gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Geórgia por 48-11 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 1 de maio de 2014

75.º Aniversário da FAP

Hoje é um dia que não gostaríamos de deixar em claro, pelo simbolismo de que o mesmo se refere.
 
A FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL
COMEMORA AS SUAS
BODAS DE DIAMANTE.
 
Apenas publicaremos esta ligeira mensagem, de saudação a todos quantos tornaram possível a existência desta modalidade em Portugal, e aqueles que com maior ou menor dificuldade procuram manter e engrandecer a mesma.
 
Desejamos que apesar da bonita idade (75 anos) A Federação de Andebol de Portugal, possa continuar por muitos e bons anos a exercer a sua atividade, procurando um cada vez maior engrandecimento da modalidade, quer através do aumento efetivo do número de praticantes, quer através da obtenção de resultados Internacionais que nos coloquem na rota dos mais evoluídos, e que todos os atos praticados, sejam cheios de dignidade e transparência.
 
Estes são os nossos votos e desejos para a FAP e para a Modalidade que abraçamos.
 
Terminamos com o primeiro símbolo da então FPA (Federação Portuguesa de Andebol) e dos seus Fundadores 
Saudações Andebolistas.
 
O Administrador

12 comentários:

Anónimo disse...

Parabens pela coragem que tiveram, em escrever este texto, felizmente aqueles que costuam usar o espaço que é deles para falar de andebol, ainda não o uasaram para denegrir o exto que fizeram

Gostei é raro mas hoje estou convosco

Interrogações disse...

Francamente neste momento de celebração da modalidade, o ANDEBOL não merece o CA que se apresenta nos dias correntes.

Ao que parece continuaremos com promoções administrativas de árbitros regionais. Permanecem inscritos como árbitros regionais mas fazem dupla com árbitros nacionais de níveis superiores... e Ainda se constituem novas duplas.

Onde está a circular a indicar o Quadro de Arbitragem DEFINITIVO?

Leia-se o Título 15 - Regulamento da Arbitragem, Artigo 49º Obrigatórias [Circulares] Ponto 2: "O segundo comunicado oficial deverá ser elaborado após a realização das ações de formação de início de época desportiva informando o Quadro de arbitragem definitivo."

A cada semana que passa temos promoções Honoris causa?! Será para não acontecer como no Jogo Nº. 2258 PO07 - AVFC x CDSB 'B'? Ou no Jogo Nº. 1891 PO12 LAC x JAC?
Ao menos sejamos honestos ao ponto de assumir a delegação de competência de nomeação por incompetência para gerir os quadros nacionais de arbitragem que aparentemente são insuficientes... Conjectura sócio económica?! Sejamos transparentes... Façam circulares. Informem a verdade não embelezam o andor podre e oco que vai na RUA... O Rei já há muito vai nu...

Imprimir quantidade deixa a qualidade em défice... O CA surge publicamente a mostrar a sua enormidade de (des)união e (in)competência sem olhar para um umbigo repleto de contra informação e crítica.

Será que continuaremos a celebrar as bodas de diamante da NOSSA Federação para entregar a Medalha de Latão ao CA vigente?!

Interrogações disse...

Como é possível existirem as enormidades que temos vindo a assistir nas nomeações NACIONAIS?!

Será que não seria mais HONESTO prover as ASSOCIAÇÕES REGIONAIS de competência para nomeação das PROVAS NACIONAIS NÃO FIXAS?! Será que as mesmas nomeações Regionalistas que são feitas a nível Nacional não seriam mais corretas se fossem as próprias AR a fazê-las?

O CA FAP nomeia árbitros das AR para arbitrarem jogos à porta de casa ou o Mais perto possível... Será que não seria preferível as próprias AR nomearem os árbitros?! Essas aparentemente têm árbitros suficientes pois fizeram as provas Regionais... A tão falada quantidade!?

Como é possível este CA formar duplas e desmontá-las a seu belo prazer?!

Fontes/Freire?! Um árbitro Nível 4 a arbitrar com Árbitro Regional? No final da época como Será?! Ou será que é um Árbitro de Nível 4 com um de Nível 1? Transparência... Tão falada e prometida foste...

Teixeira/Pires? Um árbitro de Nível 2 a arbitrar com Árbitro Regional? No final da época como Será?! Ou será que é um Árbitro de Nível 4 com um de Nível 1? mas ainda ninguém soube de nada... É que estes no Jogo Nº. 1722 PO10 SIMPS x NAAL Terão a sua observação? Normal? Como irá o CA da FAP observar e classificar um árbitro Regional? Ou será que a observação só conta para um árbitro?

