gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Bielorrússia por 31-24, e está na final - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela Rússia por 33-26 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Novo Treinador e Selecionador para Angola…

JOÃO FLORÊNCIO SELECIONADOR DE ANGOLA, SERÁ VERDADE?
 
Foi divulgada uma notícia em Angola, acerca da mudança do Selecionador da equipa Sénior Feminina, que nos recentes Campeonatos de Africa tinha sido batida pela Tunísia.
 
Esqueceram-se foi de indicar que a equipa Tunisina, era tecnicamente dirigida precisamente por um ex-Selecionador de Angola o português Paulo Jorge Pereira, a quem desde já saudamos.
 
Estranhamente a mesma notícia informa que provavelmente o novo Selecionador será João Florêncio, atual Selecionador Nacional, e quem estado a acompanhar todos os estágios, inclusive, segundo informa o portal da FAP, esteve no estágio das Juniores “A”, que efetuou alguns jogos em Espanha, e que por sinal terminou precisamente hoje (09-04-14).
Será que a notícia tem algum fundamento? Será que estamos na presença de uma breve e radical mudança, na estrutura das Seleções Nacionais no âmbito feminino? Gostaríamos de poder dar respostas, mas infelizmente não existe informação credível neste momento sobre o assunto. Esperamos voltar a ele, quando tivermos informações credíveis e reais.
 
Eis a notícia
 
“Andebol: Novo técnico da seleção feminina será conhecido nos próximos dias 
 
O novo técnico da seleção nacional sénior feminina de andebol, que substituirá no cargo o treinador Vivaldo Eduardo, será conhecido na próxima semana anunciou, segunda-feira, em Luanda, o presidente da Federação Angolana de Andebol (FAAND), Pedro Godinho. 
 
Em declarações à Rádio 5, o responsável revelou que o substituto de Vivaldo Eduardo virá de Portugal, para treinar a seleção nacional feminina em tempo integral.
 
"Pelo nível que nossa seleção já atingiu não se compadece com o atual modelo e, por isso, está na hora de termos um treinador em tempo integral. Nessa semana, vamos reunir o Conselho de Direção da federação para os acertos finais e depois já se saberá em definitivo quem será o futuro treinador da seleção feminina", detalhou.
 
Segundo o responsável, a federação já pesquisou alguns treinadores com o nível exigido internacionalmente, porém o fator língua pesou na decisão final da escolha do futuro treinador, por se pretender um técnico oriundo de um país lusófono.
 
Pedro Godinho apontou o atual selecionador português, João Florêncio, como uma forte hipótese para comandar a equipa nacional onze vezes campeãs de África.
 
A escolha, explicou, surge em função de um trabalho de um pesquisa que efetuou pela Europa na companhia do vice-presidente da FAAND, Ilídio Cândido.
 
A mudança da equipa técnica se deve a fraca prestação da seleção feminina no campeonato africano da modalidade realizado, em Janeiro, desse ano, na Argélia, onde o combinado tunisino destronou as angolanas.”
(Fonte AngoNotícias)

O Noticias

8 comentários:

Anónimo disse...

A ser verdade é uma grande noticia para o andebol feminino português: ver-se livre deste cromo!!já agora que aproveite e que leve a seabra com ele.

Anónimo disse...

Noticia que não corresponde á realidade, o João Florêncio chegou acordo com o Benfica Sénior para as próximas 2 épocas, mas como é bom de cintura e tem lá o filho em Angola no futebol poderá dar um jeito, fica tudo em família.
Felicidades João

Anónimo disse...





Fantástico o comentário das 01:44!
Não é fácil fazer acreditar aqui, que tenho um desprendimento total do andebol feminino, porque fica logo a suspeita que tenho interesses e estou a disfarçar-me de "neutro"! A verdade, é que não me identifico com o andebol feminino. Desejo que seja uma grande força do andebol, peço desculpa, mas de certeza que nunca vou gostar.
Em relação ao treinador da seleção, eu também desejo que vá para o estrangeiro, tenha sucesso, porque assim vai prestigiar o andebol nacional, tal como está a fazer o ex-treinador do F C Porto, cujo nome não me ocorre.
Daí, até acharmos que é uma grande notícia para bem da seleção, vai uma distância enorme: que fez o homem de errado? Qual é o treinador certo para o feminino? Qual era o valor do anterior? E do anterior? E do anterior aos anteriores?
Quem somos nós? Os EUA dinheiro a rodos, campeonatos super-competitivos e autónomos financeiramente, mas os treinadores são uns incapazes? E o mesmo se aplica aos treinadores e campeonatos masculinos: quem somos? Que atletas temos no estrangeiro? Quem são os nossos atletas de eleição? Comparados com quê, ou a quem a nível internacional?
Hoje olhamos para o Porto e dizemos: fez uma grande campanha na Liga dos Campeões. A pergunta que fica é: apurou? O Benfica foi infeliz na eliminatória da EHF. A pergunta é: foi infeliz nos jogos ou no adversário que lhe calhou em sorte? O Sporting de certeza que também vai ser infeliz, ainda por cima frente a uma equipa que não está na prova principal. Enfim…. Pobres inclusive de espirito!

Anónimo disse...

o Floras no Benfica, nem em sonho.Ele de facto é grande artista e com o Júnior montam o circo.Aguardemos o desfecho, ainda vai dar uma ajuda ao alvarez, pois ficou com grande cartel no Belém

Anónimo disse...

Quem está por detrás disto é a Sr Fernandes, essa víbora. Anda a falar mal do Florêncio.

Anónimo disse...

O Florêncio é grande treinador,sério honesto trabalhador,um verdadeiro lider.Tomara o Benfica tê-lo ,se calhar já tinna sido campeão,mas os seus dirigentes com grandes capacidades de análise e de gestores da treta,analisaram,analisaram e tomaram sempre decisões "brilhantes"Os atletas que foram treinados pelo Florêncio sabem bem que têm ali um amigo mas que com ele trabalham sempre no limite e sempre motivados.As actuais atletas das seleções também sabem isso e muitas sabem que se ele se for embora todo o trabalho vai por àgua abaixo,

Anónimo disse...

Boa tarde

Mais um Florêncio em Angola será que vai ser como o filho que chega la e vai conseguir fazer 8 progressões em 15 minutos ou vai ganhar uma medaha nos proximos jogos olimpicos como dizia o filho em todas as conferencias que fazia estes artistas sao do melhor nas mentiras e da forma como organizam os treinos que mais parece um circo...

Anónimo disse...

O Florêncio filho tem pancada agora não misturem as coisas o pai não tem culpa. ANGOLA TEM SUBIDO MUITO NO RANKING AFRICANO!
Notem até na equipa de juniores terceira classificada no último europeu. Para um país que vive em caos permanente e que á meia dúzia de anos sofreu uma guerra de guerrilha não está péssimo. Só mau. Mas esse mau tende a ser suficiente pois há gente a querer fazer coisas e quando toca a reunir há dedicação. Não estranharia que naquele país onde já estão o Rolo, Campos, e outros mais convites surjam. Os resultados conseguidos no feminino e masculino não são os do Basquete modalidade rainha na nação. Algumas vitórias aqui e ali vão de certeza fazer a modalidade crescer e não me admirava nada que houvesse recrutamentos em Portugal. Não falamos a mesma língua? Para começar a evoluír nada com importar treinadores e jogadores que até vão ganhar mais apesar do amadorismo reinante. No basquete o país paga acima do que se ganha em Portugal. Mário Palma é um caso recente e não se queixou das condições de trabalho.