gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 03 – 2016 / 2017

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, que regressa após a realização de um proveitoso estágio da Selecção Nacional de Seniores

Repetimos o que já dissemos, pode ser que alguém nos ouça.

“Voltamos a repetir que se continua sem saber qual o nível das duplas nomeadas para dirigir estes jogos, o que se lamenta.

Esperamos que a Federação continue a dar valor acrescentado às transmissões que deverão ser efectuadas, em especial pela Andebol TV, já que aqui não existem segundo sabemos canais próprios de clubes, via internet.

Quanto á nossa esperança em estatísticas nesta prova, e que eram uma normal contribuição para o seu desenvolvimento e implementação, deixamos de ser poetas e líricos, pois já constámos que que a entidade máxima da modalidade não está interessada em tal.”

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – 4.º Jornada - Resultados
Dia 15-10-16
SIR 1.º Maio/CJB 26 – 21 CA Leça
Maiastars 26 – 19 Alavarium
Passos Manuel 30 – 18 Juventude Mar
Juventude Lis 18 – 20 Santa Joana
Dia 30-10-16
Colégio Gaia - Madeira SAD (17H00)
Académico FC - CS Madeira (15H00)

Disputaram-se apenas quatro jogos, com o adiamento de dois jogos, situação que se irá verificar durante a época, e está relacionada com as viagens das ilhas e para as ilhas. Nos jogos disputados especial destaque para o Maiastars / Alavarium, que embora seja numa fase prematura da prova, já deu origem à definição do 1.º lugar na prova. Nos jogos disputados, destaca-se o facto de em nenhum deles se terem registado ocorrências disciplinares.

Naquele que era considerado por muitos e também por nós o principal jogo da jornada, disputado na Maia, o Maiastars / Alavarium e que decidia quem continuaria ou não no comando da prova, o resultado final acaba por constituir a grande surpresa da jornada com a concludente vitória das maiatas sobre a equipa visitante. Num jogo que teve momentos algum equilíbrio, com a equipa do Maiastars a superiorizar-se ainda no primeiro tempo e a terminar na frente do marcador ao intervalo por 14-10. No segundo tempo as maiatas mantiveram o seu fio de jogo e ainda alargaram a sua vantagem final. Com esta vitória o Maiastars assume o comando da prova, contabilizando apenas vitórias. Diana Oliveira com 10 golos foi a melhor marcadora do Maiastars, por seu lado Mónica Sores com os seus 13 golos foi a melhor marcadora do encontro e do Alavarium.

Na Marinha Grande a novel equipa do SIR 1.º Maio/CJB, recebeu o CA Leça, e venceu a equipa da casa, num jogo de algum equilíbrio, onde a esperada superioridade da equipa do SIR 1.º Maio/CJB, não foi tão flagrante conforme era esperado por alguns, pois a equipa do CA Leça, deu uma excelente réplica, apesar do resultado ao intervalo já lhe ser desfavorável por 10-7, nos segundo 30 minutos, manteve-se a toada do encontro, terminando com vitória da equipa visitada, que com este resultado deu a sensação de se ter refeito das derrotas sofridas nas jornadas anteriores, e igualou em termos pontuais, o seu adversário nesta jornada. Neuza Valente com 8 golos e Lorena Delgado com 5 golos foram as melhores marcadoras do SIR 1.º Maio/CJB. No CA Leça, Mariana Almeida com 5 golos foi a melhor marcadora do CA Leça.

No Pavilhão da Quinta Marrocos realizou-se o Passos Manuel / Juventude Mar, que terminou com a vitória da equipa do Passos Manuel, que ao vencer por um resultado que não deixa margem para grandes dúvidas acerca da justiça do mesmo, a equipa do Prof. José Tomás, obteve a sua primeira vitória na prova, diante uma equipa neo divisionária. Foi um encontro de sentido único, e que ao intervalo já registava um resultado favorável ao Passos Manuel de 17-10, nos segundos 30 minutos apesar da gestão do plantel feita pelo Passos Manuel, o resultado foi-se avolumando, terminando sendo o mais dilatado que se registou na jornada. A equipa da Juventude do Mar, continua assim a ser uma das equipas sem registar até ao momento qualquer vitória na prova. Mónica Carmo com 10 golos, e Joana Pereira com 7 golos, foram as melhoras marcadoras do Passos Manuel, por sua vez Teresa Santos com 5 golos, foi a melhor marcadora da Juventude Mar.

Em Leiria, realizou-se o Juventude Lis / Santa Joana, que o encontro mais equilibrado da jornada, mas com muitas falhas técnicas, e total supremacia das defesas sobre os ataques, que terminou com a vitória da equipa maiata, que já vencia ao intervalo por 12-10, e apesar da reacção equipa leiriense nos segundo 30 minutos, a história do resultado final não se alterou, com a equipa da Juventude Lis, a ser uma das equipas que ainda não regista qualquer vitória na prova até ao momento. O jogo não tem grandes destaques a fazer basta dizer que a melhor marcadora da juventude lis foi Vanessa Oliveira com apenas 4 golos, enquanto no Santo Joana, com os golos distribuídos por 11 atletas, a sua melhor marcadora também não ultrapassou os 4 golos, e foi Ana Carvalho.

