gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Europeu 2016 Masculino – X – Qualificação 2

Após um mais ou menos prolongado interregno, Portugal vai reiniciou hoje a sua difícil caminhada na tentativa de depender apenas de si própria e continuar na discussão da Qualificação 2, para o Euro 2016 com a disputa do primeiros dos dois jogos com a Ucrânia, e que correspondem á 3.ª e 4.ª Jornada do Grupo, e cuja Fase Final se disputará na Polónia de 15 a 31 de Janeiro de 2016.

PORTUGAL VENCE NA UCRÂNIA
Num jogo disputado num pavilhão com pouco público, e onde o marcador apresentou diversas falhas, Portugal vence a Ucrânia, no primeiro confronto entre estas duas equipas, neste Grupo, obtendo desta forma a sua primeira vitória no Grupo. Assistiu-se a um jogo sem qualidade, onde Portugal tem obrigação de jogar muito mais do que fez, perante uma equipa que lhe é claramente inferior, mas as percas de bola os maus passes, e até a forma como alguns jogadores encararam o encontro, levaram a que Portugal, não viesse da Ucrânia, provavelmente com um resultado bem mais dilatado. A defender, sobre a linha dos 6 metros, a equipa nunca se entendeu, permitindo que o pivot adversário entrasse como queria e quando queria, e no ataque por vezes atrapalhavam-se uns aos outros. A vitória de Portugal que comandou o marcador desde os 4 minutos, chegando ainda no primeiro tempo a ter um diferencial a seu favor de 7 golos (11-4) aos 19 minutos, (13-6) aos 23 minutos, (15-8) aos 27 minutos para terminar o primeiro tempo com apenas 5 golos de vantagem (17-12). N segundo período de jogo, Portugal que nunca soube jogar em inferioridade numérica, nem aproveitar da melhor forma as situações de superioridade numérica, permitiu por diversas vezes que a Ucrânia se aproximasse no marcador, e começasse a ganhar mais confiança, chegando a estar apenas por 2 golos, estavam então decorridos 53 minutos, para posteriormente a equipa de Portugal, recolocar o marcador num diferencial que melhor espelhasse a diferença existente entre as duas equipas. Portugal foi sempre lento nas substituições defesa ataque, o que poderia ter dado origem a um maior rigor na aplicação do aviso de jogo passivo. A vitória da equipa portuguesa deve-se na nossa opinião em especial a 4 atletas, que foram completamente determinantes para a mesma, Alfredo Quintana, na baliza de Portugal esteve soberbo nos piores momentos da equipa defendendo 4 Livres de 7 metros dos 9 que foram atribuídos a Ucrânia, Gilberto Duarte pelo que jogou e fez jogar e ainda pelos seus 7 golos (54% de eficácia), Fábio Vidrago que foi um exímio executante do contra ataque (5 golos e 71% de eficácia), e Pedro Portela que foi o melhor marcador da equipa e do jogo com os seus 10 golos (91% de eficácia), que também esteve muito bem. Da equipa da Ucrânia o pivot Tiutiunnik com os seus 7 golos (100% de eficácia), foi quanto a nós o seu melhor jogador. Aguardamos o segundo jogo a ser disputado em Vila Nova de Gaia no próximo dia 3 de Maio, para se fazer uma nova avaliação da nossa equipa, que esperamos nos proporcione um jogo, bem melhor do que este. Dizer que este encontro foi dirigido por uma dupla da Polónia constituída por Bartosz Leszczynski e Marcin Piechota, que realizaram uma atuação deveras inferior ao que esperávamos ver, com um critério disciplinar que nunca se entendeu, num jogo deste tipo existiram 10 exclusões, e a aplicação da Lei da vantagem nem sempre foi coerente, e demasiados permissivos no avos do Jogo Passivo, apenas nos livre de 7 metros estiveram com um critério bem definido, e sem critério na aplicação das orientações definidas para a conduta para com o adversário.
 
