gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 17 de maio de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 38 – 2014 / 2015 – I

Nova crónica relativa ao Play OFF da PO01 e aos jogos que definem os lugares do 1.º ao 8.º Lugar, bem como á 6.ª e última jornada do Grupo “B”.
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Grupo “A” - Play OFF

Final
Resultados
1.º Jogo
FC Porto 36 – 33 Sporting
2.º Jogo
FC Porto 29 – 20 Sporting
3.º Jogo
Sporting 23- 22 FC Porto
 
Calendário
4.º Jogo (necessário)
Dia 20-05-15
Sporting – FC Porto (21H00)

Resultados AcumuladosFC Porto / Sporting2-1

3.º / 4.º Lugar
Resultados
1.º Jogo
Benfica 42 – 37 ABC

Calendário
2.º Jogo
Dia 29-05-15
ABC - Benfica (21H00) Andebol TV
3.º Jogo (Se necessário)
Dia 30-05-14
ABC - Benfica (19H00) Andebol TV

Resultados AcumuladosABC / Benfica0-1

5/6 Lugar
Resultados
1.ª Mão
Dia 16-05-15
SC Horta 27 – 27 Águas Santas
Calendário
2.ª Mão
Dia 23-05-15
Águas Santas - SC Horta (18H00)

7/8 Lugar
Resultados
1.ª Mão

Dia 17-05-15
Passos Manuel 24 - 25 Madeira SAD
Calendário
2.ª Mão
Dia 23-05-15
Madeira SAD - Passos Manuel (17H00)
 
Atualização
 
No pavilhão da Quinta de Marrocos, disputou-se hoje (17-05-15), o primeiro jogo, para a definição do 7.º e 8.º lugar, com uma assistência que não se coaduna minimamente com um jogo da 1.ª Divisão, embora se compreenda que praticamente á mesma horas decorriam diversos eventos desportivos. A equipa do Passos Manuel recebeu e perdeu pela diferença mínima com os madeirenses do Madeira SAD, num jogo pleno de equilíbrio, onde as igualdades se sucederam, tal como as alternâncias no marcador, onde nenhuma das equipas conseguiu ter mais de dois golos de vantagem. O calor que se fez sentir, também na nossa opinião afetou o rendimento dos atletas. O Intervalo foi atingido com o Passos Manuel na frente do marcador por 13-11, com os dois períodos de jogo a serem praticamente o “espelho” um do outro. Não esquecer que aos 57 minutos de jogo se registava uma igualdade a 24 golos, e que o golo da vitória dos madeirenses foi obtido por Daniel Santos nos últimos momentos do encontro. Belone Moreira do Passos Manuel com 10 golos (eficácia de 70%) e Pedro Sequeira com 6 golos (66% de eficácia), foram os marcadores de serviço da Passos Manuel, por outro lado Nuno Silva com 9 golos (64% de eficácia), juntamente com Daniel Santos (5 golos, 45% de eficácia), foram os melhores marcadores do Madeira SAD, uma referência especial para a atuação do guarda-redes do Passos Manuel Alexandre Moura com 40% de eficácia. O Madeira SAD com esta vitória, parte nitidamente na frente na definição do 7.º lugar da Classificação Final.
 
Disputou-se o 3.º jogo da Final (disputada á melhor de cinco jogos), disputando-se ainda os primeiros jogos que irão definir as classificações do 5.º ao 8.º lugar, que são disputados em apenas dois (2) jogos no sistema aplicado nas eliminatórias das competições da EHF. Não se disputou nenhum jogo relativo ao 3.º e 4.º lugar (disputado á melhor de três jogos), devida á participação Europeia do ABC na Fina da Challenge CUP. De registar como fator principal fator negativo as interrupções verificados no jogo Sporting /FC Porto, devido ao lançamento para o recinto de jogo de artefactos pirotécnicos, ficaremos na expectativa de ver o vai acontecer pois certamente que existirão relatórios não só dos da arbitragem como dos delgados no cumprimento das suas obrigações como ainda das forças de segurança presentes no recinto de jogo.
 
