gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 20 de maio de 2015

PO03 – Crónica de Fim-de-semana – 11 – 2014 / 2015

Breve crónica da PO03, referente á 2.ª Fase desta prova nacional não fixa.
 
PO03 – Campeonato nacional da 3.ª Divisão Seniores Masculinos
 
Informação adicional:
  • Apenas disputam a Fase Final os 1.ª’s Classificados de cada zona, juntamento com o Campeão dos Açores.
  • Apenas sobem á 2.ª Divisão Nacional os dois (2) primeiros classificados das Zonas 1 e 2.
2.ª Fase
 
Zona 2 – 11.ª- Jornada
CF Sassoeiros 23 - 27 CD Mafra
NA Redondo 20 - 32 1.º Dezembro
Batalha AC 27 - 36 Zona Azul
Juventude Lis 27 - 20 Oriental Lisboa 
 
Apurado para a fase Final
Subidas de Divisão Juventude Lis
 
Disputada a 11.ª jornada da prova, que é a homologa da 4.ª jornada da 1.ª volta desta Fase, verificando-se que mais uma vez, que foram retificados dois resultados, em relação á jornada equivalente da 1.ª volta. Sendo o facto mais saliente desta jornada, o se puder dizer que a Juventude de lis com este resultado, no mínimo já subiu de divisão, pois mesmo que o 3.º classificado da Zona vença todos os jogos das três (3) últimas jornadas, e que a Juventude Lis perca o mesmo número de jogos, nunca conseguirá chegar á pontuação da equipa de Leiria. Destaca-se ainda o facto de até ao momento não ter existido jogos com o registo de ocorrências disciplinares. Dizemos até ao momento pois desconhecemos o que se passou no jogo Juventude Lis / Oriental, pois ainda não existe Boletim de jogo, devidamente preenchido. No entanto o equilíbrio na zona começa a desfazer-se pois apenas existem mais três equipas com possibilidades matemáticas de acesso a um dos lugares de subida, ou de presença na Fase Final, (1.º Dezembro, Zona Azul e Oriental Lisboa). 
 
A grande surpresa da jornada (na nossa opinião), verificou-se no encontro CF Sassoeiros / CD Mafra, onde a equipa visitada, que têm pautado a sua prestação desportiva, por enorme irregularidade, perdeu para a CD Mafra, que desta forma obteve a sua 3.ª vitória na prova, e retificou o resultado da 1.ª volta. Num jogo que ao intervalo já vencia por 12-11. João Pinho com 11 golos foi o melhor marcador do CF Sassoeiros e do jogo, mas que não chegou, enquanto Guilherme Grade com 5 golos foi o melhor marcador do CD Mafra, que teve 10 atletas seus a concretizarem golos. No Redondo a equipa local jogou com das melhores equipas da Zona e uma das mais favoritas a um dos dois primeiros lugares o 1.º Dezembro, num pavilhão bem composto de público, apesar do calor, e perdeu normalmente, no entanto durante os primeiros minutos de jogo ainda ofereceu alguma réplica mas foi de pouca dura, pois ao intervalo já perdia por 17-12, com o 1.ª Dezembro a ampliar a sua vantagem durante o segundo período de jogo. Foi um jogo com 24 exclusões, 12 para cada lado, 4 desqualificações para o NA Redondo, sendo duas (2) diretas, e o 1.º Dezembro teve 2 desqualificações, sendo uma direta, e não se registaram ocorrências disciplinares (achamos estranho). José Veiga com 6 golos foi o melhor marcador do jogo e do 1.º Dezembro, equipa com 12 jogadores a marcarem. Na Batalha jogo sem grande história, com a equipa alentejana do Zona Azul, a vencer confirmando a sua vitória da 1.ª volta, num jogo que ao intervalo já vencia por 20-14, para no segundo tempo dilatar a vantagem. O número de espectadores presentes foi ridículo (na nossa opinião). Mais uma vez Bruno Perfeito com 14 golos foi o melhor marcador do jogo e do Batalha AC, mas igualmente mais uma se revelaram insuficientes, pois a sua equipa, continua a ser a única Zona que ainda não obteve qualquer vitória. Jorge Arrojado com 7 golos, Tiago Rendeiro, Hugo Estanque e Luis Gomes todos com 6 golos marcados foram os melhores marcadores do Zona Azul.  A Juventude Lis ao vencer em Leiria o Oriental de Lisboa, não só retificou o resultado verificado na 1.ª volta, e que é a única derrota que regista na prova até ao momento, como com a sua vitória confirmou já a sua subida de Divisão. 
 
