gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Geórgia por 48-11 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Crónica de Fim-de-semana – 18 – 2016 / 2017 - IV

Crónica dedicada à PO04, relativa á última jornada, da 1.ª Fase da Prova, onde são apurados os finalistas.

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
18.ª Jornada
Dia 26-02-17
CD Feirense 27 – 38 FC Porto
Ismai 23 – 28 Águas Santas
GC Santo Tirso 26 – 33 Xico Andebol
ABC 35 – 26 Boavista FC
AA Avanca 31 – 27 Académico FC

Apurados Fase Final Grupo A – Águas Santas, FC Porto e Ismai
Equipas Na Fase de Apuramento, Grupo B, e pontuação que transita – ABC (21 pontos), AA Avanca (19 pontos), CD Feirense (17 pontos), Xico Andebol (15 pontos), Académico FC (15 pontos), Boavista FC (14 pontos), GC Santo Tirso (10 pontos).

Jornada que corresponde à 9.ª jornada da 2.ª volta, e é a última jornada desta Fase, disputado com os apuramentos já definidos, á algum tempo, o seu interesse residia em verificar quem acumulava pontos para a Fase de Apuramento (Grupo B). Nesta jornada verificaram-se um conjunto de resultados, que confirmaram todos os que se verificaram na jornada homóloga da 1.ª volta. De realçar que foi uma jornada disputada sem a existência de ocorrências disciplinares. O encontro mais equilibrado disputou-se em Avanca, onde a equipa local teve de enfrentar um Académico FC que proporcionou um jogo equilibrado, tendo iniciado o encontro a vencer (2-0), mas rapidamente os locais tomaram conta do jogo, e chegaram ao intervalo já a vencer por 15-13, para no segundo tempo a equipa do Lima ainda chegar à diferença mínima (15.14, e 22-21, por exemplo), para a equipa visitada, rapidamente por ordem na casa. Reinier Dranquet com 8 golos e Ruben Ribeiro com 6 golos, foram os melhores marcadores do AA Avanca, com Gonçalo Meireles e os seus 11 golos a ser o melhor marcador do Académico FC. No dérbi maiato, disputado no Municipal da Maia, jogo disputado entre duas equipas já apuradas para a Fase Final Grupo A, o Ismai começou melhor, mas rapidamente o Águas Santas, repôs a ordem normal do jogo e passou para o comando do jogo e do marcador, atingindo o intervalo a vencer por 6 golos de diferença (16-10). No segundo tempo a equipa do Águas Santas limitou-se a controlar o marcador e o jogo, mantendo sempre um diferencial no marcador que o colocava a salvo de qualquer imponderável neste jogo. Leonel Fernandes com 6 golos, foi o melhor marcador do Ismai, enquanto Miguel Gomes com 11 golos, foi o melhor marcador do Águas Santas. No Flávio Sá Leite, tivemos o ABC / Boavista FC, com a equipa bracarense a comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos de jogo, com o resultado ao intervalo a ser-lhe já favorável por 20-15, o que é um reflexo puro da sua superioridade neste encontro, no segundo período de jogo nada se alterou, com a equipa do ABC a aumentar progressivamente a sua diferença. No ABC onde 10 jogadores marcaram golos, Gonçalo Areias com 8 golos, e Francisco Silva com 7 golos foram os seus principais marcadores. No Boavista FC, Francisco Lopes e David Pereira, ambos com 6 golos cada foram os seus melhores marcadores. Em Santo Tirso a equipa local, perdeu no confronto com o Xico Andebol, terminando esta Fase da prova, sem ter obtido nenhuma vitória, e neste encontro ao intervalo já estava a perder por 15-8, para posteriormente no segundo tempo a equipa de Guimarães, face ao resultado dos primeiros 30 minutos, a que se junta a reação natural a um resultado fortemente adverso, foi disputado com mais equilíbrio. João Almeida com 8 golos, foi o melhor marcador do GC Santo Tirso, enquanto no Xico Andebol, Francisco Ribeiro com 8 golos, e Rui Pedrosa com 7 golos, foram os seus melhores marcadores. No pavilhão da Lavandeira, tivemos um CD Feirense / FC Porto, que terminou com a esperada vitória do FC Porto, diante uma equipa que se apresentou com apenas 10 jogadores, mas que deu uma “luta inesperada” nos primeiros 30 minutos, quando se registaram diversas igualdades no marcador (10-10, 12-12, como exemplo), obrigando a equipa do FC Porto a um esforço de que não estaria á espera, mas mesmo assim chegou ao intervalo já na frente do marcador por 19-16. No segundo tempo, verificou-se uma nítida quebra da equipa do CD Feirense, com o FC Porto a construir passo a passo a sua robusta vitória. João Cardoso com 8 golos, Nuno Reis e Rafael Guedes, ambos com 7 golos cada foram os melhores marcadores do CD Feirense, no FC Porto onde 10 jogadores marcaram golos, Miguel Pinto, João Furtado e Miguel Salgado, todos com 6 golos cada, foram os seus principais marcadores.

Classificação Final da 1.ª Fase - 1.º Águas Santas (52 pontos), 2.º FC Porto (49 pontos), 3.º Ismai (42 pontos), 4.ºABC (41 pontos), 5.º AA Avanca (38 pontos), 6.º CD Feirense (33 pontos), 7.º Xico Andebol (30 pontos), 8.º Académico FC (29 pontos), 9.º Boavista FC (27 pontos), 10.º GC Santo Tirso (19 pontos).

Zona Sul
14.ª Jornada
Dia 25-02-17
Estarreja AC 28 – 33 Sporting
18.ª Jornada
26-02-17
Juventude Lis 32 – 23 ADC Benavente
Belenenses 26 – 25 São Bernardo
AC Sismaria 26 – 20 Estarreja AC
Benfica 25 – 21 Sporting
Ginásio Sul 23 – 27 Alto Moinho

Apurados Fase Final Grupo A – Benfica, Sporting, e Estarreja AC
Equipas Na Fase de Apuramento, Grupo B, e pontuação que transita – AC Sismaria (21 pontos), Alto Moinho (19 pontos), Belenenses (17 pontos, São bernardo (15 pontos), Juventude Lis (13 pontos), ADC Benavente (12 pontos), Ginásio Sul (11 pontos).

Zona, onde apenas o terceiro apurado da zona, estava por decidir, e depois da vitória da equipa do Sporting no jogo em atraso da 14.ª jornada, assim continuou. Foi uma jornada onde tudo ficou clarificado, com o apuramento do Estarreja AC por um golo. Foi uma jornada onde apenas 2 resultados foram confirmados em relação à jornada homóloga da 1.ª volta, e onde se verificaram 2 jogos com ocorrências disciplinares. Vamos começar pelo e encontro que iria decidir o 3.º apurado da Zona para a Fase Final Grupo A, o AC Sismaria / Estarreja AC, foi um encontro com duas parte distintas, pois nos primeiros 30 minutos apesar do equilíbrio verificado a equipa do Estarreja AC, esteve quase sempre no comando do jogo e do marcador, excepcto quando permitiu uma igualdade a 11 golos perto final do primeiro tempo, para chegar ao intervalo na frente do marcador por 12-11. No segundo tempo inverteram-se as situações, sendo o mesmo disputado com total supremacia da equipa de Gândara que chegou a ter o apuramento nas suas mãos, quando vencia por 8 golos de diferença, aos 24-26, e aos 25-17, e até os 7 golos poderiam servir á equipa local, pois a forma de desempate era favorável á equipa visitada, que perdeu o apuramento nos momentos finais do encontro, ao vencer o encontro por apenas 6 golos de diferença. (jogo com ocorrências disciplinares). Simão Santos com 10 golos, foi o melhor marcador do AC Sismaria, com os melhores marcadores do Estarreja AC a não passarem dos 4 golos (Diogo Vaia, Tiago Couto, e Pedro Oliveira). A jornada tinha ainda um clássico da modalidade e do escalão o Benfica / Sporting, que foi um dos resultados confirmados em relação ao ocorrido na 1.ª volta, que terminou com a vitória do Benfica num encontro de grande equilíbrio, onde foram privilegiados os sistemas defensivos, e apesar do equilíbrio ao longo dos 60 minutos o Benfica comandou o marcador a maior parte do tempo, atingindo-se o intervalo com o Benfica vencer pela diferença mínima (12-11), depois de ter estado com 3 golos de vantagem (10-7). No segundo tempo o Sporting, entra bem e iguala a 14 golos, para posteriormente ficar na frente do marcador por 17-15, sofrendo de seguida um parcial de 4-0 e o Benfica voltou a assumir o comando do jogo por 19-17, mantendo o mesmo até final do jogo, e terminando esta Fase da prova só contabilizando vitórias. No Benfica João Machado com 6 golos foio melhor marcador da equipa, por sua vez no Sporting com 10 jogadores a marcarem golos, Joel Ribeiro com 7 golos foi o principal marcador da equipa. No outro encontro onde se confirmou o resultado da 1.