e o poder de fogo de Vanessa Silva veio ao de cima, num jogo em que Nair Pinho confirmou a subida de eficácia da segunda metade do campeonato e em que Sandra Santiago voltou a mostrar que continua pouco adaptada ao Colégio de Gaia, sem que a equipa encontre bolas soluções para a sua capacidade de remate. O Colégio de Gaia venceu com dificuldade mas com justiça e tem agora em casa a possibilidade de atingir as meias-finais, sendo que só uma catástrofe impedirá a equipa de Paula Castro de atingir essa fase da competição.
 
Na Maia, o Alavarium cilindrou o Maiastars, confirmando o resultado desnivelado que tinha ocorrido na última jornada da fase regular. A Guarda-redes Diana Roque esteve em grande plano quer a defender os remates adversários, quer a lançar os contra-ataques onde as campeãs nacionais são exímias, com destaque para Lisa Antunes que parece claramente a regressar à sua melhor forma e sob o comando de Ana Rita Neves, uma jovem jogadora que lidera o ataque aveirense. Mesmo sem poder contar mais esta época com Ana Marques e não beneficiando do fator casa, o Alavarium será sempre um osso duro de roer de uma equipa que impressiona pelo ritmo de jogo que impõe. O Maiastars equilibrou o jogo nos primeiros minutos, mas depois não aguentou o ritmo das campeãs nacionais e as suas jogadoras estiveram desastradas no capítulo da finalização. Ana Sousa ainda foi revelando algum inconformismo mas a equipa nunca pareceu acreditar verdadeiramente nas suas capacidades. O Maiastars, a par com o Colégio de Gaia, são as equipas com os ataques mais antiquados do campeonato e é importante introduzir alguma evolução no jogo ofensivo para poder conseguir subir mais alguns patamares. A equipa da Maia fez um campeonato muito regular mas só um milagre impedirá a sua natural eliminação nesta fase.
 
No Funchal, um jogo muito mais equilibrado do que um confronto entre o 1º e o 8º faria supor. O Sports Madeira fez uma grande primeira parte, sobretudo do ponto de vista defensivo, com a sua guarda-redes em grande plano e no ataque com a esquerdina Anaís Gouveia a fazer uma grande exibição, muito bem acompanhada por Mariana Sousa e Odete Freitas. Na segunda parte, a equipa já não conseguiu manter o mesmo nível, sobretudo na recuperação defensiva, permitindo os contra-ataques característicos do Madeira Sad. Apesar da derrota, mais uma boa exibição do Sports Madeira, mostrando que a equipa de Marco Freitas foi evoluindo ao longo da época e deve ser um projeto a continuar. O Madeira Sad teve mais dificuldades do que esperava. Péssima exibição na primeira parte, com mais falhas técnicas do que o habitual e uma baixa eficácia de remate mas, na segunda parte, a equipa veio com outra atitude. Foi quando Cláudia Aguiar acelerou na segunda parte que a Sad conseguiu alargar a vantagem num jogo em que Ana Andrade e Márcia Abreu estiveram consistentes a maior parte do jogo mas em que muitas jogadoras estiveram completamente apáticas e longe do que sabem fazer. Talvez algum deslumbramento pela vitória na Taça de Portugal, o que é certo é que se esta ronda está praticamente resolvida, nas meias-finais o adversário já vai ser bem mais complicado e é preciso que equipa de Duarte Freitas eleve o seu nível de jogo para não acontecer nenhuma surpresa. 
 
Em Leiria, o resultado não mostra o equilíbrio que ocorreu em toda a primeira parte. A Juve Lis apresentou-se em campo com uma boa atitude, defensivamente bastante consistente e, no ataque, Patrícia Mendes ia resolvendo, com Ana Gante muito lutadora mas menos esclarecida do que é habitual. Contudo, na segunda parte, as limitações da equipa de Rui Machado vieram ao de cima. Era importante conseguir dar alguma rotação à sua primeira linha, mas dado o plantel limitado apenas consegue fazer uma alteração pontual. Por isso, bem cedo na segunda parte o resultado abriu e a Juve Lis nunca conseguiu ameaçar a liderança das vice-campeãs nacionais. Tarefa agora muito difícil para a Juve Lis dar a volta à eliminatória. O Colégio João de Barros fez uma primeira parte sombria, com algum atabalhoamento ofensivo mas veio do intervalo com outra atitude e onde continua a ser incrível como Dulce Pina, praticamente sem treinar, consegue jogar ao nível a que joga, tendo sido a melhor jogadora em campo, bem acompanhada por Maria Pereira. É verdade que a equipa continua a parecer algo cansada, mas o regresso de Eduarda Pinheiro dá outras soluções à formação de Paulo Félix que tem já um pé nas meias-finais onde parece acontecer a reedição da final do ano passado, diante do Alavarium mas, desta vez, com a equipa das Meirinhas com o fator casa a seu favor. 
 
