gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 24 de setembro de 2017

Crónica de Fim-de-semana – 07 – 2017 / 2018 – I – Actualizada

Crónica final do fim-de-semana aos jogos que se disputaram da PO01.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Jornada
Dia 27-09-17
Benfica - Madeira SAD (18H00)
4.ª Jornada
Dia 20-09-17
Madeira SAD 27 – 36 Sporting
AC Fafe 25 – 28 Arsenal
Dia 23-09-17
AA Avanca 26 – 30 Benfica
ABC 25 – 24 Boa Hora
FC Porto 43 – 20 São Bernardo
Xico Andebol 22 – 28 Ismai
Dia 24-09-17
Belenenses 31 - 24 Águas Santas

Após os quatro que se disputaram em 23-09-17, hoje se encerrou-se a 4.ª Jornada com a realização do jogo Belenenses / Águas Santas. Jogos que se foram disputados sem qualquer registo disciplinar ocorrido, e com algumas assistências razoáveis, e outras abaixo do esperado para uma 1.ª Divisão.

Actualização

Belenenses 31 – 27 Águas Santas

Jogo disputado no pavilhão Acácio Rosa, que não possuía a moldura humana que se desejava, embora uma das bancadas estivesse bem composta. Foi um encontro, que terminou com a vitória da equipa do Belenenses, que foi a equipa que melhor soube controlar a sua ansiedade, e a intensidade do jogo, nos seus diversos momentos, apresentando uma defesa mais aberta mas sempre de grande intensidade, colocando grandes dificuldades ao ataque do Águas Santas, que em determinados momentos do jogo, esteve bastante intranquilo e cometeu demasiadas falhas técnicas, quer ao nível do passe, quer ao nível da perca de bola e até na precipitação no momento do remate. O Belenenses inicia-se o jogo muito bem e rapidamente coloca o marcador em 5-1, quando estavam decorridos cerca de 7 minutos, no entanto os maiatos parece que acordam e tiveram então o seu melhor momento no jogo, recuperando, e igualando a partida a 10 golos aos 19 minutos, passando inclusive para o comando do marcador, aos 21 minutos quando venciam por 11-10, para se registar nova igualdade, agora a 13 golos aos 24 minutos, e até final do 1.º tempo registar-se grande equilíbrio no jogo, terminando os 30 minutos iniciais com o resultado de 16-15 favorável aos visitados. De assinalar que neste primeiro tempo João Ferreira pelo Belenenses (12 golos, 71% de eficácia), já tinha marcado 8 golos, e que Pedro Cruz (8 golos, 73% de eficácia) pelos maiatos já tinha no seu registo 5 golos. No segundo tempo a equipa maiata, regressou novamente à intranquilidade, e aos erros técnicos sistemáticos, permitindo que o Belenenses, ganhasse novo ascendente, face á precipitação no ataque dos seus adversários, e chegasse pela 1.ª vez aos 5 golos de vantagem (24-19), quando estavam decorridos, cerca de 48 minutos, vantagem que voltaria a repetir por diversas vezes, chegando inclusive aos 6 golos de vantagem aos 56 minutos quando vencia por 29-23. Nos minutos finais do encontro o Águas Santas, jogou ao ataque com 7 jogadores de campo numa tentativa “desesperada” de diminuir a vantagem, mas os efeitos práticos foram, quase nulos. Na nossa opinião Nuno Roque que foi um dos melhores jogadores em campo pela sua equipa, escusava de nos momentos finais, ter falta de ética desportiva ao recusar os pedidos de desculpa do seu adversário que até tinha sido excluído. Deve-se ainda destacar no Belenenses o regresso de Diogo Domingos (5 golos, 71% de eficácia), no Águas Santas além do já referido Pedro Cruz, uma referência especial para outro experiente jogador, o guarda-redes António Campos com 29% de eficácia. Com esta vitória o Belenenses regressa ao comando isolado da prova. Dirigiu o encontro a experiente dupla aveirense constituída por Mário Coutinho e Ramiro Silva, que estiverem bem em termos disciplinares, aqui foram coerentes, mas falhara, na falta do atacante e na lei da vantagem, quando aos livres de 7 metros, transformaram algumas faltas de atacante em 7 metros. Um aspecto negativo é colocar-se no Boletim de jogo que o mesmo começou ás 15H00, quando na realidade o seu inicio foi cerca das 15H15.

