gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 34 – 2014 / 2015 – I

Esta será uma crónica intermédia, relativa à PO01 e dedicada apenas ao 4.º Jogo das 1/2 Final do Play-OFF.
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Grupo “A” - Play OFF – 1/2 Lugar

Resultados
4.º Jogo
ABC 26 – 37 Sporting

Resultado Final
Sporting 3 – ABC 1
 
Com o resultado verificado hoje no Flávio Sá Leite, ficaram definidos os Finalistas da Prova, cujo Calendário será:
 
1.º JogoFC Porto – Sporting - 09-05-14
2.º JogoFC Porto – Sporting - 13-05-14
3.º JogoSporting – FC Porto - 16-05-14
4.º JogoSporting – FC Porto - 20-05-14 (Se Necessário)
5.º JogoFC Porto – Sporting - 23-05-14 (Se Necessário)
 
ABC 26 – 27 Sporting
 
Em Braga no Pavilhão Flávio Sá Leite, com uma excelente moldura humana, o que é plenamente demonstrativo do regresso “aos bons velhos tempos”, saúde-se a presença dos Presidentes dos dois clubes sentados lado a lado a verem o jogo, na nossa opinião, um bom sinal do Fair Play, que deve imperar em todas as circunstâncias. O Encontro terminou com a vitória da equipa do Sporting, que com esta vitória, “carimbou” o passaporte para a final, registando ainda a vitória mais folgada, das que obteve frente ao seu valoroso adversário, pois a diferença final de 11 golos não reflete a real diferença existente entre as duas equipas, nem reflete uma substancial diferença de plantel, se nos é permitido esta diferença justifica-se pela dignidade que os atletas puseram em campo, e reflete ainda (na nossa opinião) a sobrecarga de jogos com que o ABC, se têm deparado nos últimos tempos. Depois de cerca de 23 minutos de total equilíbrio (11-11), período durante o qual se registaram algumas igualdades, e as diferenças no marcador nunca foram além de 1 ou 2 golos para qualquer das equipas, foi um período de jogo em que a defesa do Sporting, se mostrou algo permissiva, e o ataque do ABC, por sua vez cometeu demasiadas falhas, face á rapidez com que ambas as equipas estavam a disputar o encontro. O Sporting assumiu em definitivo a partir daqui o comando do marcador, mostrando-se mais eficiente e mais prudente, em especial nos seus movimentos atacantes, e contando na baliza com um Ricardo Candeias (25% de eficácia) de regresso aos seus dias de excelência, chegou ao intervalo a vencer por 17-13. Um inicio do segundo tempo fulgurante colocou a equipa lisboeta rapidamente a vencer por 8 golos cerca dos 39 minutos (22-14), com a equipa bracarense a sofrer um parcial de 5-1 em 9 minutos, e a partir daqui o encontro ficou decidido. A partir dos 41 minutos de jogo com o resultado em 26-16 a favor do sporting, as diferenças no marcador variavam sistematicamente entre os 10 e 11 golos. O ABC a partir dos 40/41 minutos de jogo, iniciou uma gestão do plantel, e de tempo de jogo dos seus atletas, preparando certamente para seu segundo jogo da Challenge CUP. No Sporting com um Frankis Carol (6 golos, 67% de eficácia) em grande Plano, mas sobretudo com um Fábio Magalhães (8 golos, 73% de eficácia) como á muito não se via, e com Pedro Spínola (6 golos e 75% de eficácia), não esquecendo o jovem Sérgio Barros (3 golos, e 75% de eficácia), que substituiu o ausente Pedro Solha. Com o jovem Rui Silva a comandar muitas vezes o seu ataque onde esteve muito bem, acaba por realizar uma das melhores exibições da época. No ABC que utilizou os seus 3 guarda-redes, Humberto Gomes (19% de eficácia), não esteve nos seus melhores dias, assim como o Pedro Seabra Marques, não influenciou o jogo da equipa como o costuma fazer, ficando até em “branco” em termos de marcação de golos, Nuno Grilo (3 golos, 75% de eficácia), mas com uma produção bastante baixo do que pode produzir, tal coo João Paulo Pinto (2 golos e 49% de eficácia), na nossa opinião teve nos seus atletas mais jovens (Carlos Martins, Diogo Branquinho e Tomas Albuquerque) os mais produtivos, quer na defesa, quer no ataque, sendo este último com 4 golos e 80% de eficácia o seu melhor marcador, sendo mesmo assim uma equipa onde os golos foram distribuídos por 11 atletas. Dirigiu o jogo a dupla EHF de Leiria constituída por Daniel Martins / Roberto Martins, teve não tiveram tarefa fácil, mas globalmente produziram trabalho positivo. Pois as falhas cometidas em especial na aplicação da regra que relaciona a conduta para com o adversário, não foram de molde a provocar situações desagradáveis. 
 