Calendário e Resultados do Grupo 5

1.ª Jornada
Hungria 31 – 30 Portugal
Dia 10-06-15
Rússia - Ucrânia (*)
(*) – Segunda alteração efetuada pela EHF (Jogo na Bielorrússia), face á situação que se vive na Ucrânia, espera-se vivamente que o critério se mantenha, para os restantes jogos do grupo.
2.ª Jornada
Portugal 29 – 34 Rússia
Ucrânia 20 – 33 Hungria
3.ª Jornada
Dia 30-04-15
Ucrânia 26 – 32 Portugal
Rússia 23 – 27 Hungria
4.ª Jornada
Dia 02-05-15
Hungria – Rússia
Dia 03-05-15
Portugal – Ucrânia (16H05) V.N.Gaia SportTV2
5.º Jornada
Dia 10-06-15
Portugal – Hungria (20H15) Santo Tirso
Dia 11-06-15
Ucrânia – Rússia (na Bielorrússia) 

Horas Locais
 
Notas:
 
A Qualificação 2, é constituída por 7 Grupos de 4 equipas, sendo apurados para a Fase Final os 2 (dois) primeiros classificados de cada grupo, e o melhor 3.º Classificado de todos os Grupos, que se juntarão á Polonia como País organizador. 
 
Uma especial congratulação por se constatar que as transmissões da SportTV, não serem uma ação esporádica.
 
O Banhadas Andebol

24 comentários:

Anónimo disse...

Há dias escrevi que podemos ter o melhor treinador do mundo, que dificilmente conseguimos um apuramento. Disse que tínhamos dois jogadores de excelência, um GR interessante, um central em construção e quatro jeitosinhos que ajudavam como podiam.
O Prf. ADC apressou-se a desmentir-me, dizendo que temos excelentes jogadores. Eu até quis acreditar, pensando que era eu que estava equivocado.
Olhando para o jogo de hoje, tirando os golos de contra-ataque, quase todos os atletas precisaram de duas/três tentativas para fazer um golo. E atenção: em situação de ângulos enormes! Foi assim com os pontas, com o pivot e com os laterais, com exceção do Gilberto, que sofreu atenção redobrada em relação aos outros. Na defesa nem dá para falar, pois em termos genéricos defende-se com os braços, agarrando, em vez de defender com as pernas. Trocas e noção do espaço, é mentira num grande número de atletas. Esta coisa de rematar com angulo total, ou de defender com noção espacial e consequentes trocas, aprende-se nos clubes, de preferência desde pequeninos, não é na seleção. Mas só se aprende nos clubes se cada um no seu posto especifico tiver concorrência, se tiverem que se exceder para ter sucesso. Só temos bons GR se tivermos bons rematadores, o que não é o caso do campeonato Português e isto torna-se uma pescadinha de rabo na boca. Resumindo: só teremos bons atletas se estes tiverem bom nível de treino diário; para estes terem bom nível de treino diário tem que ter concorrência na equipa; para terem concorrência temos que ter vários atletas de qualidade, por posto especifico na equipa; para termos vários atletas por equipa temos que ter muitos atletas; para termos muitos atletas, temos ir para as escolas, temos que saber seduzir os jovens. Pelo que me é dado perceber, pelo menos a julgar pelas notícias no portal da FAP, parece que a FAP já percebeu isso e tem-se desdobrado de norte a sul do país, em protocolos com escolas e autarquias tentando suprimir esta lacuna. Desejo que assim seja e que tenham sucesso, porque uma coisa sem a outra não funciona.
Quanto ao jogo: foi fraquinho, com o Gilberto, o Quintana e o Rui Silva em bom plano, num quadro sem grande exigência, onde trememos aqui e ali, sem motivos para isso. Também não deveremos encontrar grandes dificuldades para ganhar cá à Ucrânia, mas a jogar assim, sem pontas, pivot e LE eficientes, seremos cilindrados pela Rússia e Hungria, porque são duas seleções de outro planeta comparando com a seleção que hoje defrontou a Ucrânia

Anónimo disse...