AA Avanca 26 – 30 Benfica

Jogo disputado no pavilhão Adelino Costa, bem composto de publico, onde tivemos um jogo, onde o resultado final na nossa opinião não reflete algum do equilíbrio verificado durante o encontro. Dizer que o Benfica se apresentou sem dois dos seus laterais por lesão, o jovem Alexandre Cavalcanti de Terzic, o que facilitou e muito a tarefa defensiva da AA Avanca, que esteve bem, assim como a defesa aberta do Benfica, agressiva o suficiente, os ataques de ambas as equipas mostraram-se por vezes permissivos e precipitados, mo entanto na AA Avanca dois jovens estiveram em destaque no ataque, referimos a Reinier Taboada (7 golos e 58% de eficácia), e a Diogo Oliveira (6 golos, 50% de eficácia), contando com a experiencia de Nuno Carvalho (5 golos, e 83% de eficácia), o Resultado do jogo foi de total equilíbrio no primeiro tempo que terminou numa perfeita igualdade a 16 golos e era o puro reflexo do que se tinha passado. No segundo tempo, o Benfica esteve mais assertivo no ataque, e Pedro Seabra Marques funcionou como o jogador polivalente da equipa (7 golos, 70% de eficácia), e Belone Moreira, com 8 golos (80% de eficácia, 4 de 7 metros), juntamente com Fábio Vidrago (5 golos, 71% de eficácia) foram os dinamizadores da equipa no seu ataque, enquanto em termos defensivos temos de destacar aquele que na nossa opinião foi o homem do jogo, o guarda-redes Luis Silva da AA Avanca com 37% de eficácia), sendo bem acompanhado por Miguel Espinha que jogou a maior parte do tempo na baliza do Benfica com 22% de eficácia, inferior a de Hugo Figueira (25%), mas esteve muito mais tempo na baliza, sendo determinante em determinados momentos do jogo, que no segundo tempo foi sempre comandado pelo Benfica que chegou a ter 6 golos de vantagem (27-21) aos 47 minutos de jogo, e 29-23 aos 54 minutos de jogo, para posteriormente ter dado a sensação de que “adormeceu” sobre o resultado. Dirigiu o encontro a jovem dupla de Aveiro, constituída por Ruben Maia e André Nunes, que na nossa opinião estivem criteriosos, em especial na aplicação na sanção progressiva e na marcação dos livres de 7 metros, e embora tenham existido pequenas falhas, as mesmas não tiveram qualquer influência na nossa avaliação positiva da sua actuação.  

Em Guimarães, no pavilhão do Francisco Holanda, realizou-se o Xico Andebol / Ismai, que mais uma vez foi um encontro votado ao ostracismo, pois foi a segunda vez que joga em casa, e não têm quem execute a estatística do jogo, simplesmente lamentável, por que merece exactamente o mesmo respeito que todos os outros. O Xico Andebol começo bem o encontro, comandando o marcador, chegando aos 5-3, mas o Ismai, rapidamente deu a volta ao marcador e passou para a frente do jogo e do marcador, por 9-7, situação que nunca mais deixou até ao fim do tempo regulamentar, chegando ao intervalo já a vencer por 15-12. No segundo tempo, comandou sempre o marcador com variações nos diferenciais entre as equipas, chegando a estar na frente do marcador com uma vantagem de 5 golos quando o marcador registava 24-19 a seu favor, para terminar a vencer com a maior diferença registado durante os 60 minutos de jogo. Afonso Lima no Xico Andebol com 6 golos, foi o seu melhor marcador, enquanto no Ismai, Francisco Fontes com 7 golos, e António Ventura com 6 golos, foram os seus principais marcadores. Com esta vitória a equipa maiata, continua a manter-se com apenas uma derrota quando já estão decorridas 4 jornadas.

