gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Crónica de Fim-de-semana – 40 – 2016 / 2017 – I

Crónica de fim-de-semana da PO01, onde se jogaram os restantes jogos da 22.ª Jornada.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

13.ª Jornada
Dia 15-02-17
Águas Santas – ABC (21H00)
16.ª Jornada
Dia 08-03-17
ABC - SC Horta (21H00)
17.ª Jornada
14-02-17
SC Horta – Ismai (21H00)
22.ª Jornada
Dia 08-02-17
Boa Hora 26 – 39 Benfica
Sporting 26 – 27 FC Porto
ABC 32 – 29 Belenenses
Dia 11-02-17
Águas Santas 23 – 23 AA Avanca
AC Fafe 27 – 27 Ismai
São Mamede 16 – 36 Madeira SAD
Arsenal 30 – 29 SC Horta

Disputaram-se os restantes 4 jogos relativos à 22.ª Jornada (9.ª da 1.ª Volta), em virtude os outros já trem sido disputados e comentados por antecipação, em virtude de alguns dos seus intervenientes, participarem em jogos das Competições Europeias, este fim-de-semana. Nos jogos realizados não se registaram ocorrências disciplinares, e em dois deles foi retificado o resultado verificado na 1.ª volta

Águas Santas 23 – 23 AA Avanca

Jogo disputado no pavilhão do Águas Santas, e onde foi retificado o resultado verificado na 1.ª volta, tivemos um jogo emotivo, e de resultado imprevisível até ao fim do mesmo, com os guarda-redes a serem na nossa opinião as principais figuras do encontro, António Campos na baliza maiata com 42% de eficácia, e Alejandro Carreras com 32% de eficácia, e defesas em momentos decisivos do encontro. A equipa da AA Avanca comandou o o jogo e o marcador até cerca dos 25 minutos de jogo, chegando a ter vantagens de 4 golos, mas sempre com a equipa maiata responder o melhor possível (não nos podemos esquecer da carga de jogos que a mesma possuiu, em curto espaço de tempo), e ainda nos 30 minutos iniciais, o Águas Santas apenas por uma vez comandou o marcador (10-9) aos 26 minutos de jogo, para o intervalo chegar com tudo numa perfeita igualdade. (10-10), com Elias António a ser uma das figuras da equipa maiata (8 golos, 5 no primeiro período, e 62% de eficácia, pois Pedro Cruz apesar dos seus 6 golos não esteve em dia sim e a sua eficácia de apenas 46 % é completamente esclarecedora, no entanto a entrega das duas equipas onde a AA Avanca se apresentou com uma defesa muito bem arrumada e um ataque com trocas rápidas, e que criaram alguns problemas ao Águas Santas, teve Pedro Valdez em especial no segundo período o seu principal elemento de campo com 8 golos e 50% de eficácia, apesar do jovem Diogo Oliveira ter concretizado 6 golos (50% de eficácia), mas por vezes, ter dados mostras da sua imaturidade. Dizer o resultado final é exatamente p mesmo que se registava aos 27 minutos de jogo, com Pedro Cruz a falhar o possível golo da vitória a 22 segundos do fim e a dupla de arbitragem a assinalar e bem uma violação da área a Alberto Silva a 10 segundos do fim. Com este resultado temos a discussão pelo 6.º lugar bem “quentinha”. Dirigiu o encontro a dupla internacional de Braga constituída por César carvalho e Daniel Freitas, em que a única coisa que se lhe pode dizer é o seu critério de 7 metros, que se aceita desde que seja igual para os dois lados, assim teremos de referir a sua arbitragem como positiva, para o que se têm visto por aí.

Em Fafe tivemos o AC Fafe / Ismai, que foi mais um resultado que foi retificado em relação ao verificado na 1.ª volta, e que terminou em mais uma igualdade a 2.ª em 4 golos, oque também poderá ser um dado indicativo do equilíbrio “por baixo” entre as equipas que participam nesta prova. No primeiro tempo de jogo total equilíbrio no jogo e no marcador e até nas alternâncias no marcador que nunca excederam os 2 golos para cada lado, para a equipa do AC Fafe chegar ao intervalo na frente do marcador pela diferença mínima (13-12). No segundo tempo, a equipa maiata melhor ao seu rendimento e passa para a frente do marcador, para aos 52 minutos estar na frente do marcador pela maior diferença então registada (5 golos) quando estava na frente do marcador por 25-20, para permitir uma excelente reação do AC Fafe, que iguala o marcador por João Fernandes no último minuto de jogo. Apesar da prestação de Reyniel Nelson na baliza do Ismai com 38% de eficácia, a mesma não foi suficiente para evitar a igualdade final. Paulo Silva com 7 golos (70% de eficácia) e O “veterano” Nuno Pimenta com 6 golos (100% de eficácia), foram os melhores marcadores do AC Fafe. Por sua vez o Ismai que teve 10 jogadores a marcarem golos, com especial eficácia nos 6 metros e no contra-ataque, teve em Angel Zulueta com 5 golos (63% de eficácia), o seu principal marcador.

