gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 18 de junho de 2017

Europeu 2018 Masculino - XIV

EURO 2018 MASCULINO NA CROÁCIA
(APURAMENTO)

Portugal continuou hoje a disputa dos seus jogos, com a realização da 6.ª e última Jornada do Grupo da Qualificação 2 a caminho do Europeu 2018, (com a fortíssima equipa da Eslovénia), cuja Fase Final é disputada por 16 equipas, de 12 a 28-01-2018, em quatro cidades (Zagreb, Varazdin, Porec e Split) na Croácia, havendo lugar á qualificação de 15 equipas. Estando já apurado directamente o País Organizador.

Mais uma vez a clareza de informação não é o forte da Federação, porque mais uma vez, e infelizmente até á hora da realização do jogo, não foram divulgados os 16 atletas que estarão presentes no encontro. Conforme já tínhamos referido em anterior texto que António Areia, Edmilson Araújo e Gustavo Capdeville, já estavam de foram por diversos motivos, mas agora outros dois ficaram de fora e que foram Ricardo Pesqueira e Miguel Batista.

A ESLOVÉNIA VENCE PORTUGAL
(6.ª JORNADA)
PORTUGAL VOLTA A FALHAR UM APURAMENTO
Jogo disputado no Pavilhão de Sportna Dvorona Bonifika em Koper (Eslovénia), com capacidade para 3410 espectadores e que se encontrava, completamente cheio de um público entusiasta e que nunca deixou de apoiar a sua equipa. Este era um encontro onde penas a vitória servia os interesses Nacionais, ou seja garantir o apuramento para a Fase Final, infelizmente nenhum dos objetivos foi atingido, e mais uma vez o sonho de uma presença numa fase Final caiu por terra. Portugal apenas consegui equilibrar o jogo até cerca dos 20 minutos, quando o marcador assinalava, uma igualdade a 20 golos, com a equipa Nacional, a falhar ataques consecutivos, em especial nos primeiros minutos por precipitação e falta de comando Miguel Martins (1 golos), não esteve nos seus dias, e apenas Fábio Magalhães (4 golos) e em especial Jorge Silva (1 golo) que na nossa opinião realizou uma exibição bem conseguida, em especial a defender, sendo bem acompanhado a espaços por Gilberto Duarte, e até dos Salina, mas a equipa da Eslovénia com o guarda-redes Matevz Skok em dia sim, retirou quaisquer possibilidades a Portugal que nos últimos 10 minutos do primeiro tempo sofre um parcial de 5-1, e chega ao intervalo já a perder por 12-9. No segundo tempo a equipa portuguesa desapareceu de jogo, e os homens da equipa da casa aproveitaram e bem, o desnorte da equipa portuguesa quer a defender quer a atacar, e com um jogados a realizar um excelente jogo de ataque Jure Dolenec (4 golos), rapidamente chegam aos 16-11 aos 37 minutos, para Portugal sofrer um parcial de 4-0, e aos 41 minutos estar a perder por 19-11.para perante a desorganização da equipa Nacional, onde Pedro Marques pouco tempo esteve em campo, quando em nossa opinião deveria ter estado muito mais tempo em jogo, a Eslováquia chegar aos 10 golos de diferença pela 1.º vez aos 55 minutos quando vencia por 26-16, para o encontro terminar com exactamente 10 golos de diferença. De Destacar ainda que na equipa da Eslováquia 12 jogadores marcaram golos, enquanto na equipa nacional foram 11 os atletas que marcaram golos.Não se entende como é possível, numa selecção Nacional, sofrer duas exclusões no banco, pois não existia ninguém para controlar as entradas indevidas em campo, isto não pode acontecer numa equipa de clube quanto mais numa Seleção Nacional, isto apenas acontece porque não existia nenhum dirigente no banco de Portugal, só técnicos, ou como tal considerados e o Fisioterapeuta. Dirigiu este encontro a dupla da Islândia, constituída por Jonas Eliasson e Anton Palsson, que nos pareceu desequilibrada nos aspectos disciplinares não evidenciando os mesmos princípios de equidade, embora nos livres de 7 metros pudessem e devessem marcar mais, pois foram diversas as situações que passaram impunes, assim como na falta do atacante.

Resultados
Jornada 1 – 02-11-16 – Alemanha 35 – 24 Portugal
Jornada 2 - 06-11-17 – Portugal 26 – 26 Eslovénia
Jornada 3 – 04-05-17 – Suíça 25 – 27 Portugal
Jornada 4 – 07-05-17 – Portugal 27 – 22 Suíça
Jornada 5 – 14-06-17 – Portugal 26 – 29 Alemanha
Jornada 6 – 17-06-17 – Eslovénia 28 – 18 Portugal

Classificação do Grupo de Portugal
Neste momento, já se encontram apuradas aas seguintes equipas:

Grupo 1 – Dinamarca e Hungria
Grupo 2 – Bielorrússia e Sérvia
Grupo 3 – Espanha e Áustria
Grupo 4
Grupo 5 – Alemanha e Eslovénia
Grupo 6 – Suécia e Montenegro
Grupo 7 – França e Noruega

O Banhadas Andebol

19 comentários:

Unknown disse...

E continuamos a caminhar no deserto. Ate quando?

Anónimo disse...

TEMOS UM NUNO ESPÍRITO SANTO NO ANDEBOL!
Um dia deste vamos ao Jogo Olímpicos e com tudo ganhamos!
Bom Senso!

Anónimo disse...

E já lá vão 12 anos sem qualquer apuramento!

Anónimo disse...

Depois do jogo com a Alemanha, dos intervenientes, do seu momento de forma/motivação, da própria estratégia, o que deu neste selecionador para enfrentar a Eslovénia com tão pouca imaginação?
Jogadores houve cuja utilização se viu logo que não dava resultado, outros que ainda são completamente imaturos para comandar uma seleção, outros que quase nem jogaram... Este tinha de ser um jogo de abordagem cerebral e com experiência e inteligência...e aí, o banco e seus técnicos estiveram no pior... Aquele central que desequilibrou com a Alemanha e tão bem municiou o ataque não tinha merecido e justificado mais tempo de jogo?

Anónimo disse...

Não vi o jogo.
Por isso pergunto: quanto tempo e em que fazes do mesmo jogou o Pedro Seabra Marques?
Quem foi utilizado em seu lugar?
E quanto ao resto?...
Porque será que jogadores que não servem para os clubes que ganham não servem para selecção nacional e alguns dos que servem para esta não servem para aqueles? Respondam-me muito bem e muito explicadinho por favor!

Anónimo disse...

Pergunta! O que faz o Pedro Seabra (1,79m) contra uma defesa de 3 elementos todos com mais de 2,00m.
Resposta! Passa a bola, é só passador de bolas.

Anónimo disse...

18 de junho de 2017 às 18:18
anónimo como convêm!

comentários com intencionalidade mas ridículos em que comentar jogador a única base é altura!
Mas entendo a intenção safar com convoca e sabe-se lá porque!
Há muitas duvidas nas escolhas e no momento da decisão!

Anónimo disse...

Perder por 11 na Alemanha e por 10 na Eslovénia nao carece de grandes explicações: erros taticos clamorosos pois não se pode perder por 10 com ninguém. Perder por 10 corresponde a uma cabazada!
Só há dois treinadores em Portugal com nível para a selecção: Resende e Fidalgo. Tenha a FAP a coragem de ir buscar um destes!
A FAP pode aproveitar o Paulo Pereira para o Feminino que é onde ele devia estar!

Anónimo disse...

É ver a altura do central da eslovénia e fica-se logo com a resposta.
Continuem a achar que temos de arranjar gajos com 2 metros e meio para jogar isto e teremos mais 12 anos de jejum.

Anónimo disse...

A propósito do Pedro Seabra:
Até parece que os outros centrais que foram convocados são gigantes...
Não esqueçam que há muitos jogadores que são grandes mas não são grande coisa.. O Pedro pode não ser grande mas é com toda a certeza um grande jogador!

Anónimo disse...

Sr. Anónimo das 18.18

Viu o ABC X Sporting da Final da Taça de Portugal?

Anónimo disse...