Oxalá Portugal se apurasse. Era bom começarmos a entrar na Europa do andebol de top. Estes Ucranianos eram fracotes. Quintana não vai estar muito tempo em Portugal! Olhem prá idade dele! Já agora que tirem Bosko, Spínola e Hugo Santos!
SEjamos minimamente sérios!

Jorge Almeida disse...

"Oxalá Portugal se apurasse. Era bom começarmos a entrar na Europa do andebol de top."

Faço meus os votos do Anónimo 30 de Abril de 2015 às 20:30, mas não é com exibições como a de hoje que lá se chega.

O grande responsável pela vitória foi Quintana (e quem segue os meus comentários aqui no Banhadas sabe a minha opinião sobre a naturalização dele). Se não fosse ele, tínhamos perdido. Ele foi a defesa! Também estiveram próximo do seu nível Gilberto e Bruno Moreira (quando teve bola, que foram poucas as vezes), e +/- Rui Silva. O resto fez uma exibição irreconhecível, parece que estavam a fazer um frete, a pedir licença a uma perna para avançar a outra.

Importa resolver os problemas, especialmente quem tem de defender o pivot e quando. Relacionado com isso, há que perceber quando é que os jogadores podem fazer substituições defesa-ataque. Foram diversas as situações em que estas substituições foram feitas quando os ucranianos ainda estavam a contra-atacar.

Anónimo disse...

O problema não é o Bosko o Spínola e Hugo santos, é não haver melhor. Se tirarem estes vão entrar outros iguais, ou piores, melhores é que não! No caso do Spínola nem há melhor, o que é mais grave ainda!
Concordo com o comentário das 19.29. É preciso coragem para começar tudo de novo, aproveitando o muito pouco de razoável que já há.
Felizmente tivemos um Português naturalizado na baliza, senão perdíamos o jogo!
A Rússia ganhou-nos cá, agora perdeu com a Hungria em casa. Os Russos são muito melhores que nós, portanto esqueçam lá essa coisa de ir ganhar lá. Os Húngaros facilitaram no 1º jogo connosco porque pensavam que ia ser mais fácil, mas agora quando vierem cá, se não estiverem apurados trazem a artilharia toda! Já fomos!
Não nos podemos queixar de lesões, pois apenas faltou o Tiago Rocha, que é bom atleta, mas não é milagreiro.
A verdade é uma, vamos sempre para todos os jogos desfalcados e sabem porquê? Porque são tão poucos os que tem qualidade que não dão para fazer uma equipa e quando um se lesiona, nota-se logo, porque o substituto só vale metade. Não demora muito e o treinador vai ter que chamar o puto do Porto, porque apesar de puto, sempre vai aprendendo!
Deixem ir o Rui Silva, o Gilberto, o Quintana, o Ferraz e outros para fora, para ver se crescem, porque a jogarem aqui não saem do medíocre.

Anónimo disse...

30 de abril de 2015 às 23:11
anonimo

"O Prf. ADC apressou-se a desmentir-me, dizendo que temos excelentes jogadores. Eu até quis acreditar, pensando que era eu que estava equivocado"

1-Tanta conversa que parece que esta a falar de futebol regional..

2-O Sr MENTE porque o prof ADC não faz esse tipo de afirmações básicas e vulgares!

3-Sei perfeitamente porque faz essas afirmações no anónimo mas sabe de quem se trata e mentir faz parte da sua vida e tem outro comportamento conhecido, ajoelhar-se perante os melhores!

4-Teremos de recuar a 2000 Portugal no Europeu da Croácia aí sim tínhamos uma excelente equipa a maioria dos Atletas eram profissionais e existia a LPA !

5-Tenha juízo e vamos apoiar Portugal a tentar chegar aso Europeu da Polónia 2016

Não faças figura de maneirinho e ignorante!
Luis Carlos

Anónimo disse...