ª volta foi o Ginásio Sul / Alto Moinho, com a equipa do Ginásio Sul a dar uma excelente réplica em especial durante os 30 minutos iniciais, em que chegou a estar na frente do marcador (10-9, por exemplo), para posteriormente começar a ceder e ao intervalo, já o Alto Moinho comandava o marcador e o jogo por 15-12. Segundo tempo sem grande história, a não a flutuação do diferencial que chegou a ser de 7 golos, a favor da equipa visitante, por 21-14. Fábio Veloso com 5 golos foi o melhor marcador do Ginásio Sul, no Alto Moinho, onde 11 atletas marcaram golos, Victor Talmazan com 7 golos foi o seu principal marcador. Tivemos em Leiria o Juventude Lis / ADC Benavente, jogo onde foi rectificado o resultado em relação ao verificado na 1.ª volta, foi um jogo onde o equilíbrio apenas se verificou até uma igualdade a 7 golos, ainda nos primeiros 30 minutos, com a equipa da Juventude Lis a assumir o comando do jogo e do marcador para já vencer ao intervalo por um claro 17-11. No segundo tempo manteve.se o ritmo do primeiro comos leirienses sempre no comando marcador e aumentando a diferença a seu favor no términus do jogo. Na Juventude Lis, Fábio Moreira com 9 golos, e Pedro Santos com 7 golos, foram os melhores marcadores da equipa. Por sua vez André Rodrigues com 8 golos e Diogo Lazaro com 6 golos, foram os melhores marcadores do ADC Benavente. Terminamos com o jogo mais equilibrado da jornada o Belenenses / São Bernardo (jogo com ocorrências disciplinares), que terminou com a vitória do Belenenses pela diferença mínima, num encontro onde foram várias as situações de igualdade, durante os 60 minutos, face ao equilíbrio verificado, entre as duas equipas, e até com alternâncias no comando do marcador. Gabriel Cavalcanti com 9 golos foi o melhor marcador do Belenenses, por sua vez com o mesmo número de golos temos Carlos Madureira, a ser o melhor marcador do São Bernardo.

Classificação Final da 1.ª Fase - 1.º Benfica (54 pontos), 2.º Sporting (49 pontos), 3.º Estarreja AC (42 pontos) 4.º AC Sismaria (42 pontos), 5.º Alto Moinho (38 pontos), 6.º Belenenses (34 pontos), 7.º São Bernardo (30 pontos), 8.º Juventude Lis (26 pontos), 9.º ADC Benavente (23 pontos), 10.º Ginásio Sul (22 pontos).

O Sorteio para a Fase Final, realiza-se em 27-02-17 na Federação

O Noticias

26 comentários:

Anónimo disse...

por um golo, é trite e chato, como é possível, levar com 3 batatas seguidas e ser eliminado, alguém me pode dizer

Anónimo disse...

no sismaria- Estarreja ,apesar dos srs árbitros (como se previa) terem ajudado a sismaria ,mas nada puderam fazer nos momentos finais.

anonimo disse...

ohhhh...que chatice!!!! Lá vai o Estarreja ter que ir a fase final!! Gostei imenso.....

