gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Geórgia por 48-11 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 12 de abril de 2015

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 33 – 2014 / 2015 – I

Esta será uma crónica intermédia, relativa à PO01 e dedicada apenas aos relativos á disputa do 5.º ao 8.º lugar e do grupo “B”. 
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
Grupo “A” - Play OFF – 5/8 Lugar

Resultados
1.ª Mão
Passos Manuel 29 – 30 Águas Santas
SC Horta 33 – 27 Madeira SAD 
 
Neste conjunto de equipas que se revestem de alguma importância, não devido ao que está regulamentado pois os 6 primeiros serão cabeças de série na Taça de Portugal, na próxima época, assumiu agora ainda mais relevância, conforme se constata através do conteúdo do Comunicado Oficial n.º 80 de 08-04-15, relativo ao possível número de equipa Portuguesas nas provas Europeias
 
Em Lisboa no Pavilhão da Quinta de Marrocos, o Passos Manuel recebeu o Águas Santas, equipa com maior favoritismo á partida para este encontro, embora convenha lembrar que na 1.ª volta da 1.ª Fase os liceais de Lisboa venceram os maiatos. Este encontro começou sobre o signo do equilíbrio e terminou da mesma forma. O Passos Manuel comando o marcado atá cerca dos 12 minutos, para quase de imediato termos uma igualdade no marcador a 8 golos, com os maiatos aa após uma nova igualdade a 9 golos assumirem em termos definitivos o comando do marcador até final do encontro, atingindo-se o intervalo com os mesmos já na frente por 16-13. A equipa do Águas Santas reinicia o jogo em bom plano e rapidamente estabelece uma diferença favorável que chega aos 5 golos (18-13), diferencial que repetiu por diversas vezes ao longo do jogo, no entanto a equipa do Passos Manuel aos 53 minutos de jogo, inicia uma excelente reação que leva o marcador para a diferença mínima no final do encontro. João Ferreira (71% de eficácia) do Passos Manuel com 10 golos foi o melhor marcador do jogo, logo seguido por Pedro Sequeira (57% de eficácia) com 8 golos, mas 4 assistências, uma referência para a prestação de Ângelo Monteiro na baliza do Passos Manuel com 45% de eficácia, no Águas Santas, Pedro Cruz (47% de eficácia) com 7 golos e Hugo Rosário (67% de eficácia) com 6 golos foram os melhores marcadores da equipa. Na Horta disputou-se o dérbi insular o SC Horta / Madeira SAD, que terminou com a vitória folgada da equipa açoriana, que comandou o marcador praticamente durante os 60 minutos e que no primeiro tempo de jogo construi um resultado onde aos 15 minutos de jogo já vencia por 5 golos de diferença (10-5), para chegar aos 25 minutos e ter então a maior diferença registada no primeiro tempo (17-11), tendo o intervalo chegado com 19-13 a favor do SC Horta. O domínio dos açorianos, apesar de o resultado no segundo período ter sido mais equilibrado, teve períodos de autêntico domínio, chegando a ter diferencias de 8 golos o último dos quais aos 45 minutos (28-20), o Madeira SAD, tem então um período que deu a entender que estava a reagir e chegou a colocar a diferença em apenas 4 golos (28-24), cerca dos 50 minutos de jogo, mas o SC Horta voltou ao seu ritmo de jogo, e repôs novamente a diferença nos 6 golos, com que tinha terminado a 1.ª parte. No SC Horta Yosdany Ballard (72% de eficácia) com 13 golos foi o seu melhor marcador, com os seus colegas Juan Ruesga (71% de eficácia) e 5 golos tantos quantos marcou Nelson Pina (100% de eficácia), teve ainda em Nuno Silva na baliza e 32% de eficácia, e um dos seus pilares. No Madeira SAD, com Nuno Silva (87% de eficácia) e igualmente com 13 golos, sendo o seu melhor marcador e um dos melhores em campo. O seu guarda-redes Luís Carvalho (14% de eficácia), esteve desta feita abaixo do seu normal, e Hugo Carvalho apesar dos 27% de eficácia, esteve pouco tempo em campo. Com estes resultados e como o desempate é feito pelo método das com petições Europeias, aguardamos pela 2ª mão destes jogos para ver no que vai dar. Embora existam poucas dúvidas, de que o mais provável será um Águas Santas / SC Horta a discutir o 5.º  e o 6.º lugar.   
 
Grupo "B
3.ª Jornada
Belenenses 39 – 29 Xico Andebol
GC Santo Tirso 26 – 22 Ismai 
 
Manutenção – Belenenses
Descem de divisão
 
Este Grupo “B”, cujo principal objetivo é definir, quem desce de divisão, ´´e já tendo definido que o Belenenses, sejam quais foram os resultados já têm a manutenção garantida, pelo que todos os resultados entre as restantes equipas se revestem de “capital” importância, para a definição dos dois últimos lugares. 
 
