gal vence

Euro Sub-19 Feminino, Portugal derrotada pela Dinamarca 32/16 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Competições Europeias 2016 / 2017 – LVII

O Colégio de Gaia iniciou este fim-de-semana a disputa 4.ª Eliminatória da Challenge CUP.

CHALLENGE CUP FEMININA
4.ª Eliminatória (1/8 Final)

COLÉGIO GAIA PERDE COM MECALIA ATLETICO GUARDES
O Colégio de Gaia, defrontou nesta 4.ª Eliminatória (16 equipas, 1/8 Final) em jogo da 1.ª Mão a forte equipa espanhola do Mecalia Atletico Guardes. Jogo disputado com o Pavilhão em Gaia esgotado, e com a equipa do Colégio Gaia, diante uma das melhores equipas espanholas da atualidade, deu excelente réplica, em especial no primeiro tempo onde equilibrou o jogo e o resultado até se registar uma igualdade a 10 golos, pois a partir desse momento a equipa visitante assumiu o comandou do marcador em definitivo, chegando ao intervalo a vencer por 15-12. No segundo tempo a equipa portuguesa, entrou bem nunca baixou os braços e procurou sempre contrariar a natural superioridade da adversária, chegando inclusive á diferença mínima (16-15), e nunca permitiu que o diferencial se dilatasse em demasia, mesmo assim ainda esteve com a perder por um diferencial de 6 golos (22-16), mas reagindo sempre com grande dignidade, diminuiu essa diferença para somente 3 golos /24-21), para terminar com um resultado perfeitamente admissível, e embora seja difícil uma recuperação no jogo da 2.ª Mão a disputar em Espanha, não existem impossíveis. Neste encontro, o Colégio Gaia sofreu 5 exclusões, contra 1 da equipa adversária, e teve em Helena Soares com 6 golos, a sua melhor marcadora, enquanto na equipa do Mecalia, a sua melhor marcadora foi a argentina Luciana Mendoza, igualmente com 6 golos.

Resultados

A 1.ª Mão
Dia 05-02-2017
Colégio Gaia 26 – 30 Mecalia Atletico Guardes

Calendário

2.ª Mão
Dia 12-02-2017
Mecalia Atletico Guardes – Colégio Gaia (19H00)

Horas Locais

O Banhadas Andebol

1 comentário:

Anónimo disse...

O critério disciplinar foi vergonhoso! Uma dualidade de critérios nunca vista! Ainda falam dos nossos árbitros!! O vermelho é surreal! Enfim, vieram estas senhoras de tão longe para fazerem este serviço! Grande Jogo e estou convencido que com uma arbitragem isenta ainda podemos discutir esta eliminatória.