gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 23 de julho de 2016

Arbitragem – Novas Regras - VIII

NOVAS REGRAS EM 2016

Depois de termos dado a informação e os respetivos links, acerca das novas regras, o CA e a Federação continuam mudas acerca deste tema, Assim iremos continuar a dar aos nossos leitores, todas as alterações, com os possíveis textos a serem incluídos nas novas Regras, hoje iremos tratar da Regra 16 (As Sanções Disciplinares), Regra 17 (Os Árbitros) e Regra 18 (O Secretário e o Cronometrista).

Atualmente o texto diz:
(em vermelho iremos colocar as alterações que foram produzidas pela IHF).

16:7 Após atribuir uma paragem do tempo, os árbitros indicarão claramente a desqualificação ao jogador infrator ou oficial de equipa, e ao secretário/cronometrista, levantando o cartão vermelho. (Sinal Manual N. 13, ver também Regra 16:8).

16:8 Uma desqualificação de jogador ou oficial de equipa é sempre para o restante do tempo de jogo. O jogador ou oficial deve abandonar imediatamente o campo e a zona de substituições. Depois de sair não é permitido ao jogador ou o oficial ter contacto com a equipa.

A desqualificação de um jogador ou oficial de equipa, dentro ou fora do campo, durante o tempo de jogo, conduz sempre a uma exclusão de 2 minutos para a equipa. Isto significa que a equipa jogará com um jogador a menos ( 16:3f ).No entanto, a redução no terreno de jogo durará 4 minutos, se um jogador foi desqualificado nas circunstâncias indicadas na Regra 16:9b-d.

O número de jogadores e oficias disponíveis numa equipa reduz-se quando existe uma desqualificação (exceto como em 16:11b). No entanto, é permitido à equipa completar o número de jogadores no terreno de jogo assim que termina a exclusão de 2 minutos.

Como se indica nas regras 8:6 e 8:10a-b, as desqualificações originadas por estas regras obrigam a um relatório devem ser comunicadas por escrito para as autoridades responsáveis tomarem ações posteriores. Nestes casos os “oficiais responsáveis de equipa” e o delegado (ver Esclarecimento N.º 7) devem ser imediatamente informados após a tomada de decisão.

Para este efeito, o árbitro, também mostra o cartão azul como informação, após a amostragem do cartão vermelho.

16:9 Se um jogador ou oficial de equipa comete mais de uma infração simultaneamente ou sucessivamente, antes de o jogo ter sido reiniciado, e estas infrações requerem diferentes sanções então, em princípio, somente se aplicará a sanção mais severa.

c)    Se um jogador que acaba de ser sancionado com uma exclusão de 2 minutos e comete uma infração por comportamento antidesportiva grave ou extremamente grave, antes do jogo ser reiniciado, então o jogador é desqualificado (16:6b); estas sanções combinadas levam a uma redução de 4 minutos (16:8, 2.º parágrafo);
Restante texto da Regra sem alterações.

17:4 O sorteio por moeda ao ar (10:1) é executado por um dos árbitros, na presença do outro árbitro e do “oficial responsável de equipa” de cada uma das equipas; ou na presença de um oficial ou jogador (por exemplo um capitão de equipa) em representação do “oficial responsável de equipa”.

18:1  Em princípio, o cronometrista tem a responsabilidade principal de controlar o tempo de jogo, os tempos de paragem, e o tempo de exclusão dos jogadores excluídos.

O secretário tem a responsabilidade principal de controlar as listas dos jogadores, o boletim de jogo, a entrada de jogadores que chegam depois de o jogo começar e a entrada de jogadores que não estão autorizados a participar.

Outras tarefas, como o controle do número de jogadores e oficiais de equipa na zona de substituições, e a saída e entrada de jogadores substitutos, bem como a contagem do número de ataques, após a saída de um jogador do terreno de jogo motivado por tratamento médico, são consideradas como responsabilidades comuns. Estas decisões são sempre consideradas com base nas suas observações dos factos.

Geralmente, só o cronometrista (e, quando se justifica aplicável o Delegado da Federação responsável) deverá interromper o jogo quando necessário.

Ver também Esclarecimento N. 7 em relação aos procedimentos corretos para as intervenções do secretário/cronometrista quando observam algumas das responsabilidades mencionadas.

Tentamos mais uma vez não alterar as terminologias usadas atualmente nas Regras em Português, Hoje tratamos das Regras 16, 17, e 18, em próximo artigo iremos falar sobre os Sinais Manuais dos Árbitros, e iniciaremos a alterações verificadas nos Esclarecimentos. Continuamos a aguardar por informações Oficiais, e assim vai a arbitragem nacional.

O Analista

Sem comentários: