gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Crónica Relativa á PO09 - Play OFF – 29 – 2015 / 2016

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, e dedicada desta vez apenas aos jogos que determinavam a passagem às 1/2 Final do Play OFF (Grupo “A”), e aos jogos do Grupo se iniciou este fim-de-semana.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.
Jogos 1/4 Final (Play OFF, á melhor de 3, no sistema Fora, Casa, Casa) – Apuramento do 1.º ao 8.º Lugar

1.ª Jogo
CA Leça 24 – 36 Colégio Gaia
Maiastars 13 – 20 Alavarium
CS Madeira 28 – 25 SIR 1.º Maio/CJB
Juventude Lis 21 – 36 Madeira SAD

2.º Jogo
Dia 22-04-17
Madeira SAD 28 – 18 Juventude Lis
Colégio Gaia 34 – 25 CA Leça
Alavarium 26 – 24 Maiastars
SIR 1.º Maio/CJB 26 – 23 CS Madeira

3.º Jogo (Único que foi necessário)
Dia 23-04-17
SIR 1.º Maio/CJB 30 – 24 CS Madeira (C/Prolongamento)

Resultados até ao momento
Madeira SAD (2) – Juventude Lis (0)
Colégio Gaia (2) – CA Leça (0)
Alavarium (2) – (0) Maiastars
SIR 1.º Maio/CJB (2) – CS Madeira (1)

Nesta Fase, devemos antes de mais destacar a rápida resolução do protesto de jogo apresentado no Maiastars / Alavarium, por parte do Conselho Técnico da FAP, que permitiu que o 2.º jogo destes 1/4 Final fosse disputado sem constrangimentos. De salientar que apenas em um confronto foi necessário recorrer ao 3.º Jogo (SIR 1.º Maio/CJB – CS Madeira). E tivemos o regresso da Andebol TV às transmissões de jogos desta prova.

Na Madeira e tal como se previa, tivemos um 2.º jogo, de total domínio da equipa insular que tal como tínhamos previsto, foi um Play-OFF resolvido em apenas dois jogos, tal a diferença existente entre as duas equipas. A entrada mais uma vez forte da equipa do Madeira SAD, procurando resolver o mais rapidamente possível o encontro, de forma a poder gerir o plantel, sem grandes preocupações, levou a que o intervalo chegasse, já com um resultado de 16-9, que diz da superioridade da equipa insular. Nos segundos 30 minutos tivemos mais do mesmo, com a equipa do Madeira SAD a continuar a dilatar o resultado, e a vencer de forma clara a Juventude Lis, que foi uma digna adversária. A experiente Renata Tavares com 10 golos, e Soraia Lopes com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Madeira SAD, com Francisca Marques e os seus 7 golos, a ser a melhor marcadora da Juventude Lis. Com esta vitória o Madeira SAD vai defrontar nas 1/2 Final o SIR 1.º Maio/CJB.

No Colégio Gaia / CA Leça, também foi uma eliminatória resolvida em dois jogos, e neste segundo encontro a equipa do CA Leça, ainda equilibrou o encontro, chegando a estar na frente do marcador por 8-7, mas rapidamente o Colégio Gaia, meteu ordem na casa e passou o marcador para 10-8, e a partir deste momento, foi aumentando progressivamente o diferencial, embora contando sempre com a habitual garra da equipa do CA Leça, chegando ao intervalo já a vencer por um confortável 20-13. O que permitiu que a equipa da casa, no segundo tempo realizasse uma autêntica gestão do resultado e do plantel, e mesmo assim ainda dilatasse o marcador para os números finais. O Colégio Gaia com 12jogadores a marcarem golos teve em maria Duarte com 6 golos a sua principal marcadora. Enquanto no CA Leça, Cristiana Morgado com 8 golos foi a sua melhor marcadora. Com esta vitória a equipa do Colégio Gaia, fica apurada para as 1/2 Final da prova onde irá defrontar o Alavarium.