No Capítulo 10 - Avaliação e Classificação do Título 15 - Regulamento de Arbitragem - temos o Artigo 41º - Princípio no ponto 4. "A avaliação final da dupla resulta da média da avaliação individual de uma dupla e não de dois árbitros isolados"

Veremos?!

Como será observada por um Observador Azevedo, uma dupla Regional da AA Porto? Jerónimo/Correia? Será exame de admissão? Mas o que se passa com a Arbitragem?! Porque houve um "curso" durante o Kakygaia?! Circular do CA Nº. 011? Não dá para perceber em que pensam os elementos do CA? O que será que lhes vai pela cabeça?! Continuaremos a falar de conjecturas sócio económicas e falta de dinheiro?! Ao que parece até seremos riquíssimos para esbanjar cobres...

Queixar de falta de euros mas com promessa de pagamento... O que interessa é gastar sem saber quando se irá pagar... Lamentos semanais dos árbitros pelos pavilhões se calhar esperando que sejamos os clubes a subsidiá-los...
O andebol faz-se e existe mesmo sem árbitros. Sem equipas isso não... Por isso não adianta continuar a destruir porque já com muito se prova que a existência é desnecessária... A Nível Nacional já se fizeram jogos sem a sua presença... Sem Delegados/Observadores nomeados... Toda a gente falta e a Caravana passa independentemente do ladrar das circulares... Assistimos fim de semana a fim de semana à destruição da ARBITRAGEM com a conivência e anuência deste CA da FAP...

Nomeações para jogos?! Isso já nem vale a pena bater mais... Continuaremos a assistir à regionalização das nomeações independentemente das consequências desportivas das acções praticadas. A Verdade Desportiva?! Esquecida.

Anónimo disse...

O que mais custa nesta noticia é ver na imagem que um dos fundadores foi a Associação de Andebol do Porto que hoje em dia È UMA AUTENTICA NULIDADE no panorama Nacional desta modalidade.
A falta de coragem e trabalho permitiu que outra Associação tomasse conta dos destinos do andebol .

Anónimo disse...

Aproveito para lembrar, que no tempo do torrinha, havia um dirigente do ca que ameaçava o presidente do ca que ia cntar tudo lá baixo, ele ainda lá está será que agora ainda faz o mesmo.

Eu sei

Interrrogações disse...

O que se passa na cabeça de quem comanda ou tenta comandar a arbitragem? será que não se apercebem que só destroem o que já mal ia?! Será que pretendem ser o D. Sebastião ou outros que rimem para poderem ser os Salvadores de uma Pátria perdida e destruída?!

Porque fizeram um Regulamento da Arbitragem se não pretendiam cumpri-lo?! Aprovado a 09 de Setembro de 2013 pela Direção da FAP?! Será que nem estes se interrogam o que aprovaram e não é cumprido?! Será que ninguém se importa do que vai mal no Próprio reino?!

Escrever no Regulamento da Arbitragem no Artigo 49º - Obrigatórias [Circulares] Ponto 1. Alínea e: "Provas prioritárias por nível de árbitros" e f: "Critério de Nomeação" e depois cumprir tudo ISTO?! Não?! É só para os clubes cumprirem e pagarem para serem mal servidos?!

Exemplo... Andebol9... Nos Jogos dos 1/4 Final ter dupla de Nível 2 a arbitrar um Jogo, supostamente o mais competitivo, 4º/5º classificados da fase regular... Associativamente... Porto/Santarém... Árbitros do Porto?! Realmente apenas queremos o quê?! Lançar suspeição e dúvida na credibilidade das arbitragens? Plenamente conseguido!

Ainda na mesma prova... Jogo de salvação ASSA x CSJM arbitrado por dupla de Nível 1?! De Lisboa?! Qual é o objetivo?! Expliquem-se...

Nenhum comum mortal consegue entender o que é pretendido por este CA...

Insistir a Sul da Andebol2 em duplas de Nível 1 a arbitrar esta prova?! Qual o objetivo?! Prejudicar as equipas, o Andebol ou a arbitragem?!

A não indicação do referido anteriormente e comprometido pelo Título 15 parece cada vez mais premeditado para prejudicar a todos. Assim não podem ser apontadas incompetências a quem lança às feras as tenras presas que são facilmente devoradas por tudo e todos. Depois estranham acontecimentos como os de Santa Maria... E outros virão a acontecer...

Será que ao Domingo não existem árbitros (retirados/ou não) para arbitrarem os Jogos da FF da Andebol4?! É preciso indicar/nomear duplas de níveis inferiores?!? Será que não se paga a melhor qualidade de arbitragens?! Ou só se paga para ter figuras de Preto (ou outras cores...) lá a mais para além das equipas para dizerem qual o resultado final... Ganhando frequentemente quem pressiona mais e tem ambientes mais hostis?!