No Dragão Caixa, com uma assistência inferior ao que costuma apresentar, realizou-se o FC Porto / São Bernardo, que terminou com um resultado que é plenamente demonstrativo da diferença existente entre as duas equipas, ao mesmo tempo que permitiu ao FC Porto, registar a sua primeira vitória na prova. A diferença entre as duas equipas é de tal forma que ao intervalo já o FC Porto comandava o marcador por 19-12, para no segundo tempo a equipa de Aveiro apenas concretizar 8 golos contra os 24 obtidos pelo FC Porto. O diferencial de golos entre as equipas foi sempre em crescendo registando a sua maior diferença precisamente nos momentos finais do jogo. No FC Porto com 10 jogadores a marcarem golos, teve em António Areia com 7 golos (78% de eficácia, 4 de 7 metros), e em Leandro Semedo (100% de eficácia), Nikola Splelic (67% de eficácia), ambos com 6 golos, os seus principais marcadores, enquanto na baliza os seus guarda-redes tinham Hugo Laurentino, 47% de eficácia e Alfredo Quintana, 31% de eficácia. No São Bernardo os meus melhores marcadores não passaram dos 4 golos (Augusto Pereira, 100% de eficácia – 3 de 7 metros, Leandro Rodrigues (36% de eficácia, e João Vilar, 57% de eficácia), na prestação dos seus homens na baliza, não vale a pena comentar por a sua eficácia foi na nossa opinião demasiado baixa.

No pavilhão Flavio Sá Leite disputou-se o ABC / Boa Hora, que foi o encontro que terminou com o resultado mais equilibrado da jornada, pois o ABC vence pela diferença mínima através de um libre de 7 metros obtido nos últimos segundos do encontro, coincidente coma desqualificação de David Pinto do Boa Hora. Foi um encontro de grande equilíbrio durante grande parte do tempo de jogo. No primeiro tempo o Boa Hora chegou a comanda o marcador com um diferencial favorável de 3 golos (8-5) quando estavam decorridos 14 minutos de jogo, momento em que o técnico do ABC solicita e bem um Time-OUT de equipa, que resultou num parcial de 5-0 a seu favor, colocando-se na frente do marcador por 10-8, situação que foi mantendo com maior ou menor diferença até ao intervalo que chegou com o resultado a favor dos bracarenses por 16-12. No segundo tempo, o Boa Hora, foi-se mantendo dentro do jogo, embora a diferença chega-se a ser-lhe desfavorável por 5 golos, como por exemplo aos 32 minutos quando perdia por 18-13, começando então uma excelente recuperação e igualando o marcador a 19 golos aos 43 minutos, e embora a partir daí o jogo tenha decorrido sempre com grande equilíbrio a equipa do Boa Hora nunca conseguiu estar na frente do marcador, e á entra do minuto final igualaram o marcador a 24 golos, para sofrerem posteriormente a derrota. Destaca-se neste encontro a prestação na baliza do Boa Hora de Vasco Ribeiro com 40% de eficácia, bem como a do seu colega de posto do outro lado Humberto Gomes com 39% de eficácia. No ABC o experiente Hugo Rocha com 7 golos (64% de eficácia. 4 de 7 metros), e outro experiente jogador Dario Andrade com 5 golos (83% de eficácia) foram os melhores marcadores da equipa, enquanto no Boa Hora, Rui Barreto com 10 golos (77% de eficácia, 5 de 7 metros), foi o seu melhor marcador.

Após a realização destes jogos a classificação é a seguinte – 1.º Belenenses (12 pontos), 2.º Sporting (11 pontos), 3.º ABC, e Ismai (10 pontos), 5.º Benfica (-1 jogo) (9 pontos), 6.º AA Avanca (8 pontos), 7.º Madeira SAD (-1 jogo), FC Porto, e Boa Hora (7 pontos), 10.º Águas Santas, Arsenal, e Xico Andebol (6 pontos), 13.º AC Fafe (5 pontos), 14.º São Bernardo (4 pontos). 

O Banhadas Andebol

28 comentários:

Anónimo disse...

Estive em Avanca...Excelente moldura, muito bom ambiente. Muito boa equipa que por ali mora....
Negativo: equipa técnica do Avanca do ponto de vista disciplinar - estiveram mais tempo a falar/contestar/hostilizar/ironizar coma dupla do que com a sua equipa. E sem razão alguma...
Arbitragem muito bem, muito serena e muito entrosada entre si e com a mesa... Delegado bem.
Equipa do slb: muito boa dinâmica, defesa coreácea e bem posicionada, táticamente bem. Plantel muito...muito curto para um sempre candidato. João Silva em baixa de forma? Dupla quebra cabeças...nos seus centímetros minorcas, Seabra e Bélone. Que dois talentos....

