gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

PO09 – Situação do Passos Manuel

IMPRESSIONANTE E INCOMPREENSÍVEL

Ao lermos hoje na informação desportiva, a atitude da Federação de Andebol, acerca do adiamento dos jogos da equipa Feminina do Passos Manuel, derivados do acidente de ação sofrido e noticiado, em tempo, e de a Federação fazer textos, a informar que estava acompanhar a situação com atenção e preocupação, ficamos estupefactos no mínimo, perante a intransigência manifestada pela Federação, escudando-se nos regulamentos e marcando os jogos em atraso para datas inconcebíveis, não existindo a mínima preocupação na defesa da integridade física das/dos acidentados. Lamentável e porquê?

Porque a Federação já alterou datas de outras provas via CO, ver por exemplo CO N.º 57, sobre a última jornada da PO01, emitido em 27-01-17.

Total desconhecimento do conteúdo do ponto 3 do artigo 11.º do Regulamento especifico da prova.
Total desconhecimento do conteúdo do artigo 9.º do Titulo 1 do Regulamento Geral da Federação.
Pois o que se verifica na nossa opinião é uma verdadeira falta de vontade, verificando tudo isto numa época que segundo a própria Federação diz ser dedicada em especial ao Andebol Feminino, mas depois tomam-se atitudes que provavelmente irão terminar no desaparecimento de mais uma equipa do Andebol Feminino (esperamos que não). Mais uma vez lamentável.

Diremos ainda para completar o “ramalhete”, que quem mais vezes infringe os seus próprios Regulamentos é a Federação, e dá-mos como exemplo, o Titulo 9 (Regulamento de Arbitragem, é completamente adulterado e nada é dito).

São feitos sorteios, sem as provas estarem homologadas, ver artigo 14.º do Titulo 8, por exemplo, como no caso do sorteio realizado sobre a Fase final da PO04, onde nem foram cumpridas 24 horas sobre o início do último jogo (18H00).
No final apenas teremos de dizer que a FAP é gerida por notas de imprensa, em vez de serem elaborados comunicados, depois de termos lido com a atenção a referida nota, mantemos na totalidade tudo que o dizemos, pois a FAP, tem instrumentos próprios para resolver a situação e é de muito mau tom e não fica bem evocar as faltas que o Presidente da FAP fez, para se poder inteirar pessoalmente do estado de saúde dos acidentados.

No final perguntamos mas que Regulamentos têm de ser cumpridos?

O Administrador

21 comentários:

Anónimo disse...

Li a nota de imprensa da FAP e não quis acreditar.

Que falta de classe de uma direção que evoca o esforço que o Laranjeiro teve de fazer para acompanhar o acidente das miúdas. Como se isso não fosse a sua obrigação!

Que triste uma modalidade onde, em dia de sorteio de quartos de final e meias finais de uma competição europeia, o destaque dos media é esta novela de acusações respondidas por "notas de imprensa".

Anónimo disse...

É um fenómeno multiplicado por tantas situações, que só torna o desporto menos nobre, correcto e humano. Deveria ser assunto tratado com cuidado e atenção. Lamentável.

Anónimo disse...

Parables pelo texto que coloca a nu a qualidade dos dirigentes da nossa modalidade, subscrevo na totalidade o comentário do anónimo das 17:39

Anónimo disse...

Se fosse a inscrição de mais um cubano já estava resolvido, e nem havia problemas,mas como é uma equipa que desistiu dos seniores porque não aceitou desde o inicio o aumento do número de clubes o apoio é só na teoria.

Anónimo disse...

Em vez de dirigentes, colocam-se marionetas, ou por outra se calharam já estão e tudo corria bem nem gastava tanto se fossem verdadeiras,

Anónimo disse...

"Se fosse a inscrição de mais um cubano já estava resolvido, e nem havia problemas,mas como é uma equipa que desistiu dos seniores porque não aceitou desde o inicio o aumento do número de clubes o apoio é só na teoria."

Acho que este comentário diz tudo. Visto que a federação não vai mexer qualquer cordelinho, era bonito ver os outros clubes unirem-se e apoiarem o andebol Feminino em geral, para abrir os olhos à grande direção da Federação.
Enfim, boa sorte ao Passos, que mais uma vez tem de lutar para sobreviver..

Anónimo disse...