E viu o Portugal X Alemanha? Foi o mesmo central ou entretanto encolheu? Não há duvida de que o puto Martins é muito bom. Isso não está em questão...mas só o é tecnicamente...quanto ao resto ainda lhe falta tudo....incluindo, e sobretudo, humildade...
E perante o cenário do jogo, qual era o risco? Mas não foi só o central...outros houve que e estiveram tempo a menos...para que outros, em dia não, estivessem tempo a mais...

Anónimo disse...

Aí julgavam que o problema estava no treinador? Que era só mandar o Rolando Freitas embora e que o treinador que viesse ia fazer a multiplicação dos pães? Até podem pôr lá o Mourinho, o Zupo, o Garcia Cuesta ou o Papa Francisco... Enquanto não se tratarem as questões de fundo, não é ao treinador e aos jogadores que compete resolver o problema. O Andebol continua a ser uma modalidade menor, jogada em menos de meia dúzia de localidades. Já viram que, agora, até os Açores vão desaparecer do mapa do andebol nacional? Onde há Andebol de 1. Divisão masculina para o ano? No Minho (ABC, ACFAfe, Xico Andebol e Arsenal), em Aveiro (S. Bernardo e Arouca), no Porto (F.C.Porto, Aguas Santas e Maia Ismai), Madeira (Madeira SAD) e Lisboa (Sporting, Benfica, Belém e Boa Hora). É isto o andebol em Portugal. Sim, porque estamos a falar de andebol com algum impacto, que chama publico, patrocinadores, comunicação social e não naquelas brincadeiras de crianças que vão a um pavilhão uma vez por ano e fazem com que associações como Viseu e Guarda apareçam nas estatisticas enviadas para o IPDJ com números astronômicos e como aquelas em que há mais "atletas". Há que tomar medidas e começar bem da base, com uma escolha criteriosa, que leve a que, daqui a meia dúzia de anos, apareça uma fornada interessante. Não há dinheiro para isso? Aí há, há... Deixem de pagar aos presidentes das associações, por exemplo.

Anónimo disse...

O Rolando podia errar1 Este não erra... O Seabra foi convocado á ultima da hora... mas o menini irresponsável Martins e o protegido Rui Silva são convocados sempre! O tal Ruisito ía para o Barcelona ía para uma data de equipas sonantes e nunca saíu! Até o maninho que joga em duas velocidades em tempos andava pelas seleções. È isto o nosso andebol? Parece! Quanto ao trio Portista que se demitam pois, para além da falta de qualidade para este nível... nunca formaram uma selecção de todos nós! Rrrrrua! Eles e a escumalha que anda pela Ajuda. Em tempos andamos a discutir entre apostar no leve Hugo e em Branquinho. O tempo encarregou-se de mostrar a verdade! Isto já cheira a podre!!!

Anónimo disse...

Estou a gostar dos comunicados do Seleccionador PP para o Balneário(Atletas) é na sua pagina no FB!
Onde vamos parar!
Falar quase nada e tentar concretizar resultados positivos, temos como nunca atletas a jogar nas principais ligas europeias é só ter juízo e não inventar!
Acredito sempre nos seleccionadores mas uns só melhores que outros!
Nos tempos modernos "Heróis do Mar" NÃO!, a maioria dos seleccionados nunca andou de barco ou traineira!

Anónimo disse...

Para o amigo do comentário do dia 19 ás 15:05h! De Arouca deve ser vossemecê!!!!!
Associação Artística de Avanca!!!!!

Anónimo disse...

Muita conversa e sonhos altos para encobrir tanta malucagem. Tanta incompetência e desadaptação ao andebol praticado na Europa do andebol a sério! Deixem-se de aventureiros e amizades e golpes de teatro, de arranjos e truques mal feitos. Deixem de convocatórias corrompidas e por troca de favores! Paulinho e Martingo levem o treinador de g. redes convosco. Vão para um deserto que lá certamente serão campeões dos ventos! Ponham esta malta a treinar uma selecção de corrécios num estabelecimento prisional. Chega!

Anónimo disse...

Pedro Seabra devia ter jogado muito mais tempo com a Eslovénia

Anónimo disse...

Portugal era tudo menos uma seleção! O Paulo julga-se um iluminado e só faz bosta! Todo o ambiente está contaminado. Quando haverá coragem e, Resende não é o selecionador natural? Estamos cansados de palhaços e palhaçadas! Este Paulo nem no FCPorto era agora campeão!