gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Uma Vida … e Uma Dedicação ao Andebol

JOAQUIM MATEUS
UMA DEDICAÇÃO
Recebemos de uma fonte perfeitamente identificada, o texto que a seguir transcrevemos, e onde tomamos conhecimento, do estado de saúde de um homem que dedicou grande parte da sua via á modalidade, respeitando-a e nunca nada lhe pedindo, foi um dos que serviu e não se serviu. Assim é com grande pesar, mas com o sentimento de dever cumprido, que transcrevemos a informação que nos foi enviada, e que respeitamos na íntegra, agradecendo o seu envio.

Para conhecimento, junto link do Facebook da difícil situação, em que está o estado de saúde do antigo árbitro e atual Delegado / Observador da FAP Sr. Joaquim Mateus.


O Noticias  

8 comentários:

Um ex árbitro disse...

Joaquim Mateus foi sempre um homem correcto, amigo, profissional.
Quase todo o tempo de que dispunha era dedicado ao andebol. Fez muito em prol da arbitragem. Nunca o vi dizer não a quem dele precisava.
Está, infelizmente, internado no Hospital Garcia de Orta, em Almada, num estado que não permite esperanças.
O Mateus ainda não partiu e todos sentimos a falta dele.
Atrevo-me a desejar-lha as melhoras, embora ciente de que o seu estado é grave.
Para ele, o meu forte abraço.

Anónimo disse...

Este sim, devia servir de exemplo e dedicação sem interesse a muita e boa gente, que o respeitem, é a apenas o que peço e gostava de o ver regressar ao andebol, mesmo com pouca saúde era a sua grande paixão, força Quim.

UM GRANDE ABRAÇO DE UM EX COLEGA

Anónimo disse...

parabéns ao banhadas pela publicação do texto, tenho a certeza que se fosse para dizer mal, já havia dezenas de comentários, é uma pena esta gentalha, que só tem o que merece.

Castro e Sousa (eu assino e com o meu nome «)

Antonio Guilherme disse...

Joaquim Mateus foi, é e sera sempre um Grande amigo, um homem que deu tudo o que tinha e nao tinha ao andebol e muito particularmente a causa da arbitragem.
Um homem de grande conhecimento da modalidade, da arbitragem, um grande condutor de homens feito quase sempre com o seu jeito brincalhao, sempre sorridente mas sempre com um enorme sentido de responsabilidade
Tive o enorme prazer de privar com ele durante muitos e longos anos, quando ambos faziamos parte do grupo de trabalho de formaçao que existia na FAP, e que estavamos presentes dos famosos encontros nacionais de andebol de formaçao que decorriam durante uma semana, deixando as nossas familias e os nossos empregos para estarmos junto dos novos candidatos a arbitros. Eram dias de muito sacrificio, muito trabalho, em que nao havia hora para jantarmos, para nos divertirmos mas que para ele aquele tempo era sagrado mesmo sem termos jantar... a reuniao tecnica com os arbitros tinha que acontecer, porque os meninos tinham tambem que ter um tempinho para se distrairem e irem descansar para no dia a seguir manha bem cedo estar a pe para junto com eles tomar o pequeno almoço e dar as nomeaçoes.
Estas sao as recordaçoes que tenho deste GRANDE HOMEM que aprendi a gostar e a admirar
Força Mateus....um abraço

Antonio Guilherme
Ex arbitro, Ex delegado/observador da FAP

Dataramlda VitorSantos disse...

Obrigado por terem publicado o "post"
Deta forma, mais pessoas podem ser informadas,
em especial as que gostam de andebol
e do amigo Joaquim Mateus em particular.
Cumprimentos
Vitor Santos

Anónimo disse...

Não há muito por aí e capaz de dar sem querer ou insinuar receber! Em jogos de formação tinha uma forma carinhosa de apitar o jogo. Ver um menino contar histórias dele, diz tudo, sobretudo depois de ele o ter sancionado! À pouco partiu aquele massagista Espanhol e Basco de nome Xavier. O andebol perde muito se o desenlace for mau! Já não é a primeira vez que, os problemas de saúde fazem que se fale deste dedicado homem. Apoiemos! Ainda por cima num setor onde se ouve de tudo e, julgo que ás vezes com razão. E onde todos protestam e falam mal mas, a maioria sabe que pode ter êxito tendo-o na mão...

Anónimo disse...

Vamos ver se este senhor é reconhecido pelos serviços prestados, e que não foram assim tão poucos. Normalmente o CArb\Fed.And.Port. costuma ser célere mas pra outras coisas. Essas são feias e nem gosto de falar!

Um ex árbitro disse...

A Direcção da Associação de Andebol de Lisboa cumpre o dever doloroso de comunicar o falecimento do nosso querido Joaquim Mateus.

É com grande pesar que comunicamos o falecimento de Joaquim Mateus, amigo de longa data e um grande impulsionador da arbitragem na nossa modalidade e na região de Lisboa.
Joaquim Mateus encontrava-se internado desde o final do ano de 2015 no Hospital Garcia da Horta, tendo nos deixado hoje à hora de almoço.

A Associação de Andebol de Lisboa irá comunicar a todos os interessados as cerimónias fúnebres, assim que obtenha mais informações.

À família enlutada e a todos os seus amigos, a Direcção da Associação de Andebol de Lisboa apresenta as mais sentidas condolências.