gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Planeamento e Orçamento 2017 – III

PLANEAMENTO E ORÇAMENTO 2017 – III

Na sequência do que anteriormente dissemos hoje iremos abordar mais algumas das questões relativas á modalidade e que consideramos prementes.

Fala-se no Andebol Masters (Página 8, do documento), mas não existe nenhuma prova no calendário Nacional, o que existe sim é a chamada PO40, que se refere a veteranos, palavra nunca referida no texto. No entanto em termos orçamentais é precisamente o contrário, nada existe acerca de Masters, e apenas é referido em Desenvolvimento da Atividade Desportiva a palavras veteranos através da PO40 com 5,000 € adjudicados. No mínimo Estranho!

Fez a Federação através do seu Portal uma notícia acerca das possíveis novas instalações, que finalmente já tinham sido aprovadas pela CML, e que estavam relacionadas, com os terrenos que tinha sido cedido em tempos à FAP em direito de superfície. Pois em termos de atividade planeada nada existe, ou por outra existe a omissão. Por outro lado em termos orçamentais nada se encontra previsto, o que se estranha! Pois, ou no ano de 2017, não existe nenhuma assinatura nem nenhum início de transição, ou terá de se verificar um Orçamento rectificativo certamente.

Serviços de apoio, depois de verificarmos em termos comparativos, os chamados serviços de apoio, onde nunca se diz para que servem e o que são, ver imagem abaixo,
Questiona-se como é que o CA tem um valor de 45, 101 €, ou seja em relação à previsão de 2016, verifica-se um aumento DE 36, 65% PORQUÊ? O que engloba este aumento que nunca é justificado no Planeamento de actividades. Do mesmo modo verifica-se uma diminuição da verbas atribuídas para os serviços de apoio á direcção uma diminuição de 15,15% sem qualquer explicação compreensível, assim como se verifica um aumento na verba para Assembleias Gerais de 30,19% sem qualquer explicação.

Por hoje terminamos, outros se lhe seguirão.

O Banhadas Andebol

6 comentários:

Anónimo disse...

Uma vergonha as multas que a associção de Lisboa aplica

2750€ e 2 anos de suspensão devido a falta de inscrição na ficha de jogo de uma miuda.

Deve haver alguem a viver a conta pelo rol de multas que dão todos as semanas.

O clube em causa devia acabar com modalidade.

Anónimo disse...

agora o aumento das verbas para o ca deve ser para pagar senhas de presença certamente, hi hi hi

Anónimo disse...

é sempre a mesma coisa! Eu sou como o Henrique Silva, contra isto tudo!

Anónimo disse...

E assim (não) vai o andebol!!!

Anónimo disse...

Que engraçado. EU até acho que se calhar é pouco. Ora para os inteligentes que aqui opinam deixo o seguinte pensamento.

Quanto custa uma inscrição de uma jogador infantil -- acho que 4€ upsssss
NOTA: vale a pena por miudos a jogar com falsificação de identidades.

Se esse jogador não inscrito se lesiona? vão voçês resolver o assunto certo. Só pessoas burras e sem dignidade pelos atletas é que podem escrever isto.

Aquilo que aqui li classifico de vergonha. Se calhar os dirigentes é que tem que pensar no que andam a fazer.

Culpar a Associação e os árbitros de fazerem o seu trabalho e bem, dá me vontade de rir e mais espero que os inergumes que aqui apoiam estas irregularidades nunca estejam ligados ao Andebol, pois então fica demonstrado ao que estamos entregues.

cumprimentos,

Anónimo disse...

Multa da Associação de Andebol de Lisboa bem aplicada e peca por escassa...

"2750€ e 2 anos de suspensão devido a falta de inscrição na ficha de jogo de uma miuda."

... mentir é feio... mas fica na consciência de cada um...

Colocar na ficha de jogo uma atleta que esta época nem sequer se inscreveu (quem a terá inscrito???) e colocar uma atleta diferente em campo que eu saiba é crime de falsificação de identidade... grave só por si, pior quando se relaciona com o desporto e o andebol em particular e no escalão infantil.