Anónimo disse...

Ao anónimo das 22:47:

Só pode ser alguém de Estarreja "inchado", como podem dizer isso quando tiveram toda a sorte do mundo em conseguir o apuramento?

Ou acha que o ACS precisava de favores de alguém para ter o jogo na mão quando deu o baile que deu na 2ª parte?? Ganhe mas é juízo.

Acha previsível que árbitros internacionais (e por sinal os melhores do pais) faziam alguma coisa para ajudar algum dos clubes? Deve estar a ver provavelmente como as coisas a nível de jogos se passam para os seus lado.
Lá as arbitragens são do melhor!

Anónimo disse...

O Estarreja deve saber como fazem e as ajudas que têm quando têm árbitros da associação deles. Aqui não é assim, pelo quando se consegue algo é com esforço. Fosse outra equipa qualquer, de outra associação do país e aí sim, teria havido jeitinhos, inclusivamente talvez com intervenção do presidente da associação local. Mas aqui em Leiria, o nosso só quer é praia e passear e está-se bem a lixar para proteger os clubes locais.

Anónimo disse...

não me digam, que culpa de não serem apurados é do presidente da associação, não acham que isso é conversa muito má até para vocês, então queriam que homem interviesse para vos dar o apuramento, porque não jogam mais.

Anónimo disse...

Dizem eles que a sismaria foi ajudada???? Com ajudas destas.....

Anónimo disse...

Azia total para esses lados. Não se esqueçam que tambem levaram um banho de bola na primeira volta no pavilhão de Estarreja.E se estão assim perguntem ao vosso guarda redes porque é que fez aquela falta anti desportiva a sete segundos do fim.... Pelos vistos ele não queria ir a fase final!!!

Anónimo disse...

Vá lá não fiquem com azia... podem sempre comprar pastilhas para ela na farmácia..

São sempre tão bons que desta vez, outros foram melhores...

Quando jogarem com o Belenenses, e Alto do Moinho imaginam que estão a jogar contra o Aguas Santas, o Porto, etc...

O Estarreja vai fazer o que vocês não fizeram não se preocupem, vão dar conta do recado.

Saudações desportivas.

Anónimo disse...

Só tenho uma coisa a dizer em nenhum dos dois jogos entre a Sismaria e o Estarreja ouve mão da arbitragem em Estarreja o Estarreja deu banho de bola a Sismaria tanto é que esteve a ganhar por 13 e na Sismaria o Estarreja entrou mal na segunda parte mas teve a estrelinha da sorte portanto as pessoas da Sismaria deixem se de se queixar da arbitragem pois não têm razão nenhuma para se queixar

Anónimo disse...

Em leiria vendem se melões!!!!

Anónimo disse...

Acho imensa graça ao anónimo que fala do banho da 2ª parte???? Então o jogo so teve uma parte? Acho que o resultado ao intervalo era 11-12. Pormenores. Depois o que esperam de um guarda redes que nos dois jogos tem um comportamento deplorável para não dizer "maluco" sempre com a conivência dos srs. árbitros.
Aproveitem e falem do 1º jogo quando estavam a levar 13 de diferença!
Agora joguem aí com os vossos rivais da Juve Lis que estão fraquinhos e descarreguem neles a vossa frustração. Para o ano há mais, mas nós vamos continuar fortes!

Anónimo disse...

É óbvio que tem que haver azia. Nos ultimos 10 segundos, a sismaria com posse de bola, e árbitros que são de leiria marcam um passivo directo por um passe de uma falta para o guarda redes e dão vermelho ao jogador que passou a bola por conduta antidesportiva, e marcam um 7 metros (não foi ao guarda-redes, como alguém aqui disse). Mas algum dia isto se passava noutro lado? Só numa terra onde querem protagonismo e viagens à custa dos outros.
Mas parabéns ao estarreja, que é uma excelente equipa e nenhuma culpa tem em relação à gente que manda no andebol e na arbitragem. Até porque em vez de apitarem perto é muito melhor ganhar uns trocos nas deslocações.

Anónimo disse...