Uma palavra final, para a péssima qualidade da transmissão televisiva, com falhas sistemáticas, quer na imagem quer no som.
 
O Banhadas Andebol

26 comentários:

Anónimo disse...

Bom dia.

O ABC perdeu o jogo, ou melhor, o Sporting ganhou o jogo e portanto o direito a disputar a final com o Futebol Clube do Porto. Justamente penso eu.
Mas o que se passou ontem no Sá Leite foi impressionante! O ABC tem os melhores Adeptos do mundo! Sem dúvida.
Apoio total antes, durante os 60 minutos do jogo (mesmo quando todos já tinham percebido que a vitória já não era possível) e no fim do jogo. Sempre a apoiar a Equipa e sem uma única atitude incorrecta para com a Equipa do Sporting e os seus adeptos.
Tenho a certeza que o Presidente Bruno de Carvalho teve ciúmes do seu homologo do ABC por este ter os Sócios e adeptos que tem...
Parabéns ao Sporting pelo apuramento para a final, mas sobretudo ao ABC por tudo o que ontem se passou no Flávio Sá Leite!

Anónimo disse...

PLAY-OFF
Parabéns ao Porto e Sporting que vão disputar a finalíssima lÁ para maio, até lá descansem façam qualquer coisa.... recordo estamos a meio de Abril e agora que fazer?

-O Play-Off foi um fiasco:
Não alterou a classificação da 1ª fase? Porto e Sporting na frente!

-Fizeram-se 14 jogos para nada?

-Obrigaram as equipas a um play-out sem nenhum interesse, e gastos enormes em deslocações!

-Só 4 jogos tiveram assistências de encher o olho 2 no Dragão e 2 em Braga

-As nomeações na arbitragem foram de acordo com a Ranking na arbitragem os melhores para os melhores jogos sem experiências!

-E a partir de agora estamos de férias a nível de Clubes até Setembro com excepção do PORTO e SPORTING
nota: curiosamente há vários modelos de PLAY-OFF no andebol português muito original basta verificar o mesmo modelo aplicado na P01 e na P0P09.
Já dia o ditado mais vale uma boa fotocópia do que um péssimo original!
ADC

Anónimo disse...

O ABC está no limite da sua resistência física, e isso foi notório ontem. Particularmente a 1ª linha (Seabra, Grilo, João Pinto, mais estes que Hugo Rocha e Rebelo) demonstram uma falta de frescura evidente. Resende, racionalmente e a pensar no próximo compromisso europeu, abdicou do jogo a 20 minutos do fim. 7 golos é uma boa vantagem, mas o risco existe. Noite pouco conseguida dos guarda-redes utilizados, e o resultado é também reflexo disso. Continuo, aliás, por perceber a gestão deste posto específico. Não é, por mérito próprio, Bruno Dias a segunda opção?

Anónimo disse...

ABC e SL Benfica ainda vão ter de jogar para o terceiro e quarto lugares o que pode dar três jogos. Portanto, dizer que estão de férias é obviamente uma opinião que só cabe na cabeça de quem não leu o regulamento da prova. Paciência...

Anónimo disse...

Boas férias e Parabéns para Sporting e FCP..

Parabéns à FPA por ter conseguido juntar as 2 equipas que queria na final. Apesar disto significar que só no Dragão terá um público aceitável na final, pois quando o SCP joga em casa já se sabe qual a compostura dos pavilhões.

Esta época ficou mais do que demonstrado o interesse que a Federação Portuguesa de Andebol tem no desenvolvimento da modalidade no nosso país e a importância que dá às participações dos clubes portugueses nas provas europeias..

Ontem o jogo foi decidido não pelo factor técnico ou pela diferença de qualidade das equipas, mas pelo cansaço de uma em relação à outra..


