gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 04 – 2016 / 2017 - V

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04,

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
5.ª Jornada
Dia 23-10-16
ABC 36 - 22 CD Feirense
Boavista FC 34 - 28 Xico Andebol
Académico FC 19 - 34 Águas Santas
FC Porto 29 - 32 Ismai
AA Avanca 30 - 26 GC Santo Tirso

Jornada, onde se registou, uma surpresa em jogos onde prevaleceu maioritariamente vitórias das equipas a que já se lhe atribuía favoritismo. A grande surpresa foi a vitória do Ismai como visitante diante o FC Porto (jogo com ocorrências disciplinares), onde ao fim do primeiro tempo já vencia por 14-12, consolidando o resultado no segundo tempo, e com esta vitória assumiu o comando o comando isolado da zona contabilizando apenas vitórias. Paulo Cândido com 8 golos foi o melhor marcador do FC Porto, por sua vez António Almeida com 8 golos e Afonso Cavadas com 7 golos, foram os melhores marcadores dos maiatos. No Flávio Sá Leite, tivemos um ABC que parece de regresso ao seu normal, com clara vitória sobre o CD Feirense, terminando o primeiro tempo já com uma forte e clara vantagem (21-12). No segundo tempo do jogo a equipa bracarense limitou-se a gerir o resultado e o plantel, e a continuar a dilatar o resultado. Gonçalo Areias com 9 golos e Francisco Silva com 6 golos foram os melhores marcadores do ABC, no CD Feirense, João Cardoso com 10 golos, e Carlos Madureira com 8 golos, foram os seus melhores marcadores. Tivemos ainda a normal vitória do Águas Santas no Lima diante o Académico FC e por números que não deixam duvidas sobre a justiça da mesma. O Resultado ao intervalo era um perfeito indicador do que se passava com os maiatos já na frente do marcador por 19-13, com a diferença a acentuar-se nos segundos 30 minutos. Gonçalo Meireles com 8 golos foi o melhor marcador do Académico FC, por sua vez no Águas Santas com 13 jogadores a marcarem golos, Digo Quintas com 10 golos, foi o seu principal marcador. Tivemos uma das surpresas da jornada com a 1.ª vitória do Boavista FC diante o Xico Andebol (jogo com ocorrências disciplinares), A melhor entrada no jogo da equipa do Bessa, permitiu-lhe chegar ao intervalo na frente do marcador por 16-12, num jogo em que comandou o marcador durante os 60 minutos, terminando como justo vencedor. No Boavista FC onde 12 jogadores concretizaram golos, Francisco Lopes e David Pereira, ambos com 6 golos cada, foram os seus principais marcadores. Manuel Lima com 8 golos, e Rui Pedrosa com 7 golos foram os melhores marcadores do Xico Andebol. Em mais um jogo com inversão de pavilhão, disputou-se em Santo Tirso o AA Avanca / GC Santo Tirso, que terminou com nova derrota da equipa do GC Santo Tirso, que ao intervalo já perdia por 18-12, encetando uma ténue recuperação no segundo tempo, mas que não chegou, e assim continua a ser a única equipa na Zona que apenas contabiliza derrotas. Eduardo Mendonça com 9 golos, foi o melhor marcador da AA Avanca, por sua vez António Cruz com 12 golos e Carlos Martins com 7 golos, foram os melhores marcadores do GC Santo Tirso.

Classificação até ao momento: - 1.º Ismai (15 pontos), 2.º FC Porto, e Águas Santas (13 pontos), 4.º Académico FC (11 pontos), 5.º Xico Andebol, ABC, AA Avanca, e CD Feirense (9 pontos), 9.º Boavista FC (7 pontos), 10.º GC Santo Tirso (5 pontos).

Zona Sul
4.ª Jornada
Dia 01-12-16
Estarreja AC - Alto Moinho (16H00)
5.ª Jornada
Dia 23-10-16
Benfica 38 - 24 Juventude Lis
Sporting 37 - 28 Estarreja AC
Alto Moinho 27 - 17 São Bernardo
ADC Benavente 26 - 29 Belenenses
Ginásio Sul 25 - 29 AC Sismaria

Felizmente voltamos a ter uma jornada completa, o que se saúda, e tivemos uma jornada onde se registou dois jogos com a existência de relatório. Jornada sem qualquer surpresa pois venceram os naturais favoritos, e por resultados quase sempre desequilibrados em termos de resultado final. Um dos encontros com a existência de relatório, foi o Sporting / Estarreja AC, precisamente um dos encontros que terminaram com o resultado mais dilatado da jornada. O Sporting ao vencer este encontro, continuou a ser uma das duas equipas que comandam a zona apenas com vitórias. O outro encontro onde se verificaram ocorrências disciplinares, foi no Benfica / Juventude Lis, que foi outro dos resultados mais dilatados da jornada, num encontro sempre comandado pela equipa do Benfica B, que ao intervalo já vencia por 19-14, consolidando a sua superioridade no segundo tempo. Com esta vitória o Benfica B, continua juntamente como Sporting a comandar invictos a zona, enquanto a Juventude Lis é uma das equipas que não regista qualquer vitória. O Benfica B, com 11 jogadores a marcarem golos, teve em Gonçalo Cunha com 7 golos, e Pedro Santana com 6 golos os seus principais marcadores, por sua vez João Cartas com 7 golos e Pedro Santos com 5 golos foram os melhores marcadores da Juventude Lis. No Pavilhão do Ginásio Sul, disputou-se o Ginásio Sul / AC Sismaria, que terminou com a vitória da equipa de Gândara, num jogo em que praticamente comandou sempre o jogo e o marcador, pois já vencia ao intervalo por 15-13, e com esta derrota a equipa do Ginásio Sul continua nos últimos lugares da classificação apenas com derrotas. Tiago Gonçalves com 9 golos foi o melhor marcador do Ginásio Sul, enquanto Iuri Anastácio com 10 golos, e José Santos com 5 golos, foram os melhores marcadores do AC Sismaria. O jogo mais equilibrado da jornada, realizou-se em Benavente, onde o ADC Benavente defrontou o Belenenses, que construiu o resultado nos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo a vencer por 16-11, para depois permitir uma excelente reacção dos locais, que nos segundos 30 minutos reduziram a diferença para somente 3 golos. Com esta derrota o ADC Benavente continua sem registar qualquer vitória na prova, Casco Moura com 8 golos, e Ricardo Marques com 6 golos, foram os melhores marcadores do ADC Benavente. No Belenenses com 10 jogadores a marcarem golos, Gabriel Cavalcanti e Bruno Ferreira, ambos com 6 golos cada, foram os principais marcadores da equipa do Restelo. Terminamos com o Alto Moinho / São Bernardo, onde a equipa sensação da última época o Alto Moinho venceu o São Bernardo, que costuma ser uma boa escola de formação por números que não deixam dúvidas acerca da justeza do resultado, pois já vencia ao intervalo por 18-10, realizando um segundo tempo em nítida poupança de esforços. Victor Talmazan, e Gonçalo Nogueira com 6 golos cada, foram os melhores marcadores do Alto Moinho, João Almeida com 5 golos foi o melhor marcador do São Bernardo.