Disputou a 3.ª Jornada deste Grupo, onde se disputou o Belenenses / Xico Andebol, que terminou com a vitória do Belenenses, por um diferencial, que diz a forma como o jogo decorreu, e o próprio resultado é completamente demonstrativo de qualquer das equipas não teve grandes preocupações defensivas. A equipa do Belenenses comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos, iniciando uma dilatação do marcador a partir dos 20 minutos de jogo quando vencia por 14-11, para 3 minutos depois ter colocado o marcador em 17-11, e aos 29 minutos, ter o maior diferencial nestes 30 minutos iniciais, (7 golos), quando vencia por 20-13. O intervalo chegou com o marcador em 20-14, a favor da equipa do Restelo. O segundo tempo não deferiu muito do se passou nos últimos 10 minutos da primeiro, e a equipa de Belém termina como vencedora por uma margem folgadíssima. Com esta vitória reforçou a sua posição no Grupo “B” (1.ª) e única equipa só com vitórias. Enquanto o Xico Andebol, fica cada vez mais numa difícil situação. O “veterano” João Pinto (75% de eficácia) no Belém com 9 golos, foi o seu melhor marcador e um dos melhores em campo até nos aspetos defensivos, sendo bem acompanhado por outro dos mais experientes do plantel Luís Nunes (70% de eficácia) com 7 golos, com Henrique Carlota na baliza a realizar uma exibição toda ela cheia de positivismo (34% de eficácia). No Xico Andebol uma referência para Luis Sarmento (82% de eficácia) que com 9 golos foi o seu melhor marcador, mais uma vez acompanhado pelo jovem João Santos (60% de eficácia) e 6 golos marcados. Todos os guarda-redes do Xico Andebol estiveram em níveis inferiores aos mínimos desejáveis, muitas vezes, porque a equipa não defendia. Em Santo Tirso realizou-se o GC Santo Tirso / Ismai, que era um jogo, onde qualquer das equipas ainda não tinha vencido nesta fase da prova, e poderá vir a ser decisivo no final deste Grupo “B”, A equipa maiata entro bem no jogo e comandou o marcador até cerca dos 19 minutos, quando os tirsenses, igualaram o marcador pela 1.ª vez (8-8) para aos 25 minutos de jogo passarem em definitivo para o comando do marcador (10-9), atingindo o intervalo na frente do marcador por 13-10. No segundo tempo de jogo a equipa local continuou na sua melhoria de produção e chegaram a construir diferença que variavam sistematicamente entre os 3 e os 6 e até os 7 golos, como por exemplo aos 45 aos 49 e aos 55 minutos quando marcador esta em 20-14, 22-16, e 25-18 respectivamente. Para o encontro terminar com a vitória dos tirsenses, e uma reação dos maiatos nos 5 minutos finais. Grande distribuição de golos na equipa do GC Santo Tirso, onde os seus melhores marcadores foram Mário Lourenço (56% de eficácia) e Paulo Martins (83% de eficácia) ambos com 5 golos marcados, com Ricardo Castro na baliza a realizar uma excelente exibição (42% de eficácia), enquanto no Ismai o seu melhor marcador foi Tiago Magalhães (67% de eficácia) com 6 golos, enquanto o jovem David Sousa na baliza do Ismai apenas chegou aos 27% de eficácia. Com este resultado a complica-se a situação do Ismai, que ainda não está completamente liberto de uma possível descida de divisão. Referir que foi uma jornada sem ocorrências disciplinares, facto que gostamos sempre de referir
 
Classificação do Grupo “B”, após esta jornada – 1.º Belenenses (29 pontos), 2.º Ismai (23 pontos), 3.º GC Santo Tirso (19 pontos), 4.º Xico Andebol (18 pontos).
 
O Banhadas Andebol

4 comentários:

Anónimo disse...

Um forte abraço ao Correia por mais um jogo representar a direção do xico.
A senhora directora do xico sempre abandonou?

Anónimo disse...

BELENENSES GARANTIU A PERMANENCIA MAS NAO SE SABE O QUE VAI ACONTECER NO RESTELO POIS ESTA A BEIRINHO DO CLUBE ACABAR COM A MODALIDADE

Anónimo disse...

Uma competição pouco interessante com alguns prémios para as competições futuras e na série dos últimos é como bater em mortos e antes de começar já se sabia quem descia e quem se mantinha na P01!
Preparar a nova época e tentar segurar os Sponsors que ainda acreditam no Andebol, abraço ao Luís santos que vai continuar no Stº Tirso próxima época, treinador dedicado, motivado e actualizado para o desempenho da sua função...

Anónimo disse...

Parabéns a Direção do Ginásio de Santo Tirso por renovar com o treinador Luis Santos pessoa Muito competente a meu ver é que mesmo que desça de divisão penso que para o ano sobe outra vez pois estão se criar bases sólidas neste clube