gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 20 de agosto de 2016

A IHF e a Resina

A IHF E O USO DA RESINA
(UM FUTURO LIVRE DE RESINA NO ANDEBOL)

Depois da divulgação na “blogosfera”, das intenções da IFH, em promover uma alteração das Regras, de forma a proibir o uso da Resina, é a Própria IHF, que no seu Portal publica uma notícia acerca do polémico assunto, sobre o título “ Um Futuro livre de Resina no Andebol”.

Nos últimos tempos têm-se dado grande relevo às declarações do Presidente da IHF a um OCS Alemão, onde disse que a nova bola “Molten”, não requeria o isso de resina, e que antes de um ano se proibiria totalmente o uso desta a todos os níveis de competição (A Proibição seria incluída nas Regras de Jogo).

Esclarecendo, que a IHF não tornaria obrigatório o uso desta nova bola e que cada Federação Nacional poderia usar a bola que entendesse, a IHF, somente proibia o uso da resina para facilitar a chamada pega da bola através das Regras de Jogo.

Em nosso entender, mesmo com estes últimos esclarecimentos e depois de lermos o texto publicado pela IHF no seu Portal acerca do tema, não temos dúvidas nenhumas, de que se caminha a passos largos para um monopólio da bola a ser usada em competição, que apenas poderá ser evitado se as outras marcas, conseguirem obter bolas com os mesmos resultados.

Texto publicado pela IHF

Recentemente a Federação Internacional de Andebol, tomou a decisão de que no futuro não será mais permitido o uso de resina. Vários aspectos foram levados em consideração: 

Em primeiro lugar, a própria resina coloca um problema. Não só é prejudicial á suade dos jogadores, como uma grande quantidade de pavilhões em todo o mundo não permitem o uso de resina, por um lado devido á limpeza necessária dos pisos, o que provoca despesas adicionais, e por outro lado porque a própria resina destrói os pisos. Além disso, as cores das bolas, que é sempre especificamente concebida para cada campeonato, combinando as cores da respectiva nação que organiza a prova, deixam de ser visíveis, passados poucos minutos após o início do encontro, quando a bola fica coberta de resina, além disso, alguns pais não permitem que os seus filhos joguem andebol precisamente devido ao problema da resina.

Antes de a IHF assinar o contracto com a Molten, fornecedor da bola Oficial da IHF, eles foram convidados a trabalhar na resolução deste problema. Tendo até agora gasto mais de um milhão de dólares nesta tarefa. Eles têm vindo a trabalhar neste projecto á cerca de dois anos, e esperam que o mesmo esteja terminado o mais tardar em finais de 2017. Ou seja, quando esta nova Regra entraria em vigor. No entanto antes da sua aplicação, a nova bola deverá ser testada, e no caso de a nova bola livre de resina estar pronta e testada, quaisquer alterações às Regras serão apresentadas no Congresso da IHF em 2017, para aprovação. SE o Congresso da IHF aprovar, esta Regra será vinculativa para todos os jogos de andebol, em todo o Mundo.”

O Regras

Sem comentários: