gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

PO22 Super Taça Masculina - Época 2015/2016 - I

Esta época voltamos a normalidade competitiva, com a Super Taça Seniores Masculinos, a ser disputada no início de época, juntamente com a Super Taça Feminina, o que se saúda. Assim como se refere a excelente transmissão que foi realizada pela Andebol TV e pela Bola TV. 
ABC VENCEDOR DA SUPER TAÇA MASCULINA
PO22 - Super Taça Seniores Masculinos – Maia 2014

FC Porto 24 – 26 ABC

A prova que foi disputada no Pavilhão Municipal de Castelo Branco, entre duas equipas, que fazem parte da história da modalidade, o ABC e o FC Porto, o pavilhão apresentava uma excelente moldura humana, embora o calor e humidade no recinto, fossem (na nossa opinião), responsáveis por o número de falhas técnicas cometidas por ambas as equipas ser superior ao normal, esta factor não retira nem a competitividade nem a emotividade, nem o grande equilíbrio com que o jogo foi disputado na maior parte dos 60 minutos. Venceu a equipa dos “tostões” o ABC, que igualou a equipa dos “milhões”, no numero de troféus que cada equipa já conquistou, (6 cada).

Foi um encontro disputado na maior parte dos 60 minutos, com um surpreendente equilíbrio, não só no marcador, mas até nos bons momentos de bom que por vezes foram praticados, nos primeiros 30 minutos, as situações de igualdade sucediam-se mas atrás das outras, tendo o intervalo chegado com o marcador a assinalar a vantagem mínima para o ABC (12-11), com o golos da vantagem a ser marcado nos últimos momentos do primeiro tempo. Foi um primeiro tempo marcado, por uma total supremacia das defesas sobre os ataques, situação que se prolongou pelo restante tempo do jogo. O FC Porto, que está neste momento a adaptar-se ao novo comando técnico, teve grande problemas na concretização, apesar de contar com uma excelente 1.ªlinha, e dois pivots, que na nossa opinião foram os melhores jogadores da equipa, quando esta jogava para os 6 metros, juntamente com Gilberto Duarte. Mas o ABC, comandado por um jogador de baixa estatura mas de elevada inteligência, que geriu todo o jogo da sua equipa de uma forma notável e que se chama Pedro Seabra Marques, e que mais uma vez foi na nossa opinião o melhor jogador em campo, sendo muito bem acompanhado por um surpreendente Nuno Rebelo, que realizou um jogo como a muito não lhe víamos fazer, e por um guarda-redes de nome Humberto Gomes que esteve simplesmente impecável, ao contrario dos seus colegas do outro lado, pois quer Alfredo Quintana, quer Hugo Laurentino, não estiveram nos seus melhores dias. DE referir ainda o fraco rendimento dos pontas do FC Porto Hugo Santos e Ricardo Moreira, que apenas nos últimos minutos do encontro concretizaram do seu posto específico. Apenas cerca dos 34 minutos de jogo uma equipa conseguiu uma vantagem super á diferença mínima e foi o ABC quando colocou o resultado em 14-12, situação que voltou a repetir cerca dos 42 minutos, quando o ABC vencia por 18-16, o ABC chega aos 4 golos de vantagem aos 52 minutos (23-19), com Humberto Gomes a defender um livre de 7 metros e com Nuno Grilo a ser desqualificado ao sofrer a 3 exclusão, mesmo assim entrou-se nos últimos 5 minutos de jogo com o ABC a vencer por 24-20, para terá mesma vantagem quando faltavam apenas 3 minutos e 30 segundos (25-21),para nos minutos finais com o FC Porto a ter uma boa reacção e entrar-se nos últimos 25 segundos com o ABC a vencer pela margem mínima (25-24),para o homem do jogo quando a sua equipa sofria uma marcação HxH em todo o campo marcar o 26.º e último golo do encontro a cerca de 8 segundos do fim do jogo. No FC Porto Daymaro Salina com 6 golos e Gilberto Duarte com 5 golos foram os melhores marcadores da equipa. Pedro Seabra Marques, Nuno Rebelo, e Miguel Sarmento todos com 5 golos foram os melhores marcadores do ABC. Dirigiu o encontro a jovem dupla da Madeira, constituída por Gonçalo Aveiro e Hugo Fernandes, que apesar das 16 exclusões (e nós somos adeptos de andebol de 7 e não 6 ou de 5) nada temos a dizer sobre as mesmas, assim como na coerência na marcação dos livres de 7 metros, agora teremos de chamara atenção da distância dos 3 metros na execução dos livres, pois aos 41 minutos a não manutenção da distância deu uma intercepção do FC Porto e golos na sequência da jogada, ou seja um erro com influência no resultado.

Um último destaque para as declarações dos dois jovens técnicos, revelaram um excelente espírito de Fair Play, com o qual nos congratulamos.

Nota Final – Durante a entrevista de Nuno Grilo para a Andebol TV e Bola TV, ele falou que esta época existe uma nova regra e que eles se estão adaptar, por isso o elevado número de exclusões. Esclarecemos que não existe nenhuma regra nova, existe sim segundo nos apercebemos um maior rigor na aplicação das regras de jogo em especial da regra 8:5. Tudo isto seria evitado se a Federação através do respectivo sector, e esclarecesse toda a gente sobre o que é dito nas acções de reciclagem, até para esclarecimento do próprio público.

O Noticias

15 comentários:

Anónimo disse...

Exelente arbitragem!

Jorge Almeida disse...

Lista de transmissões de jogos de Andebol na TV, Internet e Rádio previstas entre 31 Agosto e 6 Setembro 2015:

http://andeboltv.blogspot.pt/2015/08/lista-de-transmissoes-entre-31-agosto-e.html

Jorge Almeida disse...

Aproveito para lamentar o ataque informático ao Portal da FAP, na manhã do passado Sábado, relatado no link http://portal.fpa.pt/fap_portal/do?com=DS;1;111;+PAGE%282000025%29+K-CATEGORIA%28380%29+KID-NOTICIA%2811393%29+COD_COR_CAIXA%281%29+TIT-CAIXA%28Not%EDcias%29;RCNT%281%29

Anónimo disse...

O jogo deveria ser repetido por várias razões:

-Local e hora das competições.
-Horário do jogo 40º a sombra?
-O treinador do Porto ficou retido no aeroporto de Lisboa devido à greve.
-O Cipa do Nuno Roque ficou esquecido intencionalmente no departamento do FCP não se sabe quem foi o responsável, que falta que ele fez?
-O Porto jogos com um luso-cubano, 3 cubanos, um Rep.Checa e um Francês?. 6 jogadores, não é gente a mais?
-O jogo teve um arbitragem isenta com critério mas tipo basquetebol, o andebol é um jogo de contacto ou deve ser.
16 exclusões(uma brutalidade),demasiados 7 metros que não justificavam porque não houve violação da área? mas somente contacto físico permitido pelos regulamentos, verificar nos vídeos..
-A dupla jovem da Madeira teve uma vantagem não era submissa aos patrões da arbitragem! esperem as consequências nos próximos jogos?
-Pouca adesão de publico como era de prever...
Paulo Cutileiro

Anónimo disse...

PARABENS ao Andebol Português... Parabens ao ABC : Treinador Portugues, jovens portugueses de media estatura mas com tenica e inteligencia.
Contrariaram o FCP de jogadores estrangeiros de Restyling preparados por um treinador estrangeiro durante anos e que só venceram porque o andebol anda pelas ruas da amargura, dado que é controlado pelo Sr. Jose Vitorino Magalhães e com influencia de arbitragens escandalosas!!!
Quanto á arbitragem em bom plano, com alguns erros, mas com um critério uniforme( O campo nunca inclinou). Parabens aos arbitros pela sua coragem nos livres de 7 mts e pela sua imparcialidade.
Um grande VIVA aos jovens portugueses que apesar da sua formologia são enormes e inteligentes.