Classificação até ao momento: - 1.º Benfica, e Sporting (15 pontos), 3.º AC Sismaria, e Belenenses (12 pontos), 5.º Alto Moinho (-1 jogo), e São Bernardo (9 pontos), 7.º Estarreja AC (8 pontos, -1 jogo), 8.º ADC Benavente (6 pontos), 9.º Juventude Lis e Ginásio Sul (5 pontos).

O Noticias

3 comentários:

Anónimo disse...

O jogador do Belenenses é Bruno Pereira e nao Bruno Ferreira

Anónimo disse...

OS DOIS COMENTÁRIOS QUE TRANSCREVEMOS, DIZEM NO "MUNDO" QUE O NOSSO ANDEBOL VIVE, ONDE NÃO HÁ QUALQUER RESPEITO POR PARTE DA FEDERAÇÃO E DAS ASSOCIAÇÕES PELOS SEUS INTERVENIENTES DIRECTOS (OS CLUBES, OS DIRIGENTES, OS TREINADORES, OS ATLETAS, O PÚBLICO, AS AUTARQUIAS, AS JUNTAS DE FREGUESIA,ETC.).

"Anónimo disse...
PERMITO-ME TRANSCREVER ESTE COMENTÁRIO PARA QUE ALGUÉM RESPONDA SE CONSEGUIR:

"NÃO OLHEM SÓ PARA A I E II DIVISÕES.

VEJAM O QUE ESTÁ A ACONTECER NA III DIVISÃO, COM A PROVA "ORGANIZADA" PELA ASSOCIAÇÃO DE ANDEBOL DE LISBOA, ONDE AINDA NINGUÉM PERCEBEU, PORQUE TAMBÉM NINGUÉM SABE EXPLICAR NAS RESPECTIVAS ASSOCIAÇÕES (QUER A DE LISBOA QUER A DO ALGARVE), O QUE VAI ACONTECER AOS CINCO CLUBES QUE NÃO FOREM "APURADOS" PARA A INVENTADA "FASE INTERCALAR" A PARTIR DE 17 DE DEZEMBRO DE 2016.

SERÁ QUE PARA ESTAS EQUIPAS ACABOU A "COMPETIÇÃO" NA ÉPOCA DE 2016/2017 OU VÃO "REINVENTAR" OUTRA VEZ QUALQUER "TORNEIO REGIONAL" PARA FAZER DE CONTA QUE MEXE COMO ACONTECEU EM ABRIL "ORGANIZADO" PELA ASSOCIAÇÃO DE ANDEBOL DE LISBOA ?

ERA BOM QUE ALGUÉM EXPLICASSE O MAIS RÁPIDAMENTE POSSÍVEL O QUE IRÁ ACONTECER, DE MODO A QUE DIRIGENTES, TERINADORES E ATLETAS PROCUREM OUTRA MODALIDADE DESPORTIVA CUJO PLANEAMENTO SEJA CLARO E CONCISO E QUE NÃO SEJA "ALTERADO" OU "ADAPTADO" DEPOIS DOS CLUBES PAGAREM AS RESPECTIVAS TAXAS DE FILIAÇÃO E DE PARTICIPAÇÃO NAS DIVERSAS PROVAS.

NA MINHA POBRE TERRA, ESTA SITUAÇÃO CRIADA, É DENOMINADA DE UMA ENORME ALDRABICE PEGADA.

24 de outubro de 2016 às 12:13"

NO ENTANTO, PENSO QUE NINGUÉM O CONSEGUIRÁ FAZER."

"24 de outubro de 2016 às 18:00

Anónimo disse...
Conforme consta na estrutura da prova (http://aalisboa.pt/wp/competicoes/723-2/), os clubes não apurados filiados na Associação de Andebol de Lisboa irão andar a "encher chouriços" até ao final da época com torneios e afins. Tudo isto graças a uma estrutura da prova com uma fase final, organizada já pela a FAP. As equipas não filiadas terão de recorrer às suas Associações...
25 de outubro de 2016 às 11:40"

SERÁ QUE É MESMO VERDADE????

Anónimo disse...

Que bom trabalho e que bela filosofia a do Alto Moínho! Parabéns!