Ao invés do que aconteceu em 2010 quando o SCP aproveitou o "interesse público" da sua presença na Europa para adiar vários jogos, esta época para o ABC isso não foi tido em conta (o "interesse público" não é o mesmo quando os clubes não são de Lisboa?) e levou com jogos decisivos de 3 em 3 dias, tendo até de jogar no Domingo de Páscoa.

É normal que o resultado fosse este, e espero que isto não se reflicta no Domingo, com condições adversas e sem o público de Braga a apoiar a equipa..

Anónimo disse...

16 de abril de 2015 às 12:49
anónimo conhecido e com estes trocadilhos vai mantendo o seu lugar!

Claro que ficas bravo, e entupido com a argumentação e assinado do ADC eu entendo e sei o que pretendes encobrir o erro do teu chefe que te paga, a incompetência técnica para o exercício das funções.
Presdiente actual que aprovou quando era Vice presidente do Luís Santos e Torrinha a aprovação por unanimidade contratos milionários dos Seleccionadores estrangeiros Garcia Cuesta e Mats Olson de
O ADC não precisa de representantes é só ouvi-lo e reflectir sobre o que foi dito e aprovado.
a Explicações do planeamento alteraram em nada o que foi dito no FB pelo dito.
3 dias para recuperar atletas
3 dias para preparar os jogos
3 dias para suportar a incompetência dos responsáveis do planeamento.
Por acaso leste as afirmações do treinador do Porto sobre o tempo de pausa que vai ter que esperar pelo 1º jogo do play off?
Que vai fazer so treinadores finalista do play off sem competição, ate´um mal preparado entende..
mais dados
com o campeonato como no ano passado as equipas faziam 22+14 jogos
com este fantástico play off as equipas fizeram:
22+2 e saíram fora !
22+3 e saíram fora !
22+3ou 5 e terminou

PEQUENA DIFERENÇA? PARA UM IGNORANTE SIM PARA QUEM SABE DO ASSUNTO NÃO É A MESMA COISA..
Agostinho Ferreira


Anónimo disse...

Sporting e FC Porto vão discutir o título de andebol

por LusaHojeComentar
Sporting e FC Porto vão discutir o título de andebol
Fotografia © Paulo Jorge Magalhães / Global Imagens

Depois de o hexacampeão FC Porto ter eliminado o Benfica em apenas três jogos, o Sporting superou o ABC ao quarto desafio e juntou-se aos dragões na final do campeonato de andebol.

O Sporting, a tirar partido da menor frescura física do adversário, venceu o ABC/UMinho por 37-26 e qualificou-se para a final do campeonato de andebol, na qual vai defrontar o hexacampeão FC Porto.

Se o equilíbrio foi a nota dominante do terceiro jogo das meias-finais, há uma semana, em Braga, com o triunfo a cair para o ABC, apenas após dois períodos de prolongamento (37-36), hoje durou apenas até aos 20/25 minutos.

O Sporting tirou partido do cansaço do ABC/UMinho, que ainda no sábado jogou a primeira `mão" das meias-finais da Taça Challenge, e venceu de forma clara.

Com a presença do presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, no pavilhão bracarense, os dois primeiros golos da partida foram para o ABC, ambos de Nuno Grilo, consubstanciando uma melhor entrada dos da casa, que chegaram aos 3-1, mas o Sporting chegou ao empate corria o minuto sete (3-3).

O Sporting chegou pela primeira vez à vantagem de dois golos à passagem dos 19 minutos (10-8), mas por pouco tempo, porque o ABC rapidamente chegou ao empate a dez bolas, com o contributo decisivo do seu guarda-redes Humberto Gomes.

Mas o Sporting estava melhor no jogo, com Pedro Portela e Fábio Magalhães em destaque com quatro golos cada um, e voltou a `disparar", estreando a diferença de quatro golos aos 29 minutos (17-13), resultado com que terminaria a primeira parte.

O ABC mostrava falta de clarividência no ataque e alguns jogadores em sub-rendimento.

Na segunda parte, e mesmo com menos um jogador, o Sporting conseguiu marcar dois golos e aumentar a vantagem para seis golos (19-13) e, logo a seguir, depois de mais um erro ofensivo dos bracarenses, Pedro Portela aumentou para sete tentos a diferença entre as duas equipas, quase que sentenciando a partida.