Resende: um senhor!

Muito bom jogo e muito boa propaganda ao andebol.

Mauzito: Gr do Avanca num devaneio ao banco do SLB... Bem retribuído aliás perto do final do jogo.

Anónimo disse...

Boa vitória do meu abc, mas sofrida, bem sofrida. Li aqui muito sobre a equipe do boa hora e com o que li, pensei que era bem mais fraca. excelente equipa. foi uma bela a agradavel surpresa. Cuidado com eles.

Vitor Manuel disse...

Que enorme jogo fizeram em avanca os 3 baixinhos: nuno carvalho, seabra e bellone....muito anddebol

Anónimo disse...

Há quem seja inocente e pense que o ABC não tenha poder. No jogo com o Sporting tal como em outros eles, implantam o ritmo e normalmente enervam os outros. Ontem estive naquele pavilhão que adoro e que em novo adorava jogar lá. È o que mais se identifica com andebol. Afinal igualmente todo o Português gosta um pouco do ABC. O que não gostei de ver foi a roubalheira com um pobre Boa-hora. Foi demais a forma como as decisões foram tomadas e, á beira do fim lá veio um daqueles...enganos! Um jogador do Boa-hora no banco e livre de sete metros que...deu a vitória aos da casa! Que imundicie! A dupla de apito na boca por acaso é da Ass. de Braga! Mera coincidencia...acontece! Em casa a ir ao meu PC ver os resultados e horas de jogo de hoje, apercebo-me que o ABC benefeciou de 10, sim dez! Dez Livres de sete metros! Afinal o ABC é um "grande"! Não é só os outros três que têm futebol e tentam controlar tudo. Coincidencia ou não... Os do Porto ofereciam meninas e mariscada em Matosinhos, assim como viagens! Os da Luz ofereciam kit e almoço em modo de vouchers! Os viscondes oferecem pequenos almoços que, começam ás nove e acabam ao meio-dia e, há uns almoços com o Jesus que, julgo serem para aprenderem lingua Portuguesa! Que vontade teremos um dia de ir a um pavilhão?

Anónimo disse...

Mais de 20 levou o São Bernardo. Cada jogo pior que o outro, sem se perceber nada do que o novo treinador quer. Continue a apostar sempre nos mesmos jogadores que os resultados hão de continuar a ser bons. Com este novo treinador o nosso caminho é voltarmos à segunda, a menos que abra os olhos, nos jogos e nos treinos.

Anónimo disse...

Ontem o andebol desta tristonha nação, presenciou mais um episódio de drama e incompetência do nosso dirigismo. No jogo Porto FC- S. Bernardo de Aveiro, a equipa caseira marcou 43 golos! È isto que se quer? Coitados dos perdedores deste jogo até verdade seja dita, empregaram-se a fundo mas, é um facto que qualidade não há ali! Pelo que vi na tv o pav até estava meio cheio. Só que competitividade é coisa que não se viu. Nem falo dos comentários do par Ana e Prof. não sei quantos. Esses têm de ser por quem lhes pagam. Chegam a ser ridículos de tanto elogio aos jogadores que gostam! Que deus lhes perdoe! Para não variar a arbitragem foi um luxo e, numa expulsão com vermelho direto a Iturriza, esteve como sempre a tentar equilibrios. Não terá o andebol equipas a mais nesta competição? Desculpem o competição. Para azar o Sporting-Porto vai ser a meio da semana.

Anónimo disse...

O campeonato começou mal para nós. No entanto uma verdade salta aos lhos de todos! O pavilhão do FCPorto é o que regista mais gente. Porque será? Vamos ao novo pavilhão do Sporting para ganhar e, certamente que não haverá mais público que no nosso Dragão. O dinheiro não pode comprar tudo. O Sporting andou anos a ver-nos sermos campeões nacionais. Anda desesperado por termos acabado com a tal equipa maravilha que, foi cinco veses seguidas campeã. Fomos sete veses campeões! Isso dói! E mais dói ter visto os jogadores serem transferidos para ligas de alto nível de andebol na Europa. No Sporting optaram por comprar todas aquelas bisarmas mas mesmo gastando muito mais que nós, os resultados não são grande coisa. Talvez com o Resende se tornassem uma grande equipa. Eles tiveram um empate em casa com os ovos estrelados de Braga. Nós podemos lá ganhar. O pavilhão pode talvez levar mais que o Dragão, julgo que pouco mais. O nosso é o mais bonito e depois tem muito mais público. O ano passado foi um acidente terem sido campeões e o que lhes valeu foi, aquela encomenda quando jogamos com as aves de rapina. Esperem...

