gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 30 de maio de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 41 – 2014 / 2015 – I

Nova crónica relativa ao Play OFF da PO01 e aos jogos que definem o 3.º e 4.º Lugar, que ainda não foram disputados, devido ao facto de o ABC estar a disputar a Final da Challeng CUP, de má memória. 
 
TERMINOU A PO01
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

Grupo “A” - Play OFF

3.º / 4.º Lugar

Resultados
1.º Jogo
Benfica 42 – 37 ABC
2.º Jogo
ABC 31- 33 Benfica

Resultados AcumuladosABC / Benfica0-2

Situações já definidas

Classificações Final – 1.º FC Porto, 2.º Sporting, 3.º Benfica, 4.º ABC, 5.º SC Horta, 6.º Águas Santas, 7.º Passos Manuel, 8.º Madeira SAD,9.º Belenenses, 10.º Ismai, 11.º CG Santo Tirso, 12.º Xico Andebol.
 
Manutenção – Belenenses e Ismai
Descem de divisão – GC Santo Tirso e Xico Andebol
 
Participação nas Provas Europeias
 
Embora, esta distribuição possa não ser a definitiva, deixamos aqui as participações, que foram obtidas através dos Regulamentos de Provas, nuca nos esquecendo de que Portugal, apenas tem direito a um total de 4 clubes nas provas Europeias.

Liga dos Campeões EuropeusFC Porto (PO01)
European CUPSporting (PO01)
Challenge CUP - Benfica (PO01) e ABC (Taça de Portugal)
 
Com o Campeão já definido, disputou-se apenas um dos jogos que definiam a classificação referente ao 3.º e 4.º Lugar, (não haverá necessidade de disputa do 3.ª jogo, pois o Benfica voltou a vencer) em virtude de uma das equipas o ABC (Felizmente), ter estado a discutir a final da Challenge CUP. A discussão destes lugares apenas tem interesse na definição final da classificação, pois ambas as equipas já estão apuradas para a mesma competição Europeia, o ABC, porque venceu a Taça de Portugal, e o Benfica com o seu 3.º lugar final, irá disputar a mesma prova.
 
ABC 31 – 33 Benfica
 
Jogo disputado no Pavilhão Flávio Sá Leite, que não apresentava a moldura humana, que se esperaria, entre duas equipas que não proporcionaram um grande espetáculo de andebol, uma delas o ABC, teve momentos em que dava a sensação de descrença, fadiga e cansaço, ou seja na nossa opinião dava a sensação de estar completamente afetada pela derrota sofrida na Roménia, a outra, o Benfica, onde já está anunciada a saída de diversos elementos, o seu técnico optou por em determinados momentos do encontro, colocar a sua juventude em campo, em detrimento dos mais experientes. As falhas técnicas feitas pelas duas equipas, foram enormes, desde maus passes, a precipitação nos remates, a falhas na receção, passes a permitirem a interceção dos adversários de tudo se registou. No entanto o jogo foi de grande equilíbrio até cerca dos 23 minutos, quando o ABC, vencia por 12-10, tendo até aí comandado mais vezes o marcador, registaram-se diversas igualdades, e qualquer das equipas, nunca esteve a vencer por mais de 2 golos de diferença, mas a equipa bracarense teve uma “branca”, e nesse minuto, parou a sua marcação e até ao intervalo, sofre um parcial de 4-0, e deste modo os primeiros 30 minutos, terminam, com o Benfica no comando do marcador por 14-12. No segundo tempo, uma boa entrada da equipa lisboeta, leva o resultado para 17-12, cerca dos 34 minutos, ou seja o ABC, esteve cerca de 11 minutos sem marcar, o que na nossa opinião é absolutamente anormal. Neste período de jogo, o Benfica chegou a ter 8 golos de vantagem, por exemplo aos 43 (23-15), e aos 48 minutos (27-19). A partir deste momento a equipa lisboeta, limitou-se a controlar o jogo e o marcador, utilizando os seus mais jovens jogadores, enquanto a equipa minhota pareceu transformada, e foi diminuindo resultado, atá á diferença final de 2 golos, ou seja na realidade nos segundos 30 minutos, registou-se uma igualdade a 19 golos. Jogadores houve, que estiveram muito abaixo das suas capacidades nos minhotos, dando como exemplo João Paulo Pinto, e Nuno Rebelo. Enquanto Hugo Rocha (4 golos), que antigamente só defendia, está novamente um excelente 1.º linha, enquanto Nuno Grilo (6 golos) foi o abnegado do costume sendo o melhor marcador da sua equipa. No Benfica, com Miguel Espinha na baliza, que fez uma excelente exibição, teve em António Areias (11 golos, 5 de 7 metros) o seu melhor marcador, bem secundado nos segundo 30 minutos por Elledy Semedo com 6 golos, mas com jogadores completamente fora de forma como José Costa e Tiago Pereira, com Carlos Carneiro a ser de bastante utilidade o tempo que esteve em campo. Pena que este jogo tenha ocorrências disciplinares, segundo o que nos foi dado a perceber por atitudes menos próprias de alguém do público. Uma dúvida se nos coloca será que alguns destes atletas recuperaram no estágio da Seleção Nacional? O jogo foi dirigido pela dupla aveirense constituída por Mário Coutinho e Ramiro Silva, que na nossa opinião tiveram demasiado condescendência na aplicação co critério disciplinar, e não estiveram bem na aplicação da Falta do Atacante, onde por vezes se transforma a mesma em livre de 7 metros. No entanto globalmente poder-se-á classificar a sua prestação como positiva, sem influência no resultado.
 