O Sporting chegou a estar a ganhar por 11 golos à passagem dos 44 minutos e depois geriu essa vantagem até ao final.

Anónimo disse...

É A, é B, é ABC! Somos grandes!
Perdemos e bem o jogo mas não perdemos a dignidade! Foi lindo ver o pavilhão cheio a puxar pelos heróis que vão chegar à final da taça challenge e ganha-la!
Ganhos a taça de Portugal, vamos lutar pelo 3º lugar do campeonato, vamos à final da super taça e vamos crescer, crescer, crescer, para nas próximas épocas ganharmos o campeonato!
Sim ao play-off porque é a única forma de podermos ombrear com os que têm dinheiro! Se duvidas houvessem basta comparar a ponta final do campeonato deste ano e a do ano passado onde já estávamos mortos. Este é o modelo que nos interessa e espero que perdure por muitos anos!
ABC SOMOS TODOS NÒS!

Anónimo disse...

Arbitragem deplorável da dupla de leiria, num jogo fácil de dirigir, até porque o ABC não causou qualquer problema na vitória sportinguista.

Anónimo disse...

O que mais gostei? Ver um petiz com símbolos dos dois clubes! Há crianças que dão grandes lições de vida a adultos! Bom entendimento e oxalá os dois clubes se entendam quanto á troca de jogadores. Afinal não gastando loucamente como Benfica e Porto fazem-se equipas!

Anónimo disse...

Quem são descontentes de hoje? Os que estão desempregados! Fizeram tanta porcaria no andebol que hoje são ignorados e pouco mais lhes resta que não seja mandar uns bitaites, largar uns sorrisos graçolas e sonharem com o impossível. Foi pena que se tivesse acabado a mama do futebol para uns e a do hóquei de campo para outros, porque enquanto lá estiveram não chatearam cá. Mas enfim, eram tão bons, tão bons que foram corridos porque as respetivas modalidades não aguentavam tanta sabedoria! Que mundo injusto este não é? Cabeças tão inteligentes, gente tão útil e correram com eles? O que será que os leva a pensar que o andebol tem que os aturar outra vez?

Jorge Almeida disse...

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 17 e 19 Abril 2015:

http://andeboltv.blogspot.com/2015/04/lista-de-transmissoes-entre-13-e-19.html

Anónimo disse...

Que Sporting vai disputar o título com o Porto?
Quando entrarem em campo Rui Silva vai sentir-se á vontade? Sem ele o clube joga de forma diferente.

Candeias e Sérgio para onde vão?

Anónimo disse...

Continua a bacurada de gabar quem marca muitos golos...
Por exemplo no A.B.C. - Sporting P. Portela marcou muito e sofreu muitos pelo seu lado! Já nem se fala em assistências! Para o ano vamos ver a descoordenação após a saída do rui Silva.

Anónimo disse...

3 dias para recuperar atletas? Nos Europeus e Mundias joga-se todos os dias! Qual é o mal?

Anónimo disse...

O mal é que o Cunha não pensa assim!

Anónimo disse...

18 de abril de 2015 às 01:44
anónimo

sabes pouco, nunca foste ao mundial e europeu para saberes que não é assim, mas dá jeito fazer de ignorante e atirares bolas para ar!
Pergunta aos nosso treinadores e saberás ou ficarás melhor informado!
Bom fim de semana...

Anónimo disse...

Por falar em formação e identidade dos quatro clubes maiores do andebol actual quantos jogadores há formados nas respectivas fileiras? No caso do Fruta Café e Prostitutas- FCP eles são campeões várias vezes e a maioria dos jogadores nem Portugueses são!!! Ao que chegou este desporto

Anónimo disse...

Sócio do Benfica e Belenenses, para além de diretor duma associação desportiva e cultural, pergunto:
- Será competitivo jogar-se digamos a final do andebol 1, só daqui a três semanas?
Se para o ano Belenenses não estabilizar corre risco sério de descida.
Quanto ao Benfica, o circo continua! Gasta-se muito e equipa nem vê-la!

Anónimo disse...