Anónimo disse...

Parabéns ao abc como equipa e ainda por cima comandado pelo melhor treinador\psicólogo. Muito bem Seabra a dirigir e parece que esteve melhor que Rui tido como o melhor central. Meteu dó ver os pontas dos tripas com um Ricardo sem vontade, um franciú grande mas que não foi grande coisa e um Hugito suicida a meter-se nas defesas á procura de cavar faltas e que, a defender anda a reboque. Não estando bem o Quintana e o Gilberto a equipa não funciona. Os pivot estrangeiros nada deram e como equipa nada funcionou. Tinham mais peso e estatura mas nada!

Anónimo disse...

Ora regra 8.5 refere-se a desqualificação e não a exclusão por 2 minutos, e penso pelo que vi no boletim de jogo disponível no Portal da FAP, só existe uma desqualificação devido a acumulação de 2 minutos. Como foi bem dito o andebol é um desporto de contacto mas há que diferenciar o que é contacto legal e aquele que põe a integridade física em causa, aliás do que não é permitido pela regras e que se trata de uma simples aplicação das mesmas, especialmente naquilo que costuma acontecer na luta entre pivots e nas pontas, daí existir mais exclusões, porque se passou a sancionar aquilo que se tinha de sancionar e que esta contemplado e até aqui não se sancionava. Quanto aos CIPA's penso que é muito claro os esclarecimentos até aqui feitos pela FAP, existindo sistema, e as listas de participantes são retiradas do sistema, o CIPA não é necessário para nada, não sei de onde veio essa ideia do CIPA, muita confusão na cabecinha de certas pessoas.
Um grande bem haja a todos.

Anónimo disse...

Tive pena de não ver o Nuno Roque, coitado deste rapaz que logo no primeiro jogo oficial não pôde dar o seu contributo derivado a uma lesão sofrida num treino. Força miúdo, espero ver-te em breve com a tua garra habitual.

Anónimo disse...

Todos os Portugueses, quase todos respiram com um pouco de ódio ao FCPorto, devido ás batotas de dirigentes seus. Não há nenhum Português que, não goste um pouco que seja do ABC, devido ao que representa no mundo do andebol. Gostei desta vitória onde curiosamente, se calhar não se esperava esta dupla de árbitros mas, eles não foram a favor de qualquer das equipas. O ABC jogou como uma equipa e os perdedores esperavam a resolução através das estrelas. O ABC exibiu uma equipa só com Portugueses, ao passo que os azuis e brancos, tinham na equipa mais estrangeiros que nacionais! O ABC sabe que, há três ou quatro jogadores adversários que, são a nata do campeonato que aí vem e, em principio vão vencer mas, jogou como equipa e em vantagem tinha o melhor dos mestres ,para fazer chegar o barco a bom porto. O tamanho e estatura não entrou nas contas! Quanto a formação veja-se quantos são da nossa casa! Está tudo dito e, sem espinhas foi uma vitória muito grande! Força ABC!
Nós sabemos que, contra nós aquela equipa tem algum respeito e, sabemos porquê!

Anónimo disse...

Caro anónimo das 9,29.

Sou ABC, e o meu filho tem jogado nos últimos anos nas suas camadas jovens.
Mas face ao teor da sua intervenção fico com a suspeita que é um "lampião" ou um "lagarto" disfarçado de Académico...
"Todos os Portugueses, quase todos respiram com um pouco de ódio ao FC Porto, devido ás batotas de dirigentes seus. Não há nenhum Português que, não goste um pouco que seja do ABC, devido ao que representa no mundo do andebol."???
A sua intervenção constitui uma perfeita demonstração de manicaismo! Os bons e os maus. Os honestos e os desonestos. Os fieis e os infiéis! Os brancos (amarelos) e os pretos (azuis e brancos)...
Se é mesmo ABC, tenho pena. O ABC não precisa de gente como o senhor!

