gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 22 de março de 2015

Torneio das 4 Nações – Juniores Femininos -2015 – III

ALEMANHA VENCE TORNEIO DA 4 NAÇÕES – SUB-19 – FEMININOS(PORTUGAL EM 2.º LUGAR E COM RENDIMENTO MUITO POSITIVO) 
Disputa que foi a última jornada deste torneio, no pavilhão da Mêda, completamente cheio de público, a Seleção Nacional de Juniores “A” Feminino teve um comportamento que surpreendeu muita gente e fez uma preparação para a disputa do Grupo de Qualificação (Grupo 5) do Campeonato da Europa Sub 19 que se disputará de 17 a 19 de Abril na Grécia, com a participação da Grécia, França e Israel.
No último jogo do torneio, estiveram frente a frente as duas melhores equipas do torneio (na nossa opinião), apesar da diferença física existente, a mesma não se fez sentir durante o jogo, face á entrega das atletas portuguesas durante o encontro, fazendo um jogo de grande equilíbrio durante os primeiros 30 minutos, com o resultado a registar uma igualdade a 12 golos cerca dos 28 minutos, para se atingir o intervalo a perder por um diferencial de 2 golos a favor da equipa alemã (15-13). No segundo período de jogo durante bastas vezes superaram-se por vezes a si próprias, e efetuaram recuperações por vezes impensáveis, basta para tal recordar que a Alemanha chegou a estar a vencer por 7 golos de diferença quando estavam jogados cerca de 46 minutos de jogo (25-18), com Portugal a sofrer um parcial de 5-0 (este foi quanto a nós o período “negro” da nossa seleção) em cerca de 11 minutos, para depois recuperar para a diferença mínima com que terminou o encontro. Neste jogo de destacar a excelente atuação da jovem guarda-redes Beatriz Monteiro. A jovem Érica Tavares 8 golos), apesar do bom jogo que efetuou, têm de se controlar mais, pois, mais uma vez foi desqualificada com a 3.ª exclusão, quando fazia falta á equipa. Novamente Patrícia Rodrigues (7 golos) demonstrou não só a sua categoria como a maturidade que já possui. Dizer que a jovem dupla aveirense (Ruben Maia / André Nunes) que dirigiu o encontro, esteve um critério disciplinar demasia apertado, e quanto ao jogo passivo, precisa de trabalhar mais o mesmo e a sua aplicação obriga a uma uniformidade total, e criteriosa, também não estiveram uniforma na marcação das faltas de atacante, e também não pode certamente ser acusada de “patriota”. Á tarde disputou o França / Espanha, que foi um bom encontro de andebol, com a frança a superiorizar-se á Espanha, que assim terminou este orneio contabilizando apenas derrotas, o que nos surpreende. O resultado ao intervalo, já era favorável á equipa francesa por 8-6, com 8.º golo a ser marcado em cima dos 30 minutos. No segundo período apesar do grande equilíbrio a equipa francesa nunca se desuniu, e terminou como justa vencedora. Dirigiu o encontro a jovem dupla feminina portuense (Flávia santos e Ercília Lapo), que esteve serena e não complicou, rubricando uma atuação em completa gestão do jogo, e bastante positiva, servindo na nossa opinião de exemplo para muitos dos seus colegas
 
O torneio foi disputado nas autarquias de Figueira Castelo Rodrigo, Pinhel e Mêda. 
 
Resultados 
 
1ª Jornada – Pav. dos Desportos – Figueira Castelo Rodrigo
Portugal 18 – 18 França
Espanha 21 – 23 Alemanha
2ª Jornada – Multiusos - Pinhel
Alemanha 28 – 22 França
Portugal 22 – 21 Espanha
3ª Jornada – Pav. Municipal - Mêda
França 20 – 17 Espanha
Portugal 27 28 Alemanha
 
Classificação Final – 1.ª Alemanha, 2.º Portugal, 3.º França, 4.º Espanha. 
 
Uma palavra para as transmissões da Andebol TV, que só valorizam a modalidade, e que muitas das vezes, efetuam transmissões com mais qualidade que alguns canais oficiais
 
Voltamos a referir a falta de informação sobre as equipas que nos visitam, pois o sitio da Federação apenas disponibiliza os Boletins de Jogo (aparecem e desaparecem), em que participa a equipa Nacional.
 
De referir que os encontros foram dirigidos por vezes a contento, por três (3) jovens duplas portuguesas, Gonçalo Aveiro / Hugo Fernandes (Madeira), Ruben Maia / André Nunes (Aveiro) e Flávia Santos / Ercília Lapo (Porto). Mais uma vez se lamenta a falta de transparência existente, pois estas nomeações não foram divulgadas, continuando-se a fazer secretismos destas situações, sem se entender o porquê.
 
O Formador

Sem comentários: