gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 11 – 2015 / 2016 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04, que regressa após a participação, da Seleção de Juniores em provas e estágios de preparação para o Europeu Sub-20. Mesmo assim com um jogo adiado para dia 19-01-16. 

São diretamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase.   

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte

Resultados
12.ª Jornada (3.ª da 2.ª Volta)
Dia 17-01-16
Ismai 26 -
36 ABC 28/31
FC Porto 32 - 27 Xico Andebol
Águas Santas 34 - 27 GC Santo Tirso
AA Avanca 32 - 25 FC Gaia
Dia 19-01-16
Boavista FC 24 – 23 São Mamede 

Mais jornada sem qualquer problema disciplinar, facto que nos dá prazer salientar, e onde se verificou que dois resultados foram retificados em relação ao que se tinha passado na 3.ª jornada, da prova, foi o Águas Santas / GC Santo Tirso, e no AA Avanca / FC Gaia.

Em Águas Santas, a equipa local venceu e convenceu o GC Santo Tirso, por um diferencial, assinalável, corrigindo assim a derrota que tinha sofrido na primeira volta. A equipa da Maia, já vencia de forma confortável ao intervalo por 19-14, continuando depois no segundo tempo a controlar completamente o jogo e o marcador, fazendo alguma gestão do plantel, e mesmo assim ainda conseguiu aumentar o diferencial. Com esta vitória a equipa do Águas Santas, mantem-se em igualdade pontual com o FC Porto, nos lugares de acesso á Fase Final, enquanto o GC Santo Tirso, se começa a afastar em termos pontuais, embora ainda existam alguns jogos por efetuar, e poderão surgir surpresas donde menos se espera, embora neste escalão e nesta zona, em especial tal facto seja um pouco difícil. Neste encontro de destacar José Barbosa com 7 golos, que juntamente com Diogo Quintas 6 golos, tantos quantos marcou Gustavo Carneiro, foram os marcadores de serviço do Águas Santas, enquanto no GC Santo Tirso José <rebelo com 10 golos foi o melhor marcador da equipa e do jogo, sendo bem acompanhado por António Cruz com 8 golos. 

No outro encontro, em que o resultado foi retificado, e foi disputado em Avanca, a equipa da AA Avanca, surpreendeu o FC Gaia e venceu, obtendo deste modo a sua 2.ª vitória na prova, e retificando o resultado verificado na primeira volta, embora este resultado, não seja suficiente, para ultrapassar na classificação geral da zona o seu adversário desta jornada. A AA Avanca dominou na totalidade o jogo, vencendo por uma margem folgada e que era previsível após o ocorrido nos primeiros 30 minutos, que terminaram já com os locais na frente do marcador por 15-9. No segundo tempo a equipa visitada continuou a evidenciar a sua superioridade neste jogo, que teve no recente internacional Jenilson Monteiro o seu melhor marcador com 10 golos, seguido por Eduardo Farinha com 6 golos, por seu lado o FC Gaia, teve, mais uma vez em Alvaro Queirós, igualmente com 10 golos o seu melhor marcador, sendo bem acompanhado por Tiago Brito com 6 golos. 

Na Maia jogou-se outro encontro o Ismai / ABC, com a equipa bracarense a apresentar todo o seu “arsenal”, pois não participaram no jogo de seniores, que se disputou no mesmo dia, e voltou a vencer de forma clara a equipa maiata, com um diferencial superior ao verificado no jogo da primeira volta. O jogo apenas foi equilibrado nos primeiros momentos do mesmo, pois ao intervalo já assinável uma vantagem de 4 golos a favor dos bracarenses (19-15). No segundo tempo o ABC, assumiu ainda mais o jogo, e comandou o marcador e o jogo a seu belo prazer. Com esta vitória a equipa do ABC, mantem o comando da zona, e contínua ser um dos principais candidatos a estar presente na Fase final da prova. No Ismai Ricardo Oliveira com 7 golos e mais uma vez Afonso Cavadas com 6 golos, foram os melhores marcadores da equipa. No ABC, onde foi feita uma boa gestão do plantel que teve 10 jogadores a marcar, total destaque para os 10 golos de André Gomes, que deste modo foi não só o melhor marcador da equipa como do jogo, sendo bem acompanhado pela dupla Gonçalo Areias e Rui Ferreira, ambos com 5 golos cada. 

