gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 2 de maio de 2017

P004 – Fase Final – 2016 /2017 – VII

Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, disputada nos mesmos moldes da época anterior.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo “A”
6.ª Jornada
Dia 30-04-17
Estarreja AC 26 - 36 Benfica
FC Porto 31 - 23 Sporting
Águas Santas 29 - 24 Ismai

Mais uma jornada onde apesar da forte competitividade, não se registaram resultados surpresa, mas sim a confirmação de quais as equipas favoritas, que venceram todos os seus jogos, e nesta jornada que é a 1.ª da 2.ª volta, todas sem exceção confirmaram os resultados verificados na jornada homóloga da 1.ª volta, foi uma jornada onde no encontro com o resultado mais desnivelado se registaram ocorrências disciplinares. É com agrado que se continua a registar razoáveis assistências nalguns dos jogos. Infelizmente mais uma jornada sem qualquer transmissão da Andebol TV. Continuamos a dar especial atenção às nomeações realizadas pelo CA, que devem ser no mínimo cuidadas, pois apesar de apesar de haver clubes que não irão provavelmente discutir o título, isso não vai retirar competitividade á prova. E já agora uma pergunta pertinente, porque não existiram Delegados em nenhum destes jogos? Ou só haverá exceções quando convêm?

Em Estarreja, disputou-se o Estarreja AC / Benfica (jogo com ocorrências disciplinares), que foi um encontro onde a equipa do Benfica comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos de jogo, tendo rapidamente chegado aos 7 golos de diferença, quando vencia ainda no primeiro tempo por 10-3, com uma excelente reacção da equipa da casa que ainda colocou o diferencial (desfavorável) por diversas vezes no primeiro tempo, em apenas 4 golos, como por exemplo 11-7, 17-13, e 18-14, para chegar ao intervalo com um diferencial de apenas 3 golos, 20-17 a favor do Benfica. Mas uma entrada forte da equipa do Benfica que rapidamente chegou aos 24-18, e foi aumentando progressivamente a sua vantagem que a partir dos 31-23, variou sempre entre os 8 e 9 golos, para terminar o encontro com a vantagem máxima que obteve durante os 60 minutos. No Estarreja AC, tivemos Diogo Vaia com 7 golos, e Bernardo Marques com 5 golos, como melhores marcadores, no Benfica com 10 jogadores a concretizarem golos, Francisco Pereira com 10 golos, e André Alves com 8 golos, foram os seus principais marcadores, este encontro teve (na nossa opinião) a curiosidade de terem sido assinalados 18 livres de 7 metros no total, número absolutamente anormal. O Benfica com esta vitória mantém o 2.º lugar da tabela classificativa, e continua a ser um dos principais favoritos ao Título, por sua vez o Estarreja AC, é a única equipa que apenas contabiliza derrotas nesta fase final. Um dos principais jogos da jornada disputou-se no Colégio Carvalhos e foi o FC Porto / Sporting, que terminou com a vitória do FC Porto, que durante os 60 minutos do jogo, esteve praticamente sempre no comando do jogo e do marcador, com excepção do momento em que se registou uma igualdade a 5 golos, pois rapidamente o FC Porto com um parcial de 4-0, coloca o resultado em 9-5, que foi o maior diferencial registado nos primeiros 30 minutos, onde o Sporting reagiu sempre procurando amenizar as diferenças mas nunca conseguindo igualar, mais vez nenhuma o marcador, e o melhor que conseguiu foi a diferença mínima, quando se registava, o resultado de 12-11, a favor do FC Porto, para o intervalo chegar como FC Porto a vencer por 15-13. No segundo tempo o equilíbrio manteve-se até cerca do 18-17, para posteriormente o FC Porto chegar aos 24-19, depois de mais um parcial de 3-0, e a partir daqui foi sempre a aumentar o diferencial, para terminar o encontro com 8 golos á maior. Gonçalo Ferreira com 8 golos, e Miguel Salgado com 7 golos, foram os melhores marcadores do FC Porto. No Sporting com 10 jogadores a marcarem golos, Salvador com 7 golos, e Diogo Almeida com 5 golos foram os seus melhores marcadores. Com esta vitória o FC Porto isola-se no 3.º Lugar, deixando a companhia do Sporting e do Ismai, embora na nossa opinião neste momento apenas existam duas equipas, que sejam fortes candidatas ao 1.º lugar final. No Dérbi maiato, entre o Águas Santas e o Ismai, foi de todos os encontros da jornada, aquele em que se registou maior equilíbrio, pelo menos no primeiro período do jogo, onde o Ismai chegou a comandar o jogo e o marcador nos primeiros momentos do encontro, mas após uma igualdade a 9 golos, a equipa do Águas Santas passou para a frente do marcador, e chegou ao intervalo a vencer por 14-11. No segundo período de jogo, rapidamente chegou aos 19-13, a partir daqui controlou sempre o marcador e o jogo, embora tendo sempre em atenção a boa réplica do Ismai, que nos momentos finais chegou por diversas vezes a estar com apenas 3 golos de diferença, quando por exemplo o Águas Santas, vencia por 25-22, e por 27-24, para terminar com um diferencial final de 5 golos. No Águas Santas Diogo Quintas com 8 golos, José Barbosa e Tiago Pereira, ambos com 5 golos cada, foram os seus melhores marcadores. No Ismai Leonel Fernandes com 7 golos, e Tomas Barbosa com 5 golos, foram os melhores marcadores. Com mais vitória o Águas Santas, mantêm-se no comando da classificação, contabilizando apenas vitórias, e é na nossa opinião o mais forte candidato ao Titulo Nacional.

Classificação após esta jornada – 1.º Águas Santas (18 pontos), 2.º Benfica (16 pontos), 3.º FC Porto (12 pontos), 4.º Sporting, e Ismai (10 pontos), 6.º Estarreja AC (6 pontos).  

O Noticias.

4 comentários:

Anónimo disse...

No Águas Santas continua o bom trabalho na formação, parabéns

Anónimo disse...

Mesmo!

No Aguas oo trabalho é feito com juizo e competencia!

Parabens ao clube que se endereçados à direção ficam bem tambem bem ficam se dirigdos aos treinadores e seccionistas.

Bom trabalho

Anónimo disse...

Ao que chegou o Sporting que nem luta dá. Ao que chegará o Àguas Santas que parece querer ganhar como equipa?

Anónimo disse...

Gonçalo Ferreira em grande no jogo FCP/Sporting . Grande jogo e grande jogador