O Banhadas Andebol

11 comentários:

Anónimo disse...

podem explicar-me como é que o cronista da federação diz que o Areias, marcou 6 golos de 7 metros, e depois diz que o benfica, beneficou de cinco e aproveitou todos, no final que jogo esteve ele a ver, ou nem a estatistica ddo jogo que é disponibilizada, ele lê já agora onde foi que viu uma difrença de 9 golos num resultado que nunca xistiu, pois aos 52 minutos de jogo existia somente 5 golos de diferença segundo as próprias estatisticas da federação, mas que jogo ele esteve a ver.

Anónimo disse...

Para quem defende o PLAY OFF e claro não esteve em Braga vimos a desvantagem desta competição pouco publico e só conta o 5º jogo festa radical!!!! desinteresse dos atletas e os treinadores a puxar pela equipa!
Aprendam e se não sabem esteja quietos!....
vilarinho

Anónimo disse...

Amigo "BANHADAS" vejamos se nos entendemos no critério observação do trabalho de uma dupla de arbitragem.
NEGATIVA.-. ... a aplicação do critério disciplinar.
Negativa .-.... a falta do atacante.
NEGATIVA .-. .....Livres de sete metros.
Onde é que a dupla esteve BEM?
No equipamento, na condição física, no tempo de chegada ao Pavilhão.
Não há pachorra.
Que eles sejam os meninos queridos do Carlos Joaquim, ainda vá porque ele não vê um boi de arbitragem agora do "BANHADAS"
Estamos em tempo de sardinhadas e caldeiradas, é o que é.
Mas nada de toldar o espirito de justiça.
BAI

Anónimo disse...

E quando não havia playoff e os jogos das equipas que já não tinham hipóteses nas últimas jornadas? Esquecem-se disso?

Anónimo disse...