No Pavilhão Eduardo Soares, disputou-se o São Mamede / Madeira SAD, jogo onde foi confirmado o resultado da 1.ª volta, com a equipa madeirense a dominar o encontro em todas as suas vertentes, comandando o jogo praticamente durante os 60 minutos, e deixando a equipa do São Mamede a continuar á procura de alcançar a sua primeira vitória na prova. Ao intervalo o Resultado já era favorável ao Madeira SAD, por uns claros 18-7, com a diferença no segundo tempo a situar-se em valores que não se coadunam (na nossa opinião) com uma 1.ª Divisão, para terminar com um resultado dos mais dilatados que se têm registado na prova. As diferenças da prestação dos guarda-redes não justifica tudo, apesar de quer Yuesnier Giron (47% de eficácia), quer Luís Carvalho (61% de eficácia), não terem qualquer comparação com o verificado na baliza do São Mamede, onde dos 2 guarda-redes utilizados o mais regular, Tiago Amorim não passou dos 21% de eficácia), de destacar na equipa madeirense os 10 atletas que marcaram golos, com João Martins e os seus 6 golos (86% de eficácia), bem acompanhado por João Gomes (83% de eficácia) e Fábio Magalhães (63% de eficácia), ambos com 5 golos cada, foram os principais marcadores da equipa.

A Jornada terminou no Flavio Sá Leite com o jogo Arsenal /SC Horta, que foi mais um jogo onde se confirmou o resultado da 1.ª volta, e foi um encontro com um “filme” já visto nos jogos desta jornada. Neste encontro, que cada equipa dominou o seu período de jogo, Nos primeiros 30 minutos total domínio do SC Horta que chegou ao intervalo a vencer por uns claros 18-11 (7 golos de diferença, que neste período chegaram a ser de 8, por exemplo aos 29 minutos quando vencia por 18-10).Segundo 30 minutos de total domínio da equipa continental do Arsenal, que nos últimos 5 minutos de jogo faz um parcial de 6-0, colocando-se na frente do marcador por 30-28 aos 59 minutos de jogo, com os açorianos a marcarem o seu último golo em cima do términus do encontro. O Guarda-redes do SC Horta teve um jogo para esquecer apenas 14% de eficácia, contra os 24% de eficácia de Ricardo Castro, o Arsenal com 11 jogadores a marcarem golos teve em João Santos (6 golos, 75% de eficácia), João Ferreira (5 golos, 100% de eficácia) e Rui Lourenço (5 golos, e 83% de eficácia), os seus principais marcadores, por sua vez Angel Norris (6 golos e 67% de eficácia), Hugo Freitas (83% de eficácia), Edgar Landim (63% de eficácia) e Noelvis Reve (71% de eficácia), todos com 5 golos os seus melhores marcadores.

A Classificação está assim ordenada: - 1.º FC Porto (66 pontos), 2.º Sporting (60 Pontos), 3.º Benfica (56 pontos), 4.º ABC (51 pontos, - 2jogos), 5.º Madeira SAD (47Pontos), 6.º AA Avanca (45 pontos), 7.º Águas Santas (44 pontos, -1 jogos), 8.º Ismai (38 pontos, -1 jogo), 9.º Belenenses e AC Fafe (37 pontos), 11.º Boa Hora (36 Pontos), 12.º Arsenal (34 pontos), 13.º SC Horta (28 pontos, -2 jogos), 14.º São Mamede (25 pontos). 

O Banhadas Andebol

19 comentários:

Anónimo disse...

"que também poderá ser um dado indicativo do equilíbrio “por baixo” entre as equipas que participam nesta prova. "

Tendo em conta que o fafe quase que ganhava ao invicto porto e o ismai ganhou mesmo na luz e ao madeira sad...faz todo o sentido esta frase... lol

Anónimo disse...

