gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 4 de julho de 2017

Europeu Open Masculino Sub-17 – 2017 – II

8.º EUROPEU OPEN MASCULINO SUB-17
 PARTILLE CUP

Infelizmente e pelo segundo ano consecutivo, Portugal não participa, neste evento que se disputa em conjunto com o maior torneio de Andebol a nível Mundial o Partille CUP. O Maior torneio de Andebol do Mundo com cerca de 21000 participantes, naquela que será a 48.ª Edicção do torneio com mais de 1000 equipas presentes, que representam 43 Países, incluindo alguns de África, Ásia e Pan-americanos, fora as grandes potências do andebol Europeu.

O Torneio tem competição nos seguintes escalões 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 18, e 21, e terá em paralelo a competição Europeia a que já nos referimos.

Felizmente Portugal estará representado pelo Colégio São Brito com três equipas, nos escalões de 13, 15, 1 6, em Masculinos, e pelo FC Porto com duas equipas, ambas no escalão de 18 em masculinos, a ambas os clubes os nossos parabéns.

Este ano o Europeu Open é destinada a jovens nascidos em 2000 ou mais tarde (SUB-17). E será disputado com uma fase de grupos, que recordamos a sua constituição.

Constituição dos Grupos

Grupo A – Islândia, República Checa, Bielorrússia, e Finlândia.
Grupo B – Suécia, Eslováquia, Ilhas Faroé, e Estónia.
Grupo C – Noruega, Roménia, Áustria, e Geórgia.
Grupo D – Polónia, Israel, Holanda e Luxemburgo.

Nesta edicção do 8.º Torneio Open Masculino Sub-17. Inscreveram-se 16 Países, representativos de Federações Nacionais membros da EHF.

O Torneio será disputado em Gotemburgo de 3 a 7 de Julho 2017.

Portugal já não participou na última edição dirigida ao Feminino, pois este Europeu Open, alterna masculino com o Feminino. Portugal tem algumas tradições nas suas participações no Masculino, como por exemplo disputado a final em 2009 com a Eslovénia, perdendo pela diferença mínima (28-27), com Pedro Seabra em 2009 considerado o melhor jogador do torneio. O último vencedor deste Open em Masculino foi a Islândia (2015), seguida da Suécia e da Espanha. Portugal classificou-se em 5.º Lugar, com a inclusão de Francisco Tavares no ALL STAR TEAM, como melhor Ponto Direita, e Miguel Martins, foi o melhor marcador da prova com 59 golos.

Arbitragem

Normalmente, era costume participar uma dupla Portuguesa pois este torneio é “…inserido nas acções de formação da EHF, destinada a jovens árbitros, integrada no "Young Referee Project" da EHF”. Embora não tenha sido prestada qualquer informação por parte dos responsáveis da modalidade em Portugal, estamos representados pela dupla Ruben Maia e André Nunes, aos quais desejamos boa sorte.

Toda a informação em – www.partillecup.com

O Banhadas Andebol

1 comentário:

Anónimo disse...

agora é que caso para dizer mas que grande banhada da federação devem estar a poupar ou para viagens ao Brasil, para pagar aos árbitros.