Num dos jogos que era aguardado com mais expectativa, devido aos acontecimentos do 1.º jogo, com protesto e tudo á mistura era o Alavarium / Maiastars, disputado no pavilhão do Alavarium, completamente cheio, e com transmissão pela Andebol TV. Foi um jogo com a equipa visitada a comandar o marcador durante os 60 minutos, mas em boa verdade nem sempre comandou o jogo. Início demolidor da equipa do Alavarium, que rapidamente chega ao 5-0 (aos 9 minutos de jogo), para após um período de total superioridade, a equipa do Alavarium chega aos 8 golos de diferença aos 18 minutos de jogo (11-3), Com Mónica Soares muito bem (11 golos no total), e melhor marcadora da equipa, Mas o Maiastars com dois Time-OUT’s ainda no primeiro tempo altera o seu sistema defensivo, passando a marcar individualmente as possantes laterais do Alavarium, e consegue diminuir a desvantagem chegando ao intervalo com o resultado em 14-8, a favor da equipa da Casa. NO segundo tempo com as laterais marcadas, e apesar de continuar a fazer o jogo possível, o Alavarium passa a resolver os seus problemas através da exibição de Maria Coelho (4 golos), mas o Maiastars com um forte aumento da pressão defensiva e enorme melhoria da sua eficácia no ataque, em especial através de Debora Moreno (8 golos no total), a que não é alheia a boa exibição de Liya Mingaleeva na baliza do Maiastars, diga-se neste ponte que Isabel Góis na baliza do Alavarium, acaba por ser uma das grandes responsáveis da vitória da sua equipa, O Maiastars vai progressivamente diminuído a desvantagem com Maria Cerqueira (7 golos) a ter uma forte influência no mesmo. Uma palavra ainda para Soraia Fernandes com os seus 5 golos para o Alavarium. Terminamos com os nossos parabéns, a este jogo de andebol, que foi na nossa opinião um excelente encontro onde as alterações táticas do Maiastars quase que produziram efeito, terminando a por perder por apenas 2 golos de diferença. Com esta vitória o Alavarium, conforme dissemos na análise anterior irá defrontar o Colégio Gaia nas 1/2 Final.

Por último tivemos um SIR 1.º Maio/CJB / CS Madeira, onde a equipa da Marinha Grande tinha de vencer para obrigar a terceiro encontro, e o mesmo veio a suceder, apesar da excelente entrada da equipa da Madeira, no entanto a equipa visitada rapidamente meteu ordem na casa e passou a comandar o marcador, chegando ao intervalo já a vencer por 12-10, margem que diz o forte equilíbrio que mesmo assim se registou durante estes 30 minutos iniciais. Nos segundos 30 minutos a equipa do SIR 1.º Maio foi mantendo a distância no marcador, e até aumentou ligeiramente o diferencial, mas sem nunca vincar uma nítida superioridade, acabando por adiar a resolução da eliminatória para o dia seguinte. Neste encontro Lorena Delgado com 10 golos, e Neuza Valente com 5 golos foram as melhores marcadoras do SIR 1.º Maio/CJB, enquanto no CS Madeira, Ana Andrade com 5 golos foi a sua melhor marcadora. No 3.º Jogo, entre estas equipas, que começou com a equipa visitada a comandar o jogo e o marcador, apesar do grande equilíbrio que se registava, e com o marcador a sofrer diversas alterações, mas com o CS Madeira a responder sempre a preceito e a colocar a equipa da casa em grandes dificuldades, de tal forma que chegou ao intervalo na frente do marcador por 15-13. No segundo tempo o CS Madeira, esteve quase sempre no comando do marcador e a poucos minutos dos 60, vencia por 23-20, sofrendo um parcial de 3-0, que levou a que o jogo, terminasse no tempo regulamentar numa igualdade a 23 golos, dando origem a um prolongamento, onde o SIR 1.ª Maio/CJB, faz um parcial de 4-o no primeiro tempo do primeiro prolongamento (poderia haver segundo), o significa que a equipa insular sofreu um parcial de 7-0, que ditou na prática o seu afastamento das 1/2 Final, no segundo tempo deste prolongamento, a equipa visitada ainda fez 3-1, o que significa um prolongamento com um parcial de 7-1, que resolveu a eliminatória a favor da equipa continental. Neuza Valente com 12 golos, e Lorena Delgado com 7 golos foram as melhores marcadoras do SIR 1.º Maio/CJB, por seu lado Sara Gonçalves com 11 golos foi a melhor marcadora do CS Madeira. Com esta vitória e como já tínhamos dito, a equipa da Marinha Grande irá defrontar o Madeira SAD nas 1/2 Final.

Após os 2.ºs Jogos, e do 3.º que se disputaram, este fim-de-semana, ficaram definidos os jogos das 1/2 Final, bem como os seus enquadramentos.