O dirigente do Estarreja que foi provocar e insultar os miúdos no final do jogo devia era ter vergonha na cara!!!

Anónimo disse...

Olha , novidade a sismaria a queixar-se da dupla(Eurico e Ivan) que tanto os ajudou na 2ª parte. Com jogadores indisciplinados paga-se a fatura ,mas para disciplinar é preciso ter treinadores e dirigentes educados e bem formados, o que não é o caso. São vaidosos, têm a mania da superioridade, como demonstraram neste jogo. Para taparem o sol pela peneira queixam-se do diretor do Estarreja.
Ganhem humildade e respeitem os outros quando perdem e quando ganham. Tiveram o que mereciam.

Anónimo disse...

Parabéns ao Estarreja..o resto é conversa.
O que não deveria ser tema de conversa é a atitude do dirigente do Estarreja no final do jogo, já não via uma situação destas há muito tempo...felizmente! Se não fosse o comportamento calmo de alguns dirigentes e dos treinadores da Sismaria (vaidosos e com a mania da superioridade) se calhar o filme tinha acabado mal. Um indivíduo com aquela idade não pode ter atitudes destas!!! Pode ser que um dia se dê mal...pode ser que esse dia esteja mais perto do que ele imagine.

Anónimo disse...

Ó anónimo das 13:18, vê-se bem em que Campos joga. A inveja faz tanto mal. Mas um dia, com mais trabalho, menos garganta e vaidade o garoto, que não tem culpa nenhuma, chega lá.
Já quanto às críticas ao Zeller, é giro que ninguém repare que ele não teve nada a ver com isto.
Quanto ao resto, parabéns Estarreja, que não desperdiçaram pontos nos jogos "a brincar" e tiveram a sorte de ter árbitros de leiria a ajudar quando foi preciso. Se o Estarreja mereceu pelo campeonato que fez, a Sismaria merecia não ter sido assaltada no fim.
Que tenha visto, o dirigente e presidente do Estarreja não reagiu pior do que seria provável num encontro destes. Era muita emoção, e foi tudo natural, com pequenos excessos. Faz parte.
Resta agora ao internacional baixinho fazer o papelinho do costume enquanto se ri por dentro.

Anónimo disse...

Bonito é ver o gr do sismaria e alguns outros jogadores ameaçarem jogadores do Estarreja em frente aos árbitros e o relatório sair para o miúdo que é ameacado, mas ninguém se preocupa, o rapaz ainda irá usufruir de alguns jogos da fase final, já os outros ficaram a descarregar nos fraquitos

Anónimo disse...

Mas vocês estão a falar de quê???
Final da liga dos campeões???
Acesso ao campeonato da Europa???

Somos mesmo um povo mesquinho e propotentes

Anónimo disse...

Mas o que há a comentar?

Isto é só rir.

Ou o que aconteceu nos segundos finais do jogo não é o que mandam as regras?

Ou os árbitros porque são de Leiria deviam de tapar o olhos e deixar passar?

Lol joguem mas é!

Anónimo disse...

Mas tantos comentários não sei para quê, nós no ACS continuamos a ser os melhores, por essa razão é que nos escalões de formação continuamos a seguir sempre para as 2ª fases e fase finais e isso ninguém nos tira.
Continuamos a ter os melhores atletas e isso é mérito nosso.

Se não fosse a roubalheira do costume, quem estava na fase final éramos nós e não o Estarreja.

Anónimo disse...

É ridículo queixarem se da arbitragem vejam o que diz as regras sobre os últimos 30 segundos e estejam caladinhos joguem com o ginásio e com o Benavente essas potências do andebol português ����

Anónimo disse...

