gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 31 de maio de 2014

PO06 Fase Final – 2013 / 2014 - V

Cronica ligeira sobre a Fase final desta prova, que está a ser disputada num novo formato competitivo. E que se confirmou na sua total plenitude, a nossa previsão, de grande equilíbrio e forte competitividade, apesar da presença de uma seleção numa prova de clubes.
 
Nota – dar os parabéns pela iniciativa da Andebol TV em transmitir um jogo deste escalão o que pensamos ser inédito
 
ÁGUAS SANTAS CAMPEÃO NACIONAL  

PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos

Fase Final
5.ª Jornada
CCF Madeira 22 - 20 ABC
Águas Santas 26 - 18 Benfica
 
O equilíbrio existente na jornada anterior, nesta apenas se verificou no jogo disputado na Madeira onde a equipa representativa da Região venceu o ABC, num encontro de grande equilíbrio, com os minhotos a vencerem ao fim dos primeiros 30 minutos por 11-10. Com esta vitória a equipa madeirense obteve a sua primeira vitória nesta Fase Final da Prova. Mais uma vez foi um encontro disputado com uma excelente moldura humana. A jornada encerrava ainda um outro jogo que tinha como aliciante saber até que ponto a equipa maiata, mantinha a sua invencibilidade, e poderia a uma jornada do fim da prova sagrar-se Campeã Nacional. Pois ao vencer de uma forma clara o Benfica que entrou no jogo de forma demasiado nervosa e cometendo inúmeras faltas técnicas, permitiu que a equipa do Águas Santas se adianta-se no marcador e chegasse ao intervalo já a vencer por 13-9. Os segundos trinta minutos, foram jogados com a equipa lisboeta praticamente sempre em inferioridade numérica, inferioridade que nunca pôs em causa a superioridade da equipa nortenha, mas que tem influência certamente nos jovens praticantes. No Segundo período a diferença chegou a atingir os 10 golos (26-16) quando estavam decorridos cerca de 55 minutos de jogo, até final do encontro ainda a equipa do Benfica marcou mais 2 (dois) golos, que apenas serviram para atenuar a diferença que se chegou a registar. Este encontro foi disputado com um pavilhão muito bem composto de público, o que nos apraz registar com agrado. Uma nota positiva para os guarda-redes tanto do Benfica (Gustavo Capdeville) como do Águas Santas (Pedro Pacheco), destaca-se ainda o Lateral da equipa Maiata José Pedro Barbosa com 8 golos e para Miguel Gomes da mesma equipa com 6 golos. No Benfica Tiago Martins com 5 golos foi o seu atleta mais produtivo. A arbitragem da dupla Aveirense Rui Almeida / António Oliveira, foi uma arbitragem com demasiado protagonismo, e com um completo exagero no número de exclusões em especial no 2.º período de Jogo, pois estamos cientes de que em jogos de escalão mais elevado o critério disciplinar não seria certamente o mesmo. Um alerta que não se compreende como é que o Águas Santas apresenta um guarda-redes que joga com o n.º 12 estampado nas costas, quando lendo o Boletim de jogo, não existe ninguém inscrito com este número, uma situação á atenção de quem de direito. Após esta jornada a classificação ficou assim ordenada: 1.º Águas Santas (15 pontos), 2.º Benfica (9 pontos), 3.º ABC e CCF Madeira (8 pontos).
 
O Formador

20 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns ao campeão Aguas Santos ! Com mérito.

O coordenador Carlos Cruz do Benfica deveria fazer uma reflexão sobre a organização da formação desta época e os motivos que conduziram aos resultados, na esperança de não voltar a acontecer o mesmo... Ouvir é uma arte, perceber e a tempo é uma sabedoria.

Aos jogadores do Benfica o reconhecimento do caracter, do valor e e o desejo do maior sucesso.

Anónimo disse...

Parabéns ao Águas Santas.
Só uma equipa desmotivada e destruída pelo seu "treinador" poderia proporcionar uma vitória aos Madeirenses. Parabéns Sr. Borges!

Anónimo disse...

Parabéns ao Águas Santas.
Só uma equipa desmotivada e destruída pelo seu "treinador" poderia proporcionar uma vitória aos Madeirenses. Parabéns Sr. Borges!

Anónimo disse...

Desilusão este benfica

Anónimo disse...

Onde anda o jogador Aranda?

Anónimo disse...

É preciso ser um porco para falar assim da Madeira. A madeira merece pq tem grandes jogadores. Vão mas é apanhar laranjas cambada de desmoralizadores..uma falta de respeito que só pode vir de gente podre. Apesar de não termos a experiência das equipas continentais fizemos um bom papel e fizemos tremer quem se achava superior. Faltou calejo e vivência na equipa madeirense e se assim não fosse iam ver o que é a vontade madeirense de ganhar. Parvolhões!!!!

Anónimo disse...

o aranda jogou hoje pelo barcelona na champions

Anónimo disse...

O Tiago Martins vai ser melhor que o aranha!!!!! 10 vezes
Ass:GC

Anónimo disse...

