gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 12 de junho de 2014

O Adeus de Jorge Nunes – Mais Um Abandono … Não… Até Breve -Atualizada

JORGE NUNES
ABANDONA A ARBITRAGEM
Jorge Nunes talvez o arbitro mais antigo em atividade, (23 anos e carreira), anunciou o abandono da função.
 
Tal como muitos outros Marcou uma época, pela sua forma de estar na arbitragem e na modalidade, sobretudo com dedicação. Foi certamente muitas vezes criticado, mas nunca se ouviu uma palavra azeda acerca das críticas. Pela nossa parte apenas temos de agradecer a sua conduta como homem, e como árbitro durantes todos os anos dedicados á modalidade. A Arbitragem, perde assim mais uma das sus figuras de referência e que certamente muita falta irá fazer.
 
Jorge Nunes, poderia não ser dos mais dotados para a função, mas a sua dedicação e a sua honestidade e vontade de aprendizagem contínua, valia certamente muito mais que alguns “doutos” que por aí andam. Mas por vezes a forma como somos tratados e ostracismo a que somos votados levam-nos a tomada de decisões radicais. 
 
As suas palavras, retiradas de uma entrevista ao Jornal das Beiras e que respeitosamente se transcrevem, dizem tudo “...Deixou, ainda, elogios a Fernando Humberto (presidente regional do Conselho de Arbitragem) e a Pedro Mourão (presidente da Mesa da Assembleia Geral da FPA), que marcou presença, neste último jogo”, E onde estava o CA?
 
O carácter das pessoas mede-se muitas vezes em pequenos atos e Jorge Numes, demonstrou ser reconhecido ao nome (outro grande em nome como arbitro e como pessoa infelizmente já não está entre nós), o Conimbricense Políbio Pereira quando diz “enviar um enorme agradecimento a Políbio Pereira, com quem fez dupla, no primeiro jogo da carreira, destacando todos os conselhos que este lhe transmitiu”. Este simples ato, definiu como homem e com pessoa.
 
Não se esquecendo de deixar ainda uma referência para os mais novos “… deixou alguns conselhos, aos seus novos “pupilos’’ (A. Moura Pereira e Miguel Mendes): “Apesar de gostarem muito de Andebol, devem lutar pelo que querem e tentarem chegar o mais longe possível”.
 
Pala nossa parte apenas diremos MUITO OBRIGADO.
 
Mais uma vez a falta de informação do CA é determinante.

ATUALIZAÇÃO

Transcrição de um comentário recebido, presumivelmente dos elementos que o assinam e que nós respeitamos a mesma.
 
"Para informação do REGRAS o Presidente do CA/FAP Sr. Ant. Marreiros Esteve presente no Ultimo Jg. do Arbitro Jorge Nunes bem como lhe entregou uma placa de Agradecimento e reconhecimento Pelos anos Ligado ao serviço da Arbitragem. Presidente da Assemb. Geral da FAP não esteve presente.Estiveram presentes alguns árbitros Jovens da AAC e que estão no quadro Nac. e que efetuaram alguns JG com Arb. Jorge Nunes ainda no decorrer da época em curso.Estiveram Também Árbitros que entretanto já não estão no ativo mas que fizeram questão de estarem presentes e que com ele fizeram Duplas nas ultimas épocas. Mais informo que que esteve presente o Quadro Nac. Silvino Santos que até ao dia 02-02-2014 Fazia Dupla com Jorge Nunes e que por motivos de Saúde teve que abandonar a carreira de Arbitro e também fazia parte dos quadros mais velhos que se encontram esta época a actuar ( 25 Anos) Dupla mais antiga no Quadro Nacional.
Assinam
Jorge Nunes e Silvino Santos"
 
Um esclarecimento que consideramos oportuno, considerando que as assinaturas presentes são válidas, pois não temos forma de perguntar aos mesmos, se estão corretas ou não as mesmas, no entanto consideramos a mesma correção, deveria era ser feita para o Diário das Beiras de 09-06-14 (ver Comunicação Social no Site da FAP de dia 09-06-14), na entrevista dada por Jorge Nunes, onde nunca é referido a presença do Presidente do CA, mas é sim referido um agradecimento ao Dr. Pedro Mourão, presidente da AG da FAP. Para evitar confusões iremos publicar o vosso comentário, juntamente com o extrato da entrevista onde é referido o presidente da AG da FAP.
Aqui não se inventa
 
O Regras

9 comentários:

Interrogações disse...

Realmente uma questão pertinente neste texto... "E onde estava o CA?"

Mas será que o próprio CA sabe onde está?
O Presidente esse normalmente sabe... Passear pelos país...

Devem ter esquecido de avisar que podia meter ajudas de custo... Tristeza... Ou se calhar era por ser Coimbra... ainda podia aparecer alguém... que podia se tornar demasiado incómodo... Tipo aquele Sindicalista da FENPROF...

Este CA prima pela ausência física mas sobretudo intelectual... A grande pergunta é... Quando termina a época? Já está tudo sem Rei nem Roque... As nomeações de árbitros... Bárbaras... Nomeações de Delegados/Observadores... Confrangedoras... Realmente será que alguma coisa corre bem no seio deste CA?

Não será que estamos a dissecar as poucas camadas desta cebola... Pois este CA só dá vontade de chorar...

Árbitros que fazem os mesmos jogos vezes sem conta... Delegados / Observadores que vêm as mesmas duplas... Realmente isto deve ser MUITO difícil?! Se calhar melhor contratar uma Empresa Externa para fazer este trabalho... alguém que faça tratamento estatístico... Ou sondagens... Devem conhecer alguém disponível... Um Salvador da Pátria... Se calhar fecham portas mas abrem janelas...

De outra forma não se entende tamanha falta de competência... Ou será que os Delegados / Observadores faltam mais do que aquilo que aparecem? Ou existem alguns carenciados, dependentes que precisem de receber sem a observação fazer?

Porque em pouco mais de 1 mês se conseguem nomear mais que uma vez o mesmo Delegado / Observador para a mesma dupla?! Distração? Falta de atenção? Ou algo mais? [ndr: falta de competência para a função]

Ao que parece tudo isto é MUITO difícil... Será que não se conseguem fazer as coisas bem feitas? Custa o Mesmo... Tenha capacidade para as fazer? Indisponibilidade ou falta de tempo? Assuma-se como tal...

Mas para não haverem dúvidas vejamos... Como "algumas" duplas de árbitros foram observados pelos mesmos mais que uma vez e ainda continua agora mesmo que com poucos jogos...

Silva/Marques - Moreira
Fernandes/Nunes - Tomás
Baleiza/Alexandre - Virgílio
Santos/Antunes - Costa
Almeida/Santos - Ferreira
Carvalho/Gualdino - Bernardes
Jerónimo/Correia - Azevedo
Ventura/Brito - Tomás

Mas de certo que vale a pena pensar nisto...

Vale a pensar como constrangimentos económicos dão para tanto esbanjar... E depois ainda temos duplas com meses com 3 e mais observações e outras que andaram (ou não) por cá o ano inteiro e ainda nem observadas... ou então foram apenas observados uma vezinha...

Borges/Augusto
Ressonha/Candeias...

Martins/Martins
Rebelo/Vinagre
Maurício/Martins

Ou então recém promovidos não vistos...
Menino/Mendes
Barbosa/Carvalho

Ou recém formadas duplas....
Coelho/Cunha...

Comparar só com duplas das Ilhas Insulares que nem sequer arbitraram na época em curso...

O andebol não é para entendidos... Nem para espertos... é sim para se fazerem cumprir os regulamentos...

Explanemos abaixo..

Interrogações disse...

Mas leia-se para simplificar e compreender que nada se está a verificar... Título 15 - Regulamento da Arbitragem - Artigo 43º - Definição dos Fatores de Avaliação:
"1. Os Testes Físicos classificam a aptidão física do Árbitro.
2. Os testes escritos avaliam os conhecimentos teóricos do quadro de Arbitragem.
3. Observação avalia a componente prática das duplas na aplicação das regras do jogo,
com as seguintes condições:
a) Uma Observação semanal;
b) No mínimo 3 observações, com exceção das duplas de nível 4 que deverão ter no mínimo 5 observações;
c) Observações efetuadas por diferentes Observadores;
d) Impossibilidade de duas Observações em jogos do mesmo Clube, desde que entre elas não decorra um período mínimo de 45 dias;
e) Sempre que uma dupla esteja nomeada para dirigir mais de um jogo no mesmo dia, a observação terá de ser efetuada no primeiro jogo do dia;"

Será que o próprio CA não sabe ler o que escreveu ou foi obrigado a escrever... Claro que um sonho utópico era... A APAOMA como associação de classe fazer a impugnação da classificação final.... Isso sim eu gostaria de ver mas estes menos coragem terão que os restantes...

