gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 12 – 2015 / 2016 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04. Que é a prova, com maior regularidade competitiva.

São diretamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase.  

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte

Resultados
13.ª Jornada (4.ª da 2.ª Volta)
Dia 24-01-16
Boavista FC 23 - 23 Ismai
FC Gaia 21 - 38 ABC
GC Santo Tirso 32 - 29 AA Avanca
Xico Andebol 21 - 29 Águas Santas
São Mamede 20 -
29 FC Porto 

Nova jornada sem qualquer problema disciplinar, facto que nos dá prazer salientar, e onde apenas se verificou a retificação de um resultado em relação ao que se tinha passado na 4.ª jornada, da prova, foi o Boavista FC / Ismai. Jornada sem surpresas, e com os favoritos a fazerem valer essa condição. 

O único encontro em que se verificou alteração do resultado em relação á jornada similar da 1.ª volta, que o Ismai tinha vencido pela mínima, desta feita verificou-se uma igualdade, o que significa, que entre estas duas equipas, existe um grande equilíbrio. Foi um encontro de total equilíbrio, pois o resultado ao intervalo já registava uma igualdade a 13 golos. Nuno Serra com 8 golos e Tomas Hall com 5 foram os melhores marcadores da equipa do Bessa, enquanto no Ismai, os seus melhores marcadores foram Hugo Glória igualmente com 8 golos e Mário Carvalho com 5 golos. Em termos de classificação o Ismai, manteve o seu lugar a meio da tabela classificativa, com o Boavista a manter-se nos quatro últimos lugares.

Em Gaia, realizou-se o FC Gaia / ABC, que terminou como era previsível com a vitória do ABC, que assim continua como líder isolado na zona e dos mais fortes candidatos ao apuramento para a Fase Final. No entanto durante os primeiros 30 minutos o FC Gaia ainda tentou equilibrar o jogo e teve momentos em que o conseguiu, chegando ao intervalo a perder por 15-12, com o ABC, a ter um fraco pecúlio neste período. Nos segundos 30 minutos de jogo a história do mesmo resume-se praticamente á produção atacante da equipa bracarense que construiu um resultado bastante folgado. No FC Gaia, onde 10 jogadores marcaram golos, Diogo Feijó com 6 golos e Alvaro Queirós com 5 foram os seus melhores marcadores, no ABC com 13 jogadores a marcarem golos os seus melhores marcadores foram Rui Ferreira com 6 golos e Celso Barbosa e Gonçalo Areias, com 5 golos cada.

No Municipal de Santo Tirso, o GC Santo Tirso defrontou a AA Avanca e voltou a vencer, embora num jogo de algum equilíbrio, e com esta vitória, a equipa tirsense, mantem-se na “luta”, por um dos lugares de acesso á Fase Final da Prova. No final do primeiro tempo de jogo o resultado era de 15-13, o que nos dá uma ideia bastante completa do equilíbrio existente, durante os 60 minutos de jogo. Na equipa do GC Santo Tirso, Tiago Costa com 11 golos e Manuel Lima com 6 golos, foram os melhores marcadores da equipa, por sua vez na AA Avanca, Diogo Oliveira com 9 golos, Jenilson Monteiro e João Ferreira com 6 golos cada, foram os seus melhores marcadores. A equipa da AA Avanca que apresentou neste jogo, os seus jogadores mais experientes, como tentativa de fugir aos últimos lugares da tabela classificativa, onde se encontra.

Em Guimarães, no Pavilhão do F. Holanda disputou o Xico Andebol / Águas Santas, que terminou com nova vitória da equipa maiata, que desta forma, se mantém no segundo lugar da classificação em igualdade com o FC Porto, e consequentemente, é um dos principais favoritos ao apuramento para a Fase Final da Prova. Neste encontro apenas existiu equilíbrio durante os primeiros minutos, para posteriormente a equipa do ´´Aguas Santas, tomar conta do jogo, e chegar ao intervalo já a vencer por 14-10. No segundo tempo, continuou a mesma toada de superioridade da equipa maiata que foi dilatando o resultado, até aos números com que terminou o encontro. Apesar da derrota a equipa de Guimarães continua a ocupar um lugar a meio da tabela classificativa. Francisco Ribeiro com 7 golos e Paulo Abreu com 5 golos, foram os melhores marcadores do Xico Andebol, no Águas Santas os seus melhores marcadores foram, Pedro Sousa com 10 golos, foi igualmente o melhor marcador do jogo, e Luís Frade com 8 golos.