Será esta a verdade desportiva que se pretende capitalizar para a modalidade?! Na opinião deste CA tudo aparenta assim ser! É triste ver o que se destrói... A modalidade anda nas ruas da amargura... Perde diariamente a primazia de modalidade de Pavilhão.. Para nem falar do Futsal... Mesmo para todas as outras... Já ninguém acredita na modalidade nem nas arbitragens que por aí andam a entristecer os cada vez menos adeptos de Andebol?!

Ter pavilhões cheios de arruaceiros de claques desportivas / futebolísticas não é sintomático do aumento do número de adeptos de Andebol. Esses são cada vez menos e mesmo esses já não acreditam no que vêm.

Clama-se uma Mudança Real!! Esperam-se melhores dias. Dirigentes Verdadeiros e cumpridores. Atores de Intervenção e Ação e não críticos retóricos da passados infundados. Precisa-se de mudar para o Futuro e evoluir a Arbitragem.

Apelar à quantidade para pensar depois em qualidade?! Pouca clareza de Ideias... Depois andaremos anos a fio a tentar credibilizar os árbitros e esperar que os viciados em erros estejam dispostos a aprenderem a ser melhores. Olhem para dentro e vejam se realmente são competentes para fazerem promessas de futuro, com trabalho antes de apelarem para ser refundados e subsidiados para andarem a passear baseados em ajudas de custo e jantaradas de amizades que apenas servem para alimentar o mau estar da Arbitragem.

Jorge Almeida disse...

Fora de tópico:

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 2 e 4 de Maio de 2014:

http://andeboltv.blogspot.pt/2014/04/lista-de-transmissoes-entre-28-abril-e.html

Anónimo disse...

O texto do 'Banhadas' é dedicado aos 75 anos da Federação.
Quanto a isso, os meus parabéns.

Não é possível felicitar sem tecer algumas considerações ao que de mau e muito mau se tem feito.
Mais, muito mais, a nível de um CA sem cabeça.
Até ilegalidades!
Se alguém conhecer uma, uma única coisa que este CA tenha feito, que diga, por favor.

A vergonhosa e cobarde atitude dos elementos que compõem o CA não tem igual.

Anónimo disse...

Parabéns à FAP pelas suas bodas de diamante. Este facto merece obviamente amplo destaque.

No entanto, lamento que uma instituição com ENORME PASSIVO (1.500.000,00 €) que, por exemplo, não paga aos árbitros há 1 ano gaste dinheiro em eventos pomposos e apenas para alguns.

Os agentes da modalidade (jogadores, treinadores e árbitros) agradeciam mais consciência por parte de quem dirige os destinos da FAP.

Seria importante dizer publicamente qual o custo deste evento? quem pagou o aluguer do teatro? as viagens e estadias dos "ilustres"? O catering? etc.

Não defendo o miserabilismo, bem pelo contrário, mas seria preferível que tivesse havido mais humildade e parcimónia neste tempo de vacas magras. Seria preferível que os parcos recursos financeiros da FAP fossem gastos num torneio de andebol que fosse ao encontro de todos os agentes da modalidade, onde todos pudessem celebrar com a FAP.

Seria bom pensar que o exemplo da Federação Portuguesa de Futebol que no seu centenário irá essencialmente incidir na realização de jogos de futebol e não apenas em cerimonias fechadas com beberetes para os dirigentes. E a federação de futebol é uma instituição rica.

Por fim, um lamento particular por saber que os dirigentes que supostamente deviam defender os árbitros (APAOMA e CA) e outros credores da FAP não tenham tomado a simples medida de não marcar presença neste evento para manifestar publicamente o desagrado. Enfim ...


Anónimo disse...

APAOMA e CA não marcar presença?
Os vaidosos e incompetentes estão na fila da frente.

A FAP gastou mais do que deveria.
Passos maiores que as pernas.

Árbitros, oficiais de mesa, observadores/delegados, não recebem?
Que chatice, alguns até pagavam para andar a passear a vaidade.

Anónimo disse...

É fantástico como os miserabilistas do tostão, aqueles que só estão no andebol para chular os clubes, venham para este espaço chorar que não têm cheta. Esta classe da arbitragem é mesmo do mais rasca que existe! Espero que a FAP continue a não vos pagar porque só merecem isso ou pior!

Anónimo disse...

Oh anónimo das 17:21
Compra uns Óculos de Cortiça seu AM