No grupo da manutenção, Cale e Juve Mar repartiram pontos. A Juve Mar esteve na frente perto do final, mas o resultado final foi um empate num jogo pessimamente jogado, com um andebol de fraca qualidade. A equipa de Leça esteve longe do seu nível exibicional habitual, tendo-se salvado Cristiana Morgado, autora de uma excelente exibição e Daniela Mendes. A equipa da Juve Mar esteve muito bem defensivamente, teve em teresa Santos a sua melhor marcadora e é de destacar a estreia de Maria Domingues que será um reforço importante para a tentativa de manutenção. Um empate em Leça é um bom começo para a equipa de Paulo Martins mas os jogos em casa com os seus adversários diretos (Assomada e Vela de Tavira) que determinarão o destino da Juve Mar. 
 
Em Tavira, o Vela sabia que uma derrota praticamente atirava a equipa para a 2ª Divisão e conseguiu uma vitória muito importante. As rematadoras Marta Faleiro e Joana Reis estiveram em excelente plano e carregaram a equipa para uma vitória muito importante, diante de um Assomada muito desorganizado, com Edna Oliveira, como habitualmente, em destaque bem acompanhada por Nádia Fernandes. Com esta derrota, a equipa lisboeta desce para o último lugar e está agora numa situação muito complicada para permanecer entre os grandes do andebol português. 
 
Na próxima semana, ficaremos a conhecer as 4 equipas que disputarão as meias-finais dos playoffs, mas só uma grande surpresa impedirá Madeira SAD, Alavarium, Colégio João de Barros e Colégio de Gaia de chegarem a essa fase da competição. 
 
Críticos Femininos

PO06 Fase Final – 2013 / 2014 - Sorteio

Mais um sorteio realizado hoje (28-04-14), foi um sorteio sobre uma prova, que esta época tem um novo formato competitivo.
 
PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos (Fase Final)
Fase Final tem início em 03-05-14 e termina em 07-06-14
 
Clubes Participantes – AA Águas Santas, ABC “A”, CCF Madeira e Benfica.
 
Formato competitivo - Nos termos do regulamento publicado, será disputado no sistema de TxT a 2 voltas. (Sem concentrações, será casa e fora).
 
Aqui, coloca-se a questão das deslocações às Regiões Autónomas e vice-versa. 

Resultado do Sorteio
1.ª Jornada 
Após a realização deste sorteio, ficamos com curiosidade em saber o número de alterações que esta prova vai ter, atenção este é a apenas um prognóstico que fazemos.
 
O Formador

Crónica de Fim-de-semana – 26 – 2013 / 2014 - II

Crónica possível dedicada á PO02, dedicada Á Fase Final com a realização da 1.ª Jornada.
 
PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Fase Final Nacional
1.ª Jornada
CDE Camões 21 – 31 Xico Andebol
Benfica "B" 30 – 20 ADC Benavente
Santo Tirso 26 – 21 São Mamede
 
Confirmando-se as previsões de que este campeonato irá ser disputadíssimo, principalmente entre as equipas oriundas da zona norte, onde a discussão pelos lugares de acesso à prova principal da modalidade serão o puro exemplo do que estamos a afirmar. 
 