Viu-se na Dinamarca que as defesas individuais funcionam melhor com uma ajudinha do apito...

Anónimo disse...

Ao anónimo de 12 de fevereiro de 2017 às 14:19

Viu-se na Dinamarca uma arbitragem deplorável para o nível das equipas. O critério disciplinar é completamente absurdo e as decisões de L7mt´s são hilariantes.
Vamos ver cá,a qualidade!

Viu-se também pelo comentário que é uma pessoa entendida....em bilhar.

Anónimo disse...

Estes empates cheiram a apostas desportivas para pagamento de "salários"...

Anónimo disse...

Aguas Santas-Avanca
23-23
excelente jogo e estava em cima da mesa o apuramento ou não de uma das equipas para o TOP6 da 2ª Fase.
Excelente participação das 3 equipas e a Dupla de arbitro esteve bem com algumas intervenções menos felizes mas o seu nível está muito melhor.
Podiam ter ganho ambas as equipas quem tem a bola do JOGO foi o Asantas no ataque rápido e Pedro Cruz não consegui surpreender o GR do Avanca e ficou o empate(foi adiado quem vai para o TOP6.
Um detalhe o treinador do Avanca Carlos Martingo ensaiou e deve ter treinado o ataque 7x6 e correu mal a experiência 3 tentativas 2 golos na sua própria baliza!
Uma outro detalhe foi a fraca exibição do ponta direita do Avanca Internacional "A" a falhar sistematicamente a finalização. Deve corrigir com a maior brevidade!
Publico de ambas equipas entusiasta e valeu a pena assistir a um jogo de grande intensidade por parte das 2 equipas e Treinadores Paulo Faria e Carlos Martingo no 1º plano do jogo.
Flores da silva

Anónimo disse...

Classificar a arbitragem do Águas Santas-Avanca como positiva, é no mínimo tendencioso, assim como a arbitragem em questão! "Uma arbitragem positiva" apesar de não terem tido o mesmo critério para ambas as equipas nos 7 metros é atirar areia para os olhos a quem viu este jogo! O Águas dispôs de 10 livres de 7 metros Contra 3 do Avanca, o resultado foi um empate a 23 e chamam a isto uma arbitragem positiva????
Meus senhores foi um roubo!!!! Está dupla foi fortemente criticada pelo Águas antes do jogo, segundo se consta até para a Federação pediram a alteração da dupla e agora vocês classificação está atuação como positiva? Como é que é possível esta dupla ser internacional? TENHAM JUÍZO!!!!! FOI UM ROUBO!!!!!

Anónimo disse...

Anonimo das 14:19

Toda a razão. Olhando para as arbitragens cá, todos os critérios de 7mt e disciplinares foram hilariantes. Há quem seja entendido em andebol, e quem seja entendido em andebol... tuga.

Anónimo disse...

13 de fevereiro de 2017 às 11:24

Caro amigo esteve noutro jogo e imaginou o jogo que comentamos!
Há melhores duplas e deviam estar presentes mas o CA assim não achou e eu só comento o que vi e sei ver e não manco da cabeça.
Se o Asantas tivessem 2 cubanos do valor do Avanca sabe quem ganhava!
Próxima 4ª feira outro grande jogo Asantas-ABC.
Apareça e vamos ver o mesmo jogo até pode estar sentado a meu lado vou de gabardine preta.
Abraço
Flores da Silva

Anónimo disse...

Não me lembro dum filme de suspense como o Sporting-Porto. Sejamos honestos. Este Zupo merecia uma estátua. Nunca teve um jogo capaz de satisfazer os adeptos. Um! Neste clássico como catedrático que é, chegou apesar da insegurança a jogar sem guarda-redes. Porque raio uma equipa a onze minutos do final a ganhar por sete, resolve acelerar o jogo e, ainda tentar humilhar com lances adornados? Na marcação dos famosos livres de sete M desta vez, Portela nem entrou no elenco. A Zupo apeteceu-lhe pôr João Pinto! Mais uma vez na parte tática este expert errou e nem um dia não, de alguns processos de jogo do oponente serviram para ganhar? Escolheu mal o jogo para estreia do último reforço. Não ficaria mal a Zupo descascar em Ruesga ou Bojovic? regular e bom só Asanin que não deve ficar por ali muito tempo. Não podem pagar-lhe como em França,Alemanha, Espanha etc...
O futuro do andebol do Sporting é negro. Basta mudar o treinador principal com a caldeirada que tem sido? Confesso achei piada ao (André o batata) como "treinador de guarda-redes". Deve perceber de balizas que é de loucos. Ele jogou aonde? Onde tirou o curso? Ou tem algum negócio por aqueles lados? Porque não vai estudar ou trabalhar e em último caso, guardar a estátua do Eusébio? esteve lá á beira tantos anos que, deve gostar dela! RRRRRua e leva o Carlinhos lesionado Carneiro contigo!