A classificação ficou assim estabelecida:1.º Juventude Lis (31 pontos), 2.º 1.º Dezembro (27 pontos), 3.º Zona Azul e Oriental Lisboa (24 pontos), 5.º NA Redondo (21 pontos), 6.º CF Sassoeiros (20 pontos), 7.º CD Mafra (17 pontos), 8.º Batalha AC (12 pontos). 
 
Zona 1 – 11.ª Jornada
FC Infesta 38 - 31 ACD Monte
Gondomar Cultural 40 - 32 SC Espinho
AD Albicastrense 34 - 25 CA Leça
Modicus 25 - 32 Estarreja AC

Apurado para a fase Final Estarreja AC
Subidas de Divisão Estarreja AC
 
Tal como na Zona anterior aqui referida, Também nesta zona se disputou a 11.ª, que corresponde á 4.ª jornada da 1.ª volta nesta Fase, que teve apenas um jogo que foi retificado em relação á jornada homóloga. Mantendo-se cada vez mais a diferenciação e destaque de duas equipas, Estarreja AC e Modicus, com a equipa do Estarreja AC, a garantir desde já não só a subida de divisão, como o 1.º Lugar na Zona o que lhe confere o estatuto de Finalista da prova, pois o 2.º classificado na Zona mesmo que vença todos os jogos até final e o Estarreja AC perca os mesmos, ficaram em igualdade pontual, situação que dá sempre vantagem á equipa da Região de Aveiro que venceu os dois jogos com o Modicus, única equipa que poderá igualar a pontuação da equipa do Estarreja AC. Tal como na outra Zona apenas três equipas em termos matemáticos ainda podem discutir um lugar de acesso á 2.ª Divisão (Modicus, Albicastrense e Gondomar Cultural). O FC Infesta é excluído por apenas poderá igualar a pontuação do Modicus, mas perde no desempate por 4 golos. Desta feita, destaca-se que a Zona não teve ocorrências disciplinares registadas. Tendo no entanto na nossa opinião como fator negativo, a existência de Boletins de jogo, que á data de hoje ainda não estão devidamente preenchidos
 
No único jogo onde foi retificado o resultado da 1.ª para a 2.ª volta, o Gondomar Cultural, recebeu e venceu de forma clara o SC Espinho, num encontro onde a preocupação defensiva, não existiu praticamente, tal o número golos marcados por ambas as equipas, com esta vitória a equipa visitada ainda pode aspirar ao segundo lugar da prova, pelo menos em termos matemáticos. Neste encontro, ao intervalo vencia por 19-16, que traduz fielmente as fases de equilíbrio que até então se tinham registado, para depois no segundo tempo dilatar em definitivo o resultado. Bruno Pião co 9 golos, Rui Moreira com 7 golos e Nuno Moreira com 6 golos, foram os marcadores de serviço do Gondomar Cultural, por sua vez, Bruno Antunes com 7 golos e Vasco Marques com 6 golos foram os melhores marcadores do SC Espinho. Em Castelo Branco a equipa do Albicastrense, recebeu e venceu de uma forma clara o CA Leça, após um primeiro tempo de equilíbrio entre as equipas, pois o resultado ao intervalo situava-se favorável aos albicastrenses pela diferença mínima (17-16), com esta derrota o CA Leça, continua a ser a única equipa da sua Zona, que ainda não venceu qualquer encontro. O FC Infesta confirmou a sua vitória na 1.ª volta, voltando a vencer a equipa da Região de Aveiro o ACD Monte, embora o resultado não lhe dê esperanças numa possível subida de divisão conforme, já por nós explicado. O resultado deste encontro foi na prática totalmente construído nos primeiros 30 minutos, pis o resultado ao intervalo (22-15), já registava a diferença que se veio a verificar no final. José Carvalhais com 12 golos foi não só o melhor marcador da FC Infesta como do jogo, Pedro Pereira com 8 golos e Pedro Rafael com 6 golos foram os melhores marcadores do ACD Monte. O jogo mais importante da jornada (na nossa opinião), disputava-se em Sandim onde a equipa local recebia o líder da Zona o Estarreja AC, e uma vitória dos locais poderia garantir-lhe o acesso á divisão superior. O jogo que iniciou numa toada de grande equilíbrio, com os primeiros 30 minutos a refletirem isso mesmo, pois a vantagem dos homens da equipa visitante era pela diferença mínima ao intervalo (16-15). Para apenas no 2.º tempo se superiorizarem-se nitidamente ao adversário, e com esta vitória confirmarem o 1.º lugar na Zona. 
 