Anónimo disse...

O sporting teve um empate com o abc ja o porto ganhou ao abc....tenha juizo....ja pagam a horas ou os tres meses mantem se como nos anos transactos....Parabéns por terem ganho ai sao bernardo esse colosso este ano

Anónimo disse...

Admiração do ABC ser favorecido? Duvido que exista clube em Portugal mais favorecido! É descarado demais e depois trabalham muito bem e isso é indesmentível. O Sporting está completamente fora do contexto geral dos ditos grandes. Com um plantel assim qualquer treinador pode ganhar títulos. E portanto tem de ser protegido pela FAP. O SLB e o Porto vão ter que fazer pela vida. O Porto já pagou faturas o ano passado e continua este ano. Especial atenção à perseguição que fazem aos seus Cubanos,já chega e dá muito nas vistas. Aconselho a FAP a alterar estratégia é que isso comparado com o que bate por exemplo:- Kopco, Bosko, Pesqueira, Ales,Hugo Rocha, é brincadeira! É perguntar porquê atenção especial aos do Porto? Depois vão para os melhores clubes do mundo.Porquê? É o nosso andebol que é bom demais? O Benfica começa a apresentar defesas subidas. Será que também vão permitir as famosas atuações do ABC em que valia tudo(puchar,agarrar,empurrar,etc) em caso afirmativo o Resende continua com a proteção dos "Deuses". O Porto foi buscar um treinador estrangeiro e não resolveu o problema da ponta esquerda( o espanhol é irregular e na ponta é fraco), não se percebe o que se passa na baliza com prestações medíocres, o sistema de jogo é fraco e baseia-se em cruzamentos sucessivos com reduzida eficácia.
Bom andebol do Boa-Hora e subida do Belenenses. Aguas Santas e Avanca capazes do melhor e do pior. Madeira bom contra o Porto e demais equipas,menos bom com Sporting e Benfica. Descidas anunciadas para S. Bernardo e do grupo Fafe, F.Holanda e Arsenal ( O Augusto decide ).

Anónimo disse...

Alguém que explique à direção do Sâo Bernardo que ir para a primeira divisão e contratar um treinador de terceira divisão é gozar com os sócios que pagam as cotas. Já todos percebemos que o Ulisses teve que sair por causa da seleção feinina, quanto a isso nada a fazer, mas contratar um treinador de terceira que nem curso tem e que põe a equipa a defender daquela forma ridicula?
Caramba, o que não faltam aí é treinadores com experiência e qualidade. Padrinhos? Sò se for...

Anónimo disse...

É triste ver 2 clássicos do andebol nacional como o Xico e o S. Bernardo a ser comandados por dois técnicos sem qualificação para andar na Andebol 1.

Anónimo disse...

Da gosto ver este Belém não é preciso gastar muito basta querer e trabalho força e ambição

Anónimo disse...

A Federação Andebol Portugal sempre tão ligeira a multar o Belenenses sempre que há atrasos, hoje OBRIGOU que o Belenenses vs Águas Santas começasse com 15 minutos de atraso.
Será que desta vez vai indemnizar o clube no mesmo valor das multas que aplica?

Anónimo disse...

As coisas não estão fáceis para o novo projecto do Aguas santas e a porta fica apertada para entrar no Grupo "A".
Algo de errado repetido e sem sentido do 7 inicial..
Abraço ao AS!.

Anónimo disse...

O Belenenses já fala? Que comédia. Ganharam por 1 golo no boa hora e no Arsenal, nem sabem como. O Aguas Santas está uma miséria, lembrei-me que a Seleção Nacional perdeu 4 anos de trabalho a ser orientado por um Treinador que nunca treinou na 1ª Divisão, e que agora no mundo sério, está a mostrar o que vale.

Anónimo disse...

