gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 01 – 2016 / 2017 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04, que se manteve estável no seu modelo competitivo. Mas por aquilo que nos é dado observar, tal como na época passada voltamos a repetir a mesma frase “deverá também ter perdido a prioridade que tinha no conceito das nomeações das duplas de arbitragem, pois era a segunda prova nas prioridades estabelecidas”, sendo esse um dos principais motivos porque é obrigatoriamente disputada aos domingos. Mas pelo que nos foi dado a ver neste fim-de-semana, as nomeações foram efetuadas utilizando alguns dos árbitros (poucos) englobados no nível mais elevado, mas continua ainda em falta a publicação do documento onde são expressas as prioridades para nomeação, é caso para perguntar, quais são?

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
1.ª Jornada - Resultados
Dia 25-09-16
Ismai 32 – 29 CD Feirense
FC Porto 35 – 11 Académico FC
AA Avanca 33 – 27 Boavista FC
ABC 26 – 27 Xico Andebol
GC Santo Tirso 18 – 35 Águas Santas

Provavelmente teremos desta vez uma zona mais desequilibrada, embora os favoritos ao apuramento para a Fase Final, sejam (na nossa opinião), praticamente os mesmos da época anterior, embora ainda seja um pouco cedo para tais prognósticos, mas arriscamos pese a jornada ter começado com uma enorme surpresa. De registar a existência de ocorrências disciplinares precisamente no jogo com o resultado mais dilatado. A prova começou logo com um jogo que destacamos, o ABC / Xico Andebol, que proporcionou logo a primeira e grande surpresa (na nossa opinião), com a vitória pela diferença mínima do Xico Andebol, no Flávio Sá Leite, num jogo sempre disputado nos limites e com grande equilíbrio durante os 60 minutos, com os vimaranenses a chegarem ao intervalo já na frente do marcador por 15-13. Diga-se que os vimaranenses chegaram a ter 5 golos de vantagem (21-16), e que o ABC apenas conseguiu reduzir nos momentos finais do encontro. Rui Ferreira com 7 golos e Gonçalo Areias com 5 foram os melhores marcadores do ABC, por sua Francisco Magalhães com 8 golos e Carlos Batista com 7, foram os melhores marcadores do Xico Andebol. No jogo com o resultado mais dilatado da jornada onde o FC Porto “cilindrou” autenticamente o Académico FC, foi o único encontro com registo de ocorrências disciplinares, foi um jogo de sentido único com a equipa do Lima a concretizar apenas 4 golos nos primeiros 30 minutos, quando resultado ao intervalo registava já 19-4 a favor do FC Porto, que se limitou a gerir o resultado e o jogo. Paulo Cândido com 9 golos e Tomas Barbosa com 7 foram os melhores marcadores do FC Porto, no Académico FC não existem destaques. No Municipal de Santo Tirso, tivemos outro dos resultados mais dilatados da jornada, com a equipa do Águas Santas (na continuidade da época anterior), a vencer de forma folgado a equipa do GC Santo Tirso, com o resultado ao intervalo a situar-se já em 18-9 a favor dos maiatos, que consolidaram o mesmo no segundo período. No GC Santo Tirso Miguel Polónia com 5 golos foi o seu melhor marcador. No Águas Santas com 12 jogadores a marcarem golos, tiveram em Gustavo Carneiro com 7 golos e em Diogo Quintas com 5 golos os seus principais marcadores. Apenas dizer que a equipa maiata se apresentou com quase todos os seus “pesos pesados”. Num encontro de algum equilíbrio os neo divisionários do CD Feirense, deram que fazer à outra equipa maiata o Ismai, com o surpreendente Feirense a chegar ao intervalo a vencer pela diferença mínima (17-16). A Equipa do Ismai, apenas do segundo tempo conseguiu dar a volta ao resultado. António Almeida com 9 golos e Hugo Glória com 6 golos foram os melhores marcadores do Ismai, enquanto João Cardoso com 8 golos e Carlos Madureira com 6 golos, foram os principais marcadores do CD Feirense, que na nossa opinião teve uma estreia auspiciosa na 1.ª Divisão. Terminamos com o AA Avanca / Boavista FC, que terminou com a vitória esperada da AA Avanca, que se apresentou também com todos os seus principais elementos, apesar da excelente réplica dada pela equipa do Bessa, que ao intervalo apenas perdia por um diferencial de 2 golos (15-13), e com o resultado a desnivelar-se apenas no segundo tempo. A AA Avanca que teve 12 jogadores a marcarem golos, com Ruben Ribeiro com 7 golos a ser o seu melhor marcador. Na equipa do Boavista FC Tiago Ferreira com 9 golos e Francisco Lopes com 7 golos foram os seus melhores marcadores.