Em Lisboa o Xico Andebol, com a sua excelente vitória sobre um CDE Camões, perante uma assistência que poderíamos apelidar de “ridícula” (25 espectadores), para uma equipa que disputa esta Fase da Prova e que nos parece que já atingiu o seu principal objetivo. Domínio em toda a linha da equipa de Guimarães, que já vencia ao intervalo por 17-8, depois foi fazer uma completa gestão do mesmo. Vitória previsível da equipa do Benfica “B” diante o ADC Benavente, embora nunca se esperasse que o diferencial final atingisse estes números, se nos recordarmos que na 1.ª Fase da Prova nos dois jogos disputados entre estas duas equipas, se registou uma vitória para cada lado, na Luz (27-24 a favor do Benfica) e em Benavente vitória do ADC por 23-22, embora neste encontro praticamente não tenha existido Ricardo Barrão, que ficou aquém das expectativas com apenas 4 golos. Em Santo Tirso, disputou-se o jogo mais equilibrado da jornada, com o resultado final a refletir o diferencial que se já se registava ao intervalo (13-8), estas duas equipas que também já defrontaram duas vezes, na anterior Fase da Prova, registando-se uma vitória para cada lado. De assinalar que não se verificou nenhum registo disciplinar em qualquer encontro. Após esta 1.ª Jornada a Classificação ficou assim estabelecida: - 1.º Benfica “B”, Xico Andebol e Santo Tirso (3 pontos), 4.º São Mamede, Benavente e CDE Camões (1 ponto).
 
Nota - Não ficaria mal á Federação, efetuar algumas transmissões através da Andebol TV.
 
O Banhadas Andebol

domingo, 27 de abril de 2014

Crónica de Fim-de-semana – 31 – 2013 / 2014 – I

Mais uma jornada da PO01 Fase Final Grupo “A”, e do Grupo “B”. Continua em atraso um jogo relativo á 5.ª jornada e última da 1.ª volta desta Fase.
 
Continuamos a manter o nosso silencia, suspendendo temporariamente qualquer comentário acerca do funcionamento do site da Federação durante os fins-de-semana “evitando desta forma que alguns comentários menos agradáveis não sejam publicados”, na esperança de que seja cumprido tudo o que consta da última nota informativa elaborada em tempo sobre o tema
 
O reparo que temos a fazer, diz respeito á noticia sobre o Andebol 1, onde se informa no texto que o jogo se disputa às 18H00, conforme consta nas notícias sobre transmissões, no entanto no final surge a indicação de 19H00, conforme consta do calendário da prova, em que ficamos no final? 
 
Para não sermos apelidados de mentirosos, gravamos os dados.
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

Fase Final
Grupo “A”
Dia 30-04-14
ABC – Águas Santas (21H00) Andebol TV
6.ª Jornada
Águas Santas 29 – 36 Sporting (antecipado)
Benfica 21 – 20 ABC
SC Horta 23 - 35 FC Porto
 
Jornada que foi iniciado com o jogo antecipado Águas Santas / Sporting, face aos compromissos Europeus dos dois Clubes, e que terminou com a vitória do Sporting, e já foi comentado em anterior artigo sobre a prova. Continua no entanto em atraso o jogo relativo á 5.ª jornada ABC / Águas Santas, que apenas será realizado no próximo dia 30-04-14. Assim este fim-de-semana disputarão apenas dois jogos relativos a este grupo, sendo no sábado disputado o Benfica / ABC, que terminou com a vitória da equipa lisboeta. O FC Porto deslocou-se á Horta para a realização do SC Horta / FC Porto, sabendo que fosse qual fosse o resultado assumiria sempre o comando do Grupo “A”, O SC Horta que já fez a sua prova, apresentou-se desfalcada do seu melhor elemento Yuriy Kostetskyy, que se encontrava em Braga acompanhando a equipa de juvenis. E se uma equipa que por si já está enfraquecida perante um adversário nitidamente superior, sem o seu melhor elemento fica certamente “delapidada”, e foi precisamente isso que aconteceu e que permitiu á equipa continental gerir resultado, gerir plantel, dar tempo de jogo a toda a gente, e construir um resultado folgado e que reflete bem a sua superioridade. Apenas houve algum equilíbrio no nos primeiros 30 minutos até aos 7-7, cerca dos 5 minutos de jogo, depois o FC Porto fi construindo o resultado chegando ao intervalo já a vencer por 19-13. Nos segundo 30 minutos e após uma reação da equipa insular que durou até cerca dos 17 minutos conseguindo manter e até chegar a ter apenas um diferencial de 4 golos (24-20), para de pois estar cera de 12 minutos sem marcar, permitindo ao FC Porto ir avolumando o resultado até atingir o resultado final que reflete a sua total superioridade. Simão com 6 golos seguido de Rui Barreto com 5 foram os melhores marcadores da equipa do SC Horta, no FC Porto, onde apenas não marcaram os guarda-redes e Belmiro Alves, destaque para os 7 golos de Pedro Spínola e para os 6 golos de Gilberto Duarte. Após a conclusão desta jornada, a classificação ficou assim ordenada, 1.º FC Poto (46 pontos), 2.º Sporting (44 pontos), 3.ª ABC (- 1 jogo) e Benfica (41 pontos), 5.º Águas Santas (36 pontos, -1 jogo) e 6.º SC Horta (26 pontos).
 
Benfica 21 – 20 ABC
 
Jogo disputado num pavilhão quase sem público, e onde o Benfica ao vencer o jogo pela diferença mínima, quebrou a invencibilidade que o ABC, vinha tendo nesta Fase da prova. Os primeiros 30 minutos jogados com alguma qualidade no andebol pratica por ambas as equipas, com a equipa do Benfica a começar bem o jogo, e apesar da ausência de Elledy Semedo, assumiu o comando do marcador cerca dos 6 minutos (3-2), chegando neste período a ter uma vantagem de 7 golos, para se atingir o intervalo com o marcador em 15-10 a favor da equipa encarnada. Nos segundos 30 minutos assistiu-se uma forte e positiva reação da equipa do ABC, com a equipa encarnada a perder fulgor, com os seus ataques a serem demasiado previsíveis.´, e com Cláudio Pedroso, completamente desastroso, de tal forma foi a reação dos bracarenses que aos 50 minutos de jogo verifica-se uma igualdade no marcador a 19 golos. De referir que nestes segundos 30 minutos a qualidade do andebol praticado por ambas as equipas caiu de qualidade e muito, basta dizer que por exemplo entre os 38 e os 45 minutos, não se registaram quaisquer golos, e não foi apenas por boas intervenções dos guarda-redes, mas sim por muitas percas de bolas, e a pratica de muitas faltas técnicas praticadas por ambas as equipas. O Benfica voltou a ficar diminuído na sua capacidade técnica quando cerca dos 38 minutos José Costa sofre a sua terceira exclusão com a consequente desqualificação, é dos momentos marcantes do encontro. Os últimos 10 minutos são jogados debaixo de grande tensão e com uma grande emotividade. E depois da igualdade registada aos 55 minutos a 20 golos, apenas mais um golo foi marcado cerca dos 56 minutos e de livre de 7 metros, diga-se com toda a justiça, bem assinalado. De destacar que Humberto Gomes que foi uma das principais figuras de todo o encontro pela positiva, falha nos segundos finais um lançamento em contra-ataque, que poderia ter dado a igualdade no marcador, tudo isto depois de Vicente Alamo que fez a sua entrada nos últimos 10 minutos, já ter executado algumas defesas que evitaram que o resultado sofresse alterações prejudiciais á sua equipa. De referir ainda que com este resultado o Benfica retificou o resultado verificado na 1.ª volta. Dario Andrade no Benfica com 5 golos foi o seu melhor marcador, tantos como os que marcou Nuno Grilo no ABC onde foi o seu melhor marcador. O Jogo foi dirigido pela dupla IHF madeirense composta por Duarte Santos / Ricardo Vieira, que apesar de se achar que o número de exclusões foi excessivo (19 no total), deve-se dizer que foram todas efetuadas corretamente na nossa opinião, o que se poderá dizer é que os árbitros tiveram um critério apertado, mas regras são reras e são para cumprir. Estando ainda bem na nossa opinião nos livre de 7 metros, pelo que consideramos a atuação da dupla globalmente bastante positiva. 
 
Grupo “B”
6.ª Jornada
AC Fafe 25 – 24 Ismai
Madeira SAD 29 – 25 Avanca
Passos Manuel 23 – 23 Belenenses 
 