Em São Mamede, no Pavilhão Eduardo Soares, o FC Porto, não sentiu qualquer dificuldade para vencer o “lanterna vermelha” da zona, e manter-se no segundo lugar em igualdade pontual dom o Águas Santas, conforme já referido, e assim manter-se na discussão pelo acesso á Fase Final da Prova, enquanto a equipa do São Mamede, se encontra cada vez mais isolado no último lugar da classificação da zona. Neste encontro o FC Porto, construiu o resultado praticamente nos primeiros 30 minutos, quando chegou ao intervalo a vencer por 16-9, para depois no restante do tempo, fazer uma total gestão do jogo e do controlo do marcador. Alexandre Vale com 7 golos e André costa com 5 golos, foram os melhores marcadores do São Mamede, enquanto Henrique figueiredo com 6 golos, e Diogo Coelho com 5 golos, foram os melhores marcadores do FC Porto.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º ABC (36 pontos), 2.º Águas Santas e FC Porto (35 pontos), 4.º GC Santo Tirso (32 pontos), 5.º Ismai (28 pontos), 6.º Xico Andebol (24 pontos), 7.º Boavista FC (20 pontos), 8.º FC Gaia (18 pontos), 9.º AA Avanca (17 pontos), 10.º São Mamede (15 pontos).

Zona Sul

Resultados
13.ª Jornada (4.ª da 2.ª Volta)
Dia 24-01-16
IFC Torrense 15 -
49 Benfica
Estarreja AC 23 - 24 Belenenses
Ginásio Sul 17 -
29 Sporting
ADC Benavente 21 - 35 Juventude Lis
Alto Moinho 36 - 21 São Bernardo
Mais uma vez, uma jornada com um único jogo, com ocorrências disciplinares, de resto foi uma jornada onde todos os resultados foram uma confirmação do que se tinha verificado na 4.ª jornada. Portante sem qualquer surpresa. Na próxima jornada, já poderá haver pelo menos uma equipa apurada nesta zona.

O jogo mais equilibrado da jornada disputou-se no Municipal de Estarreja, onde a equipa local, perdeu pela margem mínima com a equipa do Belenenses (jogo com ocorrências disciplinares registadas). Com esta vitória, a equipa do Belenenses, ainda poderá discutir um dos lugares de acesso á Fase Final, tal como a equipa do Estarreja AC, apesar da derrota que registou nesta jornada. Este encontro foi disputadíssimo, pois o equilíbrio no jogo e no marcador foi uma constante durante os 60 minutos, com a equipa do Belenenses a chegar ao intervalo a vencer por 13-12, o restante tempo confirma o equilíbrio já enunciado por nós. Tomas Almeida e Tiago Couto, ambos com 7 golos, cada foram os melhores marcadores do Estarreja AC. Ivo Cabral com 6 golos, foi o melhor marcador da equipa do Belenenses.

Na Torre da Marinha, registou-se o resultado mais dilatado da jornada, no encontra que colocou frente a frente o primeiro e o último classificados na zona, ou seja o IFC Torrense / Benfica, que terminou como seria de esperar com a vitória da equipa do Benfica, que com este resulto, quase garantiu o apuramento para a Fase Final da prova, enquanto o IFC Torrense, continua sem conhecer a vitória na prova. Ao intervalo já se registava um esclarecedor 26-7 a favor do Benfica, resultado completamente esclarecedor da superioridade da equipa do Benfica. Renato Neves com 9 golos foi o melhor marcador do IFC Torrense (apenas apresentou 10 jogadores inscritos), e do jogo, na equipa do Benfica com 14 jogadores a marcarem golos, Miguel Xavier com 8 golos e André Oliveira com 6 foram os seus melhores marcadores.