Anónimo disse...

O Futebol Clube do Porto perdeu devido a várias razões:
- Os que fazem a diferença não estiveram bem, como Gilberto e Quintana.
Os pivot muito fora do jogo sobretudo um que rende sempre muito mais. Ausência total dos pontas, com a agravante de Ricardo o homem da ponta direita sendo capitão não se mexer muito! O outro o da esquerda não tem nem peso nem estatura para uma equipa de topo e, chega a parecer ridículo indo de rasto atrás dos adversários e, tentando na sua leveza chocar e criar livres de sete e nove. A defender é de rir! Veio um Francês e ainda joga menos que ele.
- O novo treinador quer implantar sistema diferente e, a entrada de Rui Silva vai mudar muita coisa. Ele jogou pouco!
- O ABC ganhou porque:
Tem um treinador que está mais por dentro do que, a equipa pode fazer e nomeadamente características de jogadores.
- Só saíu um jogador do ano anterior, João Paulo Pinto e, a equipa joga como um todo.
- Pedro Seabra orquestrou a equipa conhecendo-a!
- Houve vontade de ganhar dum todo!

- Julgo que a arbitragem não teve influência e, vai haver polémicas com as novas interpretações dos regulamentos. Já assim foi com os bloqueios dos pivot e entradas de ponta.Igualmente nos contactos com o Gredes. A maioria do púbico andeboleiro não estará muito bem informada!
Continua a confusão quanto aos livres de sete, arrancados e os que o são! Há pivot a empurrar para o interior da área e outras!

Anónimo disse...

Há quem se tenha esquecido na imprensa desportiva de referir algo. O ABC-UM devia ter jogado com o Sporting e, portanto este clube poderia caso ganhasse, ter ganho um troféu indevidamente. Ou esqueceram-se que o Porto foi campeão á custa de demasiados erros de arbitragem, no jogo decisivo? Desta feita o ABC-UM ía servir para um treininho da super-equipa mas, alguém se enganou! Desejo que andem bem na Europa embora pense que, não vão chegar longe. Este troféu ninguém nos tira, assim como o mérito de o ganharmos com limpeza! Isso quase nunca acontece com os outros do Porto! Somos ovos estrelados mas montados na carne de porco! È uma bifana especial!

Anónimo disse...

Preparem-se que, as novas regras vão dar azo á polémica! O andebol vai corrigindo pormenores que tendem a tornar o espetáculo mais belo! Todas as modalidades menos o futebol mudam regras com esse fim. Os árbitros não deviam ser aqueles e sim, uma dupla mais experiente dado atribuir este jogo um título mas, não estiveram mal. Pelo que vejo á uma tendência de desculpas e bodes expiatórios com homens do apito. Informem-se primeiro. Quanto a estrangeiros a federação deixou-se manipular e, não faz nada tendente a equilibrar o problema. Um dia teremos andebol fraco nas seleções!

Anónimo disse...

Já tínhamos ganho a taça em Loulé e os do porto queixaram-se, e pressionaram com todo os eu poder. Agora na supertaça a super-equipa que compra tudo e todos e, tem apoios de outro mundo, teve um mau dia. Há que dar mérito a quem joga melhor e como um conjunto. Depois de ter saído o pivot defensivo Teka que voltou a Angola e, João Pinto voltar ao Sporting onde foi junior, o Abc deu uma demonstração de unidade! Europa e campeonato vão obrigar a esforço redobrado. Força ABC!

Anónimo disse...

O ano passado ganhamos a taça no Algarve e eles choraram baba e renho. Depois lá se compuseram ganhando o campeonato á custa de troca de favores. Agora nem piaram! Acabam por reconhecer que perderam. Limpinho! Sem espinhas!