Disputou-se a 1.ª jornada da 2.ª volta deste grupo, o que significa em termos práticos, que apenas restam 12 (doze) pontos em disputa, para alguns se colocarem a salvo de uma possível descida de divisão. Está neste caso o Madeira SAD que após a sua vitória de hoje sobre a AA Avanca, já está matematicamente afastada do espectro da descida de divisão, pois no encontro Madeira SAD / Avanca, confirmou-se o resultado verificado na primeira volta, este resultado tem como curiosidade o ter sido o único que confirmou o verificado na 1.ª volta. Depois temos o resultado surpresa na nossa opinião que foi a vitória dos minhotos no AC Fafe / Ismai, levando um balão de oxigénio, num jogo de grande equilíbrio, conforme prova o resulta verificado no final dos primeiros 30 minutos, quando se verificava uma igualdade a 12 golos. E que com esta vitória ainda se coloca matematicamente com a possibilidade de poder evitar a descida de divisão (o que na nossa opinião está muito difícil). Terminamos a jornada com um Passos Manuel / Belenenses, com os estudantis a não confirmaram a vitória verificada na 1.ª volta, e a cederem uma igualdade, num jogo de grande equilíbrio, 11-11 era o resultado ao intervalo. Após a conclusão desta jornada a Classificação ficou assim: - 1.º Madeira SAD (35 pontos), 2.º Ismai (32 pontos), 3.º Belenenses (31 pontos), 4.º Passos Manuel (28 pontos), 5.º AA Avanca (24 pontos) e AC Fafe (22 pontos).
 
O Banhadas Andebol

Competições Europeias 2013 / 2014 – LXI

A participação Portuguesa nas provas Europeias continuou e terminou este fim-de-semana, com o Sporting a disputar a 2.ª Mão das 1/4 Final da EHF CUP, onde Portugal ainda continua representado. A equipa Portuguesa deslocou-se á Hungria onde defrontou o Pick Szeged. Um dos grandes favoritos a Final Four, e a vantagem da equipa Portuguesa não era confortável, mas era uma vantagem. 
 
Masculinos  
EHF CUP 
SPORTING DERROTADO PELO PICK SZEGED
E
ELIMINADO DA EHF CUP
 
O Sporting após o excelente resultado obtido no jogo da 1.ª Mão dos 1/4 Final diante uma das equipas mais favoritas a estar presente na Final Four em Berlim (dias 17 e 18-05-14), os húngaros do Pick Szeged, que conforme dissemos é uma equipa á Liga dos Campeões Europeus, e que para este jogo se apresentou na sua máxima “força”, e com 16 jogadores, perante os treze que foram apresentados pela equipa do Sporting. Um pavilhão completamente esgotado (3200 espectadores) que não parou um minuto no apoio á sua equipa, que na Liga Húngara, se encontra somente em 2.º Lugar cm menos 2 pontos, que o líder que é apenas o Veszprém, um dos finalistas da Final Four da Liga dos Campeões da EHF. Foi todas estas situações que a equipa do Sporting, teve de lidar para este encontro. Jogo equilibrado apenas até cerca dos 12 minutos (5-5), depois em menos de 3 minutos a equipa portuguesa sofre um parcial de 4-0, e o resultado aos 15 minutos já é de 9-5 a favor dos húngaros, e com o cubano Carol a já ter averbado 2 exclusões. Oportunamente o técnico leonino solicita um time-Out, que pelos provocou uma reação de curta duração aos seus atletas, pois rapidamente tudo esqueceram, e em cerca de 6 minutos sofrem novo parcial de 4-0, e cerca dos 26 minutos de jogo o resultado encontra-se com a máxima diferença até então verificada (7 golos) 16-9, para terminar os 30 minutos iniciais num 16-10, favorável aos húngaros, tiveram não só neste período como em todo o jogo as suas grandes figuras no guarda-redes o húngaro Roland Mikler, que defendeu tudo e mais alguma coisa, em especial nos segundos 30 minutos, e no espanhol Elizaga que chegou ao fim do jogo como melhor marcador da sua equipa (7 golos). O Sporting, que teve na lesão de Pedro Solha cerca dos 47 minutos e nas infantilidades cometidas por Fábio Magalhães dois dos grandes problemas, pois cada falha no ataque dava golo do adversário, que neste segundo período chegou ter 8 golos de vantagem cercados 58 minutos (28-20), tendo o Sporting conseguido reduzir, pois terminou o encontro em vantagem numérica. No Sporting destacamos o cubano Frankis Carol que com os seus 8 golos foi o melhor marcador do encontro, e Bruno Moreira com 4 golos, tantos quantos marcou Pedro Portela, dizer ainda que o jovem guarda-redes Luís Oliveira entrou cercados 47 minutos de jogo e teve um bom comportamento. Com este resultado a equipa Portuguesa é eliminada com dignidade da prova, onde superou todas as expectativas. O Jogo dirigido pela dupla Sérvia Aleksandar Pandzic e Ivan Mosorinski, que não tiveram uma atuação uniforme em especial nos critérios disciplinares e no jogo passivo.
 
