gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 23 de julho de 2017

Andebol de Praia – Fase Final – 2017 - I

FASE FINAL
CARCAVELOS (CASCAIS)

Depois da confirmação não só das datas como do local da realização da Final do Andebol Praia, através do CO n.º 75 de 13-04-2017 Carcavelos). Temos um novo CO, o N.º 116, de 21-07-2017, que nos informa dos apuramentos por associação para a Fase Final. E que na prática é um complemento do seu CO (112, de 16-06-17, onde eram explicitadas as formas de apuramento esta Fase Final do Circuito Nacional de Andebol de Praia, e que sofrem uma forte alteração em relação ao anterior, e que em nossa opinião se conjugam com a evolução que se pretende que a vertente praia venha a ter no panorama do Andebol Nacional (é uma opinião).

No entanto não se entende, por exemplo por que fala (escreve) AA Lisboa, quando o circuito foi uma organização conjunta da AA Lisboa / AA Setúbal, depois dizia-se ainda no CO N.º 112Ao Circuito Lisboa/Setúbal, como entidade organizadora da Fase Final é atribuído um Wild Card por escalão e género. Caso consiga apuramento directo o Wild Card fica sem efeito. “ Após este Comunicado emitido em 21-07-2107, ficamos sem saber se o Wild Card foi ou não atribuído, ou se a referência a Lisboa se deve a um apuramento directo,, era um esclarecimento que se impunha fosse feito de forma clara e transparente, evitando confusões onde deve existir harmonia pura.

Assim a realização da prova será nos dias 28 a 30 em Carcavelos.

Apuramentos:

Seniores Masculinos (12 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 4 equipas
AA Porto – 5 equipas
AA Lisboa – 1 equipa
1.º Classificado Português no Ranking EBT

Seniores Femininos (8 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 3 equipas
AA Porto – 2 equipas
AA Lisboa – 1 equipa
1.º Classificado Português no Ranking EBT

Sub-18 Femininos (8 equipas)
AA Aveiro – 1 equipa
AA Leiria – 2 equipas
AA Porto – 4 equipas
AA Lisboa – 1 equipa

Sub-18 Masculinos (12 equipas)
AA Aveiro – 2 equipa
AA Leiria – 4 equipas
AA Porto – 5 equipas
AA Lisboa – 1 equipa

Sorteio da Fase Final – Dia 25-07-2017 (o CO diz 2016), mas compreendemos a erro, na sede da FAP em horário a determinar.

Mantemos e reforçamos a pergunta, para que serve a Banner existente no Portal da Federação, no mínimo triste, para não dizer vergonhoso.

O Noticias 

13 comentários:

Anónimo disse...

É isso pá! Pois está claro! Deviam obrigar os atletas a apanhar os pauzinhos dos gelados que andam perdidos nas areias!
Como é que eles podem jogar com os pés todos sujos de areia? É uma vergonha!

Anónimo disse...

No final o CRAP Lisboa / Setúbal, foi válido ou não, eis a questão

Anónimo disse...

A questão é como se apurou uma equipa de Aveiro? Segundo as regras de apuramento, circuitos com 6 a 8 equipas (média das etapas)apuram apenas o campeão! Daqui eu depreendo que circuitos com menos de 6 equipas não apuram nenhuma equipa. Qual a média de equipas presentes nas etapas do circuito de Aveiro?

Anónimo disse...

Aveiro bateu no fundo do poço e não mais se levantará...podem agradecer ao presidente da aa aveiro...

Anónimo disse...

Independentemente do numero de equipas, teria lógica o campeão de um circuito regional ficar de fora na disputa do nacional?

Anónimo disse...

Deviam era proibir os escalões se sub18 de participar, pois só não vê quem não quer ver, os garotos e as garotas só andam nas praias a apanhar bebedeiras e a fazer figuras tristes.
Basta aparecer durante a noite/madrugada nas praias onde decorrem as etapas.
Andebol de praia não é para isto!
Gastar dinheiro de patrocínios para andarem a cair podres de bebados.

Anónimo disse...

Então se só houver duas equipas num circuito, o campeão desse circuito deve.se apurar?
A FPA emitiu um comunicado com as regras de apuramento e depois volta atrás só porque não faz sentido o campeão de um circuito não se apurar?

Anónimo disse...

Nada contra.. no entanto o regulamento deveria ter essa indicação.. até porque a principal prejudicada foi a associação de Aveiro que com cerca de 20 equipas ficou com menos uma vaga.

Anónimo disse...

Entendo as vossas preocupações sobre o modelo de campeonato e quem fica apurado, mas não me admira que os responsaveis técnicos da FPA normalmente NÃO acertam!
AS melhores pules regionais é que devem estar +presente deveria ser livre para fazer a Festa do Andebol de Praia!

Anónimo disse...

*Leiria com 20 equipas

Anónimo disse...

Há algo de estranho que não compreendo nos apuramentos.

Se nos masculinos a equipa EBT foram os Vakedo (que foram os 1.º Classificado Português no Ranking EBT), porque raio nos femininos foram as "Os Gordos - Clube Naval de Leça"???
Não deveriam ser as "Be One / Teclur" a equipa 1ª classificada no EBT e sendo assim o circuito de Leiria apurava mais uma equipa???

Qual é a diferença para os masculinos?
É que as classificações rapida e facilmente se podem verificar na página do EBT e os Vakedo são realmente os 1º portugueses em Masculinos, sendo que nas femininas as 1as. são as BE One em 17º lugar, e a equipa "Gordos" é 27º, tendo mais 4 equipas portuguesas à frente na classificação.

Anónimo disse...

Aveiro tinha só duas equipas? Que o circuito está fraco ninguém duvida mas acho que eram mais que duas equipas.
Em relação à fase final, veremos como corre dada a tanta organização por parte da FAP. Enquanto os cifrões estiverem primeiro que as condições vai ser sempre isto!

Anónimo disse...

Era uma pergunta para o comentário que disse o campeão de um circuito devia ser sempre apurado para o nacional. Em nenhum momento diz que Aveiro só tinha 2 equipas mas que a média não dá 6 como diz no regulamento não dá.