O Alto Moinho, uma das equipas sensação esta época e nesta zona, recebeu e venceu de forma clara, a equipa que tinha sido uma das sensações na última época no escalão o São Bernardo. Com esta vitória, mantêm-se no 2.º lugar da tabela classificativa, e numa equilibrada discussão pelo acesso á Fase Final da Prova, por sua vez a equipa da região de Aveiro, afasta-se cada vez mais dos lugares cimeiros da tabela, colocando nos últimos 4 lugares da classificação. Neste jogo o equilíbrio apenas existiu, durante os 30 minutos iniciais, com o intervalo a chegar com o marcador a assinalar 17-13, a favor do Alto moinho, para nos segundos 30 minutos, a superioridade da equipa do Alto Moinho ser total. Na equipa do Alto Moinho com 10 jogadores a marcarem golos, Ricardo Ferreira com 8 golos e Nuno Nunes com 7 golos foram os seus melhores marcadores, enquanto no São Bernardo, João Vieira com 5 golos foi o seu melhor marcador.

No Pavilhão do Ginásio Sul, realizou-se o jogo Ginásio Sul / Sporting, que tal como na 1.ªvolta, terminou com a vitória do Sporting, desta vez por um maior diferencial, e deste modo uma equipa, que todos (incluindo nós), já tínhamos em principio condenado a não estar presente na luta por um lugar de acesso á Fase Final da Prova, com esta vitória e beneficiando de alguns dos outros resultados, encontra-se em 3.º lugar da Classificação e assim reentra na discussão por um lugar de acesso á Fase Final. Neste encontro de sentido único, o Sporting já vencia ao intervalo, por 15-10, aumentando o diferencial existente no segundo tempo. Vasco Boal com 5 golos foi o melhor marcador da equipa do Ginásio Sul, enquanto Bruno Gaspar com 9 golos, foi o melhor marcador do Sporting e do jogo, acompanhado por Tomas Carolino e Hélder Silva, ambos com 5 golos cada.

Em Benavente realizou-se o ADC Benavente / Juventude Lis, com a equipa do ADC Benavente a efetuar uma prova aquém das expectativas, voltou a sofrer uma derrota por diferencial que não deixa margem para duvidas acerca do comportamento competitivo das duas equipas, e com esta nova derrota a equipa do ADC Benavente, continua a ocupar o penúltimo lugar da classificação da zona, com apenas duas (2) vitórias registadas até ao momento. Por sua vez a Juventude Lis, situa-se num tranquilo lugar a meio da tabela. Neste encontro nos primeiros 30 minutos ainda existiu algum equilíbrio, mas já com os leirienses a chegarem ao intervalo na frente do marcador por 16-12, no segundo tempo tudo foi diferente com a equipa da Juventude de Lis a marcar a sua superioridade. Ruben Monteiro com 7 golos e Fábio Diogo com 6, foram os melhores marcadores do ADC Benavente, por sua vez na equipa do Juventude Lis, onde 10 atletas marcaram golos, Francisco Santos com 9 golos foi o melhor marcador da equipa e do jogo, acompanhado por Pedro Santos a marcar 7 golos.

Após a disputa destes jogos a classificação ficou assim ordenada – 1.º Benfica (39 pontos), 2.º Alto Moinho (32 pontos), 3.º Sporting (30 pontos), 4.º Estarreja AC (29 pontos), 5.º Belenenses (28 pontos), 6.º Juventude Lis (26 pontos), 7.º São Bernardo (23 pontos), 8.º Ginásio Sul (21 pontos), 9.º ADC Benavente (18 pontos), 10.º IFC Torrense (14 pontos)

O Noticias

13 comentários:

Anónimo disse...

O Ginásio de Santo Tirso mantém se na luta o Banhadas está muito brincalhão ,deixa me rir ,só se for na Liga dos Ultimos AH AH AH.

Anónimo disse...

Só se aproveita o ponta e o pivô mesmo o lateral e grande mas não é grande coisa nesta zona já está tudo decidido ABC Porto e Águas Santas

Anónimo disse...

Esta equipa do Porto e mesmo fraquinha só os manos Ferreira se aproveitam e os redes
Força Águas rumo à final

Anónimo disse...

O Porto a partir do próximo jogo fica forte estejam descansados pois a pesca na Maia e em Santo Tirso vai dar resultado

Jorge Almeida disse...

Banhadas, permitam-me escrever sobre a última jornada da actual fase do Europeu Sénior Masculino a decorrer na Polónia. Não tenho tido muito tempo para ver o Europeu, pelo que vou-me cingir à classificação de cada grupo I e II até aqui e aos jogos de hoje.

Ainda ninguém está apurado, o que significa campeonato minimamente nivelado.

No Grupo I, a França vai ter de fazer melhor resultado contra a Noruega que a Polónia contra a Croácia, a não ser que ambos ganhem os seus jogos, caso em que a Noruega ficava "a ver as 1/2 finais por um canudo". O mais lixado para os franceses é que o jogo deles começa antes do jogo dos polacos, pelo que os franceses têm mesmo de ganhar o jogo deles para não ficarem a ver o Polónia vs Croácia a torcer pelos croatas (ironia das ironias, após não sei quantas finais disputadas uma contra a outra) e a roer as unhas.

Polónia vs Croácia: Lembro-me que foi num jogo particular entre estas 2 selecções aqui à uns anos que aconteceu o acidente de vazamento do olho do polaco Karol Bielecki.

A organização refere que os croatas ainda têm hipóteses de se apurarem para as 1/2 finais, mas são tão pequenas que nem eles devem acreditar nelas ...

No Grupo II, o raciocínio é o mesmo que expus para o Grupo I, se puserem Alemanha no lugar de França, Dinamarca no lugar de Noruega, e Espanha em vez de Polónia.

Penso que Dinamarca tem pé e meio na 1/2 final, Noruega com um pé na 1/2 final. Ambos com os mesmos 7 pontos, lideram os seus grupos por 1 ponto sobre 2º e 3º, a diferença é que a Dinamarca, para além de ser uma equipa bem mais experiente que a Noruega nestas fases) vai defrontar a Alemanha, adversário valoroso mas que não chega aos pés da França, próximo adversário dos noruegueses.
Em relação a França, Polónia, Alemanha e Espanha, está tudo muito confuso. Têm é hipóteses menores que ambas as equipas escandinavas.

Se me tiver enganado em alguma coisa, digam onde.

Anónimo disse...

QUE PESCA !!!!! CONTE CONTE

Nuno R disse...

A França, batendo a Noruega, passa. Assumindo que a Polónia vence, passam os dois.
A Noruega apenas depende de si, o empate chega, mas digamos que tem tarefa complicada...

Anónimo disse...

Grande equipa está a nascer em Braga

Jorge Almeida disse...

Nuno R, só estive a explorar as possibilidades e os eventuais cruzamentos de resultados.

Concorda que a Noruega é a surpresa da prova, certo? Será que a França os vai bater? Só hoje é que se vai saber! Toda a gente diria que eles perderiam contra os polacos, mas ganharam. E os polacos ganharam aos franceses ... Mas também os polacos não vão ter tarefa fácil, bater os croatas, não sei não ...

Não nos podemos esquecer do apuramento subsequente para os Torneios de Apuramento Olímpicos ...

No outro grupo, parece-me mais fácil de prever que passam Dinamarca e Espanha. Até porque não gosto de equipas como a Alemanha, que entram pela "porta do cavalo".

Anónimo disse...

Concordo Sr. Anónimo das 17,23.
Só prova como é importante ter um TREINADOR e não uns embustes como ocorreu nos últimos anos.
Até parece que no ABC os planteis das últimas épocas foram muitíssimo mais fracos que o desta época. O que de todo não não é verdade, pois eram até bem superiores em qualidade e na quantidade da sua qualidade... só que as últimas gerações foram muito prejudicadas por um conjunto de "palhacitos" armados em treinadores!

Anónimo disse...

Pois é ,agora que o palhaço anda em Santo Tirso a música é linda não é

Anónimo disse...

Curioso para ver o jogo Abc/Ginásio

Anónimo disse...

Gostaste?