A classificação ficou assim estabelecida: 1.º Estarreja AC (33 pontos), 2.º Modicus (27 pontos), 3.º Albicastrense (23 pontos), 4.º Gondomar Cultural (22 pontos), 5.º FC Infesta (21 pontos), 6.º ACD Monte (18 pontos) e SC Espinho (19 pontos), 8.º CA Leça (12 pontos).
 
Noticias

12 comentários:

Anónimo disse...

Rui Liberato no Estarreja! Depois de afundar as equipas por onde vai passando,Aí vai ele afundar o Estarreja. E vamos passar a ver os jogos do Estarreja cheios de dois minutos e vermelhos.

Ai meu Estarreja, de cavalo para burro...

Anónimo disse...

infelizmente vai difícil evoluir no andebol quando os senhores do apito não têm formação. Conseguem mexer no resultado do jogo e no fim do mesmo equilibra-se o número de exclusões/desqualificações para não dar muito nas vistas. Vergonhoso para todos, desde jogadores a espectadores, assim vai ser difícil encontrar pavilhões com boa moldura humana. As mariscadas e copos é que interessam no regresso a casa...

Anónimo disse...

Já tinha ouvido essa do Liberato ir para o Estarreja. Ok que o Arrojado não é grande treinador mas irem buscar um gajo que anda sempre atrás do dinheiro, que nos últimos anos não faz nada de jeito a não ser lançar a indisciplina em campo?

Infelizmente, o Estarreja está a dar tiros no próprio pé. COm tantos treinadores de qualidade tinham logo que escolher o arruaceiro?

Anónimo disse...

Não posso acreditar no que estou a ler do Estarreja ir buscar o Rui Liberato:

1) O Arrojado faz o trabalho sujo de estar na 3ª Divisão e agora sai?

2) Sei que o Arrojado não é um grande treinador, trabalha-se mal, mas merece o prazer de treinar na 2ª divisão.

3) Entendo que alguns jogadores queiram mais e evoluir e pressionem para vir outro treinador. Mas a solução passa pelo Rui Liberato?

4) Há quantos anos não faz nada de jeito? Parado no tempo.

5) Pior de tudo, as suas equipas treinam ainda pior que o Estarreja treina e a indisciplina é total.

6) O IAC acabou de anunciar a desistência do campeonato regional seniores masculinos, com a competição a meio. Depois de uma primeira volta miserável em que perderam inclusivamente com o Académico de Viseu, esta é mais uma atitude à Liberato.

Anónimo disse...

É sempre engraçado assistir a tantas criticas ao único treinador, sénior, que ainda não perdeu este ano para o campeonato !

Porque ninguem fala na super equipa do Módicos que se reforçou imenso em janeiro para serem campeões e não conseguiram vencer 1 jogo ao Estarreja??


Ah e não se preocupem que o Liberato não vai para estarreja!

Anónimo disse...

É engraçado que o tal de Rui Liberato com a equipa que tinha no São Bernardo na sua primeira época como treinador principal de séniores foi à fase final da 2º divisão, mas é também engraçado que as pessoas que falam em anónimo não conseguirem falar na cara das pessoas falam sempre nas costas mas continuem a mandar papaias que pode ser que sejam surpreendidos com uma fase final por parte da equipa do Estarreja

Anónimo disse...

As pessoas são de tão baixo nível quem nem sabem o que dizem mas infelizmente é a sociedade em que vivemos esquecem-se depressa dos sentimentos das pessoas que deram tanto ao S. Bernardo inclusivo foram para a fase final sem condições jogaram com juniores que um dele por sinal esta no ABC não tinham pessoas de fora e dizem que gosta de dinheiro os que estão no clube é por amor há camisola não sejam mentirosos nas enfim.

Anónimo disse...

Com tantos treinadores de qualidade por aí, vamos escolher um arruaceiro?

Oh meu Estarreja :(

Associação Artistica de Avanca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

A pessoa de quem fala e que diz que afundou o clube, o senhor então não sabe mesmo o que diz pq o Liberato nunca pôs um unico escalão por onde passou abaixo nem clube e deixem-se essas coisas anormais e tenham respeito

Arrojado disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Arrojado o comentador que se diz Artística de Avanca não representa o clube, é alguém que tem opinião, mas que não deve ser associada ao clube!