gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 30 de maio de 2017

P004 – Fase Final – 2016 /2017 – X

Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, disputada nos mesmos moldes da época anterior.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo “A”
9.ª Jornada
Dia 28-05-17
Águas Santas 43 - 25 Estarreja AC
Sporting 29 - 26 Ismai 33/32 = SD
FC Porto 22 - 33 Benfica 26/30= SD 300e.

Descidas de Divisão – Já confirmadas
Zona Sul – Ginásio Sul e ADC Benavente
Zona Norte – GC Santo Tirso e Boavista FC

Disputada que foi a 9.º Jornada da prova, tivemos novamente a total confirmação do que se passou até ao momento, e quais as equipas mais fortes desta Fase Final, que não deixaram os seus créditos por mãos alheias ao vencerem os seus encontros, não se registando qualquer surpresa, mas sim a confirmação de quais as equipas favoritas, que venceram todos os seus jogos (embora existisse algum equilíbrios, em pelo menos um encontro), e nesta jornada que é a 4.ª e a penúltima da 2.ª volta, todas sem exceção confirmaram os resultados verificados na jornada homóloga da 1.ª volta, foi no entanto e felizmente uma jornada onde se registaram ocorrências disciplinares. Mas desta vez com assistências, mais fracas, com a excepção do encontro disputado no Colégio Carvalhos, entre o FC Porto e o Benfica. Infelizmente a FAP continua a fazer tabua rasa e tivemos mais uma jornada sem qualquer transmissão da Andebol TV. E mais uma vez se chama a atenção que o CA deve dar às nomeações para esta prova, pois para a última jornada, parece-nos que não foi dada a devida atenção às mesmas, E finalmente parece-nos que tínhamos razão quando falávamos de Delegados aos jogos, e dizíamos, “já agora uma pergunta pertinente, a mesma da jornada anterior, porque não existiram Delegados em nenhum destes jogos?” Ou só haverá exceções quando convêm? Lembramos que já verificamos as nomeações para a última jornada, e até ao momento não existe qualquer Delegado nomeado, e realiza-se o encontro onde tudo poderá ser decidido.

No pavilhão do Águas Santas, tivemos o Águas Santas / Estarreja AC, que terminou conforme o esperado com a vitória da equipa maiata, que construiu o resultado mais dilatado da jornada, confirmando deste modo o seu forte favoritismo à conquista do Titulo Nacional. Ao intervalo já vencia por 23-12, resultado completamente elucidativo da diferença existente entre as duas equipas. Não se entendendo o motivo por que a equipa visitante se apresente com apenas 10 jogadores inscritos no Boletim de jogo. Com este resultado a equipa do Águas Santas continua a contabilizar apenas vitórias na prova, ao contrário do seu adversário, que apenas regista derrotas nesta Fase da Prova. No Águas Santas onde 10 jogadores marcaram golos, Gonçalo Vieira com 10 golos e Diogo Quintas com 7 golos foram os seus principais marcadores. Tiago Couto com 7 golos, Diogo Vaia e Bruno Marques, com 6 golos cada um foram os melhores marcadores do Estarreja AC. O encontro mais equilibrado da jornada, realizou-se o pavilhão Fernando Tavares, e foi o Sporting / Ismai, que terminou com a vitória do Sporting, que teve se ver com uma equipa maiata, que nunca se deu por vencida, e proporcionou um forte equilíbrio no jogo. O Sporting, na prática construiu o resultado nos 30 minutos iniciais do encontro quando chegou ao intervalo a vencer por 17-14, para a equipa do Ismai, tudo fazer no segundo tempo para alterar o resultado, tendo em termos parciais igualado o marcador a 12 golos. Rafael Paulo com 6 golos e Diogo Almeida com 5 golos, foram os melhores marcadores do Sporting, O Ismai teve em Ricardo Oliveira com 12 golos, e Tomas Barbosa com 5 golos, os seus melhores marcadores. No Colégio de Carvalhos, perante uma excelente assistência, tivemos o FC Porto / Benfica, com a equipa do Benfica a apenas materializar a sua superioridade no segundo tempo, pois os primeiros 30 minutos foram de total equilíbrio, atingindo-se o intervalo com uma igualdade no marcador a 12 golos. No segundo tempo, o Benfica fez valer a sua superioridade perante um FC Porto, que foi incapaz, de dar a excelente réplica que tinha proporcionado no primeiro tempo, e foi paulatinamente construindo o resultado final. Com esta vitória a equipa do Benfica, chega à para a última jornada, com a possibilidade de ainda poder discutir o Titulo Nacional, no encontro que disputa na Luz com o Águas Santas. Neste encontro, João Furtado com 5 golos, foi o melhor marcador do FC Porto, com Francisco Pereira e os seus 9 golos, juntamente com João Machado e Tiago Costa, ambos com 5 golos cada, a serem os melhores marcadores do Benfica.