Ninguém fala do que aconteceu. É bocas atrás de bocas e que se lixem os putos. Mas eu, que me limitei a tentar ver um jogo de andebol, resumo: a 7 segundos do fim, ao marcar uma falta no campo do Estarreja, um jogador da Sismaria passa a bola ao guarda redes. O árbitro assinala passivo direto, mas a bola está a 20 metros do local da falta. Já depois do toque final, o árbitro Eurico Nicolau resolve então dizer que o mesmo jogador que passou a bola impediu que se marcasse a falta, e então resolve expulsá-lo e dar o 7 metros final. Os dirigentes do Estarreja entram em campo, enquanto o outro árbitro está perplexo no meio do campo e acha que o jogo acabou. Só muitos segundos depois vê o que o colega fez. O Eurico nem ao menos esperou pelo Ivan para marcar a falta. Quis mesmo lixar a Sismaria. Não se trata de ser beneficiado ou não. Trata-se de apitar em consciência.
Se isto se passava em mais lado algum do mundo, não sei. Mas em Leiria é normal. Em Estarreja, ou noutro local qualquer, era muito grande a probabilidade do Eurico sair escoltado e eventualmente com umas nódoas negras. Nessa hora o presidente da AAL estava a beber ponchas na madeira com o seleccionador adjunto dos iniciados, porque o seleccionador principal não foi, sabe-se lá porquê.
O andebol está moribundo em Leiria. A Juve definha, a Sir só serve para vinganças, a Sismaria escolheu o caminho errado, o Cister vai sobrevivendo e o resto morreu. O Eurico, que é da terra, conseguiu desacreditar o pouco que restava.
Parabéns aos miudos do Estarreja, que foram apurados e reagiram como gente grande, e aos da Sismaria, que resistiram a isto com choros mas com uma calma que não seria de esperar. Quanto aos adultos, pelo que se viu cá de cima, e em especial o presidente do Estarreja, espero que estejam contentes com o triste espetáculo. Daqui a 10 anos restará um ou dois a jogar.

Anónimo disse...

ao anónimo das 1 de março de 2017 às 18:12

O árbitro cumpriu com os regulamentos. O que o vem aqui dizer com as letras todas é que o árbitro por ser da terra (e amigo da sismaria, digo eu) cometeu o "crime" de assinalar. Quanto ao andebol de leiria estar mal ( O andebol está moribundo em Leiria. A Juve definha, a Sir só serve para vinganças, a Sismaria escolheu o caminho errado, o Cister vai sobrevivendo e o resto morreu. O Eurico, que é da terra, conseguiu desacreditar o pouco que restava.)conforme diz e também segundo se sabe em todo o lado muito se deve à politica de esvaziamento que o seu clube faz aos demais. `Sobre atitudes o "amigo" estava na bancada mas só viu umas atitudes, nunca reparou num casal e particularmente numa espécie de pessoa de óculos e aspecto rude que insultou,ameaçou toda a gente do principio ao fim do jogo. Tem razão o árbitro tem de apitar em consciência, foi o que ele fez. Só estou indignado quando diz " a sismaria escolheu o caminho errado". Eu posso interpretar da forma seguinte: Já trabalha na sismaria um árbitro-observador nacional,etc,etc. Se calhar quer dizer que a sismaria tem de apostar em dar mais emprego a árbitros.

Anónimo disse...

ao 1 de março de 2017 às 23:45

Tem a certeza que trabalha na sismaria algum arbitro? Tem a certeza que ainda seja arbitro. Se consultar o site da FPA vai ver que não é assim. Quanto ao esvaziar, que tal perguntar aos miúdos porque querem sair desses clubes. Pergunte aos que foram porquê e qual a diferença? Talvez não seja a politica do Sismaria, mas a falta dela noutros clubes.....

Anónimo disse...

Se não é arbitro não sei porque é que apita jogos do regional, se não é não o devia fazer correcto?

"Quanto ao esvaziar, que tal perguntar aos miúdos porque querem sair desses clubes. Pergunte aos que foram porquê e qual a diferença? Talvez não seja a politica do Sismaria, mas a falta dela noutros clubes....."

Esta é boa, metem os putos a convidarem uns e outros de outros clubes e depois são os miúdos que querem sair porque falta politica nos clubes de origem.

Que cambada.... quantos clubes vão acabando em Leiria por causa da vossa politica??

É tudo tão bom, que as coisas correram como correram com os seniores este ano, com atletas que saíram, com outros que foram "despedidos", com treinadores que se despediram, etc, etc, etc.