Na Horta disputou-se um dos jogos que definem a classificação, em especial neste caso do 5.º e do 6.º lugar, encontraram-se a equipa local e a maiata do Águas Santas. Este primeiro encontro terminou numa igualdade, e o que no nosso entende confere á partida vantagem á equipa Maiata, que disputará o segundo jogo no seu recinto. A partida foi sempre bem disputado e com grande equilíbrio que se traduz pelas diversas alterações verificadas no comado do marcador com reações de uma e outra equipa, a provocarem aproximações igualdades e reviravoltas nos marcador, poderemos por exemplo e apenas como isso que o SC Horta vencia aos 39 minutos por 22-17, para 10 minutos depois só ter marcado um golos e o resultado situar-se numa igualdade a 23 golos. João Ferreira do Águas Santas com 9 golos (90% de eficácia), foi o melhor marcador da sua equipa e do jogo, seguido pelo inevitável Pedro Cruz com 7 golos (64% de eficácia), na equipa insular Yosdany Balard com 7 golos (54% de eficácia) foi o seu melhor marcador, seguido de Nelson Pina com 5 golos e 71% de eficácia. De salientar ainda as prestações dos guarda-redes do Águas Santas com excelentes níveis de eficácia, Telmo Ferreira (45%) e João Moniz com 36%. 
 
Sporting 23 – 22 FC Porto
 
Criadas as condições para se desfrutar de mais um excelente espetáculo de andebol, em termos desportivos, e felizmente esse veio a verificar-se, pese embora os factos descritos na introdução e que levaram a que a primeira parte do jogo tivesse em vez dos 30 minutos normais, mais de 60 minutos. Mais uma vez duas das melhores equipas do Andebol Nacional, com um pavilhão, mais uma vez completamente cheio de público. O Sporting, com um jogo completamente diferente do efetuado no jogo 2 desta final, esteve mais assertivo, tanto na defesa como no ataque, e contou desta vez com um homem na baliza de seu nome Ricardo Correia (50% de eficácia), que esteve muito bem na nossa opinião. A Sua defesa mostrou-se mais movimentada e agressiva do que o costume e no ataque esteve sempre bem comandado, por Rui Siva (4 golos, 44% de eficácia), embora como de costume Fábio Magalhães (4 golos) esteve no melhor e no pior da sua equipa, quer nos remates de 1.ª linha, quer na precipitação dos mesmos com ataques curtos e pouco certeiros. O FC Porto, por sua vez sentiu grandes dificuldades no ataque e teve na defesa a sua melhor prestação, embora nos desse sensação de a equipa se sentiu afetada pelo que se tinha passado, mas continuou a ter quer Alfredo Quintana (33% de eficácia), quer Hugo Laurentino (31% de eficácia) dois expoentes máximos na baliza, e maís uma vez Gilberto Duarte (5 golos, 56% de eficácia) demonstrou ser um jogador de exceção, e ainda um Hugo Santos (4 golos, 67% de eficácia), que esteve mais uma vez muito bem, sentiu a desqualificação de Alexis Borges numa ação demasiado agressiva (nesta decisão a dupla de arbitragem esteve certíssima). O Jogo em si sempre disputado com grande equilíbrio, embora a equipa lisboeta tenha assumido o comando do marcado cerca dos 25 minutos, para não mais o largar, atingindo o intervalo a vencer por 14-12. No segundo período de jogo chegou a ter uma vantagem de 6 golos aos 41 minutos quando vencia por 18-12, tendo de enfrentar uma forte reação da equipa do FC Porto, que a três minutos do fim perdia somente por um golo (23-22).Pedro Portela com 5 golos (71% de eficácia), acaba por ser o melhor marcador do Sporting Jogo dirigido pela jovem dupla Internacional de Braga constituída por Cesar Carvalho e Daniel Freitas, que tiveram um enorme acero no critério disciplinar, num jogo de difícil direção, estiveram equilibrados nos livres de 7 metros, não estiveram tão bem na falta do atacante, e com algumas falhas na lei da vantagem, mas tiveram uma ação globalmente positiva, quer nos passos, quer nas violações da área. 
 