No Colégio de Carvalhos, realizou outro encontro onde foi confirmado o resultado que tinha ocorrido na primeira volta, o FC Porto / Xico Andebol, que voltou a terminar com a vitória do FC Porto, embora de forma menos clara, do que aquela que se tinha verificado jogo da jornada homologa. O FC Porto, construiu praticamente a sua vitória durante os primeiros 30 minutos, em que comandou praticamente sempre o marcador chegando ao intervalo a vencer por 18-14. No segundo período do jogo o Xico Andebol, procurou e conseguiu por vezes equilibrar o encontro, chegando a estar a perder pela diferença mínima (23-22), no entanto o FC Porto reagiu como lhe competia, e recolocou as diferenças terminando o encontro na frente do marcador pelo diferencial de 5 golos. Com esta vitória mantem-se no segundo lugar da classificação da zona em igualdade com a equipa do Águas Santas, conforme já referimos. Ruben Ribeiro com 7 golos, Henrique Figueiredo e Diogo Coelho, ambos com 6 golos cada, foram os melhores marcadores do FC Porto, na equipa do Xico Andebol, Francisco Ribeiro com 9 golos foi o melhor marcador da equipa e do jogo, bem acompanhado por Pedro Roque com 8 golos. 

No último jogo realizado na jornada, o Boavista FC / São Mamede, que terminou com a vitória da equipa do Bessa, pela diferença mínima, foi um jogo de enorme equilíbrio, embora tenha sido dominado á vez pelas duas equipas, enquanto nos primeiros 30 minutos a equipa do Boavista dominou o encontro, terminando na frente do marcador por 13-10, nos segundos 30 minutos o São Mamede com uma reação extremamente saudável, dominou a partida, embora não tenha tido um domínio suficiente que o levasse ater outro resultado final. Com mais esta derrota a equipa de São Mamede, continua a ser única equipa na zona que ainda não venceu. Foi mais um encontro em que o número de exclusões excedeu o razoável, pois foram no seu total de 15. Na equipa do Boavista com os marcadores distribuídos por 10 atletas, onde os que mais de destacaram apenas marcaram 4 golos (João Alves, Nuno Serra e Francisco Fino), na equipa de São Mamede, Artur Oliveira com 6 golos foi o seu melhor marcador e simultaneamente do jogo, logo seguido de André Costa com 5 golos.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º ABC (33 pontos), 2.º Águas Santas e FC Porto (32 pontos), 4.º GC Santo Tirso (29 pontos), 5.º Ismai (26 pontos), 6.º Xico Andebol (23 pontos), 7.º Boavista FC (18 pontos), 8.º FC Gaia (17 pontos), 9.º AA Avanca (16 pontos), 10.º São Mamede (14 pontos).

Zona Sul

Resultados
12.ª Jornada (3.ª da 2.ª Volta)
Dia 17-01-16
Benfica 34 - 28 Belenenses
IFC Torrense 22 - 29 Alto Moinho
São Bernardo 33 - 27 ADC Benavente
Juventude Lis 30 - 27 Ginásio Sul
Sporting 33 - 26 Estarreja AC
Novamente uma jornada com um único jogo, com ocorrências disciplinares, num jogo onde provavelmente não era previsível, no São Bernardo / ADC Benavente, que foi um encontro onde o resultado final confirmou a resultado que se tinha verificado na primeira volta, ou seja, a vitória da equipa do São Bernardo, embora o diferencial registado, tenha sido inferior ao então verificado. 

Em São Bernardo, disputou-se conformou já dissemos o São Bernardo / ADC Benavente, que terminou com a confirmação da vitória obtida na jornada homóloga, pela equipa aveirense. Estranhamente a disciplina registada, diz respeito a duas desqualificações diretas, o que se estranha num jogo onde se registam diferencias desta natureza. Jogo disputado com 30 minutos de grande equilíbrio, com a equipa visitada, a chegar ao intervalo a vencer por apenas 2 golos 13.11.Com a dilatação do resultado a verificar-se apenas no segundo período de jogo. Apesar desta vitória, a equipa de São Bernardo, que tinha sido uma das equipas sensação nesta zona na última época, pensamos que se encontra arredada (na nossa opinião), da discussão dos lugares de acesso á Fase Final, apesar de ainda estarem em disputa 18 possíveis pontos. Por sua vez o ADC Benavente encontra-se cada vez mais em lugares bastante desconfortáveis. Fábio Basto com 9 golos e João Almeida com 8 golos, foram os melhores marcadores da equipa visitada, enquanto no ADC Benavente, tivemos mais um Fábio o Leal, igualmente com 9 golos e Pedro Nunes com 7 golos como melhores marcadores. 