Classificação após estes jogos: - 1.º Maiastars (12 pontos), 2.º Alavarium (10 pontos), 3.º CS Madeira (-1 jogo), Madeira SAD (-1 jogo), SIR 1.º Maio/CJB, CA Leça, e Santa Joana (8 pontos), 8.º Colégio Gaia (7 pontos, - 1 jogo), 9.º Passos Manuel (6 pontos), 10.º Académico FC (5 pontos, -1 jogo), 11.º Juventude Mar, e Juventude Lis (4 pontos).

O Noticias

14 comentários:

Anónimo disse...

e agora Alavarium era do treinador

Anónimo disse...

Querem ver que o Alavarium está outra vez a "deixar-se perder"?...
Não me admirava nada que algum "expert" no nosso andebol feminino voltasse aqui com essa teoria!

Anonimo disse...

Agora quem escreve não diz quem é a pior equipa do campeonato? é que até agora era sempre o Passos Manuel, esta semana goleou outra equipa não se elogia a equipa nem se passa esse rotulo para outra equipa? Acho estranho...

Anónimo disse...

Ser ultimo ou penultimo é exatamente a mesma m**** LOL

Anónimo disse...

A verdade é que o campeonato está nivelado por baixo.
A qualidade de jogo baixou.
Esta primeira fase vai servir apenas para melhorar o jogo coletivo, pois algumas equipas têm muitas alterações.
Nos play-off é que vamos vêr quem tem valor.

Jorge Almeida disse...

Sorteio da próxima ronda da Taça EHF Masculina:

KS Azoty-Pulawy (POL) vs SL Benfica (POR)
Bregenz Handball (AUT) vs Futebol Clube do Porto (POR)

Mais pormenores em http://www.eurohandball.com/article/26661 (em Inglês)

Não conheço nenhum arquivo de jogos dos polacos, pelo que o SLB vai ter mais dificuldade em obter os jogos destes polacos que o FCP terá em obter dos austríacos. É que Ricardo Costa e os seus pupilos têm nos seguintes links jogos recentes do Bregenz:

Jogos da Liga Austríaca

http://www.laola1.tv/en-int/block/handball-hla-fullmatches

Jogos do Apuramento para a Liga dos Campeões (incluindo o jogo contra o ABC)

http://www.ehftv.com/int/video/2016-09-03-bregenz-handball-achilles-bocholt
http://www.ehftv.com/int/video/abc-uminho-bregenz-handball

Ainda por cima, são jogos recentes, já desta época.

No entanto, o Dragão não pode considerar isto uma vantagem, pois há que partir do pressuposto que os austríacos vão buscar material à Andebol TV. Será é uma desvantagem caso o FCP não o faça ...

Pedro Marques disse...

Há por ai muita renovação, e quem não a fez como o Maia está-se a sair melhor.

Anónimo disse...

O Maia não fez renovação? Com uma afirmação dessas, está explicado o nível de conhecimento do andebol feminino do seu autor!!

Anónimo disse...

É triste ver um clube com o potencial da Juve, a definhar e arrastar-se na 1ªdivisão. Um clube que ainda há poucos anos disputou as meias finais do campeonato, que foi campeao nacional de Juniores, nos dias de hoje nem equipa de Juniores conseguiu fazer, e a Equipa Senior é o que se vê. 4 jogos 4 derrotas, incluindo derrotas em casa com Santa Joana e Académico, clubes que lutam pelo mesmo objectivo. O seu genial treinador, consegue ter um plantel com 30(!!) atletas, incluindo 5(!!) guarda redes.

Anónimo disse...

A situação da JUVE não é de admirar. À uns anos atrás isto já se adivinhava porque existia um escalão, ou geração de atletas, que não era igual em termos de qualidade, comparando com essa geração que foi campeã de Juniores. Ora, com o passar dos anos, é normal que essa geração menos dotada, se tornasse sénior, e aí está o resultado. A esta fraca "fornada" de atletas, se juntarmos os abandonos de atletas, as saídas para outros clubes, a entrada de atletas "para fazer número" e as limitações que todos os clubes amadores têm, era previsivel que isto acontecesse.
No entanto, ainda vamos na 4ª jornada e muito jogo há para disputar.

Pedro Marques disse...

Tanto especialista sobre a situação da Juve mas tirou o curso de especialidade na Farinha Amparo. Haja paciência para a vossa ignorância e contínua provocação.

Anónimo disse...

Pedro a gente sabe que te custa admitir que a JUVE já não é o que era, mas faz um favor a ti próprio e deixa-te de faxiosismos. Só te fica mal.

Pedro Marques disse...

Faccioso não sou e é assim que se escreve. O que eu vejo é uma equipa completamente nova e que como assim é se está a formar. Portanto quanto a esse triste comentário de que houve uma fornada de juniores que não correu bem, saiu completamente ao lado. Eu não tenho que admitir nada. Só estou a ver aquilo que existe, é uma equipa a formar-se. O resto estamos cá para ver. O que era bonito era não aldrabarem e não virem para aqui armados em donos da verdade.

Anonimo disse...

A Juve o ano passado tinha um excelente plantel mas jogou para não descer. Este ano com um plantel muito mais fraco dificilmente não jogará para outro objetivo. Não penso que tenha sido uma má fornada de juniores o que penso é que perdeu muita gente do ano passado inclusive a sua melhor junior.
Quando se fala do Maia é fácil perceber que é o contrário trouxe muita gente de fora inclusive muitas atletas juniores, vieram da Madeira, da Assomada etc. e trouxe atletas que não tinha no plantel, podendo mudar o estilo que tinha. dificilmente será campeã este ano, mas está a construir um bom plantel.