Todos os modelos de competição têm vantagens e desvantagens e o Campeão dever ser o mais regular para valorização e apoio aos clubes do ANO TODO a treinar e investir e se possível fazerem uma boa campanha!
Há clubes que não têm organização para estar na P01 como os há também para estarem na P02 e P03 realidades diferentes e em todas as modalidades.
Respeitar a modalidade e a sequência da planificação de acordo com os calendários internacionais e nacionais.
Ontem foram disputados em 4 países as Taças das competições principais de FUTEBOL e hoje no Jamor e muito bem, mas no andebol a TAÇA de PORTUGAL é disputada a meio da competição do campeonato!
SOMOS MUITO ORIGINAIS PARA NÃO DIZER LEVIANOS E SEM CRITÉRIO!
Podem organizar uma Taça da AAB com inscrições livres e até uma equipa com 10 cubanos ou 11 europeus podem jogar e ganhar mas o campeonato não !
-É NORMAL JÁ TER TERMINADO A P01 E CONTINUAR A COMPETIÇÃO DA P02 E SEGUINTES?
Miguel

Anónimo disse...

Para o comentário das 18.58: Deus não foi lá muito teu amigo quando andava a distribuir a inteligência, pois não? Olha, deixa lá isso e vamos mas é para a praia curtir, que este campeonato já passou! Foi fraquinho não foi? foi um play-off para esquecer não foi? Jogos horríveis, pavilhões vazios, tudo à estalada, enfim... Vamos mas é para a praia!
Já agora: boas férias, boas ondas, bons jogos de andebol de praia, um encontro na final em Portimão se possível... para ti e para todos
claro! Beijinhos e boas curtições!

Anónimo disse...

É preciso habituar o público e as equipas ao Play off, não se pode fazer Play off de 5 em 5 anos , mas sim durante 5 ou mais anos.

Anónimo disse...

Os árbitros que arbitraram o ABC - Benfica não são grande coisa. A melhor dupla é o Ramiro e o Coutinho. Estes é que podem ensinar muito aos outros, porque estes são de nível internacional.
Não gosto do play-off, prefiro um modelo como o que defende o treinador do Setúbal e outros treinadores de renome, ou seja, prefiro que haja uma finalíssima há melhor de cinco jogos onde se apure o campeão.

Anónimo disse...

31 de maio de 2015 às 07:48
anónimo
Pareces um emigrante a chegar a Portugal ah ah ah ah! olha que bonito o Play off e ficavas a olhar.. bonito tudo a porrada(jogos em Lisboa e várias interrupções! e não contam pontos!
vou levar prá França...
És o maior e sabes à brava sobre esta matéria.. acabou e bem mas esteve quase o caldo entornado e a culpa era do Treinador do Porto sempre a meter-se com os árbitros!Quem pensava tirar vantagens deste modelo deve estar bem arrependido!
Espero para o ano que vai ser mais do mesmo e com mais paragens!
O empresário do Norte das Galas já está a negociar com o poder local!

Anónimo disse...

ANALISE AO CAMPEONATO NACIONAL P01:
MODELO DE COMPETIÇÃO:
1ª FASE TODOS CONTRA TODOS(TxT)
2ª FASE: PLAY OFF PARA OS 8 PRIMEIROS
-PARA OS 9º AOS 12º (MANUTENÇÃO)TXT


Classificações Final:
1-FC Porto(62)
2-Sporting(58)
3-Benfica(54)
4-ABC(55)
5-SC Horta(43)
6-Águas Santas(46)
7-Passos Manuel(40)
8-Madeira SAD (43)
9-Belenenses(39)
10-Ismai(37)
11-CG Santo Tirso(26)
12-Xico Andebol(25)
( ) pontos conquistados na 1ª Fase

PLAY OFF
Mantiveram a classificação:
-F.C do Porto, Sporting,Santo Tirso e Xico Andebol,Ismai

-Subiram na Classificação:
Benfica,Sp. horta e Passos Manuel,

-Desceram de classificação:
ABC,Aguas Santas,Sad Madeira

Conclusão:
Quais as vantagens do Play-off?