Num encontro, onde foi retificado o resultado verificado na 1.ª volta, foi o Sporting / Estarreja AC, que até ao momento têm sido considerada e pela nossa parte assim contínua, como uma das sensações da prova, nesta zona, encontrando-se plenamente colocada e por mérito próprio nos lugares de acesso á Fase Final da prova, apesar da derrota que sofreu nesta sua deslocação, e face ao diferencial verificado neste encontro, em caso de igualdade pontual no final desta fase com o seu adversário desta jornada, encontra-se em completa desvantagem em termos de diferença de golos. O Sporting, cuja equipa se encontra “longe” da qualidade a que nos têm habituado nas últimas épocas, já se encontrava na frendo do marcador no final do primeiro tempo por 14-11, confirmando a sua superioridade neste jogo, e aumentando o diferencial no decorrer do segundo tempo. Com esta vitória a equipa do Sporting, mantêm-se na discussão por um dos lugares de acesso á Fase Final. Nesta encontro, mais uma vez Bruno Gaspar foi o melhor marcador da equipa do Sporting e do jogo com 12 golos, seguido por outro dos nomes mais focados aqui nas nossa crónicas o André Lourenço com 7 golos. Na equipa do Estarreja AC, com os marcadores bastante distribuídos, foi mais uma vez Tiago Couto com 5 golos, o seu melhor marcador. 

Em Leiria, residiu o outro encontro, onde foi retificado o resultado, em relação ao verificado na 1.ª volta, com a vitória da equipa da Juventude Lis sobre o Ginásio Sul (verificou-se uma igualdade na 1.ª volta). Foi uma vitória “sofrida”, pois o encontro foi sempre disputado com grande equilíbrio, com o resultado ao intervalo a ser favorável aos leirienses pela diferença mínima (17-16), com 30 minutos iniciais disputados sem grandes preocupações defensivas. O equilíbrio continuou a verificar-se no segundo período embora a equipa da Juventude Lis tenha estado na frente do marcador. Pedro Santos e outro dos nomes aqui referido por diversas vezes, Francisco Santos, ambos com 8 golos cada, foram os melhores marcadores da Juventude Lis, por seu lado, Vasco Boal, outro dos usuais e João Barroso, igualmente, ambos com 8 golos cada, os melhores marcadores do Ginásio Sul. Nesta zona, os últimos lugares, estão com uma forte “discussão” em termos desportivos, com a exceção do último lugar. 

Na jornada foi ainda disputado um Benfica / Belenenses, cuja emoção esteve longe de tempos ainda não muito distantes, pois mais uma vez a superioridade da equipa do Benfica, nunca esteve em causa, e venceu sem grande dificuldade, sendo a única nas duas zonas. Que apenas contabiliza vitórias nos jogos disputados até ao momento. Neste encontro a equipa do Benfica já vencia ao intervalo por 16-13, e no segundo tempo venceu pelo mesmo diferencial. Na equipa do Benfica, como de costume Hugo Fritas com 8 golos e Augusto Aranda e Válter Soares, ambos com 7 golos, cada, foram os melhores marcadores da equipa, no Belenenses Miguel Soares com 8 golos, João Carvalho e David Ferreira, ambos com 6 golos cada, foram os melhores marcadores da equipa. Apesar desta derrota, e como ainda existem 18 pontos em disputa, a equipa do Belenenses, está mais longe, mas não está de fora da possível discussão dos lugares de apuramento para a Fase Final da Prova. 