Apurados para as 1/2 Final (3 jogos – Fora, Casa, Casa)Madeira SAD, Colégio Gaia, Alavarium, e SIR 1.º Maio/CJB.

Enquadramento para as 1/2 Final (casa, fora, fora)
– Apuramento do 1.º ao 4.º Lugar

1.º Jogo
Dia 29-04-17
CA Leça – Maiastars (19H00)
Juventude Lis – CS Madeira (17H00)
2.º Jogo
Dia 06-05-17
Maiastars – CA Leça (17H00)
CS Madeira – Juventude Lis (19H30)
3. Jogo (Se necessário)
Dia 07-05-17
Maiastars – CA Leça (17H00)
CS Madeira – Juventude Lis (18H00)

Enquadramento para os jogos do 5.º ao 8.º Lugar (casa, fora, fora)

1.º Jogo
Dia 29-04-17
SIR 1.º Maio/CJB – Madeira SAD (20H30)
Alavarium – Colégio Gaia (17H30)
2.º Jogo
Dia 06-05-17
Madeira SAD – 1.º Maio/CJB (17H00)
Colégio Gaia – Alavarium (17H00)
3. Jogo (Se necessário)
Dia 07-05-17
Madeira SAD – 1.º Maio/CJB (16H00)
Colégio Gaia – Alavarium (18H30)

Grupo “B” – Apuramento do 9.º ao 12.º Lugar
1.ª Jornada
Dia 22-04-17
Passos Manuel 24 – 16 Juventude Mar
Santa Joana 25 – 19 Académico FC

Neste grupo que cujo maior interesse é quem irá descer de Divisão, inicia-se com algum equilíbrio pontual, entre as equipas pelo que será de prever uma fase disputadíssima. Esperando nós que o CA, tenha em devida consideração a relevância, que este Grupo poderá ter. Conforme se tinha previsto, jogos disputados sob o signo do factor casa, e sem qualquer ocorrência disciplinar o que é sempre salutar.

Em São Pedro Fins tivemos o Santa Joana / Académico FC, prevalecendo o factor casa , pois o Santa Joana, que recebeu a equipa do Académico FC, venceu sem grandes dificuldades construindo o resultado no 1.º tempo que terminou já na frente do marcador por 13-9, no segundo tempo apesar da réplica condigna da equipa visitante o diferencial aumentou, Ana Sampaio com 9 golos, e Ana Carvalho com 8 golos, foram as melhores marcadoras do Santa Joana, as melhores marcadoras do Académico FC não passaram dos 4 golos (Sofia Freitas, e Josefina Rodrigues). O Passos Manuel, recebeu na Quinta de Marrocos a equipa de Esposende da Juventude do Mar, e parece-nos que já recuperou alguma coisa, construindo o resultado praticamente no primeiro tempo quando chegou ao intervalo a vencer por 12-5, encarando o 2.º tempo com algum excesso de confiança, e fazendo alguma gestão do plantel acabou por permitir que a Juventude Mar tivesse um período de jogo de maior equilíbrio. Joana Reis com 7 golos e Kassia Cesar com 5 golos foram as melhores marcadoras do Passos Manuel, Na Juventude Mar, Sandra Peixoto com 6 golos foi a sua melhor marcadora.

Classificação do Grupo “B”, após esta Jornada - 1.º Passos Manuel (20 pontos), 2.º Santa Joana (19 pontos), 3.º Académico FC (18 pontos), 4.º Juventude Mar (15 pontos).

O Banhadas Andebol

10 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns ao Sport da Madeira, bom jogo

Anónimo disse...

O treinador desse mais treinos e menos futebol e porto santo ou maritimo, ou falasse menos e mais seminários e evoluisse mais. Não se trabalha não se vence. E tem a melhor nacional.

Anónimo disse...

Grande 3º jogo SIR CSMadeira, e se duvidas havia da seriedade e competencia dos árbitros elas ficaram desfeitas. Apesar de serem árbitros de Leiria, assinalaram (e bem) 7 metros contra a SIR nos ultimos segundos de jogo e 7 metros esse que se fosse convertido tinha dado a vitória ao CS Madeira e evitado o prolongamento. Mas grande defesa de Diana Roque!!!!! VIVA O ANDEBOL ESPETÁCULO! PARABENS SIR E PARABENS CS MADEIRA.

Anónimo disse...

comungo inteiramente do comentário das 21:30, parabéns ás 3 equipas intervenientes

Anónimo disse...