Subscrevo o sábio escrito das 19.29 e acrescento que dificilmente sairemos deste registo porque trabalha-se muito mal a formação. Dou-vos este exemplo, a associação a que pertenço, a AA Porto, que não regula os processos de formação correta, ao ponto de ter um campeonato de minis, onde se procuram campeões precoces. Percam algum tempo e venham ver treinadores jovens ávidos de vitórias neste escalão, para mostrar serviço ao clube dar contentamento aos pais, a jogar com os atletas com mais destreza, quase sempre os mais baixos, deixando no banco os maiores, que ao fim de algum tempo desistem, porque reconhecem que são fracos.
Quando começamos assim na base, como querem que se chegue ao topo com qualidade?

Jorge Almeida disse...

1º) Quero acrescentar Pedro Portela (apesar dos remates falhados para cima na 1ª parte) e Fábio Vidrago nos que estiveram próximo do seu nível. Não tiveram foi bola muitas vezes, pois a 1ª linha esteve muito entretida a passar bolas entre si e com os laterais em cima do central. Será que os laterais não sabem que têm de ficar junto às linhas laterais para fazer com que a defesa seja obrigada a esticar-se? Ainda não se deram conta que sucessivos cruzamentos só fazem com que fiquem a jogar em cima do central, afunilando o ataque nacional e facilitando a defesa deles (pois só têm de se concentrar no centro)?

2º) Acabei de ver na página da EHF na net que o Rússia vs Portugal está marcado para 14/6 em Chekhov, ou seja, no pavilhão do Chekhovskie Medvedi. Os russos não fazem por menos, pois devem estar a contar decidir a vaga para o Europeu contra a selecção nacional, pelo que marcaram o jogo no pavilhão da melhor equipa deles, com o publico mais dedicado e sabedor da modalidade. Menos mal para nós em termos logísticos, pois Chekhov é nos arredores de Moscovo, e é bem mais fácil chegar lá que a Perm ou a Astrakhan, que seriam deslocações bem mais complicadas.

Anónimo disse...

Quintana e Gilberto estão a mais no campeonato de PORTUGAL! não devemos ser apurados porque, não temos andamento para Russia e Hungria. Há que tentar! Com Solha lesionado e que, é outro que está a mais no campeonato, devis entrar Dario!

Anónimo disse...

Só uma perguntinha ao adepto do fcporto rolando:
- Solha está mesmo lesionado?
- Dario Andrade tem algum problema psicológico ou está
lesionado?
- Branquinho do ABC não pode ser chamado porque "tem pouca idade"?
- Hugo Santos mete dó a defender!
Sr. Rolando, vou continuar Português mas, não posso concordar com "clientelas" e "cunhas descaradas"!
Seja ao menos razoável!
Ou será que, certo clube é mais importante que a seleção?

Anónimo disse...

O gr não é Português mas temos de nos render á evidência! Era suplente do Laurentino quando chegou, hoje é ao contrário!
Já agora pergunto porque não naturalizam o Cubano do Sporting o Frankis Marzo? Dizem que é o melhor jogador que há lá! Se me perdoam nunca mais convoquem o Spínola! Quem o viu e quem o não vê! Quanto ao matraquilhos do Hugo santos, nem digo nada! È vergonhoso que chegue á seleção. O nosso andebol é da terceira divisão da Europa mas, também não gozem connosco.
JMT-Rio Tinto

Jorge Almeida disse...

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstos entre 1 e 3 Maio 2015:

http://andeboltv.blogspot.pt/2015/04/lista-de-transmissoes-entre-27-abril-e.html

Anónimo disse...

Os dirigentes vendem que somos uma porencia, nós queremos acreditar nisso. Estamos no mesmo escalão que as outras vertentes do país. Estamos na 3ª divisão do andebol mundial. Essa é a nossa realidade mas cada um pode viver no mundo que quiser. Só dar asas à imaginação.

Anónimo disse...