Zona Sul
1.ª Jornada – Resultados
Dia 25-09-16
Belenenses 28 – 22 Juventude Lis
ADC Benavente 21 – 21 Alto Moinho
Ginásio Sul 17 – 37 Sporting
Benfica 44 – 24 Estarreja AC
AC Sismaria 35 – 22 São Bernardo

Tal como na época passada esta zona não começou bem pois logo na 1.ª Jornada, tivemos o primeiro caso de ocorrências disciplinares registadas. Por aquilo que poderemos observar (embora se reconheça que é extraordinariamente cedo), pensamos que não terá o equilíbrio verificado na última época, face aos resultados verificados, é nos difícil fazer qualquer prognóstico, pese a igualdade verificada em Benavente onde uma das equipas surpresas da última época e presente na Fase Final foi obter uma excelente igualdade, num jogo disputado sempre com grande equilíbrio, sem grandes figuras a destacar a não ser o bom comportamento das duas equipas, pois nos restantes encontros foram na sua maioria completamente desnivelados, como o Benfica que venceu de forma clara uma das equipas surpresa na época anterior, o Benfica que teve 13 jogadores a marcarem golos, destacando os jovens João Machado e Pedro Loureiro ambos com 7 golos, enquanto no Estarreja AC, os jovens Luís Magalhães, Bernardo Marques e Diogo Vaia, todos com 5 golos cada foram os seus principais marcadores. No Restelo tivemos um jogo que também na época anterior deu início ao Campeonato com os mesmos intervenientes, só desta vez não se verificou qualquer surpresa com a equipa do Belenenses a construir o resultado logo no 1.ª tempo (18-9), para depois permitir alguma reacção da equipa da Juventude Lis, mas não permitiu qualquer surpresa vencendo o Belenenses com toda a naturalidade (jogo com ocorrências disciplinares). Na equipa do Restelo 12 atletas a marcarem golos, com João Francisco e Bruno Ferreira a serem os seus melhores marcadores com 5 golos cada. Na Juventude Lis, João Cartas com 8 golos, e Pedro Santos com 5 golos foram os seus melhores marcadores. No Ginásio do Sul, a equipa local repescada de última hora e que se apresentou com apenas 10 jogadores inscritos foi completamente “cilindrada” pelo Sporting que já vencia ao intervalo por 19-12, com a equipa local a concretizar apenas 5 golos nos segundos 30 minutos, mesmo assim Afonso Montez com 7 golos foi o seu principal marcador, Ricardo Martinez com igual número de golos foi o melhor marcador do Sporting, onde 12 jogadores marcaram golos. O Sismaria que recebeu uma equipa que normalmente costuma apresentar boas equipas na formação o São Bernardo, com a equipa de Gândara a vencer de forma clara um jogo que dominou de principio ao fim, com o resultado ao intervalo a ser-lhe já favorável por 17-10, o que diz bem da superioridade da equipa local, onde o seu técnico procedeu a uma completa rotação do plantel, tendo em Iúri Anastácio com 7 golos e João Moreira com 6 golos os seus principais marcadores numa equipa onde 10 jogadores marcaram golos, na equipa do São Bernardo, Nuno Ferreira com 9 golos e Rafael Oliveira com 5 golos foram os seus melhores marcadores.

O Noticias

7 comentários:

Anónimo disse...

Estranho o ABC perdeu em casa e logo com os amigos do sr,augusto, paciência

Anónimo disse...

Só quem assistiu ao jogo em Benavente sabe a vergonha que aconteceu.
Dupla Ribatejana que tudo fez para que a equipa da casa ganhasse...
O melhor pelo que dizem foi no fim do jogo o Sr.Vinagre ter dado "boleia" a um dos atletas do Benavente.

Anónimo disse...

Vergonha nos ultimos minutos marcarem passivos com 10s d ataque.
É isso que se refere?

Anónimo disse...

Estão à espera de quê? Com a dupla de Santarém a apitar o Benavente, estes ainda vão á fase final. Quando a FAP observar de surpresa vai sair asneira.

Anónimo disse...

Amigo, caso não saiba, quando a equipa não demonstra qualquer iniciativa de ataque é assinalado jogo passivo!
Mas eu refiro-me a jogadores isolados em contra-ataque a serem agarrados nos braços e nao haver sanções, refiro-me a passos nunca assinalados contra os homens da casa e refiro-me também às faltas atacantes do pivot que a excelente dupla fingiu não ver.
Saudações Andebolisticas.

Anónimo disse...

Quem devia ter vergonha e era na cara, eram vocês que estão a falar sem nenhum conhecimento, a sorte do A. Moinho foi mesmo os árbitros que marcavam passivo em cada ataque da ADCB nos minutos finais, sempre que o sr. Gualter levantava o braço e gritava os árbitros, que vocês dizem que ajudou a ADCB, estes automaticamente marcavam jogo passivo colocando pressão nos atletas, e depois a ADCB é que foi beneficiada!!!??
Eu sei qual foi o vosso problema, pensavam que chegavam a Benavente e ganhavam facilmente, e no final precisaram (vocês sim) dos árbitros para empatarem o jogo, a cerca de 1,30m do final perdiam 21 x 19.
Estes são de Santarém, correcto, mas conto pelos dedos de 1 só mão as vezes que beneficiaram a ADCB em qualquer escalão.
Quanto á boleia, também devia informar-se, falar sem saber é parecido com um cão que ladra a qualquer pessoa que passa, o Vinagre é de Santarém, se temos cá um jogador daquela Cidade, qual é o problema de o levar???
O João Sousa, que felizmente está a recuperar bem, acontecia exactamente o mesmo, e não era por isso que durante o jogo não lhe mostrava amarelo e o excluía, e isso aconteceu muitas vezes, desconheciam e falaram....Mente Captos,

Ainda agora começou e já estão aziados!!??
"Frustrados" estamos nós por ter a vitória ali tão perto e ficar num empate, depois de uma luta enorme para formar a equipa ao longo da pré época.

Tenham juízo.

Anónimo disse...

Provavelmente estes Srs. do Alto do Moínho estão habituados a duplas da sua Associação e como tal estranharam. Quanto à dupla de Santarém, preferia vê-los longe de Benavente, graças a eles conseguiram na parte final um empatezinho. Mas essa táctica é boa,quem não chora não mama.