Os árbitros do Sir 1º Maio - S.Madeira não puderam ajudar muito desta vez, estava muita gente a ver,mas todos sabem que esse clube é muito "EMPURRADO" porque os árbitros Eurico Nicolau e Ivan Caçador jogaram nas suas hostes e vestem a camisola frequentemente quando apitam esse clube, além de outros que por seu intermédio criaram relação próxima.

Anónimo disse...

Falem dos jogos deixem lá de falarem das arbitragens, isto até cheira a esturro encomendado, árbitros a falarem uns dos outros, ganhem juízo.
Por exemplo acerca da excelente lição de táctica que foi dada pelo Maiastars em Alavarium depois de estar a perder pro muitos.

Anónimo disse...

Meias-Finais

Madeira SAD vs SIR 1.º Maio/CJB: Vai ser uma boa meia-final mas a equipa de Sandra Fernandes têm mais experiência e isso vai acabar por ter toda a influência na decisão do vencedor desta eliminatória face a um CJB que irá certamente estar muito motivado devido a ter ganho ao CS Madeira nos 1/4 de final com o jogo a ser decidido a 3 segundos do fim com um livre de 7 metros.
Colégio de Gaia vs Alavarium: A equipa de Gaia tem um plantel que garante mais equilíbrio e isso pode decidir esta eliminatória perante um Alavarium que está muito dependente de Mónica Soares e da inspiração de Isabel Góis.

Apuramento 5-8 Lugar

Serão certamente jogos muito equilibrados sendo difícil prever qualquer tipo de resultados visto que todas estas equipas pretendem a melhor classificação possível.

Apuramento 9-12 Lugar

Passos Manuel e Santa Joana poderão ser as duas equipas que irão assegurar a manutenção pois possuem equipas mais coesas e nesta fase final os jogos em casa serão determinantes. As equipas do Académico e da Juventude Mar não possuem muitos argumentos mas o facto de não quererem descer de divisão pode trazer ao de cima a moral das duas equipas nesta recta final.

Candidatas a Subida de Divisão

JAC-Alcanena e Assomada irão certamente subir para a 1º Divisão na próxima época. São as duas melhores equipas e estão a apostar forte nesse mesmo objectivo. Quem será o campeão da 2ª Divisão é que será a incógnita que certamente só será decidida no segundo jogo entre as mesmas.

Anónimo disse...

Os árbitros vestem quase sempre de preto e os clubes ficam em desvantagem!
Os árbitros têm apitos e fazem barulho com os apitos e isso é poluição sonora!
Pelo que se ouve nos pavilhões os árbitros não são filhos de gente séria, pelo menos é o que ouço!
Os árbitros estão sempre a interferir nos jogos dizendo de quem é a bola. Nao se pode jogar com duas bolas, uma para cada clube? Assim já não eram preciso os árbitros!
Os árbitros chegam tarde e os jogadores esperam por eles, eu cheguei tarde porque fui comprar um bife à minha sogra e os árbitros não esperaram por mim!
Eu tenho muitas queixas dos árbitros porque eles muitas vezes dizem que os golos que eu marco não contam!
Eu gosto mesmo é das árbitras... Elas nao podem usar equipamentos como no andebol de praia? Os equipamentos delas não é roupa a mais?

Anónimo disse...

Ao anónimo de 24 de Abril de 2017 às 22:14:

Oh amigo (ou amiga) se assim for todas as equipas se queixam das arbitragens, pois quando vão a Aveiro jogar e são apitadas por equipas de Aveiro os árbitros defendem as cores dos clubes de Aveiro? e as do Porto? E as da Madeira?

Ou vai me dizer que quando há árbitros de Aveiro a apitar equipas de Aveiro onde até têm familiares a jogar, fazem uma arbitragem isenta??

Enfim.

Anónimo disse...

Por acaso comparar o investimento do Sir 1º Maio/João de Barros e os anos de promessa vencedora, com o Sports Madeira? O que é estranho é o Sport Madeira com um treinador que treina pouco e mal, discutir a eliminatória com o João de Barros com treinador top? Aliás somando fracasso em fracasso, excepto no andebol ... de praia
Não fora a defesa da Gredes no L7mts e o Sir /João de Barros estaria agora a pensar no próximo investimento e a contratar mais duas cubanas e o Sports Madeira vai buscar mais duas jogadoras que a SAD não quer e voltar a lutar pelos lugares cimeiros gastando muito pouco em relação aos outros competidores.