gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 23 de agosto de 2016

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – 2016 / 2017 - I

A Federação publicou através do seu Comunicado Oficial. N.º 18 (19-08-16), a estrutura da prova, que conforme várias vezes temos afirmado, deveria ser a prova por excelência do Calendário Nacional. Sendo esta a prova onde normalmente se verificam, ou se deviam verificar, as grandes surpresas nos resultados, devendo (no nosso entender) desse modo, ser uma prova de massiva participação, e com Regulamento aberto, e sem condicionantes. Pois se em 2013/2014, logo na 1.ª eliminatória tivemos 61 clubes, na época 14/15 tivemos 59, e finalmente na última época (15/16) tivemos 66, esperamos que a tendência se mantenha, para números ainda mais significativos.

A Federação, felizmente já divulgou (saúda-se) os Regulamentos Específicos das Provas, o que nos permite um melhor analise desta competição. E continua a verificar-se a obrigatoriedade dos clubes participantes na PO03, desde a sua 1.ª Fase, o poderá facilitar maior número de participantes, veremos se resulta.

Continua a verificar-se a norma dos cabeças de série, Assim, os seis primeiros classificados do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão da época anterior, serão cabeças de série (não se defrontando entre si) nos 1/16 de final, sendo que nesta eliminatória os clubes da PO01, sempre que defrontarem Clubes de Divisão inferior, jogarão na condição de visitantes

Mas esta prova só voltara a ter verdadeiro espírito de taça, quando for uma prova aberta sem limitações, e com todas as equipas a iniciarem a sua participação ao mesmo tempo.

A Federação volta a colocar neste Regulamento, um artigo, cujo alcance no seu limite interpretativo é um sério aviso aos clubes de que apenas participarão nas Competições Europeias se a FAP assim o considerar, repetimos, Estranho! Qual a justificação para o mesmo? Se nunca tem aplicação pratica.

Artigo 1.º (Prémios)
Ponto 4. A designação dos diferentes representantes para as competições europeias de Clubes terá, sempre, de ser ratificada pela Direcção da FAP, mormente tendo em atenção as condições económicas e/ou desportivas de cada um dos Clubes, procedendo às substituições respetivas quando for caso disso.”

Alerta-se para o facto de a Federação, ter mantido no Regulamento Especifico, a indicação clara, qual a ordem de precedência para a indicação á EHF, será sempre a ordem classificativa estabelecida na PO01, esta prova, apura para a Challenge CUP. Na nossa opinião é uma indicação que se impunha.

A Federação, embora não o diga declaradamente “o que se estranha”, a prova termina certamente, com a realização de uma “Final Four”, (deduzindo-se do conteúdo do CO N.º 18),

Mais uma vez se saúda, a Federação por no Regulamento Especifico da Prova, ter previsto a criação de zonas para as primeiras eliminatórias.

A estrutura da prova será:

1ª Eliminatória - todos os clubes da PO.02 e PO.03 – 08-10-2016
2ª Eliminatória - Vencedores da 1ª Eliminatória – 13-11-2016
1/16 Final - Vencedores da Eliminatória anterior e clubes da PO.01 – 10-12-2016
1/8 Final – Vencedores dos 1/16 Final – 28-01-2017
1/4 Final – Vencedores dos 1/8 Final – 18-03-2017
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 03-06-2017
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 04-06-2017

O Sorteio da 1.ª Eliminatória, realiza-se em 12-09-16

Em breve publicaremos artigo similar dedicado á Taça no Feminino.

O Noticias

Sem comentários: