gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Competições Europeias 2014 / 2015 – XXXIV – História

A propósito da eliminatória da Challeng CUP, onde o ABC está inserido e que irá disputar este fim-de-semana, recebemos de um leitor perfeitamente identificado, um texto histórico, que merece, no nosso entender a sua divulgação, e a quem desde já agradecemos a sua amabilidade. Isto serve também para demonstrar como o Marketing, funciona por vezes nalguns clubes e noutros parece não existir
 
HANDBALL - TAÇA.CHALLENGE – EHF - HISTORIA:
 
HC Dukla Praga - (Checo: HC Dukla Praha) é um clube de andebol Checa. Dukla conquistou três títulos EHF Champions League, bem como alcançou mais duas finais. O clube também ganhou 30 campeonatos nacionais. 
 
Originalmente era uma parte de um clube desportivo do exército da Checoslováquia que apoiava várias equipes diferentes desportos, como futebol, que foi fundado em 1948 como ATK Praha e, mais tarde renomeado Dukla Praga. A equipe de andebol de Dukla Praha foi a equipe de andebol da Checoslováquia mais bem sucedida. Ganharam o campeonato de andebol da Checoslováquia 28 vezes e após a dissolução da Checoslováquia o campeonato de andebol da Republica Checa duas vezes. Em 1956, 1963 e 1984 eles ganharam dos Campeões Europeus (agora EHF Champions League) e em 1967 e 1968 que terminaram nas finais. Em 1982, eles chegaram à final da Taça dos Vencedores das Taças. Em 1963, eles foram agraciados com o troféu de equipa do ano da Checoslováquia. 
 
Académico de Braga - Fundado em 29 de Dezembro de 1933, o ABC teve ao longo da sua vida, diversos desportos, como hóquei em patins, basquetebol, atletismo, hóquei em campo, voleibol, xadrez e até, patinagem artística. Em 6 de Novembro de 1958, no decurso das bodas de prata do clube, o reconhecimento da cidade de Braga pelo serviço prestado pelo ABC à juventude, é expresso pelo então Vereador José Maria Rodrigues, que propõe a entrega da medalha de Ouro da cidade ao ABC. 1960 Foi um ano rico para o ABC, e não só no hóquei em patins ou no atletismo, O voleibol reapareceu depois de um longo interregno, e reapareceu em masculinos e femininos. Em masculinos, no Campeonato Regional do Norte da Promoção e em femininos, no Campeonato Regional do Norte. O ano de 1961 foi também importante para o ABC no atletismo, no hóquei em patins e também no andebol de sete. Mas o ABC não vivia unicamente para si próprio, preocupava-se com a comunidade, era um ator social. O Diário do Minho de 26 de Junho de 1961, fazia o seguinte cabeçalho: “Festival Desportivo organizado pelo ABC de Braga e integrado nas Festas da Cidade", para anunciar os jogos de voleibol feminino e de hóquei em patins que o Académico iria realizar com o Leixões e a Seleção do Minho, respectivamente.
 
O andebol do ABC iniciou-se em Janeiro de 1965 com o Torneio Início da Associação de Desportos de Braga (ainda com árbitros do Conselho da Associação de Andebol do Porto). Participaram ABC, SC de Braga, Círculo Arte e Recreio de Guimarães, Desportivo Francisco de Holanda e Vitória Sport Clube, também de Guimarães. O ABC foi 3º com Moreira, Costa, Guilherme, Mateus, Assis, Creissac, José Afonso, Santos, César, C. Jorge, Santos, Saraiva. Há pouco mais de duas décadas, o hóquei em patins era no entanto a modalidade rainha, chegando a ceder alguns atletas às várias seleções nacionais. Em 1979, o ABC, enquadrado pela Associação de Desportos de Braga - à época a maior Associação de Desportos do país - fazia-se representar em várias modalidades: andebol, hóquei em patins, basquetebol, voleibol, ténis de mesa, atletismo e ginástica. Em 1982/83, o ABC caminhava para uma bipolarização em termos de modalidades praticadas: hóquei em patins e andebol. O ponto alto da vida do ABC é nos finais de 1983, sem dúvida, a presença no Nacional da I Divisão de Andebol, Zona Norte. As equipas em competição eram as do Maia, ABC, Quimigal, SC Braga, Beira-Mar, Desportivo da Póvoa, Fermentões e CP Natação. O plantel era constituído pelos guarda-redes Godinho e Marta, pelos 1.ª linha Luís Silva, José Barros, Moisés Ferreira, Maurício Ribeiro, Artur Passos e Adelino Silva e pelos 2ª linha António Casaca, Manuel Marinho, Alberto Araújo, Jorge Barbosa, Paulo Ribeiro e Fernando Rito. O treinador era Antero Cadilhe. Sucedeu-lhe Passos e depois António Cunha. Em 8 de Dezembro desse ano, em entrevista ao Correio do Minho afirmava: “(…) eu, como treinador e agora nesta situação, sempre tive o objetivo de ganhar todas as provas em que entro. É precisamente este espírito “ganhador" que estou a procurar incutir aos academistas (…)".
Com a subida à primeira divisão da equipa de andebol, António Cunha foi o mentor do ABC tal qual o conhecemos. A mudança de cor do equipamento de preto para amarelo provocou uma cisão no clube, de tal modo que alguns dos sócios mais antigos abandonaram de vez o clube. Esse foi, talvez, o preço a pagar pela glória. Apenas três épocas depois de ter assegurado o título da segunda divisão, o ABC completou uma ascensão meteórica com a conquista do primeiro de dez campeonatos nacionais da primeira divisão (1986 / 87). Conquistas essas que continuam hoje a marcar o ABC como a melhor escola de formação de atletas de andebol em Portugal e uma referência para a modalidade europeia. Dominando por inteiro a década de 90 e o início do seculo XXI, com inúmeros títulos nacionais em todos os escalões e a presença em 2 finais de competições europeias, o ABC de Braga comemorou as bodas de diamante em Dezembro de 2008, e viu por essa ocasião, reconhecida publicamente o intenso trabalho desportivo e social desenvolvido, culminando com a atribuição da Medalha de Mérito Desportivo, atribuído por parte da Secretaria de Estado da Juventude e Desporto.
Força ABC! Força Campeões!!!
 
HISTÓRIA DOS TITULOS NO ABC:
Competições Nacionais
Campeonatos Nacionais: (12) 1986–87, 1987–88, 1990–91, 1991–92, 1992–93, 1994–95, 1995–96, 1996–97, 1998–99, 2000–01, 2005–06, 2006–07
Taças de Portugal: (10) 1989–90, 1990–91, 1991–92, 1992–93, 1994–95, 1995–96, 1996–97, 1999–00, 2007–08, 2008–09
Super Taças: (5) 1990–91, 1991–92, 1992–93, 1995–96, 1998–99
Competições Internacionais
Finalista da EHF Champions League : (1) 1993–94
Finalista da EHF Challenge Cup: (1) 2004–05”
 
O Historiador

1 comentário:

Anónimo disse...

pARFABENS
por esta informação detalhada e pertinente para saber com quem jogamos e qual o seu historial de elevada vitola!