Grupo "B




6.ª Jornada
Xico Andebol 33 – 34 Belenenses
Ismai 33 – 24 GC Santo Tirso

Manutenção – Belenenses e Ismai
Descem de divisão – GC Santo Tirso e Xico Andebol

O Grupo “B”, cujo principal objetivo, fi na prática determinar quem descia de divisão, com a equipa do Belenenses, já tendo garantido a sua permanência na 1.ª Divisão, á várias jornadas, e com a consumada descida de divisão desde a última jornada do Xico Andebol, foi nesta 6.ª e última jornada, que decidiu todo o resto que faltava decidir. E constatou-se que parece-nos que imperou o bom senso no CA apenas que na nossa opinião, desta vez, teve precaução com o jogo decisivo disputado entre o Ismai e o GC Santo Tirso. De destacar mais uma vez que apesar dos resultados que se verificaram, não existe registo de qualquer ocorrência disciplinar. 
 
Não haverá muito a dizer sobre estes jogos, em especial, cobre o Xico Andebol / Belenenses, que foi um jogo disputado sem pressão, pois a posição de cada já estava definida. Mesmo assim ainda se poderá dizer que o Belenenses vencia ao intervalo por 15-12, tendo depois de suportar um excelente segundo tempo dos vimaranenses. Na equipa do Xico Andebol, Pedro Correia com 12 golos (75% de eficácia) foi o melhor marcador da equipa, seguido pelo jovem João Santos com 8 golos (62% de eficácia). Além dos guarda-redes Carlos Oliveira com 39% de eficácia e Humberto Ferreira com 38% de eficácia. Na equipa de Belém, Carlos Siqueira com 9 golos (90 % de eficácia) foi o seu principal marcador, e Henrique Carlota na baliza atingiu uns extraordinários 48% de eficácia. No Principal jogo da jornada, e que tudo decidiu, foi um jogo de grande equilíbrio até aos 31 minutos (igualdade a 16 golos), depois de os homens de Santo Tirso terem chegado ao intervalo a vencer por 15-14. A partir do minuto 32 o Ismai assume o comando do marcador até final do encontro, chegando a ter vantagens de 10 golos por diversas vezes, terminando no diferencial final de 9 golos, e com este resultado conseguirem a tão desejada manutenção na 1.ª Divisão. Miguel Sarmento com 8 golos e 89% de eficácia e Sérgio Caniço com 6 golos e 86% de eficácia, a que se junta o guarda-redes cubano Yusnier Giron com 42% de eficácia, foram os grandes obreiros desta verdadeira “odisseia”. No GC Santos Tirso os 7 golos (58% de eficácia) de Pedro Machado, juntamente com os 6 golos de Mário Rego (75% de eficácia), foram insuficientes para os objetivos da sua equipa. 
 
Classificação Final do Grupo “B” – 1.º Belenenses (36 pontos), 2.º Ismai (28 pontos), 3.º GC Santo Tirso (26 pontos), 4.º Xico Andebol (22 pontos). 
 
O Banhadas Andebol

20 comentários:

Anónimo disse...

Depois do jogo de hoje, não se percebe como o ADA/ISMAI teve de sofrer tanto para se manter na primeira liga quando é tão superior aos adversários..

Uma vitória que acabou por se tornar fácil após grande jogo de Yusnier a fechar a baliza e Sarmento quer a atacar quer a defender..

Uma nota especial para o público, de ambos os lados, que apoiou as equipas como se de uma final se tratasse..