Os defensores deste modelo e disto pouco ou nada sabem, pelo menos vejam estas classificações e conclusões e decidam melhor no futuro!
-Quais foram os clubes que defendiam o Play-off todos perderam perante as perspectivas de melhorar!
-O Campeão FCP pretendia o mesmo modelo de Campeonato em 2 fases do ano anterior e mesmo assim ganhou!
-Baixou ou subiu a expectativa de mais espectadores nso jogos?
-O modelo de Play Off foi adulterado quer nos dias de competição quer terem decidido a melhor de 5 na Meia Final!, unico no mundo!
-Adopção de modelo da EHF para a disputa do 5º ao 8º lugar com importante os golos marcados fora(oportunismo e ridículo este ajustamento para evitar o 3º jogo
-Escândalo nas nomeações com uma dupla internacional a arbitra 3 jogos em 5 na finalíssima!!!!!
-Nenhum jogo foi transmitido pela Televisão publica o que não aconteceu com outras modalidades de Alto Rendimento(Voleibol, Basquetebol, Futsal, Hoquei Patins!
-Jornais desportivos deram atenção somente na Finalíssima no Play-off!
Os responsáveis devem reflectir discutir ouvir so Técnicos das equipas e depois decidirem para valorizar o jogo e não utilizando formas antigas com resultados fracos ou revistos!
ADC


Anónimo disse...

O ANDEBOL EM PORTUGAL É AMADOR! AMADOR! AMADOR! NÃO GERA RECEITAS QUE CHEGUEM PARA PAGAR A LUZ E ÁGUA! O FINAL DO CAMPEONATO FOI UMA VERGONHA, COM PUTOS DA FORMAÇÃO A ENCHER PAVILHÃO! JÁ NEM QUERO FALAR DAS TRISTES CLAQUES A FAZEREM PARAR JOGOS, SOBRETUDO A DO SPORTING! HOUVE CINCO JOGOS E DOIS ATÉ TIVERAM ALGUMA EMOÇÃO MAS, A FEDERAÇÃO NÃO SOUBE OU NÃO QUIZ, FAZER BEM EM PROL DA MODALIDADE! O ÚLTIMO JOGO FOI EMOTIVO? UM POUCO PORQUE NEM OS JOGADORES DO SPORTING ESPERAVAM CHEGAR ALI E, AINDA COM PROLONGAMENTOS! AÍ VEIO AO DE CIMA OS JOGADORES CANSADOS DUM TREINADOR, OBSECADO POR VENCER E CEGADO NA AMBIÇÃO. O FINAL FOI VERGONHOSO POIS COM A SUSPEITA DE LIGAÇÕES CORROMPIDAS ENTRE DIRIGISMO DO CLUBE VENCEDOR (POR ACASO?) E C.A. TUDO SE FEZ Á DESCARADA. FORAM POR DEMAIS EVIDENTES OS "CASOS" DO JOGO DECISIVO A FAVOR DO VENCEDOR! QUE ESPERAR QUANDO NAS BANCADAS SE COMENTA COM IRONIA, A NOMEAÇÃO DUMA DUPLA DE ÁRBITROS(?)QUE, VEIO DA MADEIRA, PARA ARBITRAR... CINCO JOGOS QUE DECIDIAM O CAMPEÃO! ISTO NUMA FEDERAÇÃO ONDE SE FALA REPETIDAMENTE EM CRISE. CÉUS! ATÉ OS MEUS CÃES SE ANDAM A RIR POR ESTES DIAS! SÓ UM ATRASADO MENTAL ACREDITA NISTO MAS, É VERDADE! AQUI É PORTUGAL! HAVERIA TANTA NECESSIDADE? HAJA VERGONHA E UM AMADORISMO TENTANDO SERIEDADE E SEMI-PROFISSIONALISMO! É QUE SOMOS DA TERCEIRA DIVISÃO DA EUROPA. JÁ AGORA PORQUE NÃO HOUVE TRANSMISSÕES NA TV, NOMEADAMENTE PÚBLICA? O ANDEBOL FOI EM TEMPOS A SEGUNDA MODALIDADE DE PRATICANTES DO PAÍS!