Daí fica... a questão é assim tão difícil de se fazer o que se acaba de LER?

Aguardemos ansiosos pelo (des) fecho da época... e já agora ver a relação (comunicado/circular) final dos Quadros de Arbitragem... e assim finalmente se perceber quem existe, anda ou passou... Mas já agora transcrevo para depois o CA saber o que tem de fazer... Só para não terem trabalho a consultar o Regulamento da Arbitragem...

"3. O terceiro comunicado oficial deverá ser elaborado no final de cada época desportiva e conter a seguinte informação:
a) Classificação de todos os quadros de arbitragem
b) Lista de Candidatos à ocupação das vagas
c) Lista da ocupação das vagas."

Mas honestamente não esperemos que consigam cumprir... Esperemos que se enganem e nos possam surpreender e nos façam ficar surpresos (A redundância é deliberada)... E assim possam demonstrar cabalmente toda a sua COMPETÊNCIA. (Finalmente... porque tem andado mesmo ausente)...

Anónimo disse...

João Malhado também abandona e muitas outras saídas haverá...

Anónimo disse...

Para o Jorge Nunes um grande abraço de um velho que não os esquece, os dirigentes do CA não estiveram no último jogo que dirigis-te porque estavam certamente a fazr nomeações, pensadas.

Jorge Nunes e Silvino Santos disse...

Para informação do REGRAS o Presidente do CA/FAP Sr. Ant. Marreiros Esteve presente no Ultimo Jg. do Arbitro Jorge Nunes bem como lhe entregou uma placa de Agradecimento e reconhecimento Pelos anos Ligado ao serviço da Arbitragem. Presidente da Assemb. Geral da FAP não esteve presente.
Estiveram presentes alguns árbitros Jovens da AAC e que estão no quadro Nac. e que efetuaram alguns JG com Arb. Jorge Nunes ainda no decorrer da época em curso.
Estiveram Também Árbitros que entretanto já não estão no ativo mas que fizeram questão de estarem presentes e que com ele fizeram Duplas nas ultimas épocas.

Mais informo que que esteve presente o Quadro Nac. Silvino Santos que até ao dia 02-02-2014 Fazia Dupla com Jorge Nunes e que por motivos de Saúde teve que abandonar a carreira de Arbitro e também fazia parte dos quadros mais velhos que se encontram esta época a actuar ( 25 Anos) Dupla mais antiga no Quadro Nacional.

Assinam

Jorge Nunes e Silvino Santos

O Banhadas Andebol disse...

Um esclarecimento oportuno, mas deveria era ser feito para o Diário das Beiras de 09-06-14, na entrevista dada por Jorge Nunes, onde nunca é referido a presença do Presidente do CA, mas é sim referido um agradecimento ao Dr. Pedro Mourão, presidente da AG da FAP. Para evitar confusões iremos publicar o vosso comentário, juntamente com o extrato da entrevista onde é referido o presidente da AG da FAP.

jorge Nunes Silvino Santos disse...

Agradecemos desde já a vossa disponibilidade para o total esclarecimento do exposto.


Jorge Nunes e Silvino Santos

Anónimo disse...

E onde estava o CA?
E onde tem estado o CA?
E para onde vai o CA?
Mas o CA existe?
CA para a rua, já!

Jorge Nunes, homem de palavra, com uma postura ímpar durante os largos anos em que serviu a arbitragem, sem nunca se ter servido dela, acaba por fazer um favor ao CA. Abandona. Marreiros & Cia. aplaudem.
Se sei o que digo? Sei.

Se é verdade que Jorge Nunes nunca foi um super árbitro, não é menos verdade que deu tudo o que sabia à causa.

Da minha parte, um abraço ao Jorge.
Bem hajas por teres sido irrepreensível, por seres uma pessoa que não se esquece dos amigos e relembra quem o acompanhou. O saudoso Políbio Pereira.



Anónimo disse...

O Pistolas foi embora há há
Deviam era ter um pouco de censo quando colocam este post.

FS