É uma pena a descida do Santo Tirso pois aquele público merecia ter uma equipa na 1ª pois é fantástico, muito superior à grande maioria das equipas da 1ª..

Anónimo disse...

Se na Horta a mesa rouba golos à equipa da casa, imaginem só o que não pode acontecer na Maia!

Anónimo disse...

O Porto não podia ganhar o jogo e receber a Taça de campeão! O serviços da federação não levaram a Taça para o pavilhão, grande organização e a dupla com a missão estudada...
Atento

Anónimo disse...

Atento és mesmo um Parva....o só sabes dizer mal a Taça estava lá e ate o estrado. Há pessoas que não são mais que Borregos que aceitam encomendas para escrever aqui.
A Dupla que foi só a melhor dos três encontros não devias estar Atento eram com outras coisas

Anónimo disse...

é giro o escrito da federação, nem fala nos incidentes, com as claques, onde será que ele estava ou escrve por encomenda.

Anónimo disse...

"A dupla foi a melhor dos 3 encontros"???????

Isto deve ter sido postado pelo comentador da Sporting TV...

Que vergonha de arbitragem... MUITO MUITO FRACAAAAAAA!!!!!

Os ataques do sporting tinha sempre, mas sempre, que terminar com golo, senão tinha que ser falta.

Lembro pelo menos ataques do Spinola em que o ponta esquerda do Porto ganha o espaço está fora da área aquando do contacto com o atacante e o arbitro marca 7 metros dando a sinalética que estava dentro da área!!!!

O vermelho ao pivot do porto no máximo é 2 minutos... Ou alguém viu um movimento da parte dele que não a de defender com os braços e as pernas abertas???? O Spinola baixasse a atacar e com a velocidade que vinha e o aparato que deu ao lance levou aquela dupla ("a melhor dos três jogos") a dar um vermelho inexistente.

Anónimo disse...

E a agressao do carol ao laurentino alguem viu? Pavilhão cheio? so quem não esteve la e que pode dizer isso

Anónimo disse...

17 de maio de 2015 às 16:09
anónimo
Caro amigo vê o filme do jogo SportingTV e não mostra o estrado para a Taça que ficou esquecida na mala do Venceslau!
Somos amadores, e bem pagos e mesmo assim usamos de habilidades saloias!
Atento

Anónimo disse...

3º jogo:
Poucas condições para a pratica normal de andebol, petardos e fez parar o jogo e traz instabilidade aos atletas.
Cartão vermelho ao Alex só na cabeça do arbitros e podem ver os jogos anteriores e se o critério fosse este não terminavam os jogos por falta de jogadores!
Esta dupla maravilha já tem antecedentes de cartões vermelhos directos nos jogos importantes ao longo da época!
Mas o director executivo da CA continua a insistir na dupla do seu bairro e mantém-se coerente!
4º jogo, mais um caldo se prevê..
e não se esqueçam de colocar o palanque a TAÇA e publico agradece e o comunicado da FPA deve ser respeitado e praticado!
Domingos Pacheco

Anónimo disse...

os jornaleiros desta terra são especiais , no reord até o passos manuel ganhou o jogo, e esta.

Anónimo disse...

E novidades sobre movimentações de atletas ? de certeza já temos muitas novidades.

Anónimo disse...

HANDBALL
FPA/P01

PLAYOFF
Jornal RECORD

OPINIÕES:
António Santos(AS) Tr do V. Setúbal e publicado no Jornal Record(19.5).

AS "Defendi o playoff mas mudei de opinião"
Pergunta:
CONCORDA COM O SISTEMA DA FINAL DE CAMPEONATO EM PLAYOFF?
AS"Já defendi o sistema, mas mudei de opinião.O sistema anterior era mais justo e prolongava mais temporada.A época poderia ter acabado no sábado para as duas equipas.Isto não é bom para o andebol nacional"

ADC

Anónimo disse...