Incrivel e vergonhoso para além de amador!!!

Anónimo disse...

Uma atleta operada e as restantes? Talvez devessem ser vistas pelo CMD... Parece-me que alguém anda a tentar tirar proveitos com uma quase desgraça. Enfim, é assim que vai o andebol nacional...

Anónimo disse...

Presente na Conferencia de imprensa o Presidente do Conselho Técnico da Federação, e agora como é, continua ou provoca a demissão, face a estes desmandos

Anónimo disse...

Isto só demonstra quem foram estes senhores no andebol..... NADA.

js disse...

Boa tarde, Não sou anónimo, chamo-me Jorge Sequeira e também estava o autocarro que capotou.
Também eu algo contundido, mas felizmente já não jogo e vou conseguindo retomar a minha atividade quotidiana.
Venho a este forum agradecer a preocupação dos diversos intervenientes anónimos e mais concretamente do Sr/Sra das 12H20. Com efeito, as atletas molestadas, para além daquela que foi operada, têm sido seguidas com todo o cuidado numa clinica conceituada em Lisboa. É o mínimo que o clube, dentro das suas limitações, podia fazer e estão disponíveis relatórios médicos circunstanciados, para alguma entidade que os requisitasse, com alguma finalidade construtiva. Obviamente não disponível para anónimos.
Quanto à 2a parte do interessante texto, concordo que até parece que alguém quer tirar vantagem destas fragilidades, mas pensando bem não acredito pois seria demasiado baixo.
Renovo os meus cumprimentos ao fórum. Jorge Sequeira Fernandes

Anónimo disse...

Não é admissível o que a FAP está a fazer.
Esta gente sabe o que está a fazer, o que torna muito mais grave a atitude.
Está mais que na hora de fazer saír porta fora esta cambada de mentecaptos.
Estou indignado, revoltado.

Anónimo disse...

Bom senso e tudo se resolve mas deve andar aí mão do artista de Guimarães presidente executivo!
Não gosta do Passos Manuel e quer acabar com o Clube!

Anónimo disse...

Mas já viram se há calendário disponível para que esses jogos fossem nas datas propostas? Jogar jogos da fase regular com os playoffs em andamento?

Luís Justo Máximo disse...

Com tanto anónimo, não admira que o Andebol andebol assim.
Luís Justo Máximo

Anónimo disse...

Eu também quero vir para aqui chorar! Como se faz?

Anónimo disse...

Já agora só uma questão para que serve uma pseudo associação de clubes que dá pelo nome de ANCAMP.

Anónimo disse...

Pelo que li já passou quase um mês.
Pelo que li os clubes solidários no dia e dias seguintes ao acidente acham que passado um mês é importante preservar a verdade desportiva (por outras palavras: querem jogar).
Na minha opinião podia-se esperar mais um tempo, o problema é quanto tempo. Mais 1 mês, mais 2, o campeonato este ano não terminar? Qual a opinião de todos os clubes envolvidos? Fica o desafio ao banhadas de os contactar todos e perguntar qual a sua solução/opinião.

Anónimo disse...

Adiar, adiar, adiar,....não adiar, não adiar, não adiar
Qualquer uma das situações teria sempre oposição. Prejudica-se todos por um ou um por todos?
Julgo que uma reunião entre todos os clubes e FAP teria resolvido o problema (mesmo sendo impossível que a decisão final fosse de agrado a todos). Os problemas do andebol resolvem-se em casa e não na comunicação social ou nos sites institucionais.

Uma pessoa do andebol neutra

Anónimo disse...

Acabem com a modalidade em Portugal. O Andebol não dignifica o nosso país. A FAP está falida, os jogos não tem público. É tempo de dizer chega.chega de amadorismo chega de preservanca num projeto sem rumo. Ou muda tudo ou mais vale acabar.

Anónimo disse...

Isto resolvia-se com demissões dos amadores da federação que, ganham como profissionais. È uma vergonha a bandalhice reinante. Um clube que deu ao andebol desta nação jogadores\as de selecção e não são poucos\as, merecia ao menos respeito! Ainda bem que se viram as imagens do acidente. Dá para aquilatar da gravidade do acidente. Sou um dos muitos adversários do Passos e em campo, procuro vencer. Fora dele respeito-o. Aquele clube em andebol é dos mais respeitados!