Se calhar não é por mero acaso que há problemas nas convocatórias de seleções!!
Este vicio está instalado desde camadas jovens, onde se notam influências desde clubes a associações com mais peso!!
Quando fui praticante havia fases finais que, eram o cúmulo da pouca vergonha!!
Num país onde só um desporto motiva o quadro político, o que esperar?

Atente-se que, por exemplo Pedro Cruz o melhor marcador do campeonato, e isolado, mais uma vez não foi convocado! Será por jogar no A. Santas?
Quando fui praticante, lembra-me do tão agora falado Sérgio Barros que, após época de duzentos golos, não ser convocado! Será que era por ser do Belenenses?
Podridão! È o que se chama a isto!!

Anónimo disse...

Há demasiados escândalos em convocatórias de deleção. Enquanto isto andar na moda nada faremos. No entanto ó calaha um grupinho demasiado fácil ou estamos tramados.O andebol do país é demasiado amador em comparação com potencias e superpotências da modalidade. Só dois jogadores nossos jogariam lá fora devido á qualidade e regularidade. Um nem é Português e se calhar nem namora uma Portuguesa ou visita-a algumas vezes passando a noite em casa dela...
Quem vai ganhar é o clube onde joga que o vai vender por mais caro!
No futsal já vi uma grande Itália formada por Brasileiros...

Anónimo disse...

Sr Luís Carlos das 23.47: deixe lá a agressividade nos comentários e recue aos comentários neste blog sobre planeamento e vai ver lá o comentário do Prof. ADC a desmenti-lo a si. Quando citei o Prof. até foi no bom sentido, pois quis e quero acreditar que o Prof estava e está a fazer o comentário carregado de generosidade, porque vê como sempre viu os atletas com muito carinho, o que lhe tolhe muitas vezes o discernimento

Anónimo disse...

II Congresso do Andebol Espinho
Estive presente e não sabia que havia palestrantes de 2ª e palestrante de 1ª! a começar pelo representante do SED...
Onde estavam os Treinadores de sucesso? e com prova dadas?
Enfim assim fica difícil jogar nas fase finais dos europeus!
Joaquim Silva

Anónimo disse...

Mais do que podridão...eu ando atento e um dia vou por a boca no trombone pois começo a ficar farto de tantas injustiças e já nem vou falar das seleções de juniores senão!!!!!!

Anónimo disse...

O anónimo das 19:35 pode completar o comentario. O que tem a dizer sobre a seleção de júniores , ja agora pode-se saber???? Fale SR anónimo , diga o que lhe vai na alma e não faça insinuações só porque quer meter nojo

Anónimo disse...

Estamos a chegar ao fim dum campeonato e o que se tinha de escolher já foi apurado. Então e se Martins joga mais que Rui Silva porque não foi convocado?
È a prova que vai á seleção quem certas pessoas querem e o selecionador pouco escolhe. O Caso é grave mas na próxima aposto que acontece o mesmo. Lama!

Anónimo disse...

O Martins tem uma qualidade muitissimo duvidosa , tem muito que aprender até chegar aos calcanhares do RUI SILVA. Este comentário já parece feito pela família Martins que só sabe dizer mal da suposta concorrências do menino . Para eles o Martins é o unico bom jogador todos os outro não valem nada . Eles podiam era inventar ANDEBOL DE 1. Que é aquele andebol em que joga só um . Ninguém o suporta no Águas , é falso , intriguista e mal formado .

Anónimo disse...

Só agora é que viu isso!!!!
O compadrio cada vez está mais presente as pessoas a troco de ....vocês sabem do que estou a falar.

Anónimo disse...

Ai o Martins é que é intriguista e falso, é preciso ter muita lata olhe que eu sei quando e que o Rui assinou pelo Porto e mentiu a toda a gente no Sporting e tambem sei como e que eles descobriram, agora voce vem falar do q se calhar nao sabe .

Anónimo disse...

Intriguista é pouco !!!!!

Anónimo disse...

Quem foi o ceguinho que disse que o Martins joga mais que o Rui Silva????? Sim porque só mesmo sendo ceguinho é que pode ver aquilo que ninguém vê .