Resultados
1.ª Mão
Sporting 29 – 27 Pick Szeged
2.ª Mão
Pick Szeged 28 – 22 Sporting
 
Apurados para a Final Four - Montpellier Agglomeration HB (França), Füchse Berlin (Alemanha), Pick Szeged (Hungria) e HCM Constanta (Roménia).
 
O Sorteio será realizado no dia 29-04-14 em Berlim
 
O Noticias

PO06 – 2.ª fase (Apuramento) – 2013 / 2014

Concluiu-se a disputa da chamada Fase de Apuramentos incluída na 2.ª Fase, Grupo “A”.
 
PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos (Fase de Apuramento)
 
Esta Fase foi disputada pelos segundos classificados de cada uma das 2 zonas existentes no Grupo “A”, mais o representante da Madeira, e o representante dos Açores (Campeão Nacional da 2.ª Divisão época 2012/2013), em Braga no Pavilhão Flávio Sá Leite, no sistema TxT em concentração a 1 (uma) volta, apurando-se para a Fase Final os 2 (dois) primeiros classificados. 
 
Resultados

1.ª Jornada
ABC “A” 21 – 18 CCF Madeira
SC Horta 22 – 30 Sporting
2.ª Jornada
CCF Madeira 27 – 23 Sporting
ABC 24 – 20 SC Horta
3.ª Jornada
SC Horta 27 – 28 CCF Madeira
Sporting 26 – 23 ABC


Classificação Final: 1.º CCF Madeira (7 pontos) (*), 2.º Sporting (7 pontos) (**), 3.º ABC (7 pontos) e 4.º SC Horta (3 pontos).
 
Nota (*) (**) - Esta classificação foi estabelecida (apesar de site da FAP, ter definida uma classificação que não corresponda á realidade regulamentar) pela aplicação do Regulamento Geral da Federação, fazendo uma leitura do que está escrito em termos de desempate tanto no aludido regulamento Geral, como no Regulamento Especifico da prova. Correção na Classificação final, forte erro por nós cometido, temos de o admitir, fazendo-o sem qualquer rebuço da nossa parte.

Voltamos a efetuar nova retificação, embora a interptação dada e transcrita pelo portal da FAP, possa estar aparentemente correta, a sua forma de aplicação não merece a nossa concordância, pois parece que não foi lido até ao fim o que dizem as normas de desempate.

Esta prova, merecia um comentário mais alargado em especial sobre a participação da equipa, chamada de CCF Madeira. Talvez ainda venha a ser feita, mas mais tarde pois os jovens não têm culpa dos erros dos adultos.
 
Apurados para a Fase Final – AA Águas Santas, Benfica, CCF Madeira e ABC. 
 
Que nos termos do regulamento publicado, será disputado no sistema de TxT a 2 voltas, ou seja não existirá nenhuma concentração, será casa e fora. 
 
O sorteio será realizado hoje (28-04-14) pelas 17H00 
 
O Noticias.

19.º Mundial Júnior (Sub 20) – 2014 - Feminino – VII - Sorteio

Realizou-se hoje (27-04-14) o sorteio dos Grupos para a Fase Preliminar da Fase Final do 19.º Mundial Júnior (Sub 20) - 2014 a decorrer de 29 de Junho a 13 de Julho de 2014 na Croácia. Será realizado no dia 27-04-14.
 
Participam nesta prova 24 Países:
 