Classificação após esta jornada – 1.º Águas Santas (27 pontos), 2.º Benfica (25 pontos), 3.º FC Porto (17 pontos), 4.º Sporting, e Ismai (15 pontos), 6.º Estarreja AC (9 pontos).  

O Noticias.

6 comentários:

Anónimo disse...

Como é possível O Boavista com a equipa de juniores que tem conseguir descer de divisão, esqueceram-se da formação que herdaram , também com o treinador de juniores que tem não é difícil, confunde-se a ele e aos jogadores, orientar uma equipa na base do grito e da discórdia não é fácil anos de uma boa formação desperdiçados .

Anónimo disse...

È incrível ao que se chegou na formação do Sporting! E a culpa morrerá solteira? São humilhantes estes resultados!

Anónimo disse...

Para quando o Belenenses voltar a disputar uma fase final de juniores? Talvez quando o filho Florêncio se dedicar a outra actividade para a qual tenha mais jeito! O seu trabalho à frente da equipa de juniores durante esta época foi confrangedor. Conseguiu afastar praticamente todos os atletas recém chegados ao clube, a grande maioria com experiência e preparação para uma maior competitividade (e foram muitos!), preferindo manter a aposta nos jogadores que transitaram da época passada e alguns juvenis, mais fáceis de manipular e a quem vai vendendo as suas ilusões delirantes, egocêntricas, pedantes, inúteis e aberrantes! Tudo o que vai contra as suas ideias e forma de estar é um alvo a abater. O que importa são os mexericos e as suas histórias de fantástico treinador da treta!!! Pedro Domingos abre os olhos e corre com este sujeito ou então para o ano dificilmente terás alguém que queira fazer parte da equipa de juniores do Belenenses... excepto os jogadores que já estão por lá... alguns deles abnegados e trabalhadores, mas outros verdadeiros "gémeos" do brilhante treinador! E, se alguém dúvida, basta assistir a um treino... onde se morre de tédio ou se fica na "mama" para marcar golos (que é o que importa!) ou então fazer uma leitura das jornadas onde se constata como uma equipa, que apesar das suas limitações, possuía um bom estado anímico e podia lutar até à exaustão pelo apuramento para a fase final, passou a ser derrotada e até goleada por um dos últimos classificados que até desceu de divisão. Está na hora de se ir buscar gente com ambição e não gente acomodada, que passeia a vaidade no seu manto de ignorância e para quem todos os que têm opinião diferente e hábitos de empenhamento, dedicação e esforço são para excluir. Talvez convenha saber que este treinador, para além de mal educado e provocador para árbitros e jogadores das outras equipas (e mesmo da própria equipa), nunca fez a mínima ideia da qualidade e tipo dos jogadores e sistemas de jogo das equipas contra quem jogou.
O RESINA

Anónimo disse...

Belém muito fraco
O SUPERGEL

Anónimo disse...

NOTICIA DE ÚLTIMA HORA: Florencio filho assina pelo hospital Julio de Matos. Contrato por objectivos e sem tempo determinado.

Anónimo disse...

Como é possível o Sporting chegar a estes casos no andebol de formação?
que bandalheira!