gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Crónica Intermédia de Fim-de-semana, No Feminino – 02 – 2017 / 2018

Tal como no masculino, também elaboramos uma crónica intermédia exclusivamente dedicada ao Feminino, dedicada a um dos jogos adiados da 1.ª Jornada pelo motivo de uma equipa intervenientes ter participado numa prova ao nível da EHF.

Esperávamos que a Federação continua-se a dar valor acrescentado às transmissões via Andebol TV, mas a verdade é que até ao momento não existe nenhuma transmissão programada.

Reforçamos a nossa esperança em estatísticas nesta prova, e que seria uma normal contribuição para o seu desenvolvimento e implementação, mas já deixámos de ser poetas e líricos, pois já constámos que que a entidade máxima da modalidade não está interessada em tal. Apenas uma referência, de que somente escrevemos para o blog, e não o fazemos para o Portal da FAP, para publicar dias mais tarde num blog da modalidade. Aqui não temos privilégios nem os aceitamos.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – 1.ª Jornada - Resultados
1.ª Jornada
Dia 16-09-17
CS Madeira 17 – 30 Madeira SAD (já disputado)
CA Leça 18 – 21 Maiastars (já disputado)
JAC-Alcanena 24 – 23 Assomada (já disputado)
Alavarium 38 – 18 Académico (já disputado)
Dia 20-09-17
Santa Joana 21 – 38 Colégio Gaia
Dia 05-11-17
SIR 1.º Maio/CJB - Juventude Lis (15H00)

Disputou-se um dos encontros adiados pelo motivo da participação Europeia do Colégio de Gaia, que foi mais um encontro que terminou sem qualquer registo disciplinar mas diante uma fraquíssima assistência, tudo isto com a ausência mais uma vez da Andebol TV (Será contenção de custos).

No pavilhão Municipal de S. Pedro Fins disputou-se o Santa Joana / Colégio Gaia, encontro que se encontrava em atraso da 1.ª Jornada. Foi um encontro de sentido único com o Campeão Nacional em Titulo a comandar o jogo e o marcador desta o primeiro minuto de jogo, até ao fim do tempo regulamentar, com a resultado ao intervalo a assinalar já a uns 18-6 a favor do Colégio Gaia, resultado que permitiu a esta equipa fazer uma total gestão do plantel e do jogo, mesmo assim o resultado foi-se avolumando de tal forma que o diferencial chegou aos 20 golos, quando já no segundo tempo assinalava 33-13 a favor da equipa visitada, para de pois se registar uma ligeira quebra no ritmo de jogo, devido ás várias substituições efectuadas pelo Colégio de Gaia, o que permitiu a esta equipa, terminar o encontro com 11 jogadoras a marcarem golos, das quis se salientam Carolina Monteiro (todos no primeiro tempo), e Bebiana Sabino com 6 golos, e Joana Resende com 5 golos, como melhores marcadoras da equipa, enquanto no Santa Joana, Ana Lopes com 6 golos, e Carolina Gomes com 5 golos, foram as suas melhores marcadoras.

Repetimos a nossa nota na última crónica sobre esta prova, para os nossos principais OCS, que pouco ou nada disseram sobre esta prova (existem excepções), um desprezo total. Lamentável.

O Noticias

2 comentários:

No Tempo disse...

Fraquíssima assistência não é bem verdade. As bancadas estavam bem preenchidas, o que significa entra 80 a 100 pessoas a assistir, o que é bem bom em S. Pedro de Fins, num dia da semana à noite.

Anónimo disse...

É absolutamente irrelevante para o resultado final, mas dizer que o Colégio de Gaia comandou o jogo desde o primeiro minuto é falso.
Os primeiros 2 golos da partida foram do Santa Joana.
(anonimo que esteve presente no pavilhão e viu o jogo...)