Anónimo disse...

A bomba vai se dar para lados do restelo joao florencio a caminho de alvalade, Pedro Pinto ja esta epoca para Boa-Hora e Joao Moniz, Carloto e Nuno Pinto a caminho do Boa-Hora para proxima epoca, Diogo Domingos a caminho da Macedonia tb na proxima epoca. Pois la vai o Belenense pedir em vez de 6 jogadores ao benfica emprestados vai pedir a equipa b

Anónimo disse...

Sr. Flores da Silva, Leve antes uns óculos!!! Assim poderá ser imparcial!

Anónimo disse...

A menos que ainda va publicar um comentário sobre a prestação de todos os seniores "A"...vejo ai uma pontinha de azia com o avanca..

Anónimo disse...

Ao anónimo de 13/02/2017 ás 15.51 não sei como sabes tanta coisa, porque se calhar o tiro vai-te sair pela culatra. Tu que tudo sabes tens azar que não será bem assim, mas vamos lá ver se os fundos comunitários irão ser melhor investigados e se a torneira acaba, e tu vais receber ao Tota porque os teus directores não têm cheta. Vai na conversa do teu Treinador estúpido todos os dias e não faças mais uns pontos e vê se calhas lá em baixo. Tem juízo e não brinques com o fogo.

Anónimo disse...

13 de fevereiro de 2017 às 16:09
Os seus comentários nem com óculos ajudam a manjar melhor, mas isso esta no seu ADN. Fraco,ignorante e vaidoso!
Arbitragem é tipo futebol!

Anónimo disse...

13 de fevereiro de 2017 às 16:09
Daqui escreve o Fraco, ignorante e vaidoso, pelos vistos não é só de andebol que não percebe, português também não é o seu forte, pois não????

Anónimo disse...

Os comentários sobre o Belenenses demonstram bem que, há quem ande no mundo por ver que andam cá outros. Tanto disparate junto leva a pensar que, as doenças mentais têm aumentado. E mais uma vez achas para a fogueira de quem, pretende uma guerra entre belenenses e Boa-Hora. Agora façamos um teste. Aqui vai. Nuno Grilo volta ao Porto. Pinho para o Boa-Hora. Semedo para o Iraque. Domingos para a Bulgária. Florêncio para o Benfica. Não acreditaram em nada? Porquê?

Anónimo disse...

Porque será caros entendidos sobretudo aquela gordinha do Porto canal e, o filósofo professor que comenta que, no estrangeiro o Porto joga diferente. Vai ser campeão em Portugal mas não parece estar á vontade lá fora. Em Portugal o ABC distraiu-se, O Benfica é oito ou oitenta e o Sporting trabalha árduamente para acabar com o Andebol no clube...

Anónimo disse...

deixem de bater no Zupo. Alguém está a fugir ás responsabilidades. Por isso é que o andebol do Sporting é um labirinto. Demitam-se todos e deixem de desviar atenções. Tudo isto acontece porque um garoto, de tiques e má criação e que, se porta como mero adepto, nada percebe de nenhum desporto e de gestão ainda menos! Tem é a barriga cheia e a conta bancária e abaixo dele há mais. Todos a mamarem com despesismo que lhes convém!

Anónimo disse...

O Florêncio no Sporting? Depois do Zupo esperava que limpassem aquela secção e aquele balneário. Bastou de distãncia tremenda entre treinadores e jogadores e dum chefe máximo de modalidade que, depois de tanto escandalo continua. Quer dizer que agora, ás tantas trazia o adjunto e ficávamos com mais um Benfiquista. Não chega termos o André, o Carneiro e o Pedroso? Pode haver mais e eu nem saber e desde que, se dediquem e se esfarrapem tudo bem. Agora se os metem cá pela porta das traseiras, chega! O que nos vale é que o Benfica já nada fará este ano e, com um pouco de sorte o ABC já encostou, depois de ter perdido ontem com o Àguas que só contra o Porto se deixa vencer.