Outra das equipas sensação desta zona o Alto Moinho, foi á Torre da Marinha, confirmar a vitória da 1.ª volta, diante o IFC Torrense, vencendo, mais uma vez, com a facilidade que se encontra expressa no resultado final, registando-se ao intervalo um resultado já favorável ao Alto Moinho de 14-10, sendo o segundo tempo disputado em gestão e controlo, de forma a não existirem surpresas. Com este resultado a equipa do Alto Moinho face á derrota do Estarreja AC, passou para o 2.º lugar da zona, tornando num dos mais fortes candidatos ao acesso á Fase Final da Prova. Na equipa do IFC Torrense, mais uma vez João Leal com 13 golos, foi não só o melhor marcador da equipa como do jogo. No Alto Moinho o insuspeito Diogo Abadia com 7 golos o seu melhor marcador, seguido por Ricardo Ferreira com 6 golos. 

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º Benfica (36 pontos), 2.º Alto Moinho (29 pontos), 3.º Estarreja AC (28 pontos), 4.º Sporting (27 pontos), 5.º Belenenses (25 pontos), 6.º Juventude Lis (23 pontos), 7.º São Bernardo (22 pontos), 8.º Ginásio Sul (20 pontos), 9.º ADC Benavente (17 pontos), 10.º IFC Torrense (13 pontos). 

O Noticias

9 comentários:

Anónimo disse...

Era interessante saber ao pormenor o que se passou nesse jogo em são Bernardo, não estando em causa a justiça do resultado final, seria de estrema importância averiguar essas desqualificações directas, num jogo que estava resolvido.
Há por aí algum ressabiado que se pode dar mal com a bravura das Planíces Ribatejanas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Campinos, Forcados e Cavaleiros gostam de enfrentar os "Bichos" de frente, por ser justo e para que haja Lealdade e não á Traição, como fazem os Cobardes........

Anónimo disse...

Pois para proxima epoca o jogo benfica-belenenses ja deve dar mais luta pois o PEDRO DOMINGOS que voltou a secçao de andebol do Belenenses ja esta a telefonar aos miudos que sairam para benfica e sporting.
Quanto ao Estarreja ser a equipa sensaçao pois nao admira toda a gente sabe como sao os jogos em Estarreja quase sempre arbitros da a. a. aveiro e em geral moradores em Estarreja, a mesma coisa acontece em Lagoa Juvenis sempre apurados para fases intermedias e junires este ano para primeira divisao pois a historia e a mesma arbitros do algarve

Anónimo disse...

È verdade que o Pedro Domingos vai pró Belenenses? Uf! Vão começar as sessões de aconselhamento. Com o Benfica então vai ser sempre jogo especial...
Mas o mano mais novo não está no Sporting? È que á uns tempos pareceu-me vê-lo na Sporting TV. Oxalá esteja enganado já que se trata dum canal pirata e experimental... Teve piada não teve? Hu Hu Hu!

Anónimo disse...

O Sporting dantes picava-se com o benfica e andavam ás turras para terem todos os jogadores possíveis. Foi um erro porque agora notam que de todos poucos aproveitaram. E com alguns mais sabidos houve gastos grandes. O Sporting reinou mas os juniores eram rampa de lançamento. Na altura vi um jogo deles com o benfica e toda a gente dizia que o Sérgio Barros e mais um ou outro levavam a equipa á fase final. Depois vinham os juniores de último ano\seniores como o Portela, P. Seabra ou o Rui Silva e ganhavam aquilo. No caso do Rui ele até foi pró Porto.

Anónimo disse...

não vai já esta...o mano la se vai arrastando no sporting nem emprestado o querem. acabaram com o belem e agora querem parecer os salvadores os putos que tenham juizo e fiquem onde estão,o azul vai de mal a pior.

Anónimo disse...

O visconde de Guimarães, ou será de alvalade, ou de campo de ourique, anda sempre preocupado com a família Domingos. Fica lá no teu sporting e deixa os Domingos limpar a bosta que fizeste.

Anónimo disse...

Sabe mais o Pedro Domingos a dormir que tu acordado Guimarães. Pensavas que o belenenses era o campo de ourique.

Anónimo disse...

sabe muito mais até ja conseguiu reduzir custos, já poupam no fisioterapeuta nem isso tem no banco.

Parabéns a esta direção.

Anónimo disse...

Tem piada é que o Rui está no Porto e o Seabra se calhar faria melhor que o Carneiro... Isto em resposta a um anónimo que fala dos craques dos juniores do Sporting! Mas eu queria lá ver era o Pedro Sequeira que morando em Lisboa, ficava mais barato, poupando-se na casa...
È que qualquer dia o Money não chega porque o treinador leva tudo ou quase...