Em Portugal abusa-se da queda escorregadela e ir á procura do adversário para tirar sete metros! Mais feio é ver quem procura expulsar outro quando topa que já está com duas exclusões! Srs. árbitros atuem! È inadmissível que haja artistas do engano! È triste ver quem ao cair olhe sempre na direção do homem ou homens do apito...
Já agora sugiro que se ponha policias á civil no meio das claques e depois se vá buscar quem arremessa objetos e etc... Há dirigentes e treinadores que devem ser mais vezes punidos para atos como imitar os árbitros como faz o sr. Obradovic! Parabéns ao jogador e cidadão GILBERTO por ter tido um comportamento exemplar no jogo Sporting-Porto em Odivelas após a interrupção do mesmo devido a bandidagem escondida em claques! Afinal não é só o melhor jogador do campeonato!

Anónimo disse...

È chegada a hora de responsáveis como o sr. cmdt Vicente Moura, assumir como é constituído o plantel na próxima época. È demais o zumzum permanente de jogadores que vão sair, sabendo-se que há deficite de qualidade e quantidade, sobretudo do lado direito. Portela tem de jogar sessenta minutos. Do outro lado após a lesão de P. Solha, valeu-nos que, Sérgio Barros fez alguma coisa apesar da pouca utilização. Com Spínola aos caídos está tudo á vista. Para Europa e campeonato é preciso mais e melhor!

Anónimo disse...

Luis Santos consegue descer mais uma equipa! Sensacional desempenho!

Anónimo disse...

Já que aqui falam na esperança Sérgio Barros porquê que, não é anunciada a situação contratual com o clube? È um jovem que, muito respeito e admiro dado haver nesta casa quem, sendo meu filho tivesse jogado com ele na formação. No entanto, gostava que, ele anunciasse se fica ou sái. Não estou a mandar abaixo e repito até que, não conheço quem viva de maneira tão especial para o andebol. O problema é que não é só lado direito que, está carente. Com a lesão do nosso melhor marcador de golos (Pedro Solha), se voltar a acontecer e não haver suplente á altura, vamos ter crise igual á da outra ponta! Igualmente este jogador devia ter sido emprestado pois, se agora não correspondesse "queimava-se". Ele que anuncie ou o clube. Pior é a situação na baliza, onde se estão a correr riscos tremendos! Saindo Ricardo Candeias, só temos o Luís, dado o abandono do guarda-redes suplente. Sorte a nossa que, no ultimo jogo esteve até melhor que o principal. Estes casos são urgentes! Ninguém vê?!

Anónimo disse...

Olá anónimo das 10.31 de 19 de Maio , aqui vão algumas transferencias: gilberto vai embora............. shubert vai embora............ Roque espera-se que fique please..........Martins espera-se que lhe façam a vontade e o deixem ir pró quinto dos infernos , mas no águas por favor não ( persona non grata)............Nuno Valente que fique e o deixem jogar , grande potencial........Babu vai embora .......... mas por favor tragam um central , pois alem do Roque nao existe.

Anónimo disse...

Não se preocupem pois vão recebr um ponta direito de nivel vindo do Ginasio de Santo Tirso ja para não falar numa contratação que o Sporting esta a tentar fechar com um central de topo

Anónimo disse...

O treinador do Santo Tirso, continua imparável!!!!
Mais uma descida para o seu excelente "curriculum desportivo".
Mas pior do que isso é que segundo parece os responsáveis máximos do Ginasio para o andebol que até são pessoas que eu conheço e respeito vão continuar a apostar nele????

Anónimo disse...

Finalíssima!
O CA de arbitragem e seus responsáveis pelas nomeações estão em defict de inteligência emocional, então a mesma dupla da Madeira vai arbitrar 3 jogos!
ahahahahahahaha
Caso único no mundo nacional e internacional.. o CA deve aproveitar as férias e repensar o seu papel no Andebol nacional e a culpa não é da Direcção da FPA!