Perguntem ao responsável do SLB, que sobre as "questões" da formação, melhor que ninguém saberá.

Anónimo disse...

Frederico mendes é um miudo bastante credivel!
J.

Anónimo disse...

credibilidade acima de tudo

Anónimo disse...

Sr. Anônimo das 23,01 do dia 31: só fala quem tem que se lhe diga...
Os factos são claros: ao madeirenses só venceram a destruída equipa do ABC . O resto são cantigas!

Anónimo disse...

Parabéns ao Águas Santas e ao trabalho que vem desenvolvendo na formação. Mostrou ser a equipa mais completa e a classificação não deixa dúvidas disso! Boa gestão entre a experiência dos mais velhos e a vontade dos mais novos! Ao ABC parece-me que faltou um plantel mais alargado e experiente (muitos atletas de primeiro ano) pois houve capacidade de luta e modelação à forma de jogar do adversário. Já o Benfica tinha conjunto para outros desfechos, mas a má gestão da equipa e as flutuações entre as prestações boas e sofríveis foram demais para a equipa. Nunca pareceu uma equipa tranquila e ambiciosa (com excepção de Braga) nem quando estava a vencer!

Anónimo disse...

E a mudança de treinador no slb a meio da época? alguém já explicou isso aos sócios?
O que fez o treinador campeão nacional para ser afastado? mal comportamento ou foi o outro que lhe fez a caminha bem feita.

Anónimo disse...

srº anonimo das 23:01 tenha e vergonha naquilo que diz alem de vir a conta do estado partecipar num campeonato de equipa com uma seleçao ao menos traziam a equipa campea da madeira, parabens aos miudos do Aguas Santas pelo titulo de um campeonato que foi fraudelento

Anónimo disse...

Realmente nao se percebe esta mudança dd treinador a meio da epoca, so veio prejudicar as coisas... so quero ver agora onde poe a direçao do benfica andebol o seu orgulho... deveria voltar atras com a decisao e acreditar nl treinador que no 1 ano foi campeao nacional quando ninguem acreditava e este ano nao tinha perdido nenhum jogo a gerir completamente toda a equipa... agora sera que dwixam o orgulho de lado, assumem o erro e voltam atras?
E desde que foi para equipa b, o bom desempenho se manteve, fase final com aquela equipa nao era nada facil...

Anónimo disse...

o surgimento do jogador mais credível da formação do benfica foi insuficente

Anónimo disse...

Bom dia.
Sr. anónimo da 14,11 de 2/11, ao ABC faltou treinador senão vejamos:
- Dispunha de um bom plantel mas fez uma gestão que levou grande parte do plantel à desmoralização total.Depois quando precisou dos miúdos, estes já estavam derrotados e entravam a tremer, o que agravou com a postura sistemática de ao primeiro erro toca a regressar ao banco, enquanto outros passavam jogos inteiros a fazer falhas de toda a ordem e ... sempre a jogar. Resumindo havia jogadores de primeira, de segunda e até de terceira categoria. Só não se entende porque razão o plantel não foi constituído apenas por 8 ou 9 jogadores já que os restantes não serviam;
- Nunca premiou a assiduidade aos treinos ou seja os miúdos que nunca faltavam não jogavam e os que faltavam aos treinos eram sempre titulares;
- A equipa só tinha duas formas de atacar, o que a tornava previsível e portanto anulável: Circulação de bola com a deslocação do lateral direito para segundo pivot ou circulação de bola até ser passada ao pivot. Remates de 2º linha só raramente, pontas idem aspas,etc, etc, etc.
- Muito má gestão do treino com os jogadores a participarem nos jogos totalmente exaustos, capacidades físico/atléticas em regressão ao longo da época e as consequente abundância de lesões não traumáticas.
- Mau relacionamento com a equipa e sua envolvente. Foi sempre "um bicho do buraco"...
Esperemos que os miúdos que vão continuar neste escalão não tenham o castigo de o voltar a ter que aturar, e já agora os dos outros escalões também não!

Anónimo disse...

Não percebo o falatório sobre a equipa da Madeira "apenas ter ganho ao ABC"
O Benfica "apenas ganhou" ao ABC e o ABC "apenas ganhou" à selecção da Madeira, porque estas equipas não são criticadas?
E também é preciso ver que foi a equipa da Madeira e ter o resultado mais equilibrado contra a equipa campeã, e que caso vença no último jogo, pode ficar em 2º lugar, o que não é de todo uma má performance.

Anónimo disse...

Pois é houve equipas que só ganharam mesmo ao ABC. Por outro lado também não se deve esquecer as condições em que o ABC teve a sua única vitória, no caso frente à Selecção da Madeira em Braga.
No fundo tudo é coerente: a equipa de juvenis do ABC foi completamente anulada e desmantelada pelos responsáveis do Clube com especial relevo para o Sr. Borges que, diga-se em abono da verdade, fez um trabalho exemplar...
Consta em Braga que vai ser contratado por uma empresa de demolições...