Croácia – Organizador
Rússia – 1.º Classificado no Euro Sub 19 de 2013 na Dinamarca
Hungria – 2.º Classificado no Euro Sub 19 de 2013 na Dinamarca
Dinamarca – Campeã Mundial sub18 em 2012 em Montenegro
Europa - Noruega, República Checa, Roménia, Eslovénia, Holanda, Sérvia, França, Portugal, Suécia e Alemanha.
Ásia – Coreia do Sul, japão, China e Cazaquistão.
África – Angola, República Democrática do Congo e Tunísia.
PanAmerica – Brasil, Uruguai e Argentina.
Resultados do Sorteio:
Grupo A – República Checa, Uruguai, Cazaquistão, Coreia, Noruega e Croácia.
Grupo B – Angola, Sérvia, Argentina, Holanda, Dinamarca e Alemanha.
Grupo C – Japão, Portugal, República Democrática do Congo, França, Hungria e Suécia.
Grupo D – Brasil, China, Tunísia, Roménia, Rússia e Eslovénia.  
Parece-nos que a sorte não foi demasiado “madrasta” com a Seleção Nacional, e a passagem aos 1/8 Final (na nossa opinião) está perfeitamente ao seu alcance, este grupo encerra a curiosidade de termos de defrontar novamente a França.
A Fase Preliminar (4 grupos de 6 equipas), disputa-se de 28-06-14 a 05-07-14. Apurando-se os 4 primeiros de cada grupo, para a Fase Seguinte.
Presidente’s CUP (lugares de 17.º a 24.º), disputada pelos classificados em 5.º e 6.º lugar de cada Grupo a disputar-se em 07-07-14 a 09-07-14.
1/8 Finalem 07-07-14
1/4 Finalem 09-07-14
1/2 Final – em 11-07-14
Final e 3/4 Lugar – em 13-07-14
Classificativos - de 09-07-14 a 12-07-14, e os derrotados nos 1/4 Final em 11 e 13-07-14.
Não nos querendo tornar repetitivos, voltamos a terminar esta breve crónica, esperando que esta seleção tenha uma preparação apropriada para o evento, de forma a proporcionar uma representação com dignidade.
 
O Formador

sábado, 26 de abril de 2014

Competições Europeias 2013 / 2014 – LX

Regressaram as Provas Europeias de Clubes e este fim de semana iniciou-se com a disputa da 2.ª Mão das 1/2 Final da Challenge CUP, onde a nossa representação esta e bem entregue, a AA Águas Santas, que já fez história ao estar presente nas 1/2 Final da Prova. Voltando a defrontar o RK Mataloplastika Sabac (Sérvia), agora em Águas Santas
 
MASCULINOS 
CHALLENGE CUP 
ÁGUAS SANTAS VENCE RK MATALOPLASTIKA SABAC
MAS É AFASTADO DA FINAL DA PROVA
 
O Águas Santas, disputou esta 2.ª Mão no seu Pavilhão, com as portas abertas na esperança concretizada, de ter uma casa cheia e vibrante (cerca de 1500 espectadores), comportando-se como um autêntico 8.º Jogador, pois a diferença de golos era algo que seria dificílimo de anular conforme se veio a verificar e que se encontra traduzido no resultado final. A equipa Maiata não resistiu nos 10 minutos finais, quando vencia por 26-19, o que na pratica e face ao tempo que faltava jogar, de que apenas os nove golos de diferença poderiam permitir o apuramento da equipa para a final, pois era mais do que previsível de que a equipa Sérvia marcaria mais do que os 21 golos que o Águas Santas tinha marcado na Sérvia. Esta situação levou a que equipa pressionada pelo resultado tentasse apressadamente a resolução dos seus ataques, o que apenas favoreceu os Sérvios, que com toda a sua experiencia colocaram a diferença em 5 golos, quando se atingiu o minuto 55, e posteriormente apenas exerceram o controlo do marcador. Atingindo-se os 60 minutos de jogo com um diferencial de apenas 4 golos, o foi manifestamente insuficiente. No entanto a equipa do Águas Santas na nossa opinião escreveu uma página de “ouro” na sua história. No Águas Santas, louva-se o regresso á boa forma de Pedro Cruz que com os seus 9 golos foi o melhor marcador da equipa, logo seguido de Nuno Roque com 6 golos. Na equipa Sérvia, o destaque vai todo para o Sérvio Milos Dragas com 10 golos e o melhor marcador do jogo. Conforme se tinha previsto era difícil mas não impossível, “foi quase”. 
 
Resultados
1.ª Mão
RK Mataloplastika Sabac 29 – 21 Águas Santas
2.ª Mão
Águas Santas 29 – 25 RK Mataloplastika Sabac
 
O Noticias

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Europeu Sub 20 – 2014 – Masculino – V – Sorteio

Realizou-se (24-04-14) em Linz (Áustria), o sorteio dos Grupos da Fase Preliminar da Fase Final do Europeu Sub 20 – 2014, a decorrer de 24 de Julho a 3 de Agosto de 2014 na Áustria.
 