O atraso no início do Belenenses vs Águas Santas, ao que consta, deveu-se à chegada tardia da equipa da Andebol TV.
E agora senhores da Calçada da Ajuda?
A partir de agora que moral têm estes senhores para continuarem a aplicar multas?

Anónimo disse...

O águas santas uma miséria ????
Já agora porque ?

Anónimo disse...

Entao mas os arbitros do porto- sao bernardo nao tinham descido de divisao' Como e que aparecem apitar um jogo da po1, sera algum favor que se deve associacao da madeira.
Entao onde esta APAOMA para fazer cumprir o regulamento

Anónimo disse...

O andebol tuga devia evitar ser visto como demasiado amador e de circo. O que se passou no ABC-Boa hora nada dignifica este desporto. È o habitual controle de jogo mas para dar a vitória ao escolhido. Tenham vergonha na cara porque o que se passou é uma nojice! O ABC ganhou! Ganhou com empurrão valente e descarado de critérios inclinados. O que me faz confusão é as inúmeras divídas que há naquele clube e, o que é de favorecido valendo-se da sua associação. Podiam ao menos evitar nomear certas duplas de assobio para alguns jogos. È que não há como não suspeitar! Se alguém filmou este jogo que denuncie pois, acho ainda mais suspeito o Boa hora nem se queixar! Será medo de quê?

Anónimo disse...

Realmente o ABC-Boa Hora foi um escandalo enorme. E mais enorme se torna quando agora se chega à conclusão que MILAGROSAMENTE só existe filmagem do jogo até ao minuto 58:29
Muito conveniente... sim senhor! Realmente se o ultimo minuto de jogo fosse publico, muito haveria para justificar.

Anónimo disse...

Srº treinador do Boa-Hora Luis Santana tem tanta coragem para escrever e depois falta a coragem de assinar o que escreve.

Moreira

Anónimo disse...

Admira-me, ou não... que a federação nada faça, sabendo certamente desta enorme nojeira no ABC- Boa hora! a arbitragem já se sabe... nunca devia ter nomeado aquela dupla! Depois... todos sabemos o que se passa em jogos do ABC. Passa-se e repassa-se a bola e não há um passivo! Há jogadores que só ali rendem, porquê? Porque esticam até não poderem mais, sabendo até onde poderem ir! Mas todos sabemos que a associação que está por detrás disto tudo é a de Braga. Diziam que a do Porto comandava a federação? Pois... se houve um clube que, ganhou muito vejam onde andam alguns dos melhores jogadores. Se falavam dos Cubanos, vejam bem porque, dois jogam na nossa selecção! E já agora...paguem o que devem!

Anónimo disse...

Casos e mais casos e não se vê qualquer acção para diminuir! O escândalo no Sá Leite deu nas vistas e de que maneira. no sentido contrário o ABC devia ser ouvido pela FAP pois, já são casos a mais com as inscrições. Em Portugal abusa-se destes casos talvez porque, se saiba nada daí advir...
Haja um pingo de vergonha!

Anónimo disse...

Como é possível não nomear uma dupla melhor para o Sporting-Porto?! Cheira a esturro por todo o lado. Estão a subir, logo a quem terão que agradar? Simples...
O andebol ainda agora começou e num campeonato com equipas a mais, os casos nascem como cogumelos...
Há quem já diga que o Sporting vai ser campeão mas... com aquelas cenas de suspense e controle de resultados a fazer de conta...
Simples... esta receita antiga!

Anónimo disse...

Caro anónimo das 14,41 de 27/09:

Sempre ouvi dizer que vozes de burro não chegam ao reino dos céus...
Cresça, que bem precisa!

Anónimo disse...

Não tenham medo de comentar a canalhada que foi feita no jogo do, ABC com o Boa hora! Denunciem já que os dirigentes do clube estão calados. Ou então é a federação que deve fazer um inquérito, á magia negra de dois pobres comandados por alguém!

Anónimo disse...

Realmente pelo que se aqui vê deve ter sido jeitoso o jogo em Braga. Ninguém do ABC aqui vem defender o clube? Uiui, deve ter sido bonito. Não brinquem com o desporto. Honram o Andebol!

Anónimo disse...

Mas quem é que disse que o Boa Hora não se queixou???
Fê-lo a quem de direito e através dos canais adequados