È com apreensão que assisto ao meu Benfica ser, a esta hora e, segundo o meu tlmv campeão de hóquei patins. Pode ser de Voleibol, Basket, Futsal e Futebol. A Modalidade que pratiquei a nível federado no meu Benfica e que, é a minha preferida, nem dá ares disso! È triste e penso que, quem manda e comanda o clube deve refletir!

Anónimo disse...

Depois de vencer em Braga, finalmente o Sporting tem um pouco de paz. Fábio foi um herói! Frankis defendeu tão bem como atacou! Sérgio Barros jogou 60 minutos e revela maturidade! Rui equilibrou! Candeias esteve no seu normal! Portela é desconcertante! Blá, blá , blá! Os treinadores estiveram bem!
E até o presidente esteve
presente! E não é que o segundo lugar já não foge?
Quanto apostam que ainda vai haver quem tema este grupo de andebolistas do Sporting?

Anónimo disse...

Essa coisa da identidade e formação tem muito que se lhe diga, pois o clube que se auto- vangloria como escola de andebol, no jogo contra o sporting jogou com um atleta formado no ABC, os restantes eram todos "estrangeiros". Para um clube que se diz escola de andebol tem poucos alunos de qualidade não?

Jorge Campos disse...

Ao anónimo das 22:56

Embora concorde que a formação do ABC já viveu melhores dias, também não é verdade que só jogou um da formação: Humberto, Vidrago, Rebelo, Albuquerque,J. Gonçalves e B.Dias não são propriamente um. Já agora quantos eram propriamente da formação do Sporting? Lá jogam dois da formação do ABC: Fábio e Luís Oliveira.

Para outra pessoa que disse acima que jogar de 3 em 3 dias não é grande coisa pois nos Mundiais também é assim, só quero dizer que tem razão, mas pela metade. No Mundiais jogam até dias seguidos mas é igual para todos. No caso do nosso playoff há equipas que têm semanas inteiras de descanso a jogar contra outras com poucos dias de descanso. E se isto pouco afectará numa vez ou outra, quando a situação se prolonga por várias semanas começa-se a notar o desgaste em quem joga mais.

Anónimo disse...

Eu falei de atletas que jogam e contam, não falei de atletas que estão no banco. Dos que jogam e fazem a diferença, Grilo, João Pinto, Pivots, Branquinho, Carlos Martins e Hugo Rocha nenhum é do ABC. Quanto ao Fábio do Sporting só por ignorância se pode dizer que ele é da escola do ABC, pois quando chegou ao ABC já era jogador há muito e era juvenil. Dessa escola o ABC teve muitos como foi o caso do Tiago Pereira,do Álvaro Martins, do Mário Soares, do Carlos Carneiro e tantos outros. Chama-se a essa escola ir busca-los já feitos! Atletas nascidos e criados no ABC contam-se pelos dedos de meia mão!

Anónimo disse...

Que rigor, Sr. anónimo das 15,15 de 18/4, que rigor...
Então e a formação dos outros Clubes? Só tem mérito quando um miúdo tem apenas um clube ao longo da sua formação? E os outros miúdos, provavelmente a a grande maioria, que passam por vários clubes ao longo da sua formação, foram formados por quem?
Que grande idiotice!
Quando ao ABC parece ser indiscutível que vai sendo dos clubes que mais andebolistas vai formando, o que aliás nem é difícil tendo em conta a mediocridade da formação em Portugal. Agora se é o "campeão da formação" ou não isso pouco importa...

Anónimo disse...

Anónimo das 15:15

Essa dos que contam é para rir. Contar contam todos, e no ABC é bem costume jogarem todos ou quase todos.

Quanto à formação, diga-me um único clube que tenha formado deste criança a sénior a maior parte dos jogadores e estes tenham sido grandes jogadores. Dizer que o Fábio não é formação do ABC, ou o Tiago Pereira, ou o Álvaro Martins, é negar que os anos que passaram nas camadas jovens do ABC não contaram como formação. Eles não teriam sido os jogadores que foram/são se não fizessem esses anos na formação do ABC (para o bem ou para o mal).
De resto não percebo essa antipatia pelo ABC. Eu sei que custa ser adepto de um grande e ver-se ameaçado por um clube pequeno que, com um orçamento que nem dá para pagar aos funcionários de limpeza do pavilhão dos grandes, lhes vai ganhando uns títulos. Não se preocupe com a formação do ABC e, já agora, deixe o ABC em paz.