gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 25 de maio de 2014

PO11 – 2013 / 2014 – Fase Apuramento

PO11 – Campeonato Nacional de Juniores Femininos
 
Realizou-se de 23 a 25-05-14 no Pavilhão Municipal de Leça da Palmeira a Fase de Apuramento desta Prova.  
Modelo Competitivo: Os clubes apurados da 1ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em duas zonas geográficas jogando TXT a 2 voltas, apurando-se o 1º Classificado para a Fase Final. O 2º Classificado de cada zona mais o representante da A.A. Madeira (TXT a 1 volta - regime concentração) apurando-se os dois primeiros classificados para a Fase Final (TXT a 1 volta – regime concentração). O 1º classificado será Campeão Nacional. 
 
Resultados da Fase de Apuramento

1.ª Jornada
AA Espinho 22 – 29 CA Leça
2.ª Jornada
CS Madeira 34 – 16 AA Espinho
3.ª Jornada
CA Leça 25 – 34 CS Madeira 
 
Nota – Nesta prova a Madeira foi representada por um clube, o que se saúda. 
 
Classificação Final – 1.º CS Madeira, 2.º CA Leça e 3.º AA Espinho 
 
Apurados para a Fase Final – CS Madeira e CA Leça 
 
Nota – A Fase Final que realiza-se de 30 de Maio a 01 de Junho de 2014, no Pavilhão de Alpendorada.
 
O Formador

5 comentários:

Anónimo disse...

As datas da fase final estão erradas: 30 de Maio a 1 de Junho!

Anónimo disse...

Parabéns às Madeirenses.
Ano após ano, as terceiras fases dos escalões femininos de formação são dominadas pelas equipas da Madeira.
Será que as mentes iluminadas dos treinadores e dirigentes aqui do continente alguma vez vão acordar e perceber o que está mal?

Anónimo disse...

Ao anónimo de hoje às 08:13, deve andar a beber muitas ponchas porque ano após ano as 3ª fases dos escalões femininos podem ter equipas da madeira (porque assim está estipulado) mas dizer que são dominados por elas ..... caramba só gente doida!

Anónimo disse...

Os treinadores pouco ou nada podem fazer...não são eles que fazem os regulamentos. Claro que todos sabem que se as equipas madeirenses competissem normalmente todos os fins-de-semana não chegariam sequer à 3ª fase de qualquer uma das competições ou nem sequer haveria necessidade de fazer uma 3ª fase.

Anónimo disse...

QUE FUTURO TERÁ O ANDEBOL FEMININO EM PORTUGAL ? FOI UM ENORME SACRIFÍCIO ASSISTIR A 3 JOGOS DE UMA MEDIOCRIDADE IRRITANTE. TRATANDO-SE DE EQUIPAS JUNIORES, ONDE ALGUMAS ATLETAS JÁ MARCAM PRESENÇA PERMANENTE NO ESCALÃO SÉNIOR DOS SEUS CLUBES.
AO CONTRÁRIO DO QUE É HABITUAL, DAS 6 EQUIPAS PRESENTES, AS 3 MELHORES FORAM AS DE ARBITRAGEM. E, CERTAMENTE NÃO SERÃO APURADAS PARA A FASE FINAL. TAMBÉM É VERDADE QUE NENHUMA DELAS FOI FABRICADA NOS FORNOS RÁPIDOS DE BRAGA.