Os grupos ficaram constituídos da seguinte forma: 
Fase Preliminar - disputada de 24 a 27 de Julho de 2014
Fase Principal e Intermédia – disputada de 29 a 30 de Julho de 2014
Jogos Cruzados – 5.º a 8.º – 01-08-14
Jogos Cruzados – 9.º a 16.º – 01-08-14
Jogos Classificativos – 9.º ao 16.º - 02-08-14
1/2 Finais – 01-08-14
Jogos Classificativos – 5.º a 8.º - 03-08-14
3/4 Lugar – 03-08-14
Final – 03-08-14

O Noticias

Informação - Clubes - Diversa

AC SISMARIA
O Noticias

Informação – Torneio - Viborg

VIBORG CUP
 
Torneio jovem que se irá realizar na Dinamarca no próximo mês de Julho (de 29-07-14 a 02-06-14) e que ainda está a aceitar inscrições, podendo aceitar pagar os custos do torneio (exceto deslocação) a uma equipa portuguesa podendo ainda fazer descontos se trouxer mais equipas do mesmo clube. 

Contactos e Informações
site: www.generationhandball.com.
Ou entre em contato: Skottenborg 12-14, 8800 Viborg, Denmark
info@generation-handball.com Tlf. +45 26 75 14 75
www.generationhandball.com
(Fonte Identificada)

O Noticias

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Encontros Nacionais de Minis – 2013 / 2014 – I

Encontros Nacionais de Minis
Masculinos (PO37) e Femininos (PO38)
Na Cidade da Maia, que este ano é a Capital Europeia do Desporto, vão realizar-se os Encontros Nacionais de minis, que está época, têm a curiosidade de serem realizados em simultâneo, de 3 a 6 de Julho.
 
Por aquilo que nos é ado a conhecer através dos diversos textos escritos no site da Federação, estes encontros, ultrapassam e muito (esperamos e desejamos que assim seja), a vertente desportiva, e terá uma forte componente lúdica e de ocupação de tempos livres.
 
Segundo a informação disponível haverá:
  • Cerimónia de abertura (Com desfile e apresentação individualizada)
  • Uma chamada “Noite Radical” (com diversos concursos, incluindo um de livres de 7 metros)
  • Uma noite de convívio (Insufláveis, jogos tradicionais e Música)
  • Concurso de Frases (A iniciar ainda antes da data das provas)
  • Entrega de Prémios
Segundo a organização, e nós desejamos sinceramente que todas as previsões sejam ultrapassadas, espera mais 1000 praticantes (entre os 7 e os 11 anos), a participarem nestes eventos.
 
Nos Minis Femininos, podem participar Atletas Minis (nascidas em 2003/2004) e, ainda, as atletas Bambis (nascidas em 2005/2006) com aptidão a Minis; nos Minis Masculinos, atletas Minis (nascidos em 2003/2004) e os atletas Bambis (nascidos em 2005/2006) com aptidão a Minis. 
 
Sendo este esclarecimento sobre a participação dos Bambis um dos fatores positivos, na nossa opinião sobre este evento.
 
No entanto as inscrições, segundo os CO n.º’s 37 e 38 desta época, bem com a noticia inserida no site da Federação em 24-03-14, as inscrições terminaram em 31-03-14, e até ao momento, ainda não existiu a divulgação Oficial de quantas equipas masculinas e Femininas se inscreveram ou confirmaram a sua inscrição, o que consideramos o factor menos positivo até ao momento.
 
Em anterior texto, sobre estes encontros escrevemos e mantemos a nossa incompreensão sobre a completa omissão da possível existência de equipas mistas, que nestes escalões são perfeitamente admissíveis, basta para tal verificar os grandes torneios Internacionais da modalidade para estas idades.
 
O Noticias

Sorteios – Época 2013 / 2014 - IV


A Federação anunciou através do seu Comunicado Oficial n.º 79 da época 2013 / 2014, as datas da realização dos diversos sorteios, de provas fixas e não fixas, ou seja das Fases Finais Nacionais, e de Apuramento.

PO.06 – Campeonato Nacional Juvenis Masculinos 1ª Divisão
Fase Final
Sorteio dia 28.04.2014 pelas 17.00 horas

PO.13 – Campeonato Nacional Iniciados Femininos
Fase de Apuramento e Fase Final
Sorteio dia 05.05.2014 pelas 17.00 horas

PO.12 – Campeonato Nacional Juvenis Femininos
Fase de Apuramento e Fase Final
Sorteio dia 12.05.2014 pelas 17.00 horas

PO.11 – Campeonato Nacional Juniores Femininos
Fase de Apuramento e Fase Final
Sorteio dia 